Com biometria, abstenção cai de 12% para 5% em Caruaru

Com a biometria, a abstenção na eleição realizada neste domingo (07) em Caruaru
ficou em 4,96%, quase 5%, o que representa 9.232 eleitores que deixaram de
votar. Em 2008 o percentual de abstenções em nossa cidade foi de 12%, quase três
vezes mais do que o que foi registrado no primeiro pleito com o reconhecimento
dos eleitores através da biometria.

Lícius se diz tranquilo e aguarda o segundo turno em Caruaru

O presidente da Câmara de Vereadores de Caruaru, Lícius Cavalcanti, até pensou
em não usar a tribuna da Casa na primeira sessão após o resultado das eleições,
mas foi até o microfone e se disse tranquilo com a derrota. “Nosso mandato
termina daqui a dois meses. Acho que foi um mandato importante que fica na
história de Caruaru. Sabíamos desde o início que estávamos tomando uma posição
difícil, uma posição que os grupos oligárquicos não aceitariam isso de forma
muito leve. Nós estávamos quebrando um paradigma”, disse o comunista se
referindo a independência da Casa.

“A história é formada por pessoas que têm coragem e elas enfrentam um sistema
e os sistemas são fortes. Nós reafirmamos nossa independência. Um fato de uma
reeleição não conseguida não compromete o trabalho feito”, disse. O comunista
comentou ainda que não nasceu para ser apenas vereador e pediu que as pessoas
deixem de falar sobre uma suposta “maldição” dos presidentes. Ele afirmou que
vai esperar o segundo turno nas próximas eleições. “Vamos continuar nossa luta,
podemos nos candidatar a qualquer cargo. Nas próximas eleições têm segundo turno
e a democracia vai prevalecer”, finalizou

TSE registra 23 milhões de abstenção no primeiro turno

O número de abstenções no primeiro turno das eleições municipais de 2012 ficou em 23 milhões, informou ontem (8) o Tribunal Superior Eleitoral (TSE). E mais de 115 milhões de brasileiros compareceram às urnas no domingo (7).

O tribunal contabilizava que mais de 138 milhões de pessoas deveriam votar neste domingo. Isso porque, dos 140,6 milhões de eleitores registrados no país, não votam no pleito municipal os moradores de Brasília e de Fernando de Noronha e também os brasileiros residentes no exterior.

Na votação para prefeitos, foram computados 102,8 milhões de votos válidos e 3,8 milhões de votos em branco. Os votos nulos somaram 9,1 milhões entre os destinados a prefeitos. O TSE ainda não divulgou os números relacionados às eleições para vereadores.

Em Pernambuco o índice de abstenção foi de 16,28%.

As votações de domingo correram com tranquilidade, na opinião da presidenta do TSE, ministra Cármen Lúcia. Segundo ela, foram decretadas menos de 2 mil prisões em todo o país, o que representa casos pontuais, e menos da metade do que foi registrado nas eleições municipais de 2008.

Até as 20h de ontem, mais de 90% das urnas em todo o país já haviam sido apuradas e apontaram que a maior parte dos 5,5 mil municípios decidiu suas eleições para prefeito em primeiro turno. Apenas 50 municípios terão segundo turno.

Fonte: http://agenciabrasil.ebc.com.br; www.tse.jus.br, acesso dia 09/10/2012.

Números finais das eleições na Cidade de Goiana/PE

TV Replay na Cobertura das eleições Municipais no Estado de Pernambuco.

Informações das eleições na Cidade de Goiana/PE.

Segundo Normando Peixoto e Paulo Henrique, funcionários da Justiça Eleitoral na Cidade de Goiana/PE, “ …toda a eleição transcorreu sem maiores problemas, todos que participaram de forma direta ou indireta estão de parabéns pelo desempenho nas funções as quais foram determinantes para a obtenção deste sucesso…”

Com a totalização dos votos tivemos os seguintes resultados:

 Frederico Gadelha Malta de Moura Junior e José Carlos Correia da Silva – Eleitos com 57.41% representando 26.537 eleitores;

 Marconi Clay Morais de Menezes e Ângela Márcia Lourenço de Oliveira – Não eleitos com 33,70% representando 15.576 eleitores;

Carlos Alberto S. Viegas Junior e Maria do Socorro C. Oliveira -  Não eleitos com 8,90% representando 4.113 eleitores.

 

Tivemos um total de votos apurados de 49.477;

Comparecimento de 84,32% do eleitorado;

Abstenção de 15.68% do eleitorado.

 

Vereadores eleitos:

 Renato Sandré – eleito com 1.317 votos;

 Olga Sena – eleita com 1.255 votos;

 André Ferreira de Souza – eleito com 1.120 votos;

 Amanda do Peixe – eleita com 1.161 votos;

 Valdete Cruz – eleita com 1.157 votos;

 Bruno Salsa – eleito com 1.020 votos;

 Arnaldo Albuquerque Oliveira – eleito com 975 votos;

 Ana Paula M. Oliveira – eleita com 966 votos;

 João Bosco – eleito com 945 votos;

 José Ramilson – eleito com 938 votos;

 Zilde Soares Barbosa -  eleito com 902 votos;

 Josemar Leite – eleito com 866 votos;

 Ana Cristina Melo – eleita com 847 votos;

 Beto Gadelha – eleito com 755 votos;

 Laércio Jose – eleito com 752 votos;

Em breve estaremos exibindo uma entrevista com o Prefeito eleito da Cidade de Goiana Fred Gadelha.

Assista, comente, curta, compartilhe e divulgue. Mande sugestões e críticas. Seja o repórter. Faça sua matéria e envie-nos. makingoff@tvreplay.com.br  ou entre em contato: 81. 9195 – 1999 Claro, 9931-7225 tim, 8707-6165 oi,  nosso facebook: MKOFF

TV Replay o que é bom se repete !

Pedras de Fogo/PB – Eleições 2012

TV Replay na Cobertura das eleições Municipais no Estado da Paraíba.

