Blog de Airton Sousa – Náutico perde em Campina Grande e tem situação complicada

                                      guy

Jogando na noite desta quarta-feira (01) no Estádio Amigão em Campina Grande, o Clube Náutico Capibaribe não esteve bem, principalmente no segundo tempo, e perdeu de virada para o time do Campinense pelo placar de 2 x 1. O gol alvi-rubro foi através de Wallace Pernambucano no primeiro tempo, aí o Náutico virou a primeira fase vencendo por 1 x 0.

Na volta para a segunda fase, o time caiu de produção, cedeu terreno ao adversário, tomou o empate e posteriormente o gol da virada, que deu a vitória ao time paraibano pelo placar de 2 x 1. Com a  vitória, o Campinense  fica favorito para a segunda partida nos Aflitos, podendo empatar com qualquer placar.

O detalhe é que mais uma vez o Náutico sai derrotado, aliás depois da vitória na decisão do Campeonato Pernambucano contra o Sport, o time não conseguiu mais vencer, perdendo na estreia do Campeonato Brasileiro para o ABC em Natal, e perdendo na noite desta quarta-feira(01), para o time do Treze.

Esses dois resultados deixam a diretoria e a comissão técnica preocupados, já falando em contratações  e reforços, para voltar o caminho da vitória mais uma vez. O Náutico tem na sequencia duas partidas nos Aflitos, respectivamente contra o Imperatriz e Ferroviário, pelo Brasileiro, daí a oportunidade de recuperação.

Blog de Airton Sousa – Santa Cruz é goleado – Marcio Goiano assume o Náutico – Mauro Fernandes deixa o Central

dscn8768MarcioGoiano-FIGxCOR-20120705-ACMafalda

O torcedor tricolor, que ainda tinha uma esperança de continuar na Copa do Nordeste, ontem viu essa chance ir embora, após perder em pleno Arruda pelo placar de 4 x 1. No primeiro jogo, o ABC venceu por 1 x 0. Em função do primeiro resultado, haviam chances do tricolor reverter e continuar na competição.

Porém, já no primeiro tempo, a classificação estava definida. O placar de 3 x 0, já determinava por antecipação a saída do time tricolor. Para complicar mais ainda, Augusto Silva foi expulso, tornando o jogo mais fácil ainda para o time do Rio Grande do Norte, porque era quase impossível  o quadro sofrer alteração.

No segundo tempo, o time do ABC diminuiu o ritmo do jogo, recuou um pouco e passou a adotar a marcação em linha baixa. Mais o adversário tricolor, não estava satisfeito e aos 25 minutos ampliou o placar para 4 x 0. A torcida vaiando o time, deixando o estádio e aos 37 minutos aconteceu o gol do Santa Cruz, porém nada mudou e o time deu adeus a competição.

Enquanto isso, chegou ao Recife o novo técnico do Náutico, Marcio Goiano. O treinador chegou bastante otimista, prometendo recuperação na série C , além de demonstrar muita vontade de trabalhar, o que não poderia ser diferente. Quem não gostou muito da chegada do novo comandante, foi o jogador Negreti  afastado do grupo, fato que poucos entenderam.

Quanto ao Central, após a derrota contra o Sergipe, o grupo se apresentou na tarde desta terça-feira. A novidade foi a saída do técnico Mauro Fernandes, que agradeceu pelo apoio, tentou justificar a decepção no Brasileiro, e disse está grato pela maneira como foi apoiado, principalmente no Campeonato Estadual, além de demonstrar interesse em voltar para o próximo ano.

 

Blog de Airton Sousa: Santa Cruz goleia e é cabeça de chave

images

O Santa Cruz fechou na noite dessa quarta-feira (28) no Arruda, a sua participação com destaque na Copa do Nordeste  grupo-A.  Venceu pelo placar de 4 x 1 ao time do Confiança, numa noite em que empenho, garra e determinação não faltaram ao grupo tricolor. Além da goleada, a entrega dos jogadores no decorrer do jogo.

Infelizmente, o torcedor não compareceu e não tivemos se quer,  1.800 pagantes para incentivarem o time a uma vitória. Mesmo assim, nada influenciava negativamente porque havia determinação no time para levar o Santa Cruz a próxima fase do Nordestão, aguardando agora o sorteio terça-feira (3), para conhecer o seu adversário.

O jogo em sí, foi de uma vantagem substancial do tricolor pernambucano, e o próprio placar já traduzia a superioridade do time do Arruda. Importante lembrar, que aliando-se a vontade do grupo, a organização tática, o planejamento e uma folha humilde de pouco mais de R$ 250 mil reais, com a vantagem de está sendo pago religiosamente em dia.

Se o time não foi bem no Campeonato Estadual, na Copa do Nordeste acontece mais uma vez o contrário, repetindo o exemplo de outros anos na própria competição. Vê agora quem será o adversário do Santa Cruz, e esperar que a Diretoria aliada ao trabalho da comissão técnica, possam ter  reforços substanciais para o Brasileiro, onde o primeiro adversário é o Náutico no dia 14\04, na Arena de Pernambuco.

Enquanto isso, nesta quinta-feira (29), é a vez do Náutico que joga contra o Altos no Piauí. Acontece que o time alvi-rubro, tem que vencer com uma margem expressiva de gols e esperar o que vai acontecer entre Botafogo com 10 pontos e o Bahia com 9 pontos. Enquanto isso o Altos, apenas cumpre tabela com 2 pontos.

Blog de Airton Sousa: Santa Cruz empata e classifica-se; Náutico vence e continua vivo

Na noite desta quinta-feira (22), dois clubes de Pernambuco estiveram jogando. O Santa Cruz ao empatar contra o Treze, no Estádio Amigão, em Campina Grande, conseguiu a classificação antecipada, somando agora nove pontos e ainda tem a última partida a ser jogada. Enquanto isso, o Náutico venceu na Arena de Pernambuco, ao Botafogo PB pelo placar de 1 x 0.

2018_nautico_x_botafogo_pb_copa_do_nordeste_560_3 923f87c46e3cbcc97b82714dd325280b

O empate tricolor beneficiou ao time Pernambucano, em razão de que os  últimos colocados não tem condição de alcançar na pontuação ao time do Arruda. O Confiança e o Treze, estão respectivamente com cinco e quatro pontos somados. O Santa Cruz, que ao lado do Clube de Regatas Brasil, já se garantiram na fase seguinte.

Agora, é aguardar o final desta fase, para o Santa Cruz saber que adversário vai enfrentar no mata-mata da competição, na tentativa de avançar a exemplo de anos anteriores na Copa do Nordeste. Enquanto isso, os dirigentes em comum acordo com o treinador, buscam novos e importantes reforços para o Brasileiro da série-C.

O Náutico por sua vez, mesmo com o time misto conseguiu vencer ao líder Botafogo, já classificado pelo placar de 1 x 0. Com a vitória o time alvi-rubro passou a sete pontos, tem que vencer  ao Altos do Piauí fora de casa, e vai depender também do jogo do Bahia com nove pontos, contra o Botafogo com dez pontos.

Agora, o pensamento do técnico Roberto Fernandes, é a decisão neste domingo (25), na Arena de Pernambuco contra o Salgueiro, valendo a vaga para a final do Campeonato Pernambucano ao lado do Central. Será um jogo extremamente equilibrado, em razão da qualidade do time sertanejo. Esperar que a arbitragem não venha influenciar no resultado, como aconteceu contra o Afogados.

Blog de Airton Sousa: Central perde – Sport empata e o Náutico enfrenta ao Bahia

2000px-Bandeira_de_Pernambuco.svg

Jogando na noite dessa quarta-feira (21) na Arena de Pernambuco, o Central  Sport Clube sofreu a sua primeira derrota no Campeonato Pernambucano. O adversário foi o bom time do Vitória, que no final do jogo terminou vencendo pelo placar de 1 x 0, quebrando a invencibilidade patativa este ano.

O time Caruaruense, não teve numa noite feliz e poucos foram os jogadores que tiveram uma boa atuação. A começar pelo meio campista Junior Lemos, que é na realidade o principal jogador do alvi-negro, onde construiu poucas jogadas, não efetuou chutes nem lançamentos e esteve um tanto quanto divorciado no jogo.

O treinador alterou o esquema de jogo  do time, colocando três zagueiro no primeiro tempo e realizando as estreias de Paulo Fernando e Fernando Pires, que não comprometeram, exceção a parte física, a partir dos 35 minutos do segundo tempo. O meio de campo foi dominado pelo meio de campo do vitória e o ataque quase ou nada realizou.

O gol do Vitória aconteceu aos 30 minutos do primeiro tempo, através do lateral esquerdo Léo Carioca, com uma falha de marcação dos volantes e da zaga patativa. O Central ao longo do jogo, não teve forças para reagir, mesmo com as alterações efetuadas pelo treinador  Mauro Fernandes.

Com os resultados da rodada, o Central desceu para a terceira posição, enquanto que o time do Vitória continua na segunda posição, agora com 13 pontos. O próximo jogo será contra o time do Pesqueira, na terra do doce e da renda. Daí esperar-se que neste espaço de tempo, o treinador recupere algumas peças, e possa somar três pontos na penúltima rodada da fase.

Por outro lado, com um publico inferior a 800 pagantes, a torcida do Sport viu mais uma vez o seu time jogar mal e não conseguir passar pelo modesto Belo Jardim, no Estádio Lacerdão. Foi uma noite de desencontro para o técnico Nelsinho Batista e seus comandados, que não se acertarão em nenhum setor do time.

