Blog de Airton Sousa: Arena faz rodada dupla do Hexagonal

Teremos nessa quarta-feira(05), o encerramento da nona rodada do Hexagonal do título, com a realização de dois jogos, e desta feita por determinação na Federação Pernambucana de Futebol, com uma rodada dupla, na Arena de Pernambuco. Essa decisão prende-se ao limite no calendário, e também com a intenção de atrair um público maior, em face dos percentuais de público, estarem abaixo da média.

O Náutico faz o jogo preliminar contra o Central, e o Belo Jardim o jogo principal, contra o Santa Cruz. Com relação ao Náutico, que tem no momento apenas o Campeonato Pernambuco, pelo fato de ter ficado de fora da Copa do Brasil prematuramente, e também da Copa do Nordeste, indo apenas até a primeira fase daquela competição, resta apenas a tentativa de conquistar o Pernambucano de 2017.

Enquanto isso, o time do Central, que faz este ano uma das piores participações da sua história, apenas cumpre tabela, porque começou na lanterna do Hexagonal, e dificilmente perderá essa posição para o Belo Jardim. Sinceramente, não sei que motivação terá o torcedor alvi-rubro para ir à Arena na noite dessa quarta-feira.

Na partida principal, também não será diferente. O Belo Jardim, a exemplo do Central, também não tem chance nenhuma, porém a decepção é menor, porque pelo fato de não estar jogando no seu Estádio, atua na capital pernambucana, e tem vendido caro os resultados contra os três grandes da capital.

Finalmente o Santa Cruz, que não alcança mais a equipe do Salgueiro no Hexagonal. Apenas disputa com o Sport, a segunda colocação, e, se permanece nessa posição, ou no terceiro lugar, deverá mesmo enfrentar ao Sport nas semi-finais do Campeonato.

Falta de motivação para os clubes, também para as torcidas, esse tem sido o campeonato deste ano, exigindo para 2018, mudanças radicais, na tentativa de resgatar a imagem positiva que acontecia em outros Campeonatos Estaduais. Ou a Federação senta com os Dirigentes, para rever novas fórmulas, ou o Campeonato Estadual, estará com os seus dias contados.

Blog de Airton Sousa: Sport e Salgueiro empatam na Ilha do Retiro

Jogando com o time sub-vinte, o Sport não passou de um empate contra o Salgueiro, na noite desta segunda-feira(03). Um jogo brigado, disputado, e com o time salgueirense abrindo o placar com 1 minuto da primeira etapa, dando a entender que venceria o jogo. O time rubro-negro, dominou grande parte do jogo e terminou empatando, ainda no primeiro tempo.

Na segunda etapa, aos 13 minutos, o Sport fez o segundo gol e fica na frente do placar. No entanto, o time do sertão,  demonstrando a boa fase que está atravessando, chega ao empate aos 23 minutos  e  matou um pouco, as pretensões leoninas de chegar à vitória.

O fato lamentável no jogo, foi o lance entre Wallace e Levi, quando com um choque o jogador rubro-negro, atingiu o atleta do Salgueiro. Um lance violento, daí uma fratura na tíbia, causando revolta aos jogadores salgueirenses. Depois do jogo, foi constatada a fratura e o tempo de 120 dias para a recuperação do jogador Levi.

Em seguida o Presidente leonino, reclama da arbitragem de Gilberto Castro Júnior, antecipando em seguida o pensamento de trazer árbitros de fora para apitarem os jogos do Sport nas semi-finais e finais do Campeonato Pernambucano.

O Salgueiro com o empate, é mais líder ainda, somando 20 pontos, enquanto que o Sport é o segundo colocado, com 14 pontos. Dependendo dos resultados do Náutico e Santa Cruz, nesta quarta-feira(04), o time rubro-negro, pode perder essa segunda colocação.

Blog de Airton Sousa: Sport tem novo técnico

Coisas de Dirigentes sem planejamento e com mentalidade amadora. Com uma campanha de razoável para boa, onde em 18 jogos, venceu 10, empatou 6 e perdeu 2, Daniel Paulista foi afastado após o empate contra os reservas do Santa Cruz em 1 x 1, neste domingo(26), na Ilha do Retiro.

Levando-se em consideração que a maioria dos adversários foi de um nível regular, exceção os clássicos contra o Náutico e Santa Cruz, mesmo assim, dentro do propósito dos Dirigentes, de não valorizarem o Campeonato Estadual, fazendo um trabalho com os jogadores da base, nada foi avaliado para decidir pelo afastamento de Daniel Paulista.

