Garanhuns-PE: Câmara Municipal irá convocar primeiros aprovados em Concurso Público

O Presidente da Câmara Municipal de Garanhuns, vereador Audálio Ramos Machado Filho (PSDC), no uso de suas atribuições, convocou onze candidatos aprovados e classificados no Concurso Público para a Casa Legislativa, realizado no mês de abril pelo IAUPE – Instituto de Apoio à Universidade de Pernambuco. A convocação se deu através da Portaria nº 028/2014, de 18 de junho de 2014, cuja relação se encontra no site institucional da Câmara.

Foram convocados classificados para os cargos de Analista Legislativo, Técnico de Informática, Agente Legislativo, Técnico Legislativo, Agente Patrimonial Legislativo, Copeira, Auxiliar Administrativo,    Auxiliar de Serviços Gerais, Telefonista e Recepcionista.

“Ficamos felizes em poder realizar este concurso, o primeiro da história do Poder Legislativo de Garanhuns. Esta convocação inicia uma nova etapa, mas todo o processo foi começou no planejamento no ano passado. Esta legislatura, com sua mesa diretora e demais vereadores, respondem positivamente aos anseios da sociedade” – Afirma Audálio Ramos Filho.

Os convocados devem se apresentar no departamento de Recursos Humanos da Câmara, munidos da documentação prevista no Edital. O Concurso Público da Câmara de Garanhuns tem validade de dois anos.

“Com esta convocação, coroamos todo um processo interno administrativo, de nossa comissão especial, e a excelente participação do IAUPE, que ofereceu ao nosso certame a credibilidade esperada por todos.” – Finaliza o presidente do legislativo.

unnamed

TV Replay, o que é bom se repete!

Caruaru-PE: Gilberto de Dora consegue derrubar Projeto de Lei da Destra

maxresdefault

Em um acordo com o Poder Executivo, o Vereador Gilberto de Dora (PSB) conseguiu retirar da pauta um Projeto de Lei que desagradava aos agentes da Destra. O texto autorizava o Presidente da autarquia a definir por quanto tempo um servidor permaneceria no cargo de inspetor. Dessa forma a função poderia ser ocupada pela mesma pessoa por período indeterminado.

 No mesmo acordo, feito por intermédio de Gilberto de Dora, o Poder Executivo se comprometeu a analisar a possibilidade da criação do Plano de Cargos e Carreira da categoria. “A prefeitura foi sensível ao atender o nosso pedido. A ideia de criar um PCC alegra e muito os agentes. Já em relação ao Projeto de Lei que que foi retirado, espero que ele nunca mais volte para esta casa legislativa” afirma Gilberto de Dora.

Fonte: Assessoria de Imprensa