Crianças com diabetes podem contar com novo medicamento

SUS oferta insulina análoga para crianças, o que melhorará a qualidade de vida delas

Com apenas quatro anos, Maria Luiza Almeida apresentou os primeiros sintomas que indicariam a doença crônica que mais atinge crianças, o diabetes tipo I.  Um xixi na varanda de casa com aspecto melado foi um sinal da doença. “Eu pisei no chão e parecia garapa de açúcar, um suco bem doce quando derrama no chão e fica melado. Além disso, tinha muitas formigas em volta”, relembra a mãe de Maria, Samara Carla, diretora da Farmácia Básica do Município de São Domingos no sertão da Paraíba. Trabalhadora da área de saúde, a técnica percebeu que alguma coisa não estava correta. “Fui com ela ao posto da Saúde da Família e logo ele pediu um teste de glicemia”, comenta.

 insulina_crinaca

Após o resultado do exame, com a taxa de glicemia igual a 400 mg/dL, valor acima  do nível considerado normal, que é de no máximo 99mg/dL, Maria Luiza ficou internada até que todas as taxas fossem estabilizadas. Ao ser encaminhada para internação, o outro sintoma que chamou muito atenção da Samara foi à sonolência. “Quando ela foi encaminhada para fazer o exame e para internação, ela só queria saber de dormir e dormir, isso também me assustou”, disse a técnica.  Hoje, com nove anos, Maria entende sua situação e sabe exatamente os medicamentos que deve tomar e que a sua alimentação deve ser restrita e regrada. “Ela é uma boa menina, não sofre por não comer doce nas festinhas e sabe os horários de tomar a medicação”, relata a mãe.

O que é diabetes

O diabetes é uma doença do metabolismo causada pela falta de insulina, que para de ser produzida pelo pâncreas. Isso interfere na queima do açúcar e na sua transformação em outras substâncias, como proteínas, músculos e gorduras. A doença crônica possui vários tipos.  O diabetes tipo I, embora ocorra em qualquer idade, é mais comum ser diagnosticado em crianças. Este tipo acontece quando a produção de insulina do pâncreas é insuficiente, pois suas células sofrem de destruição autoimune. O pâncreas perde a capacidade de produzir insulina em decorrência de um defeito do sistema imunológico, fazendo com que nossos anticorpos ataquem as células que produzem esse hormônio.

Segundo o diretor de Assistência Farmacêutica e Insumos Estratégicos do Ministério da Saúde, Renato Alves Teixeira, ficar atento aos sinais é fundamental para que o paciente tenha atendimento necessário e não chegue ao nível crítico. “Os pais devem ficar atentos quando as crianças derem sinais de emagrecimento sem motivos aparentes, apresentem excesso de suor, crises de desmaios, tonturas e uma frequência urinária maior do que o normal. Esses são os sintomas de um diabetes de fase avançada e sem controle”, ressalta.  Outro alerta é para pais que são diabéticos fazerem exames nos filhos para avaliar se há uma hereditariedade.

Medicação

“Sensível à progressão da diabetes no país, e aos danos causados por essa doença, principalmente em crianças, tomamos essa atitude inovadora de colocar uma insulina que é o melhor tratamento disponível”, destaca o diretor Renato Alves

Confirmado o quadro de diabetes tipo I, Maria é acompanhada por uma endocrinologista pediátrica e consegue os medicamentos pelo SUS. “Eu pego sempre as insulinas da minha filha no posto de saúde. Isso me ajuda muito”, relata Samara. Com o novo investimento do Ministério da Saúde, a partir de agora Maria Luiza e outras crianças com diabetes tipo I terão à disposição no SUS um dos mais modernos medicamentos para o tratamento da doença: a insulina análoga. Estudos apontaram que insulina análoga proporciona um melhor controle glicêmico nos sintomas relacionados à hiperglicemia e diminuição das complicações agudas e crônicas decorrentes do diabetes.

Outra notícia boa é que para todos que já usam seringa para aplicação dos medicamentos poderão utilizar as canetas. “Vamos mandar de forma progressiva, aos poucos os municípios receberão o produto é de fácil aplicação, sua embalagem é uma caneta, resposta rápida e com doses que podem ser adaptadas a situação do paciente”, destacou Renato Alves.

Diabetes no Brasil

Atualmente, o diabetes atinge 8,9% da população adulta do Brasil, de acordo com o sistema de vigilância de fatores de risco e proteção para doenças crônicas por inquérito telefônico (Vigitel) 2016. Desde 2006, o índice cresceu 61,8%, tendo maior prevalência nas mulheres. O avanço das doenças crônicas no país preocupa, já que são consideradas um sério problema de saúde pública, sendo responsáveis por 63% das mortes no mundo, segundo estimativas da Organização Mundial de Saúde (OMS). No Brasil, o diabetes são a causa de 72,6% dos óbitos. 

O Ministério da Saúde dispõe de linha de cuidado para Diabetes mellitos, com o objetivo de controlar a glicemia e desenvolver o autocuidado nos pacientes. Parte da estratégia inclui a prescrição de insulinas em esquema intensivo. Para tratamento do DM1, estão à disposição no SUS, entre outros medicamentos, as insulinas humanas NPH – para a manutenção da glicemia – e a insulina humana regular (de ação rápida), a ser administrada cerca de 30 minutos antes das refeições.

Esses produtos estão disponíveis nas unidades de saúde ou por meio do Aqui Tem Farmácia Popular, que está presente em mais de 4 mil municípios. Por meio deste programa, em 2016, mais de 6,2 milhões de pacientes buscaram medicamentos gratuitos para diabetes. Esse número é mais que o dobro do total beneficiado em 2011 (2,6 milhões).

Por Luíza Tiné, para o Blog da Saúde

Senado sanciona projeto favorável à adoção de crianças e adolescentes

Haverá mudanças no Estatuto da Criança e do Adolescente, na Consolidação das Leis do Trabalho e no Código Civil. Dia Mundial da Adoção será comemorado em 9/11

2017 tem sido um bom ano para a adoção de crianças no Brasil. Depois de intensos debates graças a uma consulta feita para a sociedade pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública e promessas do Conselho Nacional de Justiça, finalmente algo concreto aconteceu. O plenário do Senado aprovou no dia 25 de outubro o projeto de lei 101/2017, que tem como objetivo acelerar a adoção de crianças e adolescentes. Agora só falta a sanção do presidente Michel Temer.

277098_ext_arquivo

A grande vantagem do projeto é formalizar prazos que antes eram impossíveis de calcular, já que a lei 12.010, de 2009, conhecida como Lei Nacional de Adoção, era vaga em alguns tópicos, como, por exemplo, o tempo para habilitação dos pretendentes a pais adotivos. Agora, entre outras mudanças, o período máximo de acolhimento institucional será de 1 ano e meio, com reavaliações da situação dos abrigados a cada 3 meses. Além disso, recém-nascidos abandonados em maternidades que não forem reclamados por alguém de suas famílias biológicas em até 30 dias serão encaminhados automaticamente à adoção.

Tudo isso dará a crianças e adolescentes algo que está garantido na Constituição (artigo 227) e no Estatuto da Criança e do Adolescente (artigo 19), mas que nem sempre era cumprido: direito a uma família. “Há juízes que são radicalmente contra estas alterações na legislação, já que priorizam a reinserção nas famílias biológicas e tentam evitar injustiças, o que é louvável, mas deve-se levar em conta primeiro o bem-estar da criança que está em um abrigo esperando por um lar”, afirma Ana Davini, especialista em adoção e autora do livro “Te amo até a lua”, focado no tema.

Atualmente (segundo consulta feita em 27/10/2017 no site do Conselho Nacional de Justiça - http://www.cnj.jus.br/cnanovo/pages/publico/index.jsf) existem 8.181 inscritas no Cadastro Nacional de Adoção, das quais apenas 4.836 (59% do total) estão totalmente liberadas para adoção. O restante está numa espécie de limbo, aguardando a decisão da Justiça para voltar à família biológica ou a destituição definitiva do poder familiar para encaminhamento a famílias substitutas.

Os números também mostram que as chances de adoção reduzem drasticamente após os 11 anos, quando passa a haver menos candidatos do que crianças daquela determinada faixa etária.

O Conselho Nacional de Justiça tem uma campanha que responsabiliza os pretendentes pela demora no andamento da fila de adoção (imagem abaixo), dizendo que os mesmos priorizam meninas recém-nascidas brancas, mas esta tese não se comprova ao analisarmos os números da própria entidade.

Para se ter uma ideia, há pretendentes suficientes para adotar todas as crianças de até 10 anos, de ambos os sexos, todas as negras e pardas, todas as com problemas físicos ou mentais e todas as que fazem parte de grupos de irmãos, conforme pode ser visto na tabela abaixo.

Tabela

Estas adoções só não acontecem porque o Cadastro Nacional não é realmente nacional. Ainda não existe integração efetiva entre os sistemas das Varas de Infância do país, nem sequer entre as de uma mesma cidade, como é o caso de São Paulo.

O próprio Conselho Nacional de Justiça anunciou, em 28 de agosto de 2017, a implantação de um novo Cadastro Nacional que permitirá uma busca mais ampla e rápida de famílias para as crianças e adolescentes que vivem em abrigos. Algumas das medidas prometidas, porém ainda sem data para começar, pois ainda dependem de aprovação da Corregedoria da entidade, são a unificação dos cadastros de adoção e de crianças acolhidas, novas tecnologias e varreduras automáticas diárias dos pretendentes disponíveis em todo o país. As informações completas estão em http://www.cnj.jus.br/noticias/cnj/85312-novo-cadastro-de-adocao-construcao-conjunta-com-tribunais.