Volta para dirigir as Divisões de Base do Sport, fato que sinceramente eu não concordo. Acho que a decisão da Diretoria foi humilhante, e o melhor caminho para Daniel Paulista, era tentar treinar um time inferior, para iniciar a sua carreira, como um técnico verdadeiramente. Porém, Daniel Paulista não teve esse entendimento e é de novo rebaixado para a base do clube da praça da bandeira.

Já anunciado Ney Franco como o novo treinador, namoro agora concretizado, pois várias vezes os Dirigentes tentaram a vinda do treinador, que exigiu a companhia do preparador físico e um assistente técnico, inflacionando mais ainda a sua contratação.

Porém, a partir do jogo contra o Campinense, passaremos a observar se a falha era do Daniel Paulista, da fragilidade técnica do elenco, ou de alguns jogadores se escondendo em campo. A verdade é que, fica provado mais uma vez, que a prata de casa não tem valor. Assim também aconteceu com Daniel Paulista, para os Dirigentes, foi o verdadeiro culpado do futebol pequeno que o time está jogando.

Blog de Airton Sousa: Jogos da oitava rodada do Hexagonal

A oitava rodada do Hexagonal irá acontecer nesse final de semana. No sábado, às 16 horas na Arena de Pernambuco, o Náutico com o time misto, vai enfrentar ao Belo Jardim. A intenção do técnico do time timbu, é preservar alguns jogadores para jogos mais difíceis do Campeonato.

Pelo lado do Náutico, a tranquilidade de saber que estará nas semi-finais da competição, em razão principalmente do regulamento, que favorece aos três clubes da capital. Por outro lado o Belo Jardim a exemplo do Central, apenas cumpre tabela, sem nenhuma perspectiva de chegar as semi-finais.

Portanto, um jogo sem atrativo nenhum para o torcedor, mesmo a Diretoria do Náutico tendo efetuado promoção no preço do ingresso. Porém é muito provável a certeza de um pequeno público na Arena de Pernambuco.

Enquanto isso, o clássico entre Sport e Santa Cruz, que acontece no domingo às 16 h, também é um clássico em que os treinadores, estão muito mais preocupados com a primeira partida das quartas de final da Copa do Nordeste, do que com o resultado da partida, onde o Santa Cruz é o segundo, e o Sport é o terceiro colocado.

Em razão do desinteresse do Estadual, e da importância da Copa do Nordeste, é quase certo que os dois times entrem em campo com jogadores reservas, ou os que compõe as divisões de base. Porém, mesmo assim espera-se que a rivalidade prevaleça e que os times possam valorizar o confronto. Não entendemos vantagem para nenhum dos dois lados.

Finalmente, num jogo que só serve para o Salgueiro manter a sua liderança no Hexagonal, teremos no Estádio Antonio Inácio de Sousa, o Central recebendo a equipe salgueirense. Sempre que se encontram, temos um jogo equilibrado, porém desta vez, o time patativa está bastante desfalcado e vem de uma goleada no último domingo, frente ao Santa Cruz.

Além de tudo, a única vitória Centralina, foi no mesmo Estádio, contra o time do Belo Jardim. O restante dos jogos foram todos de derrotas para o alvi-negro, e não é de se estranhar, diante da atual situação, que o Salgueiro venha a somar mais 3 pontos. É cada vez mais preocupante, a quantidade de fatos negativos que ocorrem no time da patativa do Agreste.

Blog de Airton Sousa: Situação crítica do Central de hoje

O Central com quase cem anos de existência, tem tido Dirigentes e Dirigentes, passando por fases muito mais negativas, do que positivas, e a história está aí para comprovar o que estamos escrevendo. O torcedor da patativa, está muito bem convencido das dificuldades, dos problemas, dos descasos, do abandono e da falta de credibilidade.

O atual Presidente do Central, no auge da sua vaidade e orgulho, sepulta de uma maneira rápida e emergente, o nome e a tradição esportiva que o clube com muito sacrifício construiu,  através de Dirigentes que mereciam respeito e se faziam impor, o que não é o caso do atual Presidente, que em razão da falta de transparência, deixa o clube na atual situação.

Tenho escrito e comentado muito pouco a respeito do alvi-negro, porque são tantas coisas negativas, tantos erros, que não vale a pena perder tempo, porque temos espaços importantes no rádio e também nesse blog, para levar notícias merecedoras da ocupação de espaços.

O atual Presidente, falou recentemente a uma emissora de rádio, que esse cronista, comentava conforme a conveniência do ex-presidente do Central, Sivaldo Oliveira. Puro engano, porque os espaços que ocupo, são espaços com assuntos analisados de maneira profissional e imparcial desse cronista, e sempre foi assim desde o início da minha vida no rádio e na televisão.