Informações das eleições na Cidade de Pedras de Fogo/PB.

Eleição acirrada com os dois principais candidatos a Prefeito votando na parte da manhã.

Até a presente hora, tivemos poucos  registros de ocorrências na delegacia, a maioria relacionada a boca de urna.

Segundo o Radialista Thiago Souza, da rádio Paraíba FM, tivemos a substituição de quatro urnas eletrônicas na Cidade, porém nada que pudesse prejudicar o pleito eleitoral.

 TV Replay na cobertura das eleições no estado da Paraíba.

TV Replay o que é bom se repete !

Cobertura das Eleições Municipais em todo Estado de Pernambuco.

A maior rede de correspondentes on line em Pernambuco, informações diretas, velocidade de comunicação, tudo isso se repetindo a cada segundo, isso é a TV Replay, onde o que é bom se repete.

TV Replay na Cobertura das eleições Municipais no Estado de Pernambuco.

Informações das eleições na Cidade de Goiana/PE.

Assista, comente, curta, compartilhe e divulgue. Mande sugestões e críticas. Seja o repórter. Faça sua matéria e envie-nos. makingoff@tvreplay.com.br  ou entre em contato: 81. 9195 – 1999 Claro, 9931-7225 tim, 8707-6165 oi,  nosso facebook: MKOFF

 

 

Cachoeirinha: Personalidades de nossa cidade em momento cívico! Eleições 2012

Até o momento a eleição em nossa cidade está transcorrendo sem nenhuma anormalidade.

Momentos de algumas personalidades de nossa cidade na eleição 2012!

confiram as fotos!

Milton do Ônibus - Candidato a Vice Prefiro

Rosemary Ramos - Secretária de Educação

Fiscais de Prédio

Sr. Armando

Osvaldo Jacinto - Candidato a Vereador

Prefeito Carlos Alberto (Beto de Tôta)

Sílvia Xavier - Candidata a Vereadora e Filhos

André Raimundo - Candidato a Prefeito e Maria Gorete (Mãe)

Grazielle Morais e Aline

Fernando da Banca - Candidato a Vereador

Muá - Candidato a Vereador

Fotos de: Thaís Roberta e Rodolfo Inácio

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Aliados de Queiroz criticam juiz eleitoral nas redes sociais

O juiz eleitoral Moacir Ribeiro da Silva Junior está sendo alvo de críticas nas
redes sociais por parte de aliados do prefeito José Queiroz. São feitas
insinuações sobre a atuação do magistrado contra o candidato a reeleição e
chegam a dizer que decisões foram tomadas contra a lei. Coordenadores de
campanha, familiares do pedetista e a militância estão disseminando as críticas
contra o magistrado pela internet.

Saiba o que é permitido e proibido na véspera das eleições

Candidatos a prefeito, vice-prefeito e vereador em todo o país têm até este
sábado (06), véspera das eleições municipais, para fazerem propaganda eleitoral
com carros de som, alto-falante e amplificadores. Esse tipo de propaganda será
permitido das 8h às 22h. Hoje os candidatos ainda podem distribuir material
gráfico, como panfletos, realizar carreatas e passeatas e divulgar jingles e
mensagens.

A partir deste sábado, porém, está proibida a publicação de propaganda
eleitoral paga na imprensa escrita. Esse tipo de propaganda foi permitido de 6
de julho, quando começou a campanha eleitoral, até ontem, no limite de até dez
anúncios por veículo, em datas diversas. As eleições municipais acontecem neste
domingo (7), das 8h às 17h. Os eleitores podem se informar sobre o local de
votação no site do TSE.

Horário de votação de João Lyra Neto e Raquel Lyra

Neste domingo (07) o vice-governador João Lyra Neto vota às 9h no Colégio
Municipal (zona 105, sessão 74). A secretária estadual da Criança e da
Juventude, deputada Raquel Lyra, vota às 10h, no Colégio Diocesano de Caruaru
(zona 105, sessão 82).

Carteirada na hora de votar ainda é prática comum no país

A legislação eleitoral brasileira é clara ao definir quais são as pessoas que têm prioridade na hora de votar e não precisam enfrentar fila na seção. Porém, ainda é comum a prática da chamada “carteirada” por autoridades não incluídas entre os casos previstos em lei.

Pela lei, têm prioridade apenas juízes e promotores eleitorais, auxiliares e servidores da Justiça Eleitoral, policiais militares em serviço, eleitores com mais de 60 anos, doentes e pessoas com deficiência ou com dificuldade de locomoção, além de gestantes e mulheres em período de amamentação. Os eleitores devem, portanto, ficar atentos para os furões de fila, que sempre tentam dar carteirada.

Segundo o professor Leonardo Hernandez, da Escola Judiciária Eleitoral do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) de Goiás “políticos; juízes de direito, promotores e servidores que não sejam da Justiça Eleitoral; e policiais à paisana não terão direito de votar antes de qualquer outro cidadão comum”.

no caso de mulheres que estejam no início da gravidez e de portadores de alguma doença que não seja facilmente percebida pelos mesários, é bom levar atestados médicos ou outro documento comprobatório para evitar constrangimentos.

De acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), os mesários são treinados para agir sempre com boa fé, evitando pedir atestado médico ou outros documentos no caso de eleitores que se enquadram nas exceções previstas em lei. Tal atitude contribui para acelerar o processo de votação e cumprir a estimativa do TSE de que cada eleitor gaste em média 40 segundos para concluir sua escolha.

Fonte: http://agenciabrasil.ebc.com.br, acesso dia 05/10/2012.

