Gameleira-PE: Comemoração do dia do folclore mobiliza todas as escolas do município

Para comemorar o dia do Folclore, as Secretarias de Juventude, Esporte, Cultura, Turismo e Educação se uniram em um projeto ousado.

Com o tema: “Valorização e conscientização do Folclore brasileiro”, alunos das escolas municipais, estaduais e particulares, estiveram percorrendo as principais ruas da cidade durante o último domingo (23), com desfiles temáticos homenageando o dia do folclore que foi comemorado no dia 22 de agosto.

Por ser uma cidade onde historicamente a crença popular aflora entre as gerações, a comemoração do dia do folclore revive a tradição cultural de um povo, da sociedade, de uma cidade, onde costumes, lendas, crenças e festas populares são transmitidos de geração em geração.

A palavra folclore é composta por duas outras palavras, significando o conhecimento de um povo. Sua origem é inglesa – folk (povo) e lore (conhecimento).

Podemos classificar várias coisas, que possuem origem folclórica, como: A música, histórias e personagens, brincadeiras, remédios caseiros, adivinhações, comidas típicas, trajes, simpatias, artes, dentre outras.

Para o Secretário Mike Gomes, está iniciativa partiu de uma reunião com a Prefeita Yeda Augusta, que foi sugerido fazer um evento onde a união entre a juventude e a educação  fosse a principal preocupação das secretarias.

Todos os desfiles foram realizados na praça onde funciona a Academia da Cidades, e contou com a participação das escolas, ainda teve shows de grupos de Hip Hop e Kirebolado.

IMG-20150824-WA0050 IMG-20150824-WA0049 IMG-20150824-WA0048 IMG-20150824-WA0046 IMG-20150824-WA0045 IMG-20150824-WA0044 IMG-20150824-WA0043 IMG-20150824-WA0042 IMG-20150824-WA0041 IMG-20150824-WA0038 IMG-20150824-WA0037 IMG-20150824-WA0036 IMG-20150824-WA0035 IMG-20150824-WA0034 IMG-20150824-WA0033 IMG-20150824-WA0032 IMG-20150824-WA0031

TV Replay, o que é bom se repete!

 

 

Garanhuns-PE Escola de Miracica trabalhou projeto em comemoração ao Dia do Folclore

Em comemoração ao Dia do Folclore, na última sexta-feira (22), foi realizado, na Escola Municipal Salomão Rodrigues Vilela, no distrito de Miracica, o projeto “Resgatando culturas com o Folclore Brasileiro”. Um dos intuitos da ação foi o de incentivar o resgate da cultura popular e dos valores brasileiros, garantindo, dessa forma, a preservação das tradições folclóricas. A iniciativa contou com a participação de boa parte dos alunos da instituição entre os dias 18 e 22 de agosto.

Entre as diversas atividades realizadas, os estudantes puderam participar de rodas de conversa e contação de histórias sobre as lendas folclóricas, brincadeiras, exibição de filmes, exposições, entre muitas outras. As turmas que participaram – da Educação Infantil ao EJA – tiveram seus trabalhos expostos nas dependências da escola para que pudessem ser vistos por todos, e, em seguida, avaliados pelos professores.

De acordo com o coordenador pedagógico da Escola Municipal Salomão Rodrigues Vilela, Valter Barros, esse tipo de projeto desperta no aluno o interesse pelo folclore brasileiro de uma forma criativa. “Tanto os alunos que participaram, quanto os que assistiram às exposições, se mostraram entusiasmados com esse trabalho. Projetos desse tipo são constantes na escola durante todo o ano, e, ainda esse ano, outras ações serão realizadas”, comentou.

unnamed (4) unnamed (3) unnamed (2)

Foto: Valter Barros

Foto: Valter Barros

TV Replay, oque é bom se repete!

22 de Agosto – DIA DO FOLCLORE

Podemos chamar de folclore aquilo que é fantasia, invenção de um povo, onde são envolvidas suas tradições, costumes e lendas.

São as manifestações populares que podem aparecer em festas, alimentos, remédios, crenças, superstições, danças, contos populares, provérbios, adivinhações, apelidos, artigos de artesanato, brincadeiras infantis, dentre várias outras.

Esses elementos folclóricos são transmitidos de pai para filho, de geração a geração, sem que se percam ao longo do tempo. Variam de região para região, de grupo social, de etnia.

A palavra folclore é derivada das palavras “folk e lore”, que significam povo e conhecimento, respectivamente.

O surgimento da data se deu através do arqueólogo inglês William John Thoms, onde o mesmo resolveu fazer um estudo sobre as tradições e lendas do seu país, solicitando apoio a uma revista de Londres.

Para isso, William não usou seu nome, mas o pseudônimo de Ambrose Merton, pois temia não ser entendido. A revista publicou a carta no dia 22 de agosto de 1846, motivo pelo qual foi escolhido como o dia do folclore.

O folclore brasileiro se originou através da mistura de diferentes raças, como dos índios, dos negros e dos brancos que colonizaram nossa terra. A mistura dos conhecimentos de cada uma dessas raças foi sendo transmitida para a outra, formando nossa identidade cultural.

Os personagens folclóricos mais conhecidos da nossa cultura são: o Curupira, o homenzinho que vive nas florestas, tem os pés voltados para trás, cabelo vermelho e que protege a natureza dos homens que tentam destruí-la; o Saci-Pererê, negrinho de uma perna só, que usa uma carapuça vermelha e fuma cachimbo, faz travessuras, esconde objetos, entra em redemoinhos e também assusta pessoas que tentam destruir as florestas; o Boto é uma espécie de peixe que se transforma em homem, para encartar as moças, levando-as para morar com ele nos rios do Amazonas; e a mula-sem-cabeça, uma mulher que fez tanto mal que a própria natureza a fez soltar fogo pelo pescoço, como castigo.

Fonte: <brasilescola.com>, acesso dia 20/08/2012.

Biblioteca vivencia Semana do Folclore em Garanhuns

Na próxima quarta-feira (22), a Biblioteca Comunitária Municipal “Ler é Preciso” – Professor Maurilo Campos Matos, vivenciará, na próxima semana, um momento dedicado ao Dia do Folclore.

As atividades serão realizadas em parceria com o Centro de Reabilitação e Educação Especial Lions Clube de Garanhuns. Contação de histórias e trabalhos afins serão ministrados, com temas voltados a inclusão social.

MAIS LIVROS – Através de Projetos e relatórios semanais, mensais e anuais, enviados ao Instituto Eco Futuro, a Biblioteca Comunitária Ler é Preciso foi contemplada com a aquisição de 550 novos títulos ao seu acervo. A conquista mostra o comprometimento com o desenvolvimento do gosto pela leitura.

As obras literárias chegam ainda este mês, vindo a disponibilizar livros de literatura nacional, inglesa, áreas de psicologia e direito, além de auto-estima, dentre outros temas voltados ao público em geral.