Agrestina-PE: Campeonato de Jiu-Jitsu “Desafio de Gigantes” é sediado no município

A cidade de Agrestina-PE realizou neste final de semana, o Desafio de Gigantes – Campeonato de Jiu-Jitsu e Submission. O evento foi promovido pela Prefeitura Municipal, através da Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social.

20151108_115018

O evento aconteceu nos dias 07 e 08 e recebeu mais de 400 atletas, vindos de 30 cidades – algumas de Pernambuco e outros de Estados como: Ceara, Paraíba, Alagoas, São Paulo e Rio de Janeiro.

Desafio 03

20151108_113656

O Campeonato foi realizado na Quadra Joelson de Souza Mendes, iniciando-se às 9h. Olhos curiosos de jovens e adultos acompanharam os dois dias de combate, onde se apresentaram profissionais de 38 academias. As lutas foram segmentadas por gênero, idade, graduação e peso.

20151108_111154

20151108_111116

O organizador Danilo de Oliveira, diz que o evento por ser o primeiro foi mais do que o esperado.

CLIQUE E ESCUTE AS PALAVRAS DO ORGANIZADOR DO EVENTO, DANILO OLIVEIRA:

20151108_114854

20151108_113732

Os vencedores de cada categoria foram premiados com medalhas; os das categorias Juvenil e Adulto Absoluto receberam também uma premiação em dinheiro e o Campeão Absoluto do torneio recebeu ainda um cinturão.

20151108_113622

Desafio 05

A coordenadora Joana D’Arc Garipovy, contou também com a participação de jovens de Agrestina que participam das aulas gratuitas de jiu-jitsu oferecidas pela Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social. Cerca de 78 jovens participam regularmente das aulas, que ajudam a promover a inclusão social através do esporte.

Desafio 04

Aproximadamente 24 jovens agrestinenses participaram do evento e 22 deles garantiram medalhas de 1ª lugar.

20151108_115345

O Prefeito Thiago Nunes, o Secretário de Assistência Social, Marciano Filho, e o Secretário de Cultura, Turismo e Juventude, Josenildo Santos, foram conferir de perto o evento. O secretário Marciano Filho, falou com a nossa reportagem.

CLIQUE E ESCUTE AS PALAVRAS DO SECRETÁRIO MARCIANO FILHO:

20151108_112041

Desafio 06

20151108_111135

20151108_110627

20151108_115433

Nova Replay, o que é bom se repete!

Agrestina-PE: Shows de manobras e recorde no público marcaram o 7º Motocross do Campeonato Pernambucano na cidade

Na manhã deste domingo (13), a cidade de Agrestina sediou o 7º motocross, sendo a 4ª etapa do campeonato pernambucano. Evento este que encerrou a programação dos 87 anos de emancipação política do município.

motocross 05 pista

No sábado (12) foi realizado um treino preparatório e quem esteve presente pode constatar que o evento do Domingo iria reservar uma mistura de adrenalina, beleza em manobras e muita competitividade.

motocross 03

O evento teve início por volta das 08h do Domingo (13), na fazenda Amapá, perímetro urbano da cidade. O público foi uma atração à parte e quem compareceu fez questão de vibrar e principalmente entrar no clima da competição.

SAM_0959

Logo após algumas voltas na pista para reconhecimento, antes da largada oficial, o jovem piloto Tallys Nathan de 14 anos falou das condições da pista e da confiança de estar no lugar mais alto do pódio.

CLIQUE E ESCUTE AS PALAVRAS DO COMPETIDOR TALLYS NATHAN:

SAM_0902

Athalo Brito de apenas 11 anos, uma grande promessa no motocross, diz que vem com tudo para esta competição, já que no ano passado não se saiu muito bem.

CLIQUE E ESCUTE AS PALAVRAS DO ÍCONE DO MOTOCROSS ATHALO BRITO:

SAM_0906

O piloto Athalo Brito, foi campeão na categoria oficial 65CC, mantendo o índice e ainda mais confiante para a próxima etapa.