De qualquer forma, é claro que a adoção tardia ainda é uma questão complexa e que preconceitos quanto a ela devem ser vencidos, mas a grande questão é a seguinte: por que esperar até que uma criança chegue à idade em que as chances de adoção reduzem drasticamente? Por que não definir a situação jurídica antes disso? Por isso a nova lei faz todo o sentido. Reavaliações obrigatórias a cada 3 meses talvez mudem o cenário que impera hoje de morosidade. Afinal, ao completar 18 anos, os jovens devem abandonar os abrigos e partir para uma vida à qual nem sempre nem estão preparados.

Quanto às alterações na Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), a partir de agora haverá estabilidade provisória, licença maternidade e jornada especial de amamentação para empregados adotantes.

Por fim, o Código Civil em vigor ganhou um acréscimo no inciso V do artigo 1.638: que a entrega irregular do filho a terceiros (adoção ilegal) é causa que extingue o poder familiar.

SEJA UM DOADOR! – As crianças do ICIA precisam de você

Elas têm pouca idade, mas muita sabedoria para lidar com problemas enfrentados ainda no início da vida. Superar desafios faz parte da rotina de algumas crianças que lutam diariamente contra o câncer.

IMG-20160516-WA0005

Na cidade de Caruaru, no Agreste de Pernambuco, para ajudar no tratamento desses pequenos, o Instituto do Câncer Infantil do Agreste, o  (ICIA), uma entidade sem fins lucrativos, tem como objetivo amenizar o sofrimento de crianças portadoras da doença, oferecendo apoio e atendimento gratuito e multidisciplinar para pacientes e familiares, bem como garantir o direito de inclusão ao atendimento e qualidade social.

1 2 3 6 7 8 16

Profissionais experientes nas mais diversas áreas são orientados a realizar o acolhimento do paciente, contribuindo para a construção de uma análise reflexiva sobre sua trajetória, tanto do ponto de vista das dificuldades de acesso aos serviços de saúde, quanto ao caráter estigmatizador da doença.

9 10 11 12

O ICIA é considerado um centro de referência no tratamento da doença, atendendo crianças e adolescentes de todo o agreste pernambucano. Com uma infraestrutura da melhor qualidade, todos os setores oferecem as condições necessárias para uma identificação diagnóstica precisa e ágil, bem como, todo um tratamento na busca incessante na recuperação dos pacientes. A entidade vem crescendo, novos setores vem sendo criados e toda uma nova estrutura está sendo construída.

5 13 14 15 10429856_397282050396907_4224805534478414748_n 12794554_507585526033225_8573440787824508015_n

O instituto conta com um grupo de voluntariado estruturado, que promove diversas atividades e forma um suporte estratégico para solidificar o trabalho da entidade. As primeiras iniciativas para arrecadação de recursos e disseminação de informações sobre o câncer infanto-juvenil surgiram com campanhas como a Caminhada pela Vida, que é realizada desde 2004.

Quando você vê casos assim, acaba deixando de olhar para o próprio umbigo e a se preocupar com coisas tão desprezíveis e se dá conta de como você é uma pessoa de sorte.

13221593_531792896945821_683278975202389057_n 13227063_531792876945823_7300041284911146879_n 13245344_531792863612491_2550778707931692895_n 13254322_531792856945825_2275870912661906374_n

Se você deseja contribuir, entre em contato com a assessoria de comunicação do ICIA pelo número (81) 3727-7137. Caso queria fazer isso de imediato, confira as contas abaixo:

CAIXA ECONÔMICA:

  • Agência: 0051
  • Conta: 18.715-4
  • Operação: 003

BANCO DO BRASIL:

  • Agência: 159-7
  • Conta: 50.000-3

Cachoeirinha-PE: Crianças, jovens e adultos vão às ruas durante ação de combate ao Aedes aegypti

Em pleno século XXI, na era mais moderna de todos os tempos, com constantes avanços científicos, o Brasil está sendo palco de um cenário que representa o medo e ao mesmo tempo, uma população que se dedica em fazer com que este sentimento deixe de existir.

Crianças estão nascendo com malformação no cérebro, onde a doença que está em alta no país, a microcefalia, já tomou conta de cerca de 580 recém-nascidos. Segundo estudos clínicos de especialistas da saúde que desde o ano de 2015 dedicam-se em encontrar a causa desta doença, há a suspeita de que as mamães contraíram o Zika Vírus durante a gravidez, sendo este o motivo no qual fez com que o desenvolvimento fetal de suas crianças fossem modificados.

A outra doença que tem tomado conta da população brasileira, principalmente os nordestinos pernambucanos, é a chikungunya. O mosquito Aedes aegypti é o transmissor da dengue e das doenças citadas acima, e o que mais se vê e ouve nos telejornais e até mesmo em comerciais de televisão ou rádio, são as mobilizações que têm sido realizadas nas cidades brasileiras, onde o combate ao Aedes aegypti é o motivo principal das ações.

Na cidade de Cachoeirinha-PE não é diferente. No início desta última semana, uma equipe do NASF (Núcleo de Apoio a Atenção Básica) esteve na Escola de Referência e Ensino Médio Corsina Braga, onde na ocasião profissionais da saúde do município presidiram palestras acerca dos tópicos utilizados como meios de combater o mosquito nas residências dos alunos. Com o tema “Juntos na luta contra o Mosquito Aedes Aegypti – Promoção e Prevenção à saúde”, estes servidores públicos também estiveram percorrendo as escolas da rede municipal de ensino durante toda a semana.

IMG-20160225-WA0002 IMG-20160225-WA0004 IMG-20160225-WA0006 IMG-20160225-WA0007 IMG-20160225-WA0008 IMG-20160225-WA0009 IMG-20160225-WA0010 IMG-20160225-WA0011 IMG-20160225-WA0015

Já nesta sexta-feira (26), aconteceu uma ação conjunta entre todas as secretarias municipais, redes de ensino estadual e municipal, onde alunos, professores e servidores públicos foram às principais ruas da cidade, em passeata, trajando roupas à caráter como de especialistas da saúde, carregando cartazes que levavam frases educativas que transmitiam mensagens relacionadas ao combate ao mosquito e distribuição de panfletos.

10400214_1710202945861814_7653532907913079101_n 12043053_1710203915861717_9021411758094448503_n 12096609_1710204992528276_3581039598161805630_n 12512259_1710203089195133_1315780528348636722_n 12729214_1710205055861603_7744139544341543582_n 12790876_1710204882528287_1741964615349477991_n 12791040_1710203842528391_524222871738618717_n 12794494_1710205189194923_5748766627859602035_n 12794540_1710202509195191_3231873498550426389_n 12795439_1710202839195158_1058190188269602917_n 12799091_1710205315861577_4863634866151743333_n 12801612_1710204665861642_7957972729918662721_n 12802847_1710202665861842_8197259734642830380_n 12802955_1710205379194904_2857256777967497156_n 12805654_1710203165861792_2841265131287705202_n 12805741_1710203262528449_7743246118919208270_n IMG-20160226-WA0051 IMG-20160226-WA0052 IMG-20160226-WA0054 IMG-20160226-WA0055

É importante ressaltar que o objetivo desta ação que envolve crianças, jovens  e adultos, estudantes, gestores e funcionários públicos em geral, é o de chamar a atenção da população e transmitir as informações necessárias para que todos os moradores cachoeirinhenses tenham o conhecimento de como deve-se combater o Aedes dentro de suas residências. O trabalho de eliminar a proliferação do mosquito não cabe apenas aos agentes de endemias ou de saúde, mas sim de todo ser humano que tenha a consciência de que pode fazer algo em prol do benefício social.

Há um princípio bíblico que diz: “Ensina o teu filho no caminho em que deve andar e mesmo quando for idoso, não se desviará dele” – (Provérbios 22:6). Educa o teu filho a não jogar papel de bala no chão, ensina-o a emborcar garrafas plásticas ou de vidro que estejam em suas casas, peça ajuda ao seu filho na hora de cobrir a cisterna com a tela de proteção ao mosquito e ensine-o a afastar-se da mesma quando não houver a supervisão de um adulto.

O combate começa em casa, quando toda a família fiscaliza as atitudes que são essenciais para eliminar a proliferação do mosquito. Ações como esta, realizada nesta sexta (26), mostra que há pessoas que estão preocupadas com a qualidade de vida da população. Faça a sua parte, pois se cada um colaborar, com certeza o futuro será bem melhor.

Fotos: Divulgação/ Redes Sociais.

Cachoeirinha-PE: A história de superação de duas irmãs surdas e mudas que carregam um dom: A Pintura

Maria Elaine, 13 anos e Eliclecia Ferreira, 18 anos, duas irmãs que não falam, nem ouvem, mas compartilham do mesmo talento: a pintura.

8

O dom que estas garotas carregam, foi descoberto quando as dificuldades pareciam atormentar suas vidas. Foi a partir deste momento, que por meio da APAE, uma instituição que dá assistência a pessoas portadoras de deficiências, que as irmãs começaram a transformar uma tela fria e sem vida, em uma arte simples, mas que carrega em si uma história que ninguém ouviria de suas bocas.

1 2 3 4 5 6 7

A comunicação entre os surdos e mudos é constituída por gestos, onde os sinais são movimentos específicos realizados pelas palmas das mãos através do estudo de Libras, a Língua Brasileira de Sinais. E foi desta forma que a repórter Marília Vasconcelos conversou e até brincou com estas duas grandes artistas.

