Cachoeirinha-PE: Prefeitura intensifica “fumacê” no Rio Una para combater muriçocas

A Prefeitura de Cachoeirinha, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, intensificou o trabalho de combate ao mosquito Cúlex, vulgarmente conhecido por pernilongo, pernilongo-comum ou muriçoca. Para isso, agentes de endemias e equipe técnica da secretaria iniciaram nesta sexta-feira (23) a aplicação de larvicida e inseticida no Rio Una e imediações. O objetivo é acabar com o ciclo biológico da espécie, atingindo especialmente as larvas do mosquito. A pulverização de inseticida, popularmente conhecido como “fumacê” é uma das principais armas para acabar com as larvas e mosquitos.

“Foi feito há poucos dias a limpeza do rio, e agora estamos realizando uma verdadeira operação de guerra de combate ao pernilongo. Esta é uma ação para eliminar os criadouros.” – Destacaram os agentes

Porém, para que a ação tenha êxito, é necessário a participação ativa da sociedade. É preciso que seja evitado jogar lixo no rio e aguardar o dia em que o carro coletor do lixo passe pelas ruas. 

Vale ressaltar que o foco dos pernilongos, ou comumente chamado no nordeste brasileiro de muriçocas, se alojam em lugares onde há grande número de vegetação, como árvores, matos e também em água armazenada como em caixas d’água, vasos de plantas, pneus parados, garrafas, etc.

A visita domiciliar em busca de criadouros será intensificada pelos agentes, trabalho que já é realizado diariamente no município e na zona rural.

1

Fotos: Reprodução/Divulgação

2 3 4 5 6 7 8 9 10

Cachoeirinha-PE: Dia de Mobilização para Combate ao Aedes aegypti une secretarias que pedem conscientização da população

Este sábado, dia 13 de fevereiro de 2016, foi considerado o “Dia D” da campanha de combate ao mosquito Aedes aegypti, o transmissor das doenças que têm acometido grande parte da população brasileira e se alastrado também para fora do país, sendo elas a Dengue, Chikungunya e Zika Vírus.

A cidade de Cachoeirinha, situada no Agreste Pernambucano, participou desta mobilização juntamente com 349 outras cidades do estado pernambucano. As secretarias de Saúde, Transporte, Obras e Administração, junto dos seus representantes, uniram-se nesta ação, com os agentes de saúde, agentes de endemias e demais funcionários, e estiveram na manhã deste sábado realizando a limpeza do Rio Una e percorrendo as áreas ribeirinhas, entregando panfletos e colando cartazes em pontos comerciais.

IMG_20160213_084120523 IMG_20160213_084259059 IMG_20160213_084331315 IMG_20160213_084447624 IMG_20160213_084506301 IMG_20160213_084614660 IMG_20160213_084654803 IMG_20160213_084708584 IMG_20160213_084730127 IMG_20160213_084948679 IMG_20160213_085006142

IMG_20160213_094022324 IMG_20160213_094028758 IMG_20160213_094033242 IMG_20160213_094038364 IMG_20160213_094430693 IMG_20160213_094943536 IMG_20160213_095010014

IMG_20160213_090540571

IMG_20160213_090553984 IMG_20160213_090629078_HDR IMG_20160213_090701226 IMG_20160213_091251295_HDR IMG_20160213_091348539_HDR IMG_20160213_091428106 IMG_20160213_091453501_HDR IMG_20160213_091817929 IMG_20160213_091844864 IMG_20160213_092423564 IMG_20160213_092637593 IMG_20160213_093328091 IMG_20160213_093359605 IMG_20160213_093658037 IMG_20160213_093951870_HDR

O secretário de transporte, Roberto Simões, o Fiscal Geral Jailson e o secretário de saúde do município, Sílvio Romero Ramos, estiveram acompanhando toda a mobilização. O Sr. Sílvio explicou como os trabalhos preventivos estão sendo executados.

“Estamos fazendo a limpeza do Rio Una e dos principais focos suspeitos de conter larvas do mosquito. Os funcionários das secretarias de Obras e Transporte ficaram responsáveis pela limpeza das passagens molhadas, onde as máquinas retiraram sujeiras e vegetação ao redor do rio, e assim, realizaram um trabalho de drenagem nestes locais, desobstruindo os encanamentos. Além disso, os agentes de saúde e de endemias ficaram com a questão preventiva e de conscientização da população, onde todos estão entregando panfletos e informando o que as pessoas devem fazer para prevenir a proliferação do mosquito Aedes aegypti.” – afirmou o secretário Sílvio Ramos.