SAM_1007

Ultrapassagens maravilhosas, pilotos perdendo o controle da moto e muita poeira levantada; assim foi o 7º motocross de Agrestina.

SAM_0897

Evandro Filho, natural da cidade de Santa Cruz do Capibaribe-PE e atualmente morando na capital Recife, se intitula um verdadeiro fanático pela modalidade e avalia o campeonato no Nordeste e principalmente a ascensão dos pilotos.

CLIQUE E ESCUTE AS PALAVRAS DO JOVEM EVANDRO:

SAM_0899

Há apenas 5 meses no Brasil, o piloto Holandês Jeffrey Bruns, mostra desenvoltura com o nosso idioma e fala da expectativa para a competição.

CLIQUE E ESCUTE O DEPOIMENTO DO COMPETIDOR JEFFREY BRUNS:

SAM_0914

O pai de Jeffrey, o Sr. Roberto Bruns, morando há 9 meses em nosso país, se enche de orgulho ao falar do seu filho e faz comparação das pistas e do clima.

CLIQUE E ESCUTE AS PALAVRAS DO SR. ROBERTO BRUNS:

SAM_0916

As mulheres também arrasaram nas pistas e quem levou a melhor, alcançando o primeiro lugar foi Laninha Lopes, na categoria MX feminina.

CLIQUE E ESCUTE AS PALAVRAS DA CAMPEÃ LANINHA LOPES:

SAM_0934

SAM_0939

Albertino Lopes, pai da campeã Laninha, expressa toda felicidade pelo momento que a filha está vivenciando e parabeniza a organização.

CLIQUE E ESCUTE O DEPOIMENTO DO SR. ALBERTINO LOPES:

SAM_0938

Na categoria 125 a 200CC, quem levou o troféu do 7º motocross foi o piloto Léo Bala.

CLIQUE E ESCUTE AS PALAVRAS DO VENCEDOR DESSA CATEGORIA:

SAM_0944

SAM_0945

O piloto Israel Feitosa, da cidade de Santa Cruz do Capibaribe, patrocinado pelo prefeito Thiago Nunes, subiu no pódio como 1º colocado duas vezes nas categorias: Open Nacional e Especial MX3.

CLIQUE E ESCUTE AS PALAVRAS DO JOVEM ISRAEL FEITOSA:

SAM_0951

SAM_0955

A Prefeitura de Agrestina apoia o Campeonato de Motocross, que foi realizado na cidade como parte da programação dos 87 anos de emancipação política. O prefeito Thiago Nunes fala com a nossa reportagem da satisfação de estar sediando um evento deste porte e principalmente por estar contribuindo com a geração de renda beneficiando os munícipes.

CLIQUE E ESCUTE AS PALAVRAS DO PREFEITO THIAGO NUNES:

SAM_0926

O evento contou com a presença de autoridades, como empresários de vários setores locais e visitantes, secretários, vereadores e políticos de outros municípios. Na ocasião, o secretário de Obras e Urbanismo Saulo Batista, que ficou à frente do evento, parabenizou a cidade pelos 87 anos e especial o prefeito Thiago Nunes pelo apoio.

CLIQUE E ESCUTE O DEPOIMENTO DO SECRETÁRIO SAULO BATISTA:

O locutor e organizador das etapas do motocross Pernambucano, o Titacross, fez um balanço da competição e reforça o convite para as datas posteriores e as respectivas cidades que irão sediar o evento.

CLIQUE E ESCUTE AS PALAVRAS DO LOCUTOR DO EVENTO, O TITACROSS:

SAM_0882

O evento é uma realização das Secretarias de Educação e Esportes; Cultura, Turismo e Juventude de Agrestina, com apoio da Secretaria de Esportes e Lazer de Pernambuco, Empetur e Associação dos Secretários e Dirigentes de Turismo de Pernambuco (Astur-PE).

motocross 02 feminina

TV REPLAY, O QUE É BOM SE REPETE!