Tire aqui suas dúvidas das Eleições 2012

Cola eleitoral

Baixe o folheto da cola eleitoral

Documentos necessários para votar

Documentos aceitos

- Carteira de Identidade (RG)
- Carteira de Habilitação
- Carteira de Trabalho
- Carteira ou Certificado de Reservista
- Passaporte
- Carteira de Categoria Profissional reconhecuda por lei
- Título de Eleitor: agiliza a identificação do eleitor, embora não seja obrigatória sua apresentação

Documentos não aceitos

- Nenhum documento em XEROX, mesmo com boletim de ocorrência policial
- Certidão de Nascimento
- Certidão de Casamento
- Carteira de Estudante
- Crachá Funcional
- CPF

Sequência da votação

1ª - Voto do vereador (5 dígitos)
2ª - Voto do prefeito (2 dígitos)

Justificativa Eleitoral

No dia das eleições

- É necessário que o eleitor esteja fora do seu domicílio eleitoral
- Poderá realizar em qualquer seção eleitoral dentro do horário de votação, das 8h às 17h
- Obrigatório apresentar documento de identificação com foto
- Preencher o requerimento de justificativa eleitoral e assinar na frente do mesário (número do título, zona eleitoral e seção)
- Formulário no formato PDF
- Formulário no formato DOC

Após o dia das eleições

- A partir do pleito, o eleitor tem 60 dias para apresentar justificativa ao seu juiz eleitoral
- Passado o prazo, o eleitor não obterá certidão de quitação eleitoral e deverá pagar multa ou requerer isenção

Disque Eleitor

(81) 400-99-400

Dúvidas frequentes

  • 01 O voto é obrigatório para todos os brasileiros com mais de 18 anos e menos de 70. Estrangeiros naturalizados brasileiros também são obrigados a votar. Para quem tem entre 16 e 18 anos e para quem tem mais de 70, o voto é facultativo, assim como para os analfabetos.
  • 02 O cidadão que não tinha título de eleitor e não requisitou até o último dia 9 de maio, prazo limite estipulado pela Justiça Eleitoral, não poderá votar na eleição municipal deste ano.
  • 03 Quem já tem o título de eleitor, poderá votar mesmo que no dia da votação esteja sem o documento – basta saber qual é a seção eleitoral e levar um documento com foto, como carteira de identidade ou carteira de motorista (saiba qual é o seu local de votação).
  • 04 Quem mudou de domicílio eleitoral e não pediu a transferência do título até 9 de maio, não poderá votar no município para onde se mudou. Nessa hipótese, terá de justificar a ausência ou viajar para votar na cidade onde tem o registro eleitoral.
  • 05 O prazo para justificativa da ausência é de até dois meses após a votação, tanto no primeiro quando em um eventual segundo turno.
  • 06 Aquele que não apresentou justificativa ficará sujeito ao pagamento de multa e não poderá obter passaporte, receber salários de função ou emprego público, participar de concorrência pública ou administrativa, obter certos tipos de empréstimos, ser nomeado em concurso público até a quitação do débito.
  • 07 Para quem já tirou o título e perdeu o documento, o prazo para quem quiser pedir a segunda via vai até 8 de setembro, no caso de quem vai fazer a solicitação em cartório fora da cidade onde vota.
  • 08 Para quem vai pedir a segunda via em cartório na cidade onde vota, o prazo vai até o dia 27 de setembro.
  • 09 Para saber o local de votação:
    www.tse.jus.br/eleitor/titulo-e-local-de-votacao

Juízes eleitorais de Pernambuco passam por treinamento

Para que não haja problemas nas eleições 2012, que acontecem no domingo (7),
juízes eleitorais de Pernambuco estão passando por um treinamento. Ao todo, 151
magistrados devem trabalhar nesta eleição, alguns atendendo aos 60 municípios
que não têm cartório eleitoral. As palestras são válidas até mesmo para os que
trabalharam em eleições passadas, pois irão atualizar informações. Entre os
temas abordados estão como agir em caso de propaganda irregular e o que fazer
diante de crimes eleitorais, como compra de voto e boca de urna. As informações
são do G1.

Além disso, eles estão vendo questões como o processo de distribuição e
vistoria das urnas, qual procedimento deve ser tomado para encerrar a votação e
transmitir os dados, e o que fazer se uma urna quebrar. O presidente do Tribunal
Regional Eleitoral, Ricardo Paes Barreto, falou da importância de se ter um juiz
para cada cidade. “No final, ao se encerrar o momento da votação, eles então
serão os responsáveis pela transmissão desses dados de cada um desses municípios
para a nossa sede do TRE”,

Prazo para pedir 2ª via do título eleitoral acaba nesta quinta-feira

Termina na próxima quinta-feira, dia 27, o prazo para solicitação da segunda via do título de eleitor para aqueles que perderam o documento original. Mesmo que no dia da votação ele não seja mais tão necessário – para votar, basta qualquer documento oficial com foto (carteira de identidade, passaporte ou carteira de motorista) – o título é importante para identificar a seção eleitoral. Além disso, o eleitor que não puder comparecer ao local de votação e tiver que justificar a falta precisa do número do título para preencher do formulário de justificativa.

Mas o eleitor só pode pedir a segunda via do título no seu domicílio eleitoral, ou seja, na cidade onde vota. Nesta fase do processo eleitoral não é mais é possível pedir o documento em qualquer cartório. A lista com os locais de votação nas eleições de 7 de outubro está disponível nos site do TSE.

Tempo médio de votação do eleitor em 2012 será de 40 segundos

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) calcula que o eleitor levará 40 segundos, em média, para votar nas eleições do próximo dia 7 de outubro. Esse tempo é calculado a partir do momento em que o eleitor se dirige à urna até o instante em que confirma o voto no segundo cargo (prefeito).
Nas eleições municipais de 2008, cada eleitor levou 31 segundos, em média, para votar em candidatos a prefeito e a vereador, em 5.563 municípios.
O tempo médio de atendimento ao eleitor foi de 39 segundos em 2008. Esse tempo é contado a partir da digitação do número do título do eleitor por parte do mesário até a confirmação do voto no segundo cargo.

