Blog de Airton Sousa: Brasil enfrenta Venezuela sem Neymar

Será a quarta partida da seleção Brasileira sob o comando do técnico Tite, desta feita contra a seleção lanterna das eliminatórias Sul-Americanas, a Venezuela, que joga em casa, na cidade de Mérida, e com certeza, apesar de ser certo um bom público, todos sabem que o futebol não é o divertimento predileto dos Venezuelanos. Hoje os brasileiros enxergam a nossa seleção com outros olhos, diferente da época de Felipão e Dunga, onde o desinteresse tomou conta do torcedor, em razão da mediocridade dos times montados pelos treinadores anteriores, bem como pelas decepções acontecidas, principalmente na Copa do Mundo de 2014. O brasileiro agora, demonstra interesse, confiança e motivação, em razão de que a partir do técnico Tite, os jogadores também se apresentam com outra personalidade.

Estamos vindo de três vitórias progressivas e convincentes, e assim, a  expectativa para essa terça-feira(11/10), é de mais um grande jogo. Porém, espera-se que a seleção brasileira, possa respeitar o adversário, sem permitir excesso de otimismo. No entanto, entrar com empenho e com um futebol envolvente, para emplacarmos mais uma vitória, desta feita, a quarta, sob o comando de Tite. A depender do nosso e do resultado  da seleção do Uruguai, poderemos assumir a liderança da chave Sul-Americana, fato que há muito tempo não acontecia.

Sem poder contar com Neymar, que cumpre a automática e tirando da seleção o jogador Giuliano, que jogaram contra a Bolívia, o treinador escalou os seguintes jogadores para iniciarem a partida: Alisson, Daniel Alves, Marquinhos, Miranda e Filipe Luís; Fernandinho, Willian, Paulinho e Renato Augusto;  Philippe Coutinho e Gabriel Jesus. Evidencia-se nesta escalação, principalmente, a ausência de Neymar, que cumpre, ratificando, suspensão automática. Assim, espera-se que a qualidade do treinador, possa funcionar também neste sentido, em razão de que o jogador Neymar tornou-se indispensável na seleção brasileira.