Blog de Airton Sousa – Haja escandâlo no futebol Brasileiro

                                             internacional

Um dos clubes que se pensava mais organizado tecnicamente e administrativamente no Brasil, foi alvo de busca na última quarta-feira (19) pelo judiciário. Lamentavelmente o Internacional que todos tinham como exemplo de gestão, terá as suas contas do biênio 2015/2016, vistoriadas em razão de denúncias.

É lamentável porque é um clube que tem uma média de 100 mil associados, uma arena reformada, uma equipe verdadeiramente estruturada, inclusive com um trabalho de base invejável, e que tem trazido dividendos ao clube, também com transações internacionais.

Apenas lembrando que essa fiscalização será da gestão Vitório Pícaro, em cujo biênio 2015/2016 o clube terminou sofrendo o rebaixamento para a série B, deixando a sua grande torcida decepcionada e sem querer acreditar na dura realidade que atingia o time alvi rubro dos pampas.

Nas investigações em diversas residências e escritórios, de pessoas ligadas a administração à época, foram encontrados documentos extremamente comprometidos, desde a transação de jogadores (venda/empréstimo), construções e reformas inexistentes, salários combinados, numerários, entre tantas formas de se burlar a contabilidade e a escrita do clube.

Aí ficamos a imaginar: Será que o Internacional é regra ou exceção? Quantos clubes no futebol nacional já passaram e cometeram essas falcatruas? Na compra, empréstimo ou salário de alguns jogadores, a quantia declarada é a correta? Entre empresários e dirigentes como ficam os acertos?

A verdade é que precisa a justiça ampliar essa varredura nos clubes das diversas qualificações, e com certeza deveremos ter uma bomba maior do que a “lava jato” e outras denúncias de cunho político no Brasil, enquanto é tempo. Não resta dúvidas, a falência do nosso futebol tem tudo haver com o ocorrido no Internacional. Essa é a apenas uma ponta do icebergue.

Blog de Airton Sousa – Sport tem nova direção

                                       milton bivar

 O Sport Clube do Recife, tem nova diretoria. Duas chapas concorreram as eleições do clube da Praça da Bandeira: Milton Bivar e Eduardo Carvalho, ambos pela oposição  em razão do candidato da situação Augusto Carreras, ter desistido de concorrer dias antes que acontecessem as eleições.

Foi uma vitória massacrante do grupo de Bivar, que conseguiu a nível de percentuais de votos 85%, contra 15 % da chapa adversária, numa prova inconteste do prestígio de Milton Bivar junto ao associado, mesmo porque quando presidente do Sport muitos títulos foram conquistados, inclusive a  Copa do Brasil.

O candidato opositor a Bivar, teve um comportamento elogiável aceitando a derrota massacrante, ele que inclusive na conquista da Copa do Brasil, também era diretor ao lado de Luciano Bivar. Uma eleição tranquila, inclusive sem a presença do presidente Arnaldo Barros, cuja notícia é de que o mesmo está no Rio de Janeiro, tratando assuntos do clube.

Após o resultado das urnas, Milton Bivar referendou o nome de Milton Cruz para técnico do Sport, fato aliás já anunciando extra oficialmente antes das eleições. O treinador chega para se adaptar a situação do clube, inclusive no campo salarial, já que o teto do Sport para pagamento a um técnico é de R$ 60 mil reais.

Problema é o que não falta para a diretoria eleita, começando  com a questão dos jogadores Jair, Sander e Fabrício, que reclamam na justiça trabalhista o recebimento de quatro meses atrasados, fora outros acertos, inclusive o não depósito do FGTS, fato aliás contestado pela atual diretoria que disse está depositando os referidos valores.

A verdade, é que treinador e dirigentes chegam diante de inúmeros problemas, nos mais diversos setores. Com as competições se aproximando será necessário que as providencias sejam tomadas urgentemente, antes que as coisas se compliquem ainda mais. O Sport tem pela frente o Campeonato Estadual, a Copa do Brasil e o Campeonato Brasileiro.

Com relação a Copa do Nordeste, os novos dirigentes do clube já anunciaram o desejo de participarem em 2020, sendo necessário uma reaproximação com os mandatários da competição  na tentativa do retorno , cujo prejuízo foi notório estes dois anos em que o clube não participou.

Blog de Airton Sousa – Conhecidos os adversários na Copa do Brasil

                                         primeira fase

Na noite desta quinta-feira (13) na CBF, houve o sorteio dos grupos da Copa do Brasil 2019. Nosso interesse maior é sem sombra de dúvidas os nossos quatro representantes, e assim aconteceu: O Náutico terá como adversário o time do Imperatiz, o Santa Cruz vai enfrentar ao Sinope, o Sport irá enfrentar o Timbense e o Central terá como adversário o bom time do Ceará.

O que mais é lembrado na Copa do Brasil, além da qualidade e organização da competição, e  o lado financeiro, pelos valores das premiações desde a primeira fase até o final. O Náutico por exemplo esse ano, teve na Copa do Brasil e na Copa do Nordeste, a sua salvação financeira. Passando todo o ano sem tanta preocupação financeira.

A Copa do Brasil tem um outro estilo de regulamento, a primeira fase e a segunda determinam apenas um jogo em cada fase, daí a responsabilidade de quem joga em casa, pelo fato de que o adversário joga apenas por um empate, enquanto o dono da casa tem a obrigação de vencer para passar a fase seguinte.

Só a partir da terceira fase é que mudam os critérios, porém é um calendário que se torna atrativo, cobrando dos clubes a criação de uma estrutura vencedora. Torcer que Náutico, Santa Cruz e Sport que jogam fora na primeira fase, possam está preparados para o desafio e avançarem de fase.

A competição terá início no dia seis de fevereiro, no entanto ainda não é sabido a data das estreias, quando já nessa data estaremos com os campeonatos estaduais em andamento, tornando as equipes mais organizadas no campo técnico e também no conjunto, o que dá ao torcedor mais confiança.

Falando agora do Central, gera desta feita uma expectativa, também pelo fato de ser o ano do centenário patativa. A direção do Central além de tudo, investiu em um técnico de nome e prestígio, um elenco qualificado e a quem diga, tecnicamente melhor do que o elenco desse ano, que foi inclusive vice campeão pernambucano.

Para deixar o torcedor do Central mais aceso, é bom lembrar que o time será o único do estado,  que estreará em casa. O Lacerdão será o palco do jogo entre o Central e o Ceará, time cearense aliás, treinado por Lisca e que deu a volta por cima no decorrer do Brasileiro, chamando  a atenção e se mantendo na primeira divisão.

Blog de Airton Sousa – Central apresenta Estevam Soares e os jogadores para 2019

thumbnail_PHOTO-2018-12-11-14-12-38

Chegou a Caruaru na tarde desta segunda-feira (10), o novo treinador do Central para comandar o time na temporada de 2019. O alvinegro caruaruense terá três competições no novo ano. No dia 19 de janeiro enfrenta no Lacerdão ao time do Náutico, em fevereiro estreia na Copa do Brasil e após o Campeonato Pernambucano participará do Brasileiro da série D.

Todos sabem que não será fácil essa maratona de jogos, principalmente a responsabilidade que o time tem de fazer bonito no Campeonato Estadual, em razão do título de vice-campeão conseguido esse ano. Além do mais a importância de sua volta a Copa do Brasil, e finalmente a tentativa de subir para a série C de 2020.

É o ano do centenário da patativa do agreste, que viveu ao longo de todo esse tempo, momentos de gloria, e momentos de decepção, porém não há de ser nada porque todos sabem a pujança das cores alvinegras, superando a tudo e a todos, daí a expectativa de uma grande participação nas competições do novo ano.

Para que isso aconteça, é necessário que o torcedor tenha a sua participação, não apenas indo aos jogos, mais também ajudando de todas as maneiras, desde a colaboração financeira, até a presença nos momentos de apoio e necessidades que o clube terá ao longo dessas competições. É preciso sonhar e é com esse pensamento que todos estão otimistas.

A diretoria junto com um grupo de abnegados fizeram várias melhorias no estádio, começando pela pintura interna, melhorias nos bancos de reserva, um tratamento especial no gramado, além de um excelente trabalho que está sendo realizado nas vestiarias, visando oferecer mais conforto aos profissionais.

Agora vem a melhor parte, a contratação do técnico Estevam Soares, um nome consagrado nacionalmente, que vem para Caruaru imbuído dos melhores propósitos, junto a um grupo de atletas que retornam, outros chegam pela primeira vez, além de um aproveitamento de alguns jogadores que se destacaram na base do clube.

Portanto, o ponta pé para o centenário começou nesta quarta-feira(12), esperando-se que a cidade, seus órgãos de classe, os políticos, o povo em geral e também os amantes do alvinegro, possam dá as mãos para levar o time a grandes conquistas, que terá como ponto culminante as comemorações de cem anos de existência da patativa do agreste.

Blog de Airton Sousa – River Plate, quatro vezes campeão da Libertadores

                                   river campeaO

Depois da vergonha que o continente sul-americano passou, por não ter capacidade de sediar a decisão da Libertadores, depois da demonstração plausível da Conmebol  em não ter poderes de organização para o controle da partida, finalmente foi na Espanha que a decisão do ultimo jogo aconteceu.

E aconteceu sem maiores incidentes, com quase 60 mil pessoas acompanhando no estádio, e sem grandes problemas que merecessem registro. A policia oficial, policiais contratados e outras maneiras seguras para a realização da partida que aconteceu de uma maneira civilizada, para no final se conhecer o campeão da Libertadores da América.

Duas grandes equipes, e com qualquer uma das duas que o título ficasse, estaria em boas mãos e assim aconteceu. No primeiro jogo placar de 2 x 2, na partida deste domingo(09) empate no tempo normal 1 x 1, nos acréscimos valeu o equilíbrio maior do River Plate, que terminou vencendo por 2 x 0. Placar final do jogo 3 x 1 para o River.

Foi tamanha a organização, a presença do público e o espetáculo, que o governo espanhol e os mandatários daquele país,  já se pronunciaram para sediarem a Copa do Mundo de 2030, sem dividir com nenhum outro país a sede da competição. E com certeza teremos uma grande copa do mundo.

Blog de Airton Sousa – O que vai ser 2019 para o futebol Pernambuco?

266845,475,80,0,0,475,365,0,0,0,0

Um ano cheio de altos e baixos foi o que tivemos durante todo esse ano para os principais clubes do futebol Pernambuco. A exceção foi o Náutico que pelo menos conquistou as duras penas do Campeonato Estadual, e terminou o ano relativamente organizado e com o seu estádio praticamente pronto para jogos no próximo ano.

Ainda falando do Náutico, a diretoria na sua primeira gestão demonstrou muita organização administrativa e financeira, recuperando a imagem de mal pagador que o clube tinha, resolvendo muitas questões pendentes e deixando ainda grande parte do elenco para a temporada de 2019, podemos classificar como um ano promissor para o time timbu.

Por outro lado, o Santa Cruz está terminando 2018 como começou. Cheio de problemas, dívidas e sem um elenco para começar a temporada de 2019. Foi um ano em que o Santa Cruz apenas perdeu, teve muitos prejuízos e débitos e não fica praticamente nada, para um novo recomeço.

A maioria do elenco foi embora, ainda com um bom saldo a receber, outros que ficaram não tiveram a situação ainda definida, uma bronca para ajustar a pré-temporada, sem um elenco completo, aproveitando jogadores da base e correndo atrás para ver se consegue aos poucos juntar os cacos para o reinicio.

O grande saldo de tudo isso, foi a contratação de um treinador que bem recentemente esteve no Botafogo de João Pessoa. Leston Júnior chega para mostrar a sua competência, porque por onde passou foi um profissional bem sucedido, só que terá que ter suporte financeiro, técnico e administrativo, para mostrar a sua capacidade.

Outro que teve um ano terrível, sem conquistar nada a nível estadual e nacional, foi o Sport. O pior, a faixa de rebaixamento apontada na cabeça dos rubro-negros, trazendo prejuízo de todos os lados, para um clube que chegou ao fim da primeira divisão devendo quatro meses ao elenco, além do rebaixamento para a segunda divisão.

É uma montanha de dificuldade que o Sport terá que enfrentar em 2019. Começando pela contratação de um novo treinador, dispensa e contratação de jogadores, atualização dos salários, além de outros compromissos, o que não será fácil para a diretoria que tomará posse logo após as eleições, do dia 20.

Quanto ao Central, que teve como principal alvo esse ano, na conquista do vice-campeonato pernambucano, com o técnico Mauro Fernandes, e um bom grupo de jogadores, teve na competição estadual com um bom feito e deixou o seu torcedor otimista, porque realmente a imagem foi extremamente positiva.

No entanto, 15 dias após o estadual, começou o Campeonato Brasileiro da série D, e toda essa imagem positiva foi de água a baixo, pois, foram resultados negativos após cada partida, e no final, terminou deixando a competição prematuramente, sem que ninguém encontrasse uma justificativa para tal.

Agora, a luta é para um novo Central mesmo com boa parte das peças de 2018, no entanto, contratou um técnico de nome nacional; Estevão Soares que ao lado dele também a chegada de jogadores que tiveram esse ano vestindo a camisa do clube, além de bons jogadores para tentarem fazer um ano de ouro, presenteando a torcida no centenário do alvinegro.

Blog de Airton Sousa – Sport paga tributo caro pelos erros cometidos

                                       rebaixamento leonino

Finalmente aconteceu o que estava previsto: O Sport rebaixado para a série B em 2019. A esta altura não adianta procurar os culpados, afinal de contas todos tiveram um pouquinho de culpa nesse rebaixamento. Uma coisa era depender de uma vitória contra o time B do Santos, outra coisa era depender também dos concorrentes.

Foi uma sucessão de erros desde o início do ano, quando os dirigentes não aceitaram participar da Copa do Nordeste, coisa que ninguém entendeu, no entanto passou. Vieram os erros do Campeonato  Estadual, Copa do Brasil, e por incrível que pareça uma boa primeira fase do Brasileirão, surpreendendo a todos.

A troca de treinadores, cada um com a sua filosofia e seus preferidos, salários incompatíveis com a condição do clube, jogadores velhos e viciados, e o pior: Quando todos pensavam que a estrutura do Sport estava de pé, tudo começou a desmanchar, com as cobranças e os problemas vindo à tona.

Foi o estopim para que a casa caísse, a crise aumentasse e os resultados fossem desaparecendo, após a Copa do Mundo. Quase no fundo do poço, a diretoria contratou o técnico Milton Mendes, para evitar o naufrágio, e quase que era evitado, porém o time na última partida dependia dele e da combinação de resultados.

A Ilha lotada, o torcedor fez o seu papel como sempre, no entanto a classificação do Sport dependia de uma vitória contra o reserva do Santos, e uma combinação de resultados dos jogos da Chapecoense, Fluminense, Vasco e América, e não deu outra: O Sport venceu, mais os concorrentes direto atrapalharam e deixaram o Sport fora da série A.

Aquela velha história, não há mal só pelo mal. Quem sabe esse rebaixamento possa fazer os novos dirigentes vestirem o manto da humildade, trabalharem um elenco mais barato, darem qualidade a esse elenco, trazendo um treinador que consiga acertar dentro de um patamar mais econômico.

Agora é tentar se organizar, arrumar a casa, que aliás está muito desarrumada, se organizar financeiramente e preparar um time para a série B, sem contudo querer começar de sapato alto. Não vai ser fácil, as verbas vão diminuir em média 50%, a mídia será inferior e os adversários duros onde vale mais a garra e a raça, do que a condição técnica. É pagar para vêr.

Blog de Airton Sousa – Ultima rodada da série A, agora é tudo ou nada

serie a

Neste fim de semana, chega ao final o Campeonato Brasileiro da série A, para alguns clubes um ano excelente, para outros apenas razoável, e para os menos preparados um ano de rebaixamento, prejuízo e descrédito. Podemos considerar uma competição de um bom nível, muito embora a disparidade financeira foi evidente.

O Palmeiras com um super time, trazendo de volta Luiz Felipe depois da decepção da copa de 2014, porém foi um risco que deu certo e a verdade é que podemos dizer que ele foi o grande articulador do time Palmeirense, merecendo um bom percentual de crédito pela conquista do décimo título do Brasileiro.

Flamengo, Internacional, Grêmio, São Paulo, Atlético Mineiro e Atlético do Paraná, os seis melhores colocados após o Palmeiras. Contudo, a diferença dos dois colocados após o Palmeiras, foi apenas uma boa pontuação, no entanto não o suficiente para amedrontarem o time Palmeirense, daí uma conquista indiscutível.

Agora, o oposto desse quadro está da décima quarta posição em diante, com total desespero do Fluminense que demitiu o técnico Marcelo Oliveira, após a desclassificação da Sul Americana e enfrenta ao América Mineiro que deu a volta por cima após a chegada do treinador Givanildo Oliveira.

Também no desespero, Vasco da Gama, Chapecoense, Sport, daí   conheceremos os dois últimos rebaixados, que irão acompanhar ao Vitória e Paraná, cujas equipes apenas irão cumprir tabela nessa rodada final. Para nós pernambucanos, o desespero da ameaça de não termos nenhum representante em 2019 na série A.

O time leonino cuja diretoria cometeu uma sequencia imperdoável de erros,  está na atual situação, faltando normalizar o salário dos jogadores, deixando de qualificar melhor o elenco, fugindo realmente da responsabilidade de um verdadeiro dirigente, e nada a admirar se o time descer  para a série B, nesse jogo contra o Santos.

O torcedor com certeza fará o seu papel, como sempre fez, no entanto a limitação do grupo, a posição e os números na tabela, além da situação dos concorrentes que ameaçam de todas as formas o Sport na primeira divisão em 2019. Por fim, só resta acreditar que o milagre de anos anteriores seja repetido e que o time venha a se salvar do rebaixamento.

Blog de Airton Sousa – Muita confusão ainda na decisão da Libertadores

1543324082_258129_1543324636_noticia_normalInfelizmente, o mundo viveu no último fim de semana um verdadeiro clima de guerra, por ocasião do que seria a decisão da Libertadores 2018. No primeiro jogo, tivemos o empate de 2 x 2, e no que seria a decisão uma vitória para um lado, ou para o outro daria o título inédito para a história do futebol argentino.

A Argentina sempre teve nos seus representantes grandes conquistas na Libertadores e Sul-Americana, porém uma decisão entre dois clubes argentinos nunca tinha acontecido, daí a motivação maior ainda para a decisão, além da rivalidade entre os dois clubes, no é tanto mais uma vez, a exemplo da primeira partida, um jogo de uma só torcida.

Mesmo assim as torcidas do River Plate e do Boca Juniors, não satisfeitas com essa determinação, trataram de criar uma situação fora do estádio que terminou com o apedrejamento do veículo e de alguns jogadores do Boca Juniors, terminando com muitas pessoas feridas, a maioria jogadores.

Adiado o jogo do sábado, acertos para a realização no domingo. Nada feito, os clubes citaram a condição emocional, e mais uma vez a partida foi adiada. Data e local indefinidos, e depois de muita discursão com a inclusão da Conmebol, representantes dos dois clubes e a data final e local sem nada determinado.

Estados Unidos, Qatar, Itália e até o Brasil, no caso nas Arenas do Corinthians, Palmeiras e outros estádios. Infelizmente isso é péssimo para o futebol do nosso continente, diante da imagem que ficaremos com o resto do mundo, com tanta desorganização. Aguardar agora as decisões da data e local, para conhecermos o campeão.

Blog de Airton Sousa – Tudo ficou para a última rodada

sao-paulo-x-sport-ao-vivo-brasileiro

Tivemos na noite desta segunda-feira (26), o encerramento da trigésima sétima rodada do Campeonato Brasileiro da série A. O Sport empatou com o São Paulo no Morumbí, com o placar de 0 x 0, e o Botafogo venceu ao Paraná por 2 x 1. Resultados que pouco apresentaram mudanças na classificação.

Falando do jogo do Sport contra o São Paulo, o tricolor paulista foi melhor o tempo todo, teve um pênalti em Diego Sousa aos vinte minutos do primeiro tempo, não marcado pelo árbitro, enquanto que o jogador Nenê aos perdeu um pênalti aos 28 minutos do segundo tempo, com o goleiro Mailson defendendo e evitando que a bola entrasse.

O time do São Paulo teve seis chances concretas de gol, enquanto que o Sport teve apenas uma, ainda com relação a percentuais o São Paulo teve 77% de possa de bola, contra 33% do rubro negro pernambucano, o que demonstra a superioridade do tricolor paulista na primeira etapa de jogo.

No segundo tempo as equipes voltaram sem alterações, e o São Paulo continuava predominando, tendo seis chances, contra duas chances do Sport, tendo assim um percentual de 76% de bola parada, enquanto que o Sport teve 24% de bola parada, mais uma vez na segunda etapa o time do morumbí foi melhor e teve melhor comportamento.

Com o empate o Sport soma trinta e nove pontos, continuando na zona de rebaixamento na décima oitava posição, agora jogará a última partida em casa contra o time do Santos, o que torna o jogo mais difícil ainda, esperando que o torcedor possa comparecer para o tudo ou nada, o que será muito importante.

Além de depender de uma vitória para atingir quarenta e dois pontos, o Sport tem que torcer por resultados negativos da Chapecoense que joga em casa contra o São Paulo, o Vasco que joga em Fortaleza contra o Ceará já classificado e do América que enfrenta ao Fluminense no Rio de Janeiro, ambos precisando vencer.

Ou seja, além da vitória terá que acontecer várias combinações de resultados para o Sport escapar do rebaixamento. Para o jogo contra o Santos, o técnico Milton Mendes não poderá contar com Jair, suspensão automática e ainda Claudio Wink, dois desfalques importantes no time da Ilha do Retiro.

A diretoria do Sport após o jogo, deitou críticas a arbitragem, sem qualquer fundamento, porque todos sabem  o que falta realmente ao Sport, é um elenco de qualidade, nada melhor do que esse argumento que lembrar, três meses de atraso de pagamento, limitação técnica do grupo, além da falta de substitutos a altura.

Blog de Airton Sousa – Iniciada mais uma rodada e o Sport foi beneficiado

maxresdefault-13

Tivemos o início da trigésima sexta rodada do Brasileiro da série A. Na parte de cima, mesmo com a vitória de 4 x 0 contra o América Mineiro, o Palmeiras ainda não pode comemorar, em face da vitória do Flamengo pelo placar de 2 x 0 contra o Grêmio. Se tivesse acontecido um empate no jogo do Maracanã, aí sim o time palmeirense teria sido campeão antecipado.

