Caruaru-PE: Advogados surpresos com prisão de vereador, mas polícia confirma que foi continuidade da operação Ponto Final

Surpresa! Essa foi a palavra usada pelo advogado Marcilio Cumarú, após ser confirmada a prisão do vereador Evandro Silva (PMDB). Ele disse que ainda não sabe o teor do mandado.

“A surpresa que o vereador teve, nós advogados também tivemos. Até agora não sabemos o motivo dessa prisão, vamos aguardar mais informações para concretizarmos. Essa prisão é decorrente da Operação Ponto Final. Nos resta saber qual o fato novo que motivou essa prisão”, afirmou Marcílio Cumarú.

20140109-161150

Por meio de nota a Polícia Civil confirmou que a prisão do vereador Evandro Silva é fruto da Operação Ponto Final. Mesmo sem confirmar qual o motivo da prisão, a nota faz referência a Operação. Abaixo a íntegra da nota:

“Em continuidade à Operação Ponto Final foi preso novamente na data de hoje (09) o vereador José Evandro Francisco da Silva. O mandado de prisão foi expedido pela 4ª Vara Criminal e cumprido pela Policia Civil de Pernambuco, sob o comando do Delegado Erick Lessa”.

images 1544010_481885961931644_266439646_n

O vereador Evandro Silva (PMDB) após deixar o IML de Caruaru na tarde desta quinta-feira (09) onde passou por exame de corpo de delito, retornou a Gerência de Polícia do Agreste I – Caruaru e em poucos minutos seguiu para a Penitenciária Juiz Plácido de Souza. O edil entrou acompanhado de um dos advogados que estudam o motivo que tenha levado a mais uma prisão do vereador.

Em menos de duas semanas da última prisão dos vereadores, Evandro Silva retorna a PJPS. Evandro foi um dos 10 edis presos na semana do Natal, sob acusação de concussão, corrupção passiva e formação de quadrilha.

TV Replay, o que é bom se repete!

Fonte: http://blogdomarioflavio.com.br/vs1/

Caruaru-PE: A FIEPE lança publicação com dados econômicos de Pernambuco

O repórter Edvaldo Magalhães entrevistou Marco Casé, Coordenador Regional da FIEPE (Federação das Indústrias de Pernambuco) que lançou a primeira edição do PE No Bolso, um livreto que traz informações sobre economia, pib, emprego e informações de indústrias da região.

Confira!

TV Replay, o que é bom se repete!

Receita vai alertar contribuintes com irregularidades no Simples Nacional

Os contribuintes incluídos no Simples Nacional poderão receber a partir de amanhã (16) alertas ao acessarem o portal do sistema na internet. A nova estratégia da Receita é para para informar os contribuintes sobre irregularidades nas informações. A estratégia faz parte do Programa Alerta Simples Nacional e permite a autorregularização, com a correção de erros e inconsistências. Na primeira fase, serão emitidos 29 mil alertas sobre as irregularidades. Os avisos serão vistos até o fim de outubro e, a partir de dezembro, a Receita começa a fiscalização dos que não fizeram as correções.

1

“É uma nova forma de relação da Receita com os contribuintes do Simples, que não têm uma consultoria como os grandes contribuintes. Sendo assim, na segunda-feira será lançado o programa com a finalidade de tornar transparente a divergência de informações”, disse Iágaro Jung Martins, coordenador-geral de Fiscalização do órgão.

Para detectar as irregularidades, A receita cruzou dados do Sistema Integrado de Administração Financeira (Siafi) e da movimentação do cartão de crédito por meio da Declaração de Operação com Cartão de Crédito (Decred). A diferença detectada chega a R$ 5,98 bilhões e o crédito tributário a favor dos cofres públicos pode ficar em 10% deste valor.

“A ideia é permitir que esses contribuintes possam se autorregularizar e com isso deixarem de ser fiscalizados pela Receita Federa e pelas receitas dos estados, Distrito Federal e municípios. Assim evitam a multa de ofício”, informou Iágaro Jung Martins. A multa para que for pego, destacou, varia de 75% a 225% do valor devido.

Atualmente, existem mais de 3,4 milhões de contribuintes que optam pelo Simples, que é um regime compartilhado de arrecadação, cobrança e fiscalização de tributos aplicável às microempresas e empresas de pequeno porte. Abrange a participação de todos os entes federados (União, estados, Distrito Federal e municípios) e é administrado por um comitê gestor.

“Nenhum contribuinte precisa ir até um posto da Receita Federal para fazer a autorregularização, que deve ser feito por meio da internet, e o comportamento dos contribuintes irregulares serão monitorados pelos nossos sistemas de banco de dados”, destacou Iágaro Martins.

