Blog de Airton Sousa: Central perde pela quarta vez

E o Central continua sem vencer. No Hexagonal, perdeu neste domingo(19), para o Salgueiro, pelo placar de 2 x 1. Um jogo corrido, disputado, com as equipes se empenhando em campo, nos dois tempos de jogo.

Com o domínio do Salgueiro, saiu aos 23 minutos do primeiro tempo, o primeiro gol da partida, através de Ranieri, de cabeça, em uma falha da zaga do Central. O Central não se abalou, e aos 35 minutos, também de cabeça, Anderson Lessa empatou o jogo. A partir do empate, o jogo passou a ser equilibrado já que, até então, a meia cancha do Salgueiro mandava no jogo, com os espaços dado pelo time do Central.

No segundo tempo, o jogo continuou muito disputado, o técnico Laelson Lima consertou taticamente o seu time e aos 7 minutos, também de cabeça, Artur perdia a chance de desempatar o jogo para o Central. O principal acerto do treinador do Central, foi aproximar mais a marcação ao time do Salgueiro.

Houveram várias modificações no decorrer do segundo tempo e quando todos esperávamos que o placar final fosse um empate, Valdeir, aos 40 minutos, de cabeça, fazia o segundo gol do time da casa, fechando o placar em  2 x 1. Com a vitória, o Salgueiro assume a liderança isolada do Hexagonal, com 10 pontos.

O Central continua sem vencer e tem o próximo jogo, quinta-feira (02/03), em Vitória de Santo Antão. A arbitragem do jogo foi de Débora Cecília, com um público de 1.722 torcedores e uma renda de R$ 5.802,00.

Blog de Airton Sousa: Finalmente confirmados jogos do Pernambucano

Depois de mudanças e mudanças, finalmente a confirmação das datas, horários e locais dos jogos deste sábado(18), domingo(19), e segunda-feira(20). Como se não bastassem os problemas do Campeonato, a Federação Pernambucana resolve promover uma confusão, levando a todos um clima de incerteza, e prejudicando a programação das Comissões Técnicas, principalmente dos clubes que participam de mais de uma competição. Porém, novidade seria se o Campeonato tivesse pelo menos, um pequeno percentual de organização.

Para sábado(18) às 16.30 no Estádio José do Rego Maciel, o clássico entre o Santa Cruz e o Sport. Agressões verbais dos dois lados, provocações e outros adjetivos. O que nós esperamos, é que em campo, os provocadores pratiquem um bom futebol e que apresentem um bom jogo tecnicamente, apesar da limitação dos dois clubes. No entanto, como trata-se de um clássico, é bom que a rivalidade venha dar qualidade ao jogo.

No domingo(19), às 20 horas, atendendo uma solicitação do time sertanejo, o jogo entre Salgueiro e Central. O Salgueiro é vice-líder, tendo a sua frente o Sport Clube do Recife. Enquanto isso, o time patativa, não ganhou um único jogo. É o lanterna e teve problemas técnicos e disciplinares durante esta semana, inclusive o afastamento de cinco jogadores do elenco.

O técnico Laelcio Lima, já tem um grupo limitado, muito mais terá  a partir de agora, com essas dispensas. A situação do alvi-negro é complicada no Hexagonal, e a tendência é piorar cada vez mais, a não ser que o milagre da vitória aconteça contra o Salgueiro, que vem de uma viagem cansativa, após jogar na quinta-feira(16), contra o Sinope, pela Copa do Brasil.

Completando as mudanças recentes, o Belo Jardim joga outra vez fora dos seus domínios, desta feita contra o Náutico, no Estádio José do Rego Maciel. O time da terra do Bitury empatou contra o Santa Cruz em 0 x 0, e perdeu pelo placar de 1 x 0 para o Sport, ambos os jogos na capital pernambucana. O time do Belo é muito bem treinado pelo Luciano Veloso Filho, que vem faz um trabalho elogiável.

Para a segubda-feira(20), temos o Náutico, com 4 derrotas consecutivas. Uma para o Santa Cruz, para o Salgueiro, para o Campinense e também para o Guarani de Juazeiro. Essas derrotas, provocaram a queda do ex-técnico Dado Cavalcanti, que não suportou as cobranças, os desacertos e as indisciplinas. Quem sabe, o time do Belo Jardim, não venha a aproveitar o momento complicado que vive o alvi-rubro pernambucano.

Só uma colocação a ser refletida: será que a FPF, ao elaborar o calendário dos jogos do Campeonato Pernambucano, não lembrou que Recife e Olinda comandam um dos maiores carnavais do país? Pois é, todos esses transtornos, em razão de que a mentora máxima do nosso futebol, ainda não aprendeu a ver o calendário anual, para evitar que aconteça mais uma imagem negativa do futebol pernambucano.

