Blog de Airton Sousa: Como será a estreia Pernambucana no Brasileirão?

                                                     brasileiros

Começa neste domingo (15) o Campeonato Brasileiro de Futebol, séries: A e C envolvendo o Sport, Santa Cruz, Náutico e Salgueiro. Na Arena teremos o jogo entre Náutico e Santa Cruz, enquanto que o Salgueiro enfrenta ao Botafogo da Paraíba em Salgueiro. Por outro lado, o Sport joga em Minas Gerais contra o América.

Falando do clássico, o Santa Cruz que vem vários dias sem jogar, apenas treinando e descansando, além de ter reforçado o time com jogadores experientes a exemplo de Carlinhos Paraíba, Robert entre os outros nomes interessantes, que darão ao time uma força substancial para a competição.

Por outro lado, o Náutico vem de uma maratona decisiva, a exemplo dos dois jogos contra o Central, e recentemente pela Copa do Brasil, jogando contra a Ponte Preta. No  aspecto físico  o time timbu leva desvantagem, em face da sequencia de jogos anteriores. Porém, o lado técnico e individual é o que vai pesar para apontar o vencedor.

O Salgueiro que terminou a sua participação na Copa do Nordeste de uma maneira decepcionante e que não conseguiu avançar na reta final do Campeonato Pernambucano, começa uma nova fase, desta feita o Brasileiro da série C. A vantagem nesse aspecto, é que o jogo será no sertão, no entanto enfrenta uma equipe bem montada tecnicamente, no caso o Botafogo da Paraíba.

Pela série A, o Sport que vive momentos tumultuados dentro e fora de campo, estreia jogando em Minas Gerais contra a boa equipe do América Mineiro. Muitos problemas o treinador Nelsinho Batista enfrentou após a sua chegada, com um elenco limitado tecnicamente, jogadores sem se  doarem em campo e uma Diretoria também sem se entender.

 Alguns atletas contratados, a exemplo de Claudio Wink, Andrigo, Mark entre outros, porém acreditamos ser uma aposta, mesmo porque os atual elenco que compõe o Sport, deixa muito a desejar, e seria impreterível uma renovação maior, inclusive com dispensas e contratações de jogadores de peso, pela qualidade da competição.

 

Blog de Airton Sousa: Sport, mais um fracasso diante do Grêmio

                                        5x0

Nesse instante, muitas perguntas sem respostas estão sendo feitas, em razão da decepção que foi o time do Sport ontem diante do Grêmio. Não foi um, nem dois, foram cinco gols sem   direito de fazer um gol se quer. Durante noventa minutos, não dá para escolher um jogador entre todos  que tivesse um pequeno destaque, só   o goleiro Magrão que tomou cinco gols, e não teve culpa em nenhum.

O Grêmio não jogou, passeou em campo, marcou aos 19 e 33 minutos do primeiro tempo, teve chances concretas de gol aos 5, 10, 25 e 27 minutos, porém só marcou dois gols, diante da humilhante atuação do time leonino, em todos os setores, sendo dominado totalmente pelo  time de Renato Gaúcho.

No segundo tempo, o técnico do Sport tenta corrigir a escalação errada, colocando Patrick e Everton Felipe, que pouco alteraram no rendimento do time, em razão de que ninguém queria  nada com nada. O único chute perigoso que o Sport fez foi com Wesley aos 5 minutos do segundo tempo. Pouco, muito pouco, inclusive a atuação vergonhosa de Richele, Diego Sousa, André, Oswaldo entre outros figurões do time.

O Grêmio continuava mandando e aos 21 minutos Samuel Xavier comete um pênalti no jogador Ramiro, Fernandinho cobra e faz o terceiro gol do jogo. Em seguida, aos 25 minutos o jogador Fernandinho faz de cabeça o quarto gol, e para fechar o placar, aos 38 minutos Jonathan que houvera entrado , faz o quinto gol, fechando o placar vergonhoso de 5 x 0 para  Grêmio.

Com a derrota o Sport foi para a décima primeira posição e tem o próximo jogo na Ilha do Retiro, contra o time do Avaí. Após o jogo, nos vestiários um clima de baixaria onde o técnico Wanderley  Luxembugo, entre outras coisas ameaçou tirar do time no próximo jogo, alguns atletas, fazer mudanças radicais e a opção da diretoria de aceitar ou não o seu trabalho.  Foi realmente uma vergonha, o que o time do Sport fez, onde se esperava no mínimo um time com dignidade.

Blog de Airton Sousa: Cai Givanildo Oliveira e Salgueiro empata em casa

givanildo oliveira

Mais um jogo, mais um resultado  negativo e não deu para aguentar. Após a derrota para o Clube de Regatas Brasil, a diretoria tricolor se reuniu com Givanildo e em um comum acordo  acertou  a saída do treinador, numa boa, se problema nenhum. Em seguida a diretoria já anunciava a volta do técnico Marcelo Marteloti que já passou como treinador no time do Arruda.

Com a chegada de Marteloti, a pergunta é a seguinte: O que vai mudar no elenco, teremos novos contratados, teremos dispensas, os salários serão atualizados? São assuntos existentes no Arruda, ninguém pode fugir, e é necessário urgentemente providencias, antes que o barco afunde de vez, porque se as providencias não acontecerem, de nada adianta a troca de treinador.

Já que os clubes de Pernambuco na série B, não conseguiram vencer, o consolo foi o empate do Salgueiro na série C. Em Casa o Carcará não passou de um empate contra o Sampaio Correia. Resultado aliás, que tirou o Salgueiro da quarta colocação, descendo para o quinto lugar do grupo, o que é lamentável. Um fim de semana, em que Pernambuco decepcionou  nas séries B e C do Brasileiro.