Roberto, Jailson e Silvio respectivamente

Roberto Simões, Jailson e Silvio Romero, respectivamente

Segundo o ministério da saúde, 80% dos focos do Aedes aegypti ficam localizados nas residências da população. Mas, de que forma? Em recipientes contendo água parada como pneus, garrafas plásticas ou de vidro, caixas d’água e jarros de flores. Durante o percurso dos agentes pelas ruas da cidade, fatos como o acúmulo de lixo foram ressaltados pelos especialistas da saúde, onde materiais, como um simples copo plástico ou qualquer outro que tenha a capacidade de armazenar água, por menor quantidade que seja, há o risco da proliferação das larvas, podendo se tornar foco do mosquito. Sendo assim, os agentes solicitavam e alertavam a população para que colocassem os seus resíduos em suas respectivas ruas apenas no dia da coleta do lixo, respeitando assim não só a questão da infestação do mosquito, mas também o meio ambiente.

A agente de endemias Ana Paula Azevedo, ela que é responsável por cobrir toda a área do Distrito de Cabanas, mas que também esteve presente na mobilização deste sábado (13) na zona urbana, falou sobre a importância da realização da campanha e afirmou que a parceria entre população e órgão público, no que diz respeito ao combate ao Aedes aegyppi, é indispensável para a redução dos problemas que este mosquito tem causado para a população.

“Continuar o trabalho informativo e de conscientização é muito importante. Neste dia de campanha, estamos trabalhando juntos para chamar a atenção da população por meio da visita aos moradores. A falta de conscientização e dos cuidados por parte da comunidade tem apresentado falhas e por meio desta ação, todos poderão perceber que o município tem providenciado a solução dos problemas, mas a parceria da população é imprescindível. Os tratamentos estão sendo realizados, há materiais para trabalho, os médicos que atuam no nosso município foram capacitados para o tratamento das doenças, o que falta apenas é a população em geral se conscientizar e cada vez mais contribuir com as ações de combate.” – explicou a agente Ana Paula.

Ana Paula - Agente de endemias

Ana Paula – Agente de endemias

É importante ressaltar que há 09 agentes de endemias atuando no município e no distrito de Cabanas, além dos agentes de saúde dos PSF’s (Programa Saúde na Família) de cada bairro. No período de um ano, os agentes de endemias têm a responsabilidade de cumprir 06 ciclos, ou seja, a cada dois meses esses profissionais visitam as mesmas residências, onde na ocasião, são colocadas larvicidas nas cisternas ou reservatórios de água. No início de cada ciclo, por meio do LIRA (Levantamento de Índice Rápido), os agentes fazem a coleta de larvas e as encaminham para os laboratórios, sendo esta uma forma de alertar os responsáveis pela fiscalização da proliferação do Aedes aegypti no município.

Diante disto e do surto das doenças transmitidas pelo Aedes aegypti que o Brasil está passando, a colaboração da comunidade é mais do que necessária, pois enquanto os agentes cuidam das residências, visto que os principais focos do mosquito estão nestes locais, as pessoas podem fazer a sua parte não depositando lixo nas ruas, não deixando água parada em suas casas e sendo um aliado de toda a equipe que está engajada nesta ação de combate ao mosquito.

Ainda é importante frisar que toda informação que tenha como princípio o combate ao Aedes, é válida, e ela não precisa ser veiculada apenas por especialistas da saúde. Um exemplo disso acontece nesta cidade, onde durante visita nas residências, um agente presenciou o fato de uma idosa que antes não utilizava-se das atitudes preventivas, agora colocado-as em prática, uma vez que segundo ela, o Padre Elias, ele que é o pároco da Igreja Católica do município, havia alertado os fiéis sobre os perigosos do mosquito, nas celebrações das missas presididas pelo mesmo.

Jovens, Adultos e Idosos, façam a sua parte. Mamãe e Papai, sejam exemplos para os seus filhos. O papel de educar não cabe apenas aