Garanhuns-PE: Aesga é o maior polo de formação cultural do 24º Festival de Inverno

O Festival de Inverno também oferece opções de formação cultural. As ações que estão sendo realizadas na Autarquia de Ensino Superior de Garanhuns (Aesga) tiveram início na última segunda-feira (21) e seguem até a próxima sexta-feira (25). As oficinas oferecidas na unidade contemplam as áreas de artes cênicas, música, artes visuais, artesanato, literatura, cultura popular, e outras, além de workshops. As aulas são distribuídas entre os turnos da manhã e da tarde.

A Aesga abriga o maior número de oficinas e workshops no FIG. São mais de 20 ações realizadas no espaço. Uma dessas iniciativas é a oficina “O despertar para as joias artesanais”. As aulas acontecem das 14h às 18h. Alunos de Garanhuns e de outras cidades participam do momento que mostra a riqueza e a valorização desse tipo de trabalho. Vilma Rodrigues, de 47 anos, é natural de Santos (SP), mas mora em Garanhuns há oito anos. Há sete, participa de oficinas no Festival. “A maioria dos momentos que participei foram ligados à fotografia, esse ano quis inovar e estou adorando. Essas formações que acontecem durante o evento são uma forma de abrir a mente das pessoas. Muita coisa já mudou na minha vida com esses aprendizados”, contou.

O facilitador do curso é o mestre Nivaldo Jorge. Natural de Recife, é artesão há 33 anos e já apresentou essa oficina em quatro edições do Festival. “O objetivo dessa formação é mostrar aos alunos a importância do trabalho manual. Nosso intuito é lutar para que essa arte não se perca dando lugar a forma industrial de produzir joias. Esse jeito de fazer é muito mais precioso e dessa maneira nós estamos valorizando o artista, a mão de quem produz”, ressaltou o mestre.

O curso ensina a produzir alianças de prata. Segundo Nivaldo, esse é o primeiro processo para a fabricação de joias artesanais. Ao final das instruções, os alunos ganham um par de alianças que são produzidas por eles mesmos. Na sexta-feira (25), todas as joias serão expostas, durante toda a tarde, no Pavilhão de Artesanato instalado no Parque Euclides Dourado. Após isso, os alunos receberão os certificados de conclusão.

Fotos: Samara Pontes

Fotos: Samara Pontes

unnamed (2)

 

unnamed

TV Replay, o que é bom se repete!

Garanhuns-PE: Casa Galeria Galpão abriga diversas artes no Festival de Inverno

O prédio do antigo fórum se transforma em um abrigo de pura cultura e arte nesse 24º Festival de Inverno. O local é palco de diversas atrações, entre fotografia, artes plásticas, artes visuais e dança. Os visitantes do local também poderão conseguir informações sobre as intervenções artísticas que acontecem nas ruas de Garanhuns. O espaço funciona das 16h às 21h e é localizado na Avenida Dantas Barreto, 34, bairro Santo Antônio. A Casa Galeria Galpão segue com programação até o sábado (26).

A Casa Galeria Galpão é rica em detalhes. Todas as salas e espaços montados foram desenvolvidos com um capricho especial de seus idealizadores. A novidade, para este ano, foi o palco montado no interior do espaço para as apresentações de dança.

Entre as diversas artes expostas, inclusive de artistas de Garanhuns, destacam-se “Memória da Pedra”, de Iezu Kaeru, “Instantâneas de África”, de Diego de Niglio; “Planos, entrelaçamentos e a memória”, de Janaina Castoldi; “Coração: Desenhando afetos”, de Java Araújo; “Beco Vernacular” de Arthur Braga, Helder Herick e Janaína Branco; “Transformação Íntima do Corpo Huma-Nu”, da artista eslovaca e mestre em artes visuais Maria Bieliková, “Casa de La Nina – Circograma” de Sabrine Souza e Nadielly de Souza, entre outras.

