Caruaru-PE: Sessão da Câmara 17/09/2013 – Projeto de implatação do BRT deve ser votado nos próximos dias

Durante uma reunião sem muitas no plenário da Câmara de Caruaru nesta terça, 17 de setembro, os vereadores trocaram farpas sobre as investigações que tramitam no Tribunal de Contas da União sobre denúncias de irregularidades relacionadas à prefeitura de Caruaru.

O vereador Eduardo Cantarelli, do PSDB, criticou que em paralelo a alegações de irregularidades apontariam que o governo municipal tenta abafar essas investigações, já Lula Torres, do PR, defendeu o governo municipal.
Os vereadores ainda citaram o projeto de implantação do sistema de transporte rápido BRT no município. Segundo o líder do governo, Demóstenes Veras, do PSD, o projeto beneficiará o sistema de transporte na cidade. No entanto, a bancada de oposição avalia que é preciso analisar bem o projeto, que será possibilitado através de financiamento com recursos do governo federal. O projeto deve ser votado nos próximos dias.
Foram aprovados ainda requerimentos para ações de saneamento e calçamento, com destaque para o pedido de implantação de campanha de educação no trânsito, de autoria do vereador Val das Rendeiras, do PRTB.

Caruaru-PE: Sulanqueiros fazem manifestação sobre a mudança da feira

Lojistas e feirantes da Sulanca, em Caruaru, decidiram se concentrar em frente à prefeitura de Caruaru no final da manhã desta quarta-feira (31), para protestar contra uma possível retirada da feira do Parque 18 de Maio, no Centro da cidade. Eles mobilizaram o ato encabeçados pelo empresário Rivaldo Soares, que mais cedo havia se reunido com o grupo, formado por cerca de 180 pessoas, na Fafica, para elaborarem um projeto de iniciativa popular pedindo a permanência da Feira. Na ausência do prefeito Zé Queiroz, o secretário de Governo, Clovis Cavalieri, se dispôs a receber uma comissão de três manifestantes, mas o grupo não aceitou isso, pois queria um grupo de 10 pessoas.

Na verdade, Rivaldo Soares alegou que a prefeitura se nega ao diálogo. “Nós estamos aqui para mostrar que a maioria dos feirantes e lojistas não quer a saída da feira. Tivemos uma reunião na Fafica e todos aprovaram que a Sulanca deve ser nas madrugadas das terças-feiras, que deve permanecer onde está e que não deve ser separada das outras feiras.” questionou Rivaldo.

Matéria: Johnny Pequeno
Reportagem: Edvaldo Magalhães

Caruaru-PE: Opinião – Desabafo de Renata Lima, filha de Azulão, sobre o São João

Texto retirado do facebook

Foto: NE10

Foto: NE10

É até suave dizer que houve falta de respeito com Azulão e banda. Houve na verdade uma palhaçada com nós artistas que estávamos tentando realizar o nosso trabalho. Caruaru precisa ter pessoas capacitadas para estar a frente da organização/movimentação artística de Caruaru. Santanna desabafou, Novinho da Paraíba também e tantos outros, que simplesmente tiveram os seus horários de shows adiantados, trocados e até mesmo reduzido.

O espaço que era oferecido para alguns bailarinos trocarem de roupa no palco não foi oferecido pra outros. Agora pergunto… Que discriminação é essa? Discriminação e ignorância vinda de pessoas despreparadas para lidar de forma ética com alguns artistas. Não poderia deixar de ressaltar a falta de respeito com a banda Brasas do Forró e com o público que o esperava. Por qual motivo não anunciaram que a banda estava presente esperando o seu momento de entrar em cena e que por falta de organização foram impedidos de realizar o show? Por que a artista Rosimar Lemos não está nos palcos do São João de Caruaru? Será que é por questões “politicas”? Por que o cantor Azulinho não está nos palcos do São João de Caruaru?

Será que é porque simplesmente luta pelos direitos do pai e fala o que tem que ser dito? Por que azulão teve que sair atropelando o seu show como se estivesse com uma arma na cabeça e o ladrão gritando (ou termina essa po@#% ou morre)? Será que foi porque ele chegou atrasando no São João da sua própria cidade? Por que será que mudaram a data do seu show? Por que será que o som estava péssimo para ele e o microfone não tinha som no início do show? Por que será que nós, bailarinos de Azulão, não conseguimos realizar integralmente o espetáculo que preparamos ?

E porque algumas pessoas da banda, mesmo com as pulseiras, foram barrados por seguranças? será que foi porque Jorge e Matheus poderia ser estrangulado por nós, que também estávamos presentes para realizar o nosso trabalho? GRANDE INJUSTIÇA O QUE FIZERAM COM O MEU PAI E BANDA, É O QUE POSSO DIZER COMO FILHA!!

Fonte: http://blogdomarioflavio.com.br/vs1/opiniao-desabafo-de-renata-lima-filha-de-azulao-sobre-o-sao-joao-de-caruaru/?utm_source=rss&utm_medium=rss&utm_campaign=opiniao-desabafo-de-renata-lima-filha-de-azulao-sobre-o-sao-joao-de-caruaru&utm_source=twitterfeed&utm_medium=facebook

Johnny Pequeno

Armando Monteiro em tom de pré-candidato: “Pernambucano tem hoje mais ambição do que tinha há 8 anos”

Armando Monteiro alguns pontos da gestão Eduardo Campos

Armando Monteiro alguns pontos da gestão Eduardo Campos

O senador Armando Monteiro (PTB), pré-candidato ao governo de Pernambuco, conversou com o blog do Mário Flávio no último fim de semana, durante o Forró da Macambira e mostrou sutilmente em seu discurso algumas bandeiras que pretende defender em 2014, caso o projeto de sua candidatura siga em frente. Ele avaliou alguns pontos das duas gestões de Eduardo Campos e, apesar de querer ser justo com o colega socialista, ao dizer que o governo teve avanços significativos, ele apontou áreas que precisariam de mais investimentos.