Para que a cidade julgue o atual Presidente, basta citarmos alguns fatos para apreciação. A Campanha do Central o ano passado, nos campeonatos Estadual e Brasileiro; a campanha até agora no atual Hexagonal; a situação financeira do clube junto aos seus funcionários; além de uma perspectiva de tudo ser repetido como em 2016, lamentavelmente.

O torcedor do Central que faça o seu julgamento. Será que a atual gestão patativa, está correspondendo? Será que o trabalho do Presidente tem sido um trabalho cheio de apoio e credibilidade? A situação financeira, o abandono do Lacerdão e outros itens merecem o apoio, ou a rejeição do sócio?

Infelizmente é o Central que sofre, que agoniza, que já passou do fundo do poço, é de novo vitima da inconsequência daquele é o pior presidente da história da patativa do Agreste. Triste resumo de uma tradição, que causou ao longo da sua existência, tanto desencanto a sua torcida. É bom pedir ao Presidente Licius Cavalcante, respeito ao nome do Central, e a história de 35 anos desse cronista, que já passou por prefixos famosos e importantes, no rádio e na televisão, e que tem um marco na crônica esportiva.

Blog de Airton Sousa: Começam os jogos de volta do Hexagonal

Nesse domingo(05), à tarde, começam os jogos de volta do Hexagonal decisivo do Campeonato Pernambucano de Futebol, com a realização de três jogos, sendo dois no interior e um na capital pernambucana.

O Salgueiro defendendo a liderança na competição, enfrente ao Santa Cruz, quarto colocado. Mesmo perdendo o time salgueirense não deixa a liderança, pela distância que tem de 4 pontos para o Sport Clube do Recife. Enquanto que o tricolor, terá que vencer e torcer que o time do Belo Jardim, não vença ao Central em Caruaru.

Enquanto isso na Arena de Pernambuco, o Náutico joga contra o Sport. Na última quarta-feira(01), na Ilha, as duas equipes não passaram de um empate, resultado que não foi positivo para nenhum dos dois times. Naquela oportunidade, o time rubro-negro jogou com o time reserva, ou alternativo. Para o jogo desse domingo, o treinador Daniel Paulista, resolver colocar em campo todos os titulares.

O Náutico, por sua vez, praticamente repete o time da quarta-feira, porque apesar dos gols perdidos, o treinador Milton Cruz, gostou da atuação do time, fazendo restrições apenas às finalizações do ataque, além do mais, sabe o treinador, que não pode deixar de pontuar nessa partida.

O Sport tenta uma vitória  para ir a 12 pontos e encostar no Salgueiro, que joga contra o Santa Cruz no sertão pernambucano. Muitas críticas foram feitas ao elenco rubro- negro, principalmente aos homens de meio campo e ataque. Espera-se um bom público, também um bom jogo tecnicamente, fatos que não vem acontecendo, no momento, no Hexagonal.

No Estádio Antonio Inácio de Sousa, o Central que perdeu o técnico Laelcio Lima, após a quinta derrota, na quarta-feira(01), em Vitória de Santo Antão, tenta se recuperar, mesmo dentro das limitações e dos problemas que atravessa. Enfrentando ao Central, o time da terra do Bitury, que soma 4 pontos, vai em busca de mais uma vitória, para encostar no Santa Cruz.

Blog de Airton Sousa: Clássico sem vencedor

Não sabemos até quando a Federação Pernambucana de  Futebol, vai continuar sem o planejamento necessário para uma tabela mais coerente do Campeonato  Estadual. É inadmissível que em plena quarta-feira de cinzas, na terra do frevo tenhamos um clássico entre duas equipes tão rivais, mesmo com a ideia do técnico Daniel Paulista de escalar, para alguns jogos do Estadual, o seu time reserva, ou alternativo, como queiram.

Tivemos um jogo bem movimentado no primeiro tempo, com o Náutico desenvolvendo um melhor futebol, e  taticamente mais encorpado. O time timbu teve cinco chances concretas de gol, contra três do time leonino. Já aos 4 minutos, a primeira chance com Tiago Silva; aos 7 minutos, com Marco Antonio; aos 16 minutos, uma cabeçada de Rodrigo Sousa, e finalmente, um pênalti de Rodrigo em David, aos 28 minutos. Erick cobra com categoria e coloca o Náutico na frente do placar.

A partir daí o Sport avança  um pouco, melhora a produção do meio de campo para o ataque, e aos 39 minutos, Neto Moura chuta uma bola de primeira, indefensável e empata o jogo, encerrando o primeiro tempo com o placar de 1 x 1. Destaca-se na primeira fase pelo Náutico, Marco Antonio, Erick e Manoel. Enquanto no Sport, não tivemos destaque  especial.