Outro destaque na Casa é a exposição “Sobre as Sete Colinas”, de Camille Alexis. A parede pintada logo na entrada da galeria contém belíssimas imagens que contam os primórdios da cidade das flores. Trechos de conflitos com os quilombolas, os detalhes do desenvolvimento de fazenda à vila e consequentemente cidade, são uns dos exemplos.

Fotos: Samara Pontes

Fotos: Samara Pontes

unnamed (1)

 

unnamed

TV Replay, o que é bom se repete!

Garanhuns-PE: Artistas foram contratados pela Secretaria de Cultura para o FIG 2014

A Secretaria Municipal de Cultura está contratando diretamente para a 24ª edição do Festival de Inverno de Garanhuns, os artistas selecionados pela convocatória municipal, para compor a grade de programação em várias linguagens culturais. O evento multicultural, que já é consolidado como um dos maiores da América Latina, irá contar mais uma vez com a participação de músicos, bandas locais e vários artistas que atuam em outros segmentos, como, por exemplo, oficinas, literatura, artes visuais, palestras, moda e design.

A Secretaria também indicou à Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (Fundarpe), 10 atrações da cidade que foram habilitadas pela convocatória nacional para serem contratados pelo Estado, também de diversas linguagens culturais.

De acordo com a Secretaria, o valor total dos cachês ficou em torno de 130 mil reais. Outras atrações locais de alguns Cras da cidade, instituições municipais e da região, foram indicadas para se apresentarem voluntariamente em alguns pontos do Festival, a exemplo do Casarão das Artes e no Palco da Cultura Popular. “Nós ainda estamos definindo essa questão, mas as indicações foram feitas, assim como no ano passado”, destacou a secretária de Cultura, Cirlene Leite.

unnamed

TV Replay, o que é bom se repete!

Caruaru-PE: Nação Cultural chegou a cidade

Com proposta de divulgar a cultura e disseminá-la pelos quatro cantos do estado, o Pernambuco Nação Cultural aporta em Caruaru cheio de boas atrações. O evento terá início no sábado, 10, e se estende até o domingo, 18. O PE Nação Cultural é uma parceria do Governo do Estado com a Prefeitura de Caruaru.

E quem gosta de teatro, música, dança, artes visuais, artes plásticas, circo, poesia, literatura e artesanato não pode dormir no ponto. Já no sábado, uma programação deliciosa em homenagem ao Rei do Baião, no Polo Cultural da antiga Estação Ferroviária. A partir das 20h, o espetáculo Gonzagão – A lenda será uma ótima oportunidade para conhecer um pouco mais da história do homem que dedicou sua vida à música e à cultura popular.

No decorrer da semana, uma programação vasta estará à disposição dos caruaruenses por toda a cidade: zona rural, teatros, praça pública e parque ambiental serão utilizados para apresentar as atrações do festival.

Para o diretor de Ações Culturais, Djair Vasconcelos, o PE Nação Cultural é uma boa oportunidade para ter contato com as produções culturais do estado inteiro. “O festival nos permite o deliciamento com a nossa própria cultura, que às vezes é tão distante. Essa é uma forma interessante de consumir o que os pernambucanos estão produzindo”.

Segue programação:

PALCO NAÇÃO CULTURAL – ESTAÇÃO FERROVIÁRIA

10/05 – Sábado – 20h – Espetáculo “Gonzagão – A Lenda” (de João Falcão – RJ) Estação Ferroviária.

15/05 – Quinta-Feira – 21h – Projeto Garagem – Bandas locais.

16/05 – Sexta-Feira – 22h – Israel Filho
23h – Almério
0h – Silvério Pessoa
17/05 – Sábado – 22h – Petrucio Amorim

23h – Cantoria (Maciel Melo e Xangai)
0h – Maestro Spok
18/05 – Domingo – 22h – Arthur Moreira Lima

ARTES CÊNICAS – SESC CARUARU – TEATRO RUI LIMEIRA ROSAL

14/05 – Quarta-Feira – 20h – [DANÇA] Terra – Grupo Grial – Recife-PE.