Link para o Simples Nacional: http://www8.receita.fazenda.gov.br/SimplesNacional/Default.aspx

Fonte: Agência Brasil

Resumo Policial

Segundo informações do Agente de Policia David, do Destacamento da Polícia Civil da Comarca de Cachoeirinha, tudo transcorreu na paz esse fim de semana, os únicos registros nos BO foram de perca de documentos.

Como se sair bem em reuniões

Para obter sucessos profissionais dentro de grandes e pequenas empresas é necessário se destacar dentre os outros concorrentes e a melhor forma de fazê-lo é atraindo os olhares em uma reunião.  Ouçam essas 10 dicas e boa sorte.

1 – Antes da reunião tente relaxar. Assegure-se que está bem preparado e demonstre a sua confiança;
2 – Para evitar surpresas certifique-se de que o local em que você fará a apresentação possui os recursos que você necessitará e tente chegar mais cedo para testar a apresentação;
3 – Independente de seu cargo ser de extrema importância, há a preocupação com a aparência. Portanto, vá bem vestido e com as unhas e cabelos aparados;
4 – Procure saber quem são os participantes da reunião. Se for um cliente, tenha o cuidado de pesquisar sobre sua empresa e segmento de atuação, pois isso enriquecerá o seu discurso;
5 – Prepare o material que irá apresentar com antecedência. Revise-o e tenha certeza de que não há erro de português. Faça algo que não fique muito extenso para não se tornar cansativo;
6 – Cumprimente todos com entusiasmo. Jamais demonstre que está nervoso ou inseguro;
7 – Ao iniciar a apresentação, olhe nos olhos dos participantes, isso lhe trará credibilidade e demonstrará que você está seguro de seu discurso;
8 – Deixe os participantes à vontade para esclarecer possíveis dúvidas que possam aparecer e seja sempre receptivo. Se não souber responder alguma coisa, diga que irá buscar tal informação e que lhe passará em breve;
9 – Não fique com receio de fazer anotações enquanto conversa com as pessoas. Essa atitude demonstra que você é atento e isso lhe ajudará também na preparação da ata da reunião;
10 – Quando encerrar a reunião agradeça a presença de todos e coloque-se à disposição para eventuais questionamentos que ainda possam surgir.

Importante

  • Para saber se a reunião foi realmente produtiva, verifique se você atingiu os objetivos estabelecidos.

Fixe na mente os seus objetivos, seus desejos. Mantenha-se ligado naquilo que você quer em sua vida e não naquilo que você não quer.

 

Fontes: <comunidade.bemsimples.com>;< revistaescola.abril.com.br>; <mdemulher.abril.com.br>

Sites de compras coletivas – Comprar ou não comprar?

Cuidados redobrados na hora de comprar em sites de compras coletivas, pois as ofertas aparecem com descontos vantajosos. O consumidor se anima logo, pega o cartão de crédito e finaliza a compra. Agindo logo por impulso. Não procuramos buscar as informações necessárias sobre os produtos e serviços oferecidos. A TV Replay fez uma busca pelo site do Instituto Brasileiro de defesa do Consumidor (Idec), e veja só essas dicas.

  •  Atenção na hora de realizar o cadastro: verifique o site, leia os termos de uso e sua política de privacidade;
  •  Antes de realizar a compra, leia também as perguntas frequentes, pois elas podem esclarecer eventuais dúvidas. Navegue mais pelo site, veja as ofertas e verifique se ela traz informações essenciais sobre os preços, descontos, duração da promoção, número mínimo de compradores e quantas pessoas já compraram;
  •  Leia as características do produto ou serviço, além das condições de compra, sendo possível avaliar se elas atendem suas necessidades.
  •  Preste atenção em algumas restrições, como agendamento prévio, horários e dias específicos, quantidade de acompanhantes, capacidade do acompanhante e estoque do produto;
  •  Verifique se as informações de identificação do fornecedor estão disponíveis;
  •  Acesse o site da empresa e procure os termos de uso, CNPJ, telefones e endereço físico;
  •  Fique atento ao prazo de utilização do cupom de desconto. Ele pode variar de semana a anos;
  •  Em caso de arrependimento, o cupom poderá ser devolvido em até sete dias, com a garantia prevista em lei de ressarcimento do valor pago;
  •  Veja se há taxa de entrega e se ela está inclusa no preço ou se para isso existe alguma taxa extra;
  •  Lembre-se de que caso o número mínimo de compradores não for atingido, o valor deverá ser devolvido automaticamente;
  •  Não aceite qualquer tipo de discriminação por estar usando um cupom de desconto.

Fonte: Idec