Cola

Para dar maior facilidade ao eleitor no dia da votação, a Justiça Eleitoral incentiva os eleitores a levarem os números de seus candidatos anotados em um papel, a chamada cola eleitoral.
Já está disponível no Portal do TSE a “Colinha”, que o eleitor pode imprimir, preencher os dados de seus candidatos a prefeito e vereador e levar no dia da eleição, para não se esquecer dos números na hora de votar na urna eletrônica.
O eleitor pode obter a “Colinha” clicando no selo Voto Limpo, no alto da página do Portal do TSE, e depois no link “Não se esqueça da cola. É mais fácil de lembrar”. (http://www.justicaeleitoral.jus.br/arquivos/tse-cartaz-cola-na-votacao)

Narciso Candidato

Já está gravado nas urnas e o Candidato a Vereador Narciso Silva, vai sim, disputar as eleições 2012. Ele faz essa afirmação e comentário, aqui na TV Replay.

O que é permitido e o que não é permitido no período eleitoral

No período de campanha e no dia das eleições, há uma série de normas e procedimentos que têm de ser seguidos por eleitores, candidatos a cargos eletivos e cabos eleitorais. Definidas pela Justiça Eleitoral, tais regras dizem respeito, por exemplo, ao uso da internet, de camisetas e bonés e à distribuição de folhetos ou santinhos, além de estabelecerem critérios para a realização de comícios, carreatas e caminhadas.

Veja aqui o que é permitido e o que não é permitido no período eleitoral:

Internet

Pode

Está autorizado o uso de sites de partidos e candidatos, desde que comunicados à Justiça Eleitoral e hospedados em provedores estabelecidos no Brasil. É permitida também a veiculação de propaganda eleitoral por meio de blogs, sites de relacionamento (Orkut, Facebook, Twitter etc.) e sites de mensagens instantâneas. As propagandas eleitorais veiculadas por e-mail são permitidas, mas devem conter mecanismo que possibilite ao destinatário solicitar seu descadastramento. É permitida ainda a reprodução do jornal impresso na internet, desde que seja feita no sítio do próprio jornal, respeitado integralmente o formato e o conteúdo da versão impressa.

Não Pode

Qualquer tipo de propaganda eleitoral paga, propaganda em sites de pessoas jurídicas, com ou sem fins lucrativos, e em sites oficiais ou hospedados por órgãos ou entidades da administração pública. Serão aplicadas aos provedores de conteúdo ou de serviços multimídia as penalidades previstas em lei, caso não cumpram, no prazo estipulado, a determinação da Justiça Eleitoral para cessar a divulgação de propaganda irregular veiculada sob sua responsabilidade, desde que comprovado seu prévio conhecimento.

Camisetas, chaveiros, bonés, canetas e brindes

Pode

A comercialização pelos partidos políticos e coligações, desde que não contenham nome ou número de candidato, nem especificação de cargo em disputa. A restrição vale para qualquer outro material de divulgação institucional.

Não Pode

A confecção, utilização ou distribuição realizada por comitê de candidato ou com a sua autorização. Esta vedação vale para quaisquer outros bens ou materiais que possam proporcionar vantagem ao eleitor.

Comício

Pode

Os comícios poderão ser realizados até a meia-noite do dia 5 de outubro. É autorizado o uso de aparelhagem de som fixa. O trio elétrico terá de permanecer parado servindo apenas como suporte para divulgação de jingles e mensagens do candidato.

Não Pode

Estão proibidos shows com apresentação, remunerada ou não, de artistas com a finalidade de animação.

Alto-falantes ou amplificadores de som

Pode

São permitidos desde que respeitadas algumas regras.

Não Pode

A menos de 200 metros das sedes de órgãos públicos.

Caminhada, carreata e passeata

Pode

Até dia 2 de outubro. É permitida a distribuição de material gráfico e o uso de carro de som que circule pela cidade divulgando jingles ou mensagens de candidatos. É preciso respeitar a distância mínima de 200 metros dos órgãos públicos.

Não Pode

Usar a aparelhagem de som para transformar a manifestação em comício.

No dia das eleições

É permitida apenas a manifestação individual e silenciosa da preferência do eleitor, revelada pelo uso de bandeiras, broches e adesivos.

Cavaletes, bonecos, cartazes e bandeiras móveis

Pode

Ao longo das vias públicas, desde que não dificultem o bom andamento do trânsito de pessoas e veículos.

Não Pode

Nos bens cujo uso dependa de cessão ou permissão do poder público, ou que a ele pertençam. São proibidos também nos bens de uso comum, inclusive postes de iluminação pública e sinalização de tráfego, viadutos, passarelas, pontes, paradas de ônibus e outros equipamentos urbanos. A proibição vale ainda para árvores e jardins localizados em áreas públicas, muros, cercas e tapumes divisórios. Esta vedação também vale para qualquer outro tipo de propaganda. Para a Justiça Eleitoral, bens de uso comum, para fins eleitorais, são aqueles a que a população em geral tem acesso, tais como cinemas, clubes, lojas, centros comerciais, templos, ginásios e estádios, ainda que de propriedade privada.

Faixas, placas, cartazes, pinturas ou inscrições

Pode

Apenas em bens particulares, independentemente de autorização da Justiça Eleitoral, observado o limite máximo de 4 metros quadrados.

Não Pode

Em troca de dinheiro ou de qualquer tipo de pagamento pelo espaço utilizado. A propaganda deve ser feita espontânea e gratuitamente.

Distribuição de folhetos, volantes e outros impressos (santinhos)

Pode

Até as 22h do dia que antecede as eleições. Não depende da obtenção de licença municipal, nem de autorização da Justiça Eleitoral.

Não Pode

Apenas com estampa da propaganda do candidato. Todo material impresso de campanha deverá conter também o número de inscrição no Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica (CNPJ) ou o número de inscrição no Cadastro de Pessoas Físicas (CPF) do responsável pela confecção, bem como de quem a contratou, e a tiragem. No dia das eleições: é vedada a arregimentação de eleitor ou a propaganda de boca de urna (distribuição de santinhos) e a divulgação de qualquer espécie de propaganda de partidos políticos ou de seus candidatos.

