Funcionários dos Correios entram em greve nesta segunda-feira; serviços ainda estão em funcionamento

Segundo a empresa, greve é ilegal. Em nota divulgada na tarde desta segunda-feira (09), Correios afirmam que, apesar da greve, agências ainda estão funcionando normalmente

Os funcionários dos Correios entram em greve nesta segunda-feira (12), em todo o Brasil, por tempo indeterminado. O principal motivo da paralisação é evitar mudanças no plano de saúde dos funcionários, que envolvem a cobrança de mensalidades do titular e de dependentes. Funcionários que trabalham de madrugada paralisaram as atividades a partir das 22 horas do domingo, (11).

Situação será avaliada até o fim desta segunda-feira, segundo os Correios. Foto: Kelsen Fernandes

Situação será avaliada até o fim desta segunda-feira, segundo os Correios. Foto: Kelsen Fernandes

No Recife, a greve não foi reconhecida pela empresa e em forma de nota, os Correios de Pernambuco afirmam que situação ainda está sendo avaliada até o fim do dia: “Neste momento, nenhum serviço está parado, todas as agências estão funcionando. A adesão a greve é medida no decorrer da manhã, por sistema eletrônico, e analisada à tarde.”

Confira a nota na íntegra: 

A greve é um direito do trabalhador. No entanto, um movimento dessa natureza, neste momento, serve apenas para agravar ainda mais a situação delicada pela qual passam os Correios e afeta não apenas a empresa, mas também os próprios empregados. Esclarecemos à sociedade que o plano de saúde, principal pauta da paralisação anunciada para a próxima segunda-feira (12) pelos trabalhadores, foi discutido exaustivamente com as representações dos trabalhadores, tanto no âmbito administrativo quanto em mediação pelo Tribunal Superior do Trabalho e que, após diversas tentativas sem sucesso, a forma de custeio do plano de saúde dos Correios segue, agora, para julgamento pelo TST.

A empresa aguarda uma decisão conclusiva por parte daquele tribunal para tomar as medidas necessárias, mas ressalta que já não consegue sustentar as condições do plano, concedidas no auge do monopólio, quando os Correios tinham capacidade financeira para arcar com esses custos.

Situação

Segundo a Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Correios e Telégrafos e Similares (Fentect), a direção da empresa quer que os funcionários arquem com mensalidades do plano, assim como a retirada de dependentes. Além disso, afirma, o benefício poderá ser reajustado conforme a idade, chegando a mensalidades acima de R$ 900,00. 

A greve também servirá para protestar contra as alterações no Plano de Cargos, Carreiras e Salários (PCCS), a terceirização na área de tratamento, a privatização da empresa, suspensão das férias dos trabalhadores, extinção do diferencial de mercado e a redução do salário da área administrativa. A categoria defende ainda a contratação de novos funcionários via concurso público e o fim dos planos de demissão.

Ainda na tarde desta segunda-feira (09), os Correios de Pernambuco reforçaram, através de uma nova nota oficial, sua posição em relação a greve aderida por alguns sindicatos de outros estados.

Confira a nova nota na íntegra:

Os Correios vêm a público prestar esclarecimentos à sociedade sobre a paralisação de empregados que está ocorrendo nesta segunda-feira (12). Mesmo reconhecendo que a greve é um direito do trabalhador, a empresa entende o movimento atual como injustificado e ilegal, pois não houve descumprimento de qualquer cláusula do acordo coletivo de trabalho da categoria.
 
Com o objetivo de ganhar a opinião pública, as representações dos trabalhadores divulgaram uma extensa pauta de reivindicações que nada têm a ver com o verdadeiro motivo da paralisação de hoje: a mudança na forma de custeio do plano de saúde da categoria.
 
