Blog de Airton Sousa: Brasil massacra a Argentina

A princípio a preocupação, como a seleção brasileira reagiria emocionalmente, ao pisar no gramado do Mineirão, para o jogo contra os argentinos. Porém, não passou de um momento de lembranças, tudo foi embora a partir do instante em que a bola começou a rolar. E tudo parecia um sonho, na proporção que o jogo ia acontecendo, em um 0 x 0 eletrizante, com os adversários melhores, mais tranquilos, e colocando os brasileiro acuados no campo defensivo. É tanto que chegou um momento em que a Argentina teve 63% de posse de bola, contra 37% do Brasil, demonstrando o domínio técnico do adversário.

Porém, continua aquela máxima no futebol, onde quem não faz, leva. E foi o que aconteceu. De repente a surpresa, onde Felipe Coutinho, em uma jogada surpreendente e de muita qualidade, chuta indefensável para o goleiro da Argentina, aos 25 minutos, e o Brasil explodia de emoção. A partir daí, os argentinos impactados com o gol, baixaram a cabeça e se renderam. Ainda no primeiro tempo, também de uma maneira surpreendente, Neymar, com uma troca de passe com Gabriel Jesus, aproveita, penetra, e faz 2 x 0, aos 45 minutos, finalizando o placar na primeira fase.

Para a volta do segundo tempo, tudo estava mais tranquilo, mesmo porque os dois gols abalaram a todos os jogadores da Argentina, até os mais qualificados e experientes. Um segundo tempo, que mudou muito pouco as características  das seleções. O Brasil mais solto, e a Argentina mais nervosa e intranquila, tentando e sem conseguir reagir o suficiente. O desespero dos argentinos aumenta, a seleção brasileira aproveita para tocar bola e irritar, até que aos 14 minutos, com Paulinho, que houvera entrado no jogo, acontecia o terceiro gol, matando mesmo cedo, qualquer reação do time de Messi.

Com a vitória, o técnico Tite festeja sua quinta vitória junto com os jogadores, os brasileiros voltam a vibrar e confiar na seleção, que continua firme e forte rumo a classificação nas eliminatórias. E o melhor, na liderança do grupo sul americano. Agora que venham os Peruanos, que ontem surpreenderam a seleção do Paraguai, em Assunção, pelo placar de 4 x 1. No entanto, vamos analisar, quem faz três gols na Argentina, com um futebol show, tem que respeitar os peruanos, nunca temer. Acredito, que desta maneira, Tite volta do Peru com mais uma vitória, e uma invencibilidade que dá inveja às demais seleções.

Blog de Airton Sousa: Duelo sul-americano pelas eliminatórias da Copa

Além da expectativa do jogo dentro da rivalidade característica dos confrontos entre Brasil e Argentina, existe a lembrança que o Mineirão trás, da goleada de 7 x 1 para a Alemanha, pela Copa do Mundo de 2014. Quem voltar ao Mineirão nesta quinta-feira(10), dificilmente não lembrará a humilhação que a seleção passou, por ocasião daquele jogo. O técnico Tite, e não poderia ser diferente, tentou desde a apresentação do grupo, não lembrar o resultado, nem tão pouco detalhes daquele fatídico dia. Deixando de lado esses detalhes e falando do jogo contra a Argentina, o treinador fez questão de ressaltar, que lançará um time ofensivo, com Felipe Coutinho pela direita, Neymar pela esquerda, ambos abertos, e Gabriel Jesus jogando mais centralizado.

Sendo assim, com o time já definido, o treinador faz questão de respeitar ao adversário, que não vem bem nas eliminatórias, porém, tradicionalmente sempre é imprevisível. O Brasil terá a seguinte escalação: Alisson, Daniel Alves, Marquinhos, Miranda e Marcelo; Fernandinho, Paulinho e Renato Augusto; Philipe Coutinho, Gabriel Jesus e Neymar. Observando-se desta forma, que o treinador vai colocar em campo, um time leve tecnicamente, além de ofensivo pela versatilidade dos atacantes.

Com relação aos argentinos, que não estão bem nas eliminatórias, repito, não resta dúvida que o nome de mais destaque é o de Messi, companheiro de Neymar no Barcelona. O jogador da seleção da Argentina, mesmo com toda qualidade técnica no clube espanhol, não tem se destacado na sua seleção, desde a sua primeira convocação. Porém, não deixa de ser uma preocupação a mais, mesmo porque, mais uma derrota, pode colocar os portenhos, em uma situação ainda mais complicada nas eliminatórias.

Blog de Airton Sousa: Tite convoca para enfrentar a Argentina

Outra vez o técnico Tite, convoca a Seleção Brasileira para os dois jogos restantes deste ano, contra a Argentina em Belo Horizonte e contra o Peru em Lima. Ou seja, um jogo em casa, outro fora, fechando a tabela para este ano. A pretensão do treinador e do grupo, é garantir a primeira colocação, tornando assim mais tranquilo o trabalho para o próximo ano.

Foram estes os jogadores convocados pelo treinador:

Goleiros: Alisson, Alex Muralha e Weverton;  Zagueiros: Marquinhos,Miranda, Gil, Rodrigo Caio e Thiago Silva;  Laterais: Fagner,  Daniel  Alves,  Marcelo  e  Filipe Luiz; Meio Campistas: Casemiro, Fernandinho, Paulinho, William, Renato Augusto. Giuliano e Lucas Lima;  Atacantes: Gabriel Jesus, Neymar, Douglas Costa e Roberto Firmino.

A Seleção Brasileira, lidera o grupo Sul-Americano, e a expectativa é que termine o ano na liderança. A atenção maior é o jogo contra os Argentinos que não estão bem nas eliminatórias, no entanto como sempre acontece, a rivalidade está acima de tudo. Daí espera-se que o fato de vir bem e jogar em casa, com o apoio do torcedor, não tem que, obrigatoriamente, acontecer uma vitória do Brasil. Com relação ao jogo contra os Peruanos, deve prevalecer a qualidade dos comandados do técnico Tite.