Cachoeirinha-PE: Feras “Corsina Braga” falam sobre seus desempenhos na prova do ENEM e suas expectativas quanto o ensino superior

A maioria das faculdades e universidades brasileiras tem como processo seletivo e forma de ingresso, o ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio). Esta avaliação é feita através de uma prova objetiva, onde as questões são de múltipla escolha, no total de 180 questões e uma redação; a prova é dividida em dois dias: no primeiro dia são 90 questões de Ciências Humanas e suas Tecnologias e Ciências da Natureza e suas Tecnologias e no segundo dia 90 questões de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias (Português e Literatura e Língua estrangeira), Matemática e suas Tecnologias e a Redação.

O ENEM é uma prova tanto de conhecimento didático quanto de resistência, visto que é um exame extenso e que exige muito do estudante. Grande parte das faculdades federais tem como processo seletivo o ENEM, onde os alunos se inscrevem no SISU (Sistema de Seleção Unificada) e de acordo com suas notas no exame, ao alcançar as médias estabelecidas para cada curso de graduação, o aluno passará na prova e será um “Fera”; como exemplo, de acordo com as médias dos vestibulares de 2015, para cursar medicina foi preciso obter entre 740,0 a 868,0 na média do ENEM, onde estas notas variam dentre os estados brasileiros.

Na manhã desta quarta-feira (04), em aproximadamente duas semanas após o ENEM 2015, estivemos na Escola de Referência em Ensino Médio Corsina Braga, situada na cidade de Cachoeirinha-PE, para saber dos alunos quais suas opiniões quanto o exame prestado e se suas expectativas foram atendidas. Na ocasião, conversamos com os alunos do 3º Ano C, eles que estão prestes à concluir o Ensino Médio, e desta forma ingressar ou no mercado de trabalho ou no Ensino Superior.

09 alunos e alunas se dispuseram à falar sobre seus sonhos e objetivos após conclusão do ensino médio, e no momento da entrevista, a repórter Mylena Macêdo questionou cada um, sobre quais cursos eles pretendem fazer, se a prova do ENEM correspondeu às suas expectativas, quanto ao tema da redação, sendo ele a “Violência Contra a Mulher”, se agradou a todos, dentre outras perguntas.

Maria Eduarda - 18 anos

Maria Eduarda – 18 anos

“Fiz a prova do ENEM e achei que ela foi razoável, principalmente no segundo dia, pois a prova de matemática estava muito difícil. Gostei do tema da redação e espero tirar uma boa nota. Ano passado fiz o ENEM por experiência e este ano fiz pra valer. Eu quero cursar medicina e se caso eu não passe este ano, sempre tem um próximo a seguir.” – afirmou Maria Eduarda.

Paloma Santos - 17 anos

Paloma Santos – 17 anos

“Estou em dúvida entre os cursos de Direito e algum relacionado à exatas. Eu gostei do ENEM, só não da prova de química, pois estava muito difícil. O tema da redação foi muito bom, mas tive cuidado para não errar e acredito que fiz um bom texto. Fiz o ENEM desde o primeiro ano do ensino médio e eu acredito que como ela exige muito do aluno, ter muito conhecimento das disciplinas, nós não temos total acesso às informações pedidas na prova; não espero que eu passe este ano, mas outros virão. – declarou Paloma Santos.

Filipe Alexandre - 17 anos

Filipe Alexandre – 17 anos

“Pretendo cursar Ciências da Computação ou Sistemas de Informações; já fiz 03 provas do ENEM e este ano foi melhor que no ano passado. Não estou muito confiante, por que diante do curso que desejo cursar, eu precisava me dar bem em matemática e creio que isso não aconteceu. Em linguagens, História e Geografia eu me desenvolvi melhor, como na redação, onde gostei muito, pois foi um tema muito falado e eu tenho um certo conhecimento nesta área. Se eu não conseguir passar este ano, pretendo fazer um curso técnico de sistemas de informações, mas nunca vou desistir da faculdade. - disse o jovem Filipe Alexandre.

IMG_20151104_100924788

José Lailton – 17 anos

“Já fiz o ENEM duas vezes, no 2º  e 3º ano do Ensino Médio; gostei mais do ano passado, pois a prova foi menos difícil, porém a redação deste ano foi um tema fácil, mas na hora de organizar os argumentos foi complicado, pois não se pode colocar a opinião própria de cada aluno. Pretendo fazer Educação Física e neste ano, não espero passar no curso, mas caso isso aconteça, me dedicarei no próximo ano e farei um cursinho. – afirmou José Lailton.

Giulia Raimundo - 17 anos

Giulia Raimundo – 17 anos

“O curso que quero fazer é Direito; não gostei do ENEM  e mesmo fazendo cursinho, eu achei que pelo menos a prova deste ano fugiu da linha que eles vinham seguindo nos anos anteriores, pois as questões foram muito mais difíceis e até professores graduados em exatas falaram em reportagens que o nível de algumas questões foram altíssimos, onde só quem conseguiam responder seriam quem já era graduado nas disciplinas, por exemplo, nas de química, só quem fez cursos de isoladas foi que conseguiu respondê-las corretamente; pelo fato de estarmos em escola pública, mesmo diante do sistema ter melhorado muito, as nossas necessidades não foram supridas.” – falou a jovem Giulia Raimundo.