“Pernambuco avançou muito nos últimos anos, por isso mesmo é que temos que ter a ambição de fazer muito mais. Pernambuco ainda tem carências estruturais muito grande. Precisamos melhorar educação do estado. Pernambuco no ranking nacional ainda não se coloca bem na área de educação. Mas quem tiver melhor nessa área terá mais futuro amanhã. Investir na educação é uma espécia de seguro para garantir um futuro melhor. Temos ainda desafios na área de infraestrutura física, muito que podemos fazer. Mas um ponto que sempre me preocupa é a interiorização do desenvolvimento. Tem muita fábrica em Suape, aqui nas regiões mais próximas, mas há regiões onde os empregos não chegaram, as oportunidades não chegaram, então precisamos fazer um esforço para induzir o desenvolvimento nessas regiões menos desenvolvidas”, apontou.

Para compensar o que ele considera como carências no estado, Armando, contudo, disse querer fazer justiça a Eduardo. “Quero ser justo com o governador Eduardo Campos. Ele tem feito uma ação vigorosa para poder garantir essa interiorização. Veja a opção da Fiat lá em Goiana. Foi muito importante. Mas temos muito ainda o que fazer, por isso o pernambucano tem hoje mais ambição do que tinha há 8 anos. Queremos mais, que Pernambuco amplie suas conquistas. Por isso que eu digo que a boa política que nos trouxe até aqui precisa nos levar ao futuro, com unidade, com espírito público e com compromisso”, ressaltou.

Ainda assim, Armando também segura um discurso cauteloso, para não transparecer um projeto ambicioso do tipo “carro na frente dos bois”, e demonstra preocupação com a continuidade de seu mandato. “Esse é um ano de trabalho, em que todos nós, cada um na sua posição, tem responsabilidades. Lá no Senado, tenho apoiado a micro e pequena empresa, projetos que podem resultar em mais recursos para a educação, qualificação profissional. Veja o exemplo do Pronatec, projeto que aprovamos nessa legislatura, por exemplo. Outro ponto importante é a reforma do código penal. A sociedade está inquieta com essa violência. Nós precisamos atualizar a legislação, que às vezes não pune com o rigor necessário. Tenho atuado também para distribuir recurso no combate ao crack, que tem destruído lares”, completou.

Armando é um dos principais nomes cotados para a disputa estadual em 2014, que pode concorrer com o vice-governador João Lyra (PDT), que está indo para o PSB de Eduardo, ou com o Ministro Fernando Bezerra Coelho (PSB), do qual se especula uma indefinição entre o apoio de Dilma e o fortalecimento do próprio partido. Pois por enquanto, em um contexto no qual o governador Eduardo Campos mantém mais cautela ainda ao definir se fará um voo presidencial em 2014. Dessa forma, o projeto de Armando aguarda a definição das relações entre PT e PSB em níveis nacional e estadual, e em outro aspecto, com mínimas chances de Eduardo indicar alguém que não seja do PSB para disputar a sucessão estadual.

Entrevista de:

Repórter e jornalista visual. Divido meu espaço entre Política de A a Z, Revista Conteúdo, internet, filmes, livros e cibercultura...

Repórter e jornalista visual. Divide o espaço entre Política de A a Z, Revista Conteúdo, internet, filmes, livros e cibercultura…

Fonte: http://blogdomarioflavio.com.br/vs1/armando-monteiro-em-tom-de-pre-candidato-o-pernambucano-tem-hoje-mais-ambicao-do-que-tinha-ha-8-anos-queremos-mais/

Caruaru-PE: Estudantes queimam pneus em frente a escola estadual

Em Caruaru, os estudantes Escola de Referência Estadual Nelson Barbalho queimaram pneus em frente à unidade, obstruindo parte do trânsito, em protesto pelas eleições diretas para gestores. Os estudantes pararam de assistir às aulas desde a semana passada e seguem uma série de manifestações pelo estado, encabeçadas pela União dos Estudantes Secundaristas de Pernambuco (UESPE).

Foto: Johnny Pequeno

Foto: Johnny Pequeno

Na Capital do Agreste, a União dos Estudantes Secundaristas de Caruaru (UESC) comanda as mobilizações e o presidente da entidade, Gleison Rodrigues, explicou que é preciso pressionar o governo estadual. “Nós já tivemos reuniões com a GRE, mas o posicionamento do governo segue defendendo que a Lista Tríplice é um sistema democrático, mas nós não concordamos com isso. Esse ato de hoje é uma forma de chamar atenção e mostrar que nosso movimento está fortalecido”, explicou o estudante, que disse ainda que os manifestantes não pretendem causar danos à escola, e garantiu que os pneus queimados não impediram totalmente o trânsito.

Ainda segundo Gleison, o movimento tem se intensificado no estado. “Além das escolas estaduais da região metropolitana, acontecem manifestações na EREM Corsina Braga, em Cachoeirinha, EREM Gravatá, nas escolas de Serra Talhada e Petrolina, e também começa a haver mobilização em outra escola de Caruaru, na Maria Auxiliadora, assim como já houve um enfrentamento dos estudantes de Tacaimbó com a GRE”, completou.

A UESC também já preparou um ofício, convidando a deputada Tereza Leitão, integrante da Comissão de Educação da Alepe para visitar a escola Nelson Barbalho. A comissão tem debatido com membros da UESPE a reivindicação de eleições diretas.

Fonte: blogodomarioflavio.com.br