Na parte de baixo da tabela, o Sport foi beneficiado porque tivemos o Vitória perdendo pelo placar de 3 x 0 para o Cruzeiro, e se mantendo na vice lanterna com 36 pontos, enquanto isso o América que tinha melhorado de rendimento, após a chegada de Givanildo Oliveira, perdeu pelo placar de 4 x 0 para o Palmeiras, depois de empatar na primeira fase em 0 x 0.

Com essas duas derrotas, o Sport foi beneficiado porque América e Vitória se estabilizaram, respectivamente na décima sétima e décima nona posição respectivamente. Contudo, de nada adiantará, se o Sport pelo menos não conseguir um empate contra a Chapecoense na noite desta quinta-feira (22), em Chapecó.

Além do jogo do Sport, teremos também os jogos do Ceará em casa contra o Paraná, o Vasco da Gama que enfrenta o São Paulo no Rio de Janeiro e ainda o jogo do Fluminense contra o Bahia em Salvador. É esse complemento de rodada, na parte de baixo que decidirá a sorte das equipes que estão mal posicionadas.

Encerrada a rodada desta quinta-feira (22), faltarão apenas duas para o encerramento da competição, o que convém dizer que o desespero nesse instante toma conta de algumas equipes. O Sport com alguns jogadores recuperados, deverá partir para o tudo ou nada com a Chapecoense, que também está em uma situação desesperadora.

Blog de Airton Sousa – Brasil encerra o ano vencendo

Brasil x Camarões no MK Stadium. Lucas Figueiredo/CBF

Sem muita emoção, aliás como tem sido a maioria dos amistosos da seleção brasileira, o Brasil venceu a seleção de Camarões pelo placar de 1 x 0. Após a Copa do Mundo e nos amistosos que participou, dava a impressão que todos estavam jogando apenas por jogar, com um futebol sem graça e determinação.

Nós sabemos que é fim de temporada, no entanto as cores da seleção já mereceram mais respeito, e tem sido notório que já não existe mais o interesse de antigamente. O torcedor pode até dizer: Fizemos amistosos, mesmo sem um futebol vibrante mais vencemos, e daí: será que isso é tudo?

O técnico Tite tem algumas vezes incluído na convocação, atletas que não reúnem qualidade para vestir a camisa da seleção, no entanto o treinador talvez para satisfazer o seu ego e mostrar que quem manda é ele, insiste e nem sempre se dá bem, deixando a impressão que também Tite já não tem a motivação do início.

Termina o ano, e tenho a impressão se fosse feita uma pesquisa, a maioria da torcida estaria desmotivada e cheia de interrogações com relação ao futuro do nosso futebol, porque mesmo sendo amistosos o que observamos foi a falta de interesse da torcida, quem sabe decepcionada com o risco para a próxima Copa do Mundo?

Uma pergunta que não quer calar: Desse grupo que participou dos amistosos, que percentual podemos colocar para a Copa do Mundo de 2022? A idade, a qualidade técnica, a falta de interesse, tudo isso juntos nos faz pensar que um futuro sombrio, aguarda o Brasil na próxima Copa do Mundo, sem qualquer exagero e pessimismo.

Em 2019 no Brasil, a Copa América. E daí, esperar o quê diante de tantas dúvidas e interrogações que vivemos com a seleção? No entanto, ainda cabe outra pergunta? Se não for com esse material humano, teremos outro? Termina o ano, e com muita franqueza não dá para ter muita esperança, mesmo para uma Copa América aqui no nosso país.

Blog de Airton Sousa – Sport perde e tem situação complicada

                                 19112018

Com os resultados deste fim de semana, e aguardando o jogo de hoje entre Fluminense e Ceará, o Sport Clube do Recife após perder para o Flamengo na Ilha do Retiro, na tarde desse domingo (18), teve a sua situação complicada, principalmente se o Ceará conseguir vencer ao time do Fluminense.

Foi a terceira partida sem que o time conseguisse vencer, derrubando aquela fase positiva que parou quando da vitória na Ilha do Retiro, pelo placar de 1 x 0 contra o Ceará. Até então o time tinha uma situação menos ameaçadora, no entanto seguiram-se o empata conta o Fluminense (fora), outro empate contra o Vitória (na Ilha), e culminando com a derrota para o Flamengo na Ilha.

Nesse instante o Sport é o décimo quinto colocado com 38 pontos, o que não há de ser nada porque o Vasco da Gama tem 39 pontos é o décimo quarto, e o Ceará que joga hoje à noite contra o Fluminense. Caso o time cearense empate ou vença, faz o Sport descer mais um degrau na classificação.

Pior que tudo, é que o rubro-negro pernambucano tem na sequencia dois jogos fora de casa, inclusive nesta quinta-feira (22), um confronto direto com a Chapecoense que também está no desespero para não cair, o que torna mais difícil ainda a situação do time pernambucano na competição.

Após o jogo contra a Chapecoense, o Sport viaja para enfrentar o time do São Paulo no Morumbi, o tricolor paulista está na quinta posição com 62 pontos e ameaçado de perder a vaga da Libertadores, o que convém dizer que será um jogo bastante difícil para os comandados do técnico Milton Mendes.

Finalmente, na última partida o Sport encerra em casa contra o Santos, décimo colocado tentando brigar ainda por uma vaga na Libertadores, no momento o time do Santos está na zona da sul-americana. Observa-se que o rubro-negro, não tem vida fácil neste restante de competição.

Tudo isso se deve porque faz três jogos que o time não faz gol, nem vence seus jogos, inclusive dois em casa. Quanto a derrota para o Flamengo, foi fruto de muitos erros, fragilidade de algumas peças, limitação do grupo, mesmo com o Flamengo jogando o segundo tempo quase todo com apenas dez homens.

A torcida fez o seu papel, com a presença de mais de 26 mil torcedores na Ilha incentivando, também com uma arbitragem impecável. Deve-se a derrota apenas ao fato de que o treinador tem apenas onze jogadores titulares, com um banco que nada soma, deixando o técnico sem opção, na hora de mexer no time.

Blog de Airton Sousa – Campeonato Brasileiro da série A, afunila a cada rodada

                                                   torcida rubro negra

Uma rodada onde os times mais uma vez não podem cometer erros, porque agora só faltam cinco rodadas para o encerramento da competição e com certeza, qualquer erro será fatal. Observa-se as posições do Vasco da Gama, Ceará, Corinthians, Sport, Vitória, Fluminense que jogarão nesta quarta-feira (14), enquanto que Chapecoense e Santos terão seus jogos na quinta-feira (15).

Serão jogos importantíssimos porque a partir desta rodada, apenas quatro rodadas faltarão para o encerramento da competição, decidindo quem fica na parte de cima, disputando Sul-Americana e Libertadores, além do título e as equipes que tentam escapar do rebaixamento para a série B.

Daí, ficarmos atentos aos jogos desta quarta-feira (14): Vasco x Atlético do Paraná, Paraná e Atlético Mineiro, Bahia e Ceará, Cruzeiro e Corinthians, Palmeiras e Fluminense, além de Sport e Vitória. Na quinta-feira, também jogos importantes: Chapecoense e Botafogo, Flamengo e Santos, São Paulo e Grêmio, Internacional e América Mineiro.

Para os pernambucanos e baianos, uma decisão que vale seis pontos. Sport e Vitória na Ilha do Retiro, que terá com certeza aproximadamente 30 mil pessoas. O Sport espera contar com a participação efetiva da torcida, e a torcida vai tentar levar o time para cima do Vitória, que a exemplo do Leão também tem que vencer.

O técnico Milton Mendes que contará com a ausência de quatro jogadores importantes no grupo, a exemplo de Marlone, Sander, Gabriel e Claudio Winck, desses três são titulares absolutos. Quanto ao Vitória, dispensou o treinador Paulo César Carpegiane e entrará em campo, com o auxiliar comandando o time.

Muita coisa poderá mudar a partir dessa rodada, no entanto mais do que nunca, é imprescindível a vitória em casa. O Sport por exemplo após esse jogo, enfrentará também na Ilha do Retiro, a equipe do Flamengo e sabemos entre os dois adversários, o Flamengo é mais difícil de ser batido.

Blog de Airton Sousa – Rodada do Brasileiro beneficia o Sport

5be8a87870370

Tivemos neste fim de semana, a trigésima terceira rodada da série A. O Sport empatou com o Fluminense no Maracanã, e pelas circunstâncias da rodada o resultado terminou sendo benéfico para o rubro-negro Pernambucano. Com o empate e a combinação dos resultados, o time leonino se manteve na décima sexta posição.

Das equipes que brigam para se manterem na primeira divisão, tivemos os seguintes resultados: Ceará 1 x 1 Internacional, Vitória 2 x 2 Bahia, Grêmio 2 x 1 Vasco da Gama, América MG x 0 Paraná 1. Esses resultados não mexeram com a posição do time Pernambucano na tabela da primeira divisão.

Com relação ao jogo, tivemos uma partida fraca tecnicamente, com poucas jogadas ofensivas, no entanto ainda foi do Fluminense as poucas chances de gol, o placar traduziu a ineficiência dos dois times na partida, e os goleiros pouco trabalharam no decorrer do jogo. A marcação e a quantidade de faltas, foi outro ponto que marcou a partida.

O Fluminense teve um gol anulado corretamente pelo árbitro, aos 40 minutos do segundo tempo,  quando o jogador do time carioca após um cruzamento estava antecipado, sendo apontado pela auxiliar Tatiane dos Santos. Em contra partida, o Sport aos 35 minutos do primeiro tempo através de Michel Bastos colocou uma bola na trave.

Com o resultado e com a combinação do placar dos adversários, o time rubro-negro se manteve na mesma posição da tabela, ou seja na décima sexta posição. O Próximo jogo do time leonino, será nesta quarta-feira (14), contra o Vitória. Desfalcarão o Sport os jogadores Gabriel e Claudio Wink por terem tomado o terceiro cartão amarelo.

Blog de Airton Sousa – Jogos de vida ou morte na série A do Brasileiro

                                                                 1355

Teremos mais uma vez, importantes jogos neste fim de semana, na parte de cima e na parte de baixo da tabela. A partir desta rodada (trigésima terceira), faltarão apenas cinco para o encerramento da competição, e para conhecermos o campeão, os times da Libertadores, da Sul-Americana, ainda as equipes que irão permanecerão na primeira divisão do próximo ano, e as que descerão para a série B.

Neste sábado (10) teremos: Corinthians e São Paulo, onde o Corinthians em desespero inclusive a ameaça de queda do treinador Jair Ventura, América MG e Paraná, o América tentando vencer para fugir na zona de rebaixamento, Botafogo e Flamengo, importante a vitória para os dois times, o Botafogo tentando distancia da zona de rebaixamento e o Flamengo tentando diminuir a diferença para o Palmeiras.

Atlético do Paraná e Cruzeiro, os dois brigando pela vaga na sul-americana, no domingo (11), Atlético Mineiro e Palmeiras, com o Atlético tentando a vitória para ficar entre os seis, enquanto que o Palmeiras tenta emplacar mais três pontos para se garantir ainda mais na linha de frente, Grêmio e Vasco, a vitória é importante para os dois, , o Grêmio tentando ficar entre os seis e o Vasco da Gama tentando tomar distância da zona de rebaixamento.

Vitória e Bahia, um clássico baiano. O Bahia já livre do rebaixamento enquanto que o Vitória tem ameaçada a sua manutenção na primeira divisão, Ceará e Internacional, o Ceará tem a obrigação de vencer para avançar rumo a manutenção na primeira divisão, enquanto que a briga do Internacional, é para se aproximar do Palmeiras.

Fluminense e Sport, um jogo que interessa de perto aos Pernambucanos. O Fluminense vem de uma derrota para o Atlético do Paraná pela Sul-Americana, o Fluminense tenta vencer o Sport para se distanciar da zona de rebaixamento. O Sport também tem a necessidade de uma vitória, e caso aconteça começa tomar distância da zona de rebaixamento. Um jogo equilibrado, onde o Fluminense é favorito.

Finalmente na segunda-feira (12), para o encerramento da trigésima terceira rodada o jogo entre Santos e Chapecoense, o Santos em busca da vitória para melhorar a posição na tabela, enquanto que uma vitória é fundamental para a Chapecoense que está ameaçada de rebaixamento. Portanto, uma rodada que interessa de perto as vinte equipes.

Blog de Airton Sousa – Série B do Brasileiro começa a ter definições

FOR-1024x585

Faltando três rodadas para o encerramento do Campeonato Brasileiro da série B, o quadro já começa a apresentar algumas definições, na parte de cima da tabela e na parte de baixo. Algumas equipes mantiveram ao longo da competições algumas regularidades, outras oscilaram e por esta razão estão em situação complicada.

Na parte de cima, a chamada zona privilegiada apresentou algumas equipes com bastante regularidade, exemplo o Fortaleza, CSA, Goiás e Avaí. A partir da quinta colocação houve sempre a aproximação de outras equipes, no entanto poucas foram as mudanças de posição na tabela.

São os casos do Londrina, Ponte Preta, Atlético de Goiás, Vila Nova, Guarani, Figueirense e Coritiba, que oscilaram entre a quinta e nona posição. No entanto apenas o Fortaleza com sessenta e cinco pontos, está garantido na primeira divisão. O CSA, Goiás e Avaí estão bem posicionados, com perspectivas de subirem acompanhando o Fortaleza.

A depender das duas próximas rodadas e dos resultados do Londrina e da Ponte Preta, essas duas equipes podem entrar na briga para a classificação, contra o Avaí, Goiás e CSA. Faltando três rodadas não é mais permitido erros, caso contrário a recuperação não acontecerá em razão da pequena quantidade de jogos que faltam.

No chamado G4 temos hoje as seguintes equipes por região: Nordeste: duas equipes, Centro Oeste: uma equipe e Sul: uma equipe. Podendo ser alterado esse quadro, caso o Londrina pelo Sul e a Ponte Preta pelo sudeste consigam ultrapassar os três últimos colocados do chamado G4, do Campeonato.

Na parte de baixo da tabela, o quadro é outra incógnita. Boa Esporte é o lanterna com vinte e nove pontos, ainda tem chances de recuperação, Sampaio Correia com 32 pontos, Juventude 35 pontos e Paysandu 37 pontos. As quatro equipes tem chances de sobreviverem na série B, tudo vai depender do comportamento nas três partidas restantes.

Na linha intermediária da tabela, o quadro é o seguinte: CRB 41 pontos, quatro a mais do décimo sétimo colocado (Paysandu), Criciúma 42 pontos, Brasil de Pelotas 43 pontos e Oeste 44 pontos. Essas equipes dificilmente serão alcançadas pelas quatro ultimas colocadas, a não ser que cometam erros nos jogos restantes.

Alagoas e Ceará, são os grandes destaques esse ano, com o Fortaleza na primeira divisão e o Ceará praticamente garantido também na primeira divisão. Cabe ainda o exemplo do estado de Alagoas, com a possível subida do CSA e praticamente mantida a equipe do CRB na segunda divisão. Pouca coisa pode mudar nesse quadro, na parte de cima e de baixo da tabela.

Blog de Airton Sousa – Sport ganha e deixa a zona de rebaixamento

ddd

De um lado o técnico Lisca, do outro lado o técnico Milton Mendes. Duas personalidades muito parecidas. No final a vitória foi do time pernambucano, pelo placar de 1 x 0. O Ceará com o desfalques de quatro titulares, o Sport sem Sander um dos principais jogadores do time rubro-negro.

Não interessa as ausências, o importante  é que o Sport venceu, saiu da zona de rebaixamento, somando agora 36 pontos, e está na décima sétima posição, mesmo porque além da vitória apertada, também os resultados do fim de semana ajudarão, exemplo: Derrota da Chapecoense, empate do Vitória e derrota do América, todos concorrentes do time rubro-negro.

Foi um jogo disputado do começo até o fim, sendo que o Sport teve um comportamento mais agressivo, enquanto que o Ceará apenas se defendia, tentando sair na base dos contra ataques. Porém poucos foram os chutes perigosos por parte das duas equipes, contudo apesar desse detalhe o rubro negro chutou mais.

No segundo tempo, com o jogo no zero a zero, esperava-se que o técnico Milton Mendes ajustasse mais a  criatividade do time, e aos dez minutos  a chance aparece para Gabriel, depois de um passe de Brocador, surpreendendo a zaga e o goleiro cearense, estava aberto o placar para o time leonino.

Depois do gol, o Sport se soltou mais no jogo e o Ceará ficou surpreso pelo gol e pela reação do time leonino. Sentindo que podia tomar o segundo gol, o técnico Lisca fez algumas modificações no meio campo cearense, o time ficou mais ofensivo, criando várias oportunidades para empatar o jogo.

No entanto, Mailson estava muito bem no gol, evitando que a sua meta caísse diante de algumas jogadas ofensivas do adversário. Fim de jogo e o Sport somou três pontos importantes, indo a trinta e seis pontos e saindo da zona de rebaixamento. Nada de empolgação, porque teremos uma rodada difícil e concorrida neste fim de semana, onde a depender dos resultados, o Sport poderá está de volta a zona de rebaixamento.

Blog de Airton Sousa – Só deu Argentina na final da Libertadores

benedetto-comemora-gol-do-boca-juniors-contra-o-palmeiras-1541040400850_956x500

Depois da decepção com a saída do Grêmio da final da Copa Libertadores, restava ao Brasil a classificação do Palmeiras, se bem que com remotas possibilidades em razão do primeiro resultado na casa do adversário. Até que o Palmeiras começou bem o jogo. Ofensivo, marcando bem, e tentando chegar ao gol do adversário.

Porém foi como que uma ducha fria, o primeiro gol do Boca Juniors deixando a arena em silencio e começando matar as pretensões iniciais do time de Luiz Felipe. De repente bateu um astral para baixo, porque se sabia que a partir daquele momento as coisas ficariam mais complicadas, sem que o alvi-verde pudesse sonhar com a classificação.

Mesmo assim aconteceu o empate, a virada, no entanto nada  interessava, porque não era uma vitória simples, mais sim uma vitória com uma diferença mais exagerada. De novo, o placar era alterado porque aos poucos o tempo passava, o desanimo também e a verdade é que o Palmeiras, a exemplo do Grêmio  também deu  adeus a competição.

Agora, a final acontecerá entre dois argentinos pela primeira vez, um fato inédito na história da Libertadores e nós brasileiros iremos nos recolher a nossa limitação, vendo dois ferrenhos adversários disputarem o título, e nós só temos que parabenizar os argentinos, mesmo diante da rivalidade existente.

O que ficou de lição com mais essa decepção, só o tempo dirá porque mais uma vez nos rendemos a dois adversários do nosso continente, provando assim que o futebol brasileiro está em baixa, principalmente em competições do nosso continente. Quando iremos aprender, só o tempo dirá?

Selecionar arquivos

Blog de Airton Sousa – Grêmio de fora; agora é esperar pelo milagre

Gremio-x-River-Libertadores-AFP

O Brasil na noite dessa terça-feira (30), vestiu a camisa do Grêmio para torcer por uma vitória contra o River Plate. Tamanha era a expectativa em face do resultado positivo no primeiro jogo, na casa do adversário. Ninguém era capaz de imaginar que a classificação fosse para a Argentina, deixando o futebol brasileiro de fora.

Porém, futebol é futebol. Por isso a surpresa no final do jogo de ver o time dos pampas de fora da final, e da maneira como aconteceu. Partiu na frente grande parte do jogo, porém na hora que mais precisava, cometeu erros infantis, o que aliás não é padrão do time comandado pelo técnico Renato Gaúcho, que sempre demonstrou competência em jogos finais.

O empate saiu com uma jogada tola do zagueiro Bressan, que além de cometer o pênalti, recebeu cartão vermelho prejudicando mais ainda o time gremista. O empate ainda beneficiava o tricolor dos pampas, porém o pior estava para acontecer, e muito pior no finalzinho do segundo tempo.

E nada mais a fazer, a Arena do Grêmio silenciou na hora em que o time do River Plate marcou o segundo gol, pois aquele gol tirava o Grêmio e colocava o River Plate na final da Libertadores, com amplas possibilidades de termos uma final entre dois Argentinos, o que mais chato.

Nossa chance de evitar uma final com dois times da Argentina, é hoje à noite. Caso o time de Felipão consiga ter competência e não tremer como aconteceu no primeiro hoje, onde 2 x 0 foi o placar que favoreceu e muito ao time do Boca Juniors, que está na vantagem pelo placar construído em casa.

Qualquer empate classifica o Boca, derrota de 1 x 0 também classifica, derrota de 2 x 0 leva a decisão para pênaltis, e aí não tem favorito. Agora, se porventura os comandados de Luiz Felipe fizerem três gols, muda a história. Difícil é acreditar que o Palmeiras reverta essa situação, no entanto, em futebol tudo pode acontecer.

Blog de Airton Sousa – Sport vence ao reserva do Grêmio e continua na zona de rebaixamento

                                    4x3

Havia muita expectativa para vê o comportamento do Grêmio e do Sport, na tarde deste sábado (27). Por parte do Sport a repetição do time anterior, por parte do Grêmio a observação no comportamento do time reserva, escalado pelo técnico Renato Gaúcho que preferiu guardar os titulares para o jogo das semifinais da Libertadores, no dia 30.

No final o resultado positivo foi para os pernambucanos, que mesmo apresentando uma defensiva fraca e falha, teve um ataque operante que levou o time a uma vitória importante fora de casa. O Grêmio levou a desvantagem na falta de entrosamento, enquanto que  no Sport prevaleceu a voluntariedade da maioria dos jogadores.

A derrota do Grêmio, nada influenciou na posição da tabela, continuando na quinta posição, em razão de alguns resultados que favoreceram ao time gaúcho, que continua garantido na zona de Libertadores, o que é bastante interessante para os comandados do técnico Renato Gaúcho.

 Por outro lado, a vitória do time rubro-negro foi importantíssima deixando o time na décima oitava posição, portanto ainda dentro da zona de rebaixamento. Dois resultados favoreceram ao time da ilha do retiro, a derrota do vitória para o time do São Paulo e a derrota do América para a Chapecoense, que subiu de classificação indo a décima sétima posição.

Por outro lado, a expectativa agora é para o jogo desta segunda-feira (29), onde o time do Ceará (décimo quinto colocado), enfrenta ao Atlético (MG) e caso vença avança na tabela e passará a somar trinta e sete pontos, indo a décima terceira posição. Só um detalhe com relação ao Ceará, o time de Lisca é o próximo adversário do Leão na Ilha do Retiro.