O segundo tempo começou co  o Náutico tendo a primeira chance aos 2 minutos com Agenor, Dudu chutando uma bola aos 26 minutos, e o Sport sem ter um bom trabalho na sua meia cancha, dificultando o rendimento dos atacantes. Muitas modificações aconteceram nas duas equipes, e somente aos 41 minutos, Fábio chuta uma bola perigosa, para uma boa defesa de Tiago Cardoso.

Quando tudo parecia estar definido, o Náutico sofre um pênalti aos 44 minutos e colocam o jogador André para a cobrança, aí aconteceu o que vem sendo repetido, André cobra mal, e permite que Tiago Cardoso evite que a bola entre. Placar final 1 x 1, para uma renda de R$ 58.425,00, e um público de 3.430 expectadores. Náutico e Sport voltam a se encontrar neste domingo(05), na Arena de Pernambuco, às 16 horas, também pelo Hexagonal.

Um ponto positivo, foi a arbitragem do desconhecido José Washington, que esteve muito bem, no campo técnico e disciplinar, ao lado de Elam Vieira e Ricardo Chianca.

Blog de Airton Sousa: Notícias do Campeonato Pernambucano

Com a surpresa da classificação do Belo Jardim, para o Hexagonal decisivo do Campeonato Pernambucano, tivemos ontem o encerramento da primeira fase, com os seguintes resultados:  América 2 x 0 Belo Jardim; Serra Talhada 1 x 0 Afogados;  Vitória 0 x 1 Salgueiro;  Central 0 x 0 Flamengo.

Não resta dúvida que foi uma disputa acirrada pelas três vagas para o Hexagonal decisivo, e a classificação por maior número de pontos terminou da seguinte maneira: Primeiro lugar – Salgueiro com 16 pontos; Segundo Lugar- Belo Jardim com 12 pontos; Terceiro lugar – Central  também com 12 pontos, porém com uma vitória a menos.

Depois da rodada desta quarta-feira(25/01), o Hexagonal decisivo do título, já começa no sábado(28/01), com o jogo entre Sport x Central, na Ilha do Retiro. No domingo(29/01), teremos o clássico entre Náutico x Santa Cruz, na Arena de Pernambuco e em Belo Jardim, Belo Jardim x Salgueiro.

Chegou a hora de avaliarmos as equipes do interior, porque essa fase que terminou, foi nivelada por baixo. Agora é diferente, os clubes interioranos terão que mostrar competência, diante dos considerados grandes da capital, que estão investindo para a Copa do Nordeste e as competições promovidas pela CBF.

Blog de Airton Sousa: Sexta rodada poderá ser decisiva para o hexagonal

Uma fase curta e perigosa, está sendo essa primeira fase do Campeonato Pernambucano de Futebol. Todos sabiam que seria dessa maneira, porque com os poucos recursos, sem incentivo da Federação, sem investimento das empresas e prefeituras e com uma participação discreta do torcedor, além da falta de qualidade técnica da maioria dos clubes, não poderíamos esperar um campeonato motivador.

No entanto, os três clubes que obtiverem a classificação para o hexagonal, ainda irão escapar do prejuízo. Enquanto isso, os seis clubes restantes da fase que serão incluídos no hexagonal da morte,  estes sim, terão um campeonato provavelmente no vermelho, e mesmo assim, a Federação não se propõe mudar o regulamento para 2018, repetindo este ano, os mesmos erros cometidos na fórmula do ano passado, onde todo mundo reclamou, e nenhuma mudança aconteceu.

As torcidas aguardam com ansiedade a rodada desse domingo(22), principalmente dos clubes que estão com maior perspectiva de classificação. Para a sexta rodada, teremos  os  seguintes  jogos:  Flamengo  de  Arcoverde  x  Atlético  PE;   Afogados x América;  Belo Jardim x Serra Talhada; Salgueiro x Central. Destes, o Salgueiro já está classificado. Os quatro clubes que brigam pelas outras duas vagas são: o Vitória, que folga nesta rodada; o Central, o Belo Jardim e o Flamengo de Arcoverde.

Caruaru-PE: Elenco do Central recusa receber salários e exige pagamento de gratificação por classificação

O Central está realizando uma campanha ruim no Hexagonal do Título do Campeonato Pernambucano 2016 que até agora participou de dois jogos e perdeu ambos dentro de casa, para o Náutico na estréia por 2×0 e para o Sport por 2×1, respectivamente.