Outdoors

Não Pode

Independentemente do local. A empresa responsável, os partidos, as coligações e os candidatos pagarão multa, caso recorram a propaganda em outdoors.

Jornais e revistas

Pode

Até a antevéspera das eleições, para divulgação paga de propaganda eleitoral na imprensa escrita. É permitida a divulgação de opinião favorável a candidato, a partido político ou a coligação pela imprensa escrita, desde que não seja matéria paga.

Não Pode

Publicação de propaganda eleitoral que exceda a dez anúncios, por veículo, em datas diversas, para cada candidato, num espaço superior, por edição, de um oitavo de página de jornal padrão e um quarto de página de revista ou tablóide. Também não pode deixar de constar no anúncio, de forma visível, o valor pago pela inserção.

Rádio e Televisão

Pode

Apenas para propaganda eleitoral gratuita, veiculada nos 45 dias anteriores à antevéspera das eleições (em 2012, este período corresponderá ao intervalo entre os dias 21 de agosto e 4 de outubro, inclusive).

Não Pode

Antes das eleições as emissoras não poderão, em sua programação normal e noticiário, transmitir, ainda que sob a forma de entrevista jornalística, imagens de realização de pesquisa ou qualquer outro tipo de consulta popular de natureza eleitoral em que seja possível identificar o entrevistado ou em que haja manipulação de dados, entre outras vedações.

Fonte: tse.jus.br

OAB/Goiana – Eleições 2012 – Entrevista do Presidente Dr. Emanuel Sena

Em entrevista exclusiva a equipe da TV Replay o Presidente da OAB/Goiana o Advogado Dr. Emanuel Sena nos fala do papel da Ordem nas eleições 2012 e das eleições da Ordem.

Assista, comente, curta, compartilhe e divulgue. Mande sugestões e críticas. Seja o repórter. Faça sua matéria e envie-nos. makingoff@tvreplay.com.br  ou entre em contato: 81. 9195.1999 (claro) / 9931.7525 (tim) / 8707.6165 (oi).

TV Replay o que é bom se repete !

Saúde domina debate “morno” dos prefeituráveis em Caruaru

Foi morno e sem novidades o debate entre os candidatos a prefeito de Caruaru
realizado nesta quarta-feira (12) pela Rádio Jornal. As informações são do
jornalista Pedro Romero, no JC. O confronto naturalmente se polarizou entre os
candidatos José Queiroz (PDT), que disputa a reeleição, e a ex-deputada estadual
Miriam Lacerda (DEM). A democrata insistiu nos ataques à saúde municipal, como
vem fazendo ao longo da campanha e no programa eleitoral gratuito, e resumiu
suas críticas à “falta de planejamento” do atual governo. “É uma gestão de
improviso”, avaliou Miriam.

O prefeito José Queiroz se defendeu reconhecendo que ainda há muito por fazer
e se comprometeu a avançar no segundo governo, caso se reeleja. Na possibilidade
de isso ocorrer, prometeu criar Unidades de Pronto-Atendimento, as UPAs, mas
insistiu mesmo em convencer o eleitor de que é importante não interromper um
governo que está “alinhado com os governos do governador Eduardo Campos e da
presidente Dilma”. O candidato do PSOL, Fábio José, também participou do debate
que teve o comunicador Geraldo Freire como mediador.

Eleições 2012 – Candidato Samuel Víegas – PDT

Em mais uma cobertura jornalística sobre as eleições 2012 na Cidade de Goiana/PE, a Tv Replay abre espaço para os candidatos a vereadores, exporem suas idéias e projetos, com o objetivo de tornar o voto mais consciente.

Em entrevista a nossa equipe, o candidato do PDT Samuel Víegas.

Este espaço é livre e aberto a todos os candidatos a vereador(a), bastando apenas agendar com nossa equipe.

 Assista, comente, curta, compartilhe e divulgue. Mande sugestões e críticas. Seja o repórter. Faça sua matéria e envie-nos. makingoff@tvreplay.com.br  ou entre em contato: 81. 9195 – 1999 nosso facebook: makingoff mkoff

Ibope considera empate técnico entre Queiroz e Miriam

Apesar de José Queiroz aparecer com sete pontos de vantagem com relação a Miriam
Lacerda (47 a 40) o Ibope é bastante claro que o que existe é um empate técnico
entre os dois candidatos. Considerando a margem de erro da pesquisa, que é de 4
pontos percentuais para mais e para menos, Queiroz poderia ter entre 43% e 51% e
Miriam poderia ter entre 36% e 44% das intenções de voto, o que configura um
empate técnico, no limite da margem de erro, entre os dois candidatos.

O que significa isso na verdade?

Vejamos, se Queiroz pela margem de erro tiver 4 pontos  a menos, só terá 43% e Miriam se Tiver 4 pontos a mais terá 44% o que daria empate técnico. Porém, essa diferença poderá aumentar e ser muito grande, se ao invés de Queiroz estar pela mínima, estiver pela máxima, o mesmo acontecendo com Miriam, então seria Queiroz com 51% contra 36% de Miriam, visto que as duas possibilidades existem, daí o nome empate técnico, pois não se sabe pra que lado pode pender a diferença.

