Pernambucano 2014: Central tem jogo decisivo contra o Santa neste domingo (30)

O Central depende só dele para se classificar as semi-finais do Campeonato Pernambucano 2014, jogando pela 10ª rodada do hexagonal final, precisa vencer o Santa Cruz, neste domingo (30), às 16h no Estádio Luiz José de Lacerda.

grass_imelenchon_morguefile

Os 22 jogadores estão concentrados desde a noite desta sexta-feira no Hotel Eduardo de Castro, as margens da BR 104, em Caruaru. O time não tem mistério e já está definido pelo Técnico Humberto Santos para o jogo, que o Central encara como uma decisão, e vai jogar de: Juninho, Adriano Ferreira, Lúcio, Állysson ( capitão) e Jean Batista; Diêgo Teles, Luiz Fernando, Danilo Pires e Erivelton; Danilo Lins e Jailton.

O Central entra em campo com o mesmo time que goleou o Porto por 5 x 0 na última quarta-feira no clássico da cidade. Os Ingressos custam: R$ 10,00 sócios e estudantes; R$ 20,00 arquibancada e R$ 40,00 cadeira;

Haverá uma carreata dos torcedores, que irão acompanhar a delegação do time Alvinegro, do Hotel até o Lacerdão. A concentração está marcada para 13h em frente ao Hotel e a saída ás 14h.

Estádio_Lacerdão_2012_560_2

A Confraria Alvinegra está enviando uma “mala branca” para o Porto manter pelo menos um empatar com o Salgueiro, no valor de 10.000,00 (Dez mil reais). A TV Replay estará acompanhando a Patativa no jogo deste domingo, com lances e gols em transmissão de tempo real. Acompanhe conosco cada detalhe e cada lance.

TV Replay, o que é bom se repete!

Pernambucano 2014: Central goleia o Porto e entra no G4

Vitória por 5 a 0 sobre o Gavião deixou a patativa com 12 pontos, dependendo das próprias forças para avançar ás semifinais do Campeonato Pernambucano 2014

Porto-PE e Central duelaram pela última vez no Campeonato Pernambucano de 2014. No confronto válido pela 9ª rodada do hexagonal do título, a Patativa venceu o rival de goleada, no Estádio Lacerdão, por 4 a 0. Com o resultado a equipe centralina conseguiu voltar à zona de classificação ocupando a 4ª colocação, com 12 pontos conquistados.

O Gavião do Agreste continua sem vencer um Clássico Matuto há três anos. No Pernambucano 2014, o tricolor caruaruense obteve três derrotas e um empate contra o time alvinegro. Nesta segunda fase o time sofreu duas derrotas.

26-03-2014.Still001

O Central encara pela última rodada a equipe do Santa Cruz, no Estádio Lacerdão, às 16h. O time alvinegro depende apenas das próprias forças e só precisa de uma vitória contra a Cobra Coral para se garantir nas semifinais da competição. O já eliminado Porto-PE enfrenta o Salgueiro pela última rodada do hexagonal, no Estádio Otávio Limeira Alves, às 16h do próximo domingo.

Vitória garantida pelo Central no primeiro tempo.

Bastou a bola rolar no Estádio Lacerdão para a Patativa tomar a iniciativa de abrir o placar. Depois de duas tentativas do time da casa, veio o prêmio aos 24 minutos em uma cobrança de falta perfeita de Danilo Pires. A bola passou por cima da barreira e foi morrer no fundo das redes.

O Gavião do Agreste sentiu o golpe e o alvinegro aproveitou as oportunidades que foram criadas. Aos 27 minutos o goleiro do Porto-PE, Tiago Régis, cortou mal a bola que ficou de graça para os centralinos. Erivelton recebeu depois da confusão e mandou no alto, sem chances de defesa. Central 2 a 0.

E quem pensou que a equipe centralina iria começar apenas a tocar bola para passar o tempo, se enganou. O time da casa foi pra cima e marcou o terceiro gol. Danilo Lins recebeu um belo cruzamento e só cumprimentou a bola para as redes. Fazendo 3 a 0 para o Central.