Um fato inusitado chamou a atenção de todos nesta quinta-feira (11.02), quando o presidente do clube, Lícius Cavalcante, foi pagar os salários do mês de Janeiro ao elenco alvi-negro e os atletas se recusaram a receber. Eles querem receber primeiro a gratificação de R$ 100.000,00 mil reais pela classificação para o Hexagonal do Título e consequentemente a Série D, para depois receber a folha salarial. Resultado: ficaram sem receber os salários e sem a gratificação e resolveram não entrar em campo nesta quinta-feira (11.02) para treinar.

central em campo

O técnico Flávio Barros marcou para a tarde desta sexta-feira (12), no Estádio Luiz José de Lacerda (Lacerdão), um coletivo apronto, para definir a equipe que joga domingo contra o América, às 16h no Estádio Ademir Cunha, em Paulista-PE. Na sequência do Hexagonal do Título, esta partida será válida ainda pela 1ª rodada, resta saber se o impasse será resolvido e se os atletas entrarão em campo para treinar.

central 1

Sport/Santa Cruz: Clássico termina empatado, agora é mata mata e não pode mais vacilar

Domingo aconteceu o clássico entre Sport e Santa Cruz, pela última rodada do Hexagonal do Título, na Ilha do Retiro. Os dois times já estavam classificados, mas o jogo foi intenso até os minutos finais. O Sport dominou a partida, e quase saiu vitorioso, não fosse o gol do Santa Cruz nos minutos finais, que decretou o resultado, 1 x 1.

foto reprodução/ blog do torcedor

foto reprodução/ blog do torcedor

O Sport, começa o jogo tomando a iniciativa, e ditou o ritmo da partida. Jogava explorando as laterais, e perdeu várias chances de gols. Do lado Tricolor, muita marcação e jogadas de contra-ataque, aproveitando os erros de passe do Sport. Apesar do domínio do Leão nada de gols na primeira parte.

foto: Paulo Paiva/DP

foto: Paulo Paiva/DP

Logo no início do segundo tempo, o gol do Sport aparece. Em cobrança de pênalti, Samuel, aos dois minutos do segundo tempo, faz Sport 1 x 0. Acabando com toda estratégia, do técnico do Santa Cruz.

O time Coral, começa a jogar pra cima do Sport, na base da vontade, já que tinha ficado com um jogador a menos, com Danny Moraes expulso. E busca várias jogadas de bola aérea. Mesmo com um a menos, não desistia do jogo o Santa Cruz. E de tanto insistir, faz o gol de empate no final da partida.  João Paulo depois do desvio de Alemão de cabeça, ele completa e cabeceia para as redes, aos quarenta e sete do segundo tempo. Termina o jogo na Ilha 1 x 1.

foto reprodução

foto reprodução

Agora no Campeonato Pernambucano o rubro negro, joga contra o Salgueiro pela semi final, o Santa Cruz, joga contra o Central.

Ficha do jogo:

Sport: Magrão; Oswaldo, Henrique Mattos (Adryelson), Durval e Danilo; Ronaldo, Mancha, Neto e Régis; Mike (Élber) e Samuel (Felipe Azevedo). Técnico: Eduardo Baptista.

Santa Cruz: Fred; Nininho, Alemão, Danny Morais e Tiago Costa; Edson Sitta (Wellington César), Bruninho (Sacoman), João Paulo e Raniel; Anderson Aquino (Emerson Santos) e Betinho. Técnico: Ricardinho.

Arbitro: Luiz Cláudio Sobral. Assistentes: Fernanda Colombo, Karla Renata Cavalcanti. Gols: Samuel (2′ do segundo tempo), João Paulo (47′ do segundo tempo). Cartões Amarelos: Danilo, Samuel, Neto, Ronaldo, Felipe Azevedo (SP); Alemão, Tiago Costa (SC). Cartões Vermelho: Danny Moraes.

TV Replay, o que é bom se repete!

Central: Patativa classificada, agora é só cumprir tabela na próxima rodada

Neste domingo 22.03, o Central jogou contra o Salgueiro pela 9º rodada do Campeonato Pernambucano. Venceu por 2 x 1  o Carcará e garantiu sua classificação para semi final.

A Patativa já tinha deixado escapar sua classificação na rodada anterior, diante do Santa Cruz. Portanto em casa, tinha que vencer ou podia ficar de fora das finais do campeonato.

O atacante do Central, Candinho, autor de dois gols, falou sobre sua participação na partida em entrevista e TV Replay.

Agora o Central cumprirá tabela na próxima rodada contra o Serra Talhada; o Sertanejo não tem mais chance de classificação.

Restando agora apenas uma rodada para o fim do Hexagonal do título, resta uma vaga que será decidida entre Salgueiro e Náutico.

foto 1 foto 2 foto 3

TV Replay, o que é bom se repete!

Reportagem: Guilherme Adriano e Edvaldo Magalhães

Central: Patativa se classifica diante do Salgueiro em jogo decidido no segundo tempo

Neste domingo, no estádio do Lacerdão, se enfrentaram Central e Salgueiro pela 9º rodada do Campeonato Pernambucano; o alvinegro venceu por 2 x 1, em um jogo que precisava vencer para conseguir sua classificação antecipadamente, sem precisar ir na última rodada enfrentar o Serra Talhada, no sertão, precisando da vitória para se classificar.

