Caruaru/vitória de Santo Antão/São Caetano-PE: Preso mais dois integrantes da quadrilha que matou doente mental na zona rural

Os agentes Cenival e Neylon da 3ª delegacia de Caruaru (90ª DP), prenderam na tarde desta segunda-feira (04), Valmir da Silva Santos, vulgo “Beiçola” de 22 anos, que mora em Vitória de Santo Antão e trabalha em um parque de diversões em São Caetano e Maciel Tavares da Silva, vulgo “Carito” de 19 anos, residente no sítio Muricí, zona rural de Caruaru.

Os dois elementos presos, participaram da barbárie que resultou na morte do doente mental, Ivanildo Batista da Silva, de 36 anos, que foi agredido na noite do sábado e morreu hoje pela manhã no Hospital Regional do Agreste (HRA). Os outros integrantes Alexsandro da Silva Santos, vulgo “Pepê” de 19 anos, e um menor de 14 anos, já foram detidos no domingo e todos foram ouvidos, confessaram o crime e foram liberados.

 5

Alexsandro e o menor, já haviam sido presos no domingo

Alexsandro e o menor, já haviam sido presos no domingo

"Beiçola"

“Beiçola”

"Carito"

“Carito”

Segundo “Carito” os quatro assassinos estavam bebendo cachaça e ao verem a vítima passar, foram atrás, bateram na mesma e enfiaram um pedaço de madeira no ânus da vítima que morreu em decorrência da violência sofrida. Não houve motivos para a tal agressão.

4

Ivanildo Batista da Silva, de 36 anos – Vítima

O crime chocou a população do Muricí, que cobra justiça para o caso.

 

 

Caruaru-PE: Morre espancado um homem doente mental e brutalmente os acusados introduziram objeto em suas partes íntimas

Faleceu na emergência do Hospital Regional do Agreste (HRA), por volta das 6h30 de hoje, (segunda-feira, 04 de novembro), o doente mental, Ivanildo Batista da Silva, de 36 anos, que morava no sítio Muricí, zona rural de Caruaru. Ele estava internado após ter sido vítima de um espancamento no último sábado entre o Sítio Muricí e o Sítio Araçá.

Ivanildo Batista, tinha 36 anos e morreu no HRA

Ivanildo Batista, tinha 36 anos e morreu no HRA

A vítima era doente mental

A vítima era doente mental

Segundo o irmão da vítima, Márcio José, a sua mãe deu dinheiro para o seu irmão cortar o cabelo na Vila Muricí, no sábado a tarde e ao escurecer o mesmo ficou pela vila esperando algum conhecido para lhe acompanhar até sua casa, como não passou nenhum conhecido ele resolveu voltar sozinho, no trajeto foi abordado por quatro marginais que o espancaram com socos e pontapés e pegaram um pedaço de madeira e enfiaram no seu ânus. Mesmo ferida, a vítima arranjou forças para ir até sua casa, onde chegou bastante lesionado, nu e com sangramento no ânus. Diante da barbaridade, o cunhado o socorreu para o HRA, ainda na noite do sábado.

3

Alexsandro

Alexsandro

Ao tomarem conhecimento do caso, o Cabo Erivaldo e soldado Teotônio da equipe Malhas da Lei, foram ao citado sítio e realizaram uma campana e conseguiram prender dois dos suspeitos, Alexsandro da Silva Santos, vulgo “Pepê” de 19 anos e um adolescente de 14. Questionados sobre o fato, eles disseram que agiram daquela forma porque a vítima teria jogado pedras nos mesmos. Apenas o menor confessou ter enfiando o pedaço de madeira no reto da vítima. Ambos foram apresentados no plantão da Delegacia Regional, onde a delegada do plantão Dra. Geovana Laloup, liberou os suspeitos por entender que não caberia a autuação em flagrante. Outros dois integrantes da quadrilha, identificados por Maciel Carito e Beiçola, estão sendo procurados pela polícia.

Cabo Erivaldo e Teotônio

Cabo Erivaldo e Teotônio

Para a polícia, a vítima morreu em decorrência das lesões sofridas, portanto foi assassinada por espancamento. O corpo já foi encaminhado para o IML de Caruaru.

Este foi o 2º homicídio do mês de novembro e o 122º  do ano de 2013 em Caruaru.

 

 

Palmares-PE: Malhas da lei captura elemento acusado de estuprar doente mental

A Equipe Malhas da Lei da AIS 13 Palmares deu cumprimento  ao Mandado de Prisão em desfavor de José Camilo da Silva Neto, 60 anos. O mesmo está sendo acusado de ter estuprado sua enteada de 16 anos que era doente mental. Logo após as denúncias ela entrou em depressão e em seguida veio a falecer. Fato este ocorrido no Engenho Estrela do Norte na cidade de Joaquim Nabuco-PE. Ele encontrava-se no engenho União, Serro Azul, Palmares-PE e no momento de sua prisão estava trabalhando em um morro no engenho Riqueza, também em Serro Azul, sendo conduzido ao Presídio de Palmares onde ficou a disposição da Justiça.