Blog de Airton Sousa: Ninguém ganhou no primeiro jogo

1 04 2018

Um jogo bastante movimentado, sem contudo termos jogadas ensaiadas e técnicas, foi o resultado da primeira partida da decisão do Campeonato Pernambucano de Futebol, entre o Central e o Náutico na tarde desse domingo (01) no Estádio Lacerdão. Um público de 14.080 pessoas, para uma renda de R$ 398.980,00. O que podemos considerar muito bom.

O Central foi melhor na primeira fase, tendo duas chances concretas de gol, aos 2 minutos com Fernando Pires, e aos 10 minutos com Vitão. Só aos 40 minutos é que o Náutico teve sua oportunidade, através do jogador Negreti. O restante do tempo, apenas jogadas aéreas, passes errados, muitas falta e nervosismo.

No segundo tempo, o Náutico já voltou com duas modificações: Junior Timbó e Fernandinho, além da entrada de Wendell  no lugar de Josa que saiu contudido. Antes porém, aos 5 minutos o jogador Leandro Costa cabeceou para uma grande defesa de Bruno. Outra modificação, desta feita no Central, foi a entrada de Paulo Fernando aos 12 minutos, no lugar de Eduardo.

As alterações do Náutico, fizeram  o time crescer e daí então o time timbu passou a predominar na partida. Aos 15 minutos Fernando Pires chuta forte por cima, enquanto que Ortigoza finaliza com perigo aos 17 minutos. No entanto, o Náutico colocava mais velocidade no jogo e o Central aceitava, até que aos 20 minutos saiu Douglas Carioca e entra Graciano.

Aí estava a tentativa do técnico Mauro Fernandes de aumentar a marcação do seu time, visto que o Náutico continuava melhor no jogo. Tudo indicava pela dificuldade que os times tinham de chutar contra os gols adversários que o jogo terminaria 0 x 0. Finalmente, aos 30 minutos Lucas Silva entrou no lugar de Itacaré.

Sem vencedor, as equipes ficam em igual condição para a segunda partida  domingo (08) na Arena de Pernambuco, considerado um campo neutro. A diretoria do Central, insatisfeita com a maneira de arbitrar de Péricles Bassols, que exagerou  nas paralizações, truncando demasiadamente o jogo, irá solicitar da Federação arbitragem de fora, no que está correta com essa reinvidação.

 

Blog de Airton Sousa: Quarta-feira de vitórias e espera-se o mesmo nesta quinta-feira

1.-LOGO-FUTEBOL-PE-FUNDO-TRASPARENTE

Jogando pela Copa do Brasil na noite dessa quarta-feira (14), o Náutico conseguiu uma suada porém, importante vitória de 1 x 0 frente ao Fluminense de Feira de Santana. Foi um jogo difícil, no entanto o time timbu foi valente e terminou se classificando para a próxima fase da competição.

O time baiano dominou o jogo o tempo todo, teve nada mais que vinte chutes perigosos para a meta do Náutico, onde o goleiro Bruno fez defesas incríveis, deixando a torcida confiante de que mesmo jovem, Bruno já é uma realidade no gol alvi-rubro. Enquanto isso, o Náutico estava recuado esperando o adversário.

A vitória premiou o Náutico em hum milhão e quatrocentos mil reais, que somados as premiações anteriores, totaliza a quantia de dois milhões e quinhentos mil reais, valor esse que dará uma tranquilidade financeira a diretoria, que já pode dá ao treinador Roberto Fernandes algumas peças com mais qualidade como reforços.

Enquanto isso, o Santa Cruz conseguiu a sua segunda vitória no Campeonato Pernambucano. Ao vencer ao Afogados, o tricolor saiu da incomoda zona de rebaixamento, somou 6 pontos e fechou a rodada na quinta colocação do Campeonato. O treinador tricolor não economizou elogios ao elenco, e garantiu que agora o torcedor pode ficar confiante.

O próximo jogo do Santa Cruz pelo Campeonato Pernambucano é contra o Náutico no Arruda, daí a importância do resultado contra o Afogados, que passa a transmitir mais confiança dentro do  próprio elenco. Aguarda-se novidades, pois a diretoria e o treinador estão em busca de novos e importantes reforços, com a qualidade que o elenco está necessitando.

Hoje à noite outra vez Pernambuco entra em campo, representado pelo Sport e Salgueiro. O rubro-negro joga na Ilha do Retiro, contra o Ferroviário do Ceará, com a obrigação de vencer. Por outro lado,  o Salgueiro tem um jogo muito difícil contra o Fluminense no Rio de Janeiro. Ambos os jogos serão pela Copa do Brasil.

Blog de Airton Sousa: Sport volta à zona de rebaixamento

                               sig

O Sport dormiu por uma noite, fora da zona de rebaixamento. Bastou acontecer o complemento da rodada, e tudo voltou ao que era antes. O time Leonino compondo a zona de rebaixamento, em razão dos resultados das equipes que a exemplo do Sport, também brigam para escapar da degola.

Os resultados deste domingo (26), nada ajudaram as pretensões do time Pernambucano. O Avaí que corre por fora, venceu ao Atlético do Paraná, pelo placar de 1 x 0, somando agora 42 pontos. O Vitória conseguiu um resultado surpreendente e espetacular. Estava perdendo por 2 x 0, com uma peça a menos, chegou ao empate e a virada, vencendo por 3 x 2,e chegando aos 43 pontos.

Como se não bastasse, o Coritiba perdeu para o São Paulo por 2 x 1, e parou nos 43 pontos, levando para a última rodada a sua manutenção na série A. Somente a Ponte Preta e Atlético de Goiás é que estão fora de qualquer chance de se manterem na divisão principal, em razão dos resultados do domingo (27).

Em Campinas, além da derrota e da chance de se manter na primeira divisão. A Ponte Preta deverá ser punida, em razão dos desmandos que aconteceram, o jogo foi paralisado aos 47 minutos do segundo tempo, por invasão de campo, do quebra- quebra dentro e fora de campo, ficando por medida de segurança, a partida foi  encerrada  pelo àrbitro.

Agora, ficou tudo para se decidir na última rodada, chegando ao ponto dos critérios além das vitórias, poderem decidir as duas vagas restante da competição. Falando do Sport, o time tem que vencer e ainda esperar por combinação de resultados dos concorrentes, no caso o Vitória e o Coritiba. Não dependendo apenas dele, o que é uma situação no mínimo preocupante e vexatoria.

Blog de Airton Sousa: Clássico em Pernambuco neste sábado à tarde

bbbbb
Com problemas clínicos dos dois lados, Náutico e Santa Cruz fazem um clássico importante na Arena de Pernambuco neste sábado (15), onde os dois treinadores estão demonstrando muita preocupação, pela contusão de jogadores importantes, causando alterações nos tricolores e alvi-rubros, o que provocará problemas na escalação dos dois times.

Pelo Náutico, o técnico Beto Campos não poderá contar com Gilmar, Vinicius e Breno Mota, atletas importantes no projeto do treinador. Em contra partida, a estreia do jogador Lenilson, ex – Guarani de Juazeiro é dada como certa. O Náutico vem de uma vitória contra o ABC, e um empate contra o Juventude. Futebol a parte, no domingo teremos as eleições do Náutico.

Por outro lado, o técnico Givanildo Oliveira, também tem problemas para escalar o seu time. O lateral esquerdo Roberto, peça importante no elenco,e que vinha atravessando uma boa fase, viajou na noite dessa quinta – feira (13) para Chapecó, e irá vestir a camisa da Chapecoense. Tiago Costa será o substituto, depois de muito tempo voltando ao time.

André Luiz, Primão, Bruno Paulo e Léo Lima, estão de volta e poderão ser utilizados pelo treinador. O Santa teve uma vitória contra o Brasil de Pelotas pelo placar de 3 x 0, na estreia do treinador Givanildo Oliveira, e um empate fora de casa contra a Luvendense. Sendo assim o técnico somou quatro pontos nos dois últimos jogos.

Quanto ao clássico deste sábado à tarde (15), para o Santa Cruz a vitória representará a aproximação do G – 4, enquanto que o Náutico, mesmo com uma vitória não sairá da zona de rebaixamento. Um empate, não será um bom resultado, no entanto para os tricolores é melhor do que para os alvi – rubros. Espera-se um bom público na Arena de Pernambuco.