O movimento está relacionado, essencialmente, às discussões sobre o custeio do plano de saúde da empresa, que atualmente contempla, além dos empregados, dependentes e cônjuges, também pais e mães dos titulares. O assunto foi discutido exaustivamente com as representações dos trabalhadores desde outubro de 2016, tanto no âmbito administrativo quanto em mediação pelo Tribunal Superior do Trabalho, que apresentou proposta aceita pelos Correios mas recusada pelas representações dos trabalhadores. Após diversas tentativas de acordo sem sucesso, a empresa se viu obrigada a ingressar com pedido de julgamento no TST.
 
Para se ter uma ideia, hoje os custos do plano de saúde dos trabalhadores representam 10% do faturamento dos Correios, ou seja, uma despesa da ordem de R$ 1,8 bilhão ao ano.
 
No momento, a empresa aguarda uma decisão por parte daquele tribunal. A audiência está ocorrendo nesta tarde.
 
Crise financeira – Conforme amplamente divulgado pelos meios de comunicação, os Correios enfrentam uma grave crise financeira, fruto da queda expressiva do volume de correspondências, objeto de monopólio, e da falta de investimentos em novos negócios, nos últimos anos, que garantissem não só a competitividade, mas também a sustentabilidade da empresa. Estes, dentre outros fatores, vêm repercutindo nas contas dos Correios e, neste momento, um movimento dessa natureza serve apenas para agravar ainda mais a situação delicada da estatal e, consequentemente, de seus empregados.
 
Serviço – A paralisação parcial, iniciada nesta segunda-feira (12) por alguns sindicatos da categoria, ainda não tem reflexos nos serviços de atendimento dos Correios. Até o momento, todas as agências, inclusive nas regiões que aderiram ao movimento, estão abertas e todos os serviços estão disponíveis.
 
Neste fim de semana (10 e 11), os Correios já colocaram em prática seu Plano de Continuidade de Negócios, de forma preventiva, para minimizar os impactos à população. Até o momento, a paralisação está concentrada na área de distribuição — levantamento parcial realizado na manhã de hoje mostra que 87,15% do efetivo total dos Correios no Brasil está presente e trabalhando — o que corresponde a 92.212 empregados, número apurado por meio de sistema eletrônico de presença. Em Pernambuco, 91,5% do efetivo está presente e trabalhando — o que corresponde a 3.045 empregados.


Por Diário de Pernambuco com informações da AE

 

Gameleira-PE: Vereadores discutem a deficiência da autarquia Municipal de abastecimento de água e alegam que é um problema antigo e precário

Na última terça-feira (23.03) em Gameleira, cidade Mata Sul de Pernambuco, foi realizada a 7ª Sessão Ordinária do período Legislativo, a qual composta pelos vereadores para discutirem os assuntos do dia.

Na ocasião, estiveram os seguintes vereadores:

Sandra Dias

Loide Rodrigues

Carlos da Farmácia

 Biu do Canto

Del de Mana

Lubaé

Leonardo Basílio

Reginaldo

João Rogério

11077914_796991323711378_1982952731_n Foi lida a ata da reunião ordinária anterior, a qual lida, aprovada e assinada por todos; em seguida, a vereadora Loide Rodrigues em seu discurso questionou o recurso do FEM:

11078321_796990940378083_824645219_n“O dinheiro do FEM já chegou? Os causamentos serão feitos ou não? Ouvi que a Sra. Prefeita falou que a iluminação pública está um caos e a NEEL não se responsabiliza em resolver o problema. A população da vila Nova sofre com dejetos escoando para dentro do rio que fica por trás da escola municipal Presidente Castelo Branco, e os moradores não aguentam mais essa situação. Também buracos na quadra 2, pois a água não tem tanta força para chegar nas torneiras, dificultando a vida dos moradores.”

Não havendo respostas à sua pergunta, o vereador Leonardo Basílio fez agradecimentos a Sra. Yeda Augusta, Prefeita do Município:

11084426_796990930378084_566491802_n“Agradeço a Srª. Prefeita e sua equipe por ter adiado a sua festa e pelo bom senso e respeito a festividade da igreja evangélica. Primeiro precisa colocar iluminação para que as escolas venham ter segurança e espero que o valor dos aparelhos roubados venha ser detalhados através de documentos para esta casa.”