Blog de Airton Sousa: Náutico sai da Copa do Brasil e Sport vence no Hexagonal

Aconteceu o que todos esperavam, após a quarta derrota, o técnico Dado Cavalcanti entra em acordo com a Diretoria timbu e deixa o Clube Náutico Capibaribe. As derrotas sucessivas, o desacerto do time em campo, algumas indisciplinas de jogadores e a personalidade do treinador, já não permitiam a sua permanência. Aguarda-se agora o nome oficial do novo treinador do Náutico.

Quanto ao jogo, em que o time Pernambucano, pelo regulamento da Copa do Brasil, bastava empatar para ir à outra fase da competição, simplesmente o Guarani de Juazeiro, foi dono total das ações ao longo dos dois tempos de jogo. Poucos foram os lances do jogo, em que o time Pernambucano incomodou ao Guarani, que aconteceu aos 10 e 27 minutos do primeiro tempo, com Jeferson Nem e aos 41 minutos do segundo tempo, com Erick.

O time do Juazeiro teve várias e importantes chances: Adenilson aos 20 minutos; Leilson aos 22; Itálo aos 25 e Adenilson aos 43, todos no primeiro tempo, com Tiago Cardoso fazendo grandes defesas e evitando que sua meta fosse vazada. No segundo tempo, permaneceu o domínio do Guarani e o gol não demorou a sair, quando em um chute de Leilson,  em uma falha de Tiago Cardoso o placar era aberto, e a partir daí o time da casa cresceu e o Náutico era todo desespero.

Logo após o jogo, o técnico Dado Cavalcanti e um Dirigente timbu, deram uma coletiva, anunciando a saída do treinador, pois era insustentável a permanência do técnico. Agora o Náutico vai lutar para passar a próxima fase da Copa do Nordeste, e ficar entre os quatro do Hexagonal.

Por outro lado, em um jogo fraco, em que o Belo Jardim apenas se defendeu, o Sport teve o tempo todo a posse da bola, porém as finalizações foram limitadas, e somente aos 43 minutos do primeiro tempo, sai o gol que deu a vitória ao time leonino, através do jogador Paulo Henrique, em meio a muitas reclamações dos jogadores do time da terra do Bitury.

 Para completar, o jogador  André que não fez uma boa partida, terminou perdendo um pênalti, colocando a bola na trave e deixando a torcida frustada. Final de jogo, tivemos Sport 1 x 0 Belo Jardim. Lembrando que faltou realmente qualidade no time rubro negro, porque em meio aos jogadores escalados, estavam: Mateus Ferraz, André, Marquinhos, Henriques, Raul Prata, Fábio, Caio, Agenor, entre outros. Atletas que Daniel Paulista pretende contar para as competições da CBF.

Blog de Airton Sousa: Notícias do Náutico e do Sport

Geralmente as vitórias trazem união, tranquilidade e faz até esquecer os possíveis problemas existentes. No Náutico, o ambiente não é bom, pelas três derrotas consecutivas e pela indisciplina criada entre o atleta Mailson e um membro da Comissão Técnica. Tenta-se a todo custo, colocar à margem do grupo esses acontecimentos. Porém é inevitável, porque a imprensa tomou conhecimento e passou a explorar os fatos.

Deixando tudo isso de lado e tentando não levar para dentro de campo, o técnico Dado Cavalcanti tenta arrumar o time para um bom resultado nessa quarta-feira(15) à noite, em Juazeiro, contra a equipe do Guarany. Uma vitória classifica o time timbu, ou até o empate, pelo novo regulamento da Copa do Brasil.

O time cearense, em casa é muito difícil de ser batido. Por isso o time de Dado Cavalcanti, tem que está bem montado, principalmente no sistema defensivo, onde os alas e os zagueiros, estiveram falhando muito no jogo contra o Campinense. Se por acaso a classificação do Náutico não acontecer, fica fácil prever o que vai acontecer com a Comissão Técnica.

Enquanto isso, o Sport com o chamado time alternativo, joga na Ilha do Retiro contra o Belo Jardim, que jogando contra o Santa Cruz, terminou surpreendendo ao time do Arruda. Sendo assim, vai um alerta para o técnico Daniel Paulista, que também começa a ser cobrado, em razão da maneira como o time vem jogando.

A vantagem é do time rubro negro, por diversas razões, até porque o grupo não pode reclamar cansaço, em razão de que, mesmo participando do Hexagonal, das Copas do Nordeste e do Brasil, o técnico se dá ao direito de trabalhar dois grupos, para as competições. O torcedor leonino espera que não aconteça contra o Belo Jardim o que aconteceu contra o River, quando o time principal fez um papelão e não conseguiu vencer.

Só como última notícia, a Federação Pernambucana de Futebol, resolveu atender a um pedido da Diretoria do Santa Cruz e antecipou o clássico entre tricolores e rubro-negros, para o sábado(18), às 20:30 horas. Com isso facilitará o trabalho do policiamento e poderá ter uma melhor arrecadação.