A história do jogo foi a seguinte: O Sport abriu o placar aos sete minutos, gol do zagueiro Jair, prevalecendo com um melhor futebol e marcando o segundo gol aos 30 minutos, com o atacante Mateus Gonçalves. A partir do segundo gol, o Sport esfriou um pouco, cedeu espaço até que o Grêmio descontou com um gol de Mateus Henrique aos trinta e oito minutos.

O primeiro tempo terminou com a vitória Leonina por 2 x 1. Na volta do segundo tempo, apenas uma alteração, com o jogador Pepê entrando pelo Grêmio. Aos seis minutos o árbitro marcou um pênalti contra o Sport, convertido pelo jogador Juninho Capixaba empatando o jogo.

Outra vez  o Sport reage imediatamente e um minuto após (oito minutos) desempata, fazendo 3 x 2. O jogo ficou eletrizante e aos quartorze minutos, o placar foi mudado com um gol  de Tony Anderson para o Grêmio. Quanto todos esperavam que o resultado estivesse definido, a surpresa: o jogador Jair de cabeça, faz o gol da vitória fechando o placar em 4 x 3.

Foram muitas as modificações no decorrer do jogo : Marinho, Pepê e Jean Pierre pelo Grêmio. Nonoca, Felipe Bastos e Rogério pelo Sport. Alterações que pouco influenciaram no crescimento das duas equipes. Porém era uma tentativa dos dois técnicos, de mudarem de alguma maneira a produção das suas equipes.

Com a vitória o Sport passou a somar trinta e três pontos, permanecendo na zona de rebaixamento e ocupando a  décima oitava posição. O próximo jogo do time leonino, será no dia cinco de novembro na Ilha do Retiro, contra o time do Ceará que jogará nesta segunda-feira (29), contra o Atlético Mineiro na Arena Castelão.

Blog de Airton Sousa – Jogos decisivos na série A do Brasileiro

                                                         1355

Mais uma rodada terá inicio neste fim de semana, trata-se da trigésima primeira rodada, onde cada clube tem a sua necessidade e obrigação. Em cima da tabela, o Palmeiras sendo seguido pelo Flamengo e Internacional, na parte de baixo o desafio de não ser rebaixado para o próximo ano.

Do Botafogo com 35 pontos, na décima terceira posição até o Sport na trigésima posição, todos estão ameaçados do rebaixamento, uns mais, outros menos. Faltam oito rodadas, a partir dessa, daí a necessidade de errar menos e torcer que o adversário vacile e tenha a sua situação complicada.

O Paraná é que não tem mais chance de se manter, o Sport na sequencia com um percentual altíssimo de rebaixamento, acompanhado da Chapecoense com trinta e um pontos. Nessa sequencia temos o Vitória com trinta e três,  América, Vasco da Gama e Ceará com trinta e quatro, e  o Botafogo com trinta e cinco pontos.

O ponto de corte nesse instante fica entre quarenta e quatro e quarenta e seis pontos, daí o clube ter como base quarenta e cinco pontos, para ficar menos preocupado com o rebaixamento para a série B. Portanto, a rodada desse fim de semana é importante para todos, inclusive para os que estão na parte de cima da tabela.

Dentro de toda essa conjuntura, o Sport jogará neste sábado à tarde em Porto Alegre, contra o time B do Grêmio, em razão de que o time titular jogou neste meio de semana pela Libertadores, e terá  a decisão na próxima semana em Porto Alegre, valendo a classificação para as finais da competição.

O técnico Leonino deixou transparecer que irá manter a principio a mesma equipe que começou jogando contra o Vasco da Gama, levando-se em consideração o bom rendimento do grupo e principalmente a importante vitória. A questão é saber se a repetição do bom futebol irá acontecer.

Cada adversário tem a sua característica e com o Grêmio não seria diferente, pelo estilo de jogar, pelo vigor e voluntariedade do grupo, mesmo entendendo-se que o time gaúcho não jogará com a equipe titular, porém não deixa de ser um adversário perigoso, pela qualidade do elenco que  Renato Gaúcho possui. Está lançado o desafio, vamos vê quem será o vencedor.

 

Blog de Airton Sousa – Campeonato Brasileiro está chegando a reta final

taca_do_campeonato_brasileiro_2015

Com a chegada dos últimos jogos do Campeonato Brasileiro de 2019, começa o vai e vem dos clubes tentando escapar do rebaixamento, ou ter acesso a divisão de cima da competição. Dentro desse principio observamos a preocupação dos dirigentes, para que no mínimo aconteça a permanência na divisão já existente.

Alguns estados levarão vantagem no fim do campeonato, e dentro  desse conceito o desespero ou  a euforia. Citando o exemplo de Pernambuco, estamos correndo o risco de perdermos o único representante do estado na série A, em razão da ameaça do Sport de ser atingido pelo rebaixamento.

É lamentável porque de 2016 para 2017, tivemos  a descida dos tricolores e alvi rubros que não conseguiram se manter na série B e voltaram para a série C, o que é lamentável. São muitos os prejuízos para os clubes, para as torcidas, para a imagem do futebol de Pernambuco, e para a própria imprensa.

Ainda com relação a Pernambuco, aconteceu a queda do Salgueiro da série C, para a série D que irá participar da competição ao lado do Central e mais dois representantes do interior. Temos que reconhecer que nos dois últimos anos, o nosso estado foi o que mais perdeu, levando-se em consideração o acesso dos estados do  Ceará e de Alagoas.

Faltando oito rodadas para o término na série A, existe uma forte ameaça também de rebaixamento para o Vitória pelo estado da Bahia e o Ceará representante daquele estado, mesmo levando-se em consideração o crescimento que o time do Ceará apresentou após a Copa do Mundo.

Em contra partida, terão acesso a série A, um representante do Ceará. É o caso do Fortaleza que vem em uma campanha de destaque, somando sessenta pontos e desde o início, se mantendo na primeira colocação. O CSA também tem forte possibilidade de subir, ao lado do Bahia, que deverá ser mantido.

Blog de Airton Sousa – Sport derrota o Vasco porém continua na vice lanterna

                                  clausio winck

Jogando na noite desse sábado (20), o Sport conseguiu vencer ao Vasco pelo placar de 2 x 1. Porém, pelo déficit de vitórias o time soma 30 pontos, e continua na décima nona posição  ou seja, na vice lanterna da competição. Entendendo-se com isso que a situação rubro negra ainda é insustentável.

A questão é muito fácil de explicar, nesse momento o ponto de corte é 45 pontos, sendo necessário ao rubro negro, vencer cinco das oito partidas restantes que tem na competição. Serão 4 jogos em casa (Ceará, Vitória, Flamengo e Santos). Enquanto que fora de casa o time tem pela frente Grêmio, Fluminense, Chapecoense e São Paulo.

Ainda formando o raciocínio dentro do critérios de vitórias, existem confrontos diretos nesse restante de competição: Ceará, Vitória, Flamengo, onde obrigatoriamente o time terá que vencer esses três adversários , afim de tentar escapar do rebaixamento, fato que também atinge os concorrentes.

O jogo desse sábado (20) contra o Vasco da Gama, teve um bom primeiro tempo por parte do Sport, onde o time teve liberdade de jogar, observando-se que o treinador Milton Mendes tentou com seis alterações dá uma linha tática, conseguindo através dos jogadores Jair e Marcão, Michel Bastos e Mateus Gonçalves, que  se sobressaíram na partida.

O gol do Sport foi de Mateus Gonçalves aos 25 minutos, enquanto que Fabrício empatou aos 39 minutos, terminando 1 x 1 a primeira fase e o Sport tendo mais posse de bola e chances de gol. Porém o Vasco da Gama dificultou em alguns momentos o domínio rubro negro pela presença de Rafael, Desabato, Fabrício, Max Lopes, já que Picachu saiu aos 20 minutos.

No segundo tempo o jogo foi mais pegado, muitas faltas e outra vez o Sport melhor, até que aos vinte e dois minutos Claudio Wink desempatou. A partir daí muitos erros da arbitragem: Aos 34 a anulação de um gol de Andrigo, aos 41 minutos a marcação de um pênalti defendido por Fernando Miguel, e aos 50 minutos a não marcação de um pênalti a favor do Vasco.

Foi uma verdadeira lambança da arbitragem e levando-se em consideração os lances citados, podemos afirmar com convicção que houve influência da arbitragem no resultado do jogo. É bom lembrar que foi Wilton Sampaio de Goiás que trabalhou como árbitro de vídeo na decisão da Copa do Brasil,entre Corinthians e Cruzeiro.

A situação do time leonino continua muito grave, mesmo sem deixar de tirar os méritos da vitória, só lembrando que foi uma vitória igual a essa também na Ilha do Retiro, contra o Internacional que fez o time entrar com excesso de otimismo e levar uma goleada contra o Atlético do Paraná, porém os méritos da vitória contra o Vasco foi do Sport.

Blog de Airton Sousa – No desespero o Sport enfrenta ao Vasco da Gama

                                                             27887a71996fee0dfff2cd31845407f3

O Sport hoje é o vice lanterna do Campeonato Brasileiro  com 27 pontos, enquanto que o Vasco da Gama é o décimo quarto colocado com 34. Enquanto o Sport está previamente rebaixado, o adversário  deu uma respirada da zona de rebaixamento com os últimos resultados obtidos.

É um jogo de desespero para os dois times, porém para o Sport o desespero é maior, em face dos resultados negativos frequentes e a própria condição de enfrentar uma difícil série B no próximo ano. Com certeza, será um jogo difícil e complicado para os dois times e para o Sport a necessidade de começar a dá uma resposta a sua torcida.

Tudo isso junto, faz com que possamos analisar um jogo tenso, nervoso e cheio de detalhes. Porém o jogo torna-se pelas circunstancias mais complicado ainda, com a torcida cobrando mais e mais e já tentando fazer  a diretoria entender, que é necessário começar planejar o novo ano e a nova série.

Esta semana, mais propriamente terça feira (16) houve uma grande reunião dos antigos e tradicionais dirigentes do Leão da Praça da Bandeira, em um restaurante em boa viagem e assuntos diversos foram tratados, desde a situação atual principalmente financeira e os projetos eleitorais e esportivos.

Quanto ao jogo, o Sport será escalado com aproximadamente seis alterações, algumas  jogadores pendurados por cartões, outras por questões técnica e ainda aqueles que terão a preferência do treinador para as mudanças que deverão ser efetuadas, para tanto a pergunta é a seguinte: como o elenco com todas essas modificações irá reagir?

A torcida tem feito sempre o seu papel, mesmo nos momentos de maior decepção que o time vem ocasionando. É uma torcida fiel que vibra com o time, no entanto a torcida apenas incentiva e não faz gol. Esse fato é de responsabilidade do elenco, que não vem cumprindo o seu dever, principalmente pela limitação técnica.

 

Blog de Airton Sousa – Copa do Brasil : Venceu o melhor e o título é do Cruzeiro

e96opx8jyv2dfjdn5bpyumrek

Todos sabiam, por mais que torcesse pelo time Corintiano que o Cruzeiro levava algumas vantagens. Individualmente melhor, tecnicamente mais ajustado e um treinador que levou para campo a sua experiência de duas conquistas da Copa do Brasil, respectivamente  campeão em 2009 pelo Corinthians e em 2017 pelo Cruzeiro.

A repetição de 2017 aconteceu e pela segunda vez Mano Meneses, dá o titulo ao time mineiro. Um jogo que levou mais de 46 mil pessoas a campo, uma renda de mais de R$ 5 milhões de reais, e um espetáculo que fechou a Copa do Brasil recebendo nota 10. Podemos dizer que o título começou sendo conquistado no primeiro jogo.

No Corinthians um time mais modesto, porém com jogadores admiráveis: Cássio, Jadson, Emerson, Romero, Ralph, Fagner, onde o destaque foi a bravura do experiente Emerson. Enquanto que pelo Cruzeiro destacaram-se: Barcos, Tiago Neves, Rafinha, Edilson, Arrascaeta,  e o melhor jogador em campo, o zagueiro Dedé.

Um jogo de muitas faltas, o Cruzeiro tendo quatro chances no primeiro tempo, contra uma chance do Corinthians. Duas bolas na trave, Dedé e Barcos para o Cruzeiro, no entanto a maior posse de bola foi do time paulista, 75%. O Cruzeiro saiu na frente, uma falha de Léo Santos e Barcos chutou na trave, na volta Robinho completou aos 28 minutos do primeiro tempo.

Na segunda etapa  Ralph, aos 6 minutos sofreu pênalti, Jadson cobra e fatura empatando aos 9 minutos. Após o empate o jogo deu uma esfriada, no entanto as equipes tiveram modificações e a verdade é que o jogo voltou a pegar fogo. Pedrinho que havia entrado, teve um gol anulado aos 24 minutos , frustrando a torcida Corintiana.

No entanto, nada estava definido; Arrascaeta que estava no Japão jogando pela seleção do Uruguai, chegou e terminou fazendo o gol da conquista aos 37 minutos, através de um contra ataque e um lançamento espetacular de Raniel. Com 2 x 1 no jogo e aquela altura a conquista começava a ter destino: Belo Horizonte, com o bicampeonato do Cruzeiro.

Blog de Airton Sousa – Brasil vence e Neymar repete ações da Rússia

                                                      161019

Tivemos na tarde desta terça-feira (16) a trigésima partida da seleção sob o comando do técnico Tite. O Brasil venceu pelo placar de 1 x 0, gol marcado por Miranda de cabeça aos 48 minutos do segundo tempo. Quanto ao time Argentino, demonstrou muita perspectiva para o futuro, onde a maioria dos jogadores é jovem.

O Brasil com mudanças, entre elas taticamente com Gabriel Jesus e Firmino jogando no ataque e uma formação do meio campo com Artur, Casemiro, Philippe Coutinho e Neymar complementando. O primeiro jogo entre as duas seleções, foi em 1914 com a Argentina vencendo por 3 x 0, e o maior placar foi 6 x 1 para a Argentina,  pela Copa Roca em 1940.

O treinador interino dos argentinos é Leonel Scaloni com um bom trabalho, inclusive podendo ficar no comando, preparando o grupo para a Copa América  de 2019. Quanto ao técnico Tite, foi mais uma experiência visando a Copa América e acredita-se que a base para a Copa, pode ser a seleção que jogou nesta terça-feira (16).

O jogo teve a Argentina marcando duro e muito bem, o Brasil altamente individual, principalmente Neymar que voltou a repetir parte do que fez na Rússia. Artur foi o melhor pelo Brasil, enquanto que Philippe Coutinho, Gabriel Jesus e Neymar tiveram atuação apenas discreta.

A seleção da Argentina teve três chances concretas de gol no primeiro tempo, enquanto que o Brasil teve apenas uma chance de gol. No segundo tempo houve mais equilíbrio dos atacantes, em razão de que o Brasil teve 4 chances, inclusive o gol de Miranda e pelo lado da Argentina aconteceram 3 chances concretas.

Podemos classificar o jogo como  bem disputado, padrão dos encontros entre essas duas seleções, onde se destacaram pela nova seleção Argentina: Di Bala, Icardi, Lo Celso, Correa, Paredes, Saravia, Simione entre outros, tratando-se de uma renovação de muito futuro o que com certeza deverá dá certo.

 

Blog de Airton Sousa – Sport é goleado e perde Magrão

                                                                    atletico-pr-x-sport

Nada de empolgação, era o que deveria ter acontecido após a vitória contra o Internacional. Porém, mesmo com a condição difícil na tabela o treinador, o grupo de jogadores e a torcida exageraram no otimismo, e a verdade é que foi apenas uma zebra e o resultado foi fruto do futebol que o Internacional não trouxe para Pernambuco.

É tanto que nesse domingo (14), o Internacional jogou um grande futebol, goleou o São Paulo e chegou a segunda colocação com 56 pontos, vendo a falta que fez o relaxamento por ocasião do jogo contra o Sport. Se tem encarado com responsabilidade o jogo passado, estaria dividindo a liderança com o Palmeiras.

Porém, não nos interessa o Internacional. O que interessa nesse instante é que o Sport tomou mais uma goleada, perdeu Magrão por contusão, com suspeita de fratura no ante-braço, com o risco de ficar de fora o resto do campeonato, o que é uma pena pela qualidade do profissional e pela falta que fará ao time rubro-negro.

Agora falando do jogo, tivemos um primeiro tempo em que o Atlético foi absoluto. Teve 82% de posse de bola, chutou nove vezes com perigo, dominou em cima dos alas leoninos, mandou no meio de campo e fez o Sport tremer, perdendo todas as bolas que sobravam na frente da área.

No entanto, o Sport escapou com um zero a zero. No segundo tempo, o técnico Milton Mendes colocou Brocador no lugar de Mateus, porém tomou o primeiro gol aos dois minutos de jogo, desarrumando o time todo. Na sequencia, aos 10 minutos Raul Prata cometeu um pênalti, convertido por Bergson e permitindo que o Atlético chegasse ao segundo gol.

Aí as coisas ficaram mais fáceis, o Sport desesperado e o Atlético administrando a vantagem. Veio então uma sequencia de substituições: Rafael Marques, Nonoca, Rony e Wellington. Continuava a predominância do time do Paraná, aos 36 minutos para complicar a situação, Magrão deixou o campo com uma contusão no antebraço.

Como o Sport não podia mais substituir, o treinador colocou Gabriel no gol, facilitando mais ainda o jogo. Aos 39 minutos Bergson ampliou, e Rony fechou o placar de 4 x 0. Como detalhe: o pênalti foi cometido por Raul Prata fora de posição, e os dois últimos gols do Atlético, foram do lado defendido por Raul Prata.

As ausências de Jair, Durval e Sander com certeza ajudaram na fragilidade do time leonino. O Sport permanece na décima nona posição com 27 pontos, ainda mais próximo do rebaixamento. O próximo compromisso é sábado à noite (20), contra o Vasco da Gama. Só o maior dos milagres, evita o Sport de ser rebaixado.

Está anunciada para terça-feira (16), uma reunião em Boa Viagem com os ex-presidentes do Sport, com a coordenação de Jarbas Guimarães e Homero Lacerda, que anunciam a presença de vários ex dirigentes, com a finalidade de tratarem de assuntos das próximas eleições. Também na terça-feira, desta feita a seleção brasileira volta a campo contra a Argentina.

Blog de Airton Sousa – Seleção vence amistoso com um fraco futebol

                                           arabia

Jogando na tarde dessa sexta-feira (12), a Seleção Brasileira venceu pelo placar de 2 x 0 a Arábia Saudita. Muitas mudanças na escalação e o time de Tite deixou muito a desejar, mesmo diante de um adversário que não exigiu e que apenas apresentou um bom toque de bola no decorrer do jogo.

Tivemos várias novidades na seleção: Fabinho, Marquinhos, Alex Sandro, Gabriel Jesus (voltando), Walace, Lucas Moura entre outros jogadores, o que não justifica o futebol desorganizado apresentado pela seleção, diante de um adversário que marcou bem e dificultou um melhor rendimento, só isso.

Com certeza, terça-feira (16) contra a Argentina, o time terá mudanças principalmente pela qualidade do adversário, dentro desta fase de avaliação do treinador Tite. Observa-se que é preciso a CBF colocar no calendário, a realização de alguns amistosos contra seleções europeias, para que dentro das exigências o time possa mostrar outra visão.

A última vitória do Brasil contra a Arábia, foi em 2002 pelo placar de 1 x 0, com um gol de Djalminha. No jogo dessa sexta-feira (12), o Brasil apresentou uma característica positiva, jogando bem aberto, com o atleta Renato Augusto sendo escolhido o melhor  do grupo, os demais um futebol apenas razoável.

O primeiro gol da seleção aconteceu  aos 43 minutos do primeiro tempo, com uma troca de passes entre Neymar e Gabriel Jesus, onde poucas foram as chances da primeira fase, placar de 1 x 0. No segundo tempo Lucas Moura, que desde 2016 não era convocado, entrou bem jogando aberto pela esquerda.

A seleção aos poucos foi diminuindo o ritmo, ainda entraram Artur e Richarlíson que não tiveram tempo suficiente para se apresentarem para o jogo, porém em uma rara oportunidade ofensiva, após a cobrança de escanteio com Neymar, o jogador Alex Sandro mete de cabeça fazendo 2 x 0 para o Brasil. Próximo jogo contra a Argentina, 3ª.feira (16).

Blog de Airton Sousa – Deu Cruzeiro no primeiro jogo da final

41137

O Mineirão foi palco de um grande jogo na noite dessa quarta-feira (10), envolvendo Cruzeiro e Corinthians valendo o título da Copa do Brasil de 2019. É a trigésima edição desta competição, onde a vitória no primeiro jogo deu a vantagem para o time do técnico Mano Meneses.

Uma premiação de R$ 64 milhões de reais é o que a CBF determinou para o time campeão e o jogo de volta acontecerá na próxima quarta-feira (17), em São Paulo. O Cruzeiro para chegar as finais teve que passar pelo Atlético do Paraná, Santos e Palmeiras, no entanto o ataque Cruzeirense não tem muita credibilidade da torcida.

Por outro lado o time co Corinthians para chegar aos jogos finais, teve que superar o Vitória da Bahia, Chapecoense e Flamengo. Porém na partida dessa quarta-feira (11), o time se apresentou de uma maneira muito precavida, tendo na maioria  do jogo um sistema de retranca, aplicado pelo técnico Jair Ventura.

O gol da vitória aconteceu aos 45 minutos do primeiro tempo, através de Tiago Neves dando já na fase inicial, a vantagem para o time de Minas Gerais. Enquanto isso, no segundo tempo valeu a experiência do treinador Mano Meneses, que aplicou um sistema de precaução na volta do segundo tempo.

O Corinthians sem obter forças para um jogo ofensivo e com um jogador a menos, teve que suportar uma derrota e  levar a decisão para São Paulo, correndo atrás de reverter a vantagem para o time mineiro. Uma boa arbitragem de Anderson Daronco, sem qualquer lance que viesse a influenciar no resultado da partida.

Mudando de assunto, teremos da tarde dessa sexta-feira (12), mais um amistoso da Seleção Brasileira, desta feita contra a Arábia Saudita. O time do técnico Tite vai entrar com algumas modificações para esse jogo. A próxima partida  da seleção será nesta terça-feira (17), contra a Argentina.

