Blog de Airton Sousa – Mais uma rodada sem o Sport vencer

                                                                      1355

Na noite desta segunda-feira (06), o Sport Clube do Recife virou mais uma rodada sem vencer. Foi mais um empate, desta feita contra o Bragantino, em Bragança Paulista. No primeiro tempo tivemos um jogo corrido, agudo e  até certo bom. No entanto a criatividade dos dois times pouco funcionou, e as defesas sempre sendo superiores.

Aos poucos o jogo foi mudando de ritmo principalmente no segundo tempo, com a expulsão do jogador Lazarone, por jogada violenta. O Sport passou a jogar atrás, facilitando a pressão do adversário e sem conseguir sair para o jogo, mesmo porque estava com uma peça a menos e o cansaço começava a ser um obstáculo maior.

Foi o segundo empate do Sport no campeonato, já que com o mesmo placar empatou contra o Oeste em Recife, o que tornou o prejuízo maior. São duas partidas sem conseguir uma vitória e agora enfrenta no próximo sábado a tarde (11), na ilha do Retiro o time do Figueirense, com a obrigação de vencer.

O placar de 1 x 1 no jogo não foi ruim para o Sport, o que complica é que na estreia o time também empatou, acumulando quatro pontos de déficit onde era para ter vencido em casa o Oeste e não conseguiu . O Próximo jogo leonino será neste sábado (11) a tarde,  contra o time do Figueirense.

Blog de Airton Sousa – Acabou o ano para Náutico e Santa Cruz – Sport entra na zona de rebaixamento

 Futebol_de_Pernambuco_Unido

Um fim de semana  onde tricolores, alvi rubros e rubros negros só choraram e não cansam de se lamentar. Náutico e Santa Cruz, com os resultados deram adeus a chance de voltarem a série B, enquanto que o Sport que vinha beirando há muito tempo a zona de rebaixamento, terminou mergulhando após perder para o Botafogo.

A lamentação começou no sábado à noite, onde o time rubro negro foi ao Rio de Janeiro e conseguiu outra vez levantar mais um adversário. O time fez um primeiro tempo razoável, porém as finalizações não tiveram o destino do gol adversário, terminando com o placar de 0 x 0.

Na segundo etapa de partida, repetiu-se os erros dos jogos anteriores e de novo o time amargou mais uma derrota, desta feita 2 x 0 para o Botafogo, e assim sendo entrou na zona de rebaixamento, mesmo porque alguns adversários que estavam próximos, conseguiram vencer e mergulhar o rubro negro pernambucano..

É a terceira derrota nesta segunda etapa do campeonato, aliando-se as outras do primeiro turno. A competição começa a afunilar, faltando dezessete rodadas das quais o time terá que vencer nove jogos, somar vinte sete pontos e chegar aos quarenta e sete, o que é uma missão até certo ponto complicada.

Domingo (02) na Ilha do Retiro, o Sport enfrentará ao Paraná lanterna da série A, cujo técnico é Claudinei Oliveira ex Sport, e que conhece todos os detalhes do time rubro negro, tornando a situação mais difícil ainda, podemos dizer que a cada jogo a situação do time  se complica mais.

Na tarde do domingo (26), outra vez mais dois desastres. O Santa Cruz que havia vencido no Arruda ao Operário do Paraná por 1 x 0, e que tomou no segundo tempo um sufoco, porém saiu do Arruda para jogar por um empate, ou até levar a partida para os pênaltis, caso perdesse por 1 x 0.

Eram relativamente difíceis as chances, pela limitação técnica do tricolor. No entanto havia um fio de esperança. No primeiro tempo até que o time se aguentou, mesmo com toda pressão do adversário. Porém no segundo tempo, os gols foram surgindo e o jogo terminou com o decepcionante placar de 3 x 0, classificando o time do Paraná.

Agora é vê como suportar 120 dias sem futebol, com as dívidas chegando e a obrigação de remontar um grupo para 2019. Além do mais, é preciso fôlego para enfrentar outra vez a série C, dentro de um calendário difícil, sem a mídia da televisão e sem as quotas que os times da série B têm direito.

No Náutico nada muda, é a mesma história, a mesma lamentação, o mesmo choro do Santa Cruz. Porque jogando em casa, depois de perder em Bragança Paulista por 3 x 1, o time entrou ansioso, tenso, apavorado e com pouca qualidade nas finalizações, contra um adversário qualificado e que vinha de uma vantagem  infinitamente maior que o time timbu, pelo fato da vitória do primeiro jogo.

Para completar, o Náutico tomou um gol ainda no primeiro tempo, o treinador na tentativa de tornar a equipe mais ofensiva, tirou um volante marcador e colocou um meia atacante, fortalecendo o ataque, porém fragilizando a marcação e o setor defensivo, até que  o time esboçou uma certa reação.

No segundo tempo perdendo por 1 x 0, o treinador apela para a colocação de Rafael Assis, depois Jobson, e continuou pressionando no desespero , Wallace Pernambucano desperdiça uma penalidade e posteriormente acontece o empate, sem contudo mudar a trajetória do jogo, nem do adversário.

Quanto ao Bragantino, garantiu a passagem para a série B em Bragança Paulista, quando com qualidade venceu por 3 x 1, entrando na Arena com a tranquilidade de um time que sabia perfeitamente o que fazer. O Náutico agora, terá que pensar na volta para os Aflitos, juntar os cacos e recomeçar nesses 120 dias o planejamento para 2019.

Estão classificadas três das quatro equipes do grupo B: Bragantino, Operário, Botafogo de Ribeirão Preto. Para esta noite a última partida para se conhecer o outro classificado. Atlético do Acre que perdeu no primeiro jogo para o Cuiabá por 2 x 0 atua em casa, tentando reverter a vantagem, o que não será nada fácil.

Blog de Airton Sousa – Sport sofre mais uma derrota

sa-01-rafael-melo-fotoarena-ae

Quando todos esperavam que a recuperação começasse a acontecer, eis que o Sport outra vez decepciona e perde mais uma. Desta feita para o América Mineiro, adversário que este ano o Sport se tornou freguês, porque no inicio do campeonato perdeu para o mesmo América por 3 x 0 em Minas Gerais, agora na Ilha voltou a perder  por 2 x 0.

O torcedor compareceu em grande número, levando-se em consideração a promoção no preço do ingresso feito pela diretoria do clube, e todos esperavam que desta feita a recuperação tivesse inicio. Nada feito, o Sport voltou a perder, e só não entrou na zona de rebaixamento, porque os resultados dos adversários ajudaram.

O técnico Eduardo Batista, mesmo insistindo com alguns jogadores a exemplo dos dois homens responsáveis pelo miolo de zaga entre outros, fez algumas modificações táticas, no entanto o projeto não deu certo, o time teve apenas uma chance de perigo no primeiro tempo com Brocador, e o restante chances que não mereceram registro.

Quanto ao adversário no primeiro tempo, administrou o empate que lhe interessava, pelo fato de jogar fora de casa. Outra vez, aos dois minutos do tempo complementar o Sport sofre o gol, repetindo o mesmo erro do inicio do jogo contra o Santos. A partir daí, o time se desarrumou mais ainda e tomou o segundo gol perto dos 23 minutos.

A derrota de 2 x 0 trouxe cada vez mais pessimismo para os rubro-negros, e agora é esperar o que vai acontecer contra o Botafogo sábado a tarde, entendendo-se que as esperanças começam a desaparecer, em razão da falta de progresso do grupo dentro de campo, e nada de se questionar o técnico em razão do pouco tempo de trabalho e da limitação do time.

Infelizmente, vislumbra-se uma perspectiva  em 2019 de não termos nenhum time na série A, porque da maneira que as coisas avançam, é visível a queda do clube rubro-negro. Observando-se que no momento o time tem 20 pontos, faltando dezoito rodadas para o término da competição e obrigatoriamente  tem que somar nove vitórias, caso contrário a queda é inevitável.

sa-01-rafael-melo-fotoarena-ae

Blog de Airton Sousa – No clássico o Náutico levou a melhor

Santa-Cruz-x-Náutico-590x367

Jogando na noite dessa segunda-feira (18) no Estádio do Arruda, o Náutico conseguiu venceu ao Santa Cruz pelo placar de 1 x 0. O Santa Cruz esteve o tempo todo buscando o gol, chutando várias vezes contra a meta do goleiro Bruno, porém os chutes não encontravam o destino certo.

Como fato extra no primeiro tempo, aconteceu a expulsão do jogador Ortigoza que reclamou de uma maneira acintosa contra o auxiliar do árbitro, de repente repetiu o mesmo gesto contra o árbitro Edmar Campos do Mato Grosso, até que tomou o cartão amarelo, em seguida o cartão vermelho, tudo isso aos 23 minutos do primeiro tempo.

Com dez homens, o time do Náutico teve uma entrega maior ainda, colocando o Santa Cruz em desespero, sem contudo ter condição de manter o equilíbrio emocional a criar situações mais concretas de gol. É o que nós podemos dizer, o domínio tricolor era um domínio apenas superficial.

No segundo tempo, o treinador Márcio Goiano colocou o jogador Wallace Pernambucano, que mesmo sem está em bom ritmo de jogo, começou a preocupar a zaga do Santa Cruz, até que aos 27 minutos aproveitou a sobra de bola na frente da área tricolor, chutou forte e marcou o gol que deu a vitória ao Náutico.

Com o resultado, o alvi-rubro saiu da vice-lanterna com 10 pontos, para a quinta posição com 13 pontos, encostando no G4 e ficando apenas 1 ponto do Santa Cruz que é o quarto colocado, e está no G4. O Santa Cruz foi uma equipe fragilizada o tempo quase todo, e agora vai ter que recuperar pontos e posição no próximo jogo.

O Santa Cruz tem o seu próximo compromisso neste fim de semana, contra o Atlético do Acre com a obrigação de pontuar, o que não é fácil pela liderança absoluta do time do Acre. Quanto ao Náutico joga na segunda-feira da próxima semana na Arena de Pernambuco, contra o Botafogo da Paraíba.

Blog de Airton Sousa – Sport surpreende e vence o Atlético Mineiro

                                             cam x pst

Depois de uma vitória surpreendente contra o Palmeiras, existia por parte dos torcedores a expectativa para o jogo contra o Atlético Mineiro, e na realidade foi outra vez uma surpresa o que o time fez, de novo um excelente resultado e mais três pontos somados, deixando o time na quinta posição com 14 pontos.

Com algumas alterações, o técnico Claudinei Oliveira colocou o time em campo, e até as improvisações, a exemplo de Fabrício na lateral direita, deram certas. Um primeiro tempo amarrado, com o Sport marcando forte e antecipando esta marcação, com o time mineiro sem conseguir tocar a bola, como é o seu padrão, principalmente a ligação para o ataque.

Foram poucas as chances perigosas, a exemplo de Ricardo Oliveira aos 20 minutos, e o gol de Rogério aos 29 minutos. Restante só faltas e um jogo de disputa com a meia cancha. Vitória parcial no final do primeiro tempo, e a expectativa do que iria acontecer na volta dos times para o segundo tempo.

Na segunda etapa, a surpresa logo aos 4 minutos com o gol de Cazares, empatando o jogo, em seguida, Rogério desperdiçava uma chance de gol aos 9 minutos. Aos doze minutos,  Marlone é substituído por Michael Bastos. Porém, aos 20 minutos, em um contra ataque, Ricardo Oliveira coloca o Atlético a frente do placar, fazendo 2 x 1.

O Sport reage e três minutos após tomar o segundo gol do Atlético, Gabriel empata o jogo. A partir do empate, o jogo fica eletrizante e aos 26 minutos, o zagueiro atleticano coloca a mão na bola, e o árbitro marca o pênalti. Na cobrança, o jogador Michel Bastos que desempata, fazendo  Sport 3, Atlético 2. Placar final do jogo.

Uma vitória extraordinária do time Leonino. Na sequência de um empate contra o Corinthians, uma vitória contra o Palmeiras e a vitória contra o Atlético. O Sport soma 14 pontos e no momento ficou na quinta posição da série A. O próximo jogo será em Porto Alegre neste fim de semana, contra o Internacional, quarto colocado também com 14 pontos.

 

Blog de Airton Sousa: Náutico perde mais uma, Santa Cruz e Belo Jardim empatam

                                                    sereie c

Começa o fim de semana, e o torcedor vê que nada mudou. O Náutico foi goleado e continua na lanterna; o Santa Cruz joga mal, é dominado mas consegue empatar; e o Belo Jardim jogando em casa conseguiu um empate contra o América. Ou seja, começamos o fim de semana sem conseguir uma vitória se quer.

A decepção maior desse sábado (5), foi sem sombra de dúvida o futebol que o Náutico não conseguiu jogar mais uma vez. O time do Náutico é o mais vazado da série C, tem apenas um empate e na sequência três derrotas, tomando em quatro jogos um total de 10 gols, com um saldo negativo de 7 gols.

No primeiro tempo do jogo contra o Confiança, o timbu tomou o gol aos 24 minutos, através do jogador Léo Ceará, uma jogada igual aos dois gols que o time sofreu no jogo contra o Botafogo da Paraíba, onde a defesa foi mais uma vez falha. Terminou o primeiro tempo, sem o time incomodar de maneira nenhuma ao goleiro sergipano.

Na volta do segundo tempo, esperava-se que o treinador Roberto Fernandes pudesse fazer algumas modificações, no entanto, o time voltou com as mesmas falhas: defesa frágil, meio de campo sem articulação, os alas pouco producentes e o ataque no sufoco sem receber bolas, além de pouca criatividade.

Com essas falhas, mesmo assim o time conseguiu empatar aos 5 minutos com um gol de Robinho de cabeça. No entanto, logo após o gol de empate as falhas voltaram a acontecer e os gols também. Léo Ceará marca o segundo gol, aos 9 minutos, Ângelo amplia aos 12 minutos e finalmente o placar é encerrado com Everton fazendo o quarto gol, aos 17 minutos.

Fabinho descontou e fez o segundo gol do Náutico, encerrando o placar em 4 x 2 a favor do time do Confiança. Além do placar elástico, várias expulsões: Aos 23 minutos Hiago, aos 26 minutos foi a vez de Ângelo ser expulso, depois vieram as expulsões do Náutico: Lelê aos 28 minutos e Breno Calisto aos 39 minutos. Somando duas expulsões para cada time.

Outro time pernambucano que também jogou e não venceu, foi o Santa Cruz que empatou em 0 x 0 contra o Remo. O time tricolor escalado errado, e alguns jogadores mal posicionados, principalmente Robert e Carlinhos Paraíba, o meio de campo sem nada produzir, os alas perdidos, e transição que é bom nada.

A sorte é que o Remo, mesmo dominando não conseguiu acertar o gol tricolor. Vários foram os lances de gol, principalmente com o jogador Isaac que desperdiçou no mínimo 6 chances reais de gol, nos dois tempos. Enquanto que o ataque tricolor a rigor, chutou uma bola perigosa aos 17 minutos do segundo tempo, o que foi muito pouco. Próximo jogo do Santa Cruz, será contra o Globo no Rio Grande do Norte.

Fechando os jogos desse sábado (5), o Belo Jardim jogando em casa terminou empatando com o time do América de Natal em 0 x 0. Dos males o menor, o time que está no grupo A 6, soma 3 pontos e no momento é o segundo colocado, o que não chega a ser de tudo decepcionante, tendo apenas 2 pontos a menos que o América, primeiro colocado com 5 pontos.