Aryadyna Thalya - 18 anos

Aryadyna Thalya – 18 anos

“Não gostei muito do ENEM deste ano; mesmo já tendo feito desde o 1ª ano do Ensino Médio, neste eu me dediquei mais. Estou indecisa quanto ao curso que pretendo fazer, entre psicologia, publicidade e propaganda e marketing. Estou um pouco confiante nesta prova, pois corrigi acertei mais de 50% das questões e achei bom, até porque estou mais confiante na minha redação, pois acredito que fiz um bom texto e tive cuidado para não colocar opinião própria, e fiz com calma. – disse Aryadyna Thalya.

Jorge Henrique - 17 anos

Jorge Henrique – 17 anos

“Fiz o ENEM por duas vezes e neste ano gostei mais das disciplinas de linguagens, principalmente de Inglês. Pretendo cursar psicologia e espero passar este ano; não corrigi minha prova, pois prefiro esperar pelo resultado final. Não gostei muito da prova, achei as questões de química e matemática muito difíceis. – afirmou Jorge Henrique.

Pedro Vítor - 17 anos

Pedro Vítor – 17 anos

“Este foi o primeiro que fiz a prova do ENEM, mas não gostei muito. O tema da redação foi muito bom e das disciplinas, gostei mais da prova de humanas. Como eu sou um instrumentista, toco bateria, eu tenho vontade de fazer faculdade de Música, mas caso eu não passe este ano, farei um curso técnico e continuarei estudando para fazer o ENEM novamente.” – falou o jovem Pedro Vítor.

Edson Sobral - 18 anos

Edson Sobral – 18 anos

“Fiz o ENEM por dois anos, mas gostei mais do ano anterior, porque neste as questões estavam mais difíceis, principalmente Matemática. Pretendo cursar Ciências Contábeis, mas mesmo não estando muito confiante e caso eu não passe, no próximo ano farei um cursinho e prestarei vestibular de novo. – falou o jovem Edson Sobral.

IMG_20151104_101211507_HDR IMG_20151104_101355282 IMG_20151104_101402400 IMG_20151104_101415854 IMG_20151104_101500564As dificuldades para ingressar na faculdade ou universidade no nosso país, são muitas, principalmente para os pais que não tem condições de investir na carreira educacional de seus filhos. A vontade é de ver todos estes jovens dedicados, passando nos vestibulares, realizando seus sonhos, mas para isso, é preciso enfrentar uma caminhada longa, cheia de obstáculos, porém, através do incentivo por parte da família e da escola, da busca pelo conhecimento, as barreiras serão quebradas e os pódios alcançados.

Bem como diz o médico, psiquiatra, psicoterapeuta, doutor em psicanálise, professor e escritor Augusto Cury em um de seus livros, “Não desista dos seus sonhos”, corra em busca de melhor qualidade de vida, da garantia do seu sustento para os próximos anos.

Embora o Brasil não seja o país que melhor acolhe o filho do pobre neste setor de ensino superior, este jovem deve buscar refúgio nos lugares onde lhe é disponibilizado a educação; na escola se tem os professores, os mestres que ensinam tudo o que ele precisa para adquirir conhecimento, e em casa, os pais, cumprindo o papel de base, de colunas, para sustentá-lo quando tudo parecer difícil.

Boa sorte a todos nessa jornada que os aguardam, jornada de tantas lutas, mas com certeza, para aqueles que se esforçam, jornada de vitórias.

TV Nova Replay, o que é bom se repete!

Agrestina-PE: Secretaria de Saúde conta com apoio da Faculdade ASCES na implantação do Projeto Águas do Agreste

A segunda-feira (10) foi marcada por acontecer na cidade de Agrestina, uma parceria entre a Secretaria de Saúde e a Faculdade Asces, onde o intuito é de implantar no município o Projeto “Águas do Agreste.”

Agua do AgresteO objetivo do Projeto é avaliar a qualidade da água distribuída pela Compesa. Serão recolhidas 300 amostras mensais pelo município e todas serão analisadas por estudantes e profissionais da Asces. Dois tipos de testes serão feitos, um deles é o microbiológico, para detectar bactérias patogênicas ao homem, que causam doenças como a tuberculose e a hanseníase, e o físico-químico, que detecta os níveis de cloro e turbidez da água. 

Agua do Agreste 01Cerca de 100 pontos de Agrestina serão avaliados, entre eles são escolas, creches, bares, restaurantes e unidades de saúde. Estiveram presentes no primeiro encontro de coleta o coordenador da Vigilância em Saúde, Efraim Naftali, o coordenador do Águas do Agreste, Dr. Agenor Jacome, e dois alunos da Asces que fazem parte do Projeto.