Blog de Airton Sousa – Vem aí a Copa do Nordeste 2019

                                                                81018

Depois de vários encontros e reuniões, tivemos a definição de alguns pontos importantes da Copa do Nordeste 2019. Os dirigentes de Clubes e da Liga do Nordeste, além da imprensa foram responsáveis pelo OK da competição, dentro de mudanças importantes para a competição e seus participantes.

Foi definido entre outros pontos, que a competição deverá começar entre 10 e 12 de janeiro, com dois grupos de oito equipes cada , com jogos entre os grupos, além de outros pontos extremamente importantes, principalmente levando-se em consideração a adequação ao calendário nacional.

O GRUPO – A será composto das seguintes equipes – Pernambuco : Santa Cruz e Salgueiro.  Sergipe : O Sergipe. Ceará : O Fortaleza. Alagoas : CRB . Maranhão : Sampaio Correia. Piaui : Altos do Piauí. Bahia : Vitória . Observando-se que neste grupo temos dois representantes do estado de Pernambuco.

O grupo – B será composto das seguintes equipes – Sergipe : Confiança . Paraíba : Botafogo. Alagoas : CSA . Pernambuco : Náutico . Bahia : Bahia . Ceará : Ceará . Rio Grade do Norte : ABC Maranhão : Moto Clube . Ao contrário do grupo A, temos neste grupo apenas um representante de cada estado.

Quanto a emissora de televisão que ficará encarregada da cobertura, após a saída da TV Interativa que não renovou o contrato de transmissão, o Sistema Brasileiro de Televisão será o canal que ficará encarregada de executar as transmissões, o que deixou os dirigentes otimistas pela representatividade do SBT.

Blog de Airton Sousa – Deu zebra na Ilha do Retiro

                                              sport x inter

Finalmente o Sport ganhou um jogo, e desta feita contra um dos líderes do Campeonato Brasileiro, a vítima foi o Internacional que entrou de sapato alto e quando acordou já era tarde, o Sport surpreendeu e venceu de virada pelo placar de 2 x 1. Foi uma noite em que tudo deu certo para o time Pernambucano.

Não adiantou muita coisa, porém foram três pontos somados mesmo sem tirar o time da zona de rebaixamento, onde mesmo vencendo ao próximo adversário a equipe ainda não sai do rebaixamento. A vitória deixa o Sport com 27 pontos, porém continua na décima nona posição, o torcedor comemorou de qualquer maneira o resultado.

Agora faltam dez jogos, o próximo adversário é o Atlético do Paraná, que está em fase de evolução na competição, o jogo será no fim de semana em Coritiba. O técnico Milton Mendes e seus comandados comemoraram bastante após a vitória, porque representa a primeira sob o seu comando.

Quanto ao jogo, tivemos um primeiro tempo apenas de passes errados, muita marcação e muita falta, por parte das duas equipes que não conseguiam chegar a área adversária pelo trabalho de desarme dos homens de meio campo, onde as defesas estavam sempre atentas, sem permitir jogadas ofensivas.

O segundo tempo foi diferente, com o internacional jogando ofensivamente principalmente pelo lado esquerdo. Aos onze minutos, entrou D”Alessandro e tornou o time gaúcho mais ofensivo, até que aos 22 minutos Nico Lopez abiu o placar. A partir daí o Sport se abriu, partiu para cima e empatou com Adrielson aos 34 minutos.

Após o empate o Sport cresceu ofensivamente e aos 43 minutos, com uma bela jogada Mateus Gonçalves fez o gol da vitória do time pernambucano. Um resultado que anima, porém sabemos a limitação do elenco, os compromissos futuros e a difícil situação que o time está na tabela.

Blog de Airton Sousa – Internacional é o próximo obstáculo do Sport

                                                                 27887a71996fee0dfff2cd31845407f3

Apesar das derrotas sucessivas, parece que a tempestade está passando na Ilha do Retiro. Bem que tivemos uma semana com mais calma, sem tantos desencontros e reclamações, dando a entender que os rubro-negros já estão prevenidos do que está para acontecer, com relação ao rebaixamento para o próximo ano.

Esse é o melhor caminho, tentar manter a calmaria,deixar que as coisas aconteçam uma de cada vez, dá ao treinador a serenidade que ele precisa, para tentar pelo menos cair de pé, sem cometer tantos erros, nem matar o torcedor de vergonha pelo rebaixamento e pela campanha medíocre deste ano.

Existem derrotas e derrotas, porém é preciso cair com dignidade, honrando as cores do clube e a própria tradição adquirida ao longo de mais de cem anos. O que foi feito de errado já não tem conserto, agora é cumprir os onze jogos que faltam e começar tudo de novo para 2019, principalmente na organização administrativa.

Fim do ano e as eleições irão acontecer, aí a vez dos verdadeiros e tradicionais rubro-negros darem a volta por cima, fazendo uma limpeza administrativa e financeira no clube, com a certeza das dificuldades que haverão de vir, inclusive com a queda de arrecadação, da primeira para a segunda divisão.

Não é pessimismo, e sim uma realidade que há bem pouco tempo atrás estava muito distante da Ilha do Retiro. Os erros foram sucedendo, sendo jogados em baixo do tapete pela prepotência dos dirigentes e hoje o que se vê é um clube cheio de dívidas, sem um elenco de qualidade e com problemas diversos a serem administrados.

Dentro desse contexto, o Sport entra em campo nesta sexta-feira (04) a noite, em mais um compromisso difícil, desta feita contra o Internacional, segundo colocado do Brasileiro com 53 pontos, e disputando a primeira colocação com o Palmeiras. O Sport deverá entrar bastante desfalcado e com as improvisações de sempre.

Blog de Airton Sousa – Milton Mendes estreia com mais uma derrota

                                         cam x sport

Não adiantou o treinador mudar-se para a concentração; não adiantou a preleção antes do jogo, não adiantaram as mudanças na escalação, nem no estilo de jogo, porque o Sport outra vez sofreu mais uma derrota, e desta feita foi ainda pior, uma goleada de 5 x 2 para a equipe do Atlético.

Tudo isso está deixando o torcedor mais frustrado ainda, e os jogadores ninguém sabe como reagem a cada rodada, a cada derrota. Esperava-se pelo menos um time diferente nas reações, porém foi a mesma coisa, um time pobre de criatividade e de forças, deixando a cada minuto de jogo, uma imagem cada vez mais negativa.

Antes do jogo, eram doze rodadas. Após o jogo, onze rodadas, as chances diminuindo e o monstro da série B, cada vez mais próxima da Ilha do Retiro. Infelizmente,  as chances diminuem, e tudo isso faz com que Pernambuco fique cada vez mais fragilizado com os representantes no Brasileiro.

Quanto ao jogo, o Sport abriu o placar com sete minutos de jogo, um gol contra do zagueiro Leonardo Silva. Dois minutos após, Elias empatou para o Atlético, o Sport recuou e logo aconteceu o gol de desempate, aos vinte e seis minutos, através de Fábio Santos. Uma sequência de gols; Emerson aos 28 e Cazaris aos 30 minutos, fechando o placar do primeiro tempo em 4 x 1, além da expulsão de Durval aos 33 minutos.

Na volta do segundo tempo, o Sport com uma peça a menos e a entrada após a expulsão de Durval no primeiro tempo, do jogador Raul Prata. No segundo tempo o time mineiro era absoluto, porém de cabeça Michael Bastos marcou o segundo gol, deixando o placar em 4 x 2, voltando a dá um pouco de esperança a torcida rubro-negro.

Porém, aos poucos o Sport se deixava conduzir pelo Atlético, até que Ricardo Oliveira marcou aos 25 minutos o quinto gol, fechando o placar de 5 x 2. Com a vitória, o Atlético volta a brigar para ficar entre os quatro melhores, enquanto que o Sport se manteve na vice lanterna do campeonato.

O próximo jogo do Leão da praça da bandeira é sexta-feira (5), na Ilha do Retiro contra o Internacional. Talvez o treinador Milton Mendes altere outra vez a equipe no sentido de dar mais consistência ao sistema defensivo, visto que o Sport é um dos times mais vazados no campeonato. Explicar a derrota, seria repetir tudo que vem sendo dito após cada partida.

Blog de Airton Sousa – Sport estreia o quarto treinador no Brasileiro

                                           28092019

 Diante de todas as dificuldades que rodeiam a Ilha do Retiro, o time volta a campo neste domingo (30), jogando em Minas Gerais contra o Atlético. Cada vez mais difícil a situação do rubro-negro, na tentativa de escapar do rebaixamento, diante de todos os erros cometidos dentro e fora de campo.

O treinador Milton Mendes tem pela frente doze jogos, diante de um rebaixamento bem próximo. Serão preciso sete vitórias para que não aconteça o pior, com o clube e com o futebol pernambucano, que se encontra em baixa em face de termos Náutico e Santa Cruz na série C, e o Sport rumo a série B.

São os seguintes os jogos restantes do Sport: Em casa- Internacional, Vasco, Ceará, Vitória, Flamengo e Santos, no total de seis jogos. Fora de Pernambuco : Atlético MG, Atlético PR, Grêmio, Fluminense,  Chapecoense e São Paulo, no total de seis jogos. Daí a necessidade de vencer sete partidas das restantes.

Para o jogo deste domingo (30), contra o Atlético (MG), além de todas as dificuldades o treinador não poderá contar com nada menos de cinco titulares, dentro das carências do elenco, tornando-se assim mais difícil para o treinador escalar o time, principalmente pela qualidade do adversário.

O jogo será às 16 horas do domingo (30), e a principal dificuldade do Sport além da fragilidade do elenco, é a qualidade do adversário que está no grupo dos seis melhores e precisa pontuar, para diminuir a distancia dos que estão na cabeça da tabela. Os percentuais são favoráveis ao time mineiro, no entanto o técnico Milton Mendes promete surpreender.

 

Blog de Airton Sousa – Copa do Brasil chega a reta final

thumb.aspx

Podemos considerar a mais completa  competição nacional a Copa do Brasil. Uma competição que reúne equipes de todo o país, com as regiões mais distantes se encontrando, dentro deste país que é um verdadeiro continente, reunindo torcidas e equipes, tornando-se uma verdadeira festa de cores e emoções.

E assim, dentro dessas e outras características a Copa do Brasil conheceu na noite dessa quarta-feira (26), as duas equipes finalistas com jogos envolventes, torcidas vibrantes e estádios lotados, numa prova patente que se tem motivação a torcida vai, e vai realmente para torcer.

No primeiro jogo tivemos um empate no Rio de Janeiro em 0 x 0, envolvendo Flamengo e Corinthians. Em São Paulo a vitória foi do Cruzeiro sobre o Palmeiras por 1 x 0. Nos dois jogos de volta o empate em 1 x 1 entre Cruzeiro e Palmeiras, e a vitória de 2 x 1 do Corinthians sobre o Flamengo.

Com esses resultados estão classificados para as finais, Cruzeiro e Corinthians. Podemos aplicar um pouco de vantagem sobre o time de Mano Meneses, pelo estilo e pela qualidade do conjunto, sem contudo evidenciar  também a força do time Corintiano. Só resta esperar para saber quem ficará com uma premiação de R$ 50 milhões de reais para o campeão.

Seria muito bom, que a CBF promotora de todas as competições brasileiras, tentasse se espelhar nos moldes da Copa do Brasil, fazendo modificações nas demais competições, tornando menos cansativas, mais atraente e com um calendário que não viesse prejudicar tanto, principalmente as equipes intermediárias.

Blog de Airton Sousa – Sport de técnico novo e na Federação Pernambucana nada mudou

Milton-Mendes

Foram necessários apenas quarenta dias, para que Eduardo Batista pegasse o boné e deixasse a Ilha do Retiro. No período em que esteve no comando técnico do time leonino, o treinador conseguiu uma vitória (duvidosa) contra o Paraná, um empate contra o Cruzeiro e seis derrotas, no total de oito jogos.

Em menos de 48 horas, a diretoria do clube contratou o treinador Milton Mendes, que já passou por Pernambuco treinando a equipe do Santa Cruz. Podemos dizer que foi uma passagem melancólica de Eduardo Batista, que iniciou a carreira de técnico no Sport, voando mais alto posteriormente para outros clubes.

Nada de crítica ao Eduardo Batista, exceção a sua volta principalmente pela decepção que o seu pai teve, bem recentemente quando deixou o clube. Nada demais, Eduardo Batista segue em frente, busca outros centros e com certeza pela competência que tem, logo estará comandando outra agremiação.

Situação complicada mesmo é a do clube rubro-negro pernambucano, saiu o treinador e toda direção de futebol, muito embora ao lado de Milton Mendes tomaram posse novos dirigentes, que sinceramente muito pouco poderão fazer. O clube não tem dinheiro, fechou o prazo para contratar e tem um elenco esfacelado tecnicamente, rumando a série B.

Enquanto o circo pega fogo no Sport, a Federação Pernambucana com os dirigentes de sempre que foram reeleitos  e que buscarão se encher de vaidade e orgulho, a exemplo da gestão que terminou. Evandro Carvalho-presidente, ao lado de  Pedro Lacerda, Paulo Wanderley e Murilo Falcão, terão mais quatro anos de mídia, mordomias, elogios e outras coisas mais… É mole?

Blog de Airton Sousa – Sem mudar nada, o Sport perde mais uma

                                                 230918

Tenho a impressão que os rubro negros estão rezando a cada rodada,para  que se encerre o Campeonato Brasileiro, porque jogo após jogo  a certeza de mais uma derrota e simplesmente a aproximação do rebaixamento para a série B em 2019. Foi mais um resultado negativo em casa, mesmo com o Palmeiras desfalcado de grandes jogadores titulares.

Dava para perceber que os comandados de Luiz Felipe, não queriam muita correria nem muita entrega, porque  a qualquer momento´podia sair  o gol da vitória. No entanto não foi assim, porque tivemos um jogo feio no primeiro tempo, com muitas faltas e um futebol aéreo, o que não é característica do time alviverde.

Foi um primeiro tempo que não agradou, com poucas chances para o time do Palmeiras e para o Sport praticamente nenhuma chance. Para completar, aos 28 minutos saiu contundido o jogador Lucas Lima, prejudicando pela sua qualidade o time do Palmeiras que acabou  deixando o jogo no zero a zero.

No segundo tempo o Palmeiras veio com outro propósito para o jogo, pressionando três vezes até oito minutos, encostando o Sport no campo defensivo e a partir daí o time de Luiz Felipé era absoluto em todos os sentidos. Tivemos várias modificações: William, Dudú e Guerra que já havia entrado no primeiro tempo pelo Palmeiras. Claudio Wink, Pardal e Mateus Peixoto pelo Sport.

Depois dos 30 minutos o Sport perdeu mais força ainda, e aos 36 minutos após entrar aos 35, William aproveitou um rebote de Magrão e complementou fazendo o gol da vitória Palmeirense. A partir daí foi só uma questão de tempo, para o término do jogo, o Palmeiras fechou a rodada na segunda posição com 50 pontos, enquanto o Sport permanece na vice lanterna. Outra nota negativa do jogo foi para o árbitro Paulo Roberto,do Paraná.

Cada vez mais aproxima-se a confirmação do rebaixamento do Sport, pela fragilidade em todos os sentidos, agora é esperar mais um sofrimento, desta feita o jogo contra o Atlético Mineiro em Belo Horizonte. O Atlético é o sexto colocado com 42 pontos, tornando-se mais um adversário com condições de vencer ao rubro negro de Pernambuco.

Blog de Airton Sousa – Copa do Nordeste 2019 com muitas inovações

copa-do-nordeste

Os clubes participantes da Copa do Nordeste  através dos seus representantes, estiveram reunidos na noite desta terça feira (18) em Salvador, para ouvirem os novos planejamentos e traçarem metas para a nova temporada. Com a saída da TV Interativa do circuito de transmissão, existiam algumas dúvidas na continuidade ou não da competição.

Através do presidente da Liga do Nordeste, representantes do SBT e crônica esportiva, ficaram deliberados alguns pontos considerados fundamentais para a execução do projeto em 2019. Pernambuco estará garantido com três representantes: Náutico, Santa Cruz e Salgueiro, já que o Sport havia abdicado da sua participação desde o final do ano passado.

Ficaram para serem decididos  o inicio e fim da competição, quota  para cada participante, premiação para o campeão, além do percentual na quota da televisão, já que está praticamente fechado o contrato com o canal por assinatura, estando ainda em estudo apenas a transmissão da TV aberta, o que em breve acontecerá.

Os jogos serão as terças e sábados, com horários a serem definidos, dependendo da grade de programação na TV fechada e aberta, o que é um denominador mais fácil de resolver. Ficou para decidir a data da próxima reunião, que deverá acontecer em breve, para o desfecho final das negociações.

Todos ficaram otimistas no final da reunião, e com certeza o somatório será excelente, visto que um assunto que foi levado em evidencia, foi a repercução  da competição nos últimos anos, o nível de audiência e a aceitação do público, de todos os estados participantes, além da audiência no Brasil e fora do país.

Sendo assim, um assunto que preocupava os dirigentes foi tirado de pauta, faltando agora apenas os acertos finais, para essa que é uma das melhores competições do futebol brasileiro, reunindo as principais equipes do nordeste. É esperar que os nossos representantes possam  se preparar para fazermos uma campanha digna do futebol pernambucano.

Blog de Airton Sousa – Sport perde e vê o rebaixamento cada vez mais próximo

Cassio-Corinthians-x-Sport-773x380

Com a rodada deste fim de semana, ficam faltando treze jogos para o encerramento do Campeonato Brasileiro da série A. Com isso se vê cada vez mais próximo o rebaixamento do time rubro negro Pernambucano, ao lado do Paraná e mais outras duas equipes, possivelmente a Chapecoense e o Vasco da Gama.

Temos treze rodadas a serem cumpridas, no total de trinta e nove pontos, dos quais o Sport especificamente terá que vencer sete partidas, somando vinte e hum pontos, cujo total seria exatamente 45 pontos no final, o que daria ao time Leonino a condição de escapar do rebaixamento.

Perguntamos ao torcedor mais sensato: Você acredita que dos treze jogos restantes, com esse percentual de aproveitamento o rubro-negro tem chances de vencer sete partidas?  É uma forma milagrosa de sonhar diante de um time que esbarra na sua própria limitação, não se vendo nenhum progresso de rodada para rodada.

Após a copa do mundo, dos jogos disputados pelo Sport apenas um o time foi vitorioso,  exatamente contra o  já rebaixado  Paraná. Ainda com relação a esse jogo, a arbitragem prejudicou totalmente a equipe do Paraná, dando o que podemos dizer o resultado ao time Leonino.

No que diz respeito ao jogo desse domingo (16), com algumas alterações o time teve uma razoável apresentação, principalmente no primeiro tempo até quando o jogador Brocador esteve em campo, após a sua saída o time afundou se entregando principalmente no segundo tempo.

Marcando a distância, cedendo espaços, recuando e sem a peça ofensiva necessária, o time deslizou no jogo, voltando todo time para o sistema defensivo. Tomou um gol perto dos treze minutos, se fragilizou e logo se obervava na fluidez do time Corintiano, que dentro do domínio do jogo, marcava o gol da vitória aos 42 minutos.

A derrota deu ao time do Sport a decida de mais um degrau, fechando a rodada na décima nona posição, ou seja na vice lanterna da competição. Tem neste domingo como adversário o time do Palmeiras, que mesmo tendo compromisso nesta quinta feira (20), tem um elenco suficiente para participar de três competições ao mesmo tempo.

Blog de Airton Sousa – Mais um desafio para o Sport

                                            under armor

O Sport jogará na noite desse domingo (16) mais um difícil compromisso, desta feita em São Paulo contra a equipe do Corinthians. Nesse instante o Sport é o décimo oitavo e o Corinthians é o décimo. Um jogo em que a vantagem é toda do time Paulista, que mesmo não estando na cabeça da classificação, mais está em uma posição de respeito.

Depois disso, o time comandado por Jair Ventura  promete a recuperação no campeonato para tentar se aproximar das equipes que estão entre os seis colocados. Para tanto, uma vitória do time corintiano deixa  mais próximo do G 4, nesse instante o Corinthians tem 30 pontos, enquanto que o Cruzeiro, sétimo colocado tem 33 pontos.

Quanto ao Sport com 24 pontos, tem ao seu lado as equipes do Vasco, décima sétima colocada, Ceará com 24 pontos é a décima nona, além da Chapecoense que é a décima sexta com 25 pontos. Todos jogam neste final de semana, inclusive o time leonino jogará sabendo dos resultados dos concorrentes.

O técnico Eduardo Batista não irá contar com Ronaldo Alves,  Filipe Bastos, Marlone, Michael Bastos, ficando assim na previsão de improvisar alguns jogadores, para tentar armar um time fechado, a base de três zagueiros, três volantes. Sendo assim, espera-se que o time rubro-negro tenha uma marcação serrada para evitar tomar gols.

Uma derrota na noite desse domingo (16), deixará cada vez mais complicada a situação do rubro-negro pernambucano, porque a sequencia de jogos pela frente é cada vez mais complicada, se não vejamos: Palmeiras, Atlético Mineiro, Internacional, Atlético do Paraná, Vasco, Grêmio entre outros.

Blog de Airton Sousa – Jogos das semifinais da Copa do Brasil

Guia-da-semifinal-900x505

Tivemos na noite desta quarta-feira  (12), a realização das duas partidas iniciais da Copa do Brasil. Foram jogos envolvendo Palmeiras e Cruzeiro, Flamengo e Corinthians. No final deu vantagem de 1 x 0 para o Cruzeiro, e empate de 0 x 0 no Rio de Janeiro, com muitas reclamações por parte do Flamengo, contra a arbitragem do jogo.

Um encontro de quatro grandes técnicos, dois de uma geração mais antiga, e dois da nova geração.  A vantagem no final foi para o técnico Mano Meneses, com a vitória de 1 x 0 contra o Palmeiras com o comando de Luiz Felipe . No Rio de Janeiro, com o empate tudo ficou igual, sem vantagem para nenhum dos dois treinadores.

O jogo entre Flamengo e Corinthians foi bastante tumultuado, principalmente após os 40 minutos, com a arbitragem encerrando a partida, em um lance de ataque do time carioca. Muitas reclamações contra a arbitragem e fica provado mais uma vez, a fragilidade técnica dos nossos apitadores.

Enquanto isso, o time comandado por Mano Meneses levou a vantagem de jogar por um empate em Minas Geras, pelo fato de ter vencido o jogo na casa do adversário pelo placar de 1 x 0. É substancialmente, uma vantagem que não pode ser desprezada, por tratar-se de uma decisão em noventa minutos.

