Blog de Airton Sousa: Oliveira e Mendes, até quando?

Diante de tantos resultados negativos no decorrer do Campeonato Brasileiro, a pergunta é a seguinte: Até quando os dois treinadores comandarão o tricolor e o rubro negro respectivamente? O treinador Milton Mendes ao chegar no Santa Cruz, teve momentos de conquistas e de evolução, a exemplo dos títulos no Campeonato Pernambuco e Copa do Nordeste, além de um bom começo no Brasileirão, com o mesmo elenco, com poucas alterações.

De repente, passadas algumas rodadas, mais propriamente no jogo contra o Sport e jogos posteriores, o time caiu de produção inexplicavelmente e a situação, todos sabem, é o vice lanterna do Campeonato Brasileiro, sem demonstrar a mínima capacidade de reação.

Geralmente, um treinador ao perder quatro ou cinco jogos, no máximo, é demitido ou ameaçado de demissão. No caso do técnico tricolor, lá se foram oitos jogos sem o time vencer e a diretoria de braços cruzados, aceitando a situação. Diante da preocupação de todos, também pela fragilidade do elenco, que a princípio tinha pelo menos garra, e hoje nem isso, não podemos entender a falta de atitude da diretoria.

A situação tricolor é complicada e os dirigentes são obrigados a tomarem as providências devidas, enquanto é tempo, porque caso contrário, se as coisas continuarem como estão, fica quase impossível uma recuperação. Para finalizar, colocamos a seguinte pergunta: Milton Mendes, é o único culpado, ou o material humano que ele dispõe, não é adequado para disputar a  primeira divisão?

Por outro lado, numa situação que coincide em alguns pontos com a do técnico Milton Mendes, principalmente os resultados, está o técnico do Sport, Oswaldo de Oliveira, com uma agravante, enquanto Milton Mendes teve duas conquistas, Oswaldo de Oliveira, nada conquistou.

O argumento é o seguinte: não foi o atual técnico do Sport que contratou, nem montou o atual elenco. É questionável porém que, mesmo que já se passaram quase sessenta dias e o treinador, apesar de alguns reforços, não conseguiu dar um esquema tático ao time.  Ao contrário, a cada partida escala um time diferente, sem esquema nenhum, sem estratégia de jogo, e colocando as peças que possuiu nos lugares errados. Sinceramente, não sabemos até quando isso vai acontecer, diante da insatisfação da torcida, as críticas da imprensa e o cruzamento de braços da diretoria.

O rubro negro é o décimo oitavo colocado, com uma campanha pífia e resultados desastrosos, para o time que tem uma folha de pagamento perto de três milhões e meio de reais. No caso do Sport, o culpado maior é o treinador, porque a maioria dos jogadores possuem uma boa capacitação técnica, ao contrário do Santa Cruz.

Blog de Airton Sousa: Sport perde e Salgueiro vence

Fechamos a participação de Pernambuco na “série A”, nesta segunda feira (04/07), com mais uma derrota, desta feita o Sport perdeu na Ilha do Retiro para o Palmeiras pelo placar de 3 x 0. Um jogo em que o time alvi verde dominou o tempo todo, principalmente no plano tático, onde o técnico Cuca, aplicou uma marcação individual, anulando as principais peças do time Pernambucano, deixando assim o seu time a vontade para mandar no jogo. O Palmeiras abriu o placar, depois de algum tempo o Sport empatou, levando ao seu torcedor a esperança de que poderia virar o marcador. Pleno engano, porque em seguida o Palmeiras fez o segundo, o terceiro gol, numa demonstração da fragilidade defensiva do rubro negro.

Depois do jogo, como sempre as reclamações em cima da arbitragem, para encobrir a fragilidade do time leonino. Mais uma vez Diego Sousa, que não jogou nada, reclamou do árbitro, sem reconhecer sua fragilidade e também a do grupo. Quanto ao técnico Oswaldo de Oliveira, também tem que ser debitado no resultado, principalmente pela maneira como armou o time taticamente, deixando bastante vulnerável o sistema defensivo, com apenas dois zagueiros, limitados e longe de alcançarem atacantes com a qualidade que o Palmeiras tem. Com a derrota, o Sport permanece na zona de rebaixamento e tem seu próximo jogo em Campinas, contra a Ponte Preta de Eduardo Batista.

Por sua vez, o Salgueiro que jogou  contra o Remo, fez o seu dever de casa, vencendo ao time Paraense pelo placar de 1 x 0, pela série C. Com a vitória, o time sertanejo voltou ao G 4, ocupando a quarta colocação e sendo assim o único representante de Pernambuco, neste final e começo de semana que conseguiu vencer. Será muio importante que o time salgueirense continue fazendo o dever de casa e tentando fora alguns resultados positivos, porque terá a perspectiva de voltar a série B do Campeonato Brasileiro. Portanto foi uma vitória importante, principalmente pela qualidade do time adversário.

Blog de Airton Sousa: Santa Cruz derrotado, é novidade?

Jogando neste domingo (03), em Juiz de Fora, o Santa Cruz amargou mais uma derrota. Muitos questionamentos a respeito da campanha tricolor e de mais um resultado negativo. Culpa do técnico e da mudança de esquema a cada partida? Time limitado para uma primeira divisão? Jogadores de segunda, atuando na primeira divisão? Diretores que contrataram errado, e se acomodaram com os primeiros resultados? Situação financeira refletindo na qualidade das contratações?

A verdade é que o tricolor afunda a cada rodada, e se não tomarem cuidado, o rumo será a volta para a segunda divisão, depois de tanto sacrifício para chegar à primeira outra vez. São muitos os problemas, a começar pelo técnico que tem errado no esquema tático e tem feito substituições precipitadas. Quando tenta reparar no  decorrer do jogo, já é tarde.

Na derrota contra o Botafogo, o primeiro tempo do Santa Cruz, a exemplo de outros jogos foi terrível, ninguém acertava nada, inclusive o goleiro Tiago Cardoso, que a cada partida vem falhando, e já não é mais um paredão, talvez contagiado com a fraca qualidade dos companheiros. No segundo tempo, o tricolor marcou um gol, o Botafogo ficou encurralado, porém o time Pernambucano não teve competência de empatar, saindo com mais uma derrota, e deixando a sua torcida apavorada com a situação.

Vem por aí, mais um forte adversário. O Internacional de Porto Alegre, tradicionalmente uma equipe que envolve os nossos representantes, e na atual situação que está o futebol Pernambucano, fica difícil acreditar que o Santa Cruz se recupere com uma vitória. É preocupante, e muito, a situação do time tricolor, diante de tantos resultados de derrotas que estão acontecendo.

Foto: Internet

Foto: Internet