Caruaru-PE: Elenco do Central não treinou e não concentrou, mas vai entrar em campo hoje contra o Sport

O elenco do Central se recusou a participar do coletivo apronto e a concentrar devido o atraso no pagamento da folha salarial do mês de Março, nesta terça-feira (28.04), mas, promete entrar em campo ás 20h de hoje diante do Sport, no Estádio Luiz José de Lacerda (Lacerdão), em Caruaru, buscando um bom resultado no 1º jogo do confronto que vai definir o 3º colocado do Campeonato Pernambucano 2015, e consequente, definirá o clube que vai representar o estado nas Copas do Brasil e do Nordeste em 2016.

Mesmo com todos os problemas o técnico Humberto Santos preferiu fazer mistério sobre qual formação utilizar, mas a provável escalação do Central deve ser: Beto; Fabinho, Sinval, Natan e Jailton; Erick, Jucemar Gaúcho, Fernando Pires, Juninho Silva; Candinho e Róger.

Os zagueiros André Lima, lesionado no joelho esquerdo, e Matia Binatti, com uma lesão na coxa direita, além de Éverton, expulso na última partida, não enfrentam o Sport.

Pelo menos uma notícia boa. O meia Juninho Silva volta de suspensão e deverá voltar ao time titular.
Ingressos: R$ 30,00 (arquibancada), R$ 15,00 (estudantes e sócios) e R$ 50,00 (cadeiras)

No Sport, sem poder contar com Vitor, suspenso, o técnico Eduardo Baptista escolheu Oswaldo para o setor. Com isso, a tendência é que o Sport entre em campo com Magrão; Oswaldo, Durval, Ewerton Páscoa e Renê; Rithely, Neto Moura (Wendel), Elber e Diego Souza; Samuel e Felipe Azevedo.

1 2

TV Replay, o que é bom se repete!

Central: Patativa sofreu gol faltando 5 minutos para acabar o jogo e perde para o Sport

O Sport fez uma partida ruim contra o Central, na noite desta quinta-feira (26), na Ilha do Retiro. Embora tenha melhorado levemente na etapa final, o 0 a 0 no placar não chegava a parecer injusto. Um jogador rubro-negro, porém, fez a diferença: Felipe Azevedo. Mais uma vez entrando bem no decorrer do jogo, o atacante foi decisivo e marcou o gol da vitória. O gol que manteve os 100% do Leão no Campeonato Pernambucano, a liderança isolada e que praticamente sacramentou à classificação do time às semifinais. Pela segunda vez na temporada 2015, Felipe Azevedo saiu do banco de reservas para dar vitória ao Sport.

1 2

A vitória fez o Sport chegar aos 15 pontos. Em 2014, o Salgueiro foi o quarto colocado ao fim do Hexagonal do Título com 14 pontos e se classificou. O segundo colocado atualmente é o Central, com sete pontos. O Sport volta a campo no próximo domingo, novamente pelo Estadual e contra a mesma Patativa. Com tamanha vantagem (oito pontos), o técnico Eduardo Baptista já adiantou que utilizará uma equipe reserva para a partida.

As vaias ao fim do primeiro tempo não foram em vão. O Sport fez os 47 minutos iniciais de jogo aquém do esperado. Preso na eficiente marcação do Central, não teve nenhuma chance clara de gol. Nenhum bom lance a se destacar. A Patativa, por sua vez, esteve muito perto de abrir o placar aos 13 minutos. Luiz Fernando deixou Páscoa para trás e bateu cruzado. Fabiano chegou fechando e mandou na trave. Com a saída de jogo em câmera lenta, o Leão não conseguia evitar a marcação.

O mais vaiado pela torcida, o meia Danilo extrapolou os limites de erros de passe. Sem ver a bola chegar, Joelinton pouco apareceu. Único destaque positivo da etapa foi a participação de Vitor. Das poucas vezes que o Sport chegou à área adversária, em todas o lateral-direito teve participação direta. Com Diego Souza sonolento e Renê preso na marcação, o lado esquerdo rubro-negro esteve morto. Para o segundo tempo, Eduardo Baptista sacou Danilo e Joelinton para as entradas de Elber e Felipe Azevedo.