Pernambucano 2014: Central goleia o Porto e entra no G4

Vitória por 5 a 0 sobre o Gavião deixou a patativa com 12 pontos, dependendo das próprias forças para avançar ás semifinais do Campeonato Pernambucano 2014

Porto-PE e Central duelaram pela última vez no Campeonato Pernambucano de 2014. No confronto válido pela 9ª rodada do hexagonal do título, a Patativa venceu o rival de goleada, no Estádio Lacerdão, por 4 a 0. Com o resultado a equipe centralina conseguiu voltar à zona de classificação ocupando a 4ª colocação, com 12 pontos conquistados.

O Gavião do Agreste continua sem vencer um Clássico Matuto há três anos. No Pernambucano 2014, o tricolor caruaruense obteve três derrotas e um empate contra o time alvinegro. Nesta segunda fase o time sofreu duas derrotas.

26-03-2014.Still001

O Central encara pela última rodada a equipe do Santa Cruz, no Estádio Lacerdão, às 16h. O time alvinegro depende apenas das próprias forças e só precisa de uma vitória contra a Cobra Coral para se garantir nas semifinais da competição. O já eliminado Porto-PE enfrenta o Salgueiro pela última rodada do hexagonal, no Estádio Otávio Limeira Alves, às 16h do próximo domingo.

Vitória garantida pelo Central no primeiro tempo.

Bastou a bola rolar no Estádio Lacerdão para a Patativa tomar a iniciativa de abrir o placar. Depois de duas tentativas do time da casa, veio o prêmio aos 24 minutos em uma cobrança de falta perfeita de Danilo Pires. A bola passou por cima da barreira e foi morrer no fundo das redes.

O Gavião do Agreste sentiu o golpe e o alvinegro aproveitou as oportunidades que foram criadas. Aos 27 minutos o goleiro do Porto-PE, Tiago Régis, cortou mal a bola que ficou de graça para os centralinos. Erivelton recebeu depois da confusão e mandou no alto, sem chances de defesa. Central 2 a 0.

E quem pensou que a equipe centralina iria começar apenas a tocar bola para passar o tempo, se enganou. O time da casa foi pra cima e marcou o terceiro gol. Danilo Lins recebeu um belo cruzamento e só cumprimentou a bola para as redes. Fazendo 3 a 0 para o Central.

2ª tempo

Na volta para a segunda etapa, o time centralino manteve o ritmo forte e chegou logo ao quarto gol. Aos 19 minutos depois de uma boa troca de passes, a bola parou no pé de Jailton que estufou as redes. Danilo Lins ainda marcou o quinto gol. Em uma boa cobrança de pênalti, bola num canto goleiro no outro. Aí sim, o time alvinegro começou a tocar bola e administrar o resultado. Placar final: Porto-PE 0, Central 5.

Pernambucano 2014: Central vence o Salgueiro por 1 x 0 e segue vivo na competição

Patativa derrota Carcará no Estádio Lacerdão com gol do meia Danilo Pires e fica a dois pontos de entrar no G4; time sertanejo permanece na quarta posição

Era pra ser um jogo emocionante, digno de final de campeonato. Era pra ser um jogo decisivo, que definiria os rumos de Central e Salgueiro no Campeonato Pernambucano. Era pra ser um jogo com várias chances dos dois lados e muito trabalho para os goleiros. E foi. Todos os ingredientes de uma partida que vale uma vaga nas semifinais do estadual estavam presentes. Com toda pressão do Estádio Lacerdão, quem se deu melhor foi o Central. A Patativa venceu por 1 a 0, com gol de Danilo Pires, e consegue permanecer vivo na luta por uma vaga no G4.

23-03-14.Still001

O resultado deixou o time alvinegro na quinta posição, agora com nove pontos. O Carcará permanece na quarta posição, com 11 pontos. Apenas dois pontos separam as duas equipes, o que deve esquentar a próxima rodada.

O próximo compromisso do Central é na próxima quarta-feira. A Patativa tem o Clássico Matuto contra o Porto-PE, no Lacerdão, às 22h. Já o Salgueiro recebe o Náutico no Estádio Cornélio de Barros, às 20h.