10 11 13

A mãe, a senhora Eliane Ferreira, contou como a família reagiu logo que descobriu as necessidades especiais das filhas.

mãe

A APAE (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais) da cidade de Cachoeirinha-PE beneficia cerca de 45 crianças, adolescentes e adultos portadores de alguma deficiência física ou mental. A responsável por manter esta instituição, a senhora Silvia Magnólia, luta para que todas as pessoas excepcionais da cidade, que são em torno de 115, sejam assistidas pela instituição.

Porém, as dificuldades são grandes, visto que as despesas são muitas, pois durante 03 dias da semana, a APAE disponibiliza psicólogos, psicopedagogos, fonoaudiólogos, terapeutas ocupacionais, aulas de músicas, além de lanche para os alunos e transporte que os buscam em suas residências e os levam de volta, no fim das aulas.

Sendo assim e diante do exemplo destas duas garotas, conheça esta instituição, visite-a, adote um aluno. Pare e reflita um pouco: quantas pessoas encontram-se escondidas dentro de suas casas precisando de um simples abraço?

A APAE fica localizada na Avenida Boa Vista – 1020/ anexo ao CASCA. Os telefones para contato são: (81) 3742-1247 e (81) 99838-6525.

E foi assim, com toda simplicidade, que pudemos conhecer as histórias destas meninas que com tanto carinho fazem da tela, o seu mundo, do pincel os seus sonhos e dos mínimos detalhes, a alegria de viver todos os dias.

Cachoeirinha-PE: Ao som do Coral das Crianças, as luzes de natal foram acesas na Praça Dom Expedito Lopes

E então é natal… O mês de dezembro chegou e com ele as tradições culturais e religiosas. No dia 25 de dezembro, comemora-se o nascimento do menino Jesus, O Salvador, O filho de Deus que veio ao mundo, como homem, para ensinar a forma de se viver uma vida pura e íntegra à vontade de Seu Pai.

Diante desta tradição cristã, que se tornou cultural em todo o mundo, ruas, casas, praças públicas, estabelecimentos comerciais se caracterizam com objetos que representam o natal, com ornamentações e iluminações em todos os lugares.

Sendo assim, a cidade de Cachoeirinha, situada no Agreste Pernambucano, não poderia ficar de fora. Na noite desta sexta-feira (18), a Praça Dom Expedito Lopes tornou-se o ponto mais iluminado do município, que consequentemente será o mais visitado nos próximos dias, onde na ocasião foi inaugurada a ornamentação natalina. As crianças de olhos vidrados nas peças, no papai noel, todas encantadas com a beleza que enfeita a praça pública da cidade.

Cláudia Gama e sua equipe, foram os responsáveis por toda decoração que todos os anos encantam a população pelo belo trabalho.

Este ano, o presépio está homenageando Dona Glorinha (In memorian); ela, que não está mais entre nós, mas que ao viver neste mundo, deixou marcas nos corações do povo cachoeirinhense pela mulher religiosa e temente a Deus.

As crianças do núcleo 1 do SCFV (Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos), antigo PETI, foram as estrelas da noite. 50 meninos e meninas, com idade entre 07 e 14 anos, uniram-se em um coral, presidido pelo Maestro Ivanilson do Nascimento, onde cantaram e encantaram com músicas natalinas. Logo após, as crianças apresentaram a tradicional dança do pastoril. O evento foi organizado pelas secretarias de Assistência Social, Cultura e Turismo e de Educação.

DSC_0001

DSC_0002

DSC_0004 DSC_0008 DSC_0009 DSC_0010 DSC_0014 DSC_0016 DSC_0017 DSC_0018 DSC_0019 DSC_0020 DSC_0021 DSC_0023 DSC_0027 DSC_0028 DSC_0029 DSC_0031 DSC_0033 DSC_0034 DSC_0035 DSC_0036 DSC_0037 DSC_0038 DSC_0039 DSC_0040 DSC_0041 DSC_0042 DSC_0043 DSC_0044 DSC_0045 DSC_0051 DSC_0055 DSC_0056 DSC_0057 DSC_0058 DSC_0059

Cachoeirinha é uma cidade dotada de artistas que muitas pessoas ainda não os conhecem, e devido isto, seus trabalhos não são tão valorizados. Desta forma, a decoração natalina 2015 conta com a exposição de algumas obras de Iraci de Azevedo, de nome artístico “Irandrade”, onde a mesma transforma papelões de cimento em belas esculturas. Iraci já expôs seu trabalho fora na nossa cidade em um evento em Caruaru-PE.

DSC_0052 DSC_00461 DSC_00481 DSC_00491 DSC_00531 DSC_00541

Diante de tanta beleza e harmonia, desta exposição tão bem trabalhada, onde pessoas se dedicaram ao máximo durante dias para que a praça estivesse tão linda, é importante que cada cidadão cachoeirinhense faça sua parte em zelar e cuidar deste patrimônio público, preservando cada peça que encontra-se exposta na praça pública e obedecendo as placas que estão espalhadas pelo local. Pais, sejam exemplos para seus filhos; jovens, usem do senso moral e utilizem aquilo que lhe ensinam em sala de aula: ser educado.

DSC_00301Este é o verdadeiro espírito do natal: a comunhão. Jesus veio ao mundo para salvar a humanidade das ciladas do pecado e foi por meio de seus ensinamentos, de amar o próximo, respeitando-os, vivendo em comunhão, que podemos fazer deste período, um tempo de agradecimento, de reconciliações, de retrospectivas, de olharmos para trás e ver onde erramos, para consertarmos e onde acertamos, para melhorarmos. Ame, perdoe, reze, ore, viva intensamente cada segundo dos seus dias, aproveitando o dom precioso que Deus nos deu: a vida.

Feliz natal e um ano novo repleto de bênçãos!

Nova Replay, o que é bom se repete

 

Cachoeirinha-PE: Resgate dos valores da família foi retratado durante evento na Escola Municipal Prof. Maria Simões Beltrão Melo

Na última segunda-feira (14), a Escola Professora Maria Simões Beltrão Melo, situada na Vila São Sebastião, na cidade de Cachoeirinha-PE, foi palco de belíssimas apresentações de crianças, onde através de coreografias, leitura de textos, declamações de poesias e frases relacionadas a família, elas fizeram com que seus pais e professores se orgulhassem de tanto talento de cada um individualmente.

O projeto “Família: resgate dos valores para uma sociedade mais humana” foi executado em toda rede municipal de ensino, na zona rural e urbana, tendo como objetivo resgatar os valores da família, que neste século têm se tornado cada dia mais esquecidos. Para representar este projeto, cada professor teve a responsabilidade de durante o ano de 2015, ensinar em sala de aula os princípios da obediência, do respeito, do amor, da gratidão, da humildade, enfim, de tudo que engloba a família.

Pais, coordenadores da secretaria de educação do município e equipe da referida escola, preencheram o pátio do colégio para assistirem as apresentações das crianças, que com muita alegria e satisfação, tornaram-se os verdadeiros personagens de uma família feliz e completa.

IMG_20151214_154218923_HDR IMG_20151214_154258038 IMG_20151214_154309528_HDR IMG_20151214_154318682 IMG_20151214_154326911 IMG_20151214_154345019 IMG_20151214_154353428 IMG_20151214_154406289 IMG_20151214_154417027 IMG_20151214_154429280 IMG_20151214_154557422 IMG_20151214_154601346 IMG_20151214_154611915 IMG_20151214_161059908 IMG_20151214_161105972 IMG_20151214_161114166_HDR IMG_20151214_161119143 IMG_20151214_161140067 IMG_20151214_161150993 IMG_20151214_161223224 IMG_20151214_161229169_HDR IMG_20151214_161238907_HDR IMG_20151214_161250402_HDR IMG_20151214_161259728_HDR IMG_20151214_161335024 IMG_20151214_161411346 IMG_20151214_161439806 IMG_20151214_161446068 IMG_20151214_161459717 IMG_20151214_161502391 IMG_20151214_161507502 IMG_20151214_161547816 IMG_20151214_162051607 IMG_20151214_162107750 IMG_20151214_162256480_HDR IMG_20151214_162303424_HDR IMG_20151214_162311723_HDR IMG_20151214_162358343_HDR IMG_20151214_162410998 IMG_20151214_162539808_HDR IMG_20151214_162545740_HDR IMG_20151214_163052359 IMG_20151214_163103075 IMG_20151214_163120264 IMG_20151214_163123957 IMG_20151214_163400080 IMG_20151214_163951889_HDR IMG_20151214_164016008_HDR IMG_20151214_164113290 IMG_20151214_164125205 IMG_20151214_164145220_HDR IMG_20151214_164307628_HDR IMG_20151214_164336337_HDR IMG_20151214_165535619 IMG_20151214_165546389_HDR IMG_20151214_165555207 IMG_20151214_165607661_HDR IMG_20151214_170238746_HDR IMG_20151214_170456406_HDR IMG_20151214_171101562_HDR IMG_20151214_171538946 IMG_20151214_171616880 IMG_20151214_171620544 IMG_20151214_172354414 IMG_20151214_172433102_HDR IMG_20151214_173116698

A gestora da escola, Graça Simões, falou sobre a realização deste projeto na escola, onde retratou também os trabalhos executados durante todo o ano letivo nas salas de aula.

“Este projeto contou com a participação fervorosa dos pais, dos alunos e dos professores durante todo o ano e nós nos preocupamos mais com contextualizar a família de hoje, da atualidade, resgatando os princípios dela e ensiná-los para os alunos. A escola é quem forma este elo, esta parceria entre pais e professores, para a construção de cidadãos melhores para o nosso município e para o mundo. Vale ressaltar que esse elo não poderia existir sem a divindade; Deus é quem é o responsável por todas essas ações. A escola Maria Simões está muito orgulhosa da comunidade envolvida: dos pais e alunos.” – afirmou Graça Simões.

