PE: Número de homicídios cai em junho de 2018, diz SDS

São sete meses consecutivos de redução em relação aos mesmos períodos do ano anterior, apontam dados da SDS

Os Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI) voltaram a cair em junho de 2018, de acordo com a Secretaria de Defesa Social de Pernambuco (SDS). Os dados divulgados apontaram, ainda, que, de 184 cidades pernambucanas, 96 e Fernando de Noronha não registraram assassinatos. São sete meses consecutivos de redução em relação aos mesmos períodos do ano anterior. Com isso, o acumulado do 1º semestre deste ano teve redução de 21% em relação em relação a 2017.

Homicídio Foto: Rafael Furtado/Folha de Pernambuco

Homicídio
Foto: Rafael Furtado/Folha de Pernambuco

Ainda segundo a SDS, a sequência de sete quedas mensais consecutivas começou em dezembro de 2017, com 394 homicídios contra 472 em dezembro de 2016, e continuou até o mês passado, quando foram registradas 335 mortes em junho de 2018, uma queda de 12% no comparativo a junho de 2017. 

Por meio de nota, o secretário de Defesa Social, Antônio de Pádua, alegou que é possível reduzir ainda mais os números. “Podemos chegar a patamares menores, uma vez que ainda estamos consolidando e ampliando a atuação de unidades recém-inauguradas pela Polícia Militar, a exemplo do 2º Biesp (Petrolina) e das companhias independentes da PM em Lajedo, Tamandaré e Araripina”, disse, em nota.

Os dados apontam ainda que nos primeiros seis meses deste ano, Pernambuco deixou de ter 596 ocorrências de homicídios. “Somente em junho, 191 homicidas foram capturados pelas polícias do Estado”, acrescentou o secretário. No dia 21 de junho, não houve nenhum homicídio em toda Grande Recife. O CVLI zero também se verificou em dez outras datas do mês nas 61 cidades do Sertão.

Por Folhape

Número de homicídios no Brasil supera outros 52 países somados

O números absoluto de assassinatos em 2016 é maior que a do continente europeu inteiro e mais os Estados Unidos

Em 2016 o Brasil chegou à nefasta marca de 61,6 mil homicídios no ano. Para se ter uma noção, se somarmos o número total de assassinatos na Europa inteira, Estados Unidos e China; o Brasil ainda leva uma vantagem de quase 13 mil mortos.

Até em comparação com países subdesenvolvidos como a Indonésia, com 253 milhões de habitantes, O Brasil leva uma vantagem de mais de 60 mil vítimas no ano. Foto: Agência Brasil

Até em comparação com países subdesenvolvidos como a Indonésia, com 253 milhões de habitantes, O Brasil leva uma vantagem de mais de 60 mil vítimas no ano. Foto: Agência Brasil

Os números são ainda mais alarmantes quando se leva em consideração a dimensão populacional. A China, por si só, tem uma população quase cinco vezes maior e índices de crimes violentos quase seis vezes menor.

Até em comparação com países subdesenvolvidos como a Indonésia, com 253 milhões de habitantes, O Brasil leva uma vantagem de mais de 60 mil vítimas no ano.

Se somarmos os números de vítimas do México, África do Sul, Colômbia e Paquistão, ainda levamos uma vantagem de quase 8 mil mortos.

Dentre os países em desenvolvimento apenas a Índia tem números próximos aos brasileiros. Foram 41,6 mil mortes violentas contra 59 mil no Brasil (em 2015). Ainda assim, a população da Índia é seis vezes maior que a brasileira.

Realidades distintas

Apesar dos indicativos, é preciso entender que um país de dimensões continentais como o Brasil abriga realidades distintas. Um morador de Jardim Paulista, em São Paulo, usufrui de uma realidade similar a Suécia.

Por outro lado, um morador de Nossa Senhora da Apresentação, bairro de Natal, vive num clima de terror. Sendo o bairro mais violento da 10ª cidade mais conturbada do mundo, os moradores de Nossa Senhora conviveram com 40 homicídios apenas no primeiro semestre de 2017. Os primeiros seis meses do ano já tornam o bairro mais violento que a maioria dos países do hemisfério norte.