16/05 – Sexta-Feira – 15h30 – [TEATRO PARA INFÂNCIA E JUVENTUDE] Era Uma Vez Um Rio – Cênicas Cia. de Repertório – Recife-PE.

17/05 – Sábado – 20h – [TEATRO ADULTO] Um Inimigo do Povo – Grupo de Teatro Cena Aberta – Caruaru-PE.

ARTES CÊNICAS – PARQUE SEVERINO MONTENEGRO – CARUARU

15/05 – Quinta-Feira – 17h [CIRCO] O Homem Mágico – Mickael Marvey – Recife – PE.

16/05 – Sexta-Feira [CIRCO] Cabaré – Cia. Brincantes de Circo – Recife – PE.

17/05 – Sábado [CIRCO] Picadeiro Pernambuco – A Tradição Milenar – Centro Carcará – Cabo de Santo Agostinho-PE.

AUDIOVISUAL

15/05 – Quinta-Feira – 19h – CINEMA NA ESTRADA – Exibição de curtas pernambucanos e nacionais com os filmes: A Menina da Boneca (PE), dir. André Pinto, Quinha (PE), dir. Caroline Oliveira, O Cangaceiro (PE), dir. Marcos Buccini, Meu Amigo, meu avô (DF), dir. de Renan Montenegro, Urânio Picuí (PE), dir. Antônio Carrilho e Tiago Melo, Os Sonhos do Divino e o Espírito Santo do Silêncio (SP), dir. Claudia Pinheiro, Cowboy (RJ), dir. Tarcísio Lara Puiati, com conversa após sessões (Carla Francine e Mauro Lira). Comunidade Malhada da Pedra.

16/05 – Sexta-Feira – 19h – Comunidade Murici – Serra dos Cavalos.

17/05 – Sábado – 19h – Comunidade do Bairro do Alto do Moura.

18/05 – Domingo – 20h – [MOSTRA ADULTA] Exibição do longa metragem Febre do Rato, seguido de debate com o diretor Claudio Assis Auditório do Museu do Barro ou Centro Cultural José Condé.

LITERATURA
Horário a definir. A Gente da Palavra com dois poetas de Recife e 02 de Caruaru.
Livros Livres Locais Públicos de Caruaru.

CULTURA POPULAR – ENCONTRO DE PIFEIROS
15/05 – Quinta-Feira – 18h – Banda de Pífano Flor de Taquary MUBAC – Museu do Barro de Caruaru
Banda de Pífano Dois Irmãos
Banda de Pífano Alvorada
Banda da Terceira Idade
Banda de Pífano Princesa do Agreste
Banda de Pífano Zé do Estado
Edmílson do Pífano
Banda de Pífano Mestre Vitalino
Banda de Pífano Cultural

ARTESANATO
15 e 16/05 – Qui e Sex – 14h – Visita Pedagógica ao Museu do Barro por alunos de Escola Pública MUBAC – Museu do Barro de Caruaru

FOTOGRAFIA
13 a 18/05 – Ter a Dom – Das 10h às 20h – Exposição Coletiva VI Concurso de Fotografias Pernambuco Nação Cultural.

ARTES VISUAIS
Local e horário a definir – Mural Intervenção Artística Peixe Fora D’agua por Nando Zêve

PATRIMÔNIO
Horário a definir – Quinta-Feira – Caminhada do Patrimônio Espaços públicos com Patrimônios em Caruaru.

ECONOMIA CRIATIVA
Local e horário a definir – Exposição Prêmio Brasil Criativo: Os Criativos Fazem a Diferença MUBAC – Museu do Barro de Caruaru.

Foto da Internet

Foto da Internet

TV Replay, o que é bom se repete!