Garanhuns-PE: Prefeito emite nota de repúdio às apresentações de caráter ofensivo durante Festival de Inverno

NOTA

Vimos a público manifestar nosso repúdio às apresentações ofensivas e desrespeitosas que aconteceram nesta cidade durante a realização do 28º Festival de Inverno de Garanhuns. Aceitar esse tipo de apresentação é compactuar com o desrespeito.

Screenshot_20180728-170143~2

Todos os anos assistimos apresentações belíssimas durante o Festival de Inverno, verdadeiras manifestações culturais, e que atraem turistas do Brasil inteiro.

No entanto, determinados acontecimentos vivenciados durante o 28º Festival de Inverno de Garanhuns têm diminuído a grandeza do evento. Artistas sem postura, desrespeitando seus próprios fãs e os cidadãos de Garanhuns, proferindo todo tipo de palavrões e hostilidade.

Manifestações e importantes debates no que diz respeito aos direitos de liberdade de expressão e liberdade de crença foram enaltecidos em Garanhuns nos últimos dias. Para nossa tristeza, alguns artistas se utilizaram desses mesmos direitos para fazer apologia à violência e à segregação.

Ontem, testemunhamos, perplexos, manifestações nocivas do cantor Johnny Hooker que proferiu palavrões, insultos e provocações contra símbolos religiosos. Reconhecemos que não se trata de um acontecimento isolado, infelizmente, durante a mesma semana, tivemos Daniela Mercury com o mesmo discurso de senso comum, simplista e arrogante.

Cantores – pagos com dinheiro público – que se preocupam mais em ofender pessoas e a religião alheia do que com sua música (que é o que realmente importa), não merecem respeito e tão pouco admiração, mas desprezo.

Não podemos compactuar com práticas discriminatórias, nem com ofensas, seja em relação a gênero, orientação sexual, etnia, religião, ou qualquer outro tipo. Tentar impor uma perspectiva como sendo absoluta é epistemologicamente impossível.

Atentos a tal constatação, manifestamo-nos em completo repúdio a todo tipo de violência, seja direta, indireta, física, verbal, psicológica ou simbólica presenciadas durante o 28º Festival de Inverno de Garanhuns. Esperamos que esses episódios lamentáveis não caiam no esquecimento, mas que sirvam para lembrar que nós garanhuenses estamos aqui, merecemos respeito e um festival de qualidade.

Izaías Régis Neto – Prefeito de Garanhuns/PE

Garanhuns-PE: Abertura oficial do FIG contou com homenagem especial a Ivo Amaral

Iniciou, oficialmente, na noite de ontem (17), a 24º edição do Festival de Inverno de Garanhuns (FIG). A abertura aconteceu no Teatro Luiz Souto Dourado, situado no Centro Cultural Alfredo Leite Cavalcanti, às 19h. A ocasião contou com uma apresentação musical do Rio de Janeiro e homenagem a Ivo Amaral. O FIG, que é referência nacional, se estenderá até o dia 26 de julho.

Compuseram a mesa o prefeito de Garanhuns, Izaías Régis, Isaías Régis, o presidente da subseção da OAB, Paulo Couto, o secretário de Cultura do Estado, Marcelo Canuto, o presidente da Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (Fundarpe), e o ex-prefeito da cidade e criador do evento, Ivo Amaral.

Izaías Régis destacou a importância do homenageado e o papel que ele desempenhou na criação do Festival de Inverno de Garanhuns e também estendeu a homenagem. “De 1991, com a criação do FIG, nós conseguimos mudar a cara de Garanhuns, por isso hoje incluo nessa homenagem, todos os prefeitos desde essa data. E aproveito o momento para afirmar que estou feliz demais de ser o atual prefeito da melhor cidade de Pernambuco”, completou.

Ivo Amaral, ex-prefeito de Garanhuns e criador do FIG, foi o reverenciado da vez, que demonstrou com alegria sua satisfação pelo reconhecimento. “Expresso aqui minha alegria por essa homenagem, que se reverte em preservação e memória de Garanhuns. Esse legado que deixei para Garanhuns não pertence a seus idealizadores, políticos ou empresas privadas, hoje pertence à Garanhuns e é patrimônio cultural e imaterial da cidade. Essa homenagem é extensiva para todos vocês que me ajudaram nessa trajetória”, finalizou.

Após a homenagem, subiu ao palco a atriz e cantora Soraya Ravenle, com o show musical Arco do Tempo. Com vasto currículo em musicais e uma bela voz, Soraya cantou, dançou e interpretou canções, emocionando a todos os convidados, e fazendo jus a declaração de Severino Pessoa: “Esse será o maior FIG de toda história e durante esses 10 dias, vocês comprovarão o que estou falando”.

unnamed (1)

unnamed (2)

unnamed

TV Replay, o que é bom se repete!