No dia 26, teremos a realização das duas partidas, com certeza a participação de um grande público, o que já pode ser provado no primeiro jogo. Interessante lembrar, a responsabilidade dos árbitros, que não podem cometer erros primários a exemplo do que aconteceu no jogo desta quarta-feira ( 12 ), no Maracanã.

Blog de Airton Sousa – Adversário fraco e o Brasil goleia

neymar-comemora-primeiro-gol-do-brasil-sobre-el-salvador-em-amistoso-disputado-nos-eua-1536713765600_956x500

Fazendo o seu segundo amistoso após a Copa do Mundo, a Seleção Brasileira goleou El Salvador pelo placar de 5 x 0. Um jogo em que parecia mais uma brincadeira de praia do que um amistoso entre duas seleções. No entanto, o Brasil aplicou fácil 3 x 0 no primeiro tempo,  e 2 x 0 no segundo tempo.

A fragilidade técnica do adversário, não permitiu uma avaliação mais apurada por parte da comissão técnica do Brasil, no entanto a goleada transformou a seleção em muito otimismo, se bem que é preciso observar a fraqueza dos adversários, e não ter exagero de empolgação em razão da fragilidade técnica de El Salvador.

Porém, pelo menos uma coisa foi positiva, as chances dadas a novos atletas que inclusive não tinham sido incluídos nas convocações para a Copa da Rússia, lembrando que possivelmente na próxima convocação deveremos ter algumas novidades, inclusive daqueles atletas que estiveram com o grupo na Copa.

Mais dois amistosos estão programados para o mês de outubro, Arábia Saudita e Argentina. Tratando-se desses dois adversários, teremos que reconhecer que pelo menos mais um pouco de técnica, a Seleção enfrentará nos próximos amistosos, principalmente valendo-se a rivalidade da Seleção da Argentina.

Enquanto isso, teremos esta noite a realização de dois jogos, valendo pelas semifinais da Copa do Brasil. No Maracanã o Flamengo diante dos problemas técnicos que está passando, enfrenta ao time do Corinthians, um jogo de muito equilíbrio , enquanto que no Alianz Park jogarão Palmeiras e Cruzeiro, todos apontando vantagem para o time do Palmeiras.

Blog de Airton Sousa – Brasil vence primeiro amistoso – Sport empata e tem situação mais complicada ainda

                               neymargbyjug

Sexta-feira (07), a Seleção Brasileira realizou o seu primeiro amistoso, após o fracasso na Copa da Rússia. O adversário sem tanta expressão e a Seleção conseguiu vencer sem muitos obstáculos, pelo placar de 2 x 0. Os gols foram construídos todos na segunda fase, deixando a torcida apreensiva.

Algumas experiências foram feitas pelo treinador Tite, a exemplo de Fabinho, Dedé, Artur, Paquetá, Everton e Richarlísson, colocando assim nas mãos do treinador a expectativa das mudanças posteriores, já que a intenção quando da colocação dos novos atletas é para acompanhar as mudanças e o possível crescimento.

Entendendo-se que vitória é vitória, e deixa a esperança que as renovações possam trazer ao treinador a condição de melhorar o rendimento, visto que a decepção da perda da copa está inerente na mente do torcedor, e será necessário  que a seleção tenha um crescimento tal, que os resultados sejam convincentes.

Na próxima terça-feira (11), a seleção realizará o segundo amistoso dessa sequencia, desta feita contra a fraca seleção de El Salvador. Não podemos considerar como um teste, mais sim um jogo em que a seleção tem a obrigação de vencer bem, e deixar a expectativa  para os novos amistosos, até chegar a Copa América do próximo ano.

Falando agora do Campeonato Brasileiro, o Sport entrou em campo no sábado (08) na Ilha do Retiro, desta feita contra a boa equipe do Cruzeiro. O resultado do jogo, levando-se em consideração as necessidades do time, foi um empate desastroso porque o Sport terá que contabilizar oito vitórias, e com o empate foram mais dois pontos perdidos.

Quanto ao time, nada mudou. As mesmas fragilidades anteriores, um poder ofensivo que não assusta, uma equipe com defeitos que são repetidos a cada partida. Especificamente no jogo contra o Cruzeiro, podemos dizer que a arbitragem e a incompetência de Raniel contribuíram para que a derrota mais uma vez não acontecesse.

Aos 28 minutos do primeiro tempo, a arbitragem pisa na bola, quando anulou um gol legítimo de Barcos,  uma bola que sobrou após um cruzamento de Mancuello. O árbitro anulou o gol errando totalmente, porque o jogador Marcão dava condição de jogo ao atacante Cruzeirense. Muitas reclamações por parte do Cruzeiro, porém nada adiantou.

O primeiro tempo, diante do erro do árbitro terminou zero a zero. Na segunda fase, duas mudanças aconteceram de inicio, Raul Prata e  Jair, onde o Sport apresentou um pouco de crescimento, no entanto nada de conseguir o seu intento, pois o empate seria um desastre para o rubro-negro.

Aos 31 minutos, um lançamento de Raniel para David que foi derrubado na área, o árbitro marcou pênalti,  e Raniel cobrou mal dando a   Magrão a chance de  evitar o gol, sendo este pênalti o trigésimo terceiro  que Magrão defendeu, evitando assim mais uma derrota do Sport. Porém pela situação, o empate não foi um bom resultado.

Com o empate o Sport tem a sua situação ainda mais complicada na tabela. Faltam 14 rodadas para o término da competição, onde o Sport tem a obrigação de vencer oito partidas, se quiser escapar do rebaixamento para a segunda divisão. É grave a situação do rubro-negro, que vê cada vez mais próximo o rebaixamento.

 

Blog de Airton Sousa – Seleção Brasileira começa novo planejamento

24667363

A CBF resolveu acertar o início dos primeiros trabalhos da seleção, rumo a Copa América de 2019, e visando também dá o primeiro ponta pé para a copa de 2022 no Qatar. Para tanto, tem pela frente dois amistosos na sequencia, sexta-feira (07) contra os Estados unidos e no dia 11 desta feita contra El Salvador.

Sendo assim, o técnico Tite também fez algumas mudanças na convocação, incluindo entre outros Richarlison e Everton que substituirá o atacante do Fluminense Pedro, contundido logo após a convocação, além disso a maioria dos convocados também fizeram parte do grupo fracassado da copa da Rússia.

Entre os convocados pelo treinador estão: Alisson, Tiago Silva, Marquinhos, Filipe Luiz, Casemiro, Fred, Philippe Coutinho, Douglas Costa, Neymar e Firmino,  além de Fabinho que já foi convocado outras vezes, porém não chegou a ir para a copa da Rússia, observando-se 90% dos jogadores da seleção que esteve na copa.

Interessante é saber qual  a real intenção dessa convocação, se apenas faturar os valiosos dólares para encher os cofres da Confederação Brasileira, ou dá um sentido sério de trabalho para o treinador, que a exemplo do grupo de jogadores também saiu bastante machucado e criticado da copa do mundo.

Acompanhar para ver o comportamento da seleção nos dois amistosos, se bem que uma situação um tanto quanto complicada a realização dos dois jogos pela fragilidade dos adversários. Se a seleção vencer nenhum mérito, se porventura chegar a empatar ou perder, com certeza as criticas terão continuidade. Não resta duvida, que é um risco esse tipo de promoção.

Blog de Airton Sousa – Sport envergonha mais uma vez o futebol de Pernambuco

bahia-x-sport-23-rodada-campeonato-brasileiro-2018-600x400

Foi uma noite triste, vergonhosa e de decepção que o Sport fez perante a sua torcida. Uma derrota de 2 x 0 para o Bahia, onde o time teve um primeiro tempo apenas razoável e caiu totalmente no segundo tempo. Com a derrota o Leão se manteve  ainda mais na zona de rebaixamento.

Quanto ao jogo tivemos o Bahia dominando até 15 minutos, inclusive com uma grande chance de gol, através do jogador Zé Rafael o melhor atleta em campo. Daí com essa chance, o time baiano ter dominado até 15 minutos. A partir desse tempo de jogo, o Sport adiantou a marcação e continuou bem até o fim do primeiro tempo.

O Sport teve chances com Andrigo aos 24 minutos,  Rogério aos 26, Claudio Wink aos 30 minutos,deixando transparecer que abria o placar primeiro do que o adversário. Só aos 46 minutos o garoto Ramirez chutou uma bola perigosa na trave, no entanto a chance antes de terminar o primeiro tempo foi uma bola perigosa de Gabriel, terminando em 0 x 0.

No segundo tempo de jogo, foi  outra vez o Bahia que procurou abrir o placar com Gilberto aos 5 minutos, enquanto que aos 7 minutos o mesmo Gilberto abriu o placar fazendo 1 x 0. Outras chances foram criadas pelo Bahia: Marco Antonio aos 10 e Gilberto aos 13 minutos. A partir daí muitas modificações nos dois times.

Aos 14 e 16 minutos, entram Rafael Marques e Felipe Bastos respectivamente, enquanto que Cleiton entrou aos 20 minutos. O time baiano bem aplicado em campo, aproveitou o cansaço do Sport  e  voltou a domina. Aos 25 minutos um chute perigoso de Zé Rafael, a partir daí outras modificações.

Mateus Gonçalves entrou aos 27 minutos, também neste tempo o jogador Flávio, e aos 34 minutos Everson.  Aos 37 minutos falta perigosa cobrada por Elton e aos 40 minutos o segundo gol  com o zagueiro Tiago, aproveitando uma falha na saída de Magrão. No final, 49 minutos e Zé Rafael perdeu outra grande oportunidade de gol.

Com a derrota, o Sport se manteve dentro da zona de rebaixamento com 23 pontos, enquanto que o Bahia subiu para 28 pontos, entrando na zona da sul-americana. O próximo jogo do Sport será contra o Cruzeiro na Ilha do Retiro. Enquanto que o Bahia enfrenta ao São Paulo no Morumbí.

Blog de Airton Sousa – Novo projeto para a série C em 2019

serie c

Depois do prejuízo técnico e financeiro gerado pela série C,  os clubes que compõem esta categoria começam a se organizar no sentido de estudarem várias mudanças para o ano de 2019. Teremos possivelmente mudanças técnicas, financeiras e administrativas, no sentido de dá mais suporte aos clubes.

Em pleno mês de setembro a competição só tem em atividade quatro equipes, que estão decidindo entre sí o título deste ano. Esse fato está causando muita preocupação, e por isso a tentativa de dá outra conotação para o próximo ano, porque se terminar como está  este ano, outra vez os clubes terão 120 dias de paralisação.

Entre as possíveis mudanças cogitam-se: Ampliação do calendário, prolongando até o fim de novembro, mudança nas datas e um espaço maior de partida para partida, financiamento através  de um canal de TV, em razão da emissora que estava cobrindo e financiando a competição, ter deixado de acompanhar esta categoria.

Além das mudanças acima expostas, inclui-se também o valor da premiação final, outras vantagens financeiras, um apoio mais direto e forte financeiramente da CBF, a não paralisação da competição durante a Copa América, em vez de 19 em cada grupo,  seriam realizados 38 jogos, daí esta ampliação no calendário trazer mais rendimento para os clubes participantes.

Esse movimento foi encabeçado pelo Náutico e Santa Cruz, contando com o aval de emissoras de rádio e televisão, dirigentes de clubes, federações e outros interessados no assunto, porque todos concordam que da maneira que está a competição, será inviável a realização nos atuais moldes para 2019.

Blog de Airton Sousa – Sport vence ao fraco Paraná

                                     download

Jogando na tarde deste domingo (02), o Sport venceu ao time do Paraná pelo placar de 1 x 0. Um jogo em que o Sport entrou com algumas alterações, entre elas Nonoca na frente da área, Andrigo no ataque, além da volta de Sander e a manutenção de Durval no miolo de zaga, na tentativa do técnico Eduardo Batista de dá uma nova evolução ao time.

O  Paraná treinado por Claudinei Oliveira, apresentou muitas deficiências, no entanto criou algumas chances ofensivas já no primeiro tempo, além de ter tido um gol legítimo anulado, aos 23 minutos do primeiro tempo, onde foi assinalado impedimento do jogador Grampola, prejudicando ao time Paranaense, que perdeu também o jogador Silvinho, por contusão.

Além desse lance ofensivo, o Paraná criou chances aos 6 , 25 , e 32 minutos, enquanto que o Sport teve duas boas oportunidades, aos 27 minutos com Andrigo, e Rogério aos 42 minutos. No entanto foi de Gabriel o gol do Sport, aos 15 minutos ainda do primeiro tempo de jogo. Deixando o time leonino na frente do placar.

No início do segundo tempo, tivemos as entradas de Wesley no Paraná e Neto Moura no Sport. Aos 6 minutos  o jogador Grampola marcou para o Paraná, no entanto o árbitro assinalou impedimento. O jogo continuou fraco tecnicamente, com muitos passes errados e muitas faltas por parte dos dois times.

Tivemos mais algumas modificações a exemplo de Marrone e Ronaldo Alves pelo Sport e Rodolfo pelo time do Paraná. Aos 42 minutos o jogador Carlos perdeu uma grande chance de empatar, enquanto que Marlone perdeu aos 46 minutos a oportunidade de ampliar o placar do jogo.

Final de jogo, Sport 1 x 0 para o Paraná, o time rubro-negro somou 3 pontos importantes, porque tem uma sequencia difícil: Bahia, Cruzeiro, Corinthians, Palmeiras, Internacional. Mesmo com a vitória o time Pernambucano continua na zona de rebaixamento. Uma arbitragem fraca do mineiro Emerson de Almeida, prejudicando o time do Paraná.

Blog de Airton Sousa – O Sport domingo é tudo ou nada

                                                             27887a71996fee0dfff2cd31845407f3

Faltando dezessete jogos para o término do Campeonato Brasileiro da série A, o Sport passa a jogar por três pontos cada partida, já começando neste domingo (02), contra o time do Paraná, comandado por Claudinei Oliveira que bem recentemente passou pelo time rubro negro.

O time leonino terá que vencer nove, dos dezessete jogos que faltam para totalizar quarenta e sete pontos, adicionando-se aos pontos já somados. É uma maratona de feras para atingir esse objetivo, principalmente para um time que vem em decadência, por ocasião dos jogos após a Copa do Mundo.

O técnico Eduardo Batista outra vez fará modificações na escalação, além do fato de ter recebido alguns reforços para a lateral esquerda, frente de área e até o ataque. No entanto, não sabemos se esses jogadores atuando na série A, terão o mesmo rendimento técnico que tiveram nas séries B e C do Brasileiro.

É uma etapa muito difícil a ser cumprida pelo elenco do Sport, que esta semana esteve reunido com a Diretoria prometendo garra, serviço e bons resultados, entendendo-se que esses aspectos não estavam sendo levados para dentro de campo pelo jogadores e que agora as coisas irão mudar e os resultados positivos voltarão a acontecer.

Quanto ao time do Paraná, mesmo obtendo alguns resultados melhores ultimamente, não conseguiu sair da zona de rebaixamento, estando neste momento com quinze pontos, e o grupo firmou um compromisso com o novo treinador, de tirar o time da zona de rebaixamento, o que é um sinal de alerta para o Sport.

Agora é esperar que as reuniões e o trabalho executados durante esta semana, possam apresentar resultados durante o jogo e que a vitória depois de muito tempo volte a acontecer. A Diretoria Leonina tentando atrair a torcida, manteve o mesmo preço de ingresso do jogo anterior, contra  o América Mineiro.

Blog de Airton Sousa – Calendário de Elite no Futebol Nacional

84568-futebol_brasileiro_jpg

Nem mesmo  terminou o oitavo mês do ano, e já temos dezenas de times  profissionais totalmente parados, por conta de um calendário mal elaborado, onde a maioria das competições são programadas simplesmente para o primeiro semestre ou pequena parte do segundo.

Aí está o retrato do que estamos afirmando, série D já acabou há muito tempo, a série C tem apenas poucos jogos entre quatro equipes para vê quem será a campeão, a série B está chegando a reta final e aí dezenas de profissionais, jogadores, técnicos, preparadores físicos e de goleiros, massagistas, roupeiros, além de outros funcionários de apoio desempregados.

O certo seria uma distribuição mais homogênea desse calendário, principalmente para as séries B, C e D, já que a série A além do suporte financeiro da televisão e de grandes patrocinadores, conta com um calendário que se encerra no início do mês de dezembro, com os considerados “primos ricos do futebol “.

Uma situação bem próxima, é a que vivem os clubes de Pernambuco, exceção do Sport que é série A. Central, América, Belo Jardim, Flamengo de Arcoverde que estiveram participando na primeira fase da série D, antes da Copa do Mundo sairão da competição. Dos clubes da série C, dezesseis pararam bem recentemente, inclusive o Salgueiro que está rebaixado.

Santa Cruz e Náutico, a partir de segunda-feira (27) fecharam as portas porque só em dezembro é que começam a remontar os seus elencos para o próximo ano. Em contra partida, uma avalanche de obrigações terão que ser resolvidas, desde as dispensas, pagamento das folhas, décimo terceiro e rescisão de contratos.

De que maneira  arrumar numerário suficiente para as obrigações, manutenção dos estádios, pagamento dos funcionários burocráticos e outros compromissos? É realmente uma situação que se repete todo ano. Entra e sai dirigente, e ninguém tem a competência suficiente para resolver ou mudar esse quadro.

Enquanto isso, representantes das Federações e da CBF se locupletam com gestões repetidas e viciadas, além das mordomias e outros pontos extremamente duvidosos, sem que apareça alguma entidade suficientemente corajosa para mudar esse quadro. E aí, o futebol afunda cada vez mais em uma crise sem precedentes. Ano que vem, começa tudo de novo.

Blog de Airton Sousa – Acabou o ano para Náutico e Santa Cruz – Sport entra na zona de rebaixamento

 Futebol_de_Pernambuco_Unido

Um fim de semana  onde tricolores, alvi rubros e rubros negros só choraram e não cansam de se lamentar. Náutico e Santa Cruz, com os resultados deram adeus a chance de voltarem a série B, enquanto que o Sport que vinha beirando há muito tempo a zona de rebaixamento, terminou mergulhando após perder para o Botafogo.

A lamentação começou no sábado à noite, onde o time rubro negro foi ao Rio de Janeiro e conseguiu outra vez levantar mais um adversário. O time fez um primeiro tempo razoável, porém as finalizações não tiveram o destino do gol adversário, terminando com o placar de 0 x 0.

Na segundo etapa de partida, repetiu-se os erros dos jogos anteriores e de novo o time amargou mais uma derrota, desta feita 2 x 0 para o Botafogo, e assim sendo entrou na zona de rebaixamento, mesmo porque alguns adversários que estavam próximos, conseguiram vencer e mergulhar o rubro negro pernambucano..

É a terceira derrota nesta segunda etapa do campeonato, aliando-se as outras do primeiro turno. A competição começa a afunilar, faltando dezessete rodadas das quais o time terá que vencer nove jogos, somar vinte sete pontos e chegar aos quarenta e sete, o que é uma missão até certo ponto complicada.

Domingo (02) na Ilha do Retiro, o Sport enfrentará ao Paraná lanterna da série A, cujo técnico é Claudinei Oliveira ex Sport, e que conhece todos os detalhes do time rubro negro, tornando a situação mais difícil ainda, podemos dizer que a cada jogo a situação do time  se complica mais.

Na tarde do domingo (26), outra vez mais dois desastres. O Santa Cruz que havia vencido no Arruda ao Operário do Paraná por 1 x 0, e que tomou no segundo tempo um sufoco, porém saiu do Arruda para jogar por um empate, ou até levar a partida para os pênaltis, caso perdesse por 1 x 0.

Eram relativamente difíceis as chances, pela limitação técnica do tricolor. No entanto havia um fio de esperança. No primeiro tempo até que o time se aguentou, mesmo com toda pressão do adversário. Porém no segundo tempo, os gols foram surgindo e o jogo terminou com o decepcionante placar de 3 x 0, classificando o time do Paraná.

Agora é vê como suportar 120 dias sem futebol, com as dívidas chegando e a obrigação de remontar um grupo para 2019. Além do mais, é preciso fôlego para enfrentar outra vez a série C, dentro de um calendário difícil, sem a mídia da televisão e sem as quotas que os times da série B têm direito.

No Náutico nada muda, é a mesma história, a mesma lamentação, o mesmo choro do Santa Cruz. Porque jogando em casa, depois de perder em Bragança Paulista por 3 x 1, o time entrou ansioso, tenso, apavorado e com pouca qualidade nas finalizações, contra um adversário qualificado e que vinha de uma vantagem  infinitamente maior que o time timbu, pelo fato da vitória do primeiro jogo.

Para completar, o Náutico tomou um gol ainda no primeiro tempo, o treinador na tentativa de tornar a equipe mais ofensiva, tirou um volante marcador e colocou um meia atacante, fortalecendo o ataque, porém fragilizando a marcação e o setor defensivo, até que  o time esboçou uma certa reação.

No segundo tempo perdendo por 1 x 0, o treinador apela para a colocação de Rafael Assis, depois Jobson, e continuou pressionando no desespero , Wallace Pernambucano desperdiça uma penalidade e posteriormente acontece o empate, sem contudo mudar a trajetória do jogo, nem do adversário.

Quanto ao Bragantino, garantiu a passagem para a série B em Bragança Paulista, quando com qualidade venceu por 3 x 1, entrando na Arena com a tranquilidade de um time que sabia perfeitamente o que fazer. O Náutico agora, terá que pensar na volta para os Aflitos, juntar os cacos e recomeçar nesses 120 dias o planejamento para 2019.

Estão classificadas três das quatro equipes do grupo B: Bragantino, Operário, Botafogo de Ribeirão Preto. Para esta noite a última partida para se conhecer o outro classificado. Atlético do Acre que perdeu no primeiro jogo para o Cuiabá por 2 x 0 atua em casa, tentando reverter a vantagem, o que não será nada fácil.

Blog de Airton Sousa – Sport perde e entra na zona de rebaixamento

                                           botafofo

O que era esperado há muito tempo, terminou acontecendo na noite desse sábado (25). O Sport finalmente entrou na zona de rebaixamento, após perder para o Botafogo pelo placar de 2 x 0 no Rio de Janeiro. Era um fato adiado a cada rodada, as vezes porque os adversários ajudavam, outras porque o próprio resultado contribuía.