No final, o 0 x 0 deixou a torcida rubro-negra decepcionada e preocupada com a atual situação do Clube da Praça da Bandeira, que apesar das mudanças administrativa e com uma folha de pagamento superior a 3 milhões de reais, continua  apenas no momento com o Campeonato Pernambucano em corresponder,  porque as demais competições já ficaram para trás.

O Sport joga domingo  na Ilha do Retiro contra o Vitória, e pelo que se viu no jogo contra o Belo Jardim, o rubro-negro não terá vida fácil contra o time da terra das Tabocas. Continua sem solução definitiva as situações de Richely e André, afastados do time e sem resolverem suas situações junto aos clubes que demonstram, ou não, interesse nos atletas.

Quanto ao time do Náutico, tem o difícil compromisso esta noite (22), contra o Bahia em Salvador. O time baiano não vem bem na competição, somando apenas 3 pontos na segunda colocação.  O Botafogo(Já classificado), é o primeiro colocado com exatos 9 pontos, numa campanha irretocável.

O Náutico é o terceiro colocado, com apenas um ponto. Caso vença, a situação do alvi-rubro tende a melhorar um pouco, caso contrário a perspectiva  e realmente ficar de fora na fase seguinte. O Treinador Roberto Fernandes deixou nas entre linhas o desejo de contar com os jogadores Robinho e Ortigoza, que entraram muito bem contra o Afogados.

 

Blog de Airton Sousa: Oitava rodada do Pernambucano – Vitória do Santa e grupo do Central da série-D

pernambuco-futebol-de-primeira-1-638

A oitava rodada do Campeonato Pernambucano de Futebol, teve início na noite de ontem (20) na Arena de Pernambuco, com o jogo do Náutico contra o Afogados . No final deu vitória do time timbu pelo placar de 2 x 1, um jogo difícil para o Náutico, pela boa aplicação do time sertanejo nos dois tempos de jogo.

O primeiro tempo teve o placar de 0 x 0, porém o time timbu dominou  o  tempo todo, no entanto a aplicação do sistema defensivo do Afogados, não permitiu que os alvi-rubros marcassem, ficando sem abertura de placar. Porém vislumbra-se no retorno um jogo melhor ainda, pelo futebol apresentado na primeira fase.

Na volta para o segundo tempo, também  com as entradas de Ortigoza, Clebinho e Robinho pelo Náutico. Charles, William e Hugo no time do Afogados, a partida tornou-se mais movimentada e disputada, até que Ortigoza abriu o placar aos 29 minutos para o alvi-rubro e surpreendentemente, 9 minutos após Tarcisio empatava para o Afogados.

O jogo já caminhava para o final, quando numa troca de passes Robinho/Ortigoza  e Robinho aos 43 minutos, marcou o gol da vitória do time timbu. Com o resultado o alvi-rubro assumiu outra vez  a liderança do Campeonato com  15 pontos. Podemos dizer que foi uma boa estreia do atacante Ortigoza, que pode fortalecer o ataque do Náutico a partir de agora.

A rodada tem sequencia hoje à noite, com os seguintes jogos: No Estádio Lacerdão, o time do Belo Jardim recebe o Sport Clube do Recife, que está cheio de problemas. Enquanto isso,  o time do Pesqueira recebe em casa o Salgueiro. Finalmente o Central brigando para voltar a liderança, enfrenta ao bom time do Vitória, na Arena de Pernambuco.

A torcida patativa promete está presente em bom numero, onde existe a possibilidade da ida de aproximadamente 400 torcedores, inclusive numa promoção da Rádio Nova FM (105.9) através de sorteio, será colocado a disposição dos torcedores um ônibus grátis para levar a torcida, uma excelente promoção.

Para finalizar, e desta feita pela Copa do Nordeste, tivemos no Arruda o Santa Cruz vencendo de virada ao time do Clube de Regatas Brasil, pelo placar de 2 x 1. O tricolor não fez um bom primeiro tempo, enquanto o Regatas dominou toda primeira etapa, chegando a marcar  o primeiro gol, no finalzinho  aos 47 minutos, através do jogador Edson Ratinho.Virando com o placar parcial de 1 x 0.

Na segunda fase, com as correções devidas feitas pelo técnico Júnior Rocha, o Santa Cruz voltou com outro comportamento e aos 10 minutos Héricles empatou o jogo. A partir daí o time do Arruda cresceu mais ainda. O Clube de Regatas sentiu o gol tomado e finalmente aos 26 minutos, surgiu o segundo gol através de Robinho.

Com a vitória, o Santa Cruz assumiu a liderança do grupo, somando 7 pontos enquanto que o Regatas ficou na segunda colocação com 6 pontos. Amanhã teremos o jogo entre Confiança com 1 ponto, e Treze que até agora não somou nenhum ponto.O Santa Cruz, deu um passo importante para ir a outra fase da competição.

Como última noticias: Saiu o grupo do Central para a série-D de 2018:

O central estará no grupo-7, ao lado da Jacuípense (BA), Sergipe (SE) e Asa (AL).

Blog de Airton Sousa: Vem aí a estreia tricolor na Copa do Nordeste

                                                 jg7g

Depois de desmanchar praticamente todo o elenco, virar a página do rebaixamento e novos dirigentes, o Santa Cruz inicia nesta terça-feira (16), a sua trajetória na Copa do Nordeste. Uma estreia cheia de expectativas, principalmente por tudo que aconteceu com o Clube no restante de 2017 e no início deste ano.

Novo treinador, uma mudança de 60% no elenco, dificuldades financeiras, além da redução de 70% da folha de pagamento, também a aposta em alguns jogadores desconhecidos. Tudo isso, gera uma tensão nos bastidores do time do Arruda, mesmo porque a principio serão três competições, com um grupo que nós sabemos é limitado.

Não existe outro caminho, é acreditar, apoiar e fazer com que a força e a coragem possam ser o instrumento principal do caminho tricolor, pelo menos nesses três primeiros meses do ano. Porque depois vem o mais difícil, o Campeonato Brasileiro da série C, dentro de um calendário apertado e difícil

Quanto ao jogo contra o Confiança em Aracaju nesta terça-feira (16), vamos enfrentar um adversário que geralmente quanto joga contra  os pernambucanos cresce, joga duro e tenta valorizar e complicar no jogo. O que mais nos faz ficar preocupados, é na verdade a limitação que o Santa Cruz deverá enfrentar, em todos os aspectos.

De qualquer maneira, o treinador que também é uma interrogação e o seu grupo possam se superar, com garra e determinação e fazerem com que as dificuldades possam ser deixadas para trás e que a torcida não venha a sofrer como aconteceu durante o ano passado, onde o golpe maior foi o rebaixamento para a série C.

Blog de Airton Sousa: Náutico empata em Itabaiana

                                       nauticoe itabaiana

Jogando na noite dessa segunda-feira (08) em Sergipe, pelo seletivo da Copa do Nordeste, o Náutico empatou em zero a zero contra o Itabaiana. Um jogo fraco tecnicamente, apesar da equipe Sergipana ter começado a temporada primeiro do que o alvi-rubro. Foi um primeiro tempo em que predominou o entrosamento do Itabaiana, porém a finalização dos dois times não funcionou.

O Náutico apresentou vários erros na criatividade e o ataque quase não apareceu, prevalecendo um bom trabalho do sistema defensivo, onde mais uma vez o goleiro Jeferson fez defesas importantes. O time sergipano teve um bom trabalho na criatividade, no entanto esbarrou na marcação antecipada da defesa timbu. Daí o placar de zero a zero, na primeira etapa de partida.

No segundo tempo, pouca coisa mudou nas duas equipes, mesmo com as modificações que foram feitas. No entanto, a exemplo do primeiro tempo o Itabaiana dominou o jogo, criou varias oportunidades de gol, e desta feita Jeferson repetindo o grande trabalho que teve  o ano passado, evitou por várias vezes que o seu gol fosse vazado,  tornando-se o melhor jogador em campo, e demonstrando a sua qualidade técnica.

O jogo de volta será na próxima semana na Arena de Pernambuco, onde o time Pernambucano pela necessidade técnica e financeira, não poderá deixar escapar a classificação. No entanto já se sabe, pelo que demonstrou o time do Itabaiana não será fácil e que exigirá dos comandados de Roberto Fernandes, mais qualidade para atingir o objetivo.

Agora, a torcida com certeza fará o seu papel apoiando o time que terá que jogar com mais acertos, principalmente os homens de ataque já que no jogo dessa segunda-feira(08), pouco ou quase incomodou o sistema defensivo adversário. O treinador Roberto Fernandes terá que fazer milagre outra vez, porque pelo primeiro jogo o grupo já demonstrou pelo futebol de algumas peças muitas limitações, mesmo entendendo-se que é inicio de temporada.

Blog de Airton Sousa : Sport empata e se complica

Depois de três resultados negativos, e com a volta de Diego Sousa, o torcedor do Sport esperava que o time jogasse bem, e conseguisse uma vitória contra o Bahia. No entanto, o Leão da Praça da Bandeira jogou mal, não se encontrou, e as peças principais não conseguiram render o suficiente para ajudarem na vitória.

Um jogo truncado, com muitas faltas por parte das duas equipes, além de uma produção extremamente negativa do lado rubro-nego, o que só favoreceu ao Bahia, que enfrenta o time leonino na próxima quarta-feira (24), na Arena Fonte Nova, onde o torcedor baiano irá comparecer em massa para apoiar o tricolor de aço.