Por Diário de Pernambuco

Caruaru-PE: Polícia registra duas tentativas de homicídio durante final de semana no município

Neste fim de semana, na cidade de Caruaru-PE, dois homens foram esfaqueados; o primeiro atentado aconteceu na tarde do sábado (21), na Avenida Leão Dourano, no bairro Caiucá, próximo ao viaduto da BR-104 e teve como vítima, o andarilho, Paulo Cesar Martins de Melo, de idade não informada. Ele foi esfaqueado no pescoço, socorrido para o HRA. Segundo testemunhas, quem tentou matar a vítima foi outro andarilho ainda não identificado.

IMG-20151122-WA0015

Point Blur_Nov232015_103403

A segunda tentativa de homicídio aconteceu já durante a madrugada do domingo (22), próximo à Policlínica do Salgado e a vítima, Márcio Elias da Silva, de 22 anos, mora no Recife-PE. O mesmo disse a Polícia Militar e aos socorristas do Samu que foi esfaqueado por um usuário de drogas com ciúmes da namorada conhecida por Carol e mesmo ferido saiu correndo até a rua Dr. José Mariano no Centro, onde caiu e populares que estavam em um churrasquinho acionaram o Samu que o socorreu e levou ao HRA.

IMG-20151122-WA0130

Nova Replay, nós estamos onde a notícia está!

Cachoeirinha-PE: Operação conjunta da CIOSAC e PM’s do 15º BPM debela ponto de tráfico de drogas

Nesta terça-feira (21), após levantamentos de informações da CIOSAC (Companhia Independente de Operações e Sobrevivência na Área de Caatinga) em operação conjunta com Policiais Militares do 15º BPM, debelaram ponto de tráfico de drogas na cidade de Cachoeirinha, em uma residência próximo a BR 423, na entrada da cidade.

10

1 2 3

Após as detenções dos acusados que encontravam-se na referida residência, passaram a informar ao efetivo policial, que comercializavam drogas na cidade e que outras pessoas estariam envolvidas. Diante das informações, os policiais continuaram as diligências, logrando êxito ao localizar os demais envolvidos, onde na ocasião, um menor teria confessado a prática de 06 (seis) homicídios e 04 (quatro) tentativas, onde este teria feito uma narrativa em detalhes, versando sobre a participação em outras circunstância, como segue abaixo:

  • Homicídios: Praticado em Agrestina, na companhia de um indivíduo conhecido por “Gay” e “Fabim”;
  • Homicídio contra a pessoa de “Serginho” na Vila Tancredo Neves, em Cachoeirinha, e João, tio de Serginho, onde nestes crimes, teria a participação de um elemento conhecido por “Canga”;
  • Homicídio com a participação de um indivíduo conhecido por “Turino”, juntamente a Emanuel Gomes da Silva, vulgo “Mané Vaqueiro” em um bar na Vila de Tapiraim, conhecida como Garrote, no dia 17.02.2014, vitimando uma outra pessoa, onde a vítima deveria ter sido “Cicinho”, filho de Paulo Abdoral;
  • Duplo homicídio praticado por ele na Vila La Casa, em Cachoeirinha;
  • Homicídio tentado contra um borracheiro na Vila Pombos, em Cachoeirinha;
  • Tentativa de homicídio contra Luan Marques da Silva, “Garça”, na Vila Tancredo Neves a mando de Turino;
  • Tentativa de homicídio no mês de março do corrente ano, contra um indivíduo conhecido por “Nino” na cidade de Bezerros, no Bairro de Santo Amaro II, também com Turino;
  • No último sábado (18.04), tentativa de homicídio contra um indivíduo conhecido por “Cabeção”, no bairro do Salgado, na cidade de Bezerros.

O menor já foi apreendido três vezes por porte ilegal de arma, assalto e tráfico de drogas.

Os Policiais em seguida localizaram um outro elemento, que o menor indicou como sendo o indivíduo que indicaria um empresário que seria assaltado em Caruaru, sendo roubado deste a quantia de R$ 50.000,00 (Cinquenta mil reais); Da mesma forma, foi localizado Gilson Lima Feitosa, 33 anos,  acusado de planejamentos de assaltos em Caruaru.

O menor afirmou ainda que nesta terça-feira (21) iria na companhia de João Marcos dos Santos, vulgo “Marquinhos”, praticar um homicídio no bairro do Salgado, em Bezerros, e que a vítima seria “Léo Banguelo”, a mando de Turino.