Além da limitação técnica, o time jogou também desfalcado dos laterais titulares, Raul Prata e Sander. Sem ter jogadores de origem para as posições, o treinador Eduardo Batista se viu na obrigação de improvisar, o que tornou a situação ainda mais difícil, facilitando assim o trabalho para o adversário;

No primeiro tempo, foi visível a vantagem do time Botafoguense, onde os jogadores Luiz Fernando e Jair exploraram os lados  rubro-negro, pressionando e levando geralmente perigo para a meta do goleiro Magrão, que outra vez foi o salvador da pátria, evitando que já na primeira fase o seu arco caísse, terminando o primeiro tempo em 0 x 0.

Na segunda fase, as coisas mudaram. A pressão do time da estrela solitária aumentou, o Sport esbarrou na sua limitação em todos os setores, e logo saiu o primeiro gol, apavorando o time Pernambuco. Perdendo por 1 x 0, o Sport apresentou ainda mais fragilidade, mesmo com as modificações feitas pelo técnico Eduardo Batista.

Dentro desse clima de inferioridade, o Sport tomou o segundo gol. Perdendo pelo placar de 2 x 0, sem nenhuma reação na partida, o rubro-negro entrou na zona de rebaixamento, porque além da derrota, logo cedo o Atlético do Paraná, conseguiu vencer ao Grêmio pelo placar de 2 x 1, deixando a zona de rebaixamento e colocando o Sport.

O time continua com 20 pontos, é o décimo sétimo colocado. A depender dos resultados do Vitória e do Ceará que ainda jogarão, o rubro-negro poderá  cair mais ainda de posição. Foi a décima primeira derrota no campeonato. É bom lembrar que para se garantir na primeira divisão, o time tem que somar no mínimo quarenta e sete pontos.

Obrigatoriamente o Leão terá que vencer nove das partidas restantes, para chegar aos quarenta e sete pontos, o que começam a diminuir as chances pela desenvoltura do time. O próximo adversário é o Paraná, lanterna absoluto da competição. O jogo será na Ilha do Retiro, e logo vem a pergunta: Dá para ganhar?

Blog de Airton Sousa – Decisão rumo a série B – Sport em busca da recuperação

                                     19012

Um fim de semana cheio de expectativa, para os oito clubes que buscam o acesso para a série B do Brasileiro em 2019. Todas as equipes que jogarão em casa na primeira partida conseguiram a vitória, daí uma certa vantagem nos jogos de volta, no entanto existem alguns jogos bastante equilibrados.

O Operário que joga contra o Santa Cruz em Ponta Grossa no Paraná, perdeu  no Arruda pelo placar de 1 x 0, o Santa Cruz está beneficiado pelo empate, ou vitória com qualquer placar classifica o time pernambucano. Se o Operário vencer com diferença de um gol, a partida será decidida nos pênaltis, qualquer outro placar a favor do Operário, classifica o time do Paraná.

Outro jogo reúne   Náutico e Bragantino, na primeira partida  em Bragança  o time paulista , venceu pelo placar de 3 x 1, está com a vantagem da derrota simples, o empate e se porventura perder com diferença de dois gols, leva o jogo para os pênaltis. Diferença de três gols a favor do Náutico, classifica o time timbu.

Mais um jogo envolve  Botafogo da Paraíba e Botafogo de Ribeirão Preto. Na primeira partida o time paraibano, venceu por 1 x 0, joga por um empate e se perder por 1 x 0, leva o jogo para os pênaltis. Caso tenha dois gols ou mais no jogo, o time vencedor estará classificado para o Brasileiro de 2019.

Finalmente, Atlético do Acre joga em casa contra o Cuiabá. No primeiro jogo uma boa vantagem a favor do Cuiabá, que venceu em casa por 2 x 0, podendo perder por 1 x 0 ou empatar com qualquer placar. Para se classificar, o Atlético do Acre terá que fazer dois gols,  levar para os pênaltis, ou fazer  três gols.

Observa-se com esse demonstrativo, que duas equipes estão na vantagem nos jogos do fim de semana. O Bragantino que venceu por 3 x 1, e o Cuiabá que também venceu desta feita por 2 x 0. Com certeza teremos todos os jogos cheios de muita expectativa, pela importância dos clubes para deixarem a série C.

Enquanto toda emoção é esperada, também com muita expectativa a torcida do Sport espera o jogo desse sábado, contra o Botafogo no Rio de Janeiro. Como é sabido, há dez jogos que o time leonino não consegue vencer, inclusive jogos em casa, estando na décima sexta posição, com 20 pontos.

Um resultado positivo é urgente, inclusive até um empate porque próximo ao Sport temos várias equipes com perspectivas de deixarem a zona de rebaixamento, a exemplo do Vitória, Atlético do Paraná e até o Ceará. Quanto Botafogo está na décima segunda posição, com vinte dois pontos.

O clima na Ilha do Retiro é o pior possível , onde inclusive esta semana foi concedido o direito dos conselheiros pedirem o impeachment   do presidente , o que tornou a situação mais complicada ainda. Enquanto isso, com várias modificações pelas ausências dos laterais titulares, o treinador Eduardo Batista pretende optar por outros jogadores.

 

Blog de Airton Sousa – Sport sofre mais uma derrota

sa-01-rafael-melo-fotoarena-ae

Quando todos esperavam que a recuperação começasse a acontecer, eis que o Sport outra vez decepciona e perde mais uma. Desta feita para o América Mineiro, adversário que este ano o Sport se tornou freguês, porque no inicio do campeonato perdeu para o mesmo América por 3 x 0 em Minas Gerais, agora na Ilha voltou a perder  por 2 x 0.

O torcedor compareceu em grande número, levando-se em consideração a promoção no preço do ingresso feito pela diretoria do clube, e todos esperavam que desta feita a recuperação tivesse inicio. Nada feito, o Sport voltou a perder, e só não entrou na zona de rebaixamento, porque os resultados dos adversários ajudaram.

O técnico Eduardo Batista, mesmo insistindo com alguns jogadores a exemplo dos dois homens responsáveis pelo miolo de zaga entre outros, fez algumas modificações táticas, no entanto o projeto não deu certo, o time teve apenas uma chance de perigo no primeiro tempo com Brocador, e o restante chances que não mereceram registro.

Quanto ao adversário no primeiro tempo, administrou o empate que lhe interessava, pelo fato de jogar fora de casa. Outra vez, aos dois minutos do tempo complementar o Sport sofre o gol, repetindo o mesmo erro do inicio do jogo contra o Santos. A partir daí, o time se desarrumou mais ainda e tomou o segundo gol perto dos 23 minutos.

A derrota de 2 x 0 trouxe cada vez mais pessimismo para os rubro-negros, e agora é esperar o que vai acontecer contra o Botafogo sábado a tarde, entendendo-se que as esperanças começam a desaparecer, em razão da falta de progresso do grupo dentro de campo, e nada de se questionar o técnico em razão do pouco tempo de trabalho e da limitação do time.

Infelizmente, vislumbra-se uma perspectiva  em 2019 de não termos nenhum time na série A, porque da maneira que as coisas avançam, é visível a queda do clube rubro-negro. Observando-se que no momento o time tem 20 pontos, faltando dezoito rodadas para o término da competição e obrigatoriamente  tem que somar nove vitórias, caso contrário a queda é inevitável.

sa-01-rafael-melo-fotoarena-ae

Blog de Airton Sousa – Sport agora é tudo ou nada!

sport_recife_torcida

Com o fechamento da décima nona rodada na segunda-feira (20), o Sport aproximou-se mais ainda da zona de rebaixamento, ficando na décima sexta posição. O jogo desta quarta-feira (22), é um jogo do tudo ou nada, principalmente no aspecto confiança do elenco junto a torcida e na própria competição.

Foi um desastre a campanha rubro negra  após a Copa do Mundo, somando derrotas e empates e deixando a impressão que se não tivesse sido a gordura antes da Copa, as coisas estariam mais complicadas ainda. A expectativa é que no jogo contra o América Mineiro, o time possa acordar e se erguer na competição.

O técnico Eduardo Batista que fez modificações no jogo contra o Santos, observando que o time mesmo assim não acertou, fará outra vez novas experiências no jogo desta quarta-feira (22), visando organizar a frente de área e a zaga, setores bastante falhos na maioria dos jogos.

A diretoria rubro-negra, visando contar com o prestígio do torcedor, fez promoções no preço do ingresso, colocando inclusive alguns setores do estádio, o preço de R$ 5,00 tentando desta maneira uma presença maior de torcedores, com a finalidade de incentivar o time na tentativa de uma vitória, para começar a segunda fase com outro astral.

É bom lembrar dois aspectos: este mesmo América foi o responsável por uma goleada de 3 x 0 na estreia do Campeonato nas Minas Gerais, depois é contra América e equipes equivalentes que o Sport concorre para se manter na primeira divisão do Campeonato. Sendo assim, todos sabem das dificuldades, no entanto, existe a esperança de uma vitória.

Blog de Airton Sousa – O Arruda lotado e a vitória do Santa Cruz

                                           vitor

Com um público simplesmente sensacional, quase 50 mil torcedores  incentivando o time, o Santa Cruz terminou vencendo ao Operário, pelo placar de 1 x 0. Aliás uma pintura de gol, do veterano Victor no finalzinho do primeiro tempo, deixando a torcida com a esperança na classificação no jogo de volta.

Os times que jogaram em casa neste fim de semana, todos venceram. O Botafogo da Paraíba venceu ao Botafogo de São Paulo pelo placar de 1 x 0, o Bragantino teve um placar elástico diante do Náutico de 3 x 1, e o Santa Cruz seguiu o mesmo caminho. Resta saber qual será o comportamento nesta segunda-feira (20), do Cuiabá diante do Atlético do Acre.

No jogo de volta, o tricolor é beneficiado por um empate. Uma vitória com o mesmo placar para o Operário, leva a partida para os pênaltis, enquanto qualquer vitória com mais de um gol, classifica o vencedor. Sendo assim nada foi definido certamente com o placar mínimo, deixando as equipes com a responsabilidade da classificação.

Quanto ao jogo desse domingo (19) no Arruda, foi uma partida truncada, cheia de faltas principalmente pelo time paranaense, deixando todos preocupados com a partida de volta. Cabe a diretoria tricolor, junto com a presidência da Federação Pernambucana, pressionarem a CBF quando na indicação do árbitro para o jogo decisivo.

O Operário, além de truncar demais a partida, cometeu dezenas de faltas, tentando dificultar a ação do Santa Cruz, o que conseguiu e terminou saindo de Pernambuco com uma derrota pelo placar mínimo, o que dá condição do time paranaense  reverter a situação, hoje beneficiando o infrator.

Quanto ao Santa Cruz, cabe a tranquilidade necessária para um bom comportamento técnico e disciplinar, sabendo de antemão das dificuldades a serem enfrentadas. O técnico Roberto Fernandes, experiente em decisões de mata-mata, o que  já é bastante acostumado, bastando lembrar a sua passagem bem recente pelo Náutico.

Blog de Airton Sousa – Eduardo Batista estreia perdendo – Náutico tem situação complicada

                                                              2344444

Um sábado de derrotas para o futebol pernambucano. O Sport foi  goleado pelo time do Santos, na estreia do técnico Eduardo Batista, enquanto o Náutico tem a situação complicada para o jogo de volta na Arena de Pernambuco, neste domingo (26). A torcida alvi rubra que já antecipou a compra de quase 20 mil ingressos, fica agora com o pé atrás.

Falando da derrota do Sport, o time apresentou no decorrer do primeiro tempo muitas falhas, principalmente de marcação com os laterais e sem os homens de meio de campo aproximarem-se  dos atacantes, permitindo que o time do Santos predominasse todo o primeiro tempo.

Para completar a fragilidade do time, aconteceu o gol do Santos com menos de dois minutos de jogo, transtornando o elenco leonino e facilitando o trabalho dos alas do Santos e o meio campo dominando totalmente a partida, sem se falar na atuação fácil dos atacantes, diante da limitação da defesa pernambucana.

No segundo tempo, o técnico Eduardo Batista corrigiu taticamente o time, avançou a marcação, explorou a velocidade de Rogério e foi Rogério que antes da expulsão, aos 3 e 10 minutos perdeu grandes chances de gol. Porém, aos 13 minutos Rogério cometeu uma falta, já tinha amarelo, e terminou sendo expulso.

Com dez homens em campo, o Sport voltou a se fragilizar,  a partir daí o Santos foi absoluto, principalmente com as entradas de Rodrigo, Bruno Henrique e Diego, chegando ao segundo gol aos 37 minutos e ao terceiro gol aos 40 minutos, 3 x 0 foi o placar final. Com a vitória o Santos subiu para a décima segunda posição, saindo da zona de rebaixamento.

O Sport foi para a décima quinta posição, torcendo que o Vitória e o Vaco da gama, não ganhem os seus jogos, caso contrário o time poderá entrar na zona de rebaixamento. Podemos dizer que o Sport fechou esta primeira fase muito mal, na próxima quarta-feira (22), começa a segunda fase com o Sport jogando na Ilha do Retiro contra o América Mineiro.

Quanto ao Náutico, não se deu bem e foi surpreendido pelo time do Bragantino, chegando a perder pelo placar de 3 x 0, no entanto conseguiu no segundo tempo fazem um gol, diminuindo para o Bragantino as chances de classificação, no jogo de volta na Arena de Pernambuco.

Porém, temos que admitir a vantagem do time de Bragança Paulista, que demonstrou muita qualidade na criatividade e na pegada, ficando assim difícil a situação do time alvi rubro, que terá que fazer três gol sem tomar nenhum, para a classificação direta, se vencer por 2 x 0, irá levar a decisão para as penalidades.

É grande a vantagem do Bragantino, porque pode empatar ou perder até pelo placar de 1 x 0, que sairá classificado. Agora é esperar para vê se o time conseguirá a reversão, ao lado da participação do torcedor, que será extremamente importante para dá a tranquilidade que o time necessita, no entanto é difícil a situação do time de Conselheiro Rosa e Silva.

 

Blog de Airton Sousa – Sport estreia novo treinador, Náutico e Santa Cruz começam quartas de final

                                                                     brasileirao_serie_c

Estreando o técnico Eduardo Batista, em meio a uma crise sem precedentes, o Sport enfrenta neste sábado (18), o time do Santos na baixada santista. Além da expectativa da estreia do treinador, também a observação para  saber como o time irá se comportar diante de um Santos desesperado na zona de rebaixamento.

É impossível esperar um milagre, em menos de 72 horas da chegada do técnico, no entanto sempre que acontece a estreia de um treinador, acontece motivação para o grupo de jogadores, mesmo diante da situação técnica e  financeira que o Sport vive. É um confronto de dois desesperados.

O Santos nesse instante tem 18 pontos, e está na décima sétima posição, dentro da zona de rebaixamento, daí a torcida santista está confiante de um resultado positivo, principalmente após uma vitória no tempo normal, pela Copa do Brasil contra o Cruzeiro em Belo Horizonte, mesmo tendo perdido a classificação na cobrança de pênalti.

Quanto ao Sport, é tudo ou nada porque caso não volte pelo menos com um ponto somado, o rubro negro poderá entrar na zona de rebaixamento e aí sim, complicará mais ainda porque o treinador emocionalmente junto com o grupo, encerraria a participação nesta primeira fase na parte de baixo da tabela. O jogo será às 16 horas deste sábado (18).

Quanto ao início dos jogos das quartas de final, o Náutico joga em Bragança Paulista contra o Bragantino. Um bom publico que irá torcer pelo time paulista, diante da importância de um resultado positivo no jogo em casa, para ter no jogo de volta na Arena, a vantagem no placar.Quanto ao time timbu um clima de otimismo, principalmente para o jogo de volta.

Por outro lado, o Santa Cruz diante da sua torcida, enfrenta ao time do Operário de Ponta Grossa. Visando estimular a sua torcida, a diretoria facilitou para que o torcedor comprasse o seu ingresso antecipado, com a previsão de 35 mil pessoas empurrando o time para uma vitória.

A diretoria tricolor efetuou na ultima quinta-feira (16), o pagamento do mês de junho em forma de incentivo para que o grupo se empenhe mais ainda. Com o prenuncio de uma grande arrecadação, a diretoria já planeja um outro acerto financeiro para a próxima semana. É fundamental que o time consiga um resultado positivo, para uma folga no jogo de volta

Blog de Airton Sousa – Eduardo Batista divide a direção do Sport, porém está de volta

Eduardo-Baptista-550x310

Depois de tentar vários nomes, o Sport chegou afinal a fechar a contratação de Eduardo Batista. O técnico está de volta, mesmo dividindo a opinião dos dirigentes e da torcida. O fato é que o Sport não tinha outra alternativa, se não trazer o treinador de volta a Ilha do Retiro, em razão de que vários nomes foram cogitados e sempre a mesma reposta negativa.

Como é sabido, a saída de Eduardo Batista foi cheia de turbulência, a ponto de haver agressões verbais entre o profissional e alguns dirigentes a época. Porém era a saída mais viável, atribuindo-se também o lado financeiro que pesou para a contratação do treinador, que comparando-se com alguns nomes cogitados, tem um teto salarial muito inferior.

Eduardo Batista chega, e com ele o primeiro reforço para o ataque, o jogador Brocador que passou pelo Sport tempos atrás, foi para o Bahia e o futebol gaúcho, sem contudo ter uma boa passagem. Porém, pela carência de atacante e pela condição financeira o jogador deverá preencher as necessidades do elenco, sendo mais uma aposta.

Eduardo Batista já assume o time, por ocasião do jogo difícil contra o Santos na baixada santista. Dentro desse aspecto, pouca coisa no elenco deverá ser alterada da última partida realizada pelo time rubro negro. Entendendo-se as dificuldades que o grupo irá enfrentar pela própria situação do Santos.

Essa será a ultima partida dessa fase do Campeonato, no momento o time está da décima quarta posição, com vinte pontos. Estando o time bem próximo da zona de rebaixamento, com dois pontos de diferença do Santos, décimo oitavo colocado e que abre   a zona de rebaixamento.   O jogo será às 16 horas, deste sábado (19).

Blog de Airton Sousa – Datas e jogos das quartas de final da série C

DkW_JJ_W4AAuEGd

A CBF se pronunciou na noite dessa segunda-feira (13), anunciando as datas dos confrontos das equipes que irão compor os jogos das quartas de final do Campeonato Brasileiro da série C, inclusive com a participação de dois pernambucanos, dois paulistas, um paraibano, um  Paranaense, um  Mato Grossense e finalmente um Acreano.

Ficaram determinadas as seguintes datas e jogos, para se conhecer os quatro classificados para a série B de 2019, levando-se em consideração que só após os jogos de ida e volta, é que haverá a classificação final de quatro equipes. Confrontos difíceis, porque trata-se apenas de duas partidas para cada clube, onde um erro poderá ser fatal.

Dia 18\08 às 16 horas : Bragantino x Náutico, na cidade de Bragança Paulista. Enquanto isso no dia 19\08, jogarão Santa Cruz x Operário do Paraná às 17 horas, Botafogo da Paraíba e Botafogo de São Paulo às 19 horas. Apenas na segunda-feira (20\08) às 21 horas, a realização de um jogo envolvendo Cuiabá x Atlético do Acre.

Importante que o clube mandante no primeiro jogo, a exemplo de Santa Cruz, Bragantino, Botafogo da Paraíba e Cuiabá tentem fazer um bom resultado em casa, se possível com um placar que possa dá a tranquilidade para o jogo de volta, já que trata-se de um mata-mata, sendo assim bastante positivo um resultado na partida em casa.

Torcer que os dois pernambucanos, possam ter a tranquilidade suficiente para um resultado positivo em casa, no caso do Santa Cruz com a primeira partida no Arruda, enquanto que o Náutico estreia fora de casa, na cidade de Ribeirão Preto. A depender do primeiro jogo, já teremos uma visão da vantagem do time, na última partida.

Blog de Airton Sousa – Sport perde e Claudinei cai – Santa e Náutico se classificam

                                        claudinei

Com mais uma derrota, o Sport tem situação complicada e não deu mais para o técnico Claudinei Oliveira. Foi uma tarde humilhante para o rubro negro pernambucano, porque a torcida esperava uma reação do time, mesmo sendo contra o São Paulo líder da competição, e a decepção aumentou mais ainda.

Várias modificações foram feitas no time, porém nada surtiu efeito, porque o time foi o mesmo de sempre, medíocre, sem reação, lento e com falhas constantes. Por outro lado, pela qualidade que possui, o São Paulo foi absoluto do começo ao fim do jogo e construiu passo a passo a vitória.

O quarteto Everton, Diego Sousa, Nenê e Reinaldo dominavam em diversos setores do campo, envolvendo o time leonino e tornando o jogo cada vez mais fácil. O Primeiro gol do jogo, foi aos 31 minutos com Diego Sousa, terminando o primeiro tempo com o placar de 1 x 0, deixando uma perspectiva de reação do Sport para o segundo tempo.

No segundo tempo as coisas ficaram pior, mesmo com as substituições feitas pelo treinador Claudinei Oliveira. Aos 8 minutos o São Paulo ampliou com Nenê e tornou o jogo mais fácil. Porém, Marlone que havia entrado aos 29 minutos, fez o gol de honra do Sport aos 41 minutos, no entanto Trelez fez o terceiro gol aos 45, fechando o placar de 3 x 1.

Com a derrota o Sport caiu ainda mais de posição, aproximando-se da zona de rebaixamento. Enquanto isso, aconteceu o que todos imaginavam: O técnico Claudinei Oliveira, sem ambiente pediu demissão e agora o Sport vai buscar um treinador para vê se consegue dá a volta por cima e tentar a recuperação.

Pela série C, tivemos a classificação do Náutico primeiro colocado do grupo A, com 31 pontos e tendo pela frente no mata mata, a equipe do Bragantino. Primeiro jogo em Bragança Paulista, segundo jogo em Recife, onde se espera que o time possa manter essa linha de comportamento, mesmo sabendo-se que a partir de agora é uma outra competição.

Por sua vez o Santa Cruz, com a vitória contra o Salgueiro pelo placar de 1 x 0, chega ao mata mata e enfrenta a equipe do operário sendo o primeiro jogo em casa e o último jogo na casa do adversário. Por sua vez, o Salgueiro após a derrota para o Santa Cruz, foi rebaixado para a série D, lamentavelmente.