Agua do Agreste 03O projeto sócio-educacional Águas do Agreste foi  iniciado em 2008 e que visa a promoção da saúde, principalmente em escolas de nível fundamental do Agreste Pernambucano. Além disso, também avalia a qualidade dos alimentos, condições ambientais e higiênico sanitárias dos locais visitados. A ação intersetorial envolve a Faculdade Asces, Vigilância Sanitária e Secretarias Municipais de Saúde dos municípios do Agreste pernambucano. O Projeto conta com a participação de alunos dos cursos de Biomedicina, Farmácia, Engenharia Ambiental e Odontologia.

Agua do Agreste 02

Texto: DECOM

TV REPLAY, O QUE É BOM SE REPETE!

Cortês-PE: Jovens da cidade buscam no ENEM uma porta para a faculdade

Jovens da cidade acreditam que o Enem faz toda diferença

O Hiago  Monteiro com outros Aluno a Caminho do Enem.

Hiago Monteiro com outros Alunos a Caminho do Enem em Ribeirão

Nos dia 08 e 09 de novembro, sábado e domingo foi realizado o ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio) e é claro, os estudantes de Cortês não ficaram de fora. Nossa Equipe falou com alguns dos jovens que prestaram o ENEM para sabe sobre a importância do Exame e o que eles buscam com as notas obtidas no exame.

Falamos com Hiago Monteiro, ele que tem a idade de 18 anos, morador da cidade de Cortês, onde o mesmo já fez as provas pela terceira vez. Ao preguntarmos qual o objetivo dele, em realizar o Enem ele nos falou:

 “Bom, eu fiz com o intuito de tirar uma boa pontuação para poder ingressar na faculdade, de preferência na UFPE. Sobre o curso que escolherei, está o de Licenciatura em Inglês.

Para o jovem Hiago, o segundo dia sempre é mais complicado:

“O segundo dia é muito desgastante, fazer uma redação e responder 45 questões de português e 45 de matemática é complicado. Se o tempo fosse maior, ajudaria muito.”

Ele fez questão de destacar a importância do Colegio Erempag:

“Eu daria nota 10! Porque além de conseguir os ônibus  para os alunos, conseguiram para os não alunos. E o incentivo que todos os professores deram, ajudou de certa forma”

Alunos de Cortês Recebem Incentivo dos Professores.

Alunos de Cortês recebem incentivo dospProfessores do Erempag

Ao final pedimos para o Aluno deixar uma mensagem para a juventude e todos que fizeram o ENEM:

“O que posso dizer é que nunca desistam de seus objetivos, é difícil mas não é impossível. Lutem, mais lutem mesmo! só se vence na vida com esforço”.

Os alunos da cidade, todos os anos se deslocam para a cidade de Ribeirão para realizar o exame na referida cidade.

Hora de ira para a Cidade de Ribeirão para realizar o Enem 2014

Hora de ir para a cidade de Ribeirão para realizar o Enem 2014

Já para Weverton Josias, de 19 Anos, o Enem foi uma forma de testar seus conhecimentos:

“Desde que terminei meu Ensino Médio em 2010 não fiz cursos preparatórios para o Enem, mas o que me ajudou muito foi eu ter cursado a escola técnica estadual, as “ETE”.

O Aluno relatou não ter tido dificuldade com o exame:

“Não tive tanta dificuldade em responder as questões, pois alguns assuntos já tinha visto e estudado.”

Para ele a grande surpresa foi a redação:

“Para mim o tema da  redação foi uma surpresa, não achei atual, mas achei pertinente, gostei bastante”

Weverton Josias 22 Anos.

Weverton Josias, 19 Anos, fez o Enem para testar os conhecimentos

Para Bruna de 16 anos, as notas do Enem são importantes para entrar na Faculdade Federal de Pernambuco.

A adolescente disse ainda que já é a terceira vez que faz o exame e seu sonho é fazer o curso de “relações internacionais”.

Bruna de 16 Anos Sonha com a UFP
Bruna de 16 anos sonha com a UFPE

Parabenizamos todos os alunos de Cortês por se empenharem em prestar o exame e desejamos sorte à todos.

TV REPLAY, O QUE É BOM SE REPETE!

Caruaru-PE: Semana de enfermagem da Asces conta com vasta programação

Em comemoração ao Dia do Enfermeiro, celebrado em 12 de maio, será promovida a Semana de Enfermagem Asces 2014, a partir de segunda-feira (12). O evento tem como tema “Protagonismo da Enfermagem no processo de cuidar” e traz uma série de atividades para os estudantes da graduação, das quais a maioria acontece no auditório do Campus II da faculdade.

As inscrições estão sendo realizadas com representantes do diretório acadêmico, com visitas às turmas para divulgar o evento, pelo valor de R$ 10,00. Estas também poderão ser feitas na abertura da programação. Estudantes de todos os módulos podem participar.