Blog de Airton Sousa: Mais uma rodada e o Sport não vence

index

Jogando nesse domingo (13) na Ilha do Retiro, o Sport Clube do Recife não conseguiu vencer ao time da Ponte Preta. Na abertura do Campeonato, essa mesma Ponte goleou em Campinas o time rubro-negro pelo placar de 4 x 0, portanto, em dois jogos o time da Ponte conseguiu somar quatro pontos, contra apenas um do time leonino, o jogo desse domingo foi na Ilha do Retiro, o que é mais grave.

Fazendo um retrospecto dos últimos cinco jogos do Sport tivemos: Derrota para o Palmeiras, vitória para o Bahia, empate com o Fluminense, derrota para o Corinthians e empate com a Ponte Preta, ou seja, em 15 pontos disputados, o time somou apenas cinco, o que dá apenas um percentual de 30% de aproveitamento, fugindo a estimativa da comissão técnica.

Quanto ao jogo, foi a Ponte que teve a primeira chance de gol, logo aos dois minutos de jogo, com o artilheiro Luca. O time comandado por Gilson Kleina, muito bem aplicado taticamente, marcando na bola e dificultando a produção do time Leonino, sem que Diego Sousa, principal jogador do Leão rendesse um futebol produtivo.

Zero a zero no final do primeiro tempo, onde as equipes tiveram poucas chances de gol, em razão do que se propôs o time da Ponte Preta, e da falta de força do Leão. No segundo tempo algumas modificações:  Nino Paraíba na Ponte, Anselmo e Juninho no Sport, e aos 17 minutos era a vez do Sport  perder uma grande chance com Raul Prata, além de uma cabeçada de Diego Sousa  com perigo,  aos 20 minutos.

O Sport continuava pressionando, a Ponte Preta se mantinha na linha intermediária e era maior a pressão do Sport, inclusive com uma cobrança de falta na trave, através de Diego Sousa. Contudo era uma pressão desesperada, inclusive com a cobrança da torcida que no final saiu insatisfeita, por mais uma vez o time deixar de vencer  em casa.

Com os resultados e a derrota do Flamengo, para o Atlético Mineiro por 2 x 0, o Sport é beneficiado e fecha a rodada na quinta posição. Um púbico de 12.967 torcedores compareceu a Ilha do Retiro e agora o Sport joga fora de casa contra a equipe do Cruzeiro, o que consideramos um jogo difícil, em razão da dificuldade que o Leão está tendo de fazer funcionar o seu ataque.

 

 

Blog de Airton Sousa: Náutico perde para o lanterna

Com um time diferente, da escalação  ao comportamento, o Náutico fez nesse sábado (03), um jogo apenas razoável, em São Luiz do Maranhão, contra o Sampaio Correia, que há nove rodadas não conseguia vencer. Mesmo assim, o time pernambucano perdeu pelo placar de 4 x 3. A sequência do placar foi a seguinte: o Náutico marcou no início do jogo; posteriormente o Sampaio empatou; depois o Náutico fez 2 x 1 e parou de jogar. Enquanto isso, bastou um só jogador para exterminar o alvi rubro. PIMENTINHA, esse foi o nome do jogo, marcando dois gols e provocando dois pênaltis para o seu time. Estando o Náutico vencendo por 2 x 1, o árbitro marcou um pênalti duvidoso e o Sampaio empatou.  Logo em seguida, mais um pênalti, e esse sim, foi legítimo, e o time do técnico Alexandre Galo deixou que o adversário tomasse conta do jogo e ainda fizesse o  quarto gol, diante de uma defesa esfacelada.

O Náutico chegou ainda a marcar o terceiro gol, porém era tarde e terminou perdendo mais um jogo, dessa feita para o lanterna da competição, pelo placar de 4 x 3. Com o resultado ficou bastante complicado, principalmente com a distância da zona de classificação, visto que o seu próximo jogo é na Arena de Pernambuco, nesse sábado (10), contra o Bahia. As alterações feitas pelo técnico Alexandre Galo, prejudicaram mais ainda o rendimento do time, inclusive a ausência do goleiro Júlio César. No final do jogo, o treinador  bastante abatido e decepcionado, deixou transparecer as dificuldades do momento, e principalmente, se continua no comando técnico do time. É esperar para ver o que vai acontecer, com o futuro do técnico e com situações diferentes e melhores para o elenco.

Blog de Airton Sousa: Cai Milton Mendes

Finalmente houve uma decisão sensata, Milton Mendes sai do Santa Cruz, depois de vários aspectos a serem analisados. Conquistou respectivamente o Campeonato Pernambucano 2016 e, pela primeira vez, a Copa do Nordeste, levando o time com essa conquista, a participar da Copa Sul Americana.

Aí, começa o Campeonato Brasileiro da série A, bons resultados no início, time limitado, enganando a todos e finalmente a realidade do elenco, com derrotas, fracasso e decepção, chegando a zona de rebaixamento, sem demonstrar reação, perdendo e empatando jogos em casa e fora de casa, demonstrando ser um elenco de segunda e tenho a impressão, um técnico também da mesma categoria. Tornou-se insustentável a situação do treinador e a essa altura, a rescisão teria que acontecer. Por ocasião da derrota contra a Ponte Preta, onde o técnico se propôs a entregar o cargo, os jogadores fecharam questão a favor do mesmo, só aumentando o desgaste entre eles e talvez, naquele momento, a sua saída, teria trazido menos prejuízo para o clube.

Quem será o novo treinador? Que condições serão dadas ao mesmo? Terá tempo suficiente para recuperar a equipe e evitar o rebaixamento? Teremos que aguardar para ver o que vai acontecer com o Santa Cruz, depois da contratação do novo técnico.