Menor de idade

Menor de idade

João Marcos, vulgo "Marquinhos, 19 anos. Traficante e comparsa do menor, pego com 70 papelotes de maconha

João Marcos, vulgo “Marquinhos, 19 anos.
Traficante e comparsa do menor, pego com 70 papelotes de maconha

Cícero Manuel de Macedo, vulgo "Til", traficante pego com 10 pedras de crack e 6 papelotes de maconha

Cícero Manuel de Macedo, vulgo “Tico”, 26 anos, traficante pego com 10 pedras de crack e 6 papelotes de maconha

Joseildo José Zubem de Amorim, vulgo "Tubiba"25 anos, pego com 500 pedras de crack, 15 papelotes de maconha R$ 115,00

Joseildo José Zubem de Amorim, vulgo “Tubiba”, 25 anos, pego com 500 pedras de crack, 15 papelotes de maconha R$ 115,00

5

Divanilda Ricardo da Silva, vulgo “Vânia”, 39 anos, traficante pega com 21 pedras de crack e 6 papelotes de maconha

Jucimário Alves da Silva,

Jucimário Alves da Silva, 35 anos, acusado de planejamentos de assaltos em Caruaru

Gilson Lima Feitosa, 33 anos, acusado de planejamentos de assaltos em Caruaru

Gilson Lima Feitosa, 33 anos, acusado de planejamentos de assaltos em Caruaru

Os envolvidos e os materiais apreendidos foram conduzidos a Delegacia de Belo Jardim para que sejam adotadas as medidas cabíveis, sendo recolhidos à cadeia pública da cidade de Cachoeirinha. A detida foi recolhida ao presídio feminino da cidade de Buíque e o menor, recolhido à Funase de Caruaru.

 

TV REPLAY, NÓS ESTAMOS ONDE A NOTÍCIA ESTÁ!

 

 

Ribeirão-PE: Policia Civil de Pernambuco desencadeia a operação de repressão

Qualificada para prender integrantes de organização criminosa envolvida em homicídios, tráfico de drogas e assaltos em ribeirão e adjacências da Mata Sul de Pernambuco, a Polícia Civil de Pernambuco, desencadeia na manhã desta quarta-feira, 09/04/2013, operação de repressão qualificada, denominada “OPERAÇÃO ARM LOCK”, com objetivo de prender pessoas suspeitas de envolvimento em organização criminosa com atuação em toda a Mata Sul.

Serão cumpridos 20 Mandados de Prisão Preventiva e 20 Mandados de Busca e Apreensão Domiciliar, expedidos pelo Juiz de Direito da Comarca de Cortês.

Na execução do trabalho operacional, participam 180 Policiais Civis, entre Delegados, Agentes e Escrivães, e 35 Policiais Militares. A operação é coordenada pela Chefia da Polícia Civil. As investigações tiveram início há 06 meses, foram efetuadas pela 71ª Circunscrição Policial – Ribeirão e já resultaram na prisão de 30 pessoas e na apreensão de 13 quilos de entorpecente e 09 armas de fogo durante o curso das investigações.

images

Foto da Internet

TV Replay, o que é bom se repete!

Pernambuco: Estado apresenta redução de homicídios pelo sétimo ano consecutivo

No período o Programa Pacto Pela Vida salvou 7.889 vidas

O programa Pacto Pela Vida, implantado pelo Governo de Pernambuco em 2007, registrou, pelo sétimo ano consecutivo, uma redução de 7,6%, em 2013, na comparação com 2012, na taxa de Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI), que mede o número de homicídios e latrocínios por 100 mil habitantes. Desde sua criação, o Pacto Pela Vida reduziu em 39,10% a taxa de CVLI’s, o que significa um total de 7.899 vidas salvas em sete anos. Ao alcançar sete anos consecutivos de queda na criminalidade, o Estado é o único do Nordeste que apresenta declínio nos índices de violência. O mesmo acontecendo com o Recife, única capital nordestina a reduzir os índices de homicídios.

Na análise dos dados por município, apenas em 2013, a capital Pernambucana apresentou uma queda de 24,7% na taxa de homicídios e obteve 140 dias sem ocorrência de assassinatos. Na tabulação dos números nos últimos sete anos, Recife atingiu um patamar de redução de 60,88%. Para colaborar na redução da violência, a gestão municipal, após receber sugestões de vários setores da sociedade, lançou, no último mês de julho, o Pacto pela Vida do Recife, primeiro plano municipal de segurança pública do Brasil. Também foram instaladas 40 câmeras de videomonitoramento, em 13 bairros da cidade, reforçando a segurança em praças, parques e nas proximidades de escolas municipais.

