Caruaru-PE: Diocese de Caruaru apresenta Campanha da Fraternidade 2014

A Diocese de Caruaru, realizou na manhã desta terça-feira, no auditório do Colégio Diocesano, a apresentação da Campanha da Fraternidade 2014. Todo o Clero esteve presente, além de autoridades da Polícia Federal e pessoa ligadas ao Tráfico Humano, que é tema da Campanha deste ano.

A Campanha da Fraternidade 2014, será lançada na quarta-feira de cinzas (05.03), pelo Bisco Diocesano Dom Bernardino Marchió (Dom Dino), em Caruaru, e vai destacar o Tráfico Humano.

O Pe. João Paulo, Coordenador da Pastoral da Comunicação, concedeu entrevista a TV Replay e deu detalhes sobre a reunião e a Campanha.

04 02 14 Caruaru-PE Campanha da Fraternidade 2014.Still001

Confira!

TV Replay, o que é bom se repete!

Caruaru-PE: Abertura Oficial do ano Diocesano – 2014

A Diocese de Caruaru promove 4 vezes por ano a reunião do Clero e dos Agentes, trata-se de um encontro do bispo com os padres, sacerdotes, diáconos, leigos e leigas. É a oportunidade de discutir propostas, apresentar projetos e fazer comunicações. A reunião foi realizada nesta terça-feira (04 de fevereiro), nas dependências do Colégio Diocesano, em Caruaru é a primeira do ano.

Numa primeira parte que foi até às 11h, iniciou com um momento de oração, de apresentação dos presentes e de comunicações diversas. Na segunda parte que começou às 11h, para a qual toda a imprensa foi especialmente convidada, tiveram dois momentos: o primeiro foi o lançamento oficial da Campanha da Fraternidade 2014 que este ano trata do polêmico tema do tráfico de pessoas; no segundo foi apresentado o anuário diocesano. Para a apresentação da campanha da fraternidade estiveram presentes autoridades da policia federal e pesquisadores sobre o tema do tráfico de pessoas. 

1

CAMPANHA DA FRATERNIDADE – 2014 

Tema: Fraternidade e Tráfico Humano – Lema: É para a liberdade que Cristo nos libertou (Gl 5,1)  

A Campanha da Fraternidade é uma iniciativa da Igreja Católica no Brasil desde 1962, mas em nível nacional em 1964, e sempre no período da quaresma leva os cristãos, alem de viverem os apelos próprios desse tempo (conversão e penitencia em preparação para a páscoa), a conscientizar-se sobre os desafios da sociedade brasileira. Ela começa na quarta-feira de cinzas e vai até o domingo de ramos. 

Este ano, a temática abordará a questão do trafico humano. Segundo os dados da ONU, de 800 mil a 2,4 milhões de pessoas são vítimas do trafico de seres humanos. Existem três tipos de tráfico: laboral (situações de escravidão de trabalho), sexual e de órgãos. O maior deles é o laboral e representa 78% dos casos. Como causas estão os altos interesses econômicos e a vulnerabilidade dos pobres que são vítimas. 

Os maiores fatores que estimulam o tráfico são a miséria, a impunidade e a ganância. O objetivo geral da Campanha da Fraternidade de 2014 é “identificar as práticas de tráfico humano em suas várias formas e denunciá-las como violação da dignidade e da liberdade humanas, mobilizando cristãos e pessoas de boa vontade para erradicar este mal com vista ao resgate da vida dos filhos e filhas de Deus”.