A programação inicia na próxima segunda, com a inauguração das novas instalações do Diretório Acadêmico Irmã Ruth, às 15h, e um culto ecumênico às 17h, para marcar o início da Semana de Enfermagem. Logo após, o grupo segue para o Maria José Recepções I, para a abertura da Semana Regional de Enfermagem em Caruaru. Na ocasião, duas docentes da Asces serão homenageadas pelo Coren: Ladjane Araújo e Evanísia Araújo.

A partir da terça-feira (13), acontece o II Workshop de Enfermagem, com palestras e apresentação cultural pela manhã. Durante a tarde, acontecerá a apresentação de trabalhos de estudantes do curso em formato de pôster, que será aberta ao público, na Praça das Placas, a partir das 14h. A programação retorna à noite, a partir das 19h, no auditório do Campus II, com a mesa redonda “Enfermagem: o poder do cuidado”. A mediadora dos debates será a coordenadora do curso de Enfermagem da Asces, professora Valéria Gorayeb.

Na quarta, serão oferecidos cursos para os estudantes, entre eles o de “Aperfeiçoamento em bomba de infusão contínua”, às 18h com a enfermeira Jeniffer Albuquerque (Samtronic), e o de “Cobertura de Feridas”, com a enfermeira Flavia Calado (Coloplast), ambos no auditório do Campus II.

Na quinta, sexta e segunda-feira (15, 16 e 19), o foco são as metas estabelecidas para a Gincana de Enfermagem e a distribuição das doações arrecadas pelos estudantes. Os brinquedos serão destinados ao Hospital Municipal de Caruaru Doutor Manoel Afonso, os alimentos à Associação Municipal Espírita de Caruaru (AME) e os frascos de vidro ao Banco de Leite Humano. Por fim, na terça-feira (20), será realizada a Gincana de Enfermagem 2014, nos períodos de manhã e da tarde no ginásio poliesportivo da Asces.

Segunda 12/05

15h – Praça das Placas: Inauguração das novas instalações do Diretório Acadêmico Irmã Ruth

17h – Capela: Abertura da Semana de Enfermagem com Culto Ecumênico

Terça-feira 13/05

8h – Credenciamento dos estudantes

8:30h – Apresentação Cultural

9h – Palestra “Humanização e responsabilidade profissional na prática da Enfermagem”

Palestrante: Enfermeiro Eduardo Tavares Gomes – PROCAPE

10h – Intervalo

10:30h – Mesa Redonda “Enfermagem no cuidado com a vida”

Convidados: Enfermeiro Diego Augusto Lopes Oliveira e Enfermeira Cláudia Miranda (CIEENF)

14h – Apresentação de trabalhos em formato de pôster

Local: Praça das Placas

19h – Mesa Redonda “Enfermagem: o poder do cuidado”

Mediadora: Professora Valéria Gorayeb.

Quarta-feira (14/05)

18h – Curso de Aperfeiçoamento em bomba de infusão contínua

Responsável: enfermeira Jeniffer Albuquerque (Samtronic)

20h – Curso de Cobertura de Feridas

Responsável: enfermeira Flavia Calado (Coloplast)

Quinta-feira (15/05)

8h às 12h, 13 às 17h e 18 às 21h – Cumprimento de metas estabelecidas para a Gincana de Enfermagem

Local: Diretório Acadêmico de Enfermagem

Sexta e segunda-feira (16 e 19/05)

Entrega dos produtos arrecadados na Gincana para a comunidade

Terça-feira (20/05)

8h às 12h, 13 às 17h – Gincana recreativa no ginásio poliesportivo da Asces.

unnamed

Foto da Internet

Foto da Internet

TV Replay, o que é bom se repete!

Faculdade é condenada a indenizar aluna que foi impedida de realizar prova

Estudante deixou de pagar algumas mensalidades e foi impedida de fazer avaliação.

O Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT) condenou nessa segunda-feira  faculdade Icesp a indenizar em R$ 30 mil uma aluna impedida de realizar provas por estar inadimplente. Em depoimento, a aluna contou que foi avisada já dentro de sala de aula pelo professor que não poderia fazer a avaliação. Segundo ela, o professor teria alegado que seriam ordens da direção. 

1

Devidamente matriculada na instituição, a aluna teria deixado de pagar algumas mensalidades. De acordo com o juiz da 4ª Vara Cível, a conduta da faculdade prejudicou a estudante que, além de ser impedida de fazer a prova, foi constrangida na frente dos colegas de curso.

Referente à inadimplência, o juiz concluiu que a instituição deveria ter usado os mecanismos necessários para resguardar o crédito devido e não ter impedido a estudante de realizar a prova.

Além do pagamento da indenização de R$ 30 mil, a Justiça ordenou a faculdade aplicar as avaliações que a aluna não realizou. Procurada pela reportagem a faculdade não se pronunciou sobre o assunto até a publicação deste texto.

Fonte: Correio Braziliense

 

Caruaru-PE: Faculdade Asces lança Vestibular 2014 neste sábado (05)

A Instituição disponibiliza o cronograma com as datas de inscrições, realização de provas e divulgação dos resultados. 

