Caruaru-PE: Comissão de Ética e Decoro Parlamentar se reuniu para ouvir Louro do Juá

Depois dos vereadores Sivaldo Oliveira (PP) e Cecílio Pedro (PTB), a Comissão de Ética e Decoro Parlamentar da Câmara Municipal de Caruaru se reuniu, na manhã desta quinta-feira (24), para ouvir o vereador Louro do Juá (SDD). Louro foi um dos dez vereadores afastados pela Justiça, em dezembro, por causa da Operação Ponto Final.

Acompanhado dos advogados Marcelo e Marcílio Cumaru e Saulo Amazonas, Louro do Juá, que retornou ao cargo junto com Eduardo Cantarelli (SDD), Sivaldo Oliveira, Cecílio Pedro e Jajá (sem partido) na última terça-feira (22), protestou inocência e disse que seu afastamento – e dos outros vereadores – foi fruto de uma manobra política por parte do Executivo. “Foi um crime e uma armação devido à uma CGU que roubava da Casa e que, no dia 19, nós íamos trabalhar contra ela de mangas arregaçadas, foi aí que o medo apareceu. E é justamente quando nós aqui, nessa Casa, enfrentamos o requerimento constitucionalmente com a assinatura de oito vereadores, houve uma preocupação por parte do Executivo e quiseram interferir em cima da nossa fiscalização”, acusou o parlamentar.

O relator da Comissão de Ética, vereador Marcelo Gomes (PSB), disse que o cronograma dos trabalhos está ocorrendo dentro do prazo idealizado. “Com o decorrer de cada ouvida, as coisas vão caminhando mais rápido, até porque há o entendimento da bancada de advogados e da Comissão e a gente vai encaminhando com um prazo menor do que foi a primeira ouvida”.

O próximo a prestar seu depoimento será o vereador Neto, do PMN. A ouvida está marcada para esta sexta-feira (25), às 9h.

A Comissão de Ética e Decoro Parlamentar da Câmara Municipal de Caruaru é presidida pelo vereador Ricardo Liberato (PSC) e formada pelos vereadores Marcelo Gomes, Rozael do Divinópolis (do PROS, eleito secretário), Demóstenes Veras (PROS) e José Ailton (PDT). Ela foi instaurada no dia 14 de fevereiro, seguindo recomendação do Ministério Público, para analisar se houve quebra de decoro dos vereadores Louro do Juá (SDD), Eduardo Cantarelli (SDD), Sivaldo Oliveira (PP), Cecílio Pedro (PTB), Jajá (sem partido), Jadiel Nascimento (PROS), Val das Rendeiras (PROS), Neto (PMN), Evandro Silva (PMDB) e Val de Cachoeira Seca (DEM), investigados pela Operação Ponto Final da Polícia Civil.

Foto da Internet

Foto da Internet

TV Replay, o que é bom se repete!

Caruaru-PE: Vereadores afastados irão reassumir funções na Câmara

Foi deferido pelo Desembargador Fausto Campos o pedido liminar do mandado de segurança impetrado pelos vereadores investigados pela Operação Ponto Final. Na decisão, ficou determinado o retorno imediato dos dez vereadores as funções legislativas na Câmara de Caruaru. O Tribunal de Justiça já vai enviar o ofício ao presidente da Casa, Leonardo Chaves (PSD), para que a decisão seja cumprida.

Voltam as funções os vereadores Val (DEM), Val das Rendeiras (PROS), Jadiel Nascimento (PROS), Louro do Juá (SDD), Eduardo Cantarelli (SDD), Jajá (PPS), Sivaldo Oliveira (PP), Cecílio Pedro (PTB), Neto (PMN) e Evandro Silva (PMDB). Dentro de instantes mais detalhes sobre a decisão do Desembargador.

1

Fonte: http://blogdomarioflavio.com.br/vs1/

TV Replay, o que é bom se repete!

Caruaru-PE: Alecrim assume como vereador na vaga de Cecílio Pedro

DSC00119

O suplente do vereador Cecílio Pedro (PTB), Alecrim (PSD), tomou posse na Câmara Municipal de Caruaru na manhã desta ultima quinta-feira (02). Ele ainda não tinha assumido o cargo na cerimônia de posse oficial, na quinta-feira (19), por estar se recuperando de uma cirurgia.

Manoel Antônio de Oliveira Alecrim obteve 3.284 votos na eleição de 2012 e estava na coligação Frente Popular de Caruaru. Este é o seu quinto mandato.

TV Replay, o que é bom se repete!

Fonte: Guanabara Comunicação/AscomCâmara

Caruaru-PE: Juiz decide suspender por 180 dias atividades dos vereadores de Caruaru. Defesa vai recorrer

O juiz José Fernando Santos de Souza, da Vara da Fazenda Pública de Caruaru, no Agreste de Pernambuco, determinou por 180 dias a suspensão das atividades dos vereadores Jadiel Nascimento (PROS), Sivaldo Oliveira (PP), Val das Rendeiras (PROS), Cecílio Pedro (PTB), Val (DEM), Louro do Juá (DEM), Eduardo Cantarelli (PS), Neto (PMN), Evandro Silva (PMDB) e Jajá (PPS), presos na última quarta-feira (18), durante a operação “Ponto Final” da Polícia Civil.

A informação foi confirmada pela assessoria da Comarca de Caruaru. Segundo o assessor, Bruno Chagas, a decisão já está valendo. “Eles ainda podem recorrer da decisão, mas enquanto não fazem isso, fica valendo o que foi determinado pelo juiz. Até mesmo se eles chegarem a recorrer pode ser que a determinação não seja modificada”. A assessoria não soube informar quando a determinação saiu, nem se os parlamentares receberão alguma remuneração durante a suspensão.

Em conversa com os advogados dos primeiros vereadores que deixaram a prisão, eles disseram que os edis devem recorrer ainda semana para reassumir o cargo.

sivaldo

TV Replay, o que é bom se repete!

Fonte: http://g1.globo.com/pe/caruaru-regiao/noticia/2013/12/juiz-decide-suspender-por-180-dias-atividades-dos-vereadores-presos.html