Com um começo de jogo sonolento e apático do time de Laelson Lima, o primeiro tempo foi de chances perdidas do time do Salgueiro e acanhamento da equipe do Central. A Patativa errava vários passes e não conseguia emendar um contra ataque; o Carcará logo nos primeiros minutos de jogo chegou a meta de Beto, mas o goleiro do Central foi seguro. Apenas aos vinte e três minutos do primeiro tempo, a Patativa faz boa jogada com Fabiano em um chute forte, obriga o goleiro Luciano a fazer grande defesa, fora isso nada de bom no primeiro tempo do Central.

No segundo tempo, foi preciso o técnico do Central fazer mudanças para dar mais velocidade ao time e conseguir que sua equipe fosse mais precisa no ataque. Aos quinze minutos do segundo tempo, entra Candinho no lugar de Ferreira, e a mudança surte efeito imediatamente, dois minutos após sua entrada, em um chute forte e colocado do bico da  grande área, Candinho abre o placar para o time do Central 1 x 0.

A partir do gol, a Patativa fica mais a vontade em campo e começa a administrar o jogo, pois com o resultado, o Central estava se classificando com uma rodada de antecedência e voltava a vencer no campeonato, no entanto, aos trinta e quatro minutos do segundo tempo, um susto para a torcida centralina, em cobrança de escanteio Rogério manda de cabeça para as redes e empata o jogo em 1 x 1.

Mas hoje era o dia de Candinho, em jogada individual o atacante passa por dois jogadores do Salgueiro e é derrubado na entrada da área, ele mesmo bate a falta no cantinho e faz o segundo dele na partida aos trinta e oito do segundo tempo. Central 2 x 1, classificação garantida, agora era só administrar o final do jogo e comemorar a classificação.

Ficha técnica:

Central: Beto; Ferreira (Candinho), André Lima, Everton, Sinval, Madona (Jailton); Natan, Jucemar Gaúcho, Juninho; Fabiano e Willian (Thiago Laranjeira). Técnico: Laelson Lima.

Salgueiro: Luciano; Raniere, Marcos Tamandaré, Lúcio, Rodolfo Potiguar; Rogério, Moreilândia (Índio), Vitor Caicó (Cicinho); Anderson Lessa, kássio (Carú), Valdeir. Técnico: Sergio China

Arbitragem: Emerson Sobral. Assistentes: Ricardo Chianco, Charles Rosas. Gols: Candinho (17′e 38′ do segundo tempo), Rogério (34′ do segundo tempo).

 foto 1 foto 2 foto 3

foto

TV Replay, o que é bom se repete!

Reportagem: Guilherme Adriano e Edvaldo Magalhães.

 

Santa Cruz: Tricolor se classifica e anima a massa coral, após quase passar vexame no campeonato

Neste sábado, 21.03, o Santa Cruz jogou com o Serra Talhada pela 9º rodada do Campeonato Pernambucano no Arruda, e venceu a partida por 3 x 0, chegando a treze pontos, em um jogo com amplo domínio dos corais, aonde o tricolor conseguiu sua classificação antecipada fazendo o resultado da partida no segundo tempo, depois de ter pressionado o time sertanejo na primeira etapa sem chegar ao gol.

foto: Coralnet

foto: Coralnet

Foi no segundo tempo que o time do Santa acertou o pé, depois da saída de Thiaguinho que vinha errando muitos passes, entra Raniel e dois minutos após sua entrada, aos onze do segundo tempo, o prata da casa abre o placar com um chute colocado de fora da área, marcando o seu primeiro gol como profissional e o primeiro do tricolor na partida.

foto:Superesportes

foto:Superesportes

Novamente em jogada iniciada por Raniel, Anderson Aquino cruzou para Bruninho finalizar, a zaga do Serra não cortou e Betinho fez o segundo gol do tricolor aos dezoito minutos do segundo tempo. O Santa a essa altura já estava classificado, mas ainda cabia mais um gol e no finalzinho da partida aos quarenta e seis minutos do segundo tempo, Betinho desta vez em um rebote de uma falta cobrada por Alemão foi novamente para as redes e dá números finais ao confronto.

foto: Alexandre Gondin/jc imagens

foto: Alexandre Gondin/jc imagens

Santa Cruz 3 x 0,  classificado e assumindo temporariamente a segunda colocação; agora seus rivais (Central, Náutico e Salgueiro), decidirão as duas últimas vagas para a semi final, já que o time de Serra Talhada, com sete pontos, não tem mais chance de se classificar.