A Faculdade Asces divulgou o cronograma para o Vestibular 2014. A prova está confirmada para o domingo, 17 de novembro, e as inscrições estarão abertas a partir do dia 21 de outubro. O manual do candidato, com todas as normas e esclarecimentos, será divulgado nos sites http://www.asces.edu.br/vestibular e http://covest.htl.com.br/ a partir deste sábado (05). Nele, constarão os cursos, quantidade de vagas, orientações de inscrição e casos particulares. O documento também especifica pontos sobre a prova e orientações de matrícula. 

Para este ano, a Instituição traz novidades: o lançamento dos cursos de Bacharelado em Engenharia de Produção e o de Saúde Coletiva. Outra inovação é a dinâmica curricular do bacharelado em Enfermagem, que agora terá quatro anos e meio e uma nova turma no turno da noite. Com isso, a Asces passa a oferecer 14 cursos de graduação, sendo 13 de bacharelado e um de licenciatura.

1

As inscrições e também o acesso aos Cartões de Inscrições dos Candidatos serão todos realizados unicamente online por meio do site da Covest. A Asces montará estandes informativos sobre os cursos nos dois principais shoppings de Caruaru, Difusora e North, além de manter a comunicação direta por meio da sua página oficial na Internet. 

Na última edição do certame, as notas dos participantes e o número de inscritos superou  a média dos anos anteriores. No último vestibular, os cursos com a maior relação candidato/vaga foram Direito (4,8), Odontologia (3,8), Educação Física – Bacharelado (3,3), Fisioterapia (3,2) e Farmácia (2,9).

As áreas e as vagas oferecidas pela Asces neste processo de 2014 são: Direito (330), Odontologia (100), Farmácia (100), Enfermagem (100), Biomedicina (90), Engenharia Ambiental (100), Serviço Social (100), Relações Internacionais (100), Administração Pública (100), Fisioterapia (90), Bacharelado (100) e Licenciatura em Educação Física (100), Engenharia de Produção (100) e Saúde Coletiva (100).

Cronograma Vestibular

05/10/2013

Disponibilização do Manual do Candidato no site da Faculdade Asces e da COVEST.

21/10 a 11/11/2013

Inscrições via internet, através do site www.covest.com.br, no período de 0h do dia 21/10 até as 18h do dia 11/11/2013.

11/11/2013

Último dia para pagamento da taxa de inscrição na rede bancária e/ou nos agentes lotéricos.

14/11/2013

Exibição do Comunicado de Confirmação de Inscrição (Cartão de Inscrição) na Internet a partir das 12h00, no endereço eletrônico www.covest.com.br, para ser impresso pelo candidato.

17/11/2013

Provas (13:30h às 18h) – Horário de Brasília

Até 22/11/13

Divulgação do Resultado das Provas (1ª classificação), na sede da ASCES e nos sites www.asces.edu.br e www.covest.com.br

 

Caruaru-PE: Favip realiza aulão de preparação para o ENEM e vestibular

O projeto Papo-cabeça da FAVIP/DeVry vai realizar um aulão para ajudar os alunos de escolas públicas e privadas a obterem sucesso na prova do ENEM e no vestibular. É gratuito e podem participar alunos do terceiro ano, os interessados devem procurar a instituição para efetuar a inscrição. O encontro acontecerá na terça-feira, 08, a partir das 13h, no Espaço Maria José I, no bairro Indianópolis. 

Professores das disciplinas de física, matemática, português, redação e história vão ministrar o aulão. Os mestres também vão comentar questões e informar dicas importantes para as provas. Tudo bem interativo para facilitar o aprendizado. 

1

A supervisora de Projetos Corporativos para Graduação da FAVIP/DeVry, Elane Silva reforça que o projeto pioneiro da FAVIP/DeVry tem o objetivo de ajudar os alunos na escolha da profissão e contibuir para o ingresso no curso universitário. “Eles precisam estar bem preparados para o ENEM, já que o exame é uma porta de entrada para o curso superior”, conclui Elane Silva.  

No primeiro aulão, a expectativa é de reunir 500 alunos. Quem não puder participar do encontro pode acompanhar pelas redes sociais facebook, twitter e instagram. Também é possível interagir e encaminhar dúvidas que serão explicadas pelos professores com a divulgação de informações, fotos e vídeos. 

 

Serviço 

Data: Terça-feira, 08.

Horário: A partir das 13h.

Onde: Espaço Maria José I. Av. Margarida Peixoto Vieira, 196 – Indianópolis.

Informações e inscrições: 3722-8080.

 

Caruaru-PE: Nota de Pesar: Adeus ao pequeno Nelsinho

A Faculdade Asces, como também a TV Replay lamentam informar do falecimento de Nelson Luiz Santos Pereira Silva, o pequeno Nelsinho (3). Vítima de uma parada cardiorrespiratória na madrugada desta sexta-feira (20/09), no Hospital Oswaldo Cruz, em Recife. A criança lutava há dois anos contra uma leucemia. 

 nelsinho_adeus

Nelsinho é caruaruense e estava interno no Hospital Osvaldo Cruz há dois meses, em Recife, onde passava por tratamentos médicos após complicações causadas por uma leucemia. O corpo foi sepultado na tarde de hoje (20), no Cemitério Parque dos Arcos, em Caruaru. 

Nesta oportunidade, aproveitamos para registrar agradecimentos aquelas pessoas que aderiram à Campanha de Doação de Sangue em prol de Nelsinho. Ao longo de toda esta semana, estudantes, funcionários, professores e a comunidade em geral estiveram no Hemope contribuindo com doações de sangue direcionadas à criança. 

À todos, o nosso agradecimento e a certeza de que os 313 candidatos à doação contribuíram não apenas com o caso de Nelsinho, mas com inúmeros outros usuários da saúde que precisam de hemocomponentes. 

À família de Nelsinho, a nossa solidariedade. À toda a comunidade, o nosso apelo de que continuem as doações, pois, há inúmeras outras pessoas que precisam da doação de sangue.

 

Caruaru-PE: Asces na agenda nacional do Dia da Responsabilidade Social

No sábado (21/09) o Marco Zero de Caruaru ganhará novas cores, formas e movimento com uma série de ações que visam levar à comunidade informação, lazer e prestação de serviços. São as atividades programadas pela Faculdade Asces para celebrar o Dia da Responsabilidade Social, numa parceria com a ABMES (Associação Brasileira de Mantenedoras de Ensino Superior). Das 7:30h às 13h, professores, profissionais e estudantes estarão reunidos em diferentes estandes para os atendimentos gratuitos. A estimativa da organização é que 2.000 pessoas sejam beneficiadas diretamente com a ação. 

IMG_3107 IMG_3720 IMG_3728

Segundo o organizador da atividade, Prof. Fernando Andrade, o objetivo do Dia da Responsabilidade Social é oferecer à comunidade em geral atendimentos dos mais diversificados, dentro da experiência e competência da Asces, envolvendo os docentes e discentes da Instituição. “Com isso, verifica-se que a Faculdade Asces não se preocupa apenas com o ensino em nível de excelência, mas em abrir-se à toda a sociedade para que a mesma possa usufruir de seus serviços especializados, sem nenhum custo, e com isso, também despertar em nossos estudantes – devidamente orientados e acompanhados pelos docentes – a cultura solidária e fraterna”, relatou Andrade. 

Durante todo o ano, seja em ações próprias da faculdade, seja apoiando parceiros externos como por exemplo o SEST/SENAT, SESC e empresas de comunicação da região, a Faculdade Asces atende a milhares de pessoas. Para a sociedade, as ações do sábado (21/09) também seguirão esta proposta de compromisso com a comunidade, pois dizem respeito às questões mais relevantes socialmente, mas que por falta de tempo ou oportunidade as pessoas dificilmente têm acesso a elas. 

Estarão no mesmo local, dezenas de profissionais e estudantes qualificados para tirar dúvidas sobre questões jurídicas, de prevenção de câncer de boca e de higiene oral, bem como aferição de pressão arterial e exames de glicose. Projetos que envolvem informações sobre fitoterápicos (plantas medicinais e seu bom uso, inclusive com a distribuição de mudas) e alopáticos estarão presentes. 

Haverá ainda uma programação voltada à saúde e segurança da mulher, além de avaliação postural, informações de como proteger o meio ambiente e o uso racional dos recursos naturais e descarte adequado do lixo, além de ginástica laboral e informações relevantes para manter uma vida saudável mediante práticas esportivas.

TV Replay, o que é bom se repete!

Caruaru-PE: Projeto de Adoção Jurídica de Cidadãos Presos celebra 12 anos

O objetivo do grupo é que estudantes do curso de Direito  “adotem um presidiário” a fim de estudar o seu caso e levá-lo, ao menos, a julgamento.

1

O Projeto de Adoção Jurídica de Cidadãos Presos  comemora 12 anos de existência e promove, na próxima quinta-feira (19), às 14h, a mesa-redonda sobre: As ações de extensão e a responsabilidade dos profissionais em formação. O encontro será no auditório da Faculdade Asces (Av. Portugal, 584 – Bairro Universitário) e aberto à toda a comunidade.

Na ocasião, estarão presentes representantes de instituições que são diretamente beneficiadas com os trabalhos realizados pelo projeto de extensão da Asces, como o Diretor na Penitenciária de Caruaru (PJPS) Sérgio Siqueira, a gestora do CENIP (FUNASE) Keyla Silva e o gestor da Gerência Regional Prisional (GRP I), Laerson Emídio.

O Projeto de Adoção Jurídica de Cidadãos Presos faz parte das atividades de extensão do curso de Direito da Faculdade Asces. Desde que foi criado, o projeto já atendeu detentos da Penitenciária Juiz Plácido de Souza e presos provisórios de cadeias públicas do Agreste. Além da assistência jurídica, a equipe desenvolve palestras sobre Direitos Humanos, encenações e orientações para a população em geral.

