Agrestina-PE: Estudante de Jornalismo promove exposição de fotografias em Caruaru retratando o festival de quadrilhas

Beleza e tradição das quadrilhas juninas estão em exposição até o fim deste mês em Caruaru

Exposição Festa e Tradição_Adriano Monteiro (3)

Será realizada até o dia 29 de junho, em Caruaru, a exposição fotográfica intitulada ‘Festa e Tradição’, que retrata em detalhes as emoções dos participantes do 7º Festival de Quadrilhas de Agrestina deste ano. Cerca de 30 fotografias estarão expostas no Centro de Informações Turísticas, localizado no Pólo Cultural da antiga Estação Ferroviária, das 14h às 0h. A entrada é gratuita.

Exposição Festa e Tradição_Adriano Monteiro (2)

As imagens são de autoria de Adriano Monteiro, estudante de Jornalismo e fotógrafo da Prefeitura de Agrestina. Ele explica que a ideia de realizar uma exposição surgiu após as duas eliminatórias do Festival.

Exposição Festa e Tradição_Adriano Monteiro (1)quadrilha materia hj 5

Depois da divulgação, as imagens ganharam repercussão e foi por este motivo que surgiu a proposta de fazer uma seleção das fotos e as expor, tendo como objetivo a demonstração das expressões faciais e corporais dos quadrilheiros, bem como suas roupas caracterizadas.

“Desde que comecei a fotografar, percebi que tinha afinidade em retratar emoções, então quero mostrar a beleza representativa de nossa cultura”, detalha o profissional.

Adriano afirma que a intenção é evidenciar o resgate da atenção do espectador aos detalhes de uma apresentação, o induzindo a observar minuciosamente os gestos, roupas, coreografias e outras peculiaridades de uma quadrilha junina.

quadrilha materia hj 7

quadrilha materia hj 13

 

Fotos: Adriano Monteiro

TV REPLAY, O QUE É BOM SE REPETE!

Escada- PE: Coluna Clik-se – Sete passos para um ensaio sensual

Hoje iremos falar de um assunto meio que polêmico, o ensaio sensual, algumas pessoas por incrível que pareça acham o assunto ofensivo, mas o que quero mostrar hoje, é uma proposta voltada a arte, retratando a beleza que existe quando bem intencionada.Somos uma máquina extraordinária, compostos de formas e curvas. Independentemente de qualquer conceito uma coisa é certa, cada pessoa é um ser único, dotado de belezas diferenciadas que devem ser apreciadas em forma de arte, com um olhar apurado. Enfim, gostaria de deixar aqui algumas dicas, para quem aprecia esse tipo de arte e para os fotógrafos que queiram produzir esse tipo de trabalho, sem vulgaridade.

1-> A primeira coisa a ser feita é estudar, se inteirar do assunto para saber o que realmente está fazendo.Afinal é a imagem do cliente que está em jogo. Ter uma câmera não faz de você um fotógrafo, muito menos um fotógrafo de ensaios sensuais. A estrada pode ser longa ou curta, depende apenas de você.  Certamente algumas atitudes sua influenciara nesse caminho.

am1

2-> Quando se tem a oportunidade de clicar alguém nessas condições, o mínimo que se deve fazer é uma pesquisa de similares. Buscar referências que vão lhe deixar capacitado e seguro a realizar o que você se propôs a fazer. Afinal ninguém aprende sozinho, o estudo do olhar é fundamental, quando se quer adquirir conhecimento.

am2

3-> É importante estabelecer uma relação de confiança com o cliente, conversando antes de iniciar o trabalho, assim podemos quebrar o gelo inicial que existe, e descontrair antes do ensaio. Isso é importante para saber sobre as expectativas do mesmo. Também é importante ressaltar que o fotógrafo deve se colocar no lugar dele, nada de intimidades ou gracinhas, ética profissional é tudo.

am3

4-> Tenha as referências impressas em mãos, para orientar a pessoa que está sendo fotografada. Procure discutir bem o tema com ela, mostre as imagens e veja seu ponto de vista, procure saber o que ela também tem em mente. Fazer esse tipo de foto, não é algo tão simples quanto pegar a câmera e sair clicando, sem saber o resultado. No ensaio sensual, estamos lidando com a autoestima, mais do que em qualquer outro tipo de fotografia, então tome muito cuidado!