foto: Ricardo Fernandes/DP

foto: Ricardo Fernandes/DP

ficha do jogo:

Santa Cruz: Fred; Nininho, Alemão, Danny Moraes e Thiago Costa; Edison Sitta, Bruninho, João Paulo (Guilherme Biteco) e Thiaguinho (Raniel); Betinho e Anderson Aquino (Emerson Santos). Técnico: Ricardinho

Serra Talhada: Gleibson; Marcos Vinícios (João Carlos), Anderson, Alisson e Rafinha; Luciano Totó (Lucas), Ramon, Diogo e Paulinho Mossoró; Bebeto e Júnior Juazeiro. Técnico: Cícero Monteiro

Local: Arruda. Arbitro: Luiz Sobral. Assistentes: Fernanda Colombo e Karla Renata Cavalcanti.Gols: Raniel (11 do 2º tempo) e Betinho (18 e aos 46 do 2º tempo). Cartões Amarelos: Thiaguinho e Tiago Costa (SC), Luciano Totó, Júnior Juazeiro, Diogo, Alisson e Anderson (ST). Público: 14.301

TV Replay, o que é bom se repete!

Reportagem: Guilherme Adriano

 

Caruaru-PE: Central se distancia dos adversários após empate com o Náutico

Náutico e Central realizaram um bom jogo na noite deste domingo (08.03) na Arena Pernambuco, pelo Hexagonal do Título do Campeonato Pernambucano 2015. O 1º tempo foi bastante equilibrado, com os dois times criando algumas boas oportunidades de marcar, porém, terminou 0×0.

No 2º tempo, o Central abriu o placar com o atacante Fabiano Tanque, quer marcou o seu 1º gol com a camisa centralina; o Náutico empatou e virou em poucos minutos, através de Renato e Josimar, mas, o Central não se entregou e chegou ao empate através do atacante Candinho. No final do jogo, o Central comemorou a conquista de um ponto fora de casa, e o Náutico lamentou a perda de dois pontos no seu reduto.

O goleiro Beto foi substituido pelo jovem Murilo no intervalo de jogo, e zagueiro Everton por Sinval no decorrer no 2º tempo, ambos machucados, foi as baixas da partida. O atacante Fabiano Tanque, recebeu o 3º cartão amarelo e está suspenso, não enfrentando o Santa Cruz, domingo no Arruda.

Pernambucano 2015, 7ª rodada: Náutico 2x2 Central. Foto: Marlon Costa/FPF

Ficha do jogo:

Náutico: Júlio César; Guilherme, Diego, Elivélton e Gastón Filgueira; João Ananias, Fillipe Soutto, Helder Ribeiro (Josimar) e Bruno Alves; Patrick Vieira (Jefferson Nem) e Renato (João Paulo). Técnico: Lisca.

Central: Beto (Murilo); Fabinho, André Lima, Everton (Sinval) e Janilson Madona; Nathan, Jucemar Gaúcho, Sóstenes (Jaílton) e Thiago Laranjeira; Candinho e Fabiano Tanque. Técnico: Laelson Lima.

Resultado de imagem para fotos do jogo náutico x central na arena pernambuco 2015

Local: Arena PE. Árbitro: Ana Karina Marques. Assistentes: Fernanda Colombo e Karla Renata Cavalcanti (o trio feminino foi homenageado no Dia Internacional das Mulheres, e realizou um bom trabalho. Antes do jogo elas receberam ramalhetes de flores de suas respectivas mães). Gols: Fabiano, aos dois; Renato, aos sete; Josimar, aos 11; Candinho, aos 25 do segundo. Cartões amarelos: Renato, André Lima, Thiago Laranjeira e Fabinho. Público: 4.383.

CLASSIFICAÇÃo: HEXAGONAL – TÍTULO

TIMES P J V E D GP GC SG VV DM
CLASSIFICATORIO
1 SPORT 18 7 6 0 1 13 3 10 3 0
2 CENTRAL 11 7 3 2 2 7 6 1 1 1
3 SALGUEIRO 8 7 2 2 3 4 7 -3 1 2
4 SERRA TALHADA 7 7 2 1 4 8 12 -4 0 1
5 SANTA CRUZ 7 7 2 1 4 4 10 -6 2 2
6 NAUTICO 7 7 1 4 2 8 6 2 0 1

Os próximos jogos são:

Sport x Salgueiro, ás 19:30h, na Arena Pernambuco, no próximo sábado (14.03)

Santa Cruz x Central, ás 16h, no Estádio José do Rego Maciel (Arruda), domingo (15.03)

Serra Talhada x Náutico, ás 16h, no Estádio Nildo Pereira (Pereirão), domingo (15.03)

 

TV Replay, o que é bom se repete!

