Cicinho chama a atenção do time para o fato de o Leão ter o jogo em mãos e deixar a vitória escapar

Apesar do meia Hugo ter dito que o cansaço acabou fazendo o Sport ceder o empate ao Internacional, o lateral-direito Cicinho afirmou que não sentiu desgaste no 2 a 2 do último domingo. Para o jogador, o Sport vacilou tecnicamente contra o Colorado, indo contra qualquer crítica sobre o condicionamento físico da equipe.

Cicinho lembrou que não foi a primeira vez que o Sport abre vantagem na partida e deixa o adversário empatar. Ele também exaltou o resultado fora de casa na rodada passada.

Com uma semana de preparação até o confronto com o Coritiba, domingo,às 18h30m, na Ilha do Retiro, o Sport precisa vencer. O Coxa é adversário direto para escapar do rebaixamento.

Lateral Cicinho elogia primeiro tempo da equipe e destaca evolução

Mais uma vez um dos destaques do Sport, o lateral-direito Cicinho lamentou muito o empate contra o Bahia, na última quarta-feira. Depois de sair na frente e perder algumas chances, o Leão deixou com que o time baiano empatasse no final do jogo. Apesar disso, o lateral-direito Cicinho preferiu exaltar os pontos positivos rubro-negros na partida.

“Temos que ter calma, levantar a cabeça e seguir trabalhando forte. Nosso time se mostrou guerreiro dentro de campo. Jogamos bem no primeiro tempo e não encontramos as mesmas facilidades no segundo. Futebol é muito competitivo. A vitória não veio, mas nós suamos muito. Não faltou disposição. Estamos de parabéns pela entrega em campo”, comentou o lateral-direito.

Confiante na saída da zona de rebaixamento, Cicinho destaca o crescimento da equipe nos últimos jogos desde a chegada do técnico Waldemar Lemos. “Nosso time está crescendo. A confiança que o grupo tem é muito grande. Fizemos uma grande partida, mas infelizmente não vencemos. Temos que pensar que do outro lado também tinha uma equipe querendo ganhar o jogo”, disse ele.

Camisa da torcida em campo nesta quinta-feira

O Flamengo, adversário desta quinta, às 21hs, no estádio Raulino de Oliveira, jogará não contra 11, mas 311 jogadores. “A torcida nunca nos abandonou. Esse será mais uma ação em reconhecimento a força que vem das arquibancadas”, comentou o diretor de marketing do Leão, Gabriel Freire complementando que o jogo escolhido será um dos poucos que não poderemos utilizar nosso tradicional uniforme vermelho e preto.

Os espaços foram comercializados desde o começo do ano. “Nossa idéia foi conseguir arrecadar algum recurso para ajudar na aquisição do novo ônibus da equipe Sub-20 o qual já foi até comprado. A estimativa que é consigamos algo em torno de R$ 110 mil. Com isso, vamos estampar o rosto de quem adquiriu o espaço na camisa também no ônibus, inclusive dois deles serão homenageados, são eles Magrão e Dona Maria José”, falou Freire

E a festa não acaba por ai. “Claro que vamos fazer um jogo com a camisa na Ilha do Retiro. Vamos lançar contra o Flamengo pelo fato de ser o primeiro jogo do segundo turno. Será a volta por cima da equipe junto com a torcida dentro de campo”, acredita Gabriel.

A partida na Ilha a qual os atletas voltarão a vestir a camisa alusiva ainda não foi definida, mas segundo o dirigente até a próxima semana tudo será resolvido. “Ainda estamos aguardando um retorno da Lotto. Assim que eles nos comunicarem, entraremos em contato com todos os torcedores para que comprem também a camisa que, por sinal, virá com uma promoção”, acrescentou o diretor. A promoção a qual ele se refere será a entrada em espaço vip durante a partida. “Vai ser algo parecido com o que fizemos na partida Sport x Corinthians”, conclui Freire.

Cicinho entrou na Seleção da Rodada

Um dos destaques do Sport tanto defensiva quanto ofensivamente na última rodada, contra o Náutico, o lateral-direito Cicinho teve o seu trabalho reconhecido também por jornalistas que cobriram a partida contra o Náutico, no último domingo. O site Globoesporte.com, que sempre elege a seleção dos melhores a cada fim de rodada, colocou Cicinho como o melhor lateral-direito com a nota 7,0.

“É uma honra para mim ter o trabalho reconhecido. Estou conseguindo ter uma sequência boa de jogos agora e isso tem me ajudado bastante. Espero manter a sequência com o bom trabalho para tirar o Sport da atual situação. O nosso grupo é forte e com muito trabalho conseguiremos atingir os nossos objetivos”, comentou o lateral-direito.

