Torcedor que desistir de ingresso da Copa vai pagar taxa à Fifa, alerta Procon-DF

O Instituto de Defesa do Consumidor do Distrito Federal (Procon-DF) alertou hoje (16) os torcedores que pretendem comprar ingressos para jogos da Copa do Mundo 2014 que, em caso de desistência após a compra, será cobrada uma taxa de 30% do valor pago.

A medida está prevista no regulamento da Federação Internacional de Futebol (Fifa), que justifica a cobrança da taxa para “cobrir custos administrativos incorridos em razão do cancelamento do ingresso”, além de “compensar a Fifa pela reduzida chance de revender os ingressos e quaisquer danos, inclusive lucros cessantes, que possam ser sofridos pela Fifa em razão do cancelamento”.

02

De acordo com o regulamento, não é permitido cancelamento parcial de ingressos, ou seja, caso o consumidor queira cancelar a compra de um ingresso, deverá fazê-lo com todos os pacotes solicitados por ele naquela partida. E tal pedido deve ser feito em até 48 horas antes do jogo.

O Código de Defesa do Consumidor garante um prazo de sete dias para desistência, com devolução imediata dos valores pagos, de transações feitas por telefone, pela internet ou meio similar, fora do estabelecimento comercial. O instituto, no entanto, informou que a regra não vale no caso da compra de ingressos para o Mundial da Fifa. Segundo o Procon-DF, a entidade está amparada pela Lei Geral da Copa, que lhe confere autonomia para esta decisão. A cobrança da taxa de devolução também está prevista no contrato de compra dos ingressos, mas o Procon-DF explica que, ainda assim, vai registrar e encaminhar à Fifa reclamações de torcedores que se sentirem lesados.

Fonte: Agência Brasil

Recusa ao Naútico

A contratação do volante Amaral, do Cruzeiro, chegou a ser anunciada pela direção, mas uma nova decisão afastou o jogador dos Aflitos, antes mesmo dele chegar.

Amaral apresentou a decisão que tomou a diretoria do Naútico que é a de vestir a camisa do Botafogo. O Timbu por sua vez, desistiu do atleta.

Outro jogador que está na mira do clube pernambucano é o meio-campo Vinícius Pacheco. Mas, desta vez a Diretoria prefere não comentar sobre o assunto para não atrapalhar a negociação.

Vaga na série D, pode ser do Porto

Não é oficial, mas a equipe do Petrolina passa por várias dificudades, e, é quase certa a disistência da equipe na serie D do brasileiro. Com isso,  o Porto que foi o sétimo colocado no Campeonato Pernambucano, ficaria com a vaga.

Já o time de juniores do tricolor do agreste, jogará no próximo sábado contra a equipe da Cabense. O Porto é o segundo colocado e pode fechar a sexta rodada como líder da competição. O técnico Adelmo Soares está bastante confiante com sua equipe.