2ª tempo

Na volta para a segunda etapa, o time centralino manteve o ritmo forte e chegou logo ao quarto gol. Aos 19 minutos depois de uma boa troca de passes, a bola parou no pé de Jailton que estufou as redes. Danilo Lins ainda marcou o quinto gol. Em uma boa cobrança de pênalti, bola num canto goleiro no outro. Aí sim, o time alvinegro começou a tocar bola e administrar o resultado. Placar final: Porto-PE 0, Central 5.

Pernambucano 2014: Central vence o Salgueiro por 1 x 0 e segue vivo na competição

Patativa derrota Carcará no Estádio Lacerdão com gol do meia Danilo Pires e fica a dois pontos de entrar no G4; time sertanejo permanece na quarta posição

Era pra ser um jogo emocionante, digno de final de campeonato. Era pra ser um jogo decisivo, que definiria os rumos de Central e Salgueiro no Campeonato Pernambucano. Era pra ser um jogo com várias chances dos dois lados e muito trabalho para os goleiros. E foi. Todos os ingredientes de uma partida que vale uma vaga nas semifinais do estadual estavam presentes. Com toda pressão do Estádio Lacerdão, quem se deu melhor foi o Central. A Patativa venceu por 1 a 0, com gol de Danilo Pires, e consegue permanecer vivo na luta por uma vaga no G4.

23-03-14.Still001

O resultado deixou o time alvinegro na quinta posição, agora com nove pontos. O Carcará permanece na quarta posição, com 11 pontos. Apenas dois pontos separam as duas equipes, o que deve esquentar a próxima rodada.

O próximo compromisso do Central é na próxima quarta-feira. A Patativa tem o Clássico Matuto contra o Porto-PE, no Lacerdão, às 22h. Já o Salgueiro recebe o Náutico no Estádio Cornélio de Barros, às 20h.

Central pressionando e Salgueiro no contra-ataque

O primeiro tempo começou com todo gás. Só foi o árbitro Sebastião Rufino Filho apitar o início do jogo que as duas equipes começaram a atacar. Passado o ímpeto inicial, ficaram claras as propostas de Humberto Santos e Cícero Monteiro. Central no ataque e Salgueiro esperando os erros do alvinegro. Aos 10 minutos, Deysinho começou a desenhar o que seria o resultado da pressão da Patativa: gols perdidos. Sozinho, o atacante recebeu o cruzamento na área, mas cabeceou fraco.

Na bola parada veio a primeira grande chance do Carcará. Anderson Paraíba bateu uma falta nas proximidades da meia lua e mandou no ângulo do goleiro Juninho, que se esticou todo e tirou a bola com as pontas dos dedos.

Mais rápido e com mais posse de bola, o Central não conseguiu traduzir o domínio em gols. Na verdade, quem mais assustou foi o time sertanejo. Anderson Paraíba e Fabrício Ceará desperdiçaram oportunidades de abrir o placar. Fabrício, inclusive, perdeu um gol com a barra aberta.

Gol da Patativa e Carcará não consegue reagir

Se no início da primeira etapa as ações foram rápidas, na segunda foram mais ainda. No primeiro lance, Anderson Paraíba tocou mal para Moreilândia. O volante não conseguiu chegar, perdeu o tempo da bola, mas não desperdiçou a viagem. Esticou a perna e acertou o meia Luiz Fernando. Como já tinha um cartão amarelo, recebeu o segundo e foi expulso da partida.

Com um atleta a mais, o Central não demorou para aproveitar a superioridade numérica. Aos nove minutos, a equipe alvinegra trabalhou uma grande jogada iniciada por Jean Batista. O lateral lançou Jaílton, que cruzou e achou Danilo Pires. Danilo só precisou escorar de cabeça, no cantinho do goleiro Luciano. Central 1 a 0.

Depois do gol, o Salgueiro ensaiou uma reação, mas não conseguiu pressionar por muito tempo. No restante do segundo tempo, quem mandou na partida foi o Central. O goleiro Luciano salvou o Carcará de sofrer o segundo em várias oportunidades e a Patativa pode comemorar a possibilidade de entrar no G4 já na próxima rodada.

Fonte: Matéria escrita (glogoesporte.com/pe)