Zero a zero foi o placar do primeiro tempo, apesar de termos tido dois lances duvidosos: um pênalti de Magrão em Zé Rafael, não marcado pelo arbitro, aos 37 minutos e o outro lance foi um gol anulado aos 43 minutos, através do jogador Alione; mais uma vez erro da arbitragem, que assinalou impedimento, causando muitas reclamações por parte do time baiano.

Juninho marcou aos 11 minutos do segundo tempo para o Bahia, em um cruzamento em cima de Samuel Xavier, sobrando para Juninho, e o empate do Sport aconteceu aos 37 minutos também com o jogador Juninho. Agora o Bahia está na vantagem, pelo regulamento da competição. Enquanto que o Sport terá que vencer. É complicada a situação do time pernambucano.

Blog de Airton Sousa : Santa Cruz na Copa do Nordeste 2018

Finalmente, aconteceu na noite desta segunda-feira(15), o segundo jogo entre Santa Cruz e Náutico, valendo a terceira vaga de Pernambuco para a Copa do Nordeste. O time tricolor que havia vencido a primeira partida na Arena de Pernambuco por 2 x 1, entrou em campo beneficiado com o primeiro resultado, e jogando por um empate. E foi exatamente o que aconteceu, o placar de 1 x 1.Para o Santa Cruz marcou Everton Santos aos 46 minutos do primeiro tempo, para o Náutico foi Anselmo que marcou, aos 36 da segunda etapa.

Surpreendentemente, tivemos um jogo bastante movimentado, onde o Náutico foi melhor o tempo todo, buscando sempre o gol, porém encontrando dificuldades pela presença positiva da zaga e do goleiro do Santa Cruz. Mesmo assim, e com esse domínio parcial do Náutico, foi o tricolor que partiu na frente, marcando 1 x 0. O Náutico não se rendeu, continuou organizado taticamente, e chegou ao empate.

Porém o empate só favorecia ao Santa Cruz, e foi o que aconteceu. O tricolor está classificado para a Copa do Nordeste de 2018, muito embora, a Confederação Brasileira de Futebol, expandiu a idéia de uma seletiva, para diminuir o numero de clubes, e encurtar o calendário, no entanto, os clubes não estão aceitando juntamente com as Federações, a realização dessa seletiva.

Quanto ao Náutico agora, é tentar recompor o grupo, resolver parte dos problemas financeiros, contratar, e dá ao técnico Waldemar Lemos, reforços, tranqüilidade e condição de trabalho. Se não, as coisas podem complicar mais ainda, porque sem elenco, sem dinheiro, sem crédito, fica complicado para o treinador fazer um trabalho que venha pelo menos, manter o Náutico na segunda divisão do Brasileiro.

Blog de Airton Sousa: Sport se classifica para as semi-finais

Com um publico surpreendente, ao contrário dos jogos anteriores, o Sport devolveu o placar de 3 x 1, a equipe do Campinense na tarde deste domingo(02), levando a decisão para as cobranças de pênaltis, gerando mais ainda emoção e expectativa, nas duas torcidas.

Foi um jogo tumultuado, com muitas faltas e cartões amarelos. No entanto, o Sport, na maioria dos dois tempos foi mais preciso, e diferente das ultimas partidas, inclusive contra o Campinense no Estádio Amigão. Enquanto isso, o Campinense tentava administrar a vantagem obtida no primeiro jogo.

Porém, foi o Sport que esteve marcando aos três minutos com Rogério, aumentando a pressão, e ampliando com Diogo Sousa, aos 17 minutos. Com 2 x 0 no placar, o Sport acomoda um pouco o jogo, e a partir dos 25 minutos, é o Campinense que passa a oferecer reações, deixando o respeito de lado e partindo para o campo ofensivo, no entanto, encontrando pela frente a qualidade e experiência do goleiro Magrão.

No segundo tempo de jogo, o time de Campina grande, entra mais ofensivo, o técnico Ney da Mata, faz algumas substituições positivas, e já aos 3 minutos, Fernando Pires recebe uma assistência de Reinaldo Alagoano, e marca o primeiro gol para do Campinense.

A partir do gol, o time Paraibano reage mais ainda, aperta o cerco e cria outras oportunidades. Várias alterações aconteceram nas duas equipes, porém a mais importante, foi a entrada de Lênis pelo Sport, puxando o time para os contra-ataques, até que aos 15 minutos, Diego Sousa de bicicleta, decreta o terceiro gol para o Sport, levando a decisão para os pênaltis.

Na cobrança dos pênaltis, o Campinense desperdiça duas chances e o Sport consegue a classificação para as semi-finais. Agora a decisão da vaga para a final é contra o Santa Cruz, em duas partidas. Voltando mais uma vez a se encontrarem esse ano, e agora pela Copa do Nordeste.

Estão classificados para as semi-finais, dois clubes de Pernambuco, e dois clubes da Bahia. Santa Cruz e Sport, Vitória e Bahia. Daí sairão dois vencedores, para o confronto final, afim de conhecermos o campeão da competição, em duas partidas, sem perspectiva de vantagem para nenhuma das quatro equipes.

Blog de Airton Sousa: Santa nas semi-finais da Copa do Nordeste

Aí está a vantagem de fazer um resultado positivo na casa do adversário. No jogo deste sábado(01/04), o time tricolor entrou em campo sem a pressão de ter que vencer, enquanto o Itabaiana se obrigava a correr em busca de uma vitória  com mais de 2 gols.

Um jogo disputado no primeiro tempo, onde com um minuto o atacante Pereira, chuta perigoso contra a meta de Genivaldo. O Santa Cruz era melhor, produzia mais, tinha melhores jogadas através do meio de campo, e o lateral Vitor jogando solto pelo setor direito.

Novamente aos 20 minutos, Pereira dava uma cabeçada com perigo, e parecia a noite de Pereira que tinha chance novamente aos 33 minutos, além de uma oportunidade desperdiçada por Gino, chutando forte aos 39 minutos, contra a meta adversária. O Itabaiana teve apenas duas oportunidades, primeiro com Diego Neves aos 14 minutos, e depois o mesmo Diego Neves,  cabeceando uma bola na  trave, aos 28 minutos.

Podemos dizer que, mesmo sem jogar um futebol vistoso, o Santa Cruz atuou o suficiente para se beneficiar pelo regulamento, no primeiro tempo. Na segunda etapa, o técnico Vinícius Eutrópio, colocou logo no início o jogador André Luiz, em substituição ao jogador Everton Santos, na tentativa de explorar o setor esquerdo do Itabaiana, com o jogador Jailson madona.

Poucos foram os lances ofensivos até 20 minutos da segunda etapa, e o que não tinha acontecido no jogo, até então, surgiu,  com a marcação de uma falta próxima à meia lua da grande área do Itabaiana, aos 26 minutos. Aí a chance de Anderson Salles que, de novo, cobra com maestria, deixando o goleiro com água na boca, só com a vontade de defender. Gol do Santa Cruz, aos 27 minutos do segundo tempo.

A partir do gol, o Santa Cruz, jogou com mais tranquilidade, o treinador fez algumas substituições, e terminou a classificação tricolor acontecendo, para as semi-finais da Copa do Nordeste. Agora é esperar o jogo de amanhã entre Sport e Campinense, para saber dos dois, quem será o adversário do Santa Cruz.

Duas equipes fecharam a classificação neste sábado(01/04). O Vitória, que venceu pelo placar de 1 x 0, ao River, no Barradão, em Salvador. E o Santa Cruz, que também venceu de 1 x 0, desta feita ao Itabaiana, no Arruda. Amanhã conheceremos os outros dois semi-finalistas, entre Bahia e Sergipe, vantagem para o Bahia;  Sport e Campinense, vantagem para o time paraibano.

Blog de Airton Sousa: Começa segunda fase para o Santa Cruz

Começa nesta quarta-feira(29), a série de mata mata da Copa do Nordeste. Em Sergipe, o Itabaiana recebe o Santa Cruz, para a primeira partida da série de duas. Um jogo em que o time sergipano tem a obrigação de fazer o dever de casa. Enquanto isso o Santa Cruz, com a tentativa de voltar para casa com um resultado que favoreça para o jogo do sábado(01\04), às 18.30 h, no Estádio do Arruda.

Na primeira fase da competição, o Itabaiana deixou para trás no seu grupo,  o CSA, CRB e o ABC de Natal. Além disso, é o  primeiro colocado no Campeonato do seu Estado, com três vitórias e um empate. Por outro lado, o Santa conseguiu superar o Campinense,  Náutico e o Uniclinic, obtendo três vitórias, um empate e uma derrota. Portanto, duas campanhas relativamente boas.

Quanto ao jogo, tecnicamente o Santa Cruz tem um melhor elenco, tendo como destaque o atacante Pitimbú, além de estar bem no Hexagonal do Campeonato Pernambucano, ocupando a segunda colocação. Importante lembrar que o time tricolor, terá que fazer um resultado no jogo de hoje, para evitar a pressão na partida de volta em casa.

O Itabaiana, se obriga  a evitar um resultado negativo, porque é sabido a obrigação de fazer o dever de casa, para não complicar no segundo jogo, com todas as dificuldades de jogar no Arruda, principalmente com a participação e a pressão da torcida. Será um jogo extremamente equilibrado, podendo ser decidido em um lance.

Blog de Airton Sousa: Pernambucano sem público – por que?