Além dos vários municípios que diminuíram seus índices de CVLI, 13 cidades pernambucanas não registraram nenhum homicídio durante todo o ano de 2013. São eles: Salgadinho, Brejinho, Solidão, Buenos Aires, Calumbi, Frei Miguelinho, Granito, Ibirajuba, Ingazeira, Poção, Santa Filomena, Triunfo e Verdejante. O distrito de Fernando de Noronha também não registrou homicídios no ano passado. Pela primeira vez na história, Pernambuco celebrou um dia inteiro sem que fosse registrada uma única morte violenta. O fato aconteceu em 29 de abril, quando os 184 municípios do Estado zeraram os índices contabilizados pelo Pacto Pela Vida.

1

O secretário de Defesa Social, Alessandro Carvalho, atribuiu os resultados à decisão política do governador Eduardo Campos de ter optado pela criação efetiva de uma política de segurança pública e Defesa Social para o Estado. “Com a decisão, buscamos conhecer quais eram os problemas que levavam à violência e, a partir de um diagnóstico, investimos na complementação do efetivo, na integração entre os órgãos operativos da SDS e em parceria com o Poder Judiciário, Ministério Público e outros setores da sociedade civil organizada”, destacou.

Em 2013, vários destaques foram fundamentais para a redução da violência no Estado. Para colaborar no combate ao crime foram nomeados 1.368 soldados da Polícia Militar, 414 agentes e 200 escrivães na Polícia Civil. Foram instaladas mais 280 câmeras, totalizando 573 em todo o Estado. Outro destaque importante diz respeito ao reforço no trabalho realizado pela Patrulha do Bairro. Mais 106 viaturas entraram em operação, totalizando 296 equipes realizando patrulhamento na capital, Região Metropolitana e Interior do Estado. As operações de repressão qualificada, no ano passado, continuaram colaborando na redução de CVLI. Foram 30 operações com 573 pessoas presas, com destaque para as operações Disciplina, Zero Bala e Última Jogada realizadas pelos órgãos operativos da SDS.

Operacionalidade – Ações repressivas também colaboraram para manter a curva decrescente da violência no Estado. Até novembro de 2013 foram apreendidas 1,1 toneladas de crack convertido e oito toneladas de maconha. As polícias pernambucanas cumpriram 7.444 mandados de prisão e realizaram 26.082 prisões em flagrantes além de remeter à justiça até novembro 47.270 inquéritos.

“Ainda há muito trabalho pela frente. Esse trabalho não para. O Pacto pela Vida não é formado apenas pelo trabalho de repressão, da polícia, mas também pelo trabalho das outras secretarias parceiras. Por um trabalho forte na prevenção social”, acrescentou Frederico Amâncio, coordenador do Pacto pela Vida e Secretário de Planejamento e Gestão de Pernambuco.

Fonte: SECRETARIA DA CASA CIVIL DE PERNAMBUCO

Homicídios crescem 52,2% nas cidades pequenas em dez anos, diz Ipea

A taxa de homicídios nas cidades pequenas (com até 100 mil habitantes) cresceu 52,2% entre os anos 2000 e 2010, no país. Ao mesmo tempo, nas cidades grandes (com mais de 500 mil habitantes), houve uma queda de 26,9%. Os dados fazem parte de pesquisa divulgada hoje (20) pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea).

1

Nas cidades médias (com população entre 100 mil e 500 mil), a taxa cresceu 7,6%. Segundo o coordenador da pesquisa, Daniel Cerqueira, o crescimento econômico das cidades menores pode ter atraído atividades ilegais e, consequentemente, a violência.

“A relação entre renda e crime vai em direções contrárias. Por um lado, quando a renda e a atividade econômica aumentam numa região, você teria um incentivo a diminuir o crime, porque o indivíduo tem mais condições de se virar no mercado de trabalho legal. Mas, por outro lado, quando a renda aumenta em determinada localidade, isso aumenta o valor dos mercados ilícitos, como o tráfico de drogas, extração de madeira etc. A gente percebeu claramente que houve uma interiorização do crime no Brasil”, disse.

Apesar disso, os municípios grandes ainda tinham uma taxa de homicídios de 35,3 por 100 mil em 2010, quase duas vezes maior do que nas cidades pequenas (18,6 por 100 mil). Nas cidades médias, a taxa de homicídios era 34%.