Embora mais ofensivo e mais presente no campo adversário, a posta do Sport pouco mudou para o segundo tempo: time sem muita inspiração, erros de passe e pouquíssimas finalizações. Diego Souza saiu da ponta para o meio, mas o futebol não mudou. Vitor caiu de produção. Os dois que entraram no intervalo eram os mais dispostos. Aos 21, protagonizaram a melhor chance do Leão. Após cruzamento, Felipe Azevedo escorou de cabeça e Régis, sem goleiro, mandou para fora.

A vitória veio somente aos 40 minutos, quando o placar parecia já sacramentado sem gols. Vitor cruzou e Felipe Azevedo mandou para as redes. No embalo da torcida, até Diego Souza cresceu e acertou o travessão em um belo lance na jogada seguinte. O Sport ainda tentou ampliar até o fim, mas a vitória pelo placar mínimo já estava de bom tamanho.

Ficha do jogo

Sport 1

Magrão; Vitor, Ewerton Páscoa, Durval e Renê; Rithely, Rodrigo Mancha, Danilo (Elber), Diego Souza e Mike (Régis); Joelinton (Felipe Azevedo).

Técnico: Eduardo Baptista

Central 0

Beto; Fabinho, André Lima, Sinval e Éverton (Mattia Binatti); Nathan, Jailton, Jucemar Gaúcho (Fernando Pires) e Luiz Fernando; Candinho (Thiago Laranjeira) e Fabiano.

Técnico: Laelson Lima.

 

Local: Ilha do Retiro, no Recife.

Árbitro: Nielson Nogueira Dias (PE).

Assistentes: Charles Rosas Pires e Aldir Amorim Pereira (Ambos de PE).

Gols: Felipe Azevedo (SPT).

Cartões amarelos: Fabiano, Fernando Pires e Éverton (CEN).

Público: 9.974

Renda: R$ 101.127,50.

 

O elenco do Central se reapresenta hoje ao técnico Laelson lima no Lacerdão, e a diretoria vai a FPF protestar contra a escalação do árbitro Luiz Sobral para o jogo de domingo entre Central x Sport, este árbitro foi muito criticado em 2014 quando dirigiu o jogo Central 1×1 Santa Cruz no Lacerdão e prejudicou o time centralino.

 

TV Replay, o que é bom se repete!

 

 

Leão focado nos próximos duelos

Apesar da vitória em cima do Botafogo, a fuga para fugir do rebaixamento ainda continua. O Rubro-Negro, atual 17º colocado, encostou de vez na Portuguesa, 16º lugar.

Para o atacante Felipe Azevedo, a alegria pela vitória na última rodada precisa ficar para trás. De acordo com o jogador, a equipe precisa focar em fazer o dever de casa diante do Fluminense, no próximo domingo.

 

O atacante Felipe Azevedo foi um dos jogadores que mais atuou pelo Leão no Brasileirão

Mesmo tendo chegando em maio, Felipe Azvedo é o jogador que mais atuou pelo Sport na disputa da Série A do Campeonato Brasileiro. Jogou 25 vezes, mesmo número de Tobi.

Felipe tem “garra” o que agrada muito a torcida e o técnico Waldemar Lemos, fora a qualidade técnica. Ele que já formou dupla de ataque com vários jogadores, deve jogar ao lado de Gilberto no domingo, já que Gilsinho está suspenso.

 

Felipe Azevedo espera casa cheia no domingo

A torcida pediu e a diretoria do Sport atendeu. Os ingressos para o jogo do próximo domingo, contra o Coritiba, estão com preços promocionais. A atitude da direção agradou os jogadores, que esperam ver a Ilha do Retiro lotada mais uma vez. Na manhã desta quarta-feira, o atacante Felipe Azevedo concedeu entrevista coletiva e deixou claro o desejo do grupo em ver a Ilha do Retiro tomada por rubro-negros.

“A torcida do Sport é fantástica. Eles sempre estão na Ilha do Retiro nos apoiando, mas agora com essa promoção temos a certeza que vai estar mais lotada ainda. Esperamos que eles sejam o nosso 12° jogador e que possam nos ajudar a sair de campo com uma vitória”, comentou o atacante, que é o artilheiro do Sport no Brasileirão com cinco gols marcados. Além disso, Felipe também é o jogador que mais finaliza no time rubro-negro. A média dele é de 1,7 arremates por partida.