Cicinho elogia trabalho de Waldemar

Um dos jogadores mais experientes do Sport e com passagens por grandes clubes do futebol mundial como Roma e Real Madrid, o lateral-direito Cicinho está enfrentando uma experiência nova na Ilha do Retiro. Desde a chegada do técnico Waldemar Lemos, alguns treinos diferentes estão sendo realizados. E todos aprovados pelos atletas.

“Nós estamos envolvidos nesse trabalho do Waldemar. Quando o atleta não procura saber o motivo daquela atividade acaba fazendo só por fazer e não é isso que está acontecendo aqui. Vocês podem ver que todos nós estamos envolvidos, ninguém reclama e todo mundo sabe que o trabalho tem o seu valor porque ele é estudado”, comenta o lateral-direito Cicinho.

Entre as novidades apresentadas pelo técnico Waldemar Lemos estão as cambalhotas no meio das atividades. Para Cicinho, isso pode ajudar em jogo. “Nunca tinha treinando assim, mas isso ajuda. É como se você tivesse tomado uma trombada sem esperar e com esse trabalho você passa a ter o discernimento mais rápido de onde está e de onde está a bola. É bem legal”, disse ele.

Mesmo ainda sem saber se será titular diante do Náutico, no próximo domingo, Cicinho se disse ansioso e animado para o clássico. No entanto, garante que o campeonato não será decidido nesta partida. “Não podemos pensar apenas no clássico. O campeonato é longo e não adianta ir bem no clássico e cair de rendimento nos outros jogos”, disse Cicinho, que garantiu ser pé quente em clássicos.

“Na minha carreira eu ganhei mais do que perdi. No São Paulo, por exemplo, passamos dois anos sem perder um clássico sequer. Também tive um bom retrospecto na Roma e nunca perdi para o Barcelona jogando pelo Real Madrid. Espero manter esse retrospecto apesar de saber que será um jogo muito difícil e complicado”, disse o camisa 12 do Leão.

Cicinho e Henrique chegaram motivados ao Rio

Enquanto uns vão, outros chegam. O lateral-direito Cicinho e o atacante Henrique chegaram motivados na concentração do Sport Club do Recife, no Rio de Janeiro.

“O momento é delicado, mas o campeonato ainda não terminou e nem está perto do fim. Vim para ajudar o grupo como sempre fiz”, disse o experiente Cicinho.

“A disputa está muito boa lá na frente. Espero ganhar a vaga e começar jogando esta partida que pode ser nossa volta ao caminho das vitórias”, disse Henrique.

 

Cicinho e Henrique viajam para o Rio

O Sport poderá ter duas novidades para o jogo do próximo sábado, contra o Fluminense, em Volta Redonda. O lateral-direito Cicinho e o atacante Henrique, que não fizeram parte da delegação para o jogo contra o Botafogo, já estão se encaminhando para o Rio de Janeiro, onde se apresentam ao técnico interino Gustavo Bueno e podem ser utilizados já no sábado.

Cicinho e Henrique treinaram normalmente na manhã desta quinta-feira na Ilha do Retiro. A movimentação teve o acompanhamento dos preparadores físicos Edvaldo Tacão e Guilherme Ferreira e do fisiologista Inaldo Freire.

Moacir volta à lateral do Sport contra o São Paulo

Tentando melhorar a postura defensiva do Sport, o técnico Vágner Mancini decidiu promover a volta de Moacir à lateral direita, para a partida contra o São Paulo, neste domingo, às 16h, no Morumbi. Apesar de não confirmar os titulares, o treinador revelou que, por questões táticas, Cicinho iniciará o duelo no banco de reservas.

Com relação ao restante do time, Mancini ainda não definiu como irá compor seu meio-campo. Ainda sem condições de atuar os 90 minutos, Hugo foi o destaque do treinamento desta sexta-feira, mas deverá ficar como opção no banco. Com isso, Willians deverá ser o titular. Mesmo assim, o treinador preferiu não divulgar os escolhidos.

Mesmo com o mistério montado pelo treinador, o Sport deverá manter a escalação que treinou durante toda a manhã. Com isso, o Leão entrará em campo com: Magrão; Moacir, Diego Ivo, Aílson e Reinaldo; Tobi, Rithely, Marquinhos Gabriel, Willian e Felipe Azevedo; Gilberto.

Cicinho na expectativa para ser titular e ainda pretende jogar a partida completa

Cotado para assumir a lateral direita do Sport neste domingo contra a Portuguesa, às 18h30m, na Ilha do Retiro, Cicinho acredita que não terá problemas de adaptação ao time caso seja escolhido por Vágner Mancini. O jogador ainda não sabe quanto tempo jogaria, por que isso depende de como a partida se encaminhar. Caso a partida seja muito puxada, a situação complica um pouco, porém se for um jogo onde possa cadenciar um pouco mais, certamente ele poderá atuar os 90 minutos.

