Palmares-PE: Governo decretou Estado de Alerta no Município

Diante da gravidade da situação verificada na última sexta-feira (3) para o sábado (4), quando Palmares foi duramente castigada por chuvas intermitentes, o prefeito João Bezerra após reunião de caráter emergencial com integrantes da Defesa Civil e toda a equipe de secretários e assessores, resolveu decretar Estado de Alerta no Município.

1

ABAIXO SEGUE DECRETO NA ÍNTEGRA:

2 3 4

No sábado (4) o gestor público, junto de assessores municipais e equipe de Defesa Civil do Município, passaram todo o dia visitando os locais mais atingidos pelas últimas chuvas em Palmares, onde após contato com inúmeras famílias prejudicadas, determinou a adoção de medidas emergenciais visando socorrer as famílias que tiveram suas casas danificadas por rachaduras, quedas de muros ou barreiras ameaçando desabar nas proximidades.

As Secretarias de Infraestrutura, Desenvolvimento Social, Educação e Autarquia Habitacional, foram envolvidas na ação, nas quais, realizaram um cadastramento das famílias prejudicadas, bem como estiveram disponibilizando transportes para conduzir os atingidos até a residência de parentes ou abrigos improvisados cedidos pela Prefeitura.

A Coordenadoria Municipal de Defesa Civil, após um levantamento e análise da situação, interditou vários imóveis ameaçados por rachaduras ou quedas de barreiras, localizados em áreas dos populosos bairros Santo Onofre e Santa Luzia, além do Quilombo III.

02 03 04 05

Para qualquer emergência, a Defesa Civil comunica que seus telefones estão à disposição: (81) 99226-2800/98448-4700/3662-1508 ramal 225.

01

TV REPLAY, NÓS ESTAMOS ONDE A NOTÍCIA ESTÁ!

Ribeirão-PE: Deslizamento de barreiras deixa famílias desabrigadas

Na manhã desta sexta-feira (26.06) na cidade de Ribeirão-PE, Zona da Mata Sul de Pernambuco, fomos comunicados através da defesa civil sobre um deslizamento de barreiras em um bairro da cidade.

Nossa equipe foi até o local, no bairro da Bela Vista, na rua seis (6), onde segundo informações da defesa civil este é um dos bairros mais prejudicados nos tempos invernosos. Moradores sofreram com o deslizamento de barreiras, onde na ocasião, uma delas caiu por cima de uma casa na qual residia um senhor e seus dois filhos.

As vítimas que não sofreram nenhuma lesão devido a destruição de sua residência, em entrevista à nossa equipe, falou do problema que vinha enfrentando. Disse que já teria sido alertado pela defesa civil e orientado pelo coordenador da defesa civil o Sr. Gabriel Targino para buscar ajuda da assistência social.

Bombeiros da cidade de Vitória de Santo Antão estiveram no local para averiguação, na qual constataram o risco vivido pelas famílias da localidade e interditaram três residências da área, solicitando a retirada das famílias. Na ocasião, a prefeitura da cidade enviou funcionários da assistência social, para que realizassem a retiradas dessas famílias dando o apoio necessário aos desabrigados.

11655209_783277405125838_1038246592_n

“Tinha acabado de e levantar meus filhos, estavam no banheiro quando eu vi foi tudo desabando, peguei os meninos e corri, agora eu não tenho pra onde ir e preciso de ajuda da assistência social.” relatou o Sr. Marcos Fernando

11660244_783277311792514_815813797_o 11664825_783277341792511_1634631933_o 11660431_783277348459177_1319315083_o 11657360_783277375125841_605116009_n 11650883_783277415125837_1876980218_n 11651010_783277411792504_345352071_n 11651048_783277401792505_1272166284_n 11651010_783277411792504_345352071_n 11650883_783277415125837_1876980218_n 11637838_783277395125839_1164298863_n 11667102_783277258459186_1485423751_nTV REPLAY, NÓS ESTAMOS ONDE A NOTÍCIA ESTÁ!