IMG_20151214_172446409

Que este seja o verdadeiro objetivo em todo o município, de criar este elo entre a família e a escola, pais e professores. Desta forma, o futuro de Cachoeirinha será muito melhor, com cidadãos que amam suas famílias e se preocupam com o respeito, com o amor ao próximo. Parabéns a todos que estiveram envolvidos neste projeto de suma importância para a vida de cada aluno cachoeirinhense.

Nova Replay, o que é bom se repete!

Neuropediatra diz que casos de microcefalia indicam uma nova doença

Especialista explica que os casos não seguem o padrão comum de pacientes que têm infecção congênita e filhos com microcefalia

Sem estudos em toda a literatura médica que relacionem a infecção de gestantes pelo vírus Zika com o nascimento de crianças com microcefalia, a neuropediatra Vanessa Van der Linden defende que os novos casos dessa deformidade no cérebro revelam uma nova doença, já que fogem do padrão conhecido.

“Se é provocada pelo Zika ou por outro vírus, ou outro agente, não sabemos. O que posso dizer é que os casos não seguem o padrão que a gente vê nas outras pacientes que têm infecção congênita e filhos com microcefalia”, explicou Vanessa, do Hospital Barão de Lucena, presidente da Associação de Assistência à Criança Deficiente do Recife.

Ela foi a primeira médica a buscar a Secretaria de Saúde de Pernambuco para alertar sobre o aumento do número de casos de crianças com o crânio menor que o normal.

“Um dia, cheguei à UTI [Unidade de Terapia Intensiva] e tinha três casos de crianças com a cabecinha assim, isso me deixou intrigada, normalmente a gente via uma a cada mês ou a cada dois meses”, relatou.

Segundo dados do Ministério da Saúde, o número de casos de microcefalia saltou de 147, em 2014, para 739 neste ano, a maioria (487) em Pernambuco.

20151126085013694702u

A microcefalia é uma malformação congênita, em que o cérebro não se desenvolve de maneira adequada. A neuropediatra esclarece que essa condição pode ter diversas causas, como agentes químicos e infecções por toxoplasmose ou pelo citomegalovírus. Cada causador provoca um quadro típico, como alteração na visão, na audição ou em outros órgãos.

Segundo a médica, em muitos desses novos casos os recém-nascidos têm comprometimento do coração, “mas a amostra ainda é muito pequena para dizer que está relacionado à nova doença”. À medida que os casos foram chegando, a neuropediatra pedia exames para toxoplasmose e para citomegalovírus, e todos deram negativo. A especialista diz que recebeu informações de casos parecidos fora do Nordeste e que tudo deve ser bem investigado.

Vanessa participou nessa terça-feira (24) de um seminário para profissionais de saúde do Distrito Federal, em Brasília. Segundo ela, há casos de crianças com microcefalia que se desenvolvem, têm filhos, mas que em outros casos o bebê tem muitas convulsões e por isso pode não ter o desenvolvimento adequado.

A relação entre o aumento de casos de microcefalia e a presença do vírus Zika em gestantes foi cogitada mais fortemente há pouco mais de uma semana, quando o Laboratório de Flavivírus, do Instituto Oswaldo Cruz (Fiocruz), no Rio, constatou a presença do vírus em amostras de duas gestantes da Paraíba, cujos fetos foram confirmados com microcefalia.

Segundo o Ministério da Saúde, apesar de ser um resultado importante, os dados atuais não permitem confirmar a relação da infecção pelo Zika com a microcefalia. Essa correlação está sendo investigada em parceria pelo governo federal e os estaduais. Os primeiros casos de Zica no Brasil foram registrados em maio de 2015.

Do Agência Brasil

Nova Replay, nós estamos onde a notícia está!

Caruaru-PE: Momentos de comunhão e lazer dão vida aos pontos turísticos da cidade

A palavra “Domingo” pra muitos é sinônimo de descanso, folga, sair da rotina, ir ao parque com a família, se reunir com os amigos. Diante da era globalizada na qual estamos vivendo, onde o trabalho toma conta de quase todas as 24 horas dos nossos dias, o ser humano precisa parar um pouco e respirar, pois sabemos que mesmo que ele trabalhe como uma máquina, ele não é de ferro.

Pensando nisso, a cidade de Caruaru, a Capital do Agreste Pernambucano, comporta em seu território vários pontos turísticos e de lazer, para que aos finais de semana e no período de férias, as famílias caruaruenses e turistas possam desfrutar do ar puro, praticar um bom exercício físico e brincar com as crianças no parque.

O Morro do Bom Jesus, um dos cartões postais da cidade, possui uma altitude de 630 metros, onde de seu ápice, as casas, prédios e árvores passam a ser uma belíssima paisagem que encantam os olhos de quem presencia. Um lugar onde a atmosfera é menos densa, os pássaros cantam, ótimo para quem estar acompanhado de seu grande amor.

morro morro 1 morro 2 morro 5 morro 6 morro 7 morro 8 morro 9 morro 10 morro 11 morro 12 morro 13

Uma das vias da Avenida Agamenon Magalhães passou recentemente a ser uma ciclovia, onde aos domingos a população caruaruense tem a oportunidade de fazer uma boa caminhada, andar de bicicleta, patins, skate; as crianças podem andar tranquilamente com seus triciclos, pessoas caracterizadas com personagens animados se fantasiam para alegrar a tarde da criançada, sem contar com música ao vivo em alguns bares e restaurantes da Avenida Agamenon.

ciclo 1 ciclo 2 ciclo 5 ciclo 9 ciclo 10 ciclo 11 ciclo 12 ciclo 13 ciclo 18

Para se refrescar do calor, a alternativa é: Agreste Water Park. Um parque aquático que fica localizado às margens da rodovia BR-232, KM 138, próximo ao Posto Agamenon, e recebe visitantes das cidades vizinhas como de Cachoeirinha-PE, São Caetano-PE, Bezerros-PE, Agrestina-PE, dentre outras. Com piscinas de todos os tamanhos, rede para relaxar e passeio de charrete, famílias inteiras podem se unir e participar de um momento de comunhão e ao mesmo tempo se divertir um pouco.

water 9 water

water 1 water 2 water 3 water 6 water 7 water 8

Convide sua namorada, chame suas amigas, leve seus filhos para brincar e dê um fora na rotina. Momentos assim são únicos, pois sabemos que da mesma forma que uma flecha quando é lançada não volta mais, assim é o tempo; Valorize cada segundo de sua vida com a pessoa que você ama. Brinque, pule, se alegre, pois não sabemos se o dia de amanhã irá existir.

Rosimael

Nova Replay, o que é bom se repete!

Cachoeirinha-PE: Doces, amor e evangelização fizeram parte do Dia das Crianças no município

O dia 12 de outubro é marcado no calendário brasileiro, como uma data comemorativa ao Dia das Crianças e ao Dia da Padroeira do Brasil, Nossa Senhora de Aparecida. Desta forma, todas as entidades públicas e privadas como escolas, igrejas, comunidades, tem o costume de realizar festas alusivas à estas datas e também, por ser o dia da padroeira do país, é um feriado nacional.

Na cidade de Cachoeirinha, Agreste Pernambucano, logo pela manhã, a praça Dom Expedito Lopes esteve repleta de crianças, adultos e idosos, que estiveram prestigiando o hasteamento das bandeiras da cidade, do estado de Pernambuco e do Brasil, que contou com a presença da Secretária de Educação Rosemary Ramos, o Vice-prefeito, o Sr. Ivaldo Almeida e munícipes em geral. A banda municipal foi a responsável por acompanhar o hino nacional e também por algumas apresentações.

Após o hasteamento, os conjuntos “Sentinelas” e “EJC” (Encontro de Jovens com Cristo), da Paróquia Santo Antônio, Igreja Católica local, realizaram uma belíssima festa, com distribuição de doces, bolos, um sorteio de brinquedos e parque de diversão gratuito para toda a criançada. Logo pela manhã, os jovens do EJC estiveram percorrendo as ruas da cidade em passeata e trajando fantasias, encantando as crianças cachoeirinhenses e presenteando-as com doces e brinquedos.