Tenho a impressão, pelo tempo que tenho como cronista esportivo, há muito tempo não se tem em Pernambuco, um público tão fraco nos jogos realizados no Estado. Não falamos apenas do Campeonato Estadual, também na Copa do Nordeste e do Brasil, e a pergunta também é a seguinte, será que no Campeonato Brasileiro, esses percentuais serão repetidos?

Procuram-se muitas justificativas para o que está acontecendo, entre elas: horário dos jogos, transmissão pela televisão, quantidade de competições ao mesmo tempo, qualidade técnica dos nossos clubes, falta de dinheiro por parte do torcedor. O certo, é que os estudiosos obrigatoriamente terão que encontrar um denominador, para a atual situação, com a ausência do público e poucas arrecadações.

Nós sabemos que os principais clubes do Estado não estão sentindo, mesmo porque os patrocinadores, a televisão e os promotores dos eventos, antes de tudo, dão o suporte financeiro aos participantes, daí não termos ouvido reclamação por parte dos Dirigentes.

Entretanto, apenas como detalhe para chamar à atenção dos Dirigentes dos clubes de Pernambuco, aconteceu no domingo(19), no Estádio Amigão de Campina Grande(PB), o clássico entre Treze e Campinense, e acreditem, tivemos um público superior a 7.000 pessoas. Por que será?

Blog de Airton Sousa: Pernambucanos vencem na Copa do Nordeste

Duas vitórias importantes, aconteceram neste sábado(25/02), com os clubes de Pernambuco, pela Copa do Nordeste. A coincidência é que os dois times jogaram fora do Estado.

O Sport foi ao Piauí e teve um jogo apertado. No primeiro tempo venceu pelo placar de 2 x 0. Voltou no mesmo ritmo no segundo tempo, porém a partir dos 20 minutos, se acomodou no jogo, e o River cresceu, chegando a marcar um gol, e partir daí, quase chagava ao empate, porém não conseguiu. Foi extremamente importante a vitória, porque o River estava na liderança do grupo, com a mesma pontuação do time leonino.

Com este resultado, o rubro-negro assumiu a liderança e deixou para trás o adversário mais próximo. Nada ainda está definido, porém, os três pontos deram ao rubro-negro 80% de caminhada nessa fase.

Enquanto isso, os tricolores também comemoram o resultado no Ceará, contra o Uniclínic, por 2 x 0 . O Santa Cruz continua disparado na liderança, vindo na sequência o  Campinense, com a diferença de dois pontos. O time do Arruda, com 10 pontos, chega a 80% da fase. Com esses percentuais, o grupo de atletas e o técnico Vinícius Eutrópio, começam a trabalhar mais tranquilos.

Entende-se,  com mais essa vitória e na sequência de resultados positivos, que a torcida já começa a confiar no grupo, mesmo porque é um segredo do futebol, time bom, é aquele que a torcida sabe decorado, e isso está acontecendo com o tricolor Pernambucano. Depois de desmontar o time na temporada de 2016 e começar praticamente do zero, a Diretoria está sendo competente, pelo menos nas competições regionais, com resultados satisfatórios.

Blog de Airton Sousa: Náutico estreia da Copa do Nordeste

Começa para Pernambuco, esta semana, a Copa do Nordeste. Competição que é sucesso total a cada ano, e  desta feita, tem a participação do Náutico, Santa Cruz e Sport. O Salgueiro, pela campanha no Campeonato Pernambucano de 2016, não conseguiu a sua vaga, perdendo a grande chance de um bom faturamento.

O Náutico estreia nessa terça-feira(24), na Arena de Pernambuco, contra o Uniclinic do Ceará; o Sport  nessa quarta-feira(25), contra o Sampaio Correia na Ilha do Retiro e o Santa Cruz joga em Campina Grande, contra o Campinense. Os três clubes começam a competição em um clima de expectativa, em razão das alterações sofridas, entre o final de 2016 e início de 2017.

É indiscutível a importância dessa competição, que reúne os principais clubes do Nordeste, além de alguns de menor porte, a exemplo de Juazeirense, Uniclinic, River do Piauí, entre outros. Pernambuco é contemplado  com a presença de três clubes, e esperamos principalmente do Náutico e do Sport, que jogam em casa, para que estreiem vencendo, iniciando assim, com mais chances de chegarem à fase seguinte. O Santa Cruz sofreu uma restruturação e joga fora contra a boa equipe do Campinense, na Rainha da Borborema.

Caruaru-PE: Elenco do Central não treinou e não concentrou, mas vai entrar em campo hoje contra o Sport

O elenco do Central se recusou a participar do coletivo apronto e a concentrar devido o atraso no pagamento da folha salarial do mês de Março, nesta terça-feira (28.04), mas, promete entrar em campo ás 20h de hoje diante do Sport, no Estádio Luiz José de Lacerda (Lacerdão), em Caruaru, buscando um bom resultado no 1º jogo do confronto que vai definir o 3º colocado do Campeonato Pernambucano 2015, e consequente, definirá o clube que vai representar o estado nas Copas do Brasil e do Nordeste em 2016.

Mesmo com todos os problemas o técnico Humberto Santos preferiu fazer mistério sobre qual formação utilizar, mas a provável escalação do Central deve ser: Beto; Fabinho, Sinval, Natan e Jailton; Erick, Jucemar Gaúcho, Fernando Pires, Juninho Silva; Candinho e Róger.

Os zagueiros André Lima, lesionado no joelho esquerdo, e Matia Binatti, com uma lesão na coxa direita, além de Éverton, expulso na última partida, não enfrentam o Sport.

Pelo menos uma notícia boa. O meia Juninho Silva volta de suspensão e deverá voltar ao time titular.
Ingressos: R$ 30,00 (arquibancada), R$ 15,00 (estudantes e sócios) e R$ 50,00 (cadeiras)

No Sport, sem poder contar com Vitor, suspenso, o técnico Eduardo Baptista escolheu Oswaldo para o setor. Com isso, a tendência é que o Sport entre em campo com Magrão; Oswaldo, Durval, Ewerton Páscoa e Renê; Rithely, Neto Moura (Wendel), Elber e Diego Souza; Samuel e Felipe Azevedo.

1 2

TV Replay, o que é bom se repete!

Sport: Leão é eliminado da Copa do Nordeste por um mal segundo tempo

Neste domingo (12) se enfrentaram Sport e Bahia, na Fonte Nova, pelo segundo jogo da semi final da Copa do Nordeste. O primeiro jogo na Ilha do Retiro ficou no 0 x 0. Para essa partida, o Sport poderia se classificar se empatasse com gols; a vitória por qualquer placar classificaria qualquer um dos times. Por um momento, o Leão ia conseguindo seu objetivo, mas, a vitória do Bahia de virada por 3 x 2, acabou com a caminhada do Sport na Copa do Nordeste.

foto reprodução

foto reprodução

O primeiro tempo, apesar da falta de criatividade dos times, que abusavam das bolas longas, o Sport não dava oportunidades para o Tricolor Baiano, e aproveitou a primeira chance que teve na partida aos vinte e dois minutos, numa falta cobrada por Renê, Diego Souza mandou de cabeça no canto direito do goleiro do Bahia, abrindo o placar da partida.

foto: Felipe Oliveira/divulgação

foto: Felipe Oliveira/divulgação

Com o resultado favorável, o Leão ficou mais solto na partida; o tricolor não conseguia jogar, seus principais jogadores não produziam nada; e aos vinte e nove minutos, Élber, perdeu grande chance de fazer o segundo gol, livre, mandou para fora. Perdendo a oportunidade de fazer Sport 2 x 0. Fora isso mais nada no primeiro tempo.

No segundo tempo o Bahia voltou com tudo, principalmente um jogador, Souza. Logo aos sete minutos do segundo tempo, num chute de fora da área, Magrão aceitou e Souza marcou o primeiro do Bahia. O goleiro do Sport falhou no lance, e o jogo ficou empatado em 1 x 1, até ai o Leão se classificava.

foto: Site oficial

foto: Site oficial

Mas, logo aos onze minutos do segundo tempo, novamente Souza, em cobrança de pênalti, Matheus Ferraz fez falta em Kieza. Souza foi para a cobrança e converteu, Bahia 2 x 1. Com esse placar o tricolor estava se classificando, agora o Sport tinha que partir para cima, porque precisava de pelo menos um empate.

E o empate veio logo após o segundo gol do Bahia, aos quinze minutos do segundo tempo, numa falta da direita para a esquerda, Renê cobrou e Douglas aceitou, a bola passou entre suas mãos, e o Sport empatou o jogo 2 x 2. Alegria da torcida rubro negra, com esse resultado o Sport estava indo para a final.

foto: Site oficial

foto: Site oficial

Porém o dia era de Souza, em jogada de desatenção da defesa rubro negra, Souza empurrou a bola novamente para as redes. Foi num cruzamento de Bruno Paulista, que foi defendido parcialmente por Magrão, e a bola sobrou dividida entre o jogador do tricolor e o defensor do Sport, melhor para Souza. Bahia 3 x 2, novamente na frente. A partir do terceiro gol, o Sport ficou desarrumado em campo, não conseguiu armar jogadas de efeito, e o jogo terminou assim 3 x 2, Bahia classificado para final da Copa do Nordeste, para tristeza dos rubro negros.

Ficha do jogo:

Bahia: Douglas Pires; Tony, Titi, Thales e Patric (Bruno Paulista); Pittoni, Souza e Willians Santana; Biancucchi, Leo Gamalho e Kieza. Técnico: Sérgio Soares.