O que nós estamos tirando como lição da campanha do Náutico principalmente, é que a limitação do time já chegou ao limite, são quatro jogos sem vencer. O treinador Roberto Fernandes recuado, sem explicação lógica e vendo a perspectiva de não melhorar e o time afundar de vez. O Santa Cruz está numa situação um pouco melhor, entretanto, é preciso também ter cuidado.

Blog de Airton Sousa: Futebol Pernambucano estreia sem vitória no Brasileiro

                                                       leao pernambucano

O futebol pernambucano estreou no Campeonato Brasileiro neste fim de semana, sem conseguir uma vitória se quer. Na série A, o Sport jogou em Minas Gerais e perdeu de 3 x 0 para o América Mineiro. O Salgueiro jogou em casa e empatou em 0 x 0 com o Botafogo da Paraíba, e finalmente no clássico da Arena deu 0 x 0 para Náutico e Santa Cruz.

No jogo entre América Mineiro e Sport, o time leonino foi uma decepção. Começou tomando um gol aos 30 segundos de jogo, com uma falha do goleiro Agenor. A partir do primeiro gol, o time ficou sem poder de reação, tomando o segundo gol aos 35 minutos, outra vez falha de Agenor e Léo Ortiz, finalmente o terceiro gol saiu aos 38 minutos, com uma falha de Igor.

Um time todo desconcertado, os estreantes desentrosados e sem dá a qualidade que o time necessitava, e o resto do elenco abatido, sem ânimo e mesmo com a acomodação do América, o time não demonstrava reação. Terminando o primeiro tempo com o placar de 3 x 0, deixando o treinador bastante irritado.

Na volta para o segundo tempo, o América acomodado, e o Sport apático mesmo com algumas modificações feitas pelo técnico Nelsinho Batista. Podemos considerar uma estreia desastrosa, e agora esperar o compromisso da próxima segunda-feira (23), na Ilha do Retiro contra o Botafogo carioca.

Em Salgueiro, tivemos o empate de 0 x 0 entre o Carcará e o Botafogo da Paraíba. Bastante alterado na sua escalação, o time de Sergio China não jogou o suficiente para obter a vitória, mesmo entendendo-se que a arbitragem prejudicou o time salgueirense, quando não confirmou um pênalti.

De qualquer maneira, pela qualidade do adversário que é um dos pretensos candidatos a subir para a serie B, podemos considerar um bom resultado para o time sertanejo. A próxima partida do Salgueiro será na cidade de Aracaju, contra o Confiança que está na primeira colocação do grupo.

Por fim, tivemos na Arena de Pernambuco o clássico entre Náutico e Santa Cruz. O Náutico dominou o jogo o tempo todo, teve várias oportunidades de gol, no entanto o placar de 1 x 1 podemos considerar bom para o Santa Cruz, que mais se defendeu do que atacou. O gol timbu foi aos 27 minutos do primeiro tempo com Ortigoza.

Na segunda etapa, o Santa Cruz aproveitou a melhor condição física, explorou o contra ataque e a velocidade, empatando aos 38 minutos através de Jeremias, que havia entrado aos 32 minutos do jogo. Após o encerramento da partida, o técnico Junior Rocha anunciou a sua saída para o CRB, depois de um convite segundo ele, irrecusável.

 

Blog de Airton Sousa: Como será a estreia Pernambucana no Brasileirão?

                                                     brasileiros

Começa neste domingo (15) o Campeonato Brasileiro de Futebol, séries: A e C envolvendo o Sport, Santa Cruz, Náutico e Salgueiro. Na Arena teremos o jogo entre Náutico e Santa Cruz, enquanto que o Salgueiro enfrenta ao Botafogo da Paraíba em Salgueiro. Por outro lado, o Sport joga em Minas Gerais contra o América.

Falando do clássico, o Santa Cruz que vem vários dias sem jogar, apenas treinando e descansando, além de ter reforçado o time com jogadores experientes a exemplo de Carlinhos Paraíba, Robert entre os outros nomes interessantes, que darão ao time uma força substancial para a competição.

Por outro lado, o Náutico vem de uma maratona decisiva, a exemplo dos dois jogos contra o Central, e recentemente pela Copa do Brasil, jogando contra a Ponte Preta. No  aspecto físico  o time timbu leva desvantagem, em face da sequencia de jogos anteriores. Porém, o lado técnico e individual é o que vai pesar para apontar o vencedor.

O Salgueiro que terminou a sua participação na Copa do Nordeste de uma maneira decepcionante e que não conseguiu avançar na reta final do Campeonato Pernambucano, começa uma nova fase, desta feita o Brasileiro da série C. A vantagem nesse aspecto, é que o jogo será no sertão, no entanto enfrenta uma equipe bem montada tecnicamente, no caso o Botafogo da Paraíba.

Pela série A, o Sport que vive momentos tumultuados dentro e fora de campo, estreia jogando em Minas Gerais contra a boa equipe do América Mineiro. Muitos problemas o treinador Nelsinho Batista enfrentou após a sua chegada, com um elenco limitado tecnicamente, jogadores sem se  doarem em campo e uma Diretoria também sem se entender.

 Alguns atletas contratados, a exemplo de Claudio Wink, Andrigo, Mark entre outros, porém acreditamos ser uma aposta, mesmo porque os atual elenco que compõe o Sport, deixa muito a desejar, e seria impreterível uma renovação maior, inclusive com dispensas e contratações de jogadores de peso, pela qualidade da competição.

 

Blog de Airton Sousa: Clubes de Pernambuco no Brasileirão

Encerrado o Campeonato Pernambucano, na quarta-feira (28), os times do nosso Estado voltam à atenção para o Campeonato Brasileiro das Séries A, B e C.

Pela  série A, o Sport joga na Ilha do Retiro contra o Atlético Paranaense. O time rubro-negro está em alta, depois de empatar com o Atlético Mineiro e vencer ao Santos pelo Brasileirão, e também por ter conquistado o Campeonato Estadual contra o Salgueiro, da maneira que todos já sabem. Espera-se que o time leonino some três pontos, os quais serão importantes na atual trajetória da competição.

O Santa Cruz também volta a campo, desta feita jogando no interior de São Paulo, contra o Oeste. Um jogo complicado, em razão de que a última partida do time tricolor foi em casa, e o time não passou de um empate, contra o fraco Figueirense. Só a vitória nesse jogo, faz o Santa Cruz recuperar posições na tábua de classificação, até porque essa inconstância do time, ocasiona descrédito junto à torcida.

Por sua vez o Náutico, cada vez mais afundado na série B, com apenas dois pontos somados em dez rodadas, joga na Arena de Pernambuco, contra o Clube de Regatas Brasil. O alvi-rubro vê a cada rodada, o fantasma do rebaixamento, porque se faz necessário ao final do Campeonato, a soma de 44 pontos, ou seja, nas vinte e oito rodadas, o timbu tem que vencer 14 partidas, e sabemos que não é fácil. Só um grande milagre evita a queda do time para a série C.

E o Salgueiro, depois de ter o título tomado, da maneira como aconteceu, agora tem a responsabilidade de dar a volta por cima. O time não vem bem no Brasileiro da série C e tem que recuperar posições. O próximo jogo será nos  seus domínios, contra o CSA de Maceió. Espera-se que o grupo de jogadores esqueçam a perda do título e honrem as cores do carcará no Brasileiro.

Blog de Airton Sousa: O Santa Cruz defende a invencibilidade em Maceió

Depois de duas vitórias, fora de casa e em casa, somando seis pontos, e com 100% de aproveitamento na série – B, o Santa Cruz volta a campo nesta terça-feira (23), no Rei Pelé, contra a boa equipe do Clube de Regatas Brasil. O time alagoano ganhou do Ceará em casa, e empatou com a Luverdense, fora de Maceió.

Esses resultados, credenciam o CRB, a vantagem no jogo, principalmente pela rivalidade existente entre Pernambuco e Alagoas. Daí a necessidade do técnico Vinicius Eutrópio, de manter o mesmo estilo de jogo, aplicado até agora na competição, com um bom comportamento em todos os setores e do próprio grupo.

Será com certeza, um jogo muito equilibrado, que pode ser decidido por uma boa. O time tricolor vai enfrentar além da qualidade do adversário, a torcida regatiana empolgada e que sempre marca presença em bom numero. Um empate para o Santa Cruz, poderá ser considerado com um bom resultado. Só resta esperar o que vai acontecer.

Blog de Airton Sousa: Santa Cruz na Terceira Fase da Copa do Brasil

Nesta quarta-feira (13/07), Vasco da Gama e Santa Cruz iniciam a sequência de dois jogos na terceira fase da Copa do Brasil. Algumas contradições nas falações dos dirigentes do tricolor Pernambucano. Uns dizem que não querem prosseguir na competição, rumo a fase seguinte, preferindo preocuparem-se com a manutenção do time na primeira divisão. Outros afirmam o interesse na classificação, tentando chegar a reta final da competição, conquistando o título e a vaga para a Libertadores. Achamos no entanto, dentro das limitações do Santa Cruz, que o foco deverá ser mesmo escapar do rebaixamento, recuperar pontos e posições, já que a atual situação é muito preocupante.

O jogo apresenta vantagem para o time vascaíno, levando-se em consideração a campanha do time carioca, ocupando desde o início da primeira rodada, a cabeça da série B, colocação com 31 pontos, enquanto que o time pernambucano encontra-se na décima oitava posição, com 14 pontos. Quem sabe, a vitória de domingo contra o Internacional, tenha dado ao time tricolor a condição de começar uma nova fase, principalmente com alguns reforços que chegaram, a exemplo de Danilo Pires, Derlei, Marion, entre outros. Só resta esperar para ver se a vantagem que o Vasco carrega, vai funcionar, ou se o Santa Cruz vai dar a sua torcida, uma surpresa na primeira partida, das duas que a terceira fase da Copa do brasil oferece para tricolores e vascaínos.

Blog de Airton Sousa: Empate e derrota – Confira o resultado dos pernambucanos

Foto: Internet

Foto: Internet

Um jogo de 8 gools como nos velhos tempos, com duas fases distintas, foi o que o tivemos nesse domingo (05), na Ilha do Retiro, no jogo entre Sport e Atlético Mineiro. No primeiro tempo,  domínio total do time mineiro; na segunda etapa, uma  acomodação do Atlético, fez o Sport crescer e chegar ao empate de 4 x 4.

Com um futebol totalmente diferente, no tempo inicial, dos jogadores Samuel Xavier, Durval, Renê, Rithely, Serginho, Diego Sousa e os demais, que arrasaram contra o Santa, na quarta (01), o Sport foi um time que sofreu com a marcação implacável do Atlético, voltando a apresentar as mesmas deficiências dos jogos anteriores ao do Santa Cruz.

Em contra partida, o Atlético, mesmo desfalcado de 8 titulares, que já vem acontecendo há tres jogos anteriores, foi muito bem armado pelo técnico Marcelo Oliveira, que impôs velocidade na transição da bola, para chegar ao jogador Robinho, que foi o melhor em campo, ao lado de Júnior Urso, enquanto tiveram condição física.

No segundo tempo, com a acomodação do Atlético na vantagem do placar, e com a saída dos principais jogadores, o Sport, após 25 minutos, cresceu no jogo e diminuiu o placar através de Edmilson, que fez o terceiro gol do Sport. Em seguida, com o Atlético ainda mais recuado, Diego  Sousa, numa bela cobrança de falta, fecha o placar em 4 x 4.

O Sport, na sequência da competição, tem dois jogos fora, contra o Coritiba, no Paraná, e contra o Santos, na baixada santista.

Muitas críticas da torcida contra o árbitro Rodrigo Nunes, principalmente pela marcação do segundo pênalti contra o time leonino. Porém, as imagens mostram claramente, que a arbitragem estava correta, inclusive com a aplicação de um cartão amarelo ao jogador Serginho, por reclamação da marcação desse pênalti.

Foto: Internet

Foto: Internet

Para quem não  entrou em campo contra o Sport, na última quarta (01), e se deixou intimidar pelo time rubro negro, podemos dizer que, mesmo perdendo, o Santa Cruz voltou a produzir um bom futebol, exceção a sua peça ofensiva.

Porém, após a sua derrota para o Sport, muitos fatos vieram à tona: insatisfação de alguns jogadores, com a programação do técnico nos treinos; substituições que foram feitas com menos de 30 minutos, nos jogos; tratamento diferenciado com alguns jogadores; e outras queixas mais. A Diretoria tricolor, se antecipou em negar esses fatos. Mas,  a verdade é que algumas insatisfações internas, estão de fato acontecendo.

Após a derrota para o Atlético Paranaense, os jogadores ganharam dois dias de folga, já que o próximo jogo do tricolor será domingo (12), no Arruda, contra o Santos. Diante dos resultados dos últimos tres jogos, é preciso o Santa Cruz voltar a vencer, já que vem de um empate e duas derrotas, caindo muito na tabela de classificação.

Sport: Em jogo movimentado e cheio de gols, Leão perde no finzinho e sobram reclamações

Nesta quarta-feira (13), o Corinthians recebeu o Sport pela décima oitava rodada do Campeonato Brasileiro. A partida foi movimentada; o Leão foi buscar o empate duas vezes, teve uma atuação gloriosa na partida, que mesmo com a derrota, o torcedor do Leão não vai esquecer essa partida tão cedo, não só pela boa atuação da sua equipe, mas, polêmicas da arbitragem que existiam antes do jogo, se fortaleceram após o jogo, houve muita reclamação por conta de um pênalti no fim do jogo que deu a vitória aos donos da casa.

spo2

Os gols foram marcados por Luciano duas vezes, Malcon e Jadson marcaram para o Timão, André e Hernane duas vezes descontaram para o Sport.

spo3

No primeiro tempo, o Sport não ficou na defesa e não se intimidou com o adversário, jogou de igual para igual com o Corinthians. O Sport teve postura para atacar e defender bem. Poderia ter feito um resultado melhor na primeira etapa. O primeiro gol foi do Corinthians, Luciano se antecipou e mandou para as redes. Mas não demorou muito e André empatou para o Leão, Marlone cruzou para o atacante testar para o gol. Porém em cobrança de escanteio, o time paulista desempatou, Luciano novamente marcou em aproveitamento de escanteio.

spo4

No segundo tempo, o Corinthians ampliou sua vantagem logo no início, em lançamento Samuel Xavier marcou contra. Parecia que tudo já estava perdido, mas não foi bem assim. Depois de estar em campo Hernane mostrou o por que do título de matador e por que foi o maior goleador do Brasil em 2013. A defesa do Timão jogou errado, Hernane se antecipou ao goleiro e por cima fez o segundo gol do Sport. Em seguida ele marcou novamente, desta vez depois de cruzamento ele se antecipou a zaga e empatou a partida.

spo1

No finalzinho do jogo o arbitro marcou pênalti para o Corinthians, Jadson foi para a bola e não desperdiçou. Corinthians 4 x 3 Sport, em um dos melhores jogos desse campeonato.

Ficha do Jogo:  

Corinthians: Cássio, Fágner, Edu Dracena, Gil e Uendel (Guilherme Arana); Bruno Henrique (Ralf); Jadson, Elias, Renato Augusto e Malcom (Rildo); Luciano. Técnico: Tite.

Sport: Danilo Fernandes; Samuel Xavier, Matheus Ferraz, Durval e Renê; Rithely, Rodrigo Mancha e Diego Souza; Élber (Régis), Marlone e André (Hernane Brocador). Técnico: Eduardo Baptista.