Ribeirão-PE: Moradores denunciam Indústria por colocar em risco a vida de crianças

Nesta última sexta-feira (28/11), nossa equipe de reportagem foi procurada pelos moradores da Antiga Rua da Lama, Bairro da Vila Rica, onde o desespero tomava conta dos moradores, por uma situação que uma indústria da cidade estaria causando, segundo afirmaram os moradores daquela localidade.

20141128_140646

Ao chegarmos no local, fomos recebidos pela Sra. Edna Maria da Conceição, que explicou o porquê de todo o desespero e revolta dos moradores:

20141128_140626

“Na quarta-feira, Dr. Paulo falou conosco, informando que iria cavar depois do limite de nossas casas, e iria fazer um muro de arrimo para proteger e não danificar nossas casas; mas como nossos maridos trabalham à noite, alguns homens a pedido dele, aproveitaram e começaram logo de madrugada a cavar; só mulheres e crianças aqui não tinham condições de fazê-los parar.

Dr. Paulo, o dono da Indústria, está abusando de todos nós moradores, porque o terreno em que estão nossas casas, é Federal, temos documentos; nós pagamos IPTU, água e energia. Ele veio hoje às 5 horas da manhã, e começou a cavar, não quis saber nem se tinha criança, moradores dormindo; não respeitou ninguém.”

A Sra. Erica Clécia, também moradora daquela localidade, falou sobre as dificuldades que estava passando:

ma2

ma1

“Ele não isolou a área, meu menino hoje caiu dentro desse buraco, se não estivéssemos perto, e se isso fosse a noite? Quem iria socorrer uma criança dessas? Ele acha que por ser rico ele tem o direito de passar uma retroescavadeira e passar por cima das nossas casas, porque nós somos pobres, mas a justiça está do nosso lado.

Há mais de 10 anos eu e meu esposo batalhamos para construir nossa casinha, e dentro de 10 a 15 minutos, vem uma pessoa sem nenhuma ordem judicial e destrói tudo.”

20141128_140823 20141128_140555 20141128_142720 20141128_142745 20141128_142858 20141128_142604 20141128_142949

Próximo das 15 horas, os moradores se juntaram e começaram a colocar o barro de volta no lugar, para tentar diminuir os prejuízos de uma casa, que segundo eles estava rachada, e corria risco de desabamento.

20141128_144746 20141128_144757 20141128_144935 20141128_145249

Os moradores já fizeram um B.O. (boletim de ocorrência), falaram com o pessoal da Defesa Civil, e foram aconselhados a procurar a Secretaria de Obras, mas, os moradores estão inconformados com a situação, e não sabem mais a quem recorrer, nos procuraram para mostrar a situação em que eles se encontram. E agora estão aguardando, para ver como ficará o caso.

20141128_140540 20141128_140506

Segundo D. Edna, o empresário disse que iria cavar 2 metros de distância das casas, mas, segundo os moradores, ele não teria respeitado o acordo, por isso, essa revolta dos moradores.

Para mais informações e detalhes, sobre essa matéria, continuem nos acompanhando.

Assista, comente, curta, compartilhe e divulgue. Mande sugestões e dúvidas. Nossos contatos:

Facebook: www.facebook.com/centralcidades01

Email: jornalismo@tvreplay.com.br

Portal: www.tvreplay.com.br

Whatsapp: (81)86584586

Reportagem: Marcondes Oliveira

Imagens: Yuri Raphael

TV Replay, o que é bom se repete!

Garanhuns-PE: Está sendo entregue o Cartão de Pagamento de Defesa Civil

O prefeito de Garanhuns, Izaías Régis Neto, receberá, hoje (06), das mãos do gerente regional do Banco do Brasil, Iltamar Amaral, o Cartão de Pagamento de Defesa Civil (CPDC). O cartão é um meio exclusivo destinado ao pagamento de despesas com ações de socorro, assistência às vítimas de desastres naturais ou causadas pelo homem, e deve ser usado exclusivamente em situações de emergência ou estado de calamidade pública reconhecidos pela Secretaria Nacional de Defesa Civil.

A entrega simbólica do cartão acontece no gabinete do Palácio Celso Galvão, às 09h30min, e terá a presença do secretário de Serviços Públicos e Obras, Hélio Faustino, do secretário de Planejamento, Fernando Nunes, do coordenador municipal de Proteção e Defesa Civil, Thiago Amorim, e outros membros da equipe.

unnamed

TV Replay, o que é bom se repete!

Ribeirão-PE: Defesa Civil, medidas para prevenção do período chuvoso

Perdido de inverno, todos sabem dos problemas existentes nos municípios  onde acontecem um numero elevado de precipitações, e em Ribeirão não é diferente.

A equipe da TV Replay, esteve na coordenadoria da defesa civil da cidade e entrevistou o coordenador, que nos disse das medidas que estão sendo tomadas para prevenção  de acidentes e transtornos para a população no período chuvoso que se aproxima.

foto targino

Assista, comente, curta, compartilhe e divulgue. Mande sugestões e críticas. Nossos contatos:

TV Replay, o que é bom se repete!

Serra Talhada-PE: Prefeito decreta estado de emergência por 90 dias

Após as fortes chuvas que caíram neste fim de semana em Serra Talhada, o prefeito Luciano Duque decretou estado de emergência por 90 dias na cidade, através do Decreto nº 1.782. Foi causando grande prejuízo a cidade, provocando “pânico” entre moradores de diversos bairros. As precipitações foram suficientes para alagar diversas ruas e casas.

Hoje a Defesa Civil junto com equipes da prefeitura estão elaborando um relatório sobre os danos causados pelas águas, para poder ser planejado um plano de ações para consertar os estragos. A prefeitura autorizou a disponibilização de abrigos, cestas básicas e materiais de higiene para as vítimas da tempestade que atingiu a cidade.

Equipes da prefeitura já estão providenciando desinfecção de casas alagadas, distribuição de medicamentos e vacinação contra determinadas doenças transmitidas por contato com água contaminada. Mas vale lembrar aos moradores que deve se evitar ao máximo contato com água contaminada. De acordo com meteorologistas, está previsto ainda mais chuva no decorrer dessa semana para a região, o que pode trazer mais transtornos.

Imagem Ilustrativa da Internet

Imagem Ilustrativa da Internet

TV Replay, informação é aqui!

Recife-PE: Cidade em estado de alerta

RECIFE EM ESTADO DE ALERTA
Moradores das áreas de risco devem permanecer atentos, em razão das chuvas do recife. O solo está encharcado e, com isso aumenta a possibilidade de deslizamentos. A prefeitura colocou em protidão todos os servidores ligados á defesa civil.

EM DECORRÊNCIA DAS CHUVAS REGISTRADAS
nas útimas semana, a Prefeitura do Recife decretou estado de alerta. Todos os servidores envolvidos em ações devem ficar atentos, umas vez que já choveu mais que o previsto. Medida tem validade até o final do periodo da chuvas, que é agosto ou setembro.
A população do Recife, principalmente os moradores de áreas de risco, a exemplo dos morros, devem permanecer atentos por causa da continuidade das chuvas. Nos próximos dias a previsão das precipitações é de leve a moderada, mas dentro da normalidade, segundo a Agência Pernambuco de Águas e Climas (Apac).
No entando, a Secretaria Executiva de Defesa Civil (Sedec), solicitou ontem ao prefeito Geraldo julio, a assinatura do decreto de Estado de alerta devido a marca ter acumulado 1.058 somente nos útimos meses de maio e junho.

Fotos: Lindemberg Figueiredo

Fotos: Lindemberg Figueiredo

rec2 rec3