IMG_20151012_105122380_HDR IMG_20151012_105135962 IMG_20151012_105148092 IMG_20151012_105550940 IMG_20151012_105630369_HDR IMG_20151012_105655638_HDR IMG_20151012_105712297_HDR IMG_20151012_105722314 IMG_20151012_105840195 IMG_20151012_110027280 IMG_20151012_110040994 IMG_20151012_110413500 IMG_20151012_110419199 IMG_20151012_110431700 IMG-20151012-WA0035 IMG-20151012-WA0036 IMG-20151012-WA0038 IMG-20151012-WA0040 IMG-20151012-WA0042 IMG-20151012-WA0044 IMG-20151012-WA0045 IMG-20151012-WA0046 IMG-20151012-WA0049 IMG-20151012-WA0050 IMG-20151012-WA0051 IMG-20151012-WA0055 IMG-20151012-WA0056 IMG-20151012-WA0057 IMG-20151012-WA0058 IMG-20151012-WA0062 IMG-20151012-WA0065 IMG-20151012-WA0066 IMG-20151012-WA0067 IMG-20151012-WA0068 IMG-20151012-WA0069 IMG-20151012-WA0070 IMG-20151012-WA0073 IMG-20151012-WA0085 IMG-20151012-WA0086 IMG-20151012-WA0087 IMG-20151012-WA0089 IMG-20151012-WA0090 IMG-20151012-WA0092 IMG-20151012-WA0093 IMG-20151012-WA0094 IMG-20151012-WA0095 IMG-20151012-WA0096 IMG-20151012-WA0100 IMG-20151012-WA0101 IMG-20151012-WA0102 IMG-20151012-WA0103 IMG-20151012-WA0108 IMG-20151012-WA0110 IMG-20151012-WA0112 IMG-20151012-WA0114 IMG-20151012-WA0115 IMG-20151012-WA0117 IMG-20151012-WA0118 IMG-20151012-WA0119 IMG-20151012-WA0120 IMG-20151012-WA0121 IMG-20151012-WA0122 IMG-20151012-WA0123 IMG-20151012-WA0124 IMG-20151012-WA0126 IMG-20151012-WA0127 IMG-20151012-WA0128 IMG-20151012-WA0129 IMG-20151012-WA0130 IMG-20151012-WA0131 IMG-20151012-WA0132

Fotos enviadas via whatsapp

Fotos enviadas via whatsapp

IMG-20151012-WA0138 IMG-20151012-WA0139 IMG-20151012-WA0141 IMG-20151012-WA0143 IMG-20151012-WA0144 IMG-20151012-WA0145 IMG-20151012-WA0147 IMG-20151012-WA0152 IMG-20151012-WA0155

Trabalhos como esses são louváveis. Este é o verdadeiro sentido da união: crianças, jovens, adultos e idosos, pobre, ricos, brancos e mulatos, juntos no propósito de abençoar vidas, de garantir um sorriso do rosto de muitos pequeninos que talvez não tenham lembrado que hoje era o dia deles.

TV Replay, o que é bom se repete!

Crianças que se deitam tarde são sujeitas a grandes perigos. Pais, leiam isso!

Você lembra de ouvir aquela frase: “Vai dormir senão não cresce”? Era um termo muito usado em gerações passadas, mas com o objetivo de intimidar as crianças para que se deitassem e acordassem cedo sem reclamar. 

Pois acontece que o tal “dormir cedo” como nos diziam antes, de fato faz muita diferença no crescimento e desenvolvimento das crianças, segundo o psiquiatra pediátrico, Dr. José Ferreira Belisário Filho.

Os nossos hábitos mudaram e ir para a cama antes das 21 horas não é uma realidade muito comum. Acontece que isso tem influenciado diretamente o futuro das crianças, que estão a ficar mais baixas, mais desatentas, mais ansiosas e com diferentes transtornos, frequentando mais vezes os consultórios médicos.

Imagem da Internet

Imagem da Internet

É POSSÍVEL MUDAR ESSES HÁBITOS?

As mães também sofrem com essa pressão social. Se elas se ausentam um pouco mais cedo de algum programa social para irem para a cama, elas ouvem: “mas ela já vai dormir? E quando o telefone toca em casa às 21h30 e elas atendem em um tom mais baixo, porque a casa já está a começar a adormecer – “as pessoas dormem cedo nessa casa”. Tudo isso acaba por criar um ambiente estranho!

Mas, para mudar os hábitos de sono de uma criança, é importante mudar os hábitos da família. A criança não vai aceitar dormir cedo se perceber que toda a casa ainda está com um ambiente mais “acordado”, com luzes acesas, TV ligada, e só ela ter que se ir deitar. Portanto, a orientação do psiquiatra, nesses casos, é apenas uma: ler histórias, preparar o ambiente e desligar as luzes da casa. Sim, todas as luzes.

E a mudança de hábitos passa até mesmo pelo projeto de iluminação das casas e apartamentos, especialmente nas salas e nos quartos. Nada de luzes brancas, por favor! Uma casa precisa de luzes amarelas, que relaxam e auxiliam a chegada do sono. Segundo o Dr. Belisário, a luz branca emite uma onda azul que atua diretamente nas mitocôndrias da nossa retina, inibindo a hormona do sono, a melatonina.

E é a mesma luz que sai dos aparelhos eletrônicos. Telemóvel e IPad antes de dormir, nas palavras do psiquiatra, é uma desgraça. Isso inclui também os pais. O whatsapp, que não para de funcionar até mesmo de madrugada, é um grande vilão, despertando as pessoas. Ainda que adormeças depois de ler uma mensagem, certamente irias dormir melhor se não a tivesses lido. Acordar de madrugada e “dar uma olhadela no telemóvel” só prejudica o sono que deveria vir depois.

As crianças precisam dormir cedo por um simples motivo: a hormona do crescimento atua sempre às 00h30 em quase todas as pessoas. Mas atua no quarto estágio do sono.

Dessa forma, se a criança vai para a cama às 22h, 23h, a hormona terá muito menos tempo de atuação, prejudicando o seu crescimento.

Observando imagens do cérebro de uma criança que dormiu cedo e de outra que dormiu tarde, antes de uma prova de matemática, percebe-se que na primeira há várias áreas destacadas em atividade, enquanto na outra, há só uma pequena parte. Possivelmente, aquela que dormiu mal vai-se lembrar menos do que estudou do que a outra criança.

Aqueles meninos e meninas que adquirirem um hábito de sono desde cedo, vão se tornar adultos com menos propensão de ter outras doenças, como o Alzheimer, que tem afetado um número cada vez maior de pessoas. Segundo o psiquiatra, apenas duas coisas realmente retardam essa doença: exercícios físicos e sono. Quanto mais, melhor.

Uma das boas coisas que os pais podem fazer pelos filhos é fazer com que eles pratiquem esportes desde cedo. “Crianças que fazem exercício antes de dormir, dormem muito melhor”, afirma o psiquiatra.

O Dr. Belisário também alerta sobre a quantidade de prescrição deritalina, e que isso está diretamente ligada à má qualidade de sono.

Os pais devem realmente pensar em estratégias para melhorar a qualidade do sono de toda a família. Trocar as lâmpadas, incentivar aos esportes, assumir ainda mais a família como a sua tarefa mais importante. Os pais trabalham como loucos e esquecem-se que não estão numa corrida, mas sim com uma missão: fazer da sua casa o melhor lugar para se viver.

Faça da sua família um ninho de cuidados que permita que crianças felizes tornem-se adultos seguros, realizados e saudáveis – física e psicologicamente.

TV REPLAY, O QUE É BOM SE REPETE!

Ribeirão-PE: Crianças, ainda preferem os brinquedos ou se renderam totalmente a tecnologia?

Produtos eletrônicos, como vídeo games, computadores, tablets e celulares já ganharam a preferência da maioria das crianças. As brincadeiras, não são mais as mesmas de antigamente, as crianças estão preferindo cada vez mais, simuladores de carros, do que o simples carrinho. Será que essa realidade, já afetou totalmente a cidade de Ribeirão?

IMG-20141023-WA00180001

Na ultima segunda-feira (03/11), nossa equipe foi até a loja Marcos Kids, centro da cidade, em busca de respostas; Será que os brinquedos tradicionais, ainda estão sendo bem aceitos no mercado?

20141025_105958

Entrevistamos o Sr. José Iran, gerente da Marcos Kids, que nos falou da preferência das  crianças em relação aos personagens da TV:

20141025_105209

“Acho que não só aqui em Ribeirão, mas em geral, as crianças preferem mais os brinquedos, temos os personagens famosos dos desenhos animados, tais como: Ben 10, liga da justiça, Barbie entre outros.

Um dos fatores, que tendem as mães a preferirem mais os brinquedos, ao invés dos vídeo games, são as possibilidades que as crianças tem, em interagir; carrinho de controle remoto, velocípede, bicicletas; todos esses brinquedos são mais simples e menos violentos do que os próprios jogos de vídeo game.

As crianças de hoje em dia, que só pensam em jogos eletrônicos, perdem de aproveitar, muito mais a infância do que deveriam.”

20141025_105217 20141025_105228

Perguntamos a Nahuane Lima, 9 anos, qual seu brinquedo preferido e se ela preferia vídeo games ou brinquedos:

20141031_093654 - Cópia

“Eu amo minhas bonecas, não gosto muito de vídeo games; mamãe não me deixa jogar, porque os jogos são muito violentos.”

Diante das informações dadas, pelo Sr. José Iran, concluí-se, que os brinquedos tradicionais, são mais aconselhados, para aquelas crianças que pretendem ter uma vida mais saudável, sem uma vida de sedentarismo e sem muito contato com jogos violentos; que podem no futuro trazer, algum malefício para o desenvolvimento da própria criança.

A TV Replay, agora faz parte da vida de Ribeirão e de seu povo. Sejam crianças, jovens ou adultos, sempre busquem neste espaço, a oportunidade de fazer contato, tirar suas dúvidas sobre determinado assunto, realizar encontros e sempre terão notícias de ótima qualidade.

Assista, comente, curta, compartilhe e divulgue. Mande sugestões e críticas. Nossos contatos:

Facebook: www.facebook.com/centralcidades01

Email: jornalismo@tvreplay.com.br

Portal: www.tvreplay.com.br

Whatsapp: (81)86584586

Reportagem: Yuri Raphael

Imagens: Marcondes Oliveira

TV Replay, o que é bom se repete!

Escada-PE: Coluna Click-se! – Seis dicas para fotografar crianças

Fotografar crianças é um grande desafio, além de não ser uma tarefa fácil, requer muita paciência e habilidade, pois temos que respeitar o tempo e o limite delas. Através da fotografia captamos toda a emoção e alegria de cada fase da vida, criando belas recordações que iremos guardar para sempre. E por não ser uma tarefa assim tão fácil, fiz uma sequência com algumas dicas práticas, para fotografar os pequenos com mais facilidade.

