Blog de Airton Sousa: Santa Cruz complica o Inter no Beira Rio

Depois de sete derrotas seguidas, o Santa Cruz conseguiu empatar no sábado(29), contra o Internacional, em Porto Alegre. Muito embora, a situação tricolor seja irremediável, de qualquer maneira, o empate moralmente não deixa de ser um bom resultado. É que o elenco tricolor está tão desacreditado, que um resultado de empate fora de casa, não chega a empolgar o seu torcedor. Enquanto isso, os 40 mil torcedores presentes, saíram decepcionados e insatisfeitos com o futebol do time gaúcho, chegando em algum momento vaiar o time.

Um primeiro tempo, em que o Internacional marcou 1 x 0 através de Vitinho, teve a expulsão de Eduardo Henrique e criou poucas oportunidades. Mesmo perdendo, o Santa Cruz foi algumas vezes no ataque, sem concluir com sucesso. No segundo tempo, empatou com Léo Moura, teve várias chances, mais esbarrou na má pontaria dos seus atacantes. Com o empate, o Santa passou a somar 24 pontos e tem no América mineiro, o seu próximo adversário, no Arruda, para a disputa de quem encerra a competição, sem o decepcionante título de lanterna.

A Diretoria tricolor, para esse jogo, necessitando fazer caixa, e buscar apoio para o time, reduziu totalmente o preço do ingresso, tentado com isso, diminuir o prejuízo moral e tecnicamente. Já se fala no Arruda, a possibilidade de sair uma relação dos jogadores que não interessam para 2017. Essa providência visa também economizar, já que a situação financeira, como sempre, é a pior possível.

Blog de Airton Sousa: Sport consegue distanciar-se do Z4

Um jogo de vida ou morte para o Sport Clube do Recife, contra a Ponte Preta, era assim que prenunciava-se a partida desta quinta-feira(27), na Ilha do Retiro. A Diretoria rubro-negra fez promoções nos preços dos ingressos, e conseguiu o seu intento, quando 24.324 torcedores marcaram presença, incentivando o time para conseguir os três pontos, e foi exatamente o que aconteceu, em um jogo fraco tecnicamente, pautado pelo nervosismo, principalmente por parte do time leonino.

Primeiro tempo, 0 x 0. Poucos chutes, atacantes isolados e um duelo dos laterais contra os laterais, e dos jogadores de meio de campo, onde prevaleceu o sistema defensivo, contra os atacantes. Na segunda etapa, Daniel Paulista, já  volta com duas alterações, colocando Ruiz, no lugar de Éverton Felipe; Neto Moura, no lugar de Paulo Roberto. A Ponte voltou com o mesmo plano tático, porém aos oito minutos, pegando a defesa de surpresa, Rogério marcou, fazendo Sport 1 x 0. Outras alterações aconteceram, principalmente na Ponte Preta, porém com o passar do tempo, o jogo caía de qualidade, mesmo com o Sport tendo mais volume do que o adversário.

 A vitória levou o Sport a 14a posição. No entanto,  essa posição poderá ou não, sofrer alterações, em  razão  dos  jogos  Botafogo  x  Coritiba;  Fluminense x  Vitória;  Internacional x Santa Cruz. Porém, o resultado contra a Ponte Preta, deu um descanso emocional ao time rubro-negro, que só voltará a jogar no dia 06/11, contra o Grêmio, em Porto Alegre. É inegável, que a vitória trouxe um alívio para o técnico Daniel Paulista e seus comandados.

Blog de Airton Sousa: Doriva entrega os pontos

Finalmente o treinador do Santa Cruz, Doriva,  reconhece que já não tem mais jeito. Um tanto tarde, porém dentro da realidade, porque sabemos que há muito o Santa Cruz é perseguido pelo rebaixamento na série A, do Campeonato Brasileiro. Desta feita, o algoz foi o time da Ponte Preta, na cidade de Campinas(SP). O primeiro tempo até que foi razoável para o time Pernambucano, terminando 0 x 0, deixando o torcedor tricolor com um pouco de esperança, mais era só o primeiro tempo. Faltava ainda os 45 minutos do segundo tempo, e aí a história seria outra.

Já no início do segundo tempo, aos 6 minutos, o atacante Roger, aproveita a falha de marcação, e abre o placar para a macaca campineira e então, o Santa Cruz se entrega ao adversário a cada minuto, impotente, sem reação. Aí, não demora e sai o segundo gol, através do jogador Maycon, aos 24 minutos, de novo com um apagão geral do tricolor, em razão da limitação do time. O terceiro gol veio em seguida, o jogador William Pottker, sai do campo da Ponte Preta, abre espaço, avança, penetra e faz o terceiro gol, aos 28 minutos, fechando o placar de 3 x 0, a favor da Ponte Preta.

Inalterável a posição do Santa Cruz na tabela, décima nova, a exemplo do que vem acontecendo há muito tempo, e observe-se que o América também perdeu, se não o tricolor fecharia a rodada, na lanterna mesmo. O técnico Doriva jogou o chapéu, um pouco tarde, porém jogou, e agora a curiosidade é a seguinte: Que argumento ele vai usar, nas preleções? Quarta-feira o time joga contra o Botafogo, no Arruda. Fique imaginando, caro torcedor, o que pode acontecer nesse jogo.