Cicinho elogiou o trabalho do concorrente Moacir. Para o lateral, a disputa pela posição não possui favorito. Mas independentemente de quem jogue, certamente o Sport está bem servido, pois tanto ele como Moacir estão bem. Forte no apoio, o atleta descartou qualquer tipo de esquema especial para conter suas investidas no ataque.

Cicinho estreia pelo Sport

Bastaram 15 minutos para o lateral-direito Cicinho cair nas graças dos torcedores do Sport. Apesar da falta de ritmo de jogo, o atleta conseguiu construir algumas jogadas e, por pouco, não fez o gol da vitória leonina. Feliz pela atuação, o jogador classificou como positiva a participação no empate por 1 a 1, com o Corinthians, no último domingo.

Mesmo afirmando que não teve muito tempo para desenvolver seu futebol, Cicinho mostrou muita satisfação por ter feito sua estreia com a camisa rubro-negra.

Cicinho fez questão de manter a humildade quando foi questionado sobre a titularidade. Mesmo se colocando à disposição para a próxima partida, contra a Portuguesa, no próximo domingo, o lateral deixou a escolha para o treinador. Ele acredita que em mais uma semana de trabalho já estará 100%, mas que terá que treinar firme e mostrar as condições dele para a comissão técnica.

Cicinho deve estrear contra o Corinthians

O técnico Vágner Mancini terá mais um reforço para a partida contra o Corinthians, no próximo domingo, na Ilha do Retiro. Segundo o supervisor de futebol do clube, Edmílson Santos, o lateral-direito Cicinho terá seu nome publicado no Boletim Informativo Diário (BID) até a próxima sexta-feira.

Já no caso do meio-campo Felipe Menezes, contratado por empréstimo junto ao Benfica-POR, a situação é um pouco mais complicada. De acordo com Edmílson, o atleta só deverá ter condições de atuar na partida contra a Portuguesa, no próximo dia 15.

Lateral Moacir pode voltar contra o Coritiba

Nesta quarta-feira Moacir voltou a trabalhar com bola, após passar 20 dias em tratamento, por causa de uma lesão no púbis. O jogador, que ficou de fora das três últimas derrotas, se disse ansioso para poder retornar.

Com a chegada de Cicinho, Moacir garante que não teme a concorrência por uma vaga na lateral direita. O jogador ainda lembrou que Cicinho pode ser deslocado para o meio de campo, posição na qual o Sport não tem nenhum atleta de origem.

Cicinho diz que não dará nova cara ao Sport e pede tempo para adaptação

Contratado na última quinta-feira pelo Sport para a disputa do Campeonato Brasileiro, Cicinho, lateral campeão da Libertadores e Mundial com o São Paulo, tratou de diminuir as expectativas sobre sua chegada ao clube e disse que não irá dar uma nova cara ao time de Vágner Mancini. O jogador está sem treinar com bola há um mês, desde que deixou a Itália e, por isso, acredita que ainda precisa readquirir ritmo de jogo e preferiu não colocar data para sua estreia pelo clube pernambucano.
Mesmo vendo o clube na 16ª colocação do Brasileirão, com cinco pontos conquistados, Cicinho mostrou-se otimista com o futuro do time na competição e disse que vê possibilidades do time brigar por uma vaga na Libertadores.

Apresentação de Cicinho ocorre hoje às 15h

O lateral-direito Cicinho, novo reforço do Sport para a Série A do Campeonato Brasileiro, já esteve na Ilha do Retiro na tarde desta quinta-feira realizando exames médicos e assinou o contrato de um ano com o clube. Assim, a apresentação oficial do jogador na Sala de Imprensa Haroldo Praça Guimarães está marcada para às 15h desta sexta-feira.

Depois da apresentação, Cicinho viajará para Ribeirão Preto, sua cidade natal, para finalizar assuntos particulares que ficaram pendentes antes da chegada no Recife. A reapresentação de Cicinho ao técnico Vágner Mancini está marcada para a terça-feira.

Lateral Cicinho assina contrato de um ano com o Sport

De forma oficial a diretoria do Sport acaba de anunciar mais uma contratação para a disputa da Série A do Campeonato Brasileiro. Trata-se do experiente lateral-direito Cicinho, de 31 anos e que já teve boas passagens por São Paulo, Real Madrid e Roma. Além disso, ele jogou ainda pela seleção brasileira nos anos de 2005 e 2006.

Cicinho, que estava jogando pela Roma-ITA na última temporada, assina um contrato de um ano com o Sport e já se encontra no Recife. A apresentação oficial do jogador será marcada posteriormente.

Dados do jogador
Nome completo: Cícero João de Cézare
Data de nascimento: 24 de junho de 1980
Naturalidade: Pradópolis-SP
Clubes: Botafogo-SP, Atlético-MG, Botafogo, São Paulo, Real Madrid, Roma e Villareal.