Blog de Airton Sousa: Última rodada da série C – Sport tem jogo difícil contra o São Paulo

                                      serie c

A chave de grupos da série C, tem o seu encerramento neste sábado às 19h30, com os seguintes jogos: Remo e Náutico, Santa Cruz e Salgueiro, ABC e Atlético do Acre, Confiança e Globo, Botafogo e Juazeirense. As equipes que estão no G4 são Náutico, Atlético do Acre, Santa Cruz e Botafogo, sem contudo está definida esta sequência de classificação.

Algumas equipes em contra partida, já estão rebaixadas a exemplo do Salgueiro e Juazeirense. Infelizmente o time do sertão de Pernambuco, não foi bem no campeonato e pela primeira vez vai amargar o rebaixamento para a série D, em razão de problemas administrativos, após o afastamento do seu presidente Klebel.

Por outro lado, Confiança, Remo, ABC e Globo praticamente se garantiram na série C do próximo ano. Houve na realidade uma inconstância muito grande da maioria dos times, inclusive o Atlético do Acre que nas três ultimas rodadas tem sofrido resultados negativos, sem qualquer explicação.

Em contrapartida os Pernambucanos que não começaram bem o Campeonato, depois das primeiras rodadas se organizaram  e conseguiram se superar com organização administrativa e reforços que contribuíram para o crescimento durante esta fase, ficando a interrogação de como será a participação na fase de mata-mata.

Para este sábado, o Náutico vai a Belém do Pará enfrentar ao Remo que tem 21 pontos e escapou na zona de rebaixamento. O time timbu entra em campo alterado, onde o treinador pretende preservar alguns profissionais para a estreia na próxima fase, possivelmente o adversário será a equipe do Bragantino.

Quanto ao Santa Cruz, joga em casa contra o Salgueiro já rebaixado com 17 pontos. O treinador Roberto Fernandes, ainda não revelou o time oficialmente, no entanto alguns jogadores forçaram o cartão para entrarem na próxima fase livres. O Santa Cruz pode terminar na segunda, terceira ou até na quarta posição, no entanto, está garantido no G 4.

Por outro lado, pela série A o Sport recebe a equipe do São Paulo líder com 35 pontos. O time São Paulino, deverá vir com a equipe completa, inclusive o ex rubro negro Diego Sousa, artilheiro do time com seis gols. A equipe do  São Paulo, hoje a melhor da competição está disposta a voltar para a capital paulista, com três pontos e mantendo a liderança.

Enquanto isso, o Sport viveu pela primeira vez nos últimos dias, uma semana razoavelmente tranquila, exceção  a liquidez dos débitos junto ao elenco. No entanto, o treinador Claudinei Oliveira recebeu quatro reforços, inclusive alguns de fora do país. No entanto, é grande a expectativa para vê como o time se comporta após tantos resultados negativos.

Não resta dúvida, que mesmo sendo na Ilha do Retiro, o São Paulo é favorito pela atual campanha e pelo elenco que possui. Porém, é difícil calcular os prejuízos se porventura o rubro negro não vencer, porque a depender de alguns resultados o time pode entrar na zona de rebaixamento, o que tornaria a situação ainda mais difícil.

Blog de Airton Sousa – O que faz o futebol brasileiro está mal financeiramente

 shutterstock_143045899

Até a década de 80, o futebol brasileiro era semiamador. Não tínhamos auto salários, nem mordomias exageradas, campos e concentrações humildes, a própria vida dos atletas relativamente frágil financeiramente. É tanto que os grandes jogadores, viviam modestamente nas suas vidas particulares.

Aos poucos, com a transferência dos nossos craques para fora do país as coisas foram mudando, desde o exagero dos dirigentes, as contratações e salários fora da realidade, além do que nós podemos chamar transações em dólares, colocando a nossa moeda em um patamar de desvalorização.

O jogador que recebia uma proposta do exterior, ficava maluco porque nunca tinha visto tantos números. Finalmente começava a supervalorização dos que militavam no nosso futebol, e de repente a situação começou a ficar insustentável. Difícil era resistir as propostas, e de cara o futebol nacional ficava sem condição de competir.

Aos poucos os dirigentes começavam a aceitar os desafios das propostas, promovendo uma verdadeira avalanche de altas propostas para os que resolviam ficar no Brasil e assim sendo, os clubes foram se endividando, sem conseguirem manter os compromissos e de repente a avalanche de débitos.

Também é bom lembrar a decadência técnica sofrida pelo nosso futebol , é só analisarmos as últimas participações no continente sul-americano e europeu. Participações decepcionantes, ausência da conquista de títulos, deixando a torcida brasileira decepcionada com as respostas negativas.

Contribuindo para a atual situação financeira dos grandes e intermediários clubes, os altos salários, por exemplo. Técnicos como Cuca recebendo em média 700 mil reais por mês, Luiz Felipe chegando a 800 mil reais por mês e tantos outros, em patamar inferior porém, não muito distante desses pisos.

Aí vem outra questão: Se o trabalho for convincente tudo bem, porém muitas vezes com menos de seis meses, os dirigentes resolvem romper o contrato e aí vai mais uma avalanche de reais. Recentemente só para dá dois exemplos, Dorival Júnior e Levi Cupi no Santos, com questões trabalhistas em torno de 4 milhões de reais.

Tudo isso vem deixando os clubes em situações vexatórias, porque além das rescisões dos comandantes técnicos, também dos jogadores que não ficam distantes na média salarial. O pior, o dirigente passa, os débitos ficam, e aí surge a perda de patrimônio entre outros itens que fazem o clubes estarem em estado de falência.

Blog de Airton Sousa – Sport decepciona outra vez, Náutico lidera o grupo e o Santa Cruz empata

84568-futebol_brasileiro_jpg

Aconteceu neste fim de semana, a penúltima rodada do grupo A da série C. O Náutico com a vitória frente ao ABC  pelo placar de 2 x 0, garantiu a sua passagem para a fase de mata-mata, ficando com 30 pontos e tendo a vantagem da derrota do Atlético do Acre pelo placar de 3 x 0, diante do Confiança.

A campanha do alvi-rubro é irretocável, principalmente se lembrarmos os primeiros jogos do time no inicio da competição. O Náutico tem amplas possibilidades de terminar em primeiro lugar, principalmente porque o Atlético do Acre joga fora de casa, tornando mais difícil ainda a situação para o time acreano que tem tido uma sequencia de derrotas e empates.

Por sua vez o Santa Cruz bastante desfalcado foi ao Juazeiro da Bahia, enfrentando um gramado péssimo, uma temperatura altíssima e os desfalques de peças importantes do elenco, principalmente o atacante Pipico. O empate favoreceu ao tricolor, que joga a ultima partida no Arruda contra o Salgueiro. Todos os jogos serão no sábado à noite, no mesmo horário.

Entende-se que é quase certa a presença de dois representantes de Pernambuco na fase de mata-mata da série C, o que é muito importante para o nosso futebol pela história dos tricolores e alvi-rubros no cenário Nacional. Contudo, entraremos em uma fase bastante difícil, pela qualificação das equipes que comporão a próxima fase.

Decepção mesmo, foi o futebol que o time do Sport jogou mais uma vez  na Ilha do Retiro, contra a Chapecoense. O time não se encontrou de novo, demonstrando desinteresse total na partida e levando o gol, aos 12 minutos do primeiro tempo, ocasionando ainda mais vexame para o rubro negro.

Foi um Sport apático, sem interesse no jogo, com um futebol abaixo da critica, pouco diferenciando das partidas anteriores. No balanço após a Copa, o time tem quatro derrotas e um empate, ocupando a décima segunda colocação com 20 pontos, no entanto com apenas três pontos do décimo sétimo colocado, que abre a zona de rebaixamento.

Pior que tudo isso, é a maneira como os dirigentes respondem a atual situação, juntamente com a comissão técnica e os jogadores, com poucas e raras exceções. O gol de empate, aconteceu aos 47 minutos do segundo tempo, já na fase de descontos. Contudo, não deixou de ser um resultado vergonhoso. E a pergunta: contra o São Paulo domingo, o que pode acontecer?

Blog de Airton Sousa – Penúltima rodada da série C do Brasileiro, promete

                                                   sereie c

Teremos neste fim de semana,  a penúltima rodada de grupos da série C do Brasileirão 2018. Estarão jogando todas as equipes, onde algumas chegam na parte de cima, outras tentam escapar do rebaixamento. Faltando apenas duas rodadas, é grande a expectativa das torcidas em torno desses jogos.

O Náutico joga neste sábado (04) na Arena de Pernambuco, onde a diretoria timbu espera um público em torno de 20 mil pessoas, o que sinceramente com todo otimismo, não  acreditamos que venha  acontecer. No máximo 14 mil pessoas, o que já consideramos um bom público para o nível da competição.

O time Pernambucano se encontra na segunda colocação do grupo A com 27 pontos, empatado com o Atlético do Acre com a mesma pontuação, porém som um saldo melhor, daí o Atlético está na primeira colocação. Quanto ao time do ABC tem 21 pontos, com remotas possibilidades de passar a outra fase.

Outro jogo envolvendo um Pernambucano, desta feita na Bahia  domingo (5), é o Juazeirense contra  o Santa Cruz. O tricolor está na terceira colocação com 24 pontos, bastando um empate para voltar com 80% da classificação garantida, principalmente se o Náutico atrapalhar a vida do ABC.

Quanto ao Juazeirense, dificilmente escapa do rebaixamento, tem 17 pontos e divide a lanterna  com outro Pernambucano, o Salgueiro. É um jogo em que o Santa Cruz tem tudo para voltar com um resultado positivo, pela fragilidade e posição do adversário. A questão é que  em um momento importante desses,  os jogadores estão sem receber a bastante tempo.

O Salgueiro tem um jogo de vida ou morte em casa contra o Remo também desesperado, no entanto está fora da zona de rebaixamento com 18 pontos, bastando um empate para decidir sua sorte em Belém do Pará na última rodada. Quanto ao time salgueirense, é vencer  e torcer que o Santa Cruz atrapalhe as pretensões do Juazeirense.

Finalmente é a vez do Sport dá a volta por cima, depois de quatro derrotas consecutivas, principalmente a goleada sofrida para o Flamengo. Em quatro jogos após a Copa do Mundo, o rubro-negro levou oito gol, fez apenas dois, daí o ambiente ser o mais conturbado possível na Ilha do Retiro, entre dirigentes, técnico e jogadores.

A diretoria do Sport encontrou um culpado para a atual situação: a imprensa. Essa semana foi proibido o acesso da imprensa nos treinamentos, talvez para não divulgar os problemas, principalmente financeiros que cercam todo o grupo, daí a insatisfação dos profissionais. No entanto a torcida espera que a reação aconteça.

Porém, uma coisa é certa. Se por acaso conseguir vencer ao time da Chapecoense, o ambiente melhora um pouco, principalmente se a diretoria assumir a responsabilidade dos débitos, caso contrário outras providencias deverão ser  tomadas, quem sabe com o afastamento do treinador e alguns jogadores.

Blog de Airton Sousa – Futebol Brasileiro caminhando para trás

                           felipao

Ficamos imaginando, depois da decepção que o futebol do Brasil foi em mais uma Copa do Mundo, até onde vão os dirigentes com decisões retrogradas, fazendo investimento em profissionais superados no tempo e no espaço, que hoje vivem simplesmente do nome que fizeram há dez, vinte anos atrás.

Não precisa ir muito distante para citarmos alguns desses profissionais, que correram o futebol do Brasil, e alguns saíram porém, sem tanto sucesso pela evolução existente no futebol principalmente da Europa. No Brasil, até que eles enganam, porque são protegidos por empresários do ramo, e dirigentes viciados.

Não se dá oportunidade a novos e modernos técnicos, basta uma ou duas derrotas, a não conquista de uma competição, para a dispensa imediata acontecer, quando os veteranos fazem contratos absurdos, erram, apadrinham alguns jogadores do esquema de cada um, sofrem derrotas e só são dispensados, quando abusam as vezes propositadamente para saírem.

Casos bem recentes de dispensas, entre outras: Jair  Ventura, Roger, etc. que simplesmente com bons percentuais de aproveitamento, são dispensados em detrimento do retorno de Luiz Felipe (Felipão) para o Palmeiras, Wanderley Luxemburgo, entre outros veteranos viciados e comprometidos com dirigentes e jogadores.

Enquanto isso, os clubes estão endividados com altos salários, falta de recolhimento de impostos, perda de patrimônio, o abandono de um trabalho sério na base, envio para fora do Brasil, de um atleta jovem quando surge, a fim de que o caixa pessoal do dirigente e poucas vezes dos clubes se encha de euros ou dólares.

Até quando iremos, sinceramente não dá para prever, porque a mentora máxima do futebol nacional, é lavada de escândalos, falcatruas e desmandos. Sai dirigente, entra dirigente, com supostas condenações, no entanto, tudo continua da mesma maneira, com os poderosos aumentando cada vez mais as suas fortunas em detrimento do futebol brasileiro.

Blog de Airton Sousa – Santa Cruz vence, Náutico e Salgueiro empatam e o Sport perde

                                        index

Tivemos neste fim de semana, os quatro representantes de Pernambuco atuando, respectivamente pelas séries A e C do Campeonato Brasileiro. No final das rodadas, o Náutico empatou em cima da hora em 1 x 1 com o Globo, o Salgueiro também empatou com o Juazeirense, o Santa Cruz venceu ao Confiança e o Sport perdeu de goleada para o Flamengo.

Coincidência ou não, o Náutico empatou  aos 47 minutos com um gol de Wallace Pernambucano, a exemplo do que aconteceu no jogo anterior contra o Juazeirense, aos 50 minutos do segundo tempo,vencendo com um gol de Ortigoza. Com uma equipe alterada, o timbu somou mais um ponto, foi a 27 e saiu beneficiado com a derrota do Atlético do Acre.

Agora o Náutico joga neste fim de semana, na Arena de Pernambuco contra o ABC. Será um confronto que poderá sacramentar de uma vez por todas a classificação para a próxima fase, no entanto até um empate temos que considerar como um bom resultado, visto que o time timbu jogará na última rodada, contra o Remo.

Por sua vez o Santa Cruz aplicou uma goleada no Confiança que estreou o técnico Betinho, que não evitou o placar elástico de 4 x 0. No primeiro tempo o tricolor venceu por 2 x 0, foi dono absoluto do jogo, com uma excelente atuação de Carlinhos Paraíba. No segundo tempo, o time fez mais dois gols, onde o destaque foi o atacante Pipico.

O jogador Pipico desfalcará o Santa Cruz no próximo jogo, contra o Juazeirense na Bahia. A maneira como a vitória aconteceu, deixou a torcida tricolor bastante otimista, na certeza de que a classificação para a próxima fase deverá acontecer. Uma boa briga entre o Santa Cruz, o Botafogo e o ABC pela classificação.

Enquanto isso, o Salgueiro não passou de um empate de 0 x 0 contra o Juazeirense. As duas equipes com o empate foram a 17 pontos, restando dois jogos para escaparem do rebaixamento, em face de que temos aí três equipes, com a inclusão do Remo para fugirem da queda para a série D.

Quanto ao Sport, outra vez decepcionou a sua torcida ao perder de 4 x 1 para o Flamengo. Foi a quarta derrota após a Copa do Mundo, e desta feita voltando a apresentar o mesmo futebol medíocre das três partidas anteriores. O time até agora tomou oito gols e fez apenas dois, observando-se a qualidade negativa da zaga leonina, após a Copa.

Foi um vexame o que o Sport fez a sua torcida passar. O Flamengo abriu o placar aos 14 minutos, uma falha da zaga. O Flamengo dominou o jogo o tempo todo, teve várias chances de gol, no entanto aos 43 minutos o Sport empatou, com um gol de Claudio Wink que havia entrado no lugar de Raul Prata.

O empate no final do primeiro tempo, serviu de provocação para o time Carioca, que voltou sedento, marcou o gol da virada aos 2 minutos, ampliou para o terceiro gol aos 5 minutos, também com falha da zaga e o quarto gol, contou com a falha do goleiro Magrão. Placar final 4 x 0, e agora o rubro negro faz dois jogos na Ilha: Chapecoense e São Paulo, respectivamente.

Blog de Airton Sousa – Sport perde e desce mais ainda na classificação

                                           vitoria

Se a torcida rubro negra estava esperançosa de que contra o Vitória em Salvador, na noite desta quinta feira (26), a recuperação acontecia, foi pura ilusão. Simplesmente o time apresentou os mesmos erros, a mesma fragilidade, e tudo voltou a ser uma repetição dos dois últimos jogos, após a Copa do Mundo.

A verdade é que alguém tem que detectar o que está acontecendo, porque agora o time leonino está a três pontos da zona do rebaixamento, pior que isso não pode ser porque o próximo jogo será neste domingo no Rio de Janeiro, contra o Flamengo onde só um milagre evita que aconteça a quarta derrota consecutiva.

 Logo no inicio do primeiro tempo, Rogério saiu por contusão e se era ruim com ele pior foi sem a sua presença. Falta força nas laterais, a transição com muita deficiência e os atacantes e nada são a mesma coisa. O time criou duas situações ofensivas, com Michel Bastos e Felipe Bastos, enquanto que o Vitória teve uma chance concreta com André Lima.

Foi um primeiro tempo em que o time leonino mais uma vez não deu liga, enquanto que o Vitória limitou-se mais a dá velocidade ao jogo. No entanto não passou de um 0 x 0 o primeiro tempo de jogo, na expectativa de que alguma coisa fosse melhorar nas duas equipes para a volta do segundo tempo.

No retorno, o Vitória voltou melhor e fez o gol aos 15 minutos, com o jogador Erick ( ex Náutico ), de volta do futebol europeu. Com a derrota, o treinador introduziu Marlone, Igor e Carlos Henrique, porém o que o time precisava mesmo era de um atacante nato, que viesse resolver a situação ofensiva.

O tempo passou, as oportunidades também e a verdade é que o rubro negro sofreu a terceira derrota consecutiva, após a Copa do Mundo tendo cada vez mais complicada a sua situação. Agora é esperar o que pode e deve acontecer contra o líder Flamengo . Se contra os piores colocados não conseguiu vencer, o que deve acontecer contra o Flamengo.

Alguns nomes surgiram após o jogo, inclusive a reintegração de Everton Felipe, após ter dado errado a negociação contra o Flamengo, e ainda o jogador Felipe Saraiva pertencente a Ponte Preta, que deverá está chegando apesar da idade de 20 anos, muito embora a diretoria não confirmou. Na coletiva após o jogo o técnico não cansou de elogiar a maioria dos atletas.

Pela série C, teremos nesta sexta-feira em Ceará Mirim, o Náutico jogando contra o time do Globo, sétimo colocado na competição com 19 pontos e brigando para se manter na série C, enquanto que o Náutico com uma vitória consolida a sua passagem de fase. Neste sábado (28), é a vez do Santa Cruz contra o Confiança, um jogo de vida ou morte para os dois times.

Blog de Airton Sousa – Futebol Brasileiro em baixa

                                  fifa best

As consequências da campanha na Copa do Mundo da Rússia pela Seleção Nacional, não ficarão apenas nos resultados negativos, nem na decepção, se estenderam mais ainda, e as sequelas começam aparecer, em razão da imagem negativa criada para o mundo, que esperava uma seleção vitoriosa.

Aí está mais uma resposta de tudo que a Seleção Brasileira fez. Saiu a relação da FIFA e o resultado é que estamos fora na escolha do melhor jogador e do melhor treinador. Não ficamos se quer entre os dez, nas duas categorias. Aliás o futebol sul americano, não teve destaque nenhum.

Neymar por tudo que deixou de fazer e por pensar que estava participando de uma competição na beira da praia, terminou sendo ridicularizado e recebendo apelidos diversos, em face das simulações, e das quedas ridículas fingindo ter recebido faltas, tentando enganar  os árbitros .

Quanto ao técnico Tite, esse não trilhou por um caminho da brincadeira, porque trata-se de um profissional sério, porém como comandante maior da seleção não demonstrou nada diferente, que viesse a fazê-lo um treinador inovador, ficando também de fora da relação da FIFA.

Desta maneira, nada restou para a CBF na Copa do Mundo. É só se contentar com o dinheiro recebido e tratar de dá um novo foco para a Copa América de 2019, que aliás irá acontecer aqui no Brasil. O técnico Tite de contrato renovado por mais quatro anos e a esperança que as lições sofridas possam trazer novos efeitos.

De parabéns mesmo, está o treinador da seleção feminina do Brasil. Vadão teve seu nome citado pela FIFA, em uma prova de que não houve queimação a CBF pelos atritos bem recentes com os ex-dirigentes daquela entidade. A jogadora Marta também compõe a relação para a escolha das melhores, ambos por merecimento.

                                                         IMG-20180718-WA0005(5)

Blog de Airton Sousa – 50 anos de uma conquista inesquecível

                                                       novo aflitos

O torcedor do Náutico ainda tem na memória e no coração, uma conquista inédita na sua  história, e na história  do futebol. Hexa Campeonato, um título invejável e que poucos tiveram o mérito de tê-lo. No entanto faz parte de um passado, e um passado que muitos tentam e não conseguem e quando conseguem as vezes colocam embaixo do tapete.

O tempo passou, os desgastes materiais e financeiros foram aparecendo, e a verdade é que pelo menos no time de Conselheiro Rosa e Silva,  ao longo desses cinquenta anos não foi fácil viver dias conturbados, preocupantes e na maioria das vezes humilhantes, chegando ao ponto de fechar a sua casa e jogar de favor na casa dos outros.

Surgiu a Arena de Pernambuco, o Náutico se deixou iludir e a verdade é que muitos prejuízos em todos os sentidos acarretaram essa irresponsável decisão. Felizmente o tempo passou, as sequelas também, o time chegou ao vexame de participar de uma terceira divisão nacional, porém até que enfim dentro de breve estará retornando ao seu ninho, na segunda ou terceira divisão.

É uma alegria poder fazer esse registro, e dizer a torcida alvi-rubra que neste  sábado (21) haverá nos Aflitos, mesmo sem a conclusão total das obras e dos melhoramentos,  um momento  para que todos os alvi-rubros possam viver as lembranças das  conquistas do hexa e também mostrar a torcida de uma maneira oficial, como se encontram as reformas.

Bom será  para dá de presente a torcida, uma vitória na Arena de Pernambuco contra o time da Juazeirense, porque com os três pontos o time soma vinte e seis, ficando na necessidade de um empate nos três jogos restantes dessa fase de grupo. Vamos esperar que a vitória aconteça e que o torcedor possa se encher de otimismo para uma marca do seu time rumo  a série B, no próximo ano.