am4

5-> É de suma importância lembrar que, nem todas as pessoas estão totalmente contentes com seu corpo. Busque na essência de cada pessoa o que ela tem de melhor, procure extrair o que nem mesmo ela percebeu de especial em si. Use todos os recursos que forem necessários, para obter um resultado satisfatório de ambas as partes,lembre-se um bom tratamento é tudo, e não se esqueça tenha cautela na hora de editar, use o bom senso, invista no PB assim a foto ganha um ar mais artístico.

am5

6-> Lentes com grandes distancias focais, podem ser uma boa pedida. Já notou que temos um resultado satisfatório quando nos distanciamos um pouco da modelo? As lentes longas permitem que a modelo tenha um espaço a mais. Com o tempo, essa pratica se tornara ajustável, você saberá se posicionar melhor com lentes mais curtas e não causará nenhum tipo de desconforto com a proximidade. Dicas de lentes para fazer esse tipo de foto são:  a 50mm e 35mm, que na minha opinião são ideais. Na verdade não existe lente especifica para se fazer esse tipo de ensaio, pois é algo opcional, cada um tem sua preferência, a85mm, 18-55mm e 18-135mm também são super bem vindas, contando também com a70-200mm, que em alguns casos proporciona belos closes de partes específicas do corpo e alguns cliques mais abstratos.

am6

7-> Na maioria das vezes, modelos que ocultam o rosto torna-se mais soltas e o trabalho fica mais produtivo, não é todo mundo que tem facilidade para encarar a câmera. Às vezes é melhor sair do obvio, e apostar no anonimato. Sem contar que surge aquele clima de mistério. E para finalizar busque poses simples, explore o que está ao seu redor, busque poses confortáveis, ângulos que não complique a desenvoltura da modelo, e nem a sua.  É isso! Estude e pratique. Bons clicks.

am7

Assista, comente, curta, compartilhe e divulgue. Mande sugestões e críticas. Nossos contatos:

Facebook: www.facebook.com/centralcidades01

Email: jornalismo@tvreplay.com.br

Portal: www.tvreplay.com.br

Whatsapp: (81)9746 7367

Colunista: Amanda Rocha

1618675_510444782399512_1995515606_n

TV Replay, o que é bom se repete!

 

 

Escada-PE: Coluna Click-se! – Seis dicas para fotografar crianças

Fotografar crianças é um grande desafio, além de não ser uma tarefa fácil, requer muita paciência e habilidade, pois temos que respeitar o tempo e o limite delas. Através da fotografia captamos toda a emoção e alegria de cada fase da vida, criando belas recordações que iremos guardar para sempre. E por não ser uma tarefa assim tão fácil, fiz uma sequência com algumas dicas práticas, para fotografar os pequenos com mais facilidade.

Primeira dica: Tentar fazer seu filho posar de maneira específica nem sempre é a melhor opção. O sorriso pode virar careta, a pose uma catástrofe e dificilmente a situação ficará parecendo natural. O melhor jeito é nos adaptarmos a eles, os deixando bem à vontade. Eu particularmente não gosto de pedir para criança fazer determinada pose, nessa fotografia fui conversando, brincando e sem querer registrei esse sorriso espontâneo. Esse detalhe faz toda diferença, conseguir registrar o sorriso de uma criança feliz, que vale mais que mil palavras. Por isso, vale ressaltar a dica de criar amizade com a criança. Assim, ela não vai ficar tímida quando você apontar uma câmera para ela.

a1

Segunda dica: Se tem um detalhe nas crianças, que chama atenção, são os olhos. Elas possuem um olhar muito expressivo, carregado de sentimentos. Dizem que os olhos são a janela da alma, concordo. Na hora de fotografar, busque-os.

a2

Terceira dica: O melhor lugar para fotografar uma criança é em externas. Aproveite a luz natural, os elementos naturais (céu, flores, árvore, grama), aproveite o clima de liberdade, estar num ambiente aberto dá para conseguir registrar a criança mais à vontade, mais relaxada. E por estar num ambiente aberto, com luz natural, vai ser quase raro o uso do flash, o que permite a naturalidade da imagem.