Edição: Talita Cavalcante

Vitor Abdala
Repórter da Agência Brasil

Fonte: Agência Brasil

Olinda/Goiana-PE: “Operação Corpus Christis” Prende Oito Indivíduos com Arma de Fogo e Cocaina

2 1

 

Na manhã desta quinta-feira (30), policiais civis e militares da Área Integrada de Segurança de Goiana, na Mata Norte do estado, deflagraram uma operação para combater homicídios e tráfico de drogas na região. Durante a ação cinco pessoas acabaram presas e três adolescentes apreendidos. Foram apreendidos quatro armas de fogo, sendo três revólveres cal. 38 e uma espingarda escopeta cal. 12, além de 82 papelotes de cocaína.

Entre os presos está Rodrigo Barbosa Rocha do Nascimento, o “Papada”, de 22 anos. O suspeito consta no livro dos alvos mais procurados de Pernambuco. Ele possui mandado de prisão preventiva pela prática de homicídios em Olinda e estava atuando na região da Mata Norte. Também foram detidos Zeildo de Lima Bonifácio, de 20 anos – com mandado de prisão também por homicídio; Gleyce Kelly Martins da Silva e Elaine Conceição dos Santos, ambas de 23 anos e Alexandro Ferreira Lima, de 34, além da apreensão dos três adolescentes envolvidos com o tráfico de entorpecentes.

Eles vão responder pelos crimes de tráfico de drogas, formação de quadrilha armada, tráfico e associação para o tráfico, além do porte e posse ilegal de arma de fogo. Os homens vão seguir para a Cadeia Pública de Goiana, as mulheres para a Colônia Penal Feminina do Recife e os menores infratores para o Centro de Internação Provisória (Cenip) em Recife.

Fonte: Agreste Violento

São Domingos-PE: Acusado de vários homicídios é preso

Durante a manhã de hoje, quinta feira, (14-02-2013), após uma intensa perseguição, a Polícia Militar conseguiu prender Josenildo dos Santos, vulgo “Nildinho”, de 18 anos de idade, acusado de vários homicídios em Santa Cruz do Capibaribe e em São Domingos distrito de Brejo da Madre de Deus.

A operação conjunta entre o Grupo de Apoio Tático Itinerante (GATI), a equipe de Rondas Ostensivas Com Apoio de Motocicletas (ROCAM), a equipe Malhas da Lei e a Guarnição Ordinária, foi desencadeada, após o trio ROCAM se deparar com o meliante na Ponte que liga São Domingos a Capital da Moda.

Segundo informações, após perceber a presença da Polícia, “Nildinho” empreendeu fuga, se evadindo pela Favelinha Beira Rio, as margens do Rio Capibaribe. De imediato foi solicitado reforços e os policiais que integram a 3ª Companhia Independente da Polícia Militar (3ª CIPM) iniciaram as buscas. Ainda de acordo com as informações, o individuo foi encontrado dentro de uma residência, no meio de alguns fardos de tecidos. Ao ser interceptado, “Nildinho” se entregou, sendo localizado na oportunidade, um revólver cal 38, com três munições pinadas, que estavam em poder do mesmo, que foi conduzido para Delegacia de Polícia de Santa Cruz do Capibaribe.

O imputado pode ter praticado mais de oito homicídios, mas segundo o Cabo Junior da ROCAM, ele confessa ter praticado apenas cinco, sendo LucasLuquinha, Lambin, Bebo e Gleydson Emerson Araújo da Silva, “Diguin”, de 19 anos, assassinado em no Bloco Onda Azul no dia 02/02/2013 em São Domingos.

indagado sobre os homicídios de José Severino da Silva, “Zé Torrão” de 60 anos de idade, no dia 28/12/2012 na Rua Beira Rio no loteamento Buraco de Gerson também em São Domingos, “Nildinho” afirmou que não teve participação no crime, confessando que outro elemento identificado por “Val”, comparsa do mesmo, foi o autor do homicídio. Com relação à morte de Rodrigo Gomes Timóteo, mas conhecido por “Digão”, no dia 16/09/2012 em um evento político na cidade de Santa Cruz do Capibaribe, “Nildinho, disse que estava presente, mas quem atirou foi Welley dos Santos Silva, de 17 anos, assassinado no dia 17/09/2012. Sobre a suspeita de ter matado seu próprio comparsa “Welley”, Nildinhotambém negou o crime.

Fonte: Jornal Agreste Notícia