A coordenadora do projeto, Pérpetua Dantas, explica que esse trabalho contribui para a formação humana dos futuros profissionais do Direito transformando suas vidas e das outras pessoas. “O principal objetivo do projeto é possibilitar o exercício da prática jurídica aos estudantes de Direito e beneficiar a população carcerária carente com assistência jurídica ampla e gratuita”, conclui a coordenadora.

Os estudantes do curso de Direito da Faculdade Asces vêm se propondo à “adotar um presidiário” a fim de estudar o seu caso, interagir com o mesmo, compreender a problemática nele existente e promover a justiça, ou seja, levá-lo, ao menos, a julgamento.

O projeto foi objeto de pesquisa em 17 monografias e duas dissertações, tem seis artigos publicados, quatro premiações e participações em diversos eventos científicos. A iniciativa recebeu o reconhecimento da Secretaria de Justiça e de Direitos Humanos com a Medalha Mérito Penitenciário, em 2004, e em 2009 foi escolhido, por meio de votação pública na Internet, ganhador da categoria Projeto Social, do Prêmio Jornal Extra de Pernambuco. Em 2012, foi premiado no 5º Prêmio Top Socioambiental e de RH/ADVB-PE, na categoria Sociocultural, Meio Ambiente e Recursos Humanos.

Caruaru-PE: Universitários buscam doadores de sangue para Caso Nelsinho

Equipe do projeto Doação e Ação visitam salas de aulas para falarem sobre o caso do menino com Leucemia e também incentivarem a doação de sangue.

Estudantes e Professores da Faculdade Asces promovem mobilização para que doadores de sangue dirijam-se ao Hemope Caruaru. O principal objetivo é buscar doações de sangue dirigidas ao pequeno Nelson Luiz Santos Pereira Silva, o Nelsinho, com apenas três anos de idade e há dois tratando um câncer. Ele precisa de plaquetas, componente encontrado exclusivamente no sangue e que é responsável pela contenção de hemorragias, mas atualmente o estoque disponível nos hemocentros do Estado é baixo. 

1

Nelsinho é caruaruense e está internado no Hospital Osvaldo Cruz há dois meses, em Recife, onde passa por tratamentos médicos após complicações causadas por uma leucemiaA Leucemia é o câncer mais comum na infância, tem origem na medula óssea, onde é normalmente produzido o sangue, e apresenta sintomas como dor nos ossos ou nas articulações, palidez, manchas roxas, sangramentos, febre e abatimento. Seus índices de cura podem chegar a até 80%. 

Segundo o professor Fabrício Andrade, coordenador do Projeto Doação e Ação da Faculdade Asces, o caso Nelsinho é mesmo urgente e pelo nível crítico dos estoques de sangue e plaquetas no Estado está sendo feita esta mobilização. “As plaquetas são hemocomponentes que impedem hemorragias sanguíneas, mas, em razão da Leucemia o organismo tem dificuldades em produzi-las, provocando sangramentos, dores de cabeça, palidez e manchas roxas na pele”, esclarece Andrade. 

A Doação 

Para Doar o interessado deve comparecer ao Hemope Caruaru, na Avenida Oswaldo Cruz, s/nº, no bairro Maurício de Nassau, das 7h30min às 17h. O candidato para a doação deve observar os seguintes requisitos: ter entre 16 e 67 anos, pesar mais de 50 quilos, não ter ingerido bebida alcoólica nas últimas 24 horas e estar em boas condições de saúde. É preciso levar o RG ou outro documento original de identificação com foto. Os menores devem ir acompanhados de um responsável. 

É imprescindível que o voluntário indique na recepção do Hemope Caruaru, no ato da doação no nome e o local do internamento do paciente. Neste caso, Nelson Luiz Santos Pereira Silva, internado no Hospital Oswaldo Cruz – Ala de Oncologia Pediátrica. 

Segundo o Ministério da Saúde (MS), o doador não pode ter contraído doença de Chagas, sífilis, hepatite e HIV, além de apresentar um documento de identificação com foto no momento do cadastro. No caso de Nelsinho, os doadores não devem ter contraído gripe recentemente.

Depois de realizar o cadastro na recepção do Hemope Caruaru, o voluntário passa por uma avaliação médica e, caso esteja em perfeito estado de saúde, é encaminhado para realizar a doação de plaquetas. Após a doação, cujo processo é seguro e não trás risco à saúde do doador, o organismo realiza a reposição das plaquetas em até 48 horas.

Sobre a Leucemia 

Tipos de leucemia mais comuns na criança e no adolescente: Leucemia Linfoide Aguda (LLA) e Leucemia Mieloide Aguda (LMA). Tratamentos indicados: quimioterapia e, em casos excepcionais, transplante de medula óssea.