Ainda falando do Campeonato Brasileiro neste fim de semana, também pela série-B, o Santa Cruz jogará em João Pessoa contra o Botafogo, aliás jogo de uma torcida única demonstrando a fragilidade do poder policial em nosso país, se rendendo a um grupo de marginais, travestidos de torcedores. O Salgueiro joga contra o ABC, tentando escapar do rebaixamento, enquanto que o Sport em meio a crise financeira e administrativa que o Clube está vivendo,enfrenta ao Fluminense.

                                                                    IMG-20180718-WA0005(5)

 

Blog de Airton Sousa – Problemas administrativos contribuem para derrota do Sport

                                    ceara x sport

Fica difícil separar as situações, principalmente quando trata-se de salário e de dinheiro. O Sport que era uma exceção em problemas financeiros no futebol de Pernambuco, hoje se ver quase na mesma situação dos dois concorrentes, Náutico e Santa Cruz. Salários atrasados, elenco limitado, falta de condição para contratar, no popular: Um beco sem saída.

Esperava-se que no retorno do Campeonato, tendo quase 40 dias de descanso e de recuperação do elenco, o time pudesse fazer uma boa partida, trazer uma vitória, e avançar na pontuação, nada disso. Jogou contra o lanterna, em doze jogos que havia feito não tinha ganho uma partida se quer e de repente perdeu exatamente para esse adversário.

O time fez um primeiro tempo razoável, não passando de 0 x 0. Voltou para o segunda fase com as mesmas carências na frente de área com os volantes, um meio de campo improdutivo, um ataque sem funcionar e para não ser diferente uma zaga que comprometeu. Terminou tomando um gol, aos 8 minutos do segundo tempo, e não encontrou meios se quer para empatar.

Se estava complicado com o zero a zero, muito mais depois que tomou o gol. Modificações foram feitas, nenhum efeito aconteceu, e o Sport  despertou um defunto que estava prestes a ser sepultado, junto com o técnico Lisca. Volta para casa para jogar domingo contra o Fluminense, depois sai para dois jogos fora, contra o Vitória e Flamengo. Esperar o quê?

O fim de semana também reserva expectativa, desta feita para tricolores e alvi rubros, que não conseguiram vencer os últimos jogos. O Santa Cruz empatou em casa contra  o Globo, o Náutico também empatou, no sertão contra o Salgueiro. Faltam quatro rodadas, o tricolor tem 21 pontos, o Náutico tem 23. Para classificarem-se é preciso alcançar 27 pontos. O Salgueiro lutando para não ser rebaixado joga fora de casa contra o Abc

 

IMG-20180718-WA0005(1)

 

Blog de Airton Sousa – Só empates na série C para os Cubes de Pernambuco

                                                    jdbhuihau

 Os Clubes de Pernambuco na série C, não passaram de empates . No sábado o Santa Cruz empatou contra o Globo, na segunda feira à noite o Náutico também não passou de um empate no sertão pernambucano, contra o Salgueiro. Ou seja, ninguém conseguir vencer e o Náutico quebrou um jejum de vários jogos sem perder.

Diante da sua torcida, o Santa Cruz partiu na frente o jogo todo e já contava com o crédito de 3 pontos, no entanto este sonho desapareceu, quando aos 48 minutos do segundo tempo, ou seja  na etapa de prorrogação, tomou o gol de empate deixando a sua torcida insatisfeita e desconfiada mais uma vez com o time.

Com o empate, o time tricolor soma apenas  21 pontos, ficando na terceira colocação, enquanto que se tivesse vencido estaria com 23 pontos e na segunda colocação. O momento em que o empate aconteceu, deixou o torcedor desconfia e o time  mais distante do primeiro colocado, o Atlético do Acre que lidera com 26 pontos.

O Santa Cruz agora, joga l neste sábado enfrentando ao Botafogo da Paraíba, que vem caindo de produção e também vive uma crise administrativa. O Santa Cruz terá que se esforçar para sair de João Pessoa pontuando, já que a estimativa para a classificação a outra fase é a soma de 28 pontos, o que seria mais fácil se tivesse vencido ao jogo.

No sertão, o Náutico quebrou a sequencia de vitórias com o empate, foi um bom resultado em face do Salgueiro ter dominado o jogo o tempo todo, não dando condições ofensivas ao time timbu, exceção a bola do gol de Robinho aos 36 minutos do primeiro tempo. Foi um domínio visível do carcará sertanejo.

Porém, com o mesmo ritmo do primeiro tempo, o Salgueiro procurou o empate o tempo todo, só achando ao gol de empate aos 39 minutos da etapa final. Antes porém, tivemos a saída de Ortigoza que teve muito mal no jogo, entrando Wallace Pernambucano, que terminou sendo expulso. O empate não foi um bom resultado para o Salgueiro, que continua na zona de rebaixamento com apenas 16 pontos e joga neste fim de semana fora de casa.

 

BLOG DE AIRTON SOUSA – Arbitragem Argentina decide à Copa da Rússia

index

Infelizmente nem o árbitro de vídeo evitou que a arbitragem influenciasse na decisão final da Copa do Mundo da Rússia 2018. Dois erros gravíssimos cometidos pelo árbitro argentino Néston Pintana, no primeiro gol dos franceses aos marcar uma falta inexistente aos 19 minutos e o segundo gol aos 36 minutos na marcação de um pênalti também inexistente.

É bom lembrar que no primeiro gol, foi a segunda vez que a França foi ao ataque, porque até então era a Croácia quem mandava no jogo. Mesmo tendo tomado um gol após uma falta inexistente, a Croácia empatou o jogo aos 28 minutos. Porém, logo em seguida após o empate o árbitro comete outro erro marcando um pênalti e a França fez 2 x 1, placar do primeiro tempo.

Dois técnicos que se superaram, Didier Deschamps que teve ameaçado de demissão antes da Copa e conseguiu  o título de campeão do mundo, creditando-se também a um grupo de jogadores de qualidade: Mbappé, Griezmann, Pogba, Kanté, Varane, Umtiti entre outros nomes, além da idade onde a maioria dos jogadores estão aptos para a Copa de 2022.

Enquanto isso o técnico da Croácia Zlatko Dalic, que chegou a Copa junto com os seus comandados desacreditado, foi avançando de fase em fase e surpreendentemente tirando das finais, as consideradas seleções favoritas e terminou perdendo o título de campeão graças a dois erros da arbitragem, sem querer tirar os méritos da seleção francesa.

A exemplo da Seleção da França, também grandes nomes nos croatas: Luca Modric, Perisic, Mandzukic, Rakitic, Vida, Strinic, destacando-se a média de idade desses jogadores e outros que com certeza chegarão a Copa de 2022. Além de tudo isso, ressalte-se a festa de civilização que o mundo assistiu durante toda a Copa.

Voltando ao jogo, tivemos  um segundo tempo outra vez com uma arbitragem conturbada, a França chegando ao terceiro e quarto gol, porém aconteceu o segundo gol da Croácia, com uma falha do goleiro francês. Placar final de 4 x 2 e a França com o título de campeã, juntando-se ao título de 1998 quando venceu ao Brasil por 3 x 0.

A escolha do craque da Copa foi para Luca Modric da Croácia, enquanto que o goleiro Courtois da França, teve o título de Luva de ouro. Vem aí duas grandes competições,  Champions Cup  e a etapa de classificação da Euro Copa. Para finalizar, na entrega das premiações, uma chuva torrencial chegou ao Luzhuiki Stadium em Moscou, fechando com chave de ouro as festividades da Copa.

Blog de Airton Sousa – O mundo conheceu o terceiro lugar da Copa

                                    3 kl

Acabou a expectativa após o encerramento neste sábado (14), às 11 horas na Arena Sant Petrsburgo entre as seleções da Inglaterra e Bélgica. Por parte da Bélgica empenho e vontade, quanto a Inglaterra apenas cumprimento de tabela, sem tanta vontade de jogar e esperando que o jogo acabasse.

Logo aos 4 minutos, a Bélgica abre o placar com um cruzamento na pequena área, a partir daí contribuindo para melhor desempenho dos belgas, a Seleção da Inglaterra  entrou em campo sem 4 titulares, dificultando um melhor toque e também o conjunto apresentado no decorrer do mundial.

Um primeiro tempo em que a Inglaterra teve mais posse de bola, porém a Bélgica com uma boa transição, fechando os espaços sem permitir que a Inglaterra avançasse mais ofensivamente. Primeiro tempo placar de 1 x 0, esperando-se que ao voltar, os ingleses viessem mais aplicados do meio campo para frente.

No segundo tempo a Inglaterra voltou melhor, criando algumas oportunidades de gol, inclusive uma chance aos 25 minutos com o goleiro já batido, porém a boa presença dos zagueiros, evitou que o empate acontecesse.Quem não faz leva, e de novo esse adágio vingou. Aos 37 minutos a Bélgica contra ataca, e encerram-se aos 37 minutos as chances para a Inglaterra, com o segundo gol e sacramentando-se o terceiro lugar para a Bélgica.

Agora é esperar a decisão do título neste domingo (15), às 12 horas entre a Croácia e a França. A Croácia que tem uma tradição sobrecomum no basquete, polo, tênis e handebol, irá provar que também no futebol tem qualidade. Quanto aos franceses, campeões do mundo em 1998, tentarão conquistar o bicampeonato. É a Copa do Mundo chegando ao fim.

Blog de Airton Sousa – Que lições técnicas ficarão dessa Copa?

                                         index

Não precisa ir muito longe para lembrarmos as mudanças que o mundo esportivo sofria, após uma copa do mundo. Infelizmente nas últimas copas, nada ficou como mudança para os treinadores e para as equipes implantarem junto aos seus comandados porque tudo é a mesma coisa.

É mais uma copa que está terminando, e sinceramente mudanças táticas, planejamentos, grandes nomes não vieram à tona, apenas três ou quatro jogadores que se destacaram, por essa ou aquela jogada, por esse ou aquele gol, o resto tudo igual sem novidade nenhuma, mesmo porque o veículo chamado televisão, deixa todos informados de tudo.

É o preço da evolução e assim a copa está terminando, sem deixar novos métodos para os clubes e consequentemente os treinadores. Dentro do que todos viram nesta copa, cabe a seguinte pergunta: A Croácia que chega ao final: Méritos próprios ou a qualificação da copa nivelada por baixo?

França e Croácia decidem neste domingo (15) às 12 horas, os franceses decidem o bi campeonato, enquanto a Croácia é a primeira vez que chega a decidir o título. Interessante é que se for feita uma pesquisa, a Croácia tem 70% da preferência, talvez pela surpresa de chegar a uma final, ou então pela maneira como pouco a pouco foi chegando a decisão.

Quanto a França que teve o primeiro título em 1998 em cima da seleção brasileira, sobre forte suspeita pela maneira como a conquista aconteceu, vai tentar o bi campeonato para mudar a péssima imagem que deixou após o campeonato de 1998. E para variar, no sábado (14) às 11 horas, sem motivação a Inglaterra decide o terceiro lugar contra a surpreendente Bélgica.

Uma coisa é indiscutível e merece registro, a maneira como o povo russo se integrou a Copa, na organização, nas arenas, no trânsito, nas belezas artificiais e naturais e principalmente pelo modo de tratar aos que visitaram aquele milenar país. Que fique em quem tiver mais competência  o título mundial de 2018. É a Copa do Mundo chegando ao final.

Blog de Airton Sousa – Croácia, finalista da Copa da Rússia

                                                     1531323727_488917_1531341937_noticia_normal

Essa está sendo realmente a copa das surpresas. Todos colocavam como favorita para decidir com a Seleção da França o título, a Seleção da Inglaterra. Porém  a experiência, a garra e o conjunto dos croatas fez com que acontecesse ao contrário e a Inglaterra ficasse de fora da decisão contra a França.

Pela primeira vez em uma Copa, a Croácia vai decidir o título e com certeza dará muito trabalho a Seleção da França, que entra em campo domingo com a vantagem  de está menos cansada e com toda experiência de chegar a final pela terceira vez, e tendo mais experiência em decisão do que os adversários.

No jogo, a Inglaterra saiu na frente, com um gol marcado aos 5 minutos do primeiro tempo e aproveitando o nervosismo inicial dos adversários, daí a predominância de domínio até mais ou menos 25 minutos, quando houve um equilíbrio no jogo, no entanto terminou na vantagem o time inglês.

No segundo tempo, a Inglaterra voltou com um futebol burocrático e aos 23 minutos aconteceu o empate da Croácia, em seguida aos 28 minutos pressão na área da Inglaterra e uma bola na trave, quase virando a favor da Croácia o jogo naquele momento. Em seguida, as seleções diminuíram o ritmo e finalmente terminou o segundo tempo, com o placar de 1 x 1.

Na prorrogação, 78.000 torcedores presentes ao estádio, iriam acompanhar um jogo cheio de emoções e a primeira chance real de gol foi da Inglaterra, aparecendo o zagueiro croata para evitar que a bola entrasse, 0 x 0 o placar do primeiro tempo da prorrogação,aos 3 minutos do segundo tempo  acontece o gol da Croácia. O placar final  2 x 1 para a Croácia.

Com a vitória, a Croácia decide no domingo (15), a Copa com a França. Muita expectativa para ver que será  o campeão da Rússia 2018. Enquanto isso no sábado (09), a decisão do terceiro lugar entre Bélgica e Inglaterra. Essa que está sendo uma copa extremamente organizada, onde a Rússia deu um banho de  organização e civilização.

Blog de Airton Sousa – Já temos um finalista da Copa da Rússia

                                                          2018711francebergium2_b6fegkc08xcz1jqe5grbhhiht

Tivemos na tarde desta terça feira ( 10 ), o jogo entre as seleções da França e da Bélgica. No final a vitória do time Francês pelo placar de 1 x 0. Foi uma partida bem disputada já no primeiro tempo, um jogo corrido, com poucas faltas e muita aplicação tática por parte das duas seleções.

O técnico da Bélgica Martinez, de novo mudou o esquema de jogar da sua seleção, colocando Lukako pelo meio, diferentemente do jogo do Brasil, enquanto isso o treinador da França deu total  liberdade ao colocar o jovem jogador MBappe caindo a maioria do jogo pelas pontas, principalmente pelo lado direito,

No primeiro tempo, mesmo todas as tentativas ofensivas dos dois lados, o jogo terminou 0 x 0. No segundo tempo a Bélgica começou atacando, porém foi a França que fez o primeiro gol, com o zagueiro Umtiti de cabeça aos 6 minutos. Após o gol a seleção da França, ganhou mais calma, tendo inclusive outras oportunidades de gol.

A Bélgica só veio reagir com mais condição, após os 30 minutos aplicando mais velocidade na partida, no entanto de uma maneira desesperada, sem a tranquilidade suficiente. Final de jogo 1 x 0 para a França, que aguarda o vencedor desta quarta-feira (11), entre Inglaterra e Croácia. O técnico Martinez deverá ser  escolhido como o melhor treinador da Copa da Rússia,

No sábado teremos a partida decidindo o terceiro lugar, Bélgica e o perdedor do jogo desta quarta-feira, entre Inglaterra e Croácia. O jogador MBappe  reúne fortes condições de ser escolhido como o melhor jogador da Copa. Um atleta de 19 anos que disponta como destaque da Copa da Rússia.

Blog de Airton Sousa – Fim de semana vitorioso para Pernambuco

                               adcxcnc-05-298x186

Pela primeira vez Pernambuco mantém duas equipes no G 4 do Brasileiro da série C. Já na rodada anterior o Náutico e o Santa Cruz estavam bem posicionados, e com os resultados deste sábado (7) e domingo (8), ficaram mais consolidados ainda nas primeiras posições da tabela.

O Náutico venceu ao Confiança em Aracajú pelo placar de 3 x 2. Teve um primeiro tempo difícil, porém na segunda etapa aproveitou a intranquilidade do adversário e chegou a importante vitória. Até porque o Confiança vinha de seis empates e no desespero tentava a Vitória.

Foi um desastre o resultado do time Sergipano, que caiu mais ainda de posição na tabela, enquanto que o time Timbu toma cada vez mais consolidação no G4, animando todo grupo e a sua torcida. O próximo jogo será contra o Salgueiro no sertão de Pernambuco, na tentativa de somar mais 3 pontos e se garantir mais ainda no G4.

Enquanto isso, o Santa Cruz que vinha de um bom resultado fora de casa, quanto venceu ao ABC pelo placar de 3 x 0 e deixou sua torcida na expectativa, para observar o comportamento do time contra o Remo, lanterna da competição. Porém o time fez um bom primeiro tempo, vencendo pelo placar de 1 x 0.

Na segunda etapa, o tricolor recuou um pouco, não criou muitas oportunidades de gol e deu espaço para que o Remo avançasse tentando o empate que quase acontecia no final do jogo, aos 43 minutos  com a colocação de uma bola na trave, deixando a torcida tricolor com o coração na mão.

Outra vez tivemos a repetição do velho adágio popular, quem não faz, leva. E foi exatamente o que aconteceu, aos 47 minutos o tricolor montou um contra ataque e na finalização aconteceu o segundo gol, consolidando a vitória tricolor em 2 x 0. O Santa Cruz terminou a rodada na terceira posição, com 20 pontos. Próximo jogo em casa, contra o time do Globo.

Já que estamos falando dos clubes do Nordeste, é bom registrar que também no fim de semana, o Sampaio Correia que havia vencido a primeira partida na decisão da Copa do Nordeste, foi a Salvador e jogou pelo regulamento, empatando em 0 x 0 com o time do Bahia, que ficou com o título de vice-campeão. Parabéns ao futebol do Maranhão.

Blog de Airton Sousa – Semifinais começam nesta terça-feira

                                                   1530914778375

 Depois dos quatro jogos que tivemos nesta sexta-feira e sábado, com as derrotas do Brasil, Uruguai, Suécia e Rússia nas quartas de final, as semifinais terão jogos terça e quarta-feira respectivamente. Vai demorar para as torcidas das seleções derrotadas esquecerem a decepção da saída, principalmente o torcedor Brasileiro.

Chegaram as semifinais as seleções da  França e Bélgica, que jogarão na terça-feira, Inglaterra e Croácia, que jogarão na quarta-feira. Serão confrontos imprevisíveis, ficando complicado prognosticar quem será a campeão, em razão de que as quatro seleções demonstraram muita competência  nesta reta das quartas de final da Copa.

Será acima de tudo  uma questão emocional, físico e principalmente a maneira como os treinadores organizarão as suas seleções, observando-se que a cada adversário observava-se um estilo e esquema diferente, confundindo muitas vezes, a cabeça do concorrente e da própria torcida.

Sendo assim, viveremos uma outra etapa da Copa, aliás vivemos uma etapa a cada jogo e consequentemente a cada fase. Inegavelmente se as quatro seleções chegaram as semifinais, com certeza adquiriram méritos a cada conquista de fase, é tanto que estão disputando o título final da competição.

Uma coisa é sabida, a Rússia está de parabéns dentro e fora de campo, surpreendendo o  mais exigente torcedor ou profissional. Tivemos os seguintes percentuais de gols a cada fase da Copa – Primeira fase 48 jogos, 124 gols= 2,58 por jogo. Oitavas de final 8 Jogos, 23 gols= 2,8 por jogo. Quartas de final 4 jogos, 11 gols= 2,9 por jogo.

Agora para nós brasileiros, muitas perguntas a serem feitas, consequentemente muitas respostas que não serão tão fácil de serem respondidas, a começar pela manutenção da comissão técnica, novo formato nas convocações, as cobranças para a CBF, e uma elaboração de planejamento para  esses quatro anos.

Blog de Airton Sousa – Brasil treme e está fora da Copa

                                      vketfvyj

Tivemos nesta sexta-feira, duas partidas válidas pelas semi-finais da Copa da Rússia 2018. Pela manhã a França fez valer sua condição técnica e individual, vencendo ao Uruguai pelo placar de 2 x 0. Talvez o torcedor coloque que a ausência de Cavani tenha pesado para a derrota da seleção do Uruguai.

Até que concordo, porém para jogar o futebol que o Uruguai jogou, deixando a França solta e bem a vontade, com o jogador Suarez  escondido, fazendo com que os companheiros não encontrassem um espaço para jogar para ele, nem tão pouco ele sair para buscar jogadas, se tornando uma peça totalmente nula.

O primeiro gol aconteceu aos 40 minutos do primeiro tempo, no entanto poucas foram as jogadas que levassem perigo a retaguarda francesa, e nada mudou no segundo tempo,pelo contrário,  a pressão francesa era cada vez  mais acentuada e logo aconteceu o segundo gol, aos 16 minutos, com um frango tomado pelo goleiro do Uruguai.

A França vai as semi-finais e enfrenta a Bélgica que venceu a Seleção Brasileira pelo placar de 2 x 1. O time Frances promete tornar a semi-final muito acirrada pela qualidade demonstrada ao longo da competição. Será mais um desafio para a Bélgica, que pela segunda vez alcança o direito de chegar as semi-finais de uma copa.

Na parte da tarde foi a vez do Brasil entrar em campo contra a Bélgica. Muita expectativa e otimismo por parte dos Brasileiros. No entanto a Bélgica já no começo do jogo demonstrou muita competência no planejamento tático, na marcação e na montagem do grupo.

A cada instante sentíamos as dificuldades do time de Tite, principalmente pela ausência de Casemiro e também a postura do adversário. Aos 13 minutos o torcedor para, porque era gol da Bélgica, uma cabeçada contra do jogador Fernandinho, onde os comandados do técnico Tite, cada vez encontravam dificuldades para jogar.

Se as coisas estavam complicadas ficaram mais ainda, a seleção da Bélgica bem aplicada nos contra-ataques puxados pelo jogador Mukako, até que tomamos o segundo gol aos 31 minutos, para desespero do time Brasileiro, que pecou principalmente na troca de passes e nas finalizações.

No segundo tempo entraram Douglas Costa, Firmino e Renato Augusto, porém a questão maior era o poder de marcação da seleção da Bélgica, os contra-ataques e a velocidade que não era acompanhada pelo time Brasileiro. No entanto, aos 31 minutos Renato Augusto diminui o placar, fazendo de cabeça o primeiro gol do Brasil.

Foi no tempo certo que aconteceu o gol, mais os jogadores do Brasil não conseguiam a tranquilidade suficiente para chegarem pelo menos ao empate, e o pior aconteceu, o Brasil parou na Copa da Rússia, mais uma vez frustrando a sua torcida. Não adianta procurar culpado ou culpados, cada um procure fazer a sua avaliação. Jogadores, comissão técnica e CBF.