Caruaru-PE: Elenco do Central não treinou e não concentrou, mas vai entrar em campo hoje contra o Sport

O elenco do Central se recusou a participar do coletivo apronto e a concentrar devido o atraso no pagamento da folha salarial do mês de Março, nesta terça-feira (28.04), mas, promete entrar em campo ás 20h de hoje diante do Sport, no Estádio Luiz José de Lacerda (Lacerdão), em Caruaru, buscando um bom resultado no 1º jogo do confronto que vai definir o 3º colocado do Campeonato Pernambucano 2015, e consequente, definirá o clube que vai representar o estado nas Copas do Brasil e do Nordeste em 2016.

Mesmo com todos os problemas o técnico Humberto Santos preferiu fazer mistério sobre qual formação utilizar, mas a provável escalação do Central deve ser: Beto; Fabinho, Sinval, Natan e Jailton; Erick, Jucemar Gaúcho, Fernando Pires, Juninho Silva; Candinho e Róger.

Os zagueiros André Lima, lesionado no joelho esquerdo, e Matia Binatti, com uma lesão na coxa direita, além de Éverton, expulso na última partida, não enfrentam o Sport.

Pelo menos uma notícia boa. O meia Juninho Silva volta de suspensão e deverá voltar ao time titular.
Ingressos: R$ 30,00 (arquibancada), R$ 15,00 (estudantes e sócios) e R$ 50,00 (cadeiras)

No Sport, sem poder contar com Vitor, suspenso, o técnico Eduardo Baptista escolheu Oswaldo para o setor. Com isso, a tendência é que o Sport entre em campo com Magrão; Oswaldo, Durval, Ewerton Páscoa e Renê; Rithely, Neto Moura (Wendel), Elber e Diego Souza; Samuel e Felipe Azevedo.

1 2

TV Replay, o que é bom se repete!

Leão tentou trazer Durval de volta

Os torcedores do Sport andam felizes da vida com os anúncios das contratações de reforços feitos pela diretoria de futebol nos últimos dias. Depois do acerto com o meia Hugo, ex-São Paulo e Grêmio, muitos desses rubro-negros já começaram a imaginar uma luta pela vaga na Taça Libertadores.

Mas a diretoria do Sport ainda sonhava em trazer um outro atleta como reforço. Esse seria aquele jogador para a torcida ir recepcioná-lo no aeroporto, como falou o presidente do Leão, Gustavo Dubeux. E de fato seria: os rubro-negros tentaram de todas as formas repatriar o zagueiro e ídolo Durval, que atualmente está no Santos.

O jogador nunca escondeu que gosta do Sport. Por isso, ficou “balançado” para aceitar a proposta de um contrato de dois anos com o clube rubro-negro. No entanto, a negociação não foi para frente porque o Santos não liberou o jogador.
Se Durval voltasse para a Ilha do Retiro, os dirigentes rubro-negros dariam um tempo nas contratações. Como não deve vir, dá para perceber que  a diretoria ainda quer um bom reforço para a zaga.