Sport: Magrão; Vitor, Matheus Ferraz, Durval e Renê; Ronaldo, Mancha (Régis), Neto Moura (Danilo), Diego Souza e Élber (Felipe Azevedo); Samuel. Técnico: Eduardo Baptista.

Arbitro: Pablo Pinheiro. Assistentes: Flávio Barroca, Vinícios Lima. Gols: Diego Souza (2′ do primeiro tempo); Souza (7′ 11′ 19′ do segundo tempo); Renê (15′ do segundo tempo). Cartões Amarelos: Diego Souza, Matheus Ferraz, Pittoni, Titi e Souza. Expulsões: Bruno Paulista.

TV Replay, o que é bom se repete!

Sport: Mesmo com jogo onde teve muitas chances, o Leão não consegue seu objetivo jogando em casa

Nesta quarta-feira(08), Sport e Bahia, fizeram a primeira partida da semi final da Copa do Nordeste, na Ilha do Retiro. O jogo foi intenso, com oportunidade dos dois lados, porém mesmo assim, o placar não saiu do 0 x 0. O resultado da partida não foi como  o Leão queria, mas, diante das circunstâncias, dos males o menor, com esse resultado o Sport tem a vantagem de se classificar, com qualquer resultado de empate com gols. No próximo jogo.

foto: Carlos Ezequiel Vannoni/site oficial

foto: Carlos Ezequiel Vannoni/site oficial

Desde o começo, o jogo começou movimentado, com chances para as duas equipes. A primeira grande chance foi do Sport, foi aos quinze minutos, com Samuel, que ficou cara a cara com o goleiro do Bahia e mandou a bola por cima do gol, perdendo uma grande oportunidade de marcar. Pouco tempo depois, aos dezessete minutos foi a vez de Diego Souza desperdiçar uma chance, ele bate prensado e Douglas Pires faz a defesa.

fotoreprodução

fotoreprodução

Aos vinte e um minutos, Souza cobra uma falta para o Bahia, e quase marca, Magrão precisou se esticar para tirar a bola, foi o primeiro susto que o time baiano deu no rubro negro. Logo depois aos trinta e um minutos, mais uma chance, desta vez foi em um cruzamento de Souza na medida para Léo Gamalho, que quase abre o placar, não fosse pelo corte providencial de Durval.

foto reprodução

foto reprodução

E o Bahia não parava de incomodar o Sport, aos trinta e cinco minutos, Maxi Biacocci, bate da entrada da área e mais uma vez o goleiro rubro negro salva.

Para o segundo tempo, o Bahia volta a todo vapor, logo no primeiro minuto, em um escanteio, Kieza desvia a bola na primeira trave e passa muito perto de marcar.  E nesse começo de segundo tempo o Bahia pressionava bastante. Aos cinco minutos, Maxi Biancicci, recebe cruzamento de Léo Gamalho e faltou pouco para ele marcar, não fosse a zaga do Sport que tirou a bola em cima da linha.

E o jogo continuou disputado, os dois times buscaram sempre a vitória, o Sport perdia chances, o Bahia estava com um contra ataque forte, as chances apareciam dos dois lados, mas nada de gols.

foto: Paulo Paiva/DP

foto: Paulo Paiva/DP

As grandes oportunidades apareceram no finalzinho do jogo. Para o lado do Sport, Samuel perdeu mais uma chance, aos trinta e oito minutos do segundo tempo, dando um chute que passou perto. No Bahia, em um lance que foi individualista, Willians Santana, não viu Kieza sozinho na área, e manda a bola para fora, perdendo grande chance. Aos quarenta e seis minutos do segundo tempo, Samuel perde novamente uma chance de frente para o goleiro.

E terminou assim 0 x 0, a decisão da vaga fica para domingo(12.04). O jogo acontece as 16h, no estádio da Fonte Nova. Um empate sem gols, leva a decisão para os pênaltis, se o empate for com gols o Sport se classifica. E caso alguém vença domingo estará classificado.

Ficha do jogo:

Sport:  Magrão; Vitor, Matheus, Durval e Renê; Rithely, Wendel (Ronaldo) e Diego Souza; Élber (Régis), Mike (Joelinton) e Samuel. Técnico: Eduardo Baptista.

Bahia: Douglas Pires; Tony, Thales, Titi e Patric (Yuri); Pittoni, Souza e Tiago Real; Maxi Biancucci (Tcho), Léo Gamalho (Willian) e Kieza. Técnico: Sérgio Soares.

Arbitro:  Ítalo Medeiros Azevedo. Assistentes: Lorival Candido Flores, Vinícius Melo de Lima. Cartões Amarelos: Samuel, Wendel, Rithely (SPT), Thiago Real, Thales (BHA).

TV Replay, o que é bom se repete!

Sport: Leão devolve o placar para o Fortaleza, e se classifica nos pênaltis

Neste domingo (29), se enfrentaram pela Copa do Nordeste, Sport e Fortaleza. No jogo de ida, no Ceará, o Tricolor tinha vencido o Leão por 1 x 0. Em casa, o Sport precisava de pelo menos de dois gols para ir a semi final do torneio. O rubro negro não conseguiu fazer os gols que precisava, mas venceu o jogo devolvendo o placar de 1 x 0, para o Fortaleza.

foto reprodução

foto reprodução

No primeiro tempo, na Ilha do Retiro, o jogo foi amarrado, o Fortaleza demorava para repor a bola em campo, quando tinha um escanteio ou tiro de meta. Já o Sport jogava no ataque, chegou muitas vezes com até oito jogadores, os atacantes rubro negros foram muito acionados na partida.

Mas, a defesa do Fortaleza estava bem arrumada, não deixava o time do Sport penetrar, restando para o Leão arriscar chutes de longa distância. Em um escanteio, o Sport quase abre o placar com Ewerton Páscoa, que cabeceia para o gol e o goleiro do Fortaleza tira. Em outra jogada, Deola sai mau e foi surpreendido em um toque de cabeça por cobertura de Wendel, que quase marca.

foto: Site oficial

foto: Site oficial

Começa o segundo tempo, Eduardo Batista, coloca Samuel no lugar de Mike. Com sete minutos depois, Samuel abre o placar, em assistência de Diego Souza, Samuel tira do goleiro e manda para o gol vazio. Sport 1 x 0.

Com o gol, o Leão começa a cair de rendimento. A torcida estava empolgada na arquibancada, mas, o time do Sport ficou apático em campo. Só voltou a pressionar o Fortaleza nos minutos finais, com Élber, que rouba a bola e chuta forte, o goleiro Tricolor espalma. Na segunda, ele parte em velocidade para o gol, foi derrubado pelo zagueiro Lima do Fortaleza, que foi expulso. O jogo termina 1 x 0, e a decisão vai para os pênaltis.

foto: Ricardo Fernandes/DP

foto: Ricardo Fernandes/DP

Nos pênaltis, o primeiro a bater é Cassiano do Fortaleza, que manda a bola para longe do gol. A primeira cobrança do Sport foi convertida por Diego Souza. Novamente para o Fortaleza, Correa, cobra e Magrão pega a segunda cobrança. Mas uma vez o Sport, Samuel marca e faz nos pênaltis Sport 2 x 0. Vai Lima, cobrar para o Fortaleza, que desta vez marca. O Sport tem a Chance da cobrança com Élber, que marca novamente para o Leão. Para o Fortaleza, Everton marca. Agora seria Vítor, se ele marcasse o Sport estaria classificado, ele vai para a bola e marca. Sport 4 x 2, nos pênaltis, classificando o Sport para semi final do Nordestão.

foto reprodução

foto reprodução

Ficha do jogo:

Sport: Magrão; Vitor, Ewerton Páscoa, Durval e Renê; Rithely, Wendel (Rodrigo Mancha), Diego Souza e Élber; Mike (Samuel) e Joelinton (Régis). Técnico: Eduardo Baptista.

Fortaleza: Deola; Tinga, Lima, Adalberto e Wanderson (Vinícius Hess); Pio (Cassiano), Corrêa, Auremir e Éverton; Maranhão (Daniel Sobralense) e Lúcio Maranhão. Técnico: Marcelo Chamusca.

Local: Ilha do Retiro. Arbitro: Pablo dos Santos Alves. Assistentes: Luis Felipe Gonçalves, Oberto da Silva Santos. Gols: Samuel (7′ do segundo tempo). Cartões Amarelos: Pio, Wanderson, Lima (For); Wendel, Diego Souza, Ewerton Páscoa, Renê (Spt). Cartões Vermelhos:  Vinícius Hess e Auremir (For).

TV Replay, o que é bom se repete!

Sport: Leão tem que vencer domingo, senão fica de fora da Copa do Nordeste

Depois do mal resultado obtido contra o Fortaleza pela Copa do Nordeste, quarta-feira passada, no jogo de ida das quartas de final do torneio, que o Leão perdeu por 1 x 0, o time de Eduardo Batista, neste domingo 29.03, terá agora em casa, mais uma chance para poder vencer a equipe Cearense.

foto: Edmar Soares

foto: Edmar Soares

Para classificar-se, o Sport precisa vencer por pelo menos dois gols de diferença, com esse resultado, o rubro negro passaria para a semi final do Nordestão. Para o Sport, o retrospecto de gols ajuda o time a se tranquilizar e pensar positivo para conseguir o resultado que lhe leve a semi final.

foto: Boleirosbrasil

foto: Boleirosbrasil

Porque, nessa Copa do Nordeste, as três partidas vencidas pelo Leão foram com mais de dois gols de diferença. Esses números fazem tanto o torcedor, quanto o time, ter confiança que conseguirá o resultado necessário para se classificar. Com isso, a responsabilidade de fazer gols, começa a cair sobre o artilheiro da equipe, o meio campo Élber, que tem cinco gols pelo leão.

