Pernambucano 2014: Central vence no sufoco e se classifica para série D

O Central bateu o América-PE, por 1 a 0, no Estádio Ademir Cunha pela 15ª rodada do Campeonato Pernambucano. O resultado positivo diante do Mequinha foi suficiente para a Patativa conseguir classificação para a Série D do Brasileiro e de quebra garantir a vaga no hexagonal do título, com três rodadas de antecedência. A equipe centralina chegou aos 28 pontos e segue firme na vice-liderança do estadual.

O alvinegro folga na próxima rodada e ainda tem pela frente dois jogos nesta primeira fase. Na 17ª rodada o Central encara o Vitória-PE no Estádio Lacerdão diante de sua torcida. No último duelo da fase a Patativa encara o Ypiranga-PE fora de casa.

Já o América-PE segue na lanterna da competição, com apenas 10 pontos conquistados. O Mequinha continua sem vencer com o mando de campo a seu favor. Foram sete partidas disputadas, sendo quatro empates e três derrotas. O próximo confronto do América-PE será contra o Porto-PE, no Estádio Lacerdão, em Caruaru. O jogo está marcado para quarta-feira (29), às 20h.

O jogo

Mesmo com a equipe reserva em campo, o América foi pra cima dos visitantes. Logo no início do jogo, Jackson cabeceou e a bola acertou a trave do Central. Mas o lance não valeu. O árbitro marcou impedimento. Pouco tempo depois o estreante alvinegro, Deizinho, que estava improvisado pela direita foi expulso. O atacante teve que deixar o campo mais cedo após ter chutado a bola no adversário.

Com um homem a mais o Mequinha aproveitou e ficou ainda mais ofensivo. Aos 29 minutos, o goleiro André foi obrigado a fazer uma bela defesa, depois de um chute de fora da área. Mas a velha máxima do futebol já dizia: ‘quem não faz, leva’. Aos 35 minutos, o lateral Jean Batista cruzou a bola na área em cobrança de falta. A bola viajou e chegou no zagueiro Alysson que, sozinho, só teve o trabalho de cumprimentar de cabeça. Um a zero para a Patativa.

Na volta para a segunda etapa, a equipe centralina optou por recuar o time. Com isso, o Mequinha tentou arriscar mais. Mas os donos da casa não acertavam as oportunidades criadas e o tempo foi passando.

O América fez uma verdadeira blitz em campo. Mas nada de conseguir passar pelo goleiro André, do Central, que teve uma grande atuação na partida. No finalzinho do jogo o América-PE ainda cobrou um falta que passou raspando a trave. Mas terminou mesmo América-PE 0 Central 1.