Para evitar tumultos, Justiça Eleitoral “engessa” candidatos em Vitória

( Foto: José Sebastian / AVV Imagem)
O Juiz da 018ª Zona Eleitoral da Vitória de Santo Antão, Breno Duarte, reuniu nessa terça-feira (04), os representantes das coligações partidárias do Município da Vitória de Santo Antão para orientar aos mesmos quanto à realização dos atos políticos nos próximos dias, com ênfase no tradicional desfile cívico do dia 7 de setembro, ficando proibido qualquer forma de promoção pessoal por parte dos candidatos.
Ficou definido que no dia 7 de setembro não haverá nenhum tipo de manifestação política, visando evitar transtornos e aglomerações na cidade, além de garantir a tranquilidade no desfile das bandas marciais. O Juiz destacou que qualquer ato que seja contrário as recomendações será rigorosamente coibido pela Polícia Militar, Polícia Civil e Ministério Público. Diante dessas medidas, essas limitações poderão indicar a impossibilidade do direito de ir e vir dos candidatos.
“ Tivemos a informação de que no pleito do ano de 2008 alguns candidatos a vereadores estiveram atrapalhando o andamento do desfile devido suas respectivas campanhas. Essa é uma atitude vedada, pois o desfile não tem nada a ver com a campanha política. Quem desobedecer as ordens responderá pelos seus atos perante a autoridade policial”, destacou Breno Duarte.
Tendo em vista o último dia de campanha dos prefeituráveis, o Juiz salientou que por trata-se de uma extensa movimentação na cidade, as maiores coligações (fazendo referência ao PSB e PSD), terão dois locais distantes para realizar seus últimos comícios, evitando então, qualquer tipo de contato massivo entre os simpatizantes dessas coligações. Breno Duarte afirma também que o reforço policial para o último dia será intensificado, onde visa erradicar ou minimizar o risco de haver qualquer anormalidade.
“O último dia de campanha no município será excepcionalmente partilhado, onde um dos candidatos realizará seu último comício na Praça Duque de Caxias, no Centro. Já o outro ficara disposto à escolher entre dois bairros populosos, sendo o Bairro Maués ou Lídia Queiroz, distanciando qualquer contato entre os grupos”, finalizou o Juiz.
Segundo o Juiz Breno Duarte, o trabalho que está sendo realizado pela Justiça Eleitoral no Município apresenta saldos positivos, pois até o momento não foram encontradas graves irregularidades.
Do A voz da Vitória

TRE-PE e Secretaria de Defesa Social traçam estratégias para as Eleições

Nesta sexta-feira, estiveram reunidos na sede da Secretaria de Defesa Social (SDS), no Recife, representantes da Justiça Eleitoral e das Polícias Federal, Civil e Militar, num esforço conjunto para traçar estratégias para o bom andamento das Eleições 2012.
Estiveram presentes pelo TRE-PE o Juiz da Propaganda Eleitoral do Recife, Dr. Gabriel Cavalcanti; o Presidente da Comissão de Propaganda, Henrique Melo; o Assessor de Segurança (ASSEG) do TRE-PE, Ten. Cel. Rosendo e o Capitão Noronha, também da ASSEG. A reunião foi presidida pelo Secretário Executivo de Defesa Social, Dr. Alessandro Carvalho. Participaram ainda o Comandante Geral da Polícia Militar, Cel. Luis Aureliano; o Diretor Geral de Operações, Cel. Cabral; o Promotor Dr. Ortêncio Carvalho (representando o Procurador Geral do Estado); o Delegado da Polícia Federal, Dr. Renato Cintra, chefe da DELINST; e o Dr. Osvaldo Moraes, chefe da Polícia Civil.
Dr. Gabriel Cavalcanti colocou que a campanha eleitoral exige muitas vezes ações imediatas, para cessar as ilicitudes antes que os danos se tornem irreparáveis. “Temos que nos integrar e agir de forma rápida, estratégica e inteligente”, completou. O Secretário Dr. Alessandro informou que a polícia age conforme o TRE solicita e que já houve aumento de efetivo direcionado às eleições.
As partes concordaram que as ações deverão ser conjuntas e novas reuniões foram marcadas para organizar as estratégias, com foco nas vésperas e no dia das eleições, além de coibir abusos ainda no período de campanha eleitoral.
Do Portal do TRE-PE

Debate livre

A partir das 10h os três candidatos – Fábio José (PSOL), José Queiroz (PDT), e Miriam Lacerda (DEM) – estarão frente a frente no debate da Rádio Liberdade.

Eleições 2012 – Coligação Frente Popular de Goiana

Em mais uma cobertura jornalística sobre as eleições 2012 na Cidade de Goiana/PE, nossa equipe esteve presente a uma reunião pública da Coligação Frente Popular de Goiana.

Em entrevista a nossa equipe, o candidato a Prefeito da Coligação nos falou da sua empolgação e dos problemas com as enchentes no Municipio.

Assista, comente, curta, compartilhe e divulgue. Mande sugestões e críticas. Seja o repórter. Faça sua matéria e envie-nos. makingoff@tvreplay.com.br  ou entre em contato: 81. 9195 – 1999 nosso facebook: programa makingoff.

Eleições 2012, no Recife alguns dos nomes exóticos !!!

Dos 863 candidatos a vereador para 39 vagas na Câmara do Recife, o juiz da 151ª Zona Eleitoral, no bairro do Fundão, João Maurício Guedes Alcoforado, responsável pelo deferimento do registro de candidaturas na Capital, intimou 20 para comprovar que são conhecidos pelos apelidos, mudar o nome apresentado para a urna eletrônica ou aceitar a sugestão de mudança dada pela Justiça.

Furúnculo Maligno (PPS), Dó do Povo (PPS) e Roberto do Bloco Bimba Mole (PSDC) e Tieta do Agreste (PTN), registro feito por Luzinete Maria da Conceição, que acabou indeferido.

De acordo com a resolução do TSE nº 23.373, o nome também não pode carregar propaganda eleitoral intrínseca, nem subjetiva de empresa privada ou pública. Houve dois casos que foram indeferidos e os postulantes tiveram de aceitar o nome próprio. Assim, Edvaldo Barata da Oi (PRTB), alcunha de Edvaldo José da Conceição, perdeu o Oi e ficou como Edvaldo Barata, enquanto Eliezer Hely Silva não foi aceito como Max Publicidade, mas só como Eliezer Hely. Da mesma forma, o candidato não poder fazer apologia de si mesmo na urna, algo como “João do Bem” ou “João do Povo”, com claro intuito de atrair votos. Foi o caso de Irmão Alexandre do Povo (PP), que ficou como Irmão Alexandre.