Caruaru-PE: Participação social é tema de simpósio no Agreste

A Faculdade Asces realizará evento na próxima quarta e quinta-feira (11 e 12/09) para discutir os desafios e avanços na área da Administração Pública. As inscrições estão abertas. 

1

O cenário atual de mobilização social e as novas cobranças em relação à posição dos governos colocam na pauta nacional a discussão sobre as perspectivas e os novos desafios da Ordem Democrática. Gestores públicos e universitários do interior do estado de Pernambuco estarão reunidos na próxima quarta e quinta-feira (11 e 12/09), em Caruaru, para discutirem sobre este assunto. O tema faz parte da segunda edição do Simpósio de Administração Pública que acontecerá no auditório da Faculdade Asces. As inscrições estão sendo feitas no www.asces.edu.br e custam R$ 60 (profissionais) e R$ 30 (estudantes). 

Para o coordenador do curso de Administração Pública da Asces, Osório Chalegre, o Simpósio será uma oportunidade de avaliar os avanços na implantação de mecanismos de participação social, “além de levantar os desafios a serem superados pelos gestores públicos no diálogo com a sociedade”. 

A abertura do evento acontecerá na quarta-feira (11), às 19h, trazendo o tema: Os Desafios da Democracia no Século XXI , com a condução do professor Assis Brandão. Participarão da cerimônia de abertura o diretor geral da Faculdade Asces, Paulo Muniz, o coordenador do curso de Administração Pública, Osório Chalegre, o prefeito do município de Caruaru, José Queiroz, a Deputada Estadual Raquel Lyra e a Secretária Estadual de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos, Laura Gomes.

Na quinta-feira (12/09), a partir das 9h, será a vez do debate sobre: Mecanismos e Novas Formas de Participação Social com a participação dos professores Cátia Lubambo (UFPE)/Fundaj), Daniel Finizola (Gabinete Digital/Caruaru), José Arlindo Soares (Recife Participa) e Rosineide Gonçalves (Asces). 

À tarde, a partir das 14h, a mesa redonda “Participação Social: Avanços, Limitações e Desafios” estarão em pauta com a participação de Pedro Pontual, Diretor do Departamento de Participação Social da Secretaria Nacional Geral da Presidência da República), da professora Louise Caroline e do Conselheiro do Tribunal de Contas do Estado, Dirceu Rodolfo. 

Serviço

II Simpósio de Administração Pública

Tema - Perspectivas e novos desafios da Ordem Democrática

11/09 – Quarta-feira – Abertura às 19h

12/09 – Quinta-feira – 9h às 12h e das 14h às 17h

Local – Auditório da Faculdade Asces (Avenida Portugal, 584. Bairro Maurício de Nassau. Caruaru-PE)

Informações – (81) 2103.2000 – ramal 2075 ou eventos@asces.edu.br

Inscrições no site www.asces.edu.br 

 

Programação

 

Dia 11/09 – ABERTURA

19:00 – Abertura:

Prof. Paulo Muniz Lopes – Diretor Geral Faculdade Asces

José Queiroz de Lima – Prefeito do Município de Caruaru

Prof. Osório Chalegre – Coordenador do Curso de Administração Pública

Deputada Estadual Raquel Lyra

Laura Gomes – Secretária Estadual de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos (Deputada Estadual Licenciada)

20:00 – Palestra: Os Desafios da Democracia no Século XXI – Prof. Assis Brandão (UFPE)

 

Dia 12/09

09:00 – Debate: Mecanismos e Novas Formas de Participação Social

                Profa. Cátia Lubambo (Fundaj/UFPE)

                Prof. Daniel Finizola – Coordenador do Gabinete Digital de Caruaru

                Prof. José Arlindo Soares – Coordenador do Programa “Recife Participa” da PCR

Profa. Rosineide Gonçalves – Docente da Faculdade Asces

 

14:00 – Mesa Redonda: Participação Social: Avanços, Limitações e Desafios

                Pedro Pontual – Diretor do Departamento de  Participação Social da SNAS da Secretaria-Geral da Presidência da República

                Profa. Louise Caroline – Docente da Faculdade Asces e Secretária Municipal de Participação Social

                Dirceu Rodolfo – Conselheiro do Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco (a confirmar)

Caruaru-PE: Últimas vagas para o simpósio de Serviço Social

O evento aborda as pautas das atuais lutas sociais através de temas como saúde, educação e política. 

Nesta quarta-feira (21) tem início o II Simpósio de Serviço Social da Faculdade Asces. O evento acontece também na quinta (22) e aborda o contexto das recentes manifestações públicas no Brasil, nas quais a população expressou sua insatisfação sobre diferentes tópicos da vida cotidiana relacionados com a administração pública. No encontro, serão abordados temas como saúde, educação e política, estendendo o debate a diferentes áreas. Ainda há vagas para se inscrever através do site www.asces.edu.br . Valor: R$ 20,00 (estudantes) e R$ 40,00 (outros). Mais informações: 2103.2000 Ramal: 2035.

1