Blog de Airton Sousa: Continua o calvário do Santa Cruz

Para quem vinha perdendo de goleada, perder em casa por 1 x 0, já foi um progresso. Isso é o que deve pensar o torcedor tricolor mais otimista. A questão é que foi mais uma derrota, aumentando o descrédito e diminuindo cada vez mais os argumentos e a vontade do elenco de terminar a competição com uma recuperação, mesmo sem a perspectiva de se manter na primeira divisão do Campeonato Brasileiro. No jogo contra o Botafogo, nessa quarta-feira(19), tivemos um primeiro tempo que  terminou 0 x 0, e até a metade do segundo, o time aguentou a pressão do Botafogo. No entanto, terminou cedendo, e ao final, perdeu por 1 x 0.

Um público pífio, e não podia ser diferente, pois a tendência é a diminuição cada vez mais, para os três jogos restante em casa, já que o tricolor, tem fora do Arruda, outros três jogos, para aumentar mais ainda o sofrimento do torcedor. Mais importante do que preocupar-se com o restante dos jogos, é saber o que está pensando a Diretoria, com relação a estruturação para 2017, caso contrário,  poderemos ter  novos desastres, se os dirigentes não começarem a preparar um planejamento e execução de trabalho, através da seleção de jogadores, da manutenção ou não do técnico Doriva, as questões salariais, no sentido de se manterem atualizados. Enfim, tem que começar mesmo, antes que tenha o encerramento do Brasileiro da série A de 2016. E mais um detalhe, torcedores e dirigentes, não podem se enganar com os resultados de competições regionais, porque elas não medem nada, a exemplo do que aconteceu esse ano.

Blog de Airton Sousa: Dois Atléticos contra os Pernambucanos

Depois da derrota para o Sport no Arruda, nas circunstâncias que todos viram, onde o time tricolor não existiu em campo, e merecia ter perdido por um saco de gols, a equipe entra em campo neste sábado, na baixada, contra o Atlético do Paraná. Algumas perguntas ainda sob o futebol não jogado pelo time do Arruda : Foi sapato alto? Foi uma daquelas noites em que nada deu certo? Foi excesso de preciosismo? O foi o adversário que realmente fez valer a rivalidade, a necessidade de começar a vencer na competição?

Bem, todas essas perguntas poderão ser respondidas após o jogo contra o time paranaense, onde jogar na baixada não é fácil, e o Santa Cruz vai ter que se superar, fazendo com que o seu torcedor esqueça o acidente de percurso que aconteceu contra o Sport, e volte a acreditar no futebol que o seu time vinha jogando até então.

Eu prefiro acreditar, que foi na realidade sapato alto, onde o time foi surpreendido pelo plano tático do adversário, e quando tentou se encontrar já estava totalmente envolvido pelo time rubro negro. O técnico também reconhece que o seu planejamento falhou, como falharam alguns setores, principalmente os alas, zagueiros e meio campistas. Vejamos então como a equipe se comportará, diante de um Atlético que não teve, até agora, uma participação de destaque. Volta Neris a zaga tricolor, o que até certo ponto já dá uma tranquilidade ao setor.

Quanto ao outro pernambucano, o Sport Clube do Recife, que surpreendeu ao adversário na quarta feira passada, enfrenta ao outro Atlético, desta feita o Mineiro, na Ilha do Retiro, nesse domingo à tarde. E depois dos gols perdidos e da vitória apertada, porém com mérito, o time leonino fica na obrigação de vencer ao time mineiro, para provar que tudo aquilo que aconteceu contra o santa Cruz, não foi apenas pela rivalidade, e sim, pela evolução que o elenco está buscando. Será um jogo complicado, o Sport não pode desperdiçar tantas oportunidades, porque com certeza, se assim proceder, o time Atleticano vai tirar proveito pela qualidade dos seus finalizadores.

É o tipo do jogo onde o técnico Oswaldo de Oliveira, terá que ter muita precaução, principalmente porque o seu time abusou de perder gol, e apenas o Edmilson deu uma nova cara ao ataque, faltando o compromisso ofensivo dos demais jogadores. Aguardemos então para ver se o Sport desse domingo à tarde, é ou não, um time em evolução, pelo que deixou transparecer diante do seu arqui rival Santa Cruz.

Foto: Internet

Foto: Internet

Blog de Airton Sousa: O Santa Cruz continua imbatível

O torcedor do Santa Cruz, outra vez, teve razão de comemorar com euforia, mais um resultado excelente do mais querido. Mando de campo do adversário, a qualidade de um elenco de destaque a nível internacional, nem isso fez com que o tricolor Pernambucano se encolhesse e permitisse o domínio do adversário.

Com um 0 x 0 no primeiro tempo e um jogo de igual para igual, inclusive nas oportunidades,  o time pernambucano bem postado em todos os setores, observando-se um equilíbrio técnico e tático dos dois times, e a expectativa de como seria a volta para a segunda etapa.

E no segundo tempo, foi o Santa Cruz que abriu e placar para em seguida o Fluminense empatar e até aí tudo bem. Depois o Sr. Jailson de Freitas, que por sinal é um bom árbitro, começou  a  bagunçar o jogo,  validando o gol irregular do Fluminense, que fazia  2 x 1. No entanto dentro do equilíbrio que o tricolor vem atuando dentro e fora de casa, saiu o gol de empate através de pênalti,  também inexistente.

Grafite outra vez, foi o artilheiro e melhor jogador em campo, marcando os dois gols do Santa Cruz e chegando a marca de 4 gols, nos dois jogos da equipe tricolor. O próximo jogo do Santa Cruz é na próxima quarta-feira, em casa, contra o time do Cruzeiro.

O Santa Cruz soma 4 pontos em dois jogos, sendo um em casa, outro na casa do adversário.

Foto: Internet

Foto: Internet