Central: Patativa derrota o Sport e quebra tabu que durava 13 anos

O Central derrotou o Sport por 1×0, gol do lateral-esquerdo Madona cobrando falta no início do jogo, aos 04 minutos. Com a vitória a Patativa quebrou um tabu que durava 13 anos, sem vencer o Leão da praça da bandeira, no Estádio Luiz José Lacerda (Lacerdão).

_63cb40be0d07ddc5adf7909c19f00826

O meia Luiz Fernando deixou o campo machucado na face posterior da coxa ainda no 1º tempo, sendo substituído pelo meia Sóstenes. O goleiro, que é prata da casa, Murilo, fez duas importantes defesas ainda no 1º tempo, e uma delas foi uma cabeça a queima roupa de Wendel. Sóstenes arriscou de fora da área, e o goleiro rubro-negro Danilo defendeu. Num cruzamento na área, o atacante Fabiano Tanque não alcançou a bola.

No 2º tempo o Central recuou e deu espaços para o Sport, o volante Fernando Pires deixou o jogo cansado, sendo substituído pelo também volante Erick. O zagueiro Éverton sentiu uma contusão virilha, porém, como o técnico Laelson Lima já havia realizado as três substituições no jogo, com a entrada de Jaílton na vaga de Sóstenes, Everton ficou em campo no sacrifício.  No finalzinho da partida, o time alvinegro segurou e prendeu a bola, deixando o tempo passar com experiência.

O Central continua na vice-liderança do Hexagonal do Título do Campeonato Pernambucano 2015 e enfrenta o Náutico no próximo domingo na Arena Pernambuco.

_c99539e5e37017842d074fa2008f6280

Ficha Técnica:

Central 1×0 Sport, gol de Madona cobrando falta aos 04 minutos do 1º tempo.

Renda: 161.130,00 reais e público de 10.171 torcedores.

Árbitro: Luiz Cláudio Sobral, assistências: Clóvis Amaral e Fernanda Colombo.

Cartões amarelos: Fabinho, Éverton, Erick e Fernando Pires ( Central), Danilo, Wendel e Samuel (Sport).

Central jogou com: Murilo, Fabinho, André Lima, Éverton e Madona; Nathan, Fernando Pires (Erick), Luiz Fernando (Sóstenes e depois Jaílton) e Thiago Laranjeira; Candinho e Fabiano Tanque. Técnico: Laelson Lima.

Sport jogou de: Danilo, Ronaldo, Osvaldo, Henrique Matos e Evandro ( Victor); Danilo, Wendel, Régis e Felipe Azevedo; Samuel (Ítalo) e Elber (Maique). Técnico: Eduardo Batista.

TV Replay, o que é bom se repete!

Caruaru-PE: Fernando Pires reaparece e técnico do Central muda esquema tático e formação da equipe visando o Santa Cruz

O Central está na co-liderança do Hexagonal do Campeonato Pernambucano 2015, ao lado do Sport com 06 pontos ganhos, em 02 jogos, tem 02 vitórias, sendo que o Sport marcou 04 gols e não tomou nenhum, já o Central fez 02 gols e não tomou, tendo um saldo de gols menor que o Leão da praça da Bandeira.

O elenco do Central está se preparando para enfrentar o Santa Cruz, na quarta-feira de cinzas (18.02), no Estádio Luiz José de Lacerda (Lacerda), na sequencia do Hexagonal do Título. Nesta quarta-feira (11.02) o elenco treinou em dois expedientes, pela manhã fisicamente e á tarde um coletivo com dimensões reduzidas do gramado.

O técnico Laelson Lima comandou um coletivo e alterou o esquema tático para 4-4-2 e a formação da equipe, colocando em campo: Beto, Fabinho, Sinval, André Lima e Jailton; Jucemar Gaúcho, Luiz Fernando, Thiago Laranjeira e Jé; Juninho Silva e Roberto Pítio.

A novidade foi a presença do volante Fernando Pires, que não aparecia no clube a cinco dias, se reapresentou e treinou fisicamente, ele que ainda se recupera de contusão na coxa, mais dois atlétas que estavam no departamento médico foram liberados e estão na transição do DM para o departamento físico, são eles: Ferreira (lateral-direito), Fabiano (atacante). O lateral-esquerdo Madona, está recuperado de contusão e pronto para jogar, depende agora do treinador.

O volante Nathan e o atacante Willian, que são pratas da casa, tem contrato com o clube até o final de Maio deste ano, se não renovarem, ficarão treinando em separado e não serão relacionados para os jogos.

Confira!

CAM00067 CAM00074 CAM00075 CAM00082

Áudio de Tiago Laranjeira:

 

Áudio de Madona:

 

Áudio de Fabinho:

TV Replay, o que é bom se repete!