Central pressionando e Salgueiro no contra-ataque

O primeiro tempo começou com todo gás. Só foi o árbitro Sebastião Rufino Filho apitar o início do jogo que as duas equipes começaram a atacar. Passado o ímpeto inicial, ficaram claras as propostas de Humberto Santos e Cícero Monteiro. Central no ataque e Salgueiro esperando os erros do alvinegro. Aos 10 minutos, Deysinho começou a desenhar o que seria o resultado da pressão da Patativa: gols perdidos. Sozinho, o atacante recebeu o cruzamento na área, mas cabeceou fraco.

Na bola parada veio a primeira grande chance do Carcará. Anderson Paraíba bateu uma falta nas proximidades da meia lua e mandou no ângulo do goleiro Juninho, que se esticou todo e tirou a bola com as pontas dos dedos.

Mais rápido e com mais posse de bola, o Central não conseguiu traduzir o domínio em gols. Na verdade, quem mais assustou foi o time sertanejo. Anderson Paraíba e Fabrício Ceará desperdiçaram oportunidades de abrir o placar. Fabrício, inclusive, perdeu um gol com a barra aberta.

Gol da Patativa e Carcará não consegue reagir

Se no início da primeira etapa as ações foram rápidas, na segunda foram mais ainda. No primeiro lance, Anderson Paraíba tocou mal para Moreilândia. O volante não conseguiu chegar, perdeu o tempo da bola, mas não desperdiçou a viagem. Esticou a perna e acertou o meia Luiz Fernando. Como já tinha um cartão amarelo, recebeu o segundo e foi expulso da partida.

Com um atleta a mais, o Central não demorou para aproveitar a superioridade numérica. Aos nove minutos, a equipe alvinegra trabalhou uma grande jogada iniciada por Jean Batista. O lateral lançou Jaílton, que cruzou e achou Danilo Pires. Danilo só precisou escorar de cabeça, no cantinho do goleiro Luciano. Central 1 a 0.

Depois do gol, o Salgueiro ensaiou uma reação, mas não conseguiu pressionar por muito tempo. No restante do segundo tempo, quem mandou na partida foi o Central. O goleiro Luciano salvou o Carcará de sofrer o segundo em várias oportunidades e a Patativa pode comemorar a possibilidade de entrar no G4 já na próxima rodada.

Fonte: Matéria escrita (glogoesporte.com/pe)

Pernambucano 2014: Central vence a 5ª consecutiva e segue firme na vice liderança

Jogo válido pela 10ª Rodada do Campeonato Pernambucano 2014. Lacerdão – Caruaru/PE

1º Tempo

0min – Começa o jogo. É o Central na briga por uma vaga na Série D, do Campeonato Brasileiro.

2min – Chute de Jean Batista, a bola vai por cima do gol

4min – Central tenta ir pra cima no começo do jogo

5min – Tem gol no Sertão, América 1 x 0 Serra Talhada.

7min – Bola na área do Porto, Wanderley cabeceia pra fora.

13min – Primeiro chute de perigo do Porto

16min – Falta na intermediaria para o Porto. Vem bola na área do Central

20min – Jogo paralizado após Tales se chocar com o goleiro do Porto em mais uma tentativa de ataque da Patativa

21min – Falta para o Central. Mais uma chance da Patativa mandar a bola para área do Porto

23mim – Cobrança de falta, cabeceio com perigo pro gol do Porto, mas a arbitragem marca impedimento
Serra Talhada empata com com América, 1 x 1.

25min – Contra-ataque do Central, Wanderley chuta por cima do gol

29min – O Porto tenta reagir mais chega muito fraco ao ataque

31min – O Gavião do Agreste tenta chegar mais a zaga do Central está atenta.

35min – O Porto chega com muito perigo dentro da área, zaga atenta do Central

36min – Evandro faz fila na zaga do Central, mas na finalização chuta fraquinha pra fora.

37min – GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOLLLLLLLLLLLLLL do CENTRAL……Tales.

40min – Falta na intermediaria para o Central. La vem bola na área

41min – Diego Gois chuta uma booomba com perigo de gol.

