Caruaru-PE: Projeto “Família em Tiras” ganha amplitude e lança livro infantil

É comum que as pessoas tenham contato com histórias em quadrinhos desde a infância, bem como é possível encontrá-las em jornais, revistas e até mesmo em provas de vestibulares. Este tipo de gênero textual tem origem das famosas “tirinhas”, que são compostas por pequenas imagens, ou mais precisamente por um conjunto de cartuns, caracterizadas por ter um início, desenvolvimento e desfecho de alguma história.

Os personagens das tiras de “banda desenhada”, ou comumente chamadas de “tirinhas”, mais conhecidas no Brasil são as reflexões de Mafalda, Garfield, Calvin e Haroldo e também as histórias da Turma da Mônica, de Maurício de Sousa, que podem ser encontradas tanto em quadrinhos como em tirinhas.

Diante de todo este contexto, uma caruaruense foi surpreendida através dos filhos, por um talento que manteve-se escondido durante sua vida. Julianna Rodrigues, hoje chamada de ilustradora e blogueira, mas que é formada em fisioterapia e é mãe de Pedro e de Luísa.

FB_IMG_1484949894752

13232962_1015540501857671_7917174694844319819_n

Suas artes foram além de publicações nas redes sociais. A pedido de amigos, Julianna também confecciona camisetas, almofadas, quadros, caixinhas de presente, tudo de acordo com as histórias contadas por seus clientes.

13782153_1049831505095237_4965669526268154109_n 14591718_1139993166079070_2521397893394713473_n 15873454_1217637538314632_5268706163321572704_n 15965054_1221728311238888_8678265623284994486_n

Uma mudança radical aconteceu na vida de Julianna e sua família, quando Pedro, seu filho, lhe fez um questionamento: mãe, o que é cemitério? Julianna respondeu que é um lugar onde são enterrados os corpos das pessoas. A curiosidade de Pedro o fez questionar a mãe mais uma vez dizendo: mas então, onde eles enterram as cabeças destas pessoas? Foi a partir deste momento, quando a mamãe coruja transformou as perguntas dos filhos em tirinhas e começou a divulgá-las nas redes sociais. O resultado é mais de 36 mil curtidas na página “Família em Tiras” no facebook e a participação em diversos programas e jornais de circulações nacionais.

Em abril de 2016, o “Família em Tiras” participou, por meio de matérias, do Programa Opinião, da TV Nova Nordeste/ TV Cultura e que também foram divulgadas pela TV Replay.

Além de toda divulgação por diversos meios jornalísticos de rede nacional, ainda não foi o bastante para Julianna e sua família. Neste mês de fevereiro foi lançado o primeiro livro em parceria com o Farmacêutico Flávio Lago e a Faculdade Pernambucana de Saúde, com título: “Medicamento não é brinquedo!”.

“Flávio já fazia um trabalho educativo em escolas do Recife e me convidou para ilustrar umas historinhas a fim de facilitar o entendimento das crianças e de deixar o aprendizado mais divertido. De pronto eu topei!! Começamos a fazer as tirinhas e nos percebemos encantados com o material que estávamos produzindo. Então decidimos: VAMOS FAZER UM LIVRO!! Com o projeto pronto nós apresentamos à Faculdade Pernambucana de Saúde – FPS que confiou na ideia e comprou os primeiros 1000 exemplares!” – afirmou a ilustradora Julianna Rodrigues

24-medicamento-antibióticos-familia-em-tiras

O livro aborda, de uma forma lúdica, e composta por tirinhas, sobre o uso racional de medicamentos para o público infantil. Exemplares já estão disponíveis em algumas livrarias do Recife e também podem ser adquiridos através do e-mail: familiaemtiras@gmail.com. Entrega para todo o Brasil.