Na primeira posição dentro da zona de rebaixamento, o Sport mira alguns adversário que estão fora do temido Z-4. O Coritiba é um deles. Por isso, o jogo de domingo acaba sendo um confronto direto. “É até bom que esse jogo seja um confronto direto. Uma vitória nos deixa mais próximo de sair da zona de rebaixamento. Vamos torcer também para o tropeço dos outros times que estão nessa briga”, disse ele.

Sobre o treino na Praia de Boa Viagem, Felipe Azevedo gostou da experiência apesar de afirmar que foi cansativo. “O treino na areia sempre é cansativo. É uma atividade mais curta, mas muito intensa. É bom para toda a equipe e espero que nos ajude para o jogo do domingo”, disse Azevedo.

Jogadores do Sport miram nos bons exemplos para fugir do rebaixamento

A vitória sobre o Cruzeiro, no último domingo, trouxe um pouco de tranquilidade aos jogadores, comissão técnica e torcedores do Sport, que sofrem ao ver o Rubro-negro afundado na zona de rebaixamento. Principalmente porque o triunfo fez com que o Coritiba, primeiro clube fora do Z-4, ficasse a apenas três pontos do Leão.

Com um discurso bem ensaiado, os atletas usam exemplos de clubes que já estiveram em situação semelhante a que hoje vive o Sport. Casos como o Fluminense, que livrou-se do rebaixamento em 2009, após uma impressionante arrancada na reta final da competição, foram usados como inspiração pelo goleiro Magrão, que não acredita que o Rubro-negro disputará a Série B em 2013.

O otimismo do goleiro ganha um pouco de respaldo se observarmos o histórico da Série A desde 2006, ano em que o Brasileirão passou a ter a mesma quantidade de competidores que possui atualmente. Desde então, das 24 equipes que estavam na zona da “degola” na 24ª rodada, nove conseguiram escapar da temida Série B.

Números que enchem os rubro-negros de esperança. Porém, para o atacante Gilsinho, ainda não é o momento para olhar a tabela de classificação.

Se para o atacante os números não devem fazer parte da rotina dos jogadores, o mesmo não se aplica ao seu companheiro de ataque, Felipe Azevedo. De acordo com o jogador, o grupo precisa mirar nos bons exemplos, para ganhar mais ânimo.

Já para o meio-campo Willians, o Sport precisará se superar para fugir do Z-4, para isso, o atleta confia na força do grupo e pede um apoio incondicional da torcida.

Para Felipe Azevedo, Sport ganhou a ‘sorte’ como grande aliada

Quando tudo está sendo trabalhando corretamente, o universo conspira a favor. É basicamente essa máxima que o atacante Felipe Azevedo está levando em consideração para tratar o momento do Sport no Campeonato Brasileiro. Apesar de estar ainda no Z-4 da competição, o jogador acredita que a equipe deu a volta por cima e está pouco a pouco traçando o caminho para se afastar da zona da degola.

Felipe fez uma comparação com os jogos antes da chegada do treinador Waldemar Lemos. Para ele, a confiança do time mudou drasticamente e se refletiu nas vitórias que o Sport conquistou neste returno. Para o jogador, os resultados vieram por conta da evolução da equipe. Apesar de pregar a melhora da equipe, o atacante afirmou que o time não está apegado a previsões para deixar o Z-4.

Sport vacila e perde para o Grêmio

Em um jogo muito disputado o Sport começa vencendo, com gol de Felipe Azevedo no 1º tempo. Mas no 2º tempo deixa o time do Grêmio virar, com gols de Marcelo Moreno e Leandro, que marca dois.

Atacante Felipe Azevedo não sabe se será titular, após cumprir suspensão

Após cumprir suspensão automática, Felipe Azevedo que está de volta à equipe não sabe se fará parte do time titular no jogo contra o Grêmio, hoje às 19:30h. Isso porque a disputa no ataque agora anda acirrada, principalmente depois da boa atuação de Gilberto no jogo contra a Portuguesa. O atacante apesar de não saber se joga, quer buscar sempre o melhor para equipe.
Mesmo com a concorrência grande, Felipe Azevedo destaca que o mais importante é o objetivo do clube e acredita que não se sentirá pressionado quando estiver em campo. Ainda existem outros jogadores que podem entrar, como Magno Alves e Gilsinho. E a difícil decisão ficará para o Técnico Vágner Mancini.