Nessa expectativa para o jogo de domingo, o torcedor começou a comprar seu ingresso, que está sendo vendido a preços populares, para arquibancada, nas bilheterias da Ilha do Retiro. O preço vai variar de dez a vinte reais.

foto: Site oficial

foto: Site oficial

O jogo decisivo entre Sport e Fortaleza, vai acontecer neste domingo, na Ilha do Retiro, às 16h, pelo jogo de volta das quartas de final da Copa do Nordeste.

TV Replay, o que é bom se repete!

 

Sport: Leão joga mal, e terá que vencer em casa para se classificar

Nesta quarta-feira 25, se enfrentaram pela Copa do Nordeste, Fortaleza e Sport, no estádio Castelão. A equipe cearense venceu a partida por 1 x 0, esta que foi a primeira partida das quartas de final da Copa do Nordeste. Com esse placar o time de Fortaleza tem a vantagem do empate no jogo da volta domingo na Ilha do Retiro.

foto: Superesportes

foto: Superesportes

O time do Fortaleza, fez valer seu mando de campo, tomou a iniciativa desde o começo do jogo, tendo a equipe de Eduardo Batista apenas dois lances de perigo no primeiro tempo, com Diego Souza. Fora isso, pouca produção do Sport. O Fortaleza teve boas chances de abrir o placar já no primeiro tempo, mas Magrão inspirado , fez boas defesas. Logo no início de jogo numa falha da zaga, Pio quase marca, parando no goleiro do Sport.

foto: Edimar Soares/ O POVO

foto: Edimar Soares/ O POVO

O Fortaleza seguia pressionando os rubro negros, tiveram maior posse de bola e controlavam a partida, até que em um lance, único de perigo do Sport, Diego Souza em jogada de dois tempos quase marca para o Leão, na primeira tentativa, para em Deola goleiro do Fortaleza, na segunda manda a bola no travessão.

A partir desse lance, o Sport começa a participar mais do jogo, o time tem uma sequencia no ataque, e no finzinho da primeira etapa, Mike tem grande oportunidade, aos trinta e sete minutos, quase marca em jogada que dribla o goleiro, mas não consegue chutar, parando novamente no goleiro do Fortaleza.

foto: DP

foto: DP

No segundo tempo, o time cearense volta pressionando o Sport, logo aos seis minutos, Magrão faz grande defesa em uma cabeçada de Lúcio Maranhão. No início da segunda etapa o Leão fica tão pressionado pelo Fortaleza, que não consegue passar do meio campo. E nessa postura de ataque o Fortaleza chega ao gol aos dezenove minutos do segundo tempo com Everton, que recebe o passe de Maranhão e chuta de fora da área sem chance para Magrão.

Para complicar a vida do Sport que não vinha fazendo um bom jogo, o zagueiro Durval coloca a mão na bola em um cruzamento de Uilliam  e o arbitro da pênalti, aos trinta e três minutos do segundo tempo, o atacante Lúcio Maranhão cobra no canto esquerdo e mais uma vez o goleiro Magrão faz defesa importante, pegando o pênalti que seria o segundo gol do Fortaleza.

FOTO:Bruno Gomes/Agencia Diário

FOTO:Bruno Gomes/Agencia Diário

Para o torcedor rubro negro, que via seu time fazer um péssimo jogo, e o Fortaleza perder várias chances de gol, restava torcer para o time do Leão não tomar mais gol; a torcida valeu, aos quarenta e três minutos do segundo tempo, o atacante Cássio manda novamente a bola no travessão, fazendo o torcedor rubro negro ficar aflito vendo o time quase tomar o segundo gol no final da partida.

foto: Superesportes

foto: Superesportes

Final de jogo, o Sport perde por 1 x 0, agora domingo em casa terá que buscar a vitória, porque se acontecer de jogar novamente mal o Leão pode ficar de fora da Copa do Nordeste.

Ficha técnica:

Fortaleza: Deola; Tinga, Lima, Adalberto e Wanderson; Auremir, Pio (Uilliam), Corrêa, Maranhão e Éverton; Lúcio Maranhão (Cássio). Técnico: Marcelo Chamusca

Sport: Magrão; Vítor, Éwerton Páscoa, Durval, Renê; Rithely, Rodrigo Mancha, Wendel (Danilo), Diego Souza (Joelinton), Élber e Mike. Técnico: Eduardo Batista

Arbitro: Charle Hebert Cavalcante. Assistentes: Esdras Mariano, Lorival das Flores. Cartões Amarelos: Éwerton Páscoa, Durval (SPT). Gol: Everton.

TV Replay, o que é bom se repete!

Reportagem: Guilherme Adriano

Sport: Depois do sufoco sofrido na Copa do Nordeste agora é sepultar o rival no pernambucano

Passada a vitória por 3 x 1 contra o Sampaio Corrêa pela Copa do Nordeste, garantindo sua classificação, o time rubro negro agora pensa no campeonato pernambucano, apesar de já estar classificado antecipadamente, o Sport enfrenta o arquirrival Náutico, domingo, às 16h. na Arena Pernambuco. Para o Sport, o jogo tem uma importância maior, pois o Náutico vem de eliminação na Copa do Nordeste e domingo uma derrota pode levar o alvirrubro a outra eliminação precoce.

foto: Gazeta Press

foto: Gazeta Press

Porque perdendo domingo o time do Náutico tem que buscar sua classificação novamente contra o Salgueiro no Sertão, de lá o Náutico não traz boas lembranças. O discurso no Sport é de que não temos nada a ver com o momento delicado do Náutico.

foto:Paulo Paiva/DP

foto:Paulo Paiva/DP

Mas a preocupação do rubro negro está totalmente na Copa do Nordeste onde enfrenta o time do Fortaleza próxima quarta-feira(25/03) no Ceará às 22h., pelas quartas de final do torneio, precisando fazer um bom resultado fora de casa para conseguir administrar a vantagem que terá decidindo sua vaga no jogo da volta em casa.

foto: Sportnet

foto: Sportnet

O time agora não pode errar, pois o sufoco que passou na fase classificatória, não cabe mais a equipe rubro negra nas quartas de final, o adversário agora é o tradicional Fortaleza que promete complicar a vida do Sport.

foto: Carlos Ezequiel Vannoni/site oficial

foto: Carlos Ezequiel Vannoni/site oficial

Porém, antes do compromisso contra o Fortaleza pela Copa do Nordeste, o clássico contra o Náutico acontecerá amanhã, domingo às 16h., pelo Campeonato Pernambucano na Arena Pernambuco, e para o timbu é obrigação vencer, já para o Sport, perder seria deixar escapar a chance de complicar mais ainda o já complicado Náutico.

TV Replay,o que é bom se repete!

Reportagem: Guilherme Adriano

Náutico: Mesmo sendo derrotado, o timbu sente o sabor da classificação, mas durou pouco

O Náutico precisava de apenas um ponto contra o Salgueiro para conseguir sua classificação na Copa do Nordeste, mas com a derrota por 3 x 1 quem ficou com a classificação foi o carcará. O time de Salgueiro buscou vencer o jogo desde o início, abrindo o placar aos 23 minutos em jogada oportunista de Anderson Lessa que aproveitou a bola cruzada por Lúcio, desviada por Vítor Caicó; sete minutos após esse lance, outro escanteio, desta vez cobrado por Valdeir; Lessa antecipou-se e desviou, quem empurrou para as redes foi Raniere fazendo 2 x 0.

foto: George Fernandes/DP

foto: George Fernandes/DP

O lance do segundo gol gerou muitas reclamações, o técnico do Náutico ficou enfurecido e soltou o verbo contra Marcelo de Lima Henrique,  o árbitro não teve demora e expulsou o comandante alvirrubro.

foto: Alexandre Gondim/Náuticonet

foto: Alexandre Gondim/Náuticonet

Salgueiro continua pressionando e marca novamente com Anderson Lessa aos 22 minutos do segundo tempo, levando o time do Náutico a perder suas esperanças de vencer a partida; com  3 x 0, só restava ao timbu torcer por uma vitória do Bahia, assim o Campinense não se classificaria e a vaga do terceiro melhor segundo colocado teria ficado com o alvirrubro.

foto: George Fernandes/DP

foto: George Fernandes/DP

Até que com 46 minutos do segundo tempo surge uma esperança, Josimar marca descontando para time do Náutico que vinha sofrendo, mas era tarde demais, fim de jogo 3 x 1.

Porém, o timbu ainda comemorava sua classificação ao término da partida, porque o Bahia vencia o Campinense pelo placar de 1 x 0. Só aos 49 minutos do segundo tempo o time paraibano empata o jogo em 1 x 1, e fica com a vaga para a próxima fase da competição, por ter um saldo de gols melhor, deixando o Náutico para trás.

Foto: Alexandre Gondim

Foto: Alexandre Gondim

Assim acabou a participação do time de Lisca na Copa do Nordeste, restando agora o Campeonato Pernambucano. Domingo acontece o clássico contra o Sport as 16h, no estádio Arena Pernambuco.

TV Replay, o que é bom se repete!

Reportagem: Guilherme Adriano

Náutico: Alvirrubro a um passo da felicidade, ou a um tropeço para o inferno

A vitória do timbu  conquistada sobre o Serra Talhada por 2 x 0 neste domingo(15/03) fez o time respirar mais aliviado no campeonato estadual. O Náutico entrou no G4 da competição e confirmou a boa fase do técnico Lisca à frente da equipe, conquistando seu segundo resultado positivo em três jogos pelo alvirrubro, aliviando assim, a pressão sobre o elenco que vinha sendo criticado pelos maus resultados obtidos ao longo do campeonato.