43min – Porto tenta se superar do gol, mas não consegue acertar nas finalizações,
Salgueiro 1 x 0 Ypiranga

44min – No contra-ataque do Central, Tales chuta muito longe do gol

45min – O árbitro dá 1 minuto de acréscimo.

46min – Fim do Primeiro tempo. Central 1 x 0 Porto.
Na sequência o comentário de Edvaldo Magalhães.

INTERVALO

2º Tempo

0min – Começa a 2ª etapa do clássico do agreste.

3min – O Porto tem sua primeira chance de marcam numa cobrança de falta. Danilo Pires recebe cartão Amarelo

4min – Bola na área do Central, Kiros cai e a torcida pede pênalti, o arbitro manda seguir

Vitória 1 x 0 Chã Grande

8min – Agora é a vez do Central, bola na área Roger foi derrubado a torcida pediu pênalti o juiz mandou seguir.

9min- Central chega com perigo, e manda a bola na trave.

12min – Mesmo com o ataque perigoso do Central, o Porto parece estar com mais vontade neste 2º tempo

O Vitória vai vencendo e jogando o Porto para a 4ª colocação na tabela.

14min – O Central chegou mais uma vez, Adriano chutou forte no rebote, Wanderley estava impedido

18min – Roubada de bola de Wanderley no meio de campo, arrancada pela ponta direita, mas é parado pela zaga do Porto

21min – Jogo parado. Jonathan Goiano sofre divida e é atendido

23min – Jonathan Goiano é substituído com apenas 10 minutos jogado, entra Jailton.

28min – Escanteio para o Porto, o chute a gol sem muito perigo.
Serra Talhada 1 x 2 América

30min – Renda R$ 45.710,00 Público total no Lacerdão 7.596

32min – Central coloca bola área, passa por todo mundo, afasta a zaga do Porto.

36min – Falta dura de Evandro em cima de Jailton na ponta esquerda. Cartão Amarelo pra ele

37min – Escanteio Tales, o goleiro salva o gol.

38min – Bela jogada do Central, Jailton manda a bola na trave, no rebote Diego Gois manda pra fora

45min – Cobrança de falta para o Porto, bola na área, falta no goleiro do Central, e tem confusão.

O árbitro dá 4 minutos de acréscimo

48min – Cruzamento da esquerda na área do Central, bola pra fora.

Final de jogo, o Central vence o clássico do agreste. É a melhor campanha do Central no Campeonato Pernambucano dos últimos tempos.

Pernambucano 2014 – No clássico da sulanca o Central vence o Ypiranga por 2 x 0

Jogo valendo pela 9ª Rodada do Campeonato Pernambucano 2014.

Abaixo lance a lance de como foi o jogo.

1º Tempo

0min – Começa o jogo.

2min – Primeira falta para o Ypiranga, sem perigo para o goleiro André.

4min – Jogo truncado e de muitas faltas.

6min – Escanteio para o Central. Bola na área, sem muito perigo.

7min – Falta na entrada da área para o Central cobrar

8min – Cobrança de falta, a bola vai para fora.

11min – Bola cruzada, Lucio de cabeça, coloca para fora.

14min – Boa chance para Ypiranga. Thiaguinho chuta para fora.

18min- Zagueiro Lucio, do Central, tenta de longe

19min – Central chega com perigo e quase marca, o Ypiranga revidou

21min – Bola na área do Ypiranga, o Central por pouco não marcou.

25min – Cruzamento para o Central, Tales de primeira chuta pra fora.

29min – Cartão Amarelo para Wilker, do Ypiranga

35min – Central coloca pressão e chega com perigo.

37min – Falta para o Central; veio uma bomba e Adson fez bela defesa

40min – Mais um cartão Amarelo para o Ypiranga, Tauã

44min – Cartão Amarelo para Dedimar, por falta em Wanderley, e Romero leva Cartão Amarelo por reclamação.

45min – O juiz acaba o primeiro tempo, sem acréscimos.