Primeira dica: Tentar fazer seu filho posar de maneira específica nem sempre é a melhor opção. O sorriso pode virar careta, a pose uma catástrofe e dificilmente a situação ficará parecendo natural. O melhor jeito é nos adaptarmos a eles, os deixando bem à vontade. Eu particularmente não gosto de pedir para criança fazer determinada pose, nessa fotografia fui conversando, brincando e sem querer registrei esse sorriso espontâneo. Esse detalhe faz toda diferença, conseguir registrar o sorriso de uma criança feliz, que vale mais que mil palavras. Por isso, vale ressaltar a dica de criar amizade com a criança. Assim, ela não vai ficar tímida quando você apontar uma câmera para ela.

a1

Segunda dica: Se tem um detalhe nas crianças, que chama atenção, são os olhos. Elas possuem um olhar muito expressivo, carregado de sentimentos. Dizem que os olhos são a janela da alma, concordo. Na hora de fotografar, busque-os.

a2

Terceira dica: O melhor lugar para fotografar uma criança é em externas. Aproveite a luz natural, os elementos naturais (céu, flores, árvore, grama), aproveite o clima de liberdade, estar num ambiente aberto dá para conseguir registrar a criança mais à vontade, mais relaxada. E por estar num ambiente aberto, com luz natural, vai ser quase raro o uso do flash, o que permite a naturalidade da imagem.

a3

Quarta dica: O que mais costumo ler sobre o ângulo certo de se fotografar uma criança é ficar na mesma altura dela. Não há nada de errado nisso. Mas as regras estão aí para serem quebradas. Você também pode fotografar a criança de um ângulo superior, fazendo com que ela direcione o olhar para você. Nessa nova perspectiva, quebrando uma regra, é possível capturar os olhares e sorrisos sinceros que falamos logo acima.

a4

Quinta dica: Tenha paciência e respeite o tempo da criança. Algumas aguentam ficar fotografando por algumas horas seguidas, outras se cansam com mais facilidade. Nunca force seu filho a continuar posando para fotos, como já falei, tem que ser um momento divertido e não de estresse.

a5

Sexta dica: Fotografe com amor,quando se faz algo com amor, tudo se torna ainda mais lindo e prazeroso. A fotografia é muito mais que técnicas, regras e equipamento.

A fotografia é um ato de amor, dedicação e confiança. Fotografe seguindo o seu coração.

a6

Assista, comente, curta, compartilhe e divulgue. Mande sugestões e críticas. Nossos contatos:

Facebook: www.facebook.com/centralcidades01

Email: jornalismo@tvreplay.com.br

Portal: www.tvreplay.com.br

Whatsapp: (81)9746 7367

Colunista: Amanda Rocha

1618675_510444782399512_1995515606_n

Imagens: Amanda Rocha

TV Replay, o que é bom se repete!

Ribeirão-PE: Coluna Beleza da Alma – Você sabe desembaraçar a cabeleira de uma criança?

Muitas mães sofrem com os filhos na hora de pentear os cabelos,  às vezes,  você pode estar fazendo algo de errado ao pentear e até mesmo na hora de lavar, então ai vai algumas dicas para amenizar esta situação:

r10

*  Na hora do banho:

Lave bem os cabelos com o shampoo, coloque o condicionador e com um pente de dentes largos comece a pentear só as pontas dos cabelos, ainda com o condicionador. Assim irá facilitar na hora de penteá-los após o banho.

r11

*  Pente ideal

Para pentear os cabelos, imagino que vocês usam um pente de dentes finos, acertei? Se sim, então ai vai uma boa dica pra vocês; o pente ideal é o de dentes largos ou escovas do tipo  raquetes, pois facilita muito o pentear, e além do mais o pente de dentes finos acaba quebrando e danificando os fios.

r12

Prepare os cabelos usando óleos minerais, aliados aos cremes e sempre comece a pentear pelas pontas, só depois, devemos pentear de cima para baixo.  É importante que divida os cabelos em quatro partes para facilitar ainda mais o pentear.

r13

Seguindo as orientações será tudo uma maravilha.

Espero que tenham gostado das dicas, e fique ligados, nossa próxima dica será: Como tratar devidamente seus cabelos cacheados!

Até La!

r1

Colunista: Riselly Késia

Modelo: Lorena Karla

TV Replay, o que é bom se repete!

Caruaru-PE: Escola de Tempo Integral Rubem de Lima Barros promove projeto Saúde na Escola

A Escola de Tempo Integral Professor Rubem de Lima Barros, no bairro Cidade Jardim, será cenário, nesta segunda-feira, 31, do Projeto Saúde na Escola, que tem como objetivo contribuir para a formação dos estudantes através de ações de promoção da saúde e prevenção de doenças, visando o enfrentamento das vulnerabilidades que comprometem o desenvolvimento de crianças, adolescentes e jovens da unidade de ensino e também da comunidade.

Para a gestora da escola, Luciana Queiroz, o evento cumpre o projeto político-pedagógico que visa indicar um norteamento, não apenas para gestores e professores, mas também para funcionários, alunos e famílias. “Nosso foco é envolver a comunidade dentro da escola, fazendo uma gestão democrática e compartilhada, mostrando a importância da saúde e levando consciência para o valor de pôr em prática o Programa 5S, garantindo assim, a utilização, ordenação, limpeza, higiene e autodisciplina dentro do ambiente estudantil”, garantiu.

Na programação: café da manhã, teste de glicemia capilar, aferição de pressão arterial, atividades físicas, além de palestras sobre ISTs, postura correta, responsabilidade dos pais, hipertensão e diabetes, importância da higiene bucal e a influência das drogas na saúde, e também coleta de sangue para verificar grupo sanguíneo e fator Rh, vacinação, verificação de peso, altura e cálculo de IMC.

O evento, que será realizado das 8h às 16h, é uma parceria da Secretaria de Educação, através da Escola de Tempo Integral Rubem de Lima Barros, com a Secretaria de Saúde, a ASCES, Corpo de Bombeiros e Clínica Diagnose.

A Escola de Tempo Integral Professor de Rubem de Lima Barros fica localizada na Avenida XV, número 100, no bairro Cidade Jardim.

749-360-28101053

TV Replay, o que é bom se repete!

Cachoeirinha-PE: 2ª Etapa do Revelação – Apresentação dos Artistas na Categoria “TEMA LIVRE” – Parte Final

A segunda etapa do Projeto Revelação – Cachoeirinha-PE, aconteceu no dia 25.02 no Auditório da Escola Rita Alves Espíndola.

A equipe da TV Replay organizou 3 categorias: Música, Dança e Tema Livre. O nível dos competidores foi muito bom e os jurados junto com a platéia tiveram bastante trabalho para decidirem quais dos 3 novos talentos passariam desta fase eliminatória, se classificando para semifinal em novembro.

Essas etapas serão mensais nas 4 cidades participantes, que são: Canhotinho, Caruaru, Cachoeirinha e Lajedo,  onde no final do ano, será conhecido o vencedor geral que levará o prêmio maior do projeto Revelação.

Nossos agradecimentos especiais: Grupo Filhos do Rei, Escola Rita Alves Espíndola, na pessoa da Gestora, Tavares Silva, Silvano Correia, pelo equipamento de som cedido, e Prefeitura Municipal de Cachoeirinha.

Lembrem-se sempre das empresas apoiadoras desse projeto, pois, são parceiros Colaboradores que apoiam e incentivam os novos talentos de nossa cidade e que tem a sensibilidade que se não fizermos algo pela população menos favorecida, seremos vítimas de nós mesmos. Comprem nas lojas que apoiam essa ideia. Façam questão de ajudar aqueles que pensam no povo.

Seja você também um colaborador do projeto REVELAÇÃO!

Nova Imagem

Nova Imagem

Nova Imagem

Nova Imagem

TV Replay, o que é bom se repete!

Consulta quer sugestões para tratamento de infecção por HIV em crianças

O Ministério da Saúde publicou nesta sexta-feira (7) no Diário Oficial da União consulta pública que busca sugestões para o tratamento da infecção por HIV em crianças e adolescentes. O texto, intitulado Protocolo Clínico e Diretrizes Terapêuticas para Manejo da Infecção pelo HIV em Crianças e Adolescentes, ficará disponível para consulta por um período de 30 dias no endereço eletrônico www.saude.gov.br/consultapublica.

1

As contribuições deverão estar fundamentadas em estudos clínicos feitos no Brasil ou no exterior, com material científico que dê suporte às proposições. O envio é feito por meio do formulário disponível no site da consulta pública. Os arquivos dos textos e das fontes bibliográficas devem, se possível, ser enviados como anexos.

Segundo o ministério, o Departamento de Vigilância, Prevenção e Controle das Doenças Sexualmente Transmissíveis, Síndrome da Imunodeficiência Adquirida e Hepatites Virais da Secretaria de Vigilância em Saúde, vai coordenar a avaliação das proposições recebidas e a elaboração da versão final do protocolo.

Fonte: Agência Brasil

Caruaru-PE: Polo Caruaru terá posto de vacinação contra o sarampo

 Neste sábado (30), Dia D da campanha contra o sarampo, o Polo Caruaru irá receber um posto de vacinação. O atendimento será das 9h às 17h, na área de eventos. A vacina é destinada às crianças de seis meses até cinco anos de idade.Fachada Polo

 Serviço:

Polo Caruaru

Rodovia BR 104, km 62 – Caruaru-PE

Funcionamento: todos os dias, das 9h às 18h; Americanas e praça de alimentação, das 9h às 19h

Telefone: (81) 3727-5000

Lajedo-PE: Pastor Presbisteriano explica o projeto “Fazer o bem, faz bem”

No último sábado (19), aconteceu o “Mackenzie Voluntário” na quadra do Colégio Normal. Um evento Motivacional, que tem como lema, levar o bem as pessoas. Com o tema: Fazer o bem, faz bem! este ano ainda ao termo foi acrescentado: Multiplique essa ideia!. A parceria da Universidade Presbiteriana Mackenzie junto com a Igreja Presbiteriana de Lajedo, tem como intuito fazer o bem as crianças de todos os municípios que forem atingidos, na ocasião, o município de Lajedo foi contemplado com a ação.