Alexandre Gondim/jc imagens

Alexandre Gondim/jc imagens

O Náutico agora muda o rótulo e todas as atenções para a Copa do Nordeste, quando enfrenta o Salgueiro no Cornélio de Barros, nesta quarta- feira(18/03), às 22h. Para se classificar como líder do grupo C, o time de Lisca precisa de apenas um ponto, um simples empate no sertão garante o Náutico na primeira posição do grupo; e resolve sua situação na competição. Pois caso o alvirrubro perca e o Moto club de São Luis, consiga um resultado positivo, a segunda colocação irá para o processo de desempate complicando a vida do Náutico.

Imagens Náutico.Net

Imagens Náutico.Net

Para esse jogo, o comandante do Náutico falou que o time precisa ser mais agressivo, tomar as rédeas, mostrar que está na partida.

técnico lisca, Imagem Náutico.Net

técnico lisca, Imagem Náutico.Net

O timbu continua no interior, na preparação para enfrentar o Salgueiro. O confronto que decidirá sua vaga acontecerá quarta às 22h. Para a arbitragem, está escalado Marcelo de Lima Henrique como auxiliares Fernanda Colombo e Ricardo Bezerra Chianca.

TV Replay, o que é bom se repete!

Reportagem: Guilherme Adriano

 

Sport: Leão está a beira do abismo na Copa do Nordeste

Com a vitória do Sport  sobre o Salgueiro sábado passado por 3 x 1, o leão assegurou seu primeiro lugar no hexagonal do título pelo campeonato pernambucano, agora podendo pensar apenas na copa do Nordeste. O time de Eduardo Batista se prepara para o jogo decisivo contra o Sampaio Corrêa-MA, na próxima quarta-feira(18/03) que acontece na Ilha do Retiro.

foto Carlos Ezequiel Vannoni, site oficial

foto Carlos Ezequiel Vannoni, site oficial

A partida tem ares de decisão pelo fato de só os três melhores segundos colocados passam para as quartas de final da competição.E por a baixa pontuação dos times do grupo B,  o grupo que o Sport faz parte, o segundo colocado corre o risco de não passar.Se for analisar a tabela do campeonato o time do leão tem sete pontos podendo chegar a dez então seria o líder do grupo e primeiro colocado. Mas caso perca na quarta- feira fica com os mesmos sete, sendo ultrapassado pelo Sampaio Corrêa, que pode chegar a oito; contando com uma derrota do Coruripe o rubro-negro fica em segundo no grupo, caso o Coruripe some mais três pontos o Sport já estaria fora da competição.

Ressaltando que, neste momento, em segundo na copa do Nordeste, existem três equipes que somam os mesmos sete pontos do Rubro-Negro, que está em primeiro no seu grupo(são America-RN, Salgueiro e Campinense-PB), então para o Sport será um risco muito grande não vencer a sua próxima partida.

foto Carlos Ezequiel Vannoni site oficial

foto Carlos Ezequiel Vannoni site oficial

Assim, Eduardo Batista tenta armar seu time. O técnico pensa em fazer algumas substituições, mas acha cedo para comentar, já que os jogadores considerados reservas, fizeram uma boa partida contra o Salgueiro, no sábado, pelo pernambucano e agradaram o comandante, ficando assim em suspense se alguém pode aparecer novamente na lista de titulares do técnico.

foto Yuri de Lira/DDP

foto Yuri de Lira/DDP

Nesta segunda, houve treino e o técnico Eduardo Batista poupou três jogadores com desgaste muscular(Durval, Felipe Azevedo e Wendel). Os jogadores participaram de um treinamento de posicionamento defensivo. O Sport volta a campo quarta-feira às 22h. na Ilha do Retiro.

TV Replay, o que é bom se repete!

 

Reportagem: Guilherme Adriano

 

 

 

 

 

Náutico: Empate com sabor de derrota

Timbu vencia por 3x1 e deixou equipe adversária empatar. Foto: Marlon Costa/FPF

Timbu vencia por 3×1 e deixou equipe adversária empatar no final. Foto: Marlon Costa/FPF

Numa noite que tinha tudo para dar certo: Salgueiro empatou seu jogo, o Náutico jogava em casa contra o time do Piauí-PI, que ainda não tinha marcado nenhum gol sequer na competição, e a empolgação de um novo treinador a beira do gramado, eram ingredientes para que a equipe alvirrubra saísse com uma vitória e a liderança do Grupo C, mas não foi bem assim, depois de estar vencendo por 3×1, o timbu vacilou e cedeu o empate em 3×3.

A postura do Náutico no primeiro tempo, levou o torcedor a acreditar que a vitória sairia até com certa tranquilidade. Principalmente pela posse de bola e as chances que o time criava. Como o gol insistia em não sair, os jogadores do clube pernambucano começaram a mostrar ansiedade e aos poucos o “enxuga rato”, como é conhecido o time do Piauí-PI, acabou crescendo no jogo e por pouco não abriu o marcador em duas oportunidades com Jorginho e Thiaguinho. O primeiro tempo terminaria mesmo em 0×0.

Na etapa complementar, o gol que traria alívio para os donos da casa. Aos cinco minutos Guilherme cobrou falta da direita para a esquerda e encontrou o meia Patrick Vieira que dominou e chutou forte para dentro da meta do goleiro David. Náutico 1×0. O segundo gol também teve a participação de Guilherme que desceu pela linha de fundo, lado direito, cruzou rasteiro, e mais uma vez Patrick aparecia para empurrar a bola para dentro das redes aos 18 minutos. 2×0 timbu.

O Piauí-PI tratou de diminuir cinco minutos depois. Thiaguinho fez boa jogada pela esquerda, cruzou e encontrou Pablo que diminuiu. 2×1. Patrick Vieira, o nome do jogo, encontrou Fillipe Soutto na entrada da grande área e num belo chute ampliava o marcador para 3×1. Tudo leva a crer numa vitória, e na conquista da liderança do grupo. Só que não foi bem assim.

João Ananias comete falha grave e Cláudio aproveita para diminuir aos 35 minutos. O time do Náutico se perdeu dentro de campo, nervoso, ansioso, e errando passes e mais passes. O castigo pela desorganização veio aos 40 minutos com Cláudio, mais uma vez, que aproveitou cruzamento e chutou sem chances para o goleiro Júlio César. Placar final: Náutico 3×3 Piauí-PI.

A equipe alvirrubra continua na segunda colocação com cinco pontos no grupo C. Quem lidera é o Salgueiro com seis. Público presente na Arena: 698 torcedores; renda: R$ 8.835.

O Náutico que volta a campo nesse domingo (08), dessa vez pelo campeonato pernambucano, recebe o Central na Arena Pernambuco.

TV Replay, o que é bom se repete!

 

Náutico: Levi Gomes confirma time com duas alterações para o jogo

Na base da conversa. É assim que o técnico interino Levi Gomes vai colocar o time em campo na noite dessa quinta-feira (05), na Arena Pernambuco, contra o time do Piauí-PI, às 22hs, em partida válida pelo Grupo C da Copa do Nordeste. Sem ter tido muito tempo para treinar, Levi precisou usar mais do diálogo para arrumar o time.

Mudanças têm o objetivo de deixar o time mais compacto

Mudanças têm o objetivo de deixar o time mais compacto

“Eu sou uma pessoa que procuro conversar com cada um individual, dar uma moral a eles. Depois eu converso coletivamente. Mas procuro ouvir todos, e com isso todas as equipes têm evoluído, é uma forma que procuro e que dá resultado. Espero que não seja diferente dessa vez”, falou.

Sobre o time que vai entrar em campo, Levi confirmou a equipe com duas modificações: Guilherme no lugar de David, e Hélder Ribeiro no lugar de Josimar. O Náutico vai com a seguinte formação: Júlio César. Guilherme, Elivélton, Diego e Gáston Filgueira. João Ananias, Fillipe Soutto, Bruno Alves e Hélder Ribeiro. Renato e Patrick Vieira.

Quando questionado sobre o que a diretoria falou da possibilidade de efetivá-lo no comando técnico do time alvirrubro, respondeu:

TV Replay, o que é bom se repete!

Náutico: Com futebol apático, timbu perde de virada e fica na lanterna do grupo C

Treinador reconheceu o péssimo futebol apresentado por sua equipe na derrota para o Moto

Treinador reconheceu o péssimo futebol apresentado por sua equipe na derrota para o Moto

Quando tudo parecia que se encaminhava para a primeira vitória dentro da Copa do Nordeste, o Náutico acabou amargando mais uma derrota. Começou vencendo o Moto Clube-MA por 1×0, mas não suportou a pressão e acabou sendo derrotado de virada por 3×1, e agora é lanterna do seu grupo.

Apenas alguns minutos de lucidez, esse foi o Náutico no confronto diante do Moto Clube-MA na tarde do sábado (14), no Castelão, em São Luís do Maranhão. Depois o que se viu foi um futebol de baixa qualidade apresentado, e um time sem vontade dentro de campo.

Quando o atacante Josimar abria o marcador aos 19 minutos do primeiro tempo, após boa jogada de Bruno Alves, a equipe pernambucana poderia trazer para Recife, além dos três pontos, a liderança do grupo C da Copa do Nordeste, mas não foi bem assim.