Arbitro:  Luiz Flavio de Oliveira. Assistentes: Alex Ang Ribeiro, Miguel Cataneo Ribeiro da Costa. Gols: Luciano (12′ 46′ do primeiro tempo); André (16′ do primeiro tempo); Samuel Xavier (contra, 14′ do segundo tempo); Hernane (26′ e 31′ do segundo tempo); Jadson (41′ do segundo tempo). Cartões Amarelos: Gil.

TV Replay, o que é bom se repete!

Sport: Leão deixa escapar vitória após o último minuto e agora corre risco de deixar o C4

Neste domingo (09), Atlético-PR e Sport fizeram o jogo matinal da rodada, na Arena da Baixada, pela décima sétima rodada do Campeonato Brasileiro. Colados na tabela, Sport com 29 pontos e o Furacão com 28, as equipes estavam em quarto e quinto respectivamente. Caso o Leão vencesse assumiria a terceira colocação. E quase que o Sport conseguia, estava vencendo o Furacão até o último minuto da partida, mas cedeu o empate e deixou escapar a primeira vitória fora de casa.

01

Os gols foram marcados por Vilches para o Atlético e Marlone para o Sport. Com o empate o Sport chegou aos 30 pontos e continuou no C4, mas pode sair do grupo dos quatro melhores ao término da rodada.

02

No primeiro tempo, o Sport não ficou preso na marcação do adversário, conseguiu se impor na partida e chegar com perigo ao ataque. O Furacão não levou muito perigo ao Leão na primeira etapa. Por outro lado o Sport conseguiu aproveitar as chances e marcou o primeiro gol da partida. Diego Souza entrou na área driblou os zagueiros, mas Marlone vindo de trás completou a jogada. Bateu no canto do goleiro adversário sem chances para Weverton.

03

No segundo tempo, o jogo continuou quase da mesma forma, o Leão continuou dominando, porém perdia muitas chances; a diferença é que o Atlético se lançou mais ao ataque. E o Sport vinha conseguindo segurar o time da casa, estava atingindo o seu abjetivo que era a vitória, essa que seria a primeira fora de casa. Mas tudo foi por água abaixo aos cinquenta e dois minutos do segundo tempo. Depois de escanteio Vilches subiu mais que a zaga e mandou a bola para as redes.

04

E acabou assim 1 x 1, tudo igual. Para o Sport ficou o lamento por ter deixado escapar a vitória, mas os rubro negros não podem reclamar da campanha do Leão que chegou aos 30 pontos e continua no pelotão de frente do campeonato.

Agora o Sport joga contra o Corinthians, próxima quarta-feira (12), às 22h, fora de casa, pelo Campeonato Brasileiro. Já o Atlético-PR joga contra o Flamengo, próxima quarta (12), às 19h30, fora de casa, também pelo Brasileirão.

05

Ficha do Jogo: 

Atlético-PR: Weverton; Eduardo, Christián Vilches, Kadu e Sidcley; Otávio (Hernández), Hernani e Bruno Mota (Barrientos); Marcos Guilherme, Nikão (Crysan) e Walter. Técnico: Milton Mendes.

Sport: Danilo Fernandes; Samuel Xavier, Matheus Ferraz, Durval e Danilo (Renê); Rithely, Rodrigo Mancha (Wendel) e Diego Souza; Élber (Ferrugem), Marlone e André. Técnico: Eduardo Baptista.

Arbitro: Anderson Daronco. Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis, Luiz Claudio Regazone. Gols: Marlone (14′ do primeiro tempo); Vilche (52′ do segundo tempo). Cartões Amarelos: Não houve.

TV Replay, o que é bom se repete!

Sport: Leão se mantém entre os quatro melhores, mas continua sem vencer longe de casa

Neste sábado (25), o Grêmio recebeu o Sport pela décima quinta rodada do Campeonato Brasileiro, o jogo valia posição no C4, o Leão tentava se manter entre os quatro melhores, enquanto o time gaúcho buscava voltar a esse seleto grupo. Com o empate, o Sport se manteve entre os quatro primeiros, o Tricolor ficou uma posição abaixo e com um ponto a menos que os rubro-negros.

01

O Sport conseguiu jogar de igual para igual com o Tricolor, teve chances de fazer gol, porém não conseguiu vencer a primeira partida fora de casa. Os gols foram feitos por Diego Souza para o Sport, Pedro Rocha marcou para o Grêmio.

02

No primeiro tempo, o Leão começou mais precavido priorizando a defesa, mas, muitas vezes sofria pressão do Tricolor. Isso fez o Sport ficar mais recuado, e em boa parte do primeiro tempo não teve poder ofensivo. Os donos da casa de tanto tentar conseguiram. Aos quarenta e quatro minutos o time abriu o placar. Pedro Rocha recebeu na área, driblou a zaga e bateu entre as pernas de Danilo Fernandes. Grêmio 1 x 0.

03

No segundo tempo, o Sport assumiu uma postura diferente, atacou mais e criou mais que seu adversário. Não demorou muito e o time chegou ao empate. Danilo cruzou, o goleiro furou e a bola sobrou para Diego Souza mandar para as redes. Sport 1 x 1 Grêmio. Depois do empate o Leão recuou novamente, assim perdeu o ritmo que vinha tendo. O Tricolor gaúcho voltou a pressionar, quase conseguiu fazer o seu segundo gol, mas, Danilo Fernandes salvou o Leão, fez grandes defesas evitando a derrota.

04

Agora o Sport joga contra o Cruzeiro próximo domingo (02), às 18h30, na Arena Pernambuco, pelo Campeonato Brasileiro. Já o Grêmio joga contra o Fluminense próximo sábado (01), às 18h30, fora de casa, também pelo Campeonato Brasileiro.

05

Ficha do Jogo:

Grêmio: Tiago, Galhardo, Rafael Thyere, Erazo, Marcelo Hermes, Walace, Maicon, Giuliano (Fernandinho), Douglas (Maxi Rodríguez), Pedro Rocha (Bryan Rodríguez) e Luan. Técnico: Roger.

Sport: Danilo Fernandes; Samuel Xavier, Matheus Ferraz, Durval e Danilo; Rithely, Wendel, Rodrigo Mancha (Élber), Diego Souza e Marlone; André (Régis). Técnico: Eduardo Baptista.

Arbitro: Péricles Bassols Pegado Cortez. Assistentes:  Rodrigo F. Henrique Correa, Dibert Pedrosa Moises. Gols: Pedro Rocha (44′ do primeiro tempo); Diego Souza (16′ do segundo tempo). Cartões Amarelos: Não Houve.

TV Replay, o que é bom se repete!

Sport: Leão bate recorde de público, vence o São Paulo, e volta ao grupo dos quatro primeiros

Neste domingo (19), Sport e São Paulo se enfrentaram na Arena Pernambuco, pela décima quarta rodada do Campeonato Brasileiro. As equipes estavam empatadas em pontos, quem vencesse voltaria ao G4. Melhor para o Sport, com a vitória por 2 x 0, voltando a equipe a ficar entre os quatro primeiros. Porém o jogo teve mais um destaque, o Leão bateu o recorde de público na Arena, mais de 41.900 pessoas assistiram a vitória do rubro negro (até agora o maior público do estádio).

01

O jogo foi marcado por polêmicas, várias expulsões aconteceram. Os gols foram feitos por Élber e Ferrugem para o Sport.

No primeiro tempo, o São Paulo adiantou a marcação para tentar evitar que o Leão saísse no contra-ataque com velocidade; já o Leão, mesmo com a estratégia do adversário, atacava com rapidez. O Sport trocava muitos passes fazendo várias triangulações. E de tanto tentar, conseguiu. André tocou para Marlone que cruzou na área, Élber antecipou a zaga, e desviou para as redes. Sport 1 x 0.

02

O Tricolor paulista não ficou na defesa, pouco depois de ter tomado o gol, Alexandre Pato perdeu uma chance. Mas, o Sport continuou com mais presença ofensiva e teve um gol anulado no finalzinho do primeiro tempo.

No segundo tempo, o Leão voltou com uma postura bem defensiva, não dava espaço para o adversário atacar. Com o passar do tempo, o São Paulo foi tendo mais ofensividade, porém, pecava no último passe. O sistema defensivo do rubro negro estava muito bem, e não dava chances para os jogadores do São Paulo.

04

No final do jogo, o Leão ampliou o placar. André cruzou para trás, Ferrugem dentro da área, apenas desviou para o gol. Sport 2 x 0. Placar final.

05

Agora o Sport joga contra o Grêmio próximo sábado (25), às 19h30, fora de casa, pelo Campeonato Brasileiro. Já o São Paulo, joga contra o Cruzeiro próximo domingo (26), às 16h, no Morumbi, também pelo Campeonato Brasileiro.

03

Ficha do Jogo: 

Sport:  Danilo Fernandes; Samuel Xavier, Matheus Ferraz, Durval e Renê; Rithely, Wendel (Rodrigo Mancha) e Diego Souza (Régis); Élber (Ferrugem), Marlone e André. Técnico: Eduardo Baptista.

São Paulo:  Rogério Ceni; Lucão, Rafael Toloi e Édson Silva (Luís Fabiano); Thiago Mendes (Boschilla), Rodrigo Caio, Hudson, Ganso e Michel Bastos; Alexandre Pato e Centurión (Reinaldo). Técnico: Juan Carlos Osorio.

Arbitro: André Luiz de Freitas Castro. Assistentes: : Alessandro A Rocha de Matos,  Eduardo Gonçalves da Cruz. Gols: Élber (33′ do primeiro tempo); Ferrugem (48′ do segundo tempo). Cartões Amarelos: Renê. Expulsões: Ganso e Luís Fabiano.

TV Replay, o que é bom se repete!

Sport: Mesmo sem vencer, o Leão não lamenta o resultado da partida!

Neste domingo (12), Sport e Palmeiras se enfrentaram pela décima terceira rodada do Campeonato Brasileiro, em um jogo eletrizante onde as equipes mostraram muita competitividade, o placar terminou em igualdade, 2 x 2. O resultado deixou o Leão colado no G4 com 24 pontos, o Verdão ficou dois pontos atrás. Os gols foram feitos por Matheus Ferraz e André para o Sport, Leandro Pereira fez duas vezes para o Palmeiras.

01

No primeiro tempo, desde o começo do jogo, os times jogaram pra frente buscando sempre atacar. O Verdão teve as primeiras chances claras de gol. O Leão dependia da criatividade de Diego Souza, pois quando ele não estava na jogada, o time tinha problemas na saída de bola. Quando o Palmeiras vinha melhor e parecia que iria abrir o placar, aconteceu o contrário, foi o rubro negro quem fez o primeiro.

02

Aos vinte e um minutos, Diego souza cobrou escanteio, Matheus Ferraz subiu sozinho entre a zaga para fazer o primeiro gol. No finzinho da primeira etapa o Palmeiras de tanto tentar chegou ao empate. Gabriel entrou na área e cruzou na medida para Leandro Pereira mandar para as redes.

No segundo tempo, o Palmeiras não perdeu a intensidade e logo aos treze minutos chegou ao gol da virada. Lucas chutou, Danilo Fernandes defendeu, no rebote Arouca chutou o goleiro defende novamente, mas, desta vez em mais um rebote Leandro Pereira mandou para o gol. Depois de ter tomado o gol, o Sport mudou a postura e foi para cima do Porco. Teve várias chances, mas Fernando Prass insistia em fazer milagres.

03

Só que ele não conseguiu evitar o gol de empate de André aos quarenta e quatro minutos, Diego Souza fez o levantamento, o atacante saiu na frente da defesa e de frente para o gol chutou rasteiro sem chances para o goleiro do Palmeiras.

04

Agora o Sport joga contra o São Paulo, próximo domingo (19), às 16h, na Arena Pernambuco, pelo Campeonato Brasileiro. Já o Palmeiras joga contra o Santos, domingo (19), às 16h, na Arena Palmeiras, também pelo Brasileiro.

05

Ficha do Jogo:

Sport: Danilo Fernandes; Samuel Xavier, Matheus Ferraz, Durval e Renê (Danilo); Rodrigo Mancha, Wendel (Régis) e Diego Souza; Neto Moura (Samuel), Marlone e André. Técnico: Eduardo Baptista.

Palmeiras: Fernando Prass; Lucas, Jackson, Leandro Almeida e João Paulo (João Pedro); Gabriel, Arouca, Zé Roberto (Andrei), Rafael Marques e Dudu (Kelvin); Leandro Pereira. Técnico: Marcelo Oliveira.

Arbitro: Emerson de Almeida. Assistentes:  Marcio Eustaquio S. Santiago, Guilherme Dias Camilo. Gols: Matheus Ferraz (21′ do primeiro tempo); Leandro Almeida (43′ do primeiro tempo e 13′ do segundo tempo); André (44′ do segundo tempo). Cartões Amarelos: Marlone, Renê, Jackson.

TV Replay, o que é bom se repete!

Sport: Depois de onze rodadas, Leão perde primeira partida e se afasta da liderança, porém ainda ocupa o G4

Nesta quarta-feira (08), o Atlético-MG recebeu o Sport no Mineirão pela décima segunda rodada do Campeonato Brasileiro. O duelo era dos atuais lideres do Brasileirão; o Sport ainda invicto, tinha os mesmos vinte e três pontos do Galo. Em casa, o Galo se impôs e conseguiu vencer o Leão. Assim ficou na liderança isolada e tirou a invencibilidade do time de Eduardo Baptista.

01

Os gols da partida foram marcados por Matheus Ferraz para o Sport, Lucas Pratto, Giovanni Augusto para o Atlético-MG.

02

No primeiro tempo, o Sport tentou impor sua estratégia de sempre, tentar colocar pressão logo no início do jogo em seu adversário. O Galo não conseguia organizar sua saída de bola, por isso houve muita ligação direta do time. O Sport não fez um mal primeiro tempo, porém não criou situações de gol.

03

No segundo tempo, um jogo a parte. Logo no começo, gol do Galo. Após lançamento, Thiago Ribeiro entrou sozinho na área e cruzou para Pratto mandar para as redes. Sem ter muito tempo de comemorar, três minutos depois o Sport empatou. Diego Souza foi para a cobrança de uma falta, mandou a bola na área, Matheus Ferraz de cabeça mancou para o sport. O Atlético não parava de pressionar e não demorou muito para ampliar o placar. Aos nove minutos, em lance de contra-ataque, Giovanni Augusto fez um belo gol, ele recebeu da entrada da área e chutou forte e no canto. Galo 2 x 1.

04

Agora o Sport joga contra o Plameiras próximo domingo (12), às 18h30, na Arena Pernambuco, pelo Campeonato Brasileiro. Já o Atlético-MG joga contra a Ponte Preta próximo sábado (11), às 21h, fora de casa.

05

Ficha do jogo:

Atlético-MG: Victor; Carlos César, Jemerson, Leonardo Silva e Douglas Santos; Rafael Carioca, Leandro Donizete, Giovanni Augusto (Guilherme), Maicosuel (Cárdenas) e Thiago Ribeiro (Carlos); Lucas Pratto. Técnico: Levir Culpi.

Sport:  Danilo Fernandes; Samuel Xavier, Matheus Ferraz, Durval e Renê; Rithely, Wendel (Mike) e Diego Souza; Maikon Leite (Neto Moura), Samuel (Wallace) e Marlone. Técnico: Eduardo Baptista.

Arbitro: Elmo Alves Resende Cunha. Assistentes:  Fabricio Vilarinho da Silva, Jesmar Benedito Miranda de Paula. Gols: Lucas Pratto (01′ do segundo tempo); Matheus Ferraz (03′ do segundo tempo); Giovanni Augusto (09′ do segundo tempo). Cartões Amarelos: Jemerson e Rithely.