INTERVALO
Comentário de Edvaldo Magalhães

2º Tempo

0min – Começa o segundo tempo, Central 0 x 0 Ypiranga

5min – Ypiranga tenta colocar pressão para cima do Central

6min – GOOOOOOOOOOOOOOOOOLLLLL Gol contra para o Central; a Patativa abre o placar depois de cobrança de falta.

7min – GOOOOOOOOOOOOOLLLLL depois de boa troca de passes, Tales amplia 2 x 0.

11min – Central quase marca mais um.

14min – Ypiranga assustou o goleiro André com bola cruzada

22min – Central pressiona o campo de ataque, e dificulta a saída de bola do Ypiranga

23min – Central tenta chegar pelas laterais, mas sempre para nas mãos do goleiro Adson

27min – Primeiro cartão amarelo para o Central, Adriano

29min – A torcida do Central começa a gritar OLÉ no toque de bola da Patativa

31min – Wanderley perdeu grande oportunidade para Central

33min – Chute forte, quase o Central marca

39min – Cartão amarelo para o goleiro do Central, André, por atrasar a partida.

41min – Falta perigosa na entrada da área para o Ypiranga.

42min – Cobrança de falta muito perigosa, o goleiro André apenas acompanha.

45min – o árbitro da partida dá 3 minutos de acréscimo

47min – No fim de jogo, falta muito perigosa para o Central

48min – Falta cobrada, bate na barreira e vai para escanteio; mas antes da cobrança o árbitro encerra a partida.
Final Central 2 x 0 Ypiranga.

Na classificação, o Salgueiro continua em primeiro com 19 pontos, e o Central segue em segundo com 17 pontos, porém o Salgueiro joga nesta segunda (06) contra o América.

Caruaru-PE: Veja os gols da vitória do Central por 3 x 1 contra o América

Com vitória, a Patativa subiu para a segunda posição com 11 pontos

O Central conseguiu bater o América, por 3 x 1, no Estádio Lacerdão, na noite desta quinta-feira (26). Em partida válida pela 6ª rodada do Campeonato Pernambucano, a Patativa alcançou a vice-liderança da competição com 11 pontos. O Central folga na próxima rodada. O Mequinha, com o resultado negativo, amargou a terceira derrota do Pernambucano e perdeu uma posição, ficando na 7ª colocação com apenas 4 pontos conquistados. O próximo adversário do América será o Porto-PE, no Estádio dos Aflitos, no próximo domingo (29).

O jogo

Aos 14 minutos o Central teve a primeira grande oportunidade, o Atacante Wanderley chutou cruzado na área e a bola ficou no bate rebate, mas ninguém chegou para completar. A partida ficou bastante movimentada e a Patativa criou várias chances de gol. Nenhuma delas foi aproveitada pelo time da casa.

A oportunidade mais clara do time centralino foi com o lateral Jean Batista, que desperdiçou a oportunidade de abrir o placar de cabeça. E não teve jeito, o primeiro tempo terminou mesmo com Central e América no zero a zero.

Na volta para segunda etapa, o atacante Paulista perdeu um gol nos primeiros minutos de jogo. Mas foi aos 10 minutos que aconteceu o primeiro gol do Central, com Danilo Pires, que aproveitou o rebote para abrir o placar.

Quando os jogadores da Patativa ainda comemoravam o gol, o time do América saiu jogando rápido e, em menos de um minuto, Everaldo aproveitou a euforia dos donos da casa e empatou o jogo.

Aos 35 minutos o atacante Wanderley foi empurrado dentro da área e o árbitro assinalou pênalti. O W11 chamou a responsabilidade e marcou o segundo gol do alvinegro. O goleiro do Mequinha ainda tocou na bola, mas de nada adiantou.

Melhor em campo, a Patativa partiu pra cima. Foi aí que o atacante Danilo Lins fez um verdadeiro gol de placa. Ele tocou levemente por cima do goleiro, fazendo o terceiro gol da Patativa. Estava decretada a vitória: Central 3 a 1 América.

Texto/ Fonte: Globoesporte.com