O Náutico não suportou a pressão e no segundo tempo voltou apático e cedeu a virada ao time do Maranhão. o placar do jogo no apito final do árbitro marcava: Moto Clube-MA 3×1 Náutico.

“Estamos preocupados. O resultado foi muito ruim, e ficou pior porque empatamos com o Salgueiro na nossa estreia dentro de casa, e num campeonato como esse do nordeste não é fácil recuperar os pontos perdidos jogando fora de casa”, reconheceu o treinador Moacir Júnior.

Com o resultado, o Náutico está na lanterna do grupo C com apenas um ponto conquistado. O timbu volta a campo na próxima quinta-feira (19) contra o Piauí, pela Copa do Nordeste, em Teresina.

TV Replay, o que é bom se repete!

 

Santa Cruz: Nos acréscimos Fortaleza vira e garante classificação

Jogando no Arruda, pelas Quartas-de-finais da Copa do Nordeste, o Santa começou bem o jogo de volta contra o Fortaleza. No primeiro tempo, Dennis Marques abriu o placar. O time coral segurou o resultado até os 20 minutos finais de jogo, quando Júlio Madureira empatou a partida. O placar de 1 x 1, classificava o Santa, Dennis Marques foi substituído por Danilo Santos, que sofreu pênalti, o próprio Danilo Santos bateu e o goleiro do Fortaleza defendeu. Quando o árbitro da partida Arilson Bispo (BA), deu mais 4 minutos de acréscimos, o Fortaleza foi pra cima do Santa e depois de perder vários gols, Assisinho marcou o gol da classificação do Fortaleza, para o desespero da torcida Coral.
Depois de uma primeira fase impecável com a melhor campanha, o Santa Cruz se despediu da Copa do Nordeste.
Foi o dia dos times visitantes na Copa do Nordeste, nesse jogo de volta, começando pelo ASA que venceu o ABC, em Natal, o Campinense que empatou com o Sport e desclassificou o Leão na Ilha do Retiro, o Ceará que precisava de 3 gols de diferença fez 4 x 1 em cima do Vitória no Barradão, e o Fortaleza que no fim do jogo, acabou com a Copa do Nordeste para a equipe tricolor.
As semi-finais da Copa do Nordeste estão definidas com: Campinense x Fortaleza e ASA x Ceará.
Um minuto mudou o destino do Santa Cruz. Jogou por terra toda a campanha, a melhor da primeira fase. O gol de Assisinho pareceu castigo depois do excelente início do time na tarde deste domingo. Início que também foi excelente lá no Ceará, quando o Santa chegou a abrir 2 a 0 antes de permitir a virada e depois ir buscar o empate. Logo aos 4 minutos do primeiro tempo, Dênis Marques abriu o placar no Arruda com um golaço de fora da área. Seria a redenção do atacante tivesse o Santa se classificado.
 
Punido por faltar um treino no Arruda durante o carnaval, DM9 teve que adiar a reestreia com a camisa coral. Sequer viajou a Fortaleza para o primeiro. Obrigada a tomar uma atitude enérgica, a diretoria tirou o atacante da delegação. Cortou na própria carne. A atitude irresponsável foi, acima de tudo, uma derrota pessoal de Dênis Marques. Perdeu também o Santa.

Apesar de ter arrancado o empate em 3 a 3, dos três gols marcados no Ceará, o Tricolor sentiu falta do matador. Artilheiro sempre faz falta. Bastou uma bola no primeiro tempo para o camisa 9. Um vacilo da defesa adversária. A arrancada iniciada pouco depois do círculo do meio do campo só parou na rede.

O gol seria suficiente para meter o Santa Cruz entre os quatro melhores do Nordeste. Não fosse o vacilo na reta final da partida. Justificada pela escalação dos três volantes e de Everton Sena na vaga de Renatinho, vetado pelo Departamento Médico. A postura do Santa por vezes incomodou o torcedor, principalmente nos 20 minutos finais, quando o Júlio Madureira empatou o jogo e deixou o clima tenso. A agonia viraria tristeza no fim.

Santa arranca empate em jogo dramático contra o Fortaleza

Foto: Kiko Silva / Agência Diário)

(Foto: Kiko Silva / Agência Diário)

Numa prova que Fortaleza x Santa Cruz é um dos maiores clássicos do Nordeste,  nesta quarta-feira (13), o embate entre as duas equipes foi de tirar o fôlego.

De tudo aconteceu no estádio Presidente Vargas: pênalti perdido pelo Santa,  pênalti não marcado a favor do Santa, duas expulsões (uma de cada lado), três gols de cada lado e duas pinturas de gols marcado por cada equipe. No final, 3×3 e a o Santa vem decidir no Arrudão com a vantagem de empatar sem gols (ou 1×1, 2×2) para passar à próxima fase da Copa do Nordeste.

Esley, Assisinho e Marinho Donizete marcaram os gols do Fortaleza. Renatinho, Paulo César e Everton Sena marcaram para o Santinha.

O jogo da volta é domingo (17), no Arruda, as 16h.

FICHA TÉCNICA

Gols: Renatinho aos 15 do 1° (SCZ), Paulo César aos 20 do 1° (SCZ), Esley aos 25 do 1° (FOR), Assisinho aos 3 do 2° (FOR), Marinho Donizete aos 25 do 2° (FOR) e Éverton Sena aos 37 do 2° (SCZ).

Cartões Amarelos: Tiago Costa (SCZ), Esley (FOR), Ronaldo Angelim (FOR), Lucas (FOR) e Éverton Sena (SCZ).

Cartão Vermelho: Tiago Costa (SCZ), Lucas (FOR).

Fortaleza: João Carlos, Rafinha, Ronaldo Angelim (André Luiz), Gabriel e Marinho Donizete; Jackson, Lucas, Esley (João Henrique) e Jackson Caucaia; Júlio Madureira (Everton) e Assisinho.

Técnico: Vica.

Santa Cruz: Thiago Cardoso; Marquinho, Cesar, Vagner e Tiago Costa; Anderson Pedra, Luciano Sorriso, Natan e Renatinho (Sandro Manoel); Paulo César (Flávio Caça-Rato) e Danilo Santos (Éverton Sena).

Técnico: Marcelo Martellote.

Confronto entre Comando Alvi-Rubro e Inferno Coral, no jogo CRB x Santa

Sem título

Em um jogo bastante disputado, o Santa Cruz conseguiu vencer o CRB, em Alagoas, no Estádio Rei Pelé (Maceió), por 3×2. Quem assitia pela Tv, pode observar que no final do primeiro tempo, cenas lamentáveis de brigas entre torcidas organizadas, mancharam o espetáculo. 

Tudo começou quando as Torcida Organizada Comando Alvi-Rubro (do CRB) partiu em direção ao local onde estava a torcida do Santa Cruz. Integrantes da Inferno Coral revidaram. Troca de chutes e socos foram vistos, ao vivo, por todo o Brasil, pela Tv aberta que transmitia o jogo.

O policiamento assistia a tudo sem fazer nada, numa demonstração de completo despreparo. Policiais que estavam no andar de cima do estádio, não conseguiam descer para onde as torcidas se agrediam.

Policiais no andar de cima assistem o conflito. (Foto: Caio Lorena/Globoesporte.com)

Depois de muito tempo de conflito, o BOPE conseguiu chegar até o local, disparando balas de borracha.  Três integrantes da torcida do Santa e um da torcida do CRB, deram entrada no Hospital. Depois do atendimento médico, eles foram levados a Central de Polícia de Maceió para prestar depoimento.
A torcida Mancha Azul (do CSA), que é rival do CRB em Alagoas, estava junto com a Inferno Coral, uma vez que ambas são aliadas.

O comandante da polícia explica que tudo aconteceu por causa da torcida organizada do CRB, Comando Vermelho: “As torcidas foram separadas, já que sabíamos que eram rivais, mas os torcedores da Comando pularam para a geral e foram até o outro lado do Rei Pelé para brigar”, relatou o oficial.

No final do jogo, as duas torcidas ainda tentaram brigar, mas a polícia estava atenta e conseguiu proibir mais cenas de violência.

(Foto:Chico Peixoto/LeiaJáImagens)

(Foto:Chico Peixoto/LeiaJáImagens)

(Foto:Chico Peixoto/LeiaJáImagens)

(Foto:Chico Peixoto/LeiaJáImagens)

Fontes: globoesporte e NE10

CBF muda tabela e o Santa estréia em casa, na Copa do Nordeste

Já tinha torcedor organizando caravanas para ver a estreia do Santinha na Copa do Nordeste, em Alagoas. Mas a CBF, sexta-feira passada (14), resolveu mudar a tabela. Com isso, o Santa Cruz passa a ter o seu primeiro jogo no Arruda, às 19h30, e não no estádio Rei Pelé, em Alagoas, como estava programado.

Confira a nova tabela:

Copa do Nordeste 2013

Passada a decepção com o não-acesso à série B, o Santa já pode pensar na Copa do Nordeste, que começará no dia 20 de janeiro de 2013.
O Santa estreia dia 20/01, contra o CRB, em Alagoas.
O Santa está no Grupo D com CRB/AL, Campinense/PB e Feirense/BA.

Na primeira fase teremos quatro grupos, cada um com quatro times. Desses, classificam-se duas equipes de cada grupo. A terceira fase é mata-mata, com jogos de ida e volta. As finais da competição serão nos dias 10 e 17 de março.

Confiram a tabela completa:
http://imagens.cbf.com.br/201211/1542278464.pdf