Caruaru-PE: Audiência Pública, a pedido do vereador Heleno do Inocoop, foca problemas no combate à violência

As dificuldades operacionais, principalmente a falta de estrutura das polícias civil e militar, no combate à violência em Caruaru, foram o foco da audiência pública promovida pela Câmara Municipal de Caruaru, na manhã desta quarta-feira (18.11). Com os trabalhos dirigidos pelo presidente da Casa, vereador Leonardo Chaves (PSD), a audiência foi uma solicitação do vereador Heleno do Inocoop (PRTB).

Estiveram presentes os comandantes da DINTER-1 (Diretoria Integrada do Interior I), Coronel QOPM José Roberto Tenório Maranhão; e do 4º BPM, Tenente-coronel Roberto Galindo, além do delegado de Homicídios, Márcio Cruz, o inspetor da Polícia Rodoviária Federal, José Alexandre Barbosa Leite, os presidentes dos sindicatos da Polícia Civil, Áureo Cisneiros, dos Taxistas, Cícero Moreira e dos Servidores Municipais de Caruaru, Eduardo Mendonça, além dos vereadores Rodrigues da Ceaca (PRTB), Rosimery da Apodec (DEM), Tenente Tibúrcio (PRB), Gilberto de Dora (PSB), Bruno Lambreta (PSD), Lula Tôrres (PR), e Jaelcio Tenório (PRB).

Ausências - O senador Douglas Cintra (PTB) e os deputados estaduais Tony Gel (PMDB) e Raquel Lyra (PSB) não compareceram mas enviaram representantes. Também convidados, o deputado federal Wolney Queiroz (PDT) e o prefeito José Queiroz (PDT), no entanto, não vieram nem enviaram representantes. O secretário estadual de Defesa Social, delegado Alessandro Carvalho, justificou a falta, pois estava participando de outra reunião no Recife.

O vereador Heleno do Inocoop lamentou as ausências num debate tão importante e destacou o fracasso do Pacto pela Vida, do governo do estado, e falta de estrutura da polícia.

“Como cidadão e representante do povo fico preocupado, pois já foram mais de 183 homicídios, roubos e assaltos diariamente, deixando os caruaruenses assustados e sem paz, o povo merece o máximo de respeito, não existe crise que justifique o momento tão crítico, por isso lamentamos a ausência das autoridades que têm o poder de mudar essa situação”, salientou o parlamentar.

Heleno disse ainda que é necessário que o Estado invista, em caráter de urgência, para melhorar as condições de trabalho dos policiais.

“Não é justo uma cidade de constante desenvolvimento ter o efetivo com apenas 300 policiais, o que equivale a 80 homens por dia, precisamos do aumento de viaturas, exclusividade do 4º BPM para Caruaru, renovação dos coletes, helicóptero para ficar lotado no 4º BPM, melhor salário para os policiais da ativa e inativa, além de assistência médica”, defendeu o edil.

O presidente do SINPOL, Áureo Cisneiros, também destacou a completa falta de estrutura de trabalho das delegacias em Caruaru, muitas sem material de expediente ou sequer água para os agentes beberem.

“Em algumas são os próprios policiais que têm que se cotizar para comprar água. Em outra delegacia, foi um advogado que doou resma de papel para que os autos pudessem ser impressos”, disse Cisneiros.

O comandante do 4º BPM, Tenente-coronel Roberto Galindo, reconheceu que a corporação também trabalha em condições longe da ideal, mas ressaltou que o trabalho de enfrentamento à violência é um trabalho conjunto, das polícias e da população.

“É importante a participação da Câmara de Vereadores, isso denota que tem mais gente preocupada, e de fato existem tarefas que o município pode nos ajudar, já é fato que a violência não se coíbe só com a polícia. A audiência foi positiva, colocamos alguma reivindicações, como o exemplo do horário do tempo de duração de eventos, e só por isso já seria uma grande contribuição para a diminuição da violência”, salientou o comandante.

O presidente do Legislativo, vereador Leonardo Chaves, informou que a ata da audiência, relatando tudo que foi debatido, será enviada para o secretário estadual de Defesa Social, Alessandro Carvalho, e para o governador Paulo Câmara.

helenno heleno

Nova Replay, o que é bom se repete!

Caruaru-PE: Bruno Lambreta volta à Câmara de Vereadores

A 39ª reunião da 3ª sessão legislativa ordinária da 16ª legislatura, realizada na noite da última terça-feira (11.08), na Câmara Municipal de Caruaru, foi marcada pelo retorno do vereador Bruno Lambreta (PSD) à Casa Jornalista José Carlos Florêncio.

Bruno Lambreta ficou na segunda suplência nas eleições municipais de 2012 e assumiu a cadeira do vereador José Ailton (PDT), que foi convidado pelo prefeito José Queiroz (PDT) para assumir a Secretaria de Desenvolvimento Rural de Caruaru.

Bruno Henrique Silva de Oliveira, registrado no TRE como “Bruno Lambreta”, tem 39 anos, é servidor público estadual e filho do falecido vereador Fernando Dias “Lambreta”. Vereador pelo PP entre 2008 e 2011, Bruno Lambreta filiou-se ao PSD, partido pelo qual tentou a reeleição em 2012, obtendo 3.205 votos e ficando na 2ª suplência da coligação Frente Popular de Caruaru, integrada ainda pelo PDT, PTB, PR, PSB e PC do B). Ele faz parte da bancada de situação do governo municipal.

Confira!

vereador bruno 2 vereador bruno

TV Replay, o que é bom se repete!

Caruaru-PE: Forró da Macambira 2014 – Lula Torres e Bruno Lambreta fazem a festa

Na noite desta sexta-feira (20.06), foi realizado o Forró da Macambira, em Terra Vermelha, zona rural de Caruaru. É uma festa que é realizada há 28 anos na chácara do atual Governador de Pernambuco, João Lyra Neto (PSB), que ao lado da filha, a Deputada Raquel Lyra (PSB) recebeu vários convidados.

Prestigiando o evento do governador, o Vereador Lula Torres esteve ao lado do Ex-Vereador Bruno Lambreta, recordando e vivendo novas amizades políticas.

Confira!

Bruno Lambreta Lula Torres

TV Replay, o que é bom se repete!