Fonte: Ayrton Maciel

 

Com discurso simples Miriam Lacerda diz que tem o perfil de trabalhar com o povo

Miriam Lacerda promete implantar o Orçamento Participativo na cidade. O discurso fez parte da fala ontem em reunião com moradores e lideranças no bairro Petrópolis. Desde que iniciou a campanha, a democrata vem anunciando nos bairros e comunidades rurais que o OP será prioridade em sua gestão. “Eu quero falar de futuro, do que a população necessita. Estamos nas ruas, ouvindo as necessidades do povo e vamos apresentar propostas de governo para mudarmos Caruaru”, afirma.

A candidata do DEM diz que ao contrário da atual administração, que prometeu implantar o modelo de gestão participativa e não cumpriu, vai gerenciar o município com a população. “Meu perfil é de trabalhar com o povo. Quando fui secretária de Governo, criamos o programa ‘Prefeitura Junto de Você’ e estávamos sempre nas ruas em contato direto com as pessoas. Meu trabalho será sempre ouvindo a população”, garante.

Sobre decisão do PCdoB Edmilson diz que não foi consultado

Nota assinada pelo Diretório Municipal do PCdoB de Caruaru, publicada nos meios de comunicação nesta quinta-feira (19), o partido informou que não apoiaria mais a reeleição do prefeito José Queiroz. Sobre este posicionamento, o vereador Edmilson do Salgado diz que não foi consultado pelo presidente municipal, Lícius Cavalcanti, e que não segue este mesmo posicionamento. “A decisão de Licius é pessoal e mesmo integrando a legenda eu não tenho motivos para mudar de ideia nos 45 minutos do segundo tempo”, disse.

Sabedor dos problemas que terá que enfrentar dentro do partido, a partir de agora, o parlamentar se diz tranquilo para aguardar os próximos acontecimentos. “O povo de Caruaru, especialmente do Salgado, me conhece. Sou um homem simples, mas de uma palavra só e não costumo mudar de opinião toda hora”, disse. Na nota, a comissão política do PCdoB informa que nenhuma das propostas majoritárias atende a expectativa do povo de Caruaru.

Com varias reuniões para hoje(20)canditato do PSOL se reune com lideranças

agenda do candidato Fábio José, do PSOL, começa daqui a pouco com reunião com
candidatos a vereador para montar agenda para o fim de semana. Às 10h ele se
reúne com lideranças comunitárias para discutir o Programa de Governo e marcar
visitas nas comunidades. No período da tarde, às 14h, Fábio José se reúne com
grupo de discussão para avaliar ações da oposição e às 17h se encontra com grupo
de amigos, simpatizantes da candidatura e voluntários da campanha.

Campanha de reeleição de Queiroz apresenta peças

Frente Popular apresentou nesta quinta-feira (19) as primeiras peças da campanha a reeleição do prefeito José Queiroz. A campanha tem como slogan a frase “Caruaru com a Força do Brasil”. Outro mote é “Caruaru não pode Parar”, uma referência ao desenvolvimento da cidade, com destaque para a geração de emprego, seguindo no mesmo ritmo de Pernambuco. De acordo com a assessoria do pedetista, a cor verde, que simboliza a esperança, aparece como majoritária nas campanhas da Frente Popular desde 1986, quando Miguel Arraes foi reeleito para o Governo do Estado

Ainda de acordo com a assessoria, a cor vermelha, que simboliza os movimentos de esquerda, também está presente, assim como o banco, que demonstra por parte da Frente Popular o desejo de manter a campanha limpa, sem baixarias ou agressões. O governador Eduardo Campos, a presidenta Dilma Rousseff e o ex-presidente Lula, também estão presentes nas peças. O material, que está sendo impresso para ganhar as ruas nos próximos dias, mostra o alinhamento de José Queiroz e Jorge Gomes como o grupo.

Pesquisa em Recife. Humberto com 35,5%, Mendonça com 20,7%, Geraldo com 6,8% e Daniel com 5,6% das intenções de voto.

Levantamento é resultado de uma parceria entre o Jornal do Comércio e o Instituto de Pesquisa Maurício de Nassau

Levantamento realizado pelo Instituto de Pesquisa Maurício de Nassau, entre os dias 9 e 10 de julho, mostra que o candidato do PT à Prefeitura do Recife, Humberto Costa (PT), mantém-se na dianteira nas intenções de voto para a prefeitura do Recife, com 35,5% de intenção de voto, na pesquisa estimulada. Em segundo aparece Mendonça Filho, do DEM, com 20,7%, Geraldo Julio, do PSB (6,8%) e Daniel Coelho, do PSDB (5,6%). A candidata Edna Costa, do PPL, aparece com 1,4%. Os demais candidatos, juntos, têm 1,2%. Brancos e nulos totalizam 20,7%. Não sabem ou não responderam 8,1%.

A pesquisa tem margem de erro de 3 ponos percentuais, para mais ou para menos, e aplicou 1080 questionários. Foi foi registrada junto no Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco sob o número 00041/2012, no dia 06 de julho de 2012.

Esmar Santos sairá candidato a vereador

Confira a entrevista aqui na TV Replay.

Ele falará sobre Eduardo de Delino, sua candidatura, Milton do Ônibus, seus projetos e porque não se aliou ao ex-prefeito Roberto Gilson Raimundo.

Eleitores fiquem por dentro das próximas datas das Eleições 2012

30 de Junho – Último dia para a realização de convenções destinadas a deliberar sobre coligações e escolher candidatos a prefeito, a vice-prefeito e a vereador.

05 de Julho – Último dia para os partidos políticos e coligações apresentarem no cartório eleitoral competente, até as 19h, requerimento de registro de candidatos a prefeito, vice e vereadores.

06 de Julho – Data a partir da qual será permitida a propaganda eleitoral. E também a partir da qual será permitida a propaganda eleitoral na internet, vedada a veiculação de qualquer tipo de propaganda paga.