“O livro trás uma série de tirinhas para orientar pais e filhos que ter saúde é também ter cuidado. E quando falamos de medicamentos devemos entender seus benefícios e riscos e lembrar sempre da importância do farmacêutico na farmácia como um profissional pronto para cuidar da nossa saúde.” – disse Julianna.

medicamento não é bombom-cmyk

A história da “Família em Tiras” estimula os pais a guardarem as “pérolas” dos seus filhos, como uma forma de lazer e, além disso, valoriza a prática da leitura. Pode-se perceber o quanto a criatividade de uma pessoa, neste caso a de Julianna, unida às oportunidades – que neste contexto são as mídias sociais -, resultam em algo tão simples, mas que provocam resultados significantes.

12115560_899742586770797_6284582458324193683_n

Gameleira-PE:Hoje é o dia dele! Farmacêutico Cícero Nascimento

Hoje é o dia do Farmacêutico, data criada por Oto Serpa Grandado em 07 de Janeiro de 1941 numa reunião da Associação Brasileira de Farmacêuticos (ABF), passando a ser comemorada em 20 de Janeiro, em função da fundação da associação ligada a esse profissional.

O farmacêutico é o profissional responsável da saúde em geral e como essa data é comemorada hoje, a equipe da TV Replay esteve com o Sr.Cícero Nascimento, Farmacêutico, que fala da importância desse profissional para a sociedade.

Foto0236“Sou proprietário de farmácia e como farmacêutico, quero dizer que o farmacêutico tem um papel muito importante na sociedade, papel este, de orientar as pessoas porque ele faz um trabalho de atenção, muitas vezes o médico não tem tempo de fazer a medicina preventiva com pessoas que têm problemas sérios de saúde.

Na maioria das vezes se quer tiveram um acompanhamento médico, e quando chegam aqui pra expor alguma patologia já está tão grave que em sua maioria é irreversível. Indicamos o paciente à procurar o médico adequado para cada tipo de caso e somos responsáveis pela interpretação das receitas, de medicamentos e sua fórmula.”

Foto0237

“A figura do farmacêutico é um profissional habilitado para atender as pessoas com orientações, e com isso, temos preocupação de passar o medicamento que venha curar a doença daquele paciente, na minha farmácia, por exemplo, tenho atendentes que estão cursando a faculdade na área farmacêutica e eu tenho a preocupação de ter profissionais capacitados para lidar com essa área que é de grande responsabilidade, até porque trabalhamos diariamente com vida, então isso temos que levar em conta e oferecer maior qualidade de vida.

Trabalhamos com medicamentos e sabemos que é um produto muito sério, e costumo dizer que, independente da dose o remédio se torna um veneno, por isso, que ele tem que ser passado, orientado ao paciente de forma certa, que cure e que não venha trazer danos ao organismo do paciente.

Atuar como farmacêutico é muito valioso, amo a minha profissão, nasci pra ser farmacêutico, sou apaixonado por aquilo que faço e indico para pessoas que têm interesse de ingressar nessa área, que se dediquem pois sabemos que é uma profissão muito rígida, porque requer muita dedicação e aprendizado por parte da pessoa que está buscando se profissionalizar como farmacêutico.

Ser farmacêutico é isso, é dedicação, é estudo, é busca constante do conhecimento em medicina e longevidade da vida.”

É indispensável a figura do farmacêutico para a sociedade, porque é o profissional responsável pela orientação de medicamentos, fórmulas, orientações de como cuidar da saúde, indicação de outros especialistas na saúde habilitado para cada tipo de caso e, no entanto, é a pessoa ideal preparada para tratar da cura de certas doenças e longevidade da vida.

A TV Replay, agora faz parte da vida dos gameleirenses, dessa forma a notícia será noticiada todos os dias e em todos os momentos, fazendo com que Gameleira possa se comunicar em tempo real e deixar assim seus moradores informados de tudo que acontece e em todos os lugares.

Assista, comente, curta, comente e divulgue. Mande sugestões e denúncias. Nossos contatos:

Facebook: CENTRAL GAMELEIRA
Email:jornalismo@tvreplay.com.br
Portal:www.tvreplay.com.br
Watssapp: 81 – 99317525

Reportagem e imagens: Patrícia Silva

TV Replay, o que é bom se repete!