O Líder Rosivan, Pastor Presbiteriano concedeu uma entrevista a TV Replay falando do objetivo de tal ação na cidade, confira a entrevista!

TV Replay, o que é bom se repete!

Receita de fondue de chocolate para aproveitar as frutas com os pequeninos

Uma sobremesa rápida e deliciosa para curtir com as crianças no frio!

1

Fondue de chocolate

Tempo de preparo: 25 minutos

Rendimento: 4 pessoas

Ingredientes
200g de chocolate meio amargo
200 g de chocolate ao leite
Frutas variadas
1/2 xícara de leite
1 creme de leite

Como fazer
O primeiro passo é lavar e cortar as frutas. Escolhemos kiwi, pera, carambola e maçã, mas o cardápio dica à escolha das crianças. Reserve as frutas enquanto prepara o fondue. Peça para a criança picar o chocolate com a mão. Depois, em outra panela, dissolva esse chocolate em banho-maria. Quando estiver uniforme, acrescente o leite, retire do fogo e então coloque o creme de leite. Misture. Coloque o fondue no réchaud (a panela específica para a receita). Agora, é só mergulhar as frutas! E lembre-se de que derramar o chocolate é praticamente inevitável…

002*Se quiser um sabor diferente para o fondue, acrescente mel.
*O chocolate meio amargo é uma opção mais saudável do que ao leite por ser rico em flavonoides, substâncias que ajudam a regular a pressão sanguínea.
*Evite frutas muito maduras. Assim você não corre o risco de que elas “se percam” em meio ao chocolate.

Fonte: http://revistacrescer.globo.com/Quintal/Na-cozinha/noticia/2013/07/receita-de-fondue-de-chocolate.html

 

Recife-PE: Diga “NÃO” ao Trabalho Infantil e “SIM” para Educação

A Secretaria de Políticas Sociais em parceria com a Secretaria Estadual  de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos e o Centro Especializado de Referencia em Assistência Social,  realizará nesta quinta-feira, 4, a partir das 9h, no Marco Zero da cidade o Projeto Criart, a mobilização  de cunho artístico terá como foco a erradicação do trabalho infantil, tendo em vista o dia 12 de junho é o Dia Mundial do Trabalho Infantil.

1Na oportunidade o Programa  de Erradicação do Trabalho Infantil-Caruaru irá expor os trabalhos artesanais dos cursos que são ministrados na instituição. O evento tem como  objetivo a sensibilização da sociedade para a erradicação do trabalho infantil e  suas consequências.

5 4

Mais de 250 mil crianças e adolescentes realizam trabalhos domésticos no país, situação “aceita” pela sociedade e de difícil fiscalização, quase 94% desse total são meninas.  Por lidar diariamente com produtos químicos, movimentos repetitivos, tracionamento da coluna vertebral, sobrecarga muscular, fato que implica em sérias consequências a saúde, devido ao corpo ainda em desenvolvimento.

O Governo de Pernambuco tem como meta a erradicação do trabalho infantil doméstico, incluída na Lista das  Piores Formas de Trabalho Infantil (TIP), até 2015.

Criança merece EDUCAÇÃO, ESPORTE E LAZER!!!

3

DIGA:

2

Cachoeirinha-PE: Festa da criançada no Campo Society José de Souza

Confira!

TV Replay, o que é bom se repete!

Coreógrafo afirma ter sido abusado por Michael Jackson

Wade Robson relatou que guardou a verdade até hoje, pois não estava pronto para encarar os fatos.

Michael Jackson, que morreu em 2009, se tornou alvo de uma nova acusação de abuso sexual. Foto: MTV/Divulgação

Michael Jackson, que morreu em 2009, se tornou alvo de uma nova acusação de abuso sexual. Foto: MTV/Divulgação

Wade Robson, coreógrafo que cresceu perto de Michael Jackson, deu uma entrevista para falar sobre a acusação de abuso sexual que fez ao cantor. “Michael era, sim, um incrível artista talentoso com um incrível dom. Ele era muitas coisas. Assim como ele também era um pedófilo e um molestador de crianças”, disse, em entrevista ao programa Today, dos Estados Unidos, nesta quinta-feira (16).

Michael Jackson, que morreu em 2009, se tornou alvo de uma nova acusação de abuso sexual. O coreógrafo, que trabalhou com o cantor desde criança, declarou no tribunal que o “Rei do Pop” o molestou durante sete anos. “Ele fez atos sexuais comigo e me obrigou a fazer atos sexuais com ele”. Robson, que já trabalhou com Britney Spears e Usher, decidiu fazer essa revelação agora após ter sido chamado como testemunha do processo que a família de Jackson move contra a AEG Live, produtora que organizava a última turnê do cantor.

O coreógrafo relatou que guardou a verdade até hoje, pois não estava pronto para encarar os fatos, até perceber que um estranho poderia molestar seu filho, de apenas dois anos. “Esse não é um caso de memória reprimida. Eu nunca esqueci nenhum momento do que Michael fez comigo, mas eu estava psicologicamente e emocionalmente inválido e indisposto a entender o que é um abuso sexual”, declarou ao programa.

Em 1993, quando Michael Jackson enfrentou outra acusação por abuso sexual, o cantor teria induzido Robson, que na época tinha 11 anos, a ficar quieto sobre o que acontecia entre eles. De acordo com o coreógrafo, Jackson o chamava todos os dias para ‘brincar’ e dizer que se alguém soubesse o que acontecia entre eles, ‘os dois passariam o resto da vida na cadeia’.

“Foi manipulação completa e uma lavagem cerebral. Ele ia interpretar um personagem e queria me treinar para este cenário”, disse. “Eu vivi em silêncio e negação por 22 anos e não posso gastar mais tempo nisso… Eu nunca vou deixar isso para trás por dinheiro. Eu nunca vou me silenciar por dinheiro. Isso não vai acontecer”, falou.

Wade Robson afirmou que conhecia um Michael Jackson diferente do mundo. “A imagem que alguém apresenta para o mundo não é toda explicação de quem ela é. Michael era, sim, um incrível artista talentoso com um incrível dom. Ele era muitas coisas. Assim como ele também era um pedófilo e um molestador de crianças”.

Fonte:http://www.diariodepernambuco.com.br/app/noticia/viver/2013/05/16/internas_viver,439876/coreografo-afirma-ter-sido-abusado-por-michael-jackson.shtml

Cachoeirinha-PE: Projeto Plantando para o Futuro resgatando crianças e adolescentes

Confira!

Você sabe o verdadeiro significado do Sacramento do Batismo?

Entenda melhor lendo esse artigo do Prof. Felipe Aquino

A razão teológica pela qual a Igreja batiza crianças é que o Batismo não é como uma matrícula em um clube, mas é um renascer para a vida nova de filhos de Deus, que acontece mesmo que a criança não tome conhecimento do fato. Este renascer da criança a faz herdeira de Deus. A partir do Batismo a graça trabalha em seu coração (cf. 1Jo 3,9), como um princípio sobrenatural. Elas não podem professar a fé, mas são batizadas na fé da Igreja a pedido dos pais.

Santo Agostinho explicava bem isto: “As crianças são apresentadas para receber a graça espiritual, não tanto por aqueles que as levam nos braços (embora, também por eles, se são bons fiéis), mas sobretudo pela sociedade espiritual dos santos e dos fiéis… É a Mãe Igreja toda, que está presente nos seus santos, a agir, pois é ela inteira que os gera a todos e a cada um” (Epíst. 98,5).

Nenhum pai espera o filho chegar à idade adulta para lhe perguntar se ele quer ser educado, ir para a escola, tomar as vacinas, etc. Da mesma forma deve proceder com os valores espirituais. Se amanhã, esta criança vier a rejeitar o seu Batismo, na idade adulta, o mal lhe será menor, da mesma forma que se na idade adulta renegasse os estudos ou as vacinas que os pais lhe propiciaram na infância.

A Bíblia dá indícios de que a Igreja sempre batizou crianças. Na casa do centurião Cornélio (“com toda a sua casa”; At 10,1s.24.44.47s); a negociante Lídia de Filipos (At 16,14s); o carcereiro de Filipos (16,31-33), Crispo de Corinto (At 18,8); a família de Estéfanas (1Cor 1,16). Orígenes de Alexandria († 250) e S. Agostinho († 430), atestam que “o costume de batizar crianças é tradição recebida dos Apóstolos”. Santo Irineu de Lião († 202) considera óbvia a presença de “crianças e pequeninos” entre os batizados (Contra as heresias II 24,4). Um Sínodo da África, sob São Cipriano de Cartago († 258) aprovou que se batizasse crianças “já a partir do segundo ou terceiro dia após o nascimento” (Epíst. 64).

O Concilio regional de Cartago, em 418, afirmou: “Também os mais pequeninos que não tenham ainda podido cometer pessoalmente um pecado, são verdadeiramente batizados para a remissão dos pecados, a fim de que, mediante a regeneração, seja purificado aquilo que eles têm de nascença” (Cânon 2, DS 223).