TV Replay, o que é bom se repete!

Sport: Leão arranca empate nos minutos finais, soma mais um ponto e vai assegurando a liderança

Neste domingo (05), o Sport fez seu segundo jogo matinal neste Campeonato Brasileiro contra o Avaí, na Ressacada, o Leão arrancou um empate no apagar das luzes. Com o resultado de 2 x 2, os rubro-negros continuam invictos. Os gols foram feitos por Diego Souza e André para o Sport, Renan e Samuel Xavier (contra), fizeram para os Catarinenses.

4 5

No primeiro tempo, o Sport veio com uma proposta de priorizar a marcação e jogar no contra-ataque, o Avaí tentava pressionar o Leão, só que o time de Eduardo Baptista se defendia bem. Quando o Sport começou a acertar mais o passe, conseguiu chegar ao gol. Depois de cruzamento, Diego Souza aproveitou e testou para as redes. Depois do gol a postura do Sport não mudou, ficou na defensiva chamando o adversário para seu campo defensivo.

3

Aos trinta e sete minutos o empate, depois de um cruzamento rasteiro, a zaga não afastou, então a bola sobrou para Renan que bateu forte sem chances para Danilo Fernandes. E não parou por aí, dois minutos depois a virada. Em mais um cruzamento, o lateral Samuel Xavier se atrapalhou e mandou a bola contra a própria rede, Avaí 2 x 1.

2

No segundo tempo, a postura dos times foram as mesmas, os donos da casa sempre chegavam com perigo e o Sport não conseguia sair para o jogo. O Leão só conseguiu uma jogada que pudesse resultar em gol aos vinte minutos. Mas, ainda assim o time continuava na defensiva esperando um contra-ataque.

Parecia que esta seria a primeira derrota do Sport neste campeonato, porém nos minutos finais um pênalti livrou o Leão da derrota. André foi para a batida e marcou o gol de empate. 2 x 2 com gategoria.

1

Agora o Sport joga contra o Atlético-MG próxima quarta-feira (08), às 22h, no Mineirão, pelo Campeonato Brasileiro. Já o Avaí joga contra o Palmeiras próxima quarta (08), às 21h, fora de casa, também pelo Campeonato Brasileiro.

Ficha do Jogo:

Avaí:  Vágner; Nino Paraíba, Jéci, Jubal e Romário; Renan, Eduardo Neto e Tinga (Pablo); Anderson Lopes (Éverton Silva), William e Rômulo (Roberto). Técnico: Gilson Kleina.

Sport:  Danilo Fernandes; Samuel Xavier, Matheus Ferraz, Durval e Renê; Rithely, Wendel (Samuel) e Diego Souza (Rodrigo Mancha); Maikon Leite (Régis), André e Marlone. Técnico: Eduardo Baptista.

Arbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva. Assistentes: Rodrigo Pereira Joia, Dibert Pedrosa Moisés. Gols: Diego Souza (20′ do primeiro tempo); Renan (37′ do primeiro tempo); Samuel Xavier (39′ do primeiro tempo); André (47′ do segundo tempo). Cartões Amarelos:  Jubal, William, Vágner, Jéci, Eduardo Neto, Régis e Diego Souza. Expulsões: Eduardo Neto.

TV Replay, o que é bom se repete!

Sport: Leão deixa vitória escapar e fica só no empate em Santa Catarina

Neste sábado (27), se enfrentaram pela nona rodada do Campeonato Brasileiro, Chapecoense e Sport. O Leão até então, líder do campeonato, foi a Santa Catarina para tentar mais uma vitória no Brasileirão, mas, o empate no finalzinho do jogo frustou os planos do Sport, que volta para casa com um empate por 1 x 1. Os gols foram marcados por Rithely para o Sport e Bruno Rangel para a Chapecoense.

foto reprodução

Foto reprodução

No primeiro tempo, a estratégia do Leão foi atacar mais sem descuidar da marcação. No começo do jogo, o time suportou uma pressão inicial do adversário, mas, com o passar do tempo, conseguiu se encontrar na marcação. E logo aos vinte e cinco minutos quase que André marcava para o Leão. Porém, foi aos vinte e oito minutos que saiu o gol do Sport. Depois de falta cobrada por Diego Souza, Rithely testa para o gol fazendo o primeiro do jogo.

foto reprodução

Foto reprodução

Depois do gol, o rubro negro recuou e buscava apenas segurar o time adversário.

No segundo tempo, o Sport foi cheio de altos e baixos, mas, teve algumas poucas chances de marcar. Com o passar do tempo, o time da Ilha começou a dominar mais as ações do jogo. A Chapecoense não agredia muito o Sport, e parecia que o Leão iria conseguir segurar o resultado de 1 x 0. Mas, aos quarenta e três minutos a Chapecoense chegou ao empate. Cléber Santana cruzou e a bola sobrou para Bruno Rangel, que chutou e marcou.

foto reprodução

Foto reprodução

E terminou assim, empate por 1 x 1; o Sport segue líder, mas pode ser ultrapassado ao final da rodada.

Agora o Sport joga contra o Internacional próxima quarta-feira (01), às 19h30, na Ilha do Retiro, pelo Campeonato Brasileiro. Já a Chapecoense joga contra o Palmeiras próxima quarta-feira (01), às 21h, na Arena Palmeiras, também pelo Campeonato Brasileiro.

foto reprodução

Foto reprodução

Ficha do Jogo:

Chapecoense: Danilo; Apodi, Rafael Lima, Neto e Dener; Elicarlos, Bruno Silva (Wagner), Cleber Santana e Camilo; Ananias (Maranhão) e Edmílson (Bruno Rangel). Técnico: Vinícius Eutrópio.

Sport:  Danilo Fernandes; Samuel Xavier, Matheus Ferraz, Durval e Renê; Rithely, Wendel e Diego Souza, Maikon Leite (Mike), André e Marlone (Neto Moura). Técnico: Eduardo Baptista.

Arbitro: Wagner do Nascimento. Assistentes: Dibert Pedrosa Moises, Eduardo de Souza Couto. Gols: Rithely (28′ do primeiro tempo); Bruno Rangel (43′ do segundo tempo). Cartões Amarelos:  Elicarlos, Diego Souza, Samuel Xavier, Wendell, Rithely e Marlone.

TV Replay, o que é bom se repete!

Sport: Com mais uma vitória, Leão segue invicto no Brasileirão e continua na ponta da tabela

Ontem, sábado (20), o Sport recebeu o Vasco da Gama na Arena Pernambuco pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro. Com a vitória por 2 x 1 o Leão dormiu na liderança. Os gols foram feitos por André e Wendel para o Sport e Riascos para o Vasco. O Leão seguiu sem perder no Campeonato e já comprovou que este está sendo um dos melhores inícios de Campeonato Brasileiro da equipe.

foto: Guga Matos

foto: Guga Matos

No primeiro tempo, o jogo foi fraco tecnicamente, porém os dois primeiros gols da partida saíram nos quarenta e cinco minutos. O primeiro gol do Sport foi marcado por André, em um cruzamento de Maikon Leite, ele mandou rasteiro para André, que de frente para o gol, mandou para as redes.

O Sport continuou controlando a partida, mas, no finalzinho do jogo depois dos quarenta minutos, Riascos empatou a partida para o Vasco. Depois de uma cobrança de escanteio, Danilo Fernandes afastou mal, e em um segundo lance,  a bola sobrou para Riasco marcar de cabeça sozinho. Partida empatada.

taperunafm

Taperunafm

No segundo tempo, o Vasco equilibrou mais o jogo, mas, foi o Sport que teve as melhores chances de gol. Os times saíram bem para o ataque. E com trinta e cinco minutos, depois de uma cobrança de falta, no bate e rebate na área, a bola sobrou para Wendel, que mandou para as redes fazendo o segundo gol do Leão.

E terminou assim, Sport venceu mais uma partida e segue 100% em casa, já o Vasco continua no R4 da competição.

Agora o Sport joga contra a Chapecoense fora de casa, próximo sábado (27), às 18h30, pelo Campeonato Brasileiro. Já o Vasco joga contra o Flamengo, na Arena Pantanal, próximo domingo (28), às 18h30, também pelo Campeonato Brasileiro.

foto: terra

Foto: terra

Ficha do Jogo: 

Sport:  Danilo Fernandes; Samuel Xavier, Páscoa, Durval e Renê; Rithely, Wendel e Neto Moura e Diego Souza; Maikon Leite (Samuel) e André (Régis). Técnico: Eduardo Baptista.

Vasco: Charles; Madson, Luan, Rodrigo e Christiano; Guiñazu, Serginho, Emanuel Biancucchi (Júlio dos Santos) e Jhon Cley (Rafael Silva); Riascos (Júlio César) Gilberto. Técnico:
Doriva.

Arbitro: Anderson Daronco. Assistentes: Marcelo Bertanha Barison, José Javel Silveira. Gols: André (aos 19′ do primeiro tempo); Riascos (aos 41′ do primeiro tempo); Wendel (aos 35′ do segundo tempo). Cartões Amarelos: Guiñazu, Emanuel Biancucchi, Luan, Samuel Xavier, Samuel.

TV Replay, o que é bom se repete!

Sport: Leão vence mais uma vez e se consolida no G4 da competição

Neste sábado (13), o Sport recebeu o Joinville na Ilha do Retiro pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro. Com dois gols de Maikon Leite, o Leão venceu o JEC e voltou ao G4 da competição, além de continuar 100% na competição. Quem descontou para o Joinville foi Marcelinho Paraíba de falta.

foto reprodução

Foto reprodução

No primeiro tempo, desde o começo do jogo, o Leão dominou as ações e conseguiu criar oportunidades de fazer gol. Vindo o primeiro gol aos quinze minutos, Renê ajeitou e Maikon Leite dominou dentro da área, chutou e marcou para o Leão. O Sport continuou cadenciando a partida, não dando oportunidades para os visitantes. Quando no finalzinho do primeiro tempo, mais um gol do Sport.

foto reprodução

Foto reprodução

Depois do passe de Rithely, Maikon Leite, que recebeu nas costas da zaga e mandou uma bomba para o gol, sem chances para o goleiro. Sport 2 x 0.

No segundo tempo, o jogo continuou com a mesma característica, a diferença foi que o Leão não agrediu tanto como no primeiro tempo; teve poucas chances de fazer gol. Quem fez foi o Joinville, Marcelinho Paraíba de falta. Ele bateu no cantinho sem chances para o goleiro.

foto reprodução

Foto reprodução

E assim terminou o jogo; Sport segue imbatível no campeonato e o JEC continua na zona de rebaixamento.

Agora o Sport joga contra o Vasco em casa, próximo sábado (20), às 16h30. Já o JEC joga contra o Goiás em casa, domingo (21), às 16h.

Ficha do Jogo: 

Sport:  Danilo Fernandes; Samuel Xavier, Matheus Ferraz (Páscoa), Durval e Renê; Rithely, Rodrigo Mancha e Neto Moura (Danilo); Diego Souza, Maikon Leite e Samuel (André). Técnico: Eduardo Baptista.

Joinville:  Agenor; Mario Sérgio, Dankler, Guti e Diego; Anselmo, Augusto César, Naldo e William Popp (Jael); Tiago Luís (Marcelinho Paraíba) e Rafael Costa (Kempes). Técnico: Adílson Baptista.

Arbitro: Heber Roberto Lopes. Assistentes:  Nadine Schramm Camara Bastos, Clóvis Amaral da Silva. Gols: Maikon Leite (15′ 38′ do primeiro tempo); Marcelinho Paraíba (33′ do segundo tempo). Cartões Amarelos: Guti,  Anselmo,  Augusto César, Dankler.

TV Replay, o que é bom se repete!

Sport: Leão conquista um ponto fora de casa e segue imbatível no campeonato

Domingo (07), Fluminense e Sport jogaram no Maracanã, pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro. O empate em 0 x 0, deixou o Leão com doze pontos e na quarta colocação do campeonato. Já o Flu ficou um pontinho atrás e na quinta colocação. Apesar do jogo morno protagonizado pelas duas equipes, o time rubro negro dominou boa parte das ações no jogo.

foto reprodução

foto reprodução

No primeiro tempo, o Sport estava com sua marcação mais adiantada e tinha mais liberdade para tocar a bola. Porém a armação da equipe falhava na hora do passe final e o Sport não conseguiu produzir nem uma jogada de efeito que pudesse resultar em gol. Mesmo tendo maior posse de bola do que os donos da casa e domínio da partida, o Leão não conseguiu assustar seu adversário.

No segundo tempo, o Flu veio mais aceso e começou melhor, com uma marcação mais adiantada e com mais objetividade, o Tricolor Carioca rondou a área do Leão e quase marcou o primeiro gol com Antônio Carlos de cabeça, Danilo Fernandes salvou. A postura do Flu não intimidou o Sport que teve mais espaçou para jogar. Diego Souza ainda teve duas chances de fazer gol.

foto reprodução

foto reprodução

Com quinze minutos, depois de um passe de Maikon Leite, atacante bateu de primeira levado perigo ao Flu. Pouco depois ele arrancou do meio campo e bateu de fora da área, o goleiro Tricolor tirou por pouco. No final do jogo o Fluminense ainda teve a última chance de fazer o gol mais não aproveitou.

foto reprodução

foto reprodução

Agora o Sport joga contra o Joinville em casa próximo sábado (13), às 21h pelo Campeonato Brasileiro. O Fluminense joga contra o Palmeiras domingo (14), fora de casa, às 16h, também pelo Campeonato Brasileiro.

Ficha do Jogo: 

Fluminense:  Diego Cavalieri; Renato (Wellington Silva), Gum, Antônio Carlos e Giovanni; Edson, Jean, Gerson, Vinicius (Marcos Júnior) e Wagner; Fred (Magno Alves). Técnico: Enderson Moreira.

Sport:  Danilo Fernandes: Samuel Xavier; Durval, Matheus Ferraz e Renê; Rithely, Wendel, Neto Moura (Régis) e Diego Souza; Mike (Danilo) e Maikon Leite (Rodrigo Mancha). Técnico: Eduardo Baptista.

Arbitro:  Paulo Roberto Alves. Assistentes:  Ivan Carlos Bohn, Moisés Aparecido de Souza. Cartões Amarelos: Wagner, Renê, Matheus Ferraz.

TV Repay, o que é bom se repete!

Sport: Leão segue sem perder e já soma vinte e dois jogos de invencibilidade na Ilha

Quinta-feira (04), o Sport recebeu o Goiás na Ilha do Retiro pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro. Com a vitória por 1 x 0, o Leão segue invicto no campeonato e voltou a ocupar uma posição no G4 da competição. Maikon Leite foi o autor do gol, no finalzinho do jogo.

foto reprodução

foto reprodução

No primeiro tempo, o Sport dominava as ações da partida, porém foi o time esmeraldino que teve as melhores chances do jogo, mas não conseguiu reverter em gol. Aos poucos a partida foi ficando equilibrada e o Sport foi criando oportunidades para chegar ao gol, mas parou na defesa adversária que estava bem postada. Neto Moura tentou mais parou em Renan. Do lado do Goiás, depois  de cruzamento de Felipe Menezes, Rodrigo chutou e Danilo Fernandes praticou grande defesa.