Substituto de Felipe Azevedo deverá ser Gilberto

Sem poder contar com o atacante Felipe Azevedo, suspenso, para a parida contra a Portuguesa, às 18h30m deste domingo, na Ilha do Retiro, o técnico Vágner Mancini já escolheu quem deverá ser o titular do ataque. Caberá ao recém-contratado Gilberto a função de ser o homem de referência.
Feliz com a possibilidade de fazer sua estreia com a camisa do Sport, Gilberto garantiu que não terá problemas caso seja escalado para substituir Felipe Azevedo, pois estava treinando normalmente no Internacional. O atacante falou que o Sport possui um elenco muito qualificado, e que ele precisará se esforçar para conquistar espaço.

De acordo com o treinador, o jogador só não estará entre os titulares se não for regularizado. Contudo, mesmo tendo uma predileção pelo centroavante, Mancini revelou que tem como alternativa colocar Marquinhos Gabriel na frente e promover a entrada de Willians, caso o jogador não ganhe condições de atuar. Também existem outras possibilidades que podemos fazer caso Gilberto não possa jogar.

Na avaliação do treinador, o Sport terá que intensificar sua movimentação, para poder superar a Portuguesa. Acostumado a enfrentar clubes que atuam no ataque, Mancini afirmou que a postura defensiva da Lusa pode causar problemas. É preciso impor o ritmo de jogo, pois a Portuguesa poderá atacar no erro da equipe rubro-negra, então tem que dar mais velocidade ao jogo. No entanto tem que trabalhar bem a bola, com muita movimentação, pois provavelmente irá enfrentar uma equipe com postura diferente das que já foram enfrentadas neste brasileirão.

Desfalques no Sport para jogo contra a Portuguesa

Depois do empate do último domingo com o Corinthians, na Ilha do Retiro, o próximo compromisso do Sport será contra outra equipe paulista. No dia 15, o Leão voltará a jogar em casa e desta vez o adversário será a Portuguesa. Para esse jogo, o rubro-negro pernambucano já tem um desfalque certo: o zagueiro Bruno Aguiar recebeu o terceiro cartão amarelo diante do Timão e não poderá enfrentar a Lusa.

A saída de Bruno Aguiar do time foi boa para Aílson. O zagueiro atuou na partida contra o Corinthians no lugar de Edcarlos, agradou ao técnico Vágner Mancini e fará seu segunda partida consecutiva na zaga titular do Sport. Por sua vez, Edcarlos retorna ao time para suprir a ausência de Bruno Aguiar.

Quem também está fora do jogo contra a Portuguesa é o atacante Felipe Azevedo, expulso no segundo tempo do jogo contra o Corinthians. Dessa maneira, se o Sport conseguir resolver a regularização de Gilberto sem maiores contratempos ele o atacante deve estrear no domingo. O jogador já atuou na Série A deste ano pelo Internacional e será oficialmente apresentado nesta segunda-feira.

Zagueiro Willian Rocha está contando as horas para trabalhar com bola

Hoje o zagueiro trabalhou pela primeira vez no campo, depois de estar afastado de fevereiro quando rompeu os ligamentos. Ao longo desse tempo ele estava apenas fazendo fisioterapia. Junto com Felipe Azevedo ele deu voltas ao redor do campo auxiliar da Ilha nesta tarde.

Mesmo com a animação de voltar ao campo, o trabalho com bola ainda terá que que esperar um pouco, ele precisa ainda de no mínimo umas três semanas para que tenha evolução.

Ele que se identificou logo com a torcia rubro-negra, pois marcou logo um gol na sua estréia, prepara-se para voltar e ainda trazer muitas alegrias ao Sport.

Sport vence pela primeira vez no Brasileirão 2012

O Leão da Ilha do Retiro consegue sua primeira vitória por 2 x 1, em cima do Palmeiras.
O primeiro gol aconteceu ainda no primeiro tempo, aos 15 minutos, Marquinhos Paraná recebeu a bola cruzada na pequena área, e sendo mais rápido que a zaga do verdão colocou no fundo da rede. O Palmeiras empata no final do primeiro, Barcos chuta no ângulo sem chances pro goleiro Magrão. No segundo tempo, Felipe Azevedo fecha o placar aos 27 minutos. O Sport foi superior ao Palmeiras desde o inicio, e após o segundo gol, o Leão da Ilha confirmou a vitória. O Palmeiras ainda teve um gol anulado, depois de uma cobrança de falta na área, o jogador do Palmeiras estava impedido.