Cachoeirinha-PE: A história de um povo e de uma terra contada no barro e no papelão

Acontece no Centro Pastoral de Cachoeirinha, a Exposição de Artesanato, pelo artista da Terra, Adelmo Calado. Artesão, Adelmo é um talento que de forma singular, representa as lembranças de sua infância através de obras belíssimas feitas de barro, e que estendeu seu talento para expressar a história do homem do campo e as tradições que o município carrega.

EDB72023-A4B2-40B1-9456-B2DB78C0E91B

Somando ao seu talento, outros artistas que tanto se destacam na Terra do Couro e do Aço, apresentam não só as suas peças, mas o amor pela arte e pela cultura.

A exemplo de Iraci Andrade, uma mulher que transforma pedaços de papelão em obras de arte e esculturas que dão forma à grandes artistas e personagens da bíblia. E tantos outros artistas que lá estão expondo seu talento.

2D11EDAA-C955-4C45-9339-03D50B396CCE

A exposição é aberta ao público e ficará até nesta sexta-feira (18).

Cachoeirinha-PE: A cultura da terra levada para o mundo pelas mãos de mulheres

Cachoeirinha é a cidade do Couro e do Aço. Ela carrega em suas raízes, uma tradição que surgiu desde o início de sua história e segue até hoje. Uma cidade que é reconhecida por conter as melhores peças de couro utilizadas pelo homem do campo e por aqueles que gostam de cavalgar, e de aço, que são modeladas manualmente pelos artesãos.

Nesta terça-feira (28) estivemos na Tenda das Mulheres, uma oficina de peças de couro que são minuciosamente feitas por mãos femininas. Dona Ritinha, comumente chamada, tem 60 anos e é uma das melhores fabricantes de sela da cidade. Com 15 anos, sua mãe lhe ensinou detalhadamente como fazer a peça e até hoje ela passa seus conhecimentos para suas companheiras.

IMG_20150728_152702012 IMG_20150728_153528040 IMG_20150728_153532308 IMG_20150728_153538228 IMG_20150728_153600549 IMG_20150728_153711664 IMG_20150728_154111576_HDR IMG_20150728_154118774_HDR IMG_20150728_154149144_HDR IMG_20150728_154157804 IMG_20150728_154345631_HDR IMG_20150728_154408564_HDR IMG_20150728_154507557_HDR IMG_20150728_154651380 IMG_20150728_154705604

IMG_20150728_155113094 IMG_20150728_155121746 IMG_20150728_155123973 IMG_20150728_155126083

Dona Ritinha trabalha com mais 04 mulheres, entre elas, Dona Leo. Na ocasião, ela nos contou que está com Dona Ritinha há 20 anos e hoje é uma grande artesã pelo fato de Ritinha ter sido a pessoa que lhe instruiu neste trabalho.

As duas artesãs nos contou com detalhe como funciona cada etapa de fabricação de uma sela e para isso, os instrumentos necessários são simples: faca, alicate, martelo. Veja a seguir nas fotos.

  •  A peça de madeira é coberta por uma camada de emborrachado e de esponja;

IMG_20150728_153902977

  •  Depois a peça é toda revestida com couro;

IMG_20150728_153927936

  • Outras peças são colocadas na sela e fixadas com pequenos pregos;

IMG_20150728_153933757

  • É acrescentado um acolchoado abaixo da sela e é feito o acabamento da mesma na máquina de costura;

IMG_20150728_153938568

Por fim, este é o resultado de todo essas etapas; uma verdadeira obra de arte criada por mãos talentosas e que se orgulham de seu trabalho.

IMG_20150728_153943320_HDR IMG_20150728_153948776_HDR IMG_20150728_153957149 IMG_20150728_154001628 IMG_20150728_154014977

Dora Ritinha irá receber no mês de Setembro uma premiação referente aos Mestres do Artesanato de Cachoeirinha, no evento Expouraço 2015, título este mais que merecido. A artesã falou sobre o significado do nome de seu local de trabalho ser Tenda das Mulheres, onde pelo fato de muitos homens que aprenderam a fazer selas com Dona Ritinha, não valorizaram seu trabalho. Desta forma, ela decidiu ensinar apenas para as mulheres.

Emocionada, Dora Ritinha encerrou suas palavras falando sobre o orgulho que ela sente ao ser uma mulher que trabalha há tanto tempo neste ramo artesanal, e que mesmo não tendo a oportunidade de ter estudado, hoje ela se sente realizada ao ver que seus filhos e netos foram e estão sendo letrados. Com lágrimas nos olhos, Dona Ritinha declarou que será artesã até o dia em que Deus lhe permitir.

Cachoeirinha é uma cidade que guarda muitas histórias que precisam ser contadas, como a de Dona Ritinha, e a TV Replay tem um enorme prazer em veicular para o mundo estas histórias, que no futuro se tornarão lembranças que transmitirão orgulho para as próximas gerações. Parabéns Dona Ritinha, por a senhora ser um exemplo de mulher e de artesã que bem representa a cultura cachoeirinhense.

dona leo 1 dona leo 3 dona leo dona ritinha 1 dona ritinha 2 dona ritinha 3 dona ritinha

TV REPLAY, O QUE É BOM SE REPETE!