Carlos Ezequiel/Lanceprees

Carlos Ezequiel/Lanceprees

No segundo tempo, o Sport veio mais veloz com a entrada de Maikon Leite, já o Goiás apresentou uma proposta de jogo mais defensiva e não deu muito trabalho ao Leão. Logo no primeiro minuto o Sport quase marcou com Maikon Leite, em um chute de fora da área. O Leão tentava de todas as formas chegar ao gol, mas parava na defesa do Goiás. Maikon Leite acertou a trave em uma cabeçada, Diego Souza tentava em chute de fora da área.

Parecia que o jogo iria terminar 0 x 0. Mas, aos quarenta e sete minutos, Samuel Xavier cruzou para Joelinton ajeitar de cabeça e Maikon Leite de primeira chutou uma bola indefensável no ângulo e inaugurou o placar da Ilha, Sport 1 x 0.

foto reprodução

foto reprodução

E agora o Sport jogará contra o Fluminense domingo (07) pelo Campeonato Brasileiro às 19:30h fora de casa. Já o Goiás joga contra o Avaí em casa pelo Campeonato Brasileiro também no domingo às 19:30h.

Ficha do Jogo:

Sport:  Danilo Fernandes; Samuel Xavier, Matheus Ferraz, Durval e Renê; Rithely, Wendel (Rodrigo Mancha), Neto Moura (Maikon Leite), Régis (Mike) e Diego Souza; e Joelinton. Técnico: Eduardo Baptista.

Goiás:  Renan; Everton, Felipe Macedo, Alex Alves e Rafael Forster; Patrick, Rodrigo (Willian Kozlowski) Diogo Barbosa (Péricles) e Felipe Menezes (Arthur); Carlos e Bruno Henrique. Técnico: Hélio dos Anjos.

Arbitro:  Flávio Guerra. Assistentes:  Dibert Pedrosa, Vicente Romano Neto. Cratões Amarelos: Joelinton, Diego Souza, Felipe Menezes, Rafael Forster. Gols: Maikon Leite (47′ do segundo tempo).

TV Replay, o que é bom se repete!

Sport: Leão segue invicto e refirma a boa campanha mesmo sem vencer

Neste domingo (31),  Santos e Sport fizeram um jogo matinal na Vila Belmiro. O Leão fez seu primeiro jogo no horário das onze horas neste campeonato. Com o empate por 2 x 2 o Sport vai a oito pontos e segue no G4 do Campeonato Brasileiro. Os gols da partida foram marcados por Werley e Robinho para o Santos; Samuel e Joelinton para o Sport. O rubro negro por enquanto segue invicto no campeonato, em quatro partidas venceu duas e empatou duas.

foto reprodução

foto reprodução

No primeiro tempo, o Peixe tomou a iniciativa do jogo, foi para cima com seu trio de ataque que deu muito trabalho para o Leão. O Sport esperou na defesa o Santos, e procurou jogar no conta-ataque, porém não conseguiu ser eficaz na marcação dando muito espaço para o Santos jogar.

Aos quarenta e dois minutos, Robinho abriu o placar para o Peixe depois de uma confusão na área. Depois do cruzamento Robinho cabeceia, no rebote Ricardo Oliveira mandou na trave, na volta Robinho deu um belo voleio e fez o primeiro do jogo.

foto: Ricardo Saibun/site oficial

foto: Ricardo Saibun/site oficial

No segundo tempo, o Sport voltou mais solto e aos cinco minutos empatou a partida. Rithely toca para Joelinton, que tocou na saída do goleiro para empatar a partida. O Santos começou a agredir mais e ampliou a vantagem sobre o Sport aos vinte e quatro minutos, em cobrança de escanteio Werley subiu mais que a zaga e cabeceou para o gol, Santos 2 x 1 Sport.

O Leão foi em busca do empate, logo depois de tomar o gol Rithely quase marcou para empatar. Mais foi no finalzinho do jogo que o Sport conseguiu chegar ao empate. Mike dá o passe para Samuel Xavier que fez o gol de empate.

foto reprodução

foto reprodução

E termina assim, o Sport continua invicto no campeonato saindo com um ponto da Vila Belmiro. E o próximo jogo do Sport será no campeonato Brasileiro contra o Goiás, na Ilha do Retiro, na quinta-feira (04), às 21h. Já o Santos joga o clássico contra o São Paulo, no Morumbi, quarta-feira (03) às 21h.

Ficha do Jogo: 

Santos: Vladimir, Daniel Guedes (Chiquinho), Werley, David Braz e Victor Ferraz; Lucas Otávio; Renato e Lucas Lima; Geuvânio (Gabriel), Robinho e Ricardo Oliveira (Rafael Longuine). Técnico: Marcelo Fernandes.

Sport: Danilo Fernandes, Samuel Xavier, Matheus Ferraz, Durval e Renê; Rithely, Wendel, Neto Moura e Régis (Diego Souza); Maikon Leite (Élber) e Joelinton (Mike). Técnico: Eduardo Baptista.

Arbitro: Marcos Andre Gomes da Penha. Assistentes: Carlos Berkenbrock, Leonardo Mendonça. Gols: Robinho (42′ do primeiro tempo); Joelinton (5′ do segundo tempo); Werley (24′ do segundo tempo); Samuel Xavier (45′ do segundo tempo). Cartões Amarelos:  Wendel, Neto Moura, David Braz.

TV Replay, o que é bom se repete!

Sport: Com mais uma vitória o Leão reina no Campeonato Brasileiro!

Domingo (24), o Sport recebeu o Coritiba na Ilha do Retiro pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro. E o Leão com a vitória conquistada diante do Coxa por 1 x 0, os rubro negros reafirmam a boa fase no campeonato, e é o líder do Brasileirão. O gol do Sport foi feito por Neto Moura.

foto reprodução

foto reprodução

No primeiro tempo, o Sport foi mais intenso no jogo, a marcação forte fez o time dominar todas as ações da partida. O Leão não dava oportunidades para o adversário. Logo no começo, aos nove minutos, Neto Moura teve chance para marcar. Com o passar do tempo o Coritiba adiantou a marcação e começou a jogar no seu campo de ataque.

foto reprodução

foto reprodução

Porém foi o Sport que marcou aos vinte e oito minutos, depois de Régis cruzar, Neto Moura chuta a bola ainda desvia na zaga, mas entra no gol. Sport abre o placar 1 x 0.

E o primeiro tempo termina sem nem um grande chance de gol para as equipes, o Leão domina a partida na etapa inicial.

No segundo tempo, o Sport volta mais retrancado e dá espaço para o Coxa subir para o ataque. O time paranaense quase empata o jogo aos doze minutos, quando Ruy lança a bola na área, Wellington Paulista cabeceia na trave, o lance segue e Rafhael Lucas chuta para a defesa de Danilo Fernandes.

foto reprodução

foto reprodução

Apesar de estar com mais liberdade para jogar, o Coritiba não aproveitava a condição dada a ele; o Sport por sua vez apenas administrava a partida. E teve uma chance de gol desperdiçada por Joelinton. Mas a última grande chance do jogo foi do Coritiba, depois de um cruzamento Paulinho toca na bola, ela passa raspando a trave do Sport.

E terminou assim, Sport 1 x 0, líder do Campeonato Brasileiro, e mais uma boa atuação do time de Eduardo Baptista.

Agora o Sport joga contra o Santos pelo Campeonato Brasileiro, domingo (31), na Vila Belmiro às 11h. Já o Coritiba enfrenta o Avaí, sábado (30), também pelo Campeonato Brasileiro às 18:30h., no estádio Couto Pereira.

Ficha do Jogo:

Sport:  Danilo Fernandes; Samuel Xavier, Matheus Ferraz, Durval e Renê; Rithely, Wendel, Neto Moura (Élber) e Régis (Diego Souza); Mike (Danilo) e Joelinton. Técnico: Eduardo Baptista.

Coritiba:  Bruno; Norberto, Leandro Almeida, Welinton e Ivan; Helder, João Paulo, Rosinei (Wellington Paulista), Ruy e Thiago Galhardo (Paulinho); Rafhael Lucas (Negueba). Técnico: Marquinhos Santos.

Arbitro: Sandro Meira Ricci. Assistentes: Emerson Augusto de Carvalho, Rodrigo Henrique Correa. Gol: Neto Moura (28′ do primeiro tempo). Cartões Amarelos: Rithely, Rosinei, Ivan, Norberto e João Paulo.

TV Replay, o que é bom se repete!

Sport: Com um a menos, sem goleiro, o Leão segura o empate contra o Flamengo

Neste domingo (17), o Flamengo recebeu o Sport pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro, no Rio de Janeiro. Mais uma vez o Leão teve boa atuação na competição, saiu na frente no placar, cedeu o empate nos acréscimos. Porém diante das circunstâncias o resultado foi bom para o Sport; que teve Magrão machucado, e isso obrigou Diego Souza a ir para o gol. O Leão terminou com um a menos, mas segurou o Flamengo jogando em casa.

foto: Marcelo Dias/ Futura Press

foto: Marcelo Dias/ Futura Press

Os gols da partida foram marcados por Diego Souza e Élber para o Sport,  Everton e Canteros para o Flamengo.

No primeiro tempo, o Flamengo buscou mais o o jogo aéreo, mas, esbarrou na boa defesa do Leão. Já o Sport buscava jogar no contra-ataque, esperava o erro do Rubro negro carioca. Apesar do domínio do Fla na partida, quem fez o primeiro gol foi o Sport, Canteros fez falta em Joeliton na área, pênalti para o Sport; Diego Souza cobra bem, no alto, 1 x 0 para o Leão.

foto: Portalvox

foto: Portalvox

No segundo tempo, a postura do Flamengo continuou a mesma, pressionava o Sport. Mas foi novamente o Leão, que aos vinte e três minutos fez outro gol; Élber tabela com Joeliton, recebe na frente e manda para o gol, fazendo Sport 2 x 0.

Aos vinte e oito minutos o Fla diminui com Canteros, que recebe livre na área sem goleiro depois do passe de Alecsandro. O Flamengo continuou pressionando. Quando a partida já se encaminhava para o final, Magrão se machucou depois de ter praticado uma defesa, e o Leão já tinha feito as três substituições. Diego Souza foi para a meta do Sport, que ficou com um homem a menos.

foto: Portalvox

foto: Portalvox

Nos acréscimos, aos cinquenta e um minutos, o Fla empata a partida. Depois de Paulinho ajeitar no peito para Everton, o meia finaliza no ângulo sem chances para o goleiro. Final de jogo um empate de 2 x 2.

O próximo compromisso do Sport no Campeonato Brasileiro será contra o Coritiba domingo (24), na Ilha do Retiro, antes o time jogará pela Copa do Brasil, e o adversário será o Santos quarta-feira (20) também na Ilha do Retiro. O Flamengo jogará conta o Avaí domingo (24).

Ficha do Jogo:

Flamengo: Paulo Vitor; Pará, Bressan, Wallace e Anderson Pico (Eduardo da Silva); Jonas (Márcio Araújo), Canteros, Almir (Paulinho) e Gabriel; Ewerton e Alecssandro. Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

Sport: Magrão; Samuel Xavier (Vitor), Matheus Ferraz, Durval e Renê; Rithely, Wendel e Élber; Diego Souza, Mike (Rodrigo Mancha) e Samuel (Joelinton). Técnico: Eduardo Baptista.

Arbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva. Assistentes: Alessandro A Rocha de Matos,Marcio Gleidson Correia Dias. Gols: Diego Souza (45′ do primeiro tempo); Élber (23′ do segundo tempo), Canteros (28′ do segundo tempo), Everton (51′ do segundo tempo). Cartões Amarelos: Jonas, Matheus Ferraz, Canteros, Diego Souza.

TV Replay, o que é bom se repete!

Sport: Leão faz boa apresentação na sua estreia pelo Campeonato Brasileiro

Neste domingo (10), time do Sport fez sua estreia no Campeonato Brasileiro contra o Figueirense, na Ilha do Retiro. Jogando em casa, o Leão conseguiu golear o time de Florianópolis por 4 x 1. Os gols da partida foram marcados por: Diego Souza duas vezes, Matheus Ferraz e Régis para o Sport, o gol do Figueirense foi um gol contra de Renê.

foto: Blog do torcedor

foto: Blog do torcedor

O time do Leão teve amplo domínio do jogo, estava jogando contra um adversário que veio com um time reserva, para poupar jogadores na Copa do Brasil. Não foi difícil para o Sport chegar a esse resultado tão amplo.

No primeiro tempo, desde o começo do jogo, o Sport começou pressionando logo no início, chegou duas vezes ao ataque, Joelinton e Durval perderam chances para marcar. O primeiro gol saiu aos dezenove minutos após cobrança de falta, Matheus Ferraz recebeu sozinho e marcou para o rubro negro. E o primeiro tempo terminou com o Sport abrindo o placar.

foto: Paulo Paiva/DP

foto: Paulo Paiva/DP

No segundo tempo, o Leão continuou pressionando, aos quinze minutos, Diego Souza recebeu falta de Everaldo dentro da área. Ele mesmo vai para a cobrança do pênalti, cobra muito bem e faz o segundo gol do time da Ilha. Aos vinte e dois minutos em uma jogada de cruzamento, Everaldo cruzou para a área do Sport, Renê tenta cortar mais colocou a bola para dentro do próprio gol, Sport 2 x 1 Figueirense.

Aos trinta e um minutos, novamente pênalti para o Sport, desta vez foi Élber que foi derrubado por Bruno Alves na área. Diego Souza cobra novamente, agora bate forte a meia altura, faz o seu segundo gol e o terceiro do Sport. Aos quarenta e dois minutos do segundo tempo foi a vez de Régis, ele limpou a marcação e bate no canto direito sem chances para a defesa de Luan Polli.

foto: Paulo Paiva/DP

foto: Paulo Paiva/DP

E assim terminou o primeiro jogo do Sport neste Campeonato Brasileiro, uma boa apresentação, fazendo 4 x 1 no Figueirense. Agora o próximo compromisso do Leão será dia 13.05 pela Copa do Brasil contra a Chapecoense em casa às 22h.

Ficha do Jogo:

Sport:: Magrão; Oswaldo, Matheus Ferraz, Durval e Renê; Rithely, Wendel (Rodrigo Mancha), Élber (Mike) e Diego Souza; Samuel e Joelinton (Régis). Técnico: Eduardo Baptista.

Figueirense:  Luan Polli; Willian Cordeiro, Nirley (Henrique), Bruno Alves e Marquinhos Pedroso; Dener, Jefferson, Ricardinho e Jean Deretti (Léo Lisboa); Everaldo e Dudu (Mazola). Técnico: Argel Fucks.

Arbitro: Wilton Pereira Sampaio. Assistentes: Cristhian Passos Sorence, Bruno Raphael Pires. Gols: Matheus Ferraz (19′ do primeiro tempo); Diego Souza (15′ e 31′ do segundo tempo); Renê (22′ do segundo tempo, contra); Régis (42′ do segundo tempo). Cartões Amarelos: Marcos Pedroso, Régis, Nirley. Expulsões: Bruno Alves.

TV Replay, o que é bom se repete!

Caruaru-PE: Em Amistoso, Central vence o Centro Limoeirense por 3 x 0

amistoso

A Equipe do Central fez seu último amistoso antes do início da série D do Campeonato Brasileiro, que acontece neste Domingo (20), em Mossoró-RN, contra o Baraúnas.