No Credo do Povo de Deus, o Papa Paulo VI afirmou: “O Batismo deve ser ministrado também às criancinhas que não tenham podido ainda tornar-se culpadas de qualquer pecado pessoal, a fim de que elas, tendo nascido privadas da graça sobrenatural,renasçam pela água e pelo Espírito Santo para a vida divina em Cristo Jesus” (nº 18).

Prof. Felipe Aquino

Fonte: cancaonova.com

TRF garante matrícula de menores de 6 anos no primeiro ano do ensino fundamental em Pernambuco

Decisão tomada nesta quinta-feira (25), por unanimidade, em sessão do Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF5), assegurou que crianças com menos de 6 anos poderão ser matriculadas no primeiro ano do ensino fundamental nas escolas de Pernambuco. Assim, os menores de seis anos têm o direito assegurado de serem alfabetizados, sem que caiba mais recurso ao TRF5, pois a decisão foi unânime. Se houver recurso dos Ministérios da Educação (MEC) ou Público Federal (MPF), deverá ser feito no Supremo Tribunal Federal (STF) ou Superior Tribunal de Justiça (STJ).

A decisão do desembargador-relator do processo, Lázaro Guimarães não abrangeu todo o País, restringiu-se ao Estado, e vale para o ano letivo de 2013. Autor da ação, o MPF pretendia que a decisão tivesse eficácia para todo o território nacional. “Entendo, assim como decidi nos autos da medida cautelar (MCTR3146), que as Resoluções de n.º 01, de 14/01/2010, de n.º 06, de 20/10/2010, extrapolam a norma legal, que atribui o dever de acesso da criança de seis anos ao ensino fundamental”, afirmou.

Histórico

O MEC editou em 14/01/2010 a Resolução 1. Em 20 de outubro de 2010, editou a Resolução 6, que definia as diretrizes operacionais para a adoção do ensino fundamental, limitando à idade mínima de 6 anos o acesso do aluno. A Resolução 6 fixou diretrizes para o ingresso na pré-escola.

Por considerar inconstitucionais as Resoluções 1 e 6, o MPF ajuizou ação civil pública na Justiça Federal, distribuída para a 2.ª Vara Federal de Pernambuco, requerendo a suspensão das vigências e a garantia da matrícula na 1.ª série do ensino fundamental aos menores de 6 anos. A sentença do juiz Cláudio Kitner foi para permitir a regular matrícula no ensino fundamental, em todas as instituições de do País, das crianças menores de 6 anos, em 31 de março do ano letivo a ser cursado. A decisão proibiu até mesmo a edição de quaisquer normas de conteúdo semelhante.

O Juízo de Primeira Instância determinou que o conteúdo da decisão fosse comunicado a todas as secretarias estaduais de Educação e do Distrito Federal, no prazo máximo de 30 dias, sob pena de incidência de multa diária no valor de R$ 10 mil, revertida igualmente para o Fundo de Defesa de Direitos Difusos. Esse ponto da sentença indicava que a decisão valeria para todo o país.

Fonte: http://www.folhape.com.br

Dia das Crianças Com Estilo

Bom mesmo é ser criança, andar de bicicleta, brincar. O universo infantil é uma fantasia. Hoje como é dia das crianças não poderíamos deixar de fora as crianças que tem estilo e homenagear essa etapa da nossa vida tão encantadora.

Feliz Dia das Crianças!

 

Islane Barros  

2,8 milhões de crianças saíram da pobreza extrema, com o programa Brasil Carinhoso

Desde maio, o Brasil Carinhoso está ajudando as famílias que têm crianças de 0 a 6 anos e renda mensal menor que R$ 70,00 por pessoa. Segundo a presidente Dilma Rousseff, para garantir às crianças um futuro melhor, é preciso que a vida de toda a sua família melhore. Além da complementação da renda, o Brasil Carinhoso está ampliando as vagas nas creches e pré-escolas e garantindo os suplementos de Ferro e de Vitamina A para as crianças.

O Brasil Carinhoso, já conseguiu tirar da pobreza extrema 2,8 milhões de crianças até seis anos de idade, que, junto com essas crianças, também saíram da miséria seus pais, irmãos, o que significa que o Brasil Carinhosos beneficiou 8,7 milhões de pessoas.

Segundo a presidente, se com tudo que a família ganha com o trabalho e o Bolsa Família, ela não chegar a receber R$ 70,00 por pessoa, então essa família está vivendo na extrema pobreza e tem direito ao benefício do Brasil Carinhoso.

“queremos garantir que cada pessoa tenha, no mínimo, uma renda de R$ 70,00 por mês“, afirma a presidente.

Para garantir que o Brasil Carinhoso chegue a todo mundo que precisa, o governo conta com a parceria dos municípios, que é o chamado Gestor do Bolsa Família,  “o gestor do Bolsa Família é o pai do Bolsa Família, quem cuida para tudo dar certo no Bolsa Família. Por isso, eu quero pedir aos gestores do Bolsa Família de todo o Brasil que continuem se empenhando na Busca Ativa, em procurar quem precisa receber o Bolsa Família e, também, que garantam que o cadastro dessas famílias seja bem feito, com informações completas e corretas. As famílias também precisam fazer a sua parte. Elas precisam manter o cadastro atualizado, manter o cartão de vacina das crianças em dia e garantir que as crianças frequentem a escola, continua a presidente.

A presidente diz que os recursos já estão sendo passados para as prefeituras, com o objetivo de garantir uma boa formação para todas as crianças. Outro incentivo posto pelo governo é referente à vaga na creche ou na pré-escola, destinada às crianças do Bolsa Família, foi repassado 50% a mais de recursos.

O governo aumentou em 66% o dinheiro repassado aos municípios para melhorar ainda mais a merenda nas escolas públicas, porque a gente sabe que uma alimentação rica em nutrientes e vitaminas é muito importante para a formação das crianças. É também por isso que nós estamos distribuindo para todas as crianças do Brasil os suplementos de ferro e de vitamina A. Dois milhões e setecentas mil crianças do Norte e do Nordeste, do Vale do Jequitinhonha e do Mucuri, em Minas Gerais, já receberam a megadose de vitamina A. O Brasil Carinhoso também está fornecendo remédio de graça para asma na rede Aqui tem Farmácia Popular, afirma.

“Nós queremos mudar essa situação, oferecendo aos nossos brasileirinhos mais vulneráveis todas as condições para que eles cresçam fortes, cresçam saudáveis, se alimentem, estudem, tenham remédio e tenham brinquedo. Mas, para garantir às crianças um futuro melhor, precisamos que a vida de toda a sua família melhore. É isso que estamos fazendo com o Brasil Carinhoso, com o Bolsa Família e com o Plano Brasil sem Miséria“, conclui.

Fonte: http://cafe.ebc.com.br, acesso dia 09/10/2012.

Semana Mundial do Aleitamento Materno começa em mais de 170 países

A Semana Mundial do Aleitamento Materno começa nesta quarta-feira, 1º, e vai até a próxima terça-feira, 7, em mais de 170 países. O objetivo, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), é estimular a amamentação e melhorar a saúde de crianças menores de 5 anos em todo o mundo.
A data comemora a assinatura da Declaração de Innoceti, em agosto de 1990, por diversos países – incluindo o Brasil. Entre os objetivos apresentados pelo documento estão estabelecer um comitê nacional de coordenação da amamentação e adotar uma legislação que proteja a mulher que amamenta no trabalho.
A OMS defende que o aleitamento materno é a melhor forma de fornecer ao recém-nascido os nutrientes necessários. A orientação é que o bebê receba exclusivamente o leite materno até os 6 meses e, depois disso, ele seja associado a outros alimentos até que a criança complete 2 anos ou mais.
No caso do colostro (tipo de leite mais grosso e de cor amarelada produzido ao final da gestação), a recomendação é que ele seja fornecido ao recém-nascido até uma hora após o parto.
Dados da organização indicam que a malnutrição responde, direta ou indiretamente, por praticamente uma em cada três mortes entre crianças menores de 5 anos, sendo que mais de dois terços delas são associadas a práticas inapropriadas de alimentação e ocorrem no primeiro ano de vida da criança.
“Nutrição e carinho nos primeiros anos de vida são cruciais para uma boa saúde e para o bem-estar ao longo da vida. Na infância, nenhum presente é mais precioso do que o aleitamento materno. Ainda assim, menos de um em cada três bebês é exclusivamente amamentado durante os [primeiros] seis meses de vida”, informou a OMS.

Confira os dez passos definidos pela Rede Brasileira de Bancos de Leite Humano para o sucesso da amamentação:

- Ter uma política de aleitamento materno escrita, que seja rotineiramente transmitida a toda equipe de cuidados de saúde;
- Capacitar toda a equipe de cuidados da saúde nas práticas necessárias para implementar essa política;
- Informar todas as gestantes sobre os benefícios e o manejo do leite materno;
- Ajudar as mães a iniciar o aleitamento materno na primeira meia hora após o nascimento do bebê;
- Mostrar às mães como amamentar e como manter a lactação, mesmo se vierem a ser separadas dos filhos;
- Não oferecer a recém-nascidos bebida ou alimento que não seja o leite materno, a não ser que haja indicação médica;
- Praticar o alojamento conjunto, permitindo que mães e bebês permaneçam juntos 24 horas;
- Incentivar o aleitamento materno sob livre demanda;
- Não oferecer bicos artificiais ou chupetas a crianças amamentadas;
- Promover grupos de apoio à amamentação e encaminhar as mães a esses grupos na alta da maternidade.

 

Fonte: agenciabrasil.ebc.com.br