07 de Julho – Data a partir da qual é vedada, na realização de inaugurações, a contratação de shows artísticos pagos com recursos públicos. E também a partir da qual é vedado a qualquer candidato comparecer a inaugurações de obras públicas.

08 de Julho -  Último dia para a Justiça Eleitoral publicar lista dos pedidos de registro de candidatos apresentados pelos partidos políticos ou coligação.

09 de Julho – Último dia para o eleitor com deficiência ou mobilidade reduzida que tenha solicitado transferência para Seção Eleitoral Especial comunicar ao juiz eleitoral, por escrito, suas restrições e necessidades, a fim de que a Justiça Eleitoral, se possível, providencie os meios e recursos destinados a facilitar-lhe o exercício do voto.

29 de Julho – Último dia para que os títulos dos eleitores que requereram inscrição ou transferência estejam prontos para entrega.

06 de Agosto – Data em que os partidos políticos, as coligações e os candidatos são obrigados a divulgar, pela internet, relatório discriminado dos recursos em dinheiro ou estimáveis em dinheiro que tenham recebido para financiamento da campanha eleitoral e os gastos que realizarem, em site criado pela Justiça Eleitoral para esse fim.

08 de Agosto – Último dia para o eleitor que estiver fora do seu domicílio eleitoral requerer a segunda via do título eleitoral em qualquer cartório eleitoral, esclarecendo se vai recebê-la na sua zona eleitoral ou naquela em que a requereu.

21 de Agosto – Início do período da propaganda eleitoral gratuita no rádio e na televisão.

07 de Setembro – Último dia para entrega dos títulos eleitorais resultantes dos pedidos de inscrição ou de transferência.

27 de Setembro – Último dia para o eleitor requerer a segunda via do título eleitoral dentro do seu domicílio eleitoral.

02 de Outubro – Data a partir da qual e até 48h depois do encerramento da eleição, nenhum eleitor poderá ser preso ou detido, salvo em flagrante delito, ou em virtude de sentença criminal condenatória por crime inafiançável ou ainda por desrespeito a salvo-conduto

04 de Outubro – Último dia para a divulgação da propaganda eleitoral gratuita no rádio e na televisão.

06 de Outubro – Último dia para entrega da segunda via do título eleitoral.

07 de Outubro – Dia das eleições, das 8h às 17h. A partir das 17h emissão dos boletins de urna e início da apuração e da totalização dos resultados.

09 de Outubro – Término do período, depois das 17h, em que nenhum eleitor poderá ser preso ou detido, salvo em flagrante delito, ou em virtude de sentença criminal condenatória por crime inafiançável, ou, ainda, por desrespeito a salvo-conduto.

10 de Outubro – Último dia para o mesário que abandonou os trabalhos durante a votação apresentar ao juízo eleitoral sua justificativa.

13 de Outubro – Data limite para o início do período de propaganda eleitoral gratuita, no rádio e na televisão, relativo ao segundo turno, observado o prazo final para a divulgação do resultado das eleições.

26 de Outubro – Último dia para a divulgação da propaganda eleitoral do segundo turno no rádio e na televisão.

28 de Outubro – Dia da eleição, das 7h às 17h. A partir das 17h, emissão dos boletins de urna e início da apuração e da totalização dos resultados.

06 de Novembro – Último dia para o mesário que faltou à votação de 7 de outubro apresentar justificativa ao juízo eleitoral.

27 de Novembro – Último dia para encaminhamento da prestação de contas pelos candidatos às eleições proporcionais que optarem por fazê-lo diretamente à Justiça Eleitoral. Também é  o último dia para os candidatos, inclusive a vice e a suplentes, comitês financeiros e partidos políticos encaminharem à Justiça Eleitoral as prestações de contas dos candidatos que concorreram ao segundo turno das eleições. E também o último dia para o mesário que faltou à votação de 28 de outubro apresentar justificativa ao juízo eleitoral.

06 de Dezembro – Último dia para o eleitor que deixou de votar nas eleições de 7 de outubro apresentar justificativa ao juízo eleitoral.

Convenções à vista, acordos firmados!

A cada dia, a base de apoio à reeleição do prefeito de nossa cidade, Carlos Alberto (Beto de Tôta), vai sendo ampliada. Enquanto os inocentes defendiam a pré-candidatura do vereador Eduardo de Delino junto com o grupo de Esmar Santos, o que se tramitava por “baixo dos panos“ na verdade, era o surgimento de uma nova aliança. Para surpresa dos eleitores cachoeirinhenses, domingo, dia 17/06/2012, o vereador e atual Presidente da Câmara Municipal, o Sr. Jonas Eduardo (Eduardo de Delino), aliou forças ao Prefeito para disputar as eleições municipais 2012. Após o encontro que amarrou os bigodes entre o veredor Eduardo de Delino e o prefeito Beto, Cachoeirinha ficou em choque, pois, não se esperava por alguns, é que o vereador que até então, fazia parte do grupo da oposição, acabasse juntando forças ao seu “adversário” partidário.

 

Mas na verdade, o que se viu foi a aliança, se vamos ganhar com isso, só o tempo dirá, pois Eduardo sempre foi competente e batalhador por sua terra. Torceremos agora para que cachoeirinha conquiste mais do que perca com essas alianças.

Forte nome cotado para disputa das eleições 2012, o ex Prefeito Roberto Gilson Raimundo ainda não se manisfestou a respeito de uma possível recandidatura ou se lancará algum sucessor. Na mesma situação encontra-se Esmar Santos, que até então não declarou nenhuma situação.

As convenções que terão data final em 30/06/2012, após isso, partidos e coligações têm até o dia 5 de julho para registrar seus candidatos; no dia seguinte, fica liberada a realização de propaganda eleitoral, como comícios e propaganda na internet (desde que não se pague). Até lá, muitas águas vão rolar. Os eleitores esperam com grande expectativa para cada acontecimento político que está por vir.