Foi feito um apelo verbal pelo Vereador João Rogério sobre os vigilantes, visto que as escolas em alguns pontos estão abandonadas com a falta destes profissionais.

11082896_796990837044760_56356154_n (1)

“Não é a primeira vez que as escolas sofrem arrombamento e roubo; temos a escola do engenho Frei Gondim, tentaram arrombar os portões da escola em Duas Barras e a escola no Engenho Pontable, justamente no período em que houve a retirada dos vigilantes, mas o que não pode é o patrimônio público ficar ao léu.”

O vereador Biu do Canto em seu discurso falou que foi abordado pelos militares sobre a reunião voltada à segurança na câmara dos vereadores:

11072258_792998177444026_510509563_n“Fui abordado pelos Militares sobre a realização da audiência pública realizada no dia 11 de Março em decorrência da grande violência em nosso município, e fiquei indignado ao ver as pessoas fazerem deboche nas redes Sociais. E então precisamos ir adiante e unidos para resolver a situação dos nossos munícipes.

A vereadora Sandra Dias propôs que os vigilantes aprovados no concurso fossem chamados para ocuparem suas vagas, bem como, fazer a segurança dos prédios públicos desta categoria.

“Houve um concurso e não foram chamados os 27 vigilantes aprovados. Porque não chamá-los para tomar posse e fazer a segurança dos prédios públicos já que se precisa contratar?”

O Vereador Carlos da Farmácia lembrou que a audiência pública deu início na câmara de vereadores:

11072743_796990740378103_1029258848_n“A Ideia do ato público ocorrido, surgiu aqui na câmara municipal dos vereadores, para que fique bem claro e que as pessoas sejam conscientizadas a participarem destes eventos para o bem de todos os munícipes.”

Foi discutido a situação do abastecimento de água em Gameleira e diante disso, o Vereador Reginaldo em suas palavras, disse :

Foto0355 (1)“A população reclama que a água está vindo suja e quero uma explicação do diretor do SAAEG o Sr. Orlando Fonseca por que o mesmo ainda não justificou o que está acontecendo naquela autarquia; a população pagando as suas contas sem uma água de boa qualidade, além disso os funcionários não recebem mais os fardamentos, tickets alimentícios e outros direitos.”

Ainda sobre o assunto do abastecimento de água, o Vereador Carlos da Farmácia disse que esse problema já é antigo e crônico:

20150317_115958“A um problema que está se tornando crônico, principalmente quando o inverno se aproxima e a precariedade que o SAAEG vem enfrentando, é com o faturamento que não cobre as despesas. É preciso realizar uma outra reunião para que se encontre um caminho para que juntamente com a Prefeita, se ache uma solução, pois essa situação é antiga.”

Não havendo mais assunto a tratar na ordem do dia, foi encerada a reunião e marcada a próxima para o dia 31.03.

Acompanhe conosco e fiquem ligados aos assuntos tratados aqui na casa Marques de Olinda e no município em geral.

A TV Replay, agora faz parte da vida dos gameleirenses, desta forma a notícia será noticiada todos os dias e em todos os momentos, fazendo com que Gameleira possa se comunicar em tempo real e deixar assim seus moradores informados de tudo que acontece e em todos os lugares. Assista, comente, compartilhe e divulgue. Mande sugestões e denúncias. Nossos contatos:

 Facebook: Central Gameleira

 Email: jornalismo@tvreplay.com.br

Watssapp: 81- 9648-5369

Reportagem: Patrícia Silva e Maickel Douglas

TV Replay, o que é bom se repete!

Caruaru-PE: Coral Asces está fazendo seleção para vozes masculinas 

A Faculdade Asces, campus Caruaru, no Agreste pernambucano, está com inscrições abertas para homens que queiram integrar o coral da instituição. Segundo a assessoria, a seleção é exclusivamente para vozes masculinas (tenores e baixos). Cerca de 15 pessoas entre homens e mulheres participam do coral, e a novidade para este ano é que, além de alunos, ex-alunos e funcionários, o publico externo pode participar da seleção.

Outra novidade está no comando, após 13 anos o maestro João Pintor deu lugar à maestrina Sirlene Costa que tem a missão de propiciar uma atividade de caráter artístico e cultural e divulgar a cultura através da música regional.

Ao longo desses 13 anos, três CDs foram gravados e mais um está programado para essa nova etapa. O repertório inclui do clássico ao popular, e também músicas regionais.

As inscrições são realizadas unicamente pela internet a através desse formulário eletrônico até às 12h do dia 11 de agosto de 2014. Para a realização da inscrição, o candidato deverá informar, obrigatoriamente, um e-mail de contato e, no caso de estudantes matriculados na Asces, também o número de matrícula.

A Faculdade Asces fica localizada Avenida Portugal, 584, bairro Universitário – Caruaru. Mais informações pelo telefone: (81) 2103-2000

4699d77d323c1e08214fe3bca29d4775

TV Replay, o que é bom se repete!

Caruaru-PE: Colaboradores da Educação realizam ato simbólico em apoio ao Dia Mundial do Autismo

Em comemoração ao Dia Mundial da Conscientização do Autismo, celebrado hoje, 02, funcionários da Secretaria de Educação do município, realizaram um ato simbólico usando uma fita azul para marcar o apoio as pessoas portadoras da doença.

O autismo é um transtorno de desenvolvimento que aparece nos três primeiros anos de vida e afeta o desenvolvimento normal do cérebro relacionado às habilidades sociais e de comunicação. É uma doença física ligada à biologia e à química anormais no cérebro. As causas exatas dessas anomalias continuam desconhecidas, provavelmente, há uma combinação de fatores que leva ao autismo.

O número exato de crianças portadoras da doença é desconhecido, no mundo, porém, um relatório publicado pelos Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) dos EUA sugere que o autismo e seus distúrbios relacionados são muito mais comuns do que se imaginava e que a doença afeta 3 a 4 vezes mais meninos do que meninas.

749-360-10493990

 TV Replay, o que é bom se repete!

Caruaru-PE: Cartão LEVA já cadastrou 20 mil usuários do transporte coletivo

PRF_2579

Foto: http://www.blogdeigormaciel.com.br

Os primeiros meses de cadastro do cartão LEVA realizado em 2013 pela Associação das Empresas de Transportes de Passageiros de Caruaru – AETPC, registra um total de cerca de 20 mil usuários presenciais do transporte público cadastrados no Sistema de Bilhetagem Eletrônica de Caruaru – SIBE. Desde o dia 4 de novembro, quando deu início ao procedimento, foram cadastrados 10.129 idosos, 1.990 servidores públicos, 2.898 usuários comuns, 269 estudantes, 1.800 pessoas com deficiência, 810 empresas e 188 escolas.

Em um prazo de um ano, a estimativa é que cerca de 90% dos usuários de todas as categorias estejam inseridos no sistema de bilhetagem eletrônica no município. A primeira fase do cadastro encerra no dia 28 de fevereiro de 2014, a partir daí, ações específicas serão desenvolvidas, para que pessoas que pagam em dinheiro façam uso do sistema.

“Esperamos que o sistema esteja em pleno funcionamento ate o final de março de 2014 e daí termos um panorama do que é transportado em Caruaru, observando todas as categorias. Isso vai facilitar muito na tomada de decisão das empresas”, ressalta Ricardo Henrique, diretor institucional da AETPC.

Empresas – O que mais chamou a atenção foi o número de empresas e escolas cadastradas que dobrou, em relação à quantidade de vales transportes em papel, comprado na Destra. Com o bilhete eletrônico, as empresas passam a contar com um serviço rápido na hora da compra dos créditos e passagens para os funcionários por meio do www.cartãoleva.com.br .

TV Replay, o que é bom se repete!