a3

Quarta dica: O que mais costumo ler sobre o ângulo certo de se fotografar uma criança é ficar na mesma altura dela. Não há nada de errado nisso. Mas as regras estão aí para serem quebradas. Você também pode fotografar a criança de um ângulo superior, fazendo com que ela direcione o olhar para você. Nessa nova perspectiva, quebrando uma regra, é possível capturar os olhares e sorrisos sinceros que falamos logo acima.

a4

Quinta dica: Tenha paciência e respeite o tempo da criança. Algumas aguentam ficar fotografando por algumas horas seguidas, outras se cansam com mais facilidade. Nunca force seu filho a continuar posando para fotos, como já falei, tem que ser um momento divertido e não de estresse.

a5

Sexta dica: Fotografe com amor,quando se faz algo com amor, tudo se torna ainda mais lindo e prazeroso. A fotografia é muito mais que técnicas, regras e equipamento.

A fotografia é um ato de amor, dedicação e confiança. Fotografe seguindo o seu coração.

a6

Assista, comente, curta, compartilhe e divulgue. Mande sugestões e críticas. Nossos contatos:

Facebook: www.facebook.com/centralcidades01

Email: jornalismo@tvreplay.com.br

Portal: www.tvreplay.com.br

Whatsapp: (81)9746 7367

Colunista: Amanda Rocha

1618675_510444782399512_1995515606_n

Imagens: Amanda Rocha

TV Replay, o que é bom se repete!

Caruaru-PE: Prefeito José Queiroz se reúne com representantes dos protestantes

O Prefeito de Caruaru, José Queiroz de Lima, esteve reunido esta manhã com representantes dos protestantes, que no último mês tomaram as ruas da cidade fazendo uma série de reivindicações. Cinco pontos foram debatidos e esclarecidos pelo Gestor do município que se propôs a deixar o canal aberto de comunicação para todos os setores da sociedade, enfatizando que nenhum governo consegue êxito, sem a participação popular, e ainda que o Município está sempre trabalhando em parceria com o povo.

Veja as fotos do encontro:

 DSC_0004 DSC_0005 DSC_0006 DSC_0007 DSC_0008 DSC_0009 DSC_0010DSC_0021 DSC_0025 DSC_0028

Video exposição fotográfica de Cachoeirinha celebra cinquentenário de emancipação

A exposição em Cachoeirinha conta, por meio de fotos, vídeos e palestras, a história da cidade que este ano comemora 50 anos de emancipação política. A exposição ficará até o dia 1° de julho com os seguintes horários de visitação: segunda à sábado – 08h às 12h e das 14h às 22h, e aos domingos das 14h às 18h.

Projeto de própria particularidade, o idealizador e organizador Miguel Simões de Almeida há sete anos vem colhendo material para por em prática o seu projeto. Em parceria com a Secretaria de Cultura, comerciantes locais e a população em geral, o Sr. Miguel Simões conseguiu montar um acervo com 500 fotografias e vídeos. Confira a entrevista.

1ª) Qual a importância dos cidadãos cachoeirinhenses deve ter ao conhecer esses 50 anos de história da nossa cidade?

A importância para os visitantes e moradores de nossa cidade é trazer a memória tudo que se foi preservado, homenageando as pessoas que fizeram por cachoeirinha e contribuíram para que hoje tudo isto pudesse ser lembrado.

2ª) Nesses 50 anos que a exposição representa, o que a cidade alcançou?

Se partirmos dos relatos retratados pelos antigos moradores que fizeram parte dessa história, muita coisa foi mudada, evidente que muita coisa pra melhor, isso é fato, porém, algumas coisas ficaram esquecidas, pois, Cachoeirinha não só deve ser lembrada por ser a cidade do couro e aço, queijo e carne do sol, mas também lembrar que já existiu em nossa cidade obras que hoje poderiam ter se tornado patrimônio cultural da cidade, como: o antigo cruzeiro, o centro social, o clube Rio Una, que infelizmente, só poderão ser vistos através da nossa exposição, pois, as mesmas ou não existem mais ou foram modificadas pelo tempo e pela falta de interesse de nós mesmos.

3ª) O que esperas de Cachoeirinha para o futuro com o conhecimento do passado?

Trazer a tona principalmente para os jovens à simplicidade, o respeito e a história viva de personalidades políticas, religiosas, cívicas que fizeram de nossa cachoeirinha o que ela é hoje, fixando uma história de vida que viesse nos trazer reflexão.

      

Visitem e revivam essa história :)