10502442_613220248792259_1882939795_n 10522597_613220242125593_2103559838_n

Recebendo o Centro Limoeirense no Lacerdão, o time da Patativa começou forte, aos 6 minutos em cobrança de falta pela esquerda, a bola é jogada na área, o goleiro defende, e no rebote Luiz Fernando chutou por cima do gol. Na bola que sobrou na entrada da área, Jean Batista quase marca batendo forte, a bola sobe e vai para fora. Na metade do primeiro tempo, bate, rebate na área, a bola cai nos pés de Saulo que chutou e a bola passou perto do gol de Elias. Luisão recebeu livre na entrada da área, ficou cara a cara com o goleiro Elias, tentou busca o canto, mas a bola foi pra fora. Apesar do jogo não ser muito pegado, foi marcado pela substituição de 3 jogadores do Central. Jean Batista , Erivelton, e Luisão, que saíram depois de se machucarem, antes dos 40 minutos de jogo. Depois de um chute forte, a bola sobrou para Bebeto que ajeitou com o peito para Andrézinho abrir o marcador fazendo 1 a 0 para o Central. Em arrancada forte de Bebeto, ele que invadiu a área e tocou para Josimar aumentar e fazer 2 x 0.
10566382_613220245458926_1647633313_n

No segundo tempo, aos 13 minutos, Paulo Vitor ficou com o rebote dentro da área e chutou com categoria para ampliar o marcador, Central 3, Centro Limoeirense 0. O time da Patativa não deu chance para o adversário, com um time todo diferente no segundo tempo, foi para cima. João Paulo avançou pela direita e chutou forte, mas o goleirão Elias defendeu sem deixar rebote. Após a cobrança de falta para Central, a bola passou perto do gol. Josimar tomou a bola no ataque invadiu a área, mas Elias chegou para dividir. Sinval fez bela jogada e chutou para o gol, mas a bola foi pra fora. Bebeto recebeu na entrada da área, puxou para esquerda e bateu forte, o goleirão Elias manda pra escanteio. E jogo acabou Central 3 x 0.

Caruaru-PE: Rodrigues da Ceaca está preocupado com a Segurança Pública no estado

Durante a 23ª Reunião Ordinária, da Câmara de Vereadores de Caruaru, o Vereador Rodrigues da Ceaca (PRTB) usou o microfone “a part” para falar de sua preocupação com a segurança pública no estado.O Edil, lembrou do fato ocorrido na última sexta-feira (02.05) no Estádio José do Rêgo Maciel (Arruda), em Recife, onde dois vasos sanitários foram jogados por torcedores do Santa Cruz, nos torcedores do Paraná Clube, que estavam saindo do estádio, matando Paulo Ricardo (22 anos), torcedor do Sport. Fatos como este, não podem ocorrer, como afirmou o Vereador Rodrigues da Ceaca (PRTB).

Confira!

gfmmTV Replay, o que é bom se repete!

Caruaru-PE: Fórmula Truck – Leandro Totti domina primeira etapa da temporada

Leandro Totti dominou a primeira etapa dos campeonatos Brasileiro e Sul-Americano de Fórmula Truck. Campeão em 2012 e vice no ano passado, o paranaense da RM Competições venceu de ponta a ponta, neste domingo (16), o GP Aurélio Batista Félix, primeira etapa das duas competições. A corrida que abriu a temporada nacional do automobilismo levou mais de 40.000 pessoas ao Autódromo Internacional Ayrton Senna, em Caruaru (PE).

16 03 14 Caruaru PE Fórmula Truck.Still001 16 03 14 Caruaru PE Fórmula Truck.Still002 16 03 14 Caruaru PE Fórmula Truck.Still003



16 03 14 Caruaru PE Fórmula Truck.Still012

Mais rápido em todas as sessões de treinos livres e classificatórios do sábado (15), Totti foi pole-position e manteve o Volkswagen-MAN número 73 da RM Competições na liderança nas 29 voltas da etapa pernambucana. Após mais de uma hora de corrida, recebeu a bandeirada da vitória com mais de 13 segundos de vantagem sobre o paulista Roberval Andrade, piloto do Scania da Ticket Car Corinthians Motorsport, que terminou em segundo.

A equipe de Andrade teve seus dois pilotos no pódio. Danilo Dirani, que voltou a competir na Fórmula Truck como titular do outro caminhão da Ticket Car Corinthians, terminou a disputa em quinto. O brasiliense Geraldo Piquet e o paulista Paulo Salustiano, que defendem as equipes ABF-Santos e ABF Racing Team, levaram seus caminhões Mercedes-Benz ao terceiro e ao quarto lugar. Dos 25 pilotos que largaram 17 chegaram ao fim da corrida.

“É o resultado de um desenvolvimento que vem desde o ano passado”, definiu o vencedor Totti, destacando a vantagem de ter pista livre durante toda a corrida. “Com frente livre, pude andar num ritmo bom sem me preocupar com a temperatura, tinha ar frontal”, lembrou, revelando que a temperatura do motor MAN subiu enquanto esteve pressionado por Wellington Cirino, que abandonou na 16ª volta. “Depois que ele parou eu estabeleci um ritmo seguro”.

 Andrade, que não alcançava o pódio em Caruaru desde 2008, exultou o segundo lugar. “É um recomeço de muito trabalho, foi um resultado gratificante para a equipe”, observou o piloto, que correu acometido por uma indisposição estomacal. “Fui conservador, mantive meu ritmo”, disse. Dirani comemorou o pódio. “Foi como eu renasci na Truck depois de um ano fora. Tudo na equipe é novo para mim, mas pressinto que será uma ótima temporada”.

 Foi a mesma impressão manifestada por Piquet, o terceiro. “É cedo para pensar ou falar em título, mas acho que teremos um grande ano. O caminhão é competitivo”, atestou. Salustiano, que também pilota um Mercedes-Benz, viu o quarto lugar com alívio. “Foi um fim de semana com vários problemas para resolvermos, trabalhamos muito para evitar as quebras que nos frustraram no ano passado. O resultado mostra que posso brigar pelas vitórias”, ponderou.

 A vitória deste domingo foi 11ª de Totti, número que o isola como sétimo maior vencedor da Fórmula Truck. Foi, também, o segundo triunfo em Caruaru – ele também ganhou a etapa em 2006, pilotando um caminhão Ford. A pole-position para a etapa de abertura da temporada de 2014 foi a sexta da carreira do paranaense, que nessa estatística também passa a ocupar o sétimo lugar, empatado com seu conterrâneo Osvaldo Drugovich Júnior.16 03 14 Caruaru PE Fórmula Truck.Still008

 A CORRIDA

A temporada de 2014 dos campeonatos Sul-Americano e Brasileiro da Fórmula Truck começou sob o calor de mais de 30 graus de Caruaru – era a temperatura ambiente no instante da largada. à bandeira verde, Wellington Cirino, terceiro no grid, ultrapassou Roberval Andrade, enquanto o pole-position Leandro Totti manteve-se na liderança – ele completou a primeira volta 1s7 à frente de Cirino e 2s3 à frente de Andrade.

 A abertura da segunda volta marcou a ultrapassagem de Felipe Giaffone sobre Diogo Pachenki, que valeu-lhe o quarto lugar na corrida. David Muffato, em sua primeira participação pela DF Racing Fans, teve pane elétrica em seu Ford na terceira volta e abandonou. A essa altura, a vantagem de Totti chegava a 3s4. O ritmo do paranaense permitiu-lhe ampliar essa margem para 4s4 ao término da quarta volta de corrida.

 Andrade, administrando o terceiro lugar, já recebia pressão de Giaffone. Na quinta volta, Pachenki foi ultrapassado por André Marques, Geraldo Piquet e Paulo Salustiano. O paranaense acabou saindo da pista e completou a quinta volta na décima posição. Nesse momento, Raijan Mascarello estacionou nos boxes da DF Racing Fans para reposição do pneu traseiro esquerdo externo, perdido em um toque durante disputa por posição.

16 03 14 Caruaru PE Fórmula Truck.Still013

O excesso de fumaça fez suas primeiras vítimas na sétima volta, quando os comissários de prova determinaram que Leandro Reis e Djalma Fogaça procurassem seus boxes para eliminar o problema. Ronaldo Kastropil estava nos boxes desde a terceira volta, com problemas na embreagem do Mercedes-Benz. Acabou abandonando. Débora Rodrigues, embora com a carenagem do caminhão danificada por um toque, seguia na pista.

 Giaffone mantinha sua postura de ataque a Andrade na décima volta, quando a perda de rendimento de seu MAN, motivados por problemas com a direção hidráulica, o fez cair para 18º – nesse instante, seu companheiro de equipe Adalberto Jardim abandonava, nos boxes. Pachenki, que enfrentava problemas com o intercooler de seu Volvo desde as primeiras voltas, também tomou o caminho dos boxes e viu-se obrigado a se retirar da disputa.

16 03 14 Caruaru PE Fórmula Truck.Still014

A intervenção programada do Pace Truck a um terço de cada corrida aconteceu após 11 voltas. Totti, Cirino, Andrade, Marques e Piquet ocupavam as cinco primeiras posições no GP Aurélio Batista Félix e receberam pontos de bonificação na classificação dos dois campeonatos – Totti havia conquistado o ponto extra pela conquista da pole-position e já garantia o ponto de bônus pela volta mais rápida da corrida, assinalada na segunda passagem.

 Dada a relargada, Totti sustentou a liderança e em uma volta abriu 1s5 de vantagem sobre Cirino, margem que passou a ser de 2s2 na 13ª volta e superou a casa dos 3s na 14ª. Andrade, terceiro, recebia pressão incisiva de Marques; Piquet, em quinto, vivia situação parecida, com Salustiano buscando um lugar no grupo dos cinco que compõem o pódio de cada etapa. Marques, contudo, também foi chamado aos boxes por excesso de fumaça.

16 03 14 Caruaru PE Fórmula Truck.Still006

 O estreante Marcello Cesquim, que havia perdido posições na largada, defendia desde a relargada da corrida o nono lugar – mesma posição que teve no grid. A ameaça à sua posição era representada por Beto Monteiro e Valmir Benavides. O pernambucano e o paulista, ambos pilotos da Scuderia Iveco, foram desclassificados da tomada de tempos de sábado, largaram do fim do grid e figuravam em 10º e 11º, respectivamente.

 A 16ª volta marcou a saída de pista do vice-líder Cirino, que abandonou. A ocorrência de óleo no traçado causou a rodada de Marques antes mesmo de sua ida para os boxes por conta do problema com a fumaça. Os problemas dos dois pilotos permitiram a Danilo Dirani, que voltou à Fórmula Truck pilotando o outro caminhão da Ticket Car Corinthians, passar a ocupar a quinta posição – estava atrás de Totti, Andrade, Piquet e Salustiano.

 Débora Rodrigues, com o sistema de refrigeração de seu Volkswagen danificado em um toque durante uma disputa por posição, retirou-se da corrida também na 16ª volta. Na 19ª, Monteiro ultrapassou Cesquim e passou à sétima posição. Seu companheiro de equipe Benavides tentou aproveitar a manobra para também superar o estreante, mas, com a tomada da curva comprometida, acabou rodando e caindo para o décimo lugar na corrida.

16 03 14 Caruaru PE Fórmula Truck.Still011

 No complemento da 20ª volta, Totti mantinha o ritmo forte e liderava com mais de 10 segundos de vantagem sobre Andrade. Jardim, após uma longa permanência nos boxes, voltou à pista disposto a aproveitar os instantes finais da corrida a título de teste dos reparos efetuados pela equipe. Monteiro, dando sequência à sua prova de recuperação, já ameaçava o sexto lugar de Fabiano Brito, que voltou a disputar a F-Truck depois de três anos de ausência.

 A ultrapassagem de Monteiro sobre Brito aconteceu após a frenagem ao fim da reta oposta do circuito caruaruense, a menos de sete minutos do fim da disputa. Sua desvantagem em relação a Dirani era de 7s1. Cesquim defendia o oitavo lugar dos ataques de Benavides. A disputa acolheu Giaffone, que a duas voltas do fim excedeu o limite de 160 km/h no ponto da pista onde há um radar e teve 20 segundos acrescidos a seu tempo total de prova.

 Após 29 voltas válidas, o resultado final do GP Aurélio Batista Félix foi o seguinte:

1º) Leandro Totti (PR/Volkswagen-MAN), RM Competições, 1h01min22s152
2º) Roberval Andrade (SP/Scania), Ticket Car Corinthians Motorsport, a 13s089
3º) Geraldo Piquet (DF/Mercedes-Benz), ABF Santos, a 16s336
4º) Paulo Salustiano (SP/Mercedes-Benz), ABF Racing Team, a 16s843
5º) Danilo Dirani (SP/Scania), Ticket Car Corinthians Motorsport, a 18s776
6º) Beto Monteiro (PE/Iveco), Scuderia Iveco, a 25s298
7º) Fabiano Brito (PR/Volvo), ABF/Volvo, a 29s269
8º) Marcello Cesquim (PR/Mercedes-Benz), ABF Racing Team, a 37s182
9º) Valmir Benavides (SP/Iveco), Scuderia Iveco, a 39s115
10º) João Maistro (PR/Volvo), Copacol Clay Truck Racing, a 57s718
11º) Felipe Giaffone (SP/ MAN), RM Competições, a 59s411
12º) Pedro Muffato (PR/Scania), Muffatão, a 1min02s042
13º) Jaidson Zini (PR/Iveco), Dakarmotors, a 1min10s349
14º) Luiz Lopes (SP/Iveco), Lucar Motorsports, a 1min29s499
15º) Jansen Bueno (PR/Scania), Muffatão, a 1min34s033
16º) André Marques (SP/Volkswagen-MAN), RM Competições, a 1min45s213
17º) Raijan Mascarello (MT/Ford), DF Racing Fans, a 1 volta

NÃO COMPLETARAM

Adalberto Jardim (SP/Volkswagen-MAN), RM Competições, a 12 voltas
Wellington Cirino (PR/Mercedes-Benz), ABF Santos, a 14 voltas
Débora Rodrigues (SP/Volkswagen-MAN), RM Competições, a 14 voltas
Diogo Pachenki (PR/Volvo), Copacol Clay Truck Racing, a 19 voltas
Djalma Fogaça (SP/Ford), DF Racing Fans, a 22 voltas
Ronaldo Kastropil (SP/Mercedes-Benz), ABF Desenvolvimento Team, a 26 voltas
David Muffato (PR/Ford), DF Racing Fans, a 27 voltas

DESCLASSIFICADO

Leandro Reis (GO/Ford), Original Reis Competições, fumaça
Melhor volta: Totti, na 2ª, 1min50s850, média de 103,274 km/h

CLASSIFICAÇÃO

Com a realização da primeira etapa, os campeonatos Brasileiro e Sul-Americano de Fórmula Truck têm a seguinte classificação: 1º) Totti, 32 pontos; 2º) Andrade, 23; 3º) Piquet, 18; 4º) Salustiano, 14; 5º) Dirani, 12; 6º) Monteiro, 10; 7º) Brito, 8; 8º) Cesquim, 7; 9º) Benavides, 6; 10º) Maistro, 5; 11º) Giaffone e Cirino, 4; 13º) Muffato, 3; 14º) Zini e Marques, 2; 16º) Lopes, 1.

Pernambucano 2014: Patativa vence de virada o Porto por 2 x 1

Confira os melhores momentos da partida.

Abaixo siga lance a lance:

DSC00464s

1º Tempo

0 min – Começa jogo entre Central 0 x 0 Porto

3 min – Central cobra falta na área. Zaga do porto corta.

6 min – Porto dá seu primeiro chute a gol. Sem perigo.

10 min – Central pela direita, Danilo Lins cruza e Edson Dias sem marcação, perde o gol

12 min – Central bate forte com Thallis pela direita. No escanteio cabeceia pra fora.

21 min – Falta perigosa para o Central. Bate na barreira e em perigo.

27 min. GOLL!!!! Falta para o Porto, bola levantada na área, Kiros de cabeça faz 1 x 0 para o Porto.

34 min – Ataque combinado do Central, Fernando busca Jean Batista, chega em Everton que chuta fraco.

38 min – Falta para o Porto quer lança na área sem perigo.

40 min – Falta para o Central, frontal ao gol do Porto. Central chuta pra fora.

45 min – Juiz dá 1 min de acréscimo.

46 min – Final do primeiro tempo

INTERVALO

2º Tempo

0 min – Começa o 2º tempo de jogo.

1 min – Falta perigosa para o Central na entrada da área. Jonathan bate perigosa. No escanteio quase que o Central marca.

3 min – Central avança perigosamente e chuta pra o gol.

7 min – Kiros recebe na entrada da área sozinho e tenta colocar, mas perde o gol. No escanteio o Porto perde um gol feito

15 mim – Danilo faz finta no zagueiro e chuta pra fora

17 min – Jonathan chutou forte na rede pelo lado de fora

18 min – GOL!!!!! Central empata com Jonathan de cabeça

19 min -Kiros de cabeça, Porto chega perigoso

29 min – Danillo Lins invade a área e chute em cima do goleiro

33 min – Central vira. Depois de uma grande confusão na área, Jonathan marca.

39 min – Público: 4.273 – Renda: R$ 26.910,00

45 min – Árbitro dá 3 minutos de acréscimo.

48 min – Acaba a partida Central vence 2 x 1 sobre o Porto de virada e assume a terceira colocação.

Brasileirão 2013 – Série D: Botafogo/PB faz 3 x 1 e vence o Central nos pênaltis

No tempo normal, 3 a 1 para o Belo. Nos pênaltis, 5 a 3. Equipe está classificada para as quartas de final e vai decidir vaga na Série C de 2014

O Botafogo-PB venceu neste domingo o Central de Caruaru e está classificado para as quartas de final do Campeonato Brasileiro da Série D. Foi um dia épico para o botafoguense, que viu o time vencer por 3 a 1 no tempo normal, devolver o placar sofrido no jogo de ida, e nos pênaltis se classificar de forma irretocável. Com seus cinco marcadores marcando seus pênaltis. A partida começou às 16h e terminou já pela noite com muita festa por parte dos jogadores e torcedores do clube pessoense.

Com o resultado, o Belo está classificado para as quartas de final e vai decidir uma vaga na Série C do ano que vem. O adversário vai ser decidido apenas na terça-feira, com o jogo entre Tiradentes e Sergipe, em Fortaleza. Se o Tiradentes se classificar, o primeiro jogo é em João Pessoa e o segundo em Fortaleza. Se o classificado for o Sergipe, o jogo decisivo é em João Pessoa.

Na primeira partida entre Sergipe e Tiradentes, 2 a 2 em Aracaju. Assim, um 0 a 0 ou um 1 a 1 classifica o Tiradentes. Um 2 a 2 leva a decisão para os pênaltis. Qualquer outro empate é do Sergipe. Quem vencer também está classificado.

Dois gols em 45 minutos

O primeiro tempo começou equilibrado. Com os dois times procurando o gol. Luiz Fernando e Andrezinho chegaram primeiro para o Central, mas depois Celico respondeu duas vezes e colocou o time de João Pessoa no ataque.

Apesar disto, o primeiro lance de real perigo só aconteceu aos 13 minutos da etapa inicial. Celico caiu pela esquerda, cruzou para Fausto. Ele estava livre. Iria cabecear em gol, mas no último instante a zaga do Central conseguiu cortar.

O Belo precisava do resultado. Ia para cima. E em cinco minutos inspirado conseguiu os dois gols que lhe classificaria. Aos 25 minutos, Pio meteu de cabeça em gol. Juninho se atrapalhou e entrou com bola e tudo. Aos 30, Lenílson aproveitou uma confusão na área e soltou uma bomba para ampliar. Era um 2 a 0 que provocava delírio no Estádio Almeidão.

De repente, contudo, o Botafogo parou. Com o resultado que lhe classificava, se acomodou. E pouco depois perdeu o craque Lenílson, que saiu de campo machucado. Entrava Fábio Neves em campo. O jogo caiu de ritmo e aos 41 o Central quase empatou com Andrezinho.

Um para cada lado e pênaltis

No segundo tempo, o time pernambucano começou como tinha terminado o primeiro. No ataque. Tentou e conseguiu diminuir aos 19 minutos. Após um cruzamento na área, Ítalo subiu mais do que a zaga e fez 2 a 1. Era um resultado que colocava o Central nas quartas de final.

A partir daí, o Belo voltou a acordar. E passou a atacar. Muito mais com o coração do que com tática ou técnica. O tempo, contudo, passava. E o placar permanecia inalterado. Trinta e um minutos. Rafael Aidar chutou, mas Ítalo cortou. Aos 33, Aidar de novo. Passa para Pio, mas este acertou a trave. Trinta e oito. Falta. Pio ajeitou a bola de forma cuidadosa e a meteu na cabeça do uruguaio Mario, que entrava no início da etapa final.

Foi um gol que levou o jogo para os pênaltis. Mas antes o Central ainda teve uma última chance. Aos 42 minutos, Erivelton obrigou Remerson a fazer uma bela defesa.

Era uma festa o Estádio Almeidão, que lotado empurrava o time. Nas cobranças decisivas, Pio, Mario, Ferreira, Fábio Neves e Fausto marcaram todas as cinco cobranças botafoguenses. Pelo lado do Central, Erivelton, Marcelo Pinheiro e Xinho marcaram. Andrezinho perdeu. E com o 5 a 3, Júnior Maranhão nem precisou ir para a cobrança. O Botafogo já estava classificado.

Fonte: Globoesporte.com
Reportagem: Edvaldo Magalhães/ Vídeo

Brasileirão – Série D: Central vence o Ypiranga no clássico da sulanca

A Patativa venceu a equipe do Ypiranga por 1 x 0, jogando no Lacerdão, a 3ª rodada pela Série D do Campeonato Brasileiro 2013. Gol marcado no primeiro tempo, por Filco, após cruzamento pela direita de Luis Fernando. Time do Ypiraga ainda teve um gol mal anulado pelo árbitro.

Com a vitória, o Central está na vice-liderança do Grupo 3. Próximo jogo será em Sobral/CE, contra a equipe do Guá

 

 

 

 

Tricolor de volta ao G4

O Santa Cruz está de volta ao G4. Veja a colocação do Santinha.

GRUPO A PG J V E D GP GC SG
1 Luverdense 32 14 10 2 2 28 19 9
2 Fortaleza 29 14 8 5 1 21 9 12
3 Santa Cruz-PE 19 14 4 7 3 22 15 7
4 Salgueiro 18 14 4 6 4 22 20 2
5 Águia Marabá 17 14 4 5 5 18 25 -7
6 Paysandu 17 14 3 8 3 16 16 0
7 Treze 16 14 5 1 8 17 26 -9
8 Icasa-CE 15 14 4 3 7 12 17 -5
9 Cuiabá 15 14 3 6 5 15 14 1
10 Guarany Sobral 9 14 2 3 9 16 26 -10

Santa Cruz 1 X 0 Cuiabá

Melhore momentos, rede globo.

Vinte jogadores na relação coral para Santa X Cuiabá

Zé Teodoro colocou na relação Coral 20 jogadores para enfrentar o Cuiabá, no Arruda, domingo, as 16:00 h. E a novidade é o paredão Tiago Cardoso que volta a equipe Coral. Faz tempo que ele não entra no gramado do Arruda, mas nesse domingo já está tudo certo.

Agora veja os relacionados pelo Zé Teodoro: Tiago Cardoso, Fred, Diogo, Tiago Costa, Édson Borges, Everton Sena, William Alves, Vágner, Chicão, Memo, Sandro Manoel, Renatinho, Weslley, Leozinho, Leandro Oliveira, Luciano Henrique, Dênis Marques, Fabrício Ceará, Flávio Recife e Branquinho.

O paredão tricolor pode voltar contra o Cuiabá

Ótima notícia para a torcida coral: Tiago Cardoso, mais conhecido como “o paredão”, pode voltar a campo domingo às 16:00 h contra a equipe do Cuiabá. Tudo indica que isso acontecerá, já que Tiago não entra em campo faz muito tempo. A última partida foi no bicampeonato pernambucano em cima do Sport. Será esse o motivo do Santa Cruz não vir muito bem na defesa? Vamos tirar essa dúvida porque o paredão coral está de volta. Avante Tricolor!

Fabrício pode voltar a campo diante do Cuiabá

Fabrício Ceará espera poder entrar em campo neste domingo, as 16:00 h, no estádio do Arruda, diante do Cuiabá como titular da equipe. A esperança veio após treinar como titular da equipe, ele, que já está há três partidas fora da equipe coral. O atacante que vem muito bem no campeonato, nos últimos três jogos do Santa, não atuou. O tricolor não venceu e agora chegou a oportunidade de embalar no campeonato.

Edson Borges volta aos treinos hoje dia 19/09/2012

Mais um atleta coral que ficou fora do treino desta última Terça-feira, o zagueiro Edson Borges. O problema foi na coxa direita, mas não foi nada sério. Edson já está de volta aos treinos hoje quarta-feira dia 19/09/2012. Ele está quase certo para enfrentar o Paysandu e tudo indica que entrará em campo neste Sábado às 16:00.

Zé Teodoro busca equipe titular

As duvidas da equipe titular são entre. Flávio Caça Rato e Paulista e no meio de campo. Se Luizinho jogar Renatinho ta fora se Luizinho não for jogar Renatinho entra na vaga de titular. Zé Teodoro vai tentar assim vencer o Carcará e subir na série C.

Luciano Henrique diz que equipe não pode mais desperdiçar pontos para avançar a série B

Segundo Luciano Henrique o Santa Cruz tem que aproveitar dia por dia de treinamentos para se preparar para enfrentar o Salgueiro no Arruda. Pois  o Santa Cruz  tem que ganhar três pontos para subir para série B. Mas vencer só em casa não adianta tem que vencer fora de casa também e o Tricolor está trabalhando para isso. Para garantir o acesso na série B do ano que vem.

Guarany 1 X 1 Santa Cruz

Após o empate de 1 x 1 com o Guarany-CE, veja como ficou a classificação do grupo do Tricolor:

GRUPO A PG J V E D GP GC SG
1 Luverdense 22 10 7 1 2 20 14 6
2 Fortaleza 21 10 6 3 1 13 5 8
3 Santa Cruz-PE 14 10 3 5 2 20 13 7
4 Paysandu 14 10 3 5 2 13 11 2
5 Salgueiro 13 10 3 4 3 17 17 0
6 Águia Marabá 13 10 3 4 3 14 18 -4
7 Icasa-CE 12 10 3 3 4 9 12 -3
8 Treze 10 10 3 1 6 12 17 -5
9 Cuiabá 9 10 1 6 3 7 10 -3
10 Guarany Sobral 5 10 1 2 7 11 19 -8

E agora Dênis Marques é o novo artilheiro da série C com 8 gols.

Santa Cruz já vai a Sobral enfrentar o Guarany

O Santa Cruz já está seguindo rumo a Sobral onde vai acontecer a décima partida do grupo A e a primeira rodada do segundo turno. Lá o tricolor enfrentará o Guarany-CE, no domingo dia (02/09/2012).

O Tricolor tentará sua primeira vitória fora de casa e a partida será contra o lanterna, quem sabe assim a equipe possa sair com três pontos de Sobral.

Lista de viagem do Tricolor para enfrentar o Guarany

Confira os dezenove jogadores que vão até Sobral para enfrentar a equipe de Guarany. 


GOLEIROS:
 Fred e Diego Lima

LATERAL DIREITO: Maizena

LATERAIS ESQUERDOS:
 Renatinho e Tiago Costa

ZAGUEIROS: Everton Sena, Vágner, William e Diego Bispo

VOLANTES: Chicão, Memo e Sandro Manoel

MEIAS: Leandro Oliveira, Weslley e Luciano Henrique

ATACANTES:
 Dênis Marques, Fabrício Ceará, Paulista, Branquinho

Memo diz que Tricolor tem obrigação de vencer Guarany

Memo, volante do Santa Cruz diz que já passou da hora do santinha vencer fora de casa. E a tentativa de honrar a palavra de Memo vai ser contra o Guarany. O Santa Cruz já teve chances de vencer fora de casa contra o Fortaleza e o Luverdense a equipe jogou muito bem mas não conseguiu o placar. Mas, agora tem de tudo para sair vitorioso do jogo diante do Guarany.

Renatinho não está chateado por perder titularidade

Renatinho disse que não está chateado em perder titularidade. Ele que era titular até a série C que foi substituto por Thiago Costa. Ele disse que ia batalhar muito para ter essa vaga de titular mas se não tiver não vai ficar chateado nem com Thiago Costa nem com o treinador Zé Teodoro.

Novidade no Santa: Edson Ramalho pode fazer sua estréia

O treinador Zé Teodoro divulgou a lista de relacionados do Santa Cruz para o confronto de hoje, contra o Águia/PA. Para esta partida o técnico optou por utilizar 21 atletas  e a novidade é o nome do volante Ramalho entre os jogadores que podem vestir a camisa tricolor neste sábado.

Trio para Santa Cruz X Águia já definido

De olho na arbitragem do confronto entre Santa Cruz X Águia, válido pela nona rodada do Grupo A da Série C, CBF optou por um trio baiano para o jogo. Apita a partida Jailson Macedo Freitas, auxiliado por José Dias da Rocha e Marcos rocha de Amorim.

Jailson Macedo Freitas tem 41 anos, é professor de educação física.

Luverdense 2 X 1 Santa Cruz

O Santa Cruz perdeu para o Luverdense. É galera tricolor não deu ontem, o Santa Cruz ficou o tempo todo no ataque, o Luverdense teve poucas chances, e marcou duas vezes e em tantas do Santa Cruz apenas uma entrou. O Luverdense abriu o placar de pênalti; o tricolor empatou e o Luverdense virou de falta. Os dois gols foram de Rubinho o da equipe coral de Wesley.

Sport perde para o Botafogo

Depois de um bom primeiro tempo e de um bom início de segundo, o Sport caiu de produção e foi derrotado pelo Botafogo na noite desta quarta-feira, no Estádio Engenhão, no Rio de Janeiro. Os gols do clube carioca foram marcados por Elkeson e Seedorf.

No próximo sábado, o Leão volta a jogar no Estado do Rio de Janeiro. A partida será realizada na cidade de Volta Redonda, contra o Fluminense.

Ingressos de Fortaleza e Santa Cruz a venda

Os ingressos para Fortaleza x Santa Cruz, já estão a venda para os torcedores. O torcedor pode comprar seu ingresso com tranquilidade. Os preços serão os seguintes.

Os setores Laranja e Azul custam R$30,00. A área de sombra do Presidente Vargas possui  ingressos a R$80,00 para o setor Especial. Aquele que forem ao setor amarelo, que é da torcida do Santa Cruz, pagará R$50,00. Os ingressos para o Santa cruz ficarão à venda durante a semana.

Equipe que vai enfrentar o Fortaleza está quase definida

Já está quase certa a formação do Tricolor contra o Fortaleza e Edson Borges está de volta para ajudar o Santinha.
Zé Teodoro colocou Sandro Manoel no lugar de Weslley, e Anderson Maisena pode tomar o lugar de Renatinho. Com isso, e a escalação será: Fred, Memo, Édson Borges, William, Tiago Costa, Chicão, Sandro Manoel, Renatinho ou Maizena, Leandro Oliveira, Fabrício Ceará e Dênis Marques.

Em Caruaru, faixa de nebulosidade deixa tempo instável

Em Caruaru, durante a manhã desta quinta-feira (9), o tempo variou bastante. Às 7h, estava fazendo sol e 20 minutos depois estava chovendo. Isso está acontecendo porque uma faixa de nebulosidade vinda de Alagoas chegou a região. À tarde, o tempo também fica com esta variação. O tempo pode até abrir um pouco mais, mas também chove fraco. A temperatura, com esta mudança, baixa um pouco chegando aos 26 graus.

Ainda na região do Agreste, existe chance de chuva em alguns municípios. Já no Recife e Zona da Mata, o tempo fica aberto- mesmo assim pode chover rápido ao longo do dia. Só o sertão que se mantém sem chuva, hoje o dia é de bastante sol.

Leozinho está quase pronto

O meia Leozinho já está se sentindo em casa no Arruda. Mas, para ele se sentir totalmente da família tricolor, precisa fazer sua estreia com a camisa Coral. No entanto, para isso acontecer ele precisa ser regularizado. Dos quatro contratados pelo Santa Cruz, dois estrearam contra o Icasa domingo (05/08/2012), o lateral esquerdo Tiago Costa e o meia Leandro Oliveira e agora é o meia Leozinho que estar com sede para sua estreia.

Domingo de folga

A equipe Coral passou o domingo (05/08/12) descansando. No entanto, nesta segunda (06/08/12) o trabalho foi em dobro pois o próximo adversário é o Fortaleza primeiro colocado do grupo e o tricolor vai em busca de mais uma vitória  para se manter no G4. O placar positivo é o objetivo da cobrinha.

Fortaleza X Santa Cruz

O tricolor vem de uma vitória por quatro a zero em cima do Icasa. E agora irá enfrentar o Fortaleza  no Ceará. Vai ser um jogo muito difícil pois o Fortaleza está em primeiro lugar no grupo. O Santa Cruz vai ter que jogar com raça para vencer e trazer para o Arruda mais três pontos.

Santa Cruz 4 X 0 Icasa

O Santa Cruz fez as pazes com a vitória. O Tricolor venceu o Icasa pelo placar de 4×0. O primeiro gol foi de Fabrício Ceará na batida de falta de Leandro Oliveira, Fabrício dominou e bateu no gol. O segundo gol foi de cabeça com Edson Borges; o terceiro de pênalti com Dênis Marques e o quarto de rebote de Flávio Recife.

Bruno Aguiar vetado no jogo contra o São Paulo

Como era esperado, o zagueiro Bruno Aguiar, que fraturou o nariz na partida contra o Atlético-GO, está fora do duelo contra o São Paulo no próximo domingo. De acordo com o Médico do Sport, Stemberg Vasconcelos, o atleta ainda sente muitas dores no local e seria arriscado forçar sua escalação. Stemberg Vasconcelos também revelou que o Sport tentou adquirir uma máscara protetora para que Bruno Aguiar pudesse atuar mais tranquilo.

Apesar de não definir quando Bruno Aguiar ficará à disposição do técnico Vágner Mancini, o médico do clube acredita que o zagueiro poderá jogar contra o Vasco, na próxima quarta-feira, às 19h30m, na Ilha do Retiro.

O Sport enfrentará o São Paulo no Morumbi, às 16h, deste domingo.

O Leão e a gangorra da classificação na Série A

A parte de baixo da tabela do Campeonato Brasileiro vem sendo marcada pelo equilíbrio. A distância do último colocado (Figueirense) para o nono (Corinthians) é de apenas oito pontos. Uma vitória pode trazer tranquilidade, assim como uma derrota pode instaurar uma crise grave.

O Sport é um exemplo disso. Com 14 pontos conquistados, ocupando atualmente a 13ª colocação, o Leão está no “limbo”. Se vencerem o São Paulo no domingo, no Morumbi, e for ajudado pela combinação de resultados, os rubro-negros poderão terminar a rodada na nona colocação. Em teoria, na de acesso à Copa Sul-Americana (os critérios de classificação ainda não foram definidos pela CBF).

Se seguir o “jejum” e cair diante do tricolor paulista, a situação se inverte. Se for prejudico por outros resultados, o Leão pode ficar “na porta” da zona de rebaixamento, na 16ª posição. Ou seja, um intervalo de sete posições, a depender do desempenho do Sport e das demais equipes da parte inferior da tabela.

Essa instabilidade traduz aquilo que nenhum rubro-negro gosta de constatar: se existia alguma “gordura”, o Leão a está queimando muito antes do que queria. O confronto contra o São Paulo, onde os leoninos nunca sequer marcaram um ponto, é mais um momento decisivo na gangorra rubro-negra.

Moacir volta à lateral do Sport contra o São Paulo

Tentando melhorar a postura defensiva do Sport, o técnico Vágner Mancini decidiu promover a volta de Moacir à lateral direita, para a partida contra o São Paulo, neste domingo, às 16h, no Morumbi. Apesar de não confirmar os titulares, o treinador revelou que, por questões táticas, Cicinho iniciará o duelo no banco de reservas.

Com relação ao restante do time, Mancini ainda não definiu como irá compor seu meio-campo. Ainda sem condições de atuar os 90 minutos, Hugo foi o destaque do treinamento desta sexta-feira, mas deverá ficar como opção no banco. Com isso, Willians deverá ser o titular. Mesmo assim, o treinador preferiu não divulgar os escolhidos.

Mesmo com o mistério montado pelo treinador, o Sport deverá manter a escalação que treinou durante toda a manhã. Com isso, o Leão entrará em campo com: Magrão; Moacir, Diego Ivo, Aílson e Reinaldo; Tobi, Rithely, Marquinhos Gabriel, Willian e Felipe Azevedo; Gilberto.

Em busca de vitórias – Tricolor Muda

A equipe do Santa Cruz não está conseguindo estabilidade no decorrer das partidas e com isso não consegue encontrar a vitória. Portanto, o técnico Zé Teodoro resolveu mudar a formação da equipe em busca de conjunto de jogo e estabilidade durante toda a partida. Assim, o treinador vem dando sinais para uma nova formação. Que será: Fred, Memo, William Alves, Edson Borges,Thiago Costa, Chicão, Weslley, Leandro Oliveira, Renatinho, Fabrício Ceará e Dênis Marques.

Edson Ramalho e Tiago Costa regularizados no Santa Cruz

Os dois recém contratados corais, Edson Ramalho e Tiago Costa já estão regularizados e liberados para enfrentar o Icasa diante da torcida tricolor no arruda. O Santa Cruz está invicto no Campeonato Brasileiro Série C, mas a torcida não está satisfeita com os últimos resultados. Todos esperam que a equipe não fique satisfeita apenas com empates. Os tricolores esperam boas partidas e que os finais sejam com vitórias. E os dois estreantes podem trazer a força necessária para a equipe alcançar o caminho da vitória.

Sport joga contra o São Paulo e luta contra o retrospecto

No próximo domingo, no Morumbi, o Sport enfrenta o São Paulo, em partida válida pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro. Além do bom momento do time paulista, que goleou o Flamengo por 4 a 1  na última partida, o Leão terá pela frente outro adversário: o retrospecto.

O Sport nunca conquistou sequer um ponto jogando no Morumbi. Em 13 jogos, foram 13 derrotas. O pior resultado foi um 4 a 0, válido pelo primeiro turno do Brasileirão de 2009. A dificuldade leonina é grande: entre 1988 e 1995, o time jogou por três vezes contra os tricolores e não conseguiu marcar nenhum gol. Derrotas por 3 a 0, 2 a 0 e 1 a 0.

Pressionado pela inconstância do time, além da má campanha que vem fazendo na Ilha do Retiro, os rubro-negros precisarão arrancar ao menos um empate na capital paulista para não enxergarem a zona de degola cada vez mais perto.

O Leão tem uma semana cheia de treinamentos para tentar corrigir os defeitos recorrentes nas últimas partidas. O time deve contar com a estreia do meia Hugo, contratado como grande nome do meio campo leonino. Em contrapartida, deverá perder Bruno Aguiar, por conta de uma fratura no nariz.

Leandro Oliveira quer estrear no Santa Cruz

O meia Leandro Oliveira, recém contratado, está contando os dias para a estréia. O atleta já vem treinando junto ao grupo há uma semana e está ansioso para regularizar sua situação o mais breve possível para estrear com a camisa coral. Se depender dele, isso ocorrerá já no próximo jogo que se realizará no sábado (04/08/2012) às 16:00h no Arruda diante do Icasa.

Ingressos a venda hoje para Santa Cruz X Icasa

O Santa Cruz quer o Arruda lotado e bonito como sempre como reforço para o time enfrentar o Icasa neste sábado. Os ingressos serão vendidos a preços que variam de R$ 15,00 a R$ 30,00. As bilheterias do Arruda iniciam as vendas nesta quarta-feira (01/08/2012) às 12.00h. O jogo acontecerá neste sábado (04/08/2012) e tem uma grande expectativa de casa cheia.

Leozinho é apresentado no Santa Cruz

Mais um reforço Coral na Série C. Dessa vez foi Leozinho que chega para ajudar o Tricolor. O meia já teve passagem pelo Icasa e seu último time foi o Daejeon Citizen da Coreia do Sul. Leozinho já foi apresentado na sala de imprensa e será mais um que tentará levar o Santa Cruz para a Série B.

Zé Teodoro justifica empate sem gols contra o Cuiabá

O treinador Zé Teodoro disse que um dos motivos do Santa Cruz não ter vencido foi o desfalque de oito jogadores e também o clima quente de Cuiabá. Dênis Marques estava voltando de uma lesão e só teve uma chance de gol. Mas, o Santa Cruz está trabalhando para melhorar no Campeonato Brasileiro da Série C, afirmou o treinador.

Cuiabá 0 X 0 Santa Cruz

O Santa Cruz saiu de Pernambuco em direção a Cuiabá. E arrancou de lá um empate de 0 X 0, no primeiro tempo o Santa Cruz jogou mau mas no segundo tempo o Santa Cruz jogou melhor. Mas assim mesmo não conseguiu fazer o gol e não sofreu nenhum também. O tricolor conseguiu arrancar um ponto fora de casa e isso foi importante o Santa Cruz está em sétimo lugar com sete pontos.

César está na lista para jogar

César já tinha feito contrato com o Santa Cruz, mas agora ele está regularizado para jogar. Esses dias ele vinham treinando com Edson Borges na vaga de titular e tem tudo para enfrentar o Cuiabá e assim,  concertar os erros que a defesa vem apresentando.

Luciano, Diogo, Dênis são dúvidas contra o Cuiabá

Luciano Henrique e Diogo são dúvidas no jogo contra o Cuiabá. Luciano Henrique sentiu um desconforto muscular e foi poupado do treino. Já Diogo, sente dores na coxa e também está sendo poupado dos treinos. Dênis Marques também poderia ser uma nova dúvida, mas já está quase confirmado no confronto diante do Cuiabá.

Victor Hugo vai ficar três semanas afastado

Victor Hugo está contundido e ficará de fora por 3 semanas, com isso não irá para o jogo de domingo diante do Cuiabá. O meio campo sofreu uma contratura na mão e vai ficar esse tempo em tratamento do departamento médico. O Tricolor está contratando reforços para Série C, mais ainda não vão estar regularizados para tomar o lugar de Victor Hugo.

Santa Cruz contrata mais dois reforços

Além de Edson Ramalho o Santa Cruz contatou mais dois reforços. Thiago Costa, lateral, ex-Volta Redonda, e o meio de campo Leandro Oliveira, ex- Noroeste. O Santa Cruz queria quatro reforços; já conseguiu três e está fechando com o quarto contratado.

Zagueiro Ailson tem nova chance contra a Ponte Preta

Escolhido pelo técnico Vágner Mancini para tentar minimizar os erros do sistema defensivo do Sport, o zagueiro Aílson revelou qual será a estratégia para aproveitar nova chance como titular diante da Ponte Preta, na próxima quarta-feira, às 19h30m, em Campinas. Para o atleta, a falta de diálogo foi o grande vilão do sistema defensivo rubro-negro.

Consciente de que o momento não é favorável aos aletas da defesa leonina, Aílson afirmou que isso servirá de incentivo. Na avaliação do zagueiro, chegou a hora dos defensores do Sport mostrarem seu potencial.

Ainda de acordo com o jogador, os erros do sistema defensivo não podem ser divididos com os demais setores da equipe. Para Aílson, os atacantes estão cumprindo bem o seu papel.

Santa Cruz tem a maior média de público do Brasil

O Santa Cruz já tem a maior média de público no ranking.

O jogo do Santa Cruz 1 X 1 Guarany, teve o público de 25.165 espectadores, o Tricolor já está na frente do Corinthians em torcedores e já está em primeiro lugar no ranking.

Em três jogos no Arruda, o Santa Cruz  teve uma média de 22.846 torcedores, e arrecadou R$ 1.055.810. Já o segundo colocado, o Corinthians, campeão da Libertadores, tem uma média de 22.404 torcedores.

Santa Cruz contrata Edson Ramalho

O Santa Cruz anunciou novo contratado, Edson Ramalho. Edson que é um jogador muito conhecido pelo Bahia, pois ele já teve uma passagem por lá. Mas a equipe que ele pertence agora é o Comercial. Esse é só o primeiro reforço dos quatro que Zé Teodoro recomendou. Já está sendo fechado com um segundo jogador, o lateral esquerdo Tiago Costa.

Tiago Costa pode fechar com o Santa Cruz

O Santa Cruz não tem nenhum lateral esquerdo de origem. Renatinho joga na posição mas ele é meio de campo. O Tricolor pode contratar um lateral esquerdo para Série C. Está quase tudo certo. O Santa Cruz só depende do Volta Redonda para terminar a negociação, pois é a equipe que Tiago Costa pertence.

O diretor de futebol do Santa Cruz disse que não vai querer só o lateral mas também vai tentar contratar para o meio-campo.

Diogo sente dores na coxa

Diogo pode ser um problema para o jogo de domingo diante do Cuiabá. Pois ele sente dores na coxa e vai ter que fazer exames. Quem vai ficar na torcida é Anderson Maisena que tem uma boa chance de jogar no domingo na lateral direita. Maisena tenta desde o Pernambucano uma vaga como titular para mostrar o que sabe fazer e essa pode ser a chance dele.

Empate contra Paysandu teve gostinho de vitória

O Santa Cruz empatou contra o Paysandu na noite de sexta-feira, o placar foi de 3 X 3. foi o resultado que ninguém queria. Mas aconteceu. No entanto saiu com um gostinho de vitória para o Tricolor Pernambucano, pois aos 39 minutos do segundo tempo o Santa Cruz perdia por 3 X 1, aos 40 minutos Dênis Marques fez o primeiro dele no jogo, aos 44 de novo Dênis Marques empatou para o Santa Cruz. O predador fez dois gols e Fabrício Ceará fez um o primeiro.

Zé Teodoro quer reforços para Série C

Mesmo o Santa Cruz já tendo sua primeira vitória no campeonato Brasileiro da Série C, mesmo estando entres os primeiros colocados, o treinador Zé Teodoro ainda não está satisfeito com a sua equipe e vai tentar buscar reforços.

Zé Teodoro já pediu reforços a Diretoria do Santa Cruz. Pode ser que venham quatro reforços para corrigir os erros do Tricolor.