Agrestina-PE: Cidades do agreste representam suas culturas no evento “Recife Antigo de Coração”

No último domingo (26), uma grande festa tomou conta do evento “Recife Antigo de Coração” durante a participação das cidades de Agrestina, Lagoa dos Gatos e Panelas, onde cada um dos municípios expôs em estandes as suas potencialidades locais. No evento, estiveram presentes os secretários de Turismo da cidade do Recife, Camilo Simões, e do estado de Pernambuco, Felipe Carreras.

Na ocasião, Carreras afirmou que o Governo do Estado apoiará o projeto “Rota 104″, apresentado oficialmente no domingo. Após um dia inteiro de atrações culturais, distribuição de folders informativos e comercialização de peças de artesanato e destaques da gastronomia, o saldo foi mais que positivo.

hj 28.07.15

A participação da cidade de Agrestina foi caracterizada por conter muita música e dança, onde foram apresentadas a Mazuca, hip hop, capoeira e danças populares. Os atores Ednilson Leite e Francisco Chicão encenaram esquetes de teatro humorístico, incluindo o público como ciclistas e transeuntes que foram conferir o evento “Recife Antigo de Coração”.

Além disso, estiveram vendendo os deliciosos alfenins; o doce de leite caseiro e as castanhas produzidas por membros da comunidade quilombola de Pé-de-serra dos Mendes. 

hj 28.07.15 12

hj 28.07.15 18hj 28.07.15 20Eliaquim Antônio foi um dos artesãos responsáveis pelas belas talhas em madeira que tornou a exposição das peças ainda mais prestigiada, já que muitos queriam conhecer o artista pessoalmente.

hj 28.07.15 22 hj 28.07.15 07

O artesanato ainda foi representado pelos chocalhos produzidos na Vila de Santa Tereza. As peças são feitas através de trabalhos manuais, artes plásticas e em tamanho natural feitas a partir da reciclagem de ferragens.

hj 28.07.15 05

hj 28.07.15 06“Toda a equipe se esforçou muito para apresentar a cidade com todas as potencialidades que ela tem e é muito bom ter conseguido atingir o objetivo” – disse o secretário de Cultura e Turismo da Agrestina, Josenildo Santos.

hj 28.07.15 21Josenildo comemorou também o fato de o secretário de Turismo de Pernambuco, Felipe Carreras, ter afirmado que estará presente na reunião que decidirá a forma como o Governo do Estado irá colaborar com o desenvolvimento da “Rota 104″.

“Foi ótimo, porque nem precisamos ir em busca dele. Isso só mostra que o projeto tem tudo para dar certo.” – analisou Josenildo.

hj 28.07.15 08Lagoa dos Gatos levou ao Bairro do São José o forró pé-de-serra, os bacamarteiros, o suco de coco, as artes manuais desenvolvidas pelas Negras de Fibra, a xilogravura de Ricardo Pessoa, entre outros.

Enquanto isso, a cidade de Panelas reverenciou o tradicionalismo dos violeiros, com Oliveira de Panelas e a deliciosa rapadura dos engenhos locais. O artesanato foi representados pelas peças em tapeçaria, bordado e pintura em tecido.

hj 28.07.15 10A Rota 104 propõe se tornar uma rota turística completa com opções de transporte, hospedagem, alimentação, serviço de atendimento ao turista, lazer e compras. Idealizado pelo município de Agrestina, o projeto surgiu através do desejo comum dos municípios cortados, ou margeados pela BR-104, para ofertar aos transeuntes todas as riquezas naturais, culturais e gastronômicas presentes nessa região do Estado.

A intenção é mostrar aos visitantes que durante todo o ano, os municípios possuem atrativos que vão de reservas ambientais a prédios históricos. A iniciativa partiu das Secretarias de Turismo de cada cidade, com a chancela da Associação dos Secretários e Dirigentes de Turismo de Pernambuco (Astur-PE) e da Prefeitura do Recife.

hj 28.07.15 09 hj 28.07.15 04 hj 28.07.15 17 hj 28.07.15 03 hj 28.07.15 16Texto: Decom
Fotos: Adriano Monteiro

TV REPLAY, O QUE É BOM SE REPETE!

Garanhuns-PE: Aesga é o maior polo de formação cultural do 24º Festival de Inverno

O Festival de Inverno também oferece opções de formação cultural. As ações que estão sendo realizadas na Autarquia de Ensino Superior de Garanhuns (Aesga) tiveram início na última segunda-feira (21) e seguem até a próxima sexta-feira (25). As oficinas oferecidas na unidade contemplam as áreas de artes cênicas, música, artes visuais, artesanato, literatura, cultura popular, e outras, além de workshops. As aulas são distribuídas entre os turnos da manhã e da tarde.

A Aesga abriga o maior número de oficinas e workshops no FIG. São mais de 20 ações realizadas no espaço. Uma dessas iniciativas é a oficina “O despertar para as joias artesanais”. As aulas acontecem das 14h às 18h. Alunos de Garanhuns e de outras cidades participam do momento que mostra a riqueza e a valorização desse tipo de trabalho. Vilma Rodrigues, de 47 anos, é natural de Santos (SP), mas mora em Garanhuns há oito anos. Há sete, participa de oficinas no Festival. “A maioria dos momentos que participei foram ligados à fotografia, esse ano quis inovar e estou adorando. Essas formações que acontecem durante o evento são uma forma de abrir a mente das pessoas. Muita coisa já mudou na minha vida com esses aprendizados”, contou.

O facilitador do curso é o mestre Nivaldo Jorge. Natural de Recife, é artesão há 33 anos e já apresentou essa oficina em quatro edições do Festival. “O objetivo dessa formação é mostrar aos alunos a importância do trabalho manual. Nosso intuito é lutar para que essa arte não se perca dando lugar a forma industrial de produzir joias. Esse jeito de fazer é muito mais precioso e dessa maneira nós estamos valorizando o artista, a mão de quem produz”, ressaltou o mestre.

O curso ensina a produzir alianças de prata. Segundo Nivaldo, esse é o primeiro processo para a fabricação de joias artesanais. Ao final das instruções, os alunos ganham um par de alianças que são produzidas por eles mesmos. Na sexta-feira (25), todas as joias serão expostas, durante toda a tarde, no Pavilhão de Artesanato instalado no Parque Euclides Dourado. Após isso, os alunos receberão os certificados de conclusão.

Fotos: Samara Pontes

Fotos: Samara Pontes

unnamed (2)

 

unnamed

TV Replay, o que é bom se repete!

Caruaru-PE: “Desde os 12 anos de idade preparo este presépio…” Conheça o trabalho do Sr. Constantino!

O repórter Jorge Casagrande visitou a residência do Sr. Constantino, no bairro Boa Vista I, na Rua Agrestina, para conhecer o trabalho do mesmo, um presépio artesanal, de 20 m2, confeccionado desde os 12 anos de idade por este artista e que encontra-se aberto para visitação.

constantino

Confira!

TV Replay, o que é bom se repete!

Olinda-PE: Os mosaicos de Freedom Cavalcanti

Além de atriz, dançarina e hoster  no restaurante Beijupirá, Freedom Cavalcanti é o mais novo destaque em trabalhos com mosaicos de Olinda.

Desde 2005 ela decidiu transformar o que era hobie  em mais uma fonte de renda para sua família e assim se profissionalizou. Em quase uma década de trabalho, ela já não sabe dizer quantas centenas de peças já foram produzidas em seu ateliê domiciliar, que  localiza-se no Bairro Novo.

Tendo participado de exposições como: Arte em Toda Parte e FENEARTE, a mosaicista já teve trabalhos seus exportados no Canadá, França e Itália. Mas é no restaurante em que trabalha, na Cidade Alta de Olinda, que tem sua arte exposta permanente através de peças confeccionadas exclusivamente para a casa.

Quem quiser saber mais sobre seus trabalhos deve acessar sua fan page :

Freedom Cavalcanti, ou acessar sua página no endereço: http://freedommosaicos.wordpress.com/

 “Acaba sendo uma sustentabilidade. Garrafas e caixas de charutos que iriam para o lixo, por exemplo, eu as transformo em arte. As flores são feitas de palha de coqueiro. Tudo é sustentável. Inclusive através de reaproveitamento e reforma de balcões e móveis”, diz Freedom

 

Foto: Marta Arabyan

Foto: Marta Arabyan

DSC_0032DSC_0039DSC_0027DSC_0021

 TV Replay, o que é bom se repete!

Projeto de Artesanato e geração de Rendas

A Sec. De desenvolvimento Econômico de Goiana, ofereceu 600 vagas para 22 cursos em artesanato.

Foram formados 24 turmas nos cursos de pasta design, caderno, design de sobrancelhas e rena, design em unhas, lápis decorativo, sacolas, sabonetes, vela, caixa de madeira, bolas e muito mais.

Os cursos tiveram sua inicialização no dia 13 e seu termino no dia 15 de setembro.

O projeto teve como meta apresentar as necessidades de demanda que são necessárias em Goiana, mediante os grandes investimentos que estão se instalando na região.

Todas as aulas foram realizadas na sede da Sec. De Desenvolvimento Econômico , no centro de Goiana, em parceria com a Redimix, Momento Construções, Marmoraria Goiana, Canaã Poupa de Frutas, Guabi Rações e a Prefeitura da Cidade de Goiana.

 

Segundo a Secretaria de Desenvolvimento a Sra. Euma Tavares, … nossa proposta é incentivas a pratica do artesanato como alternativa de geração de renda, troca de experiências, lazer, integração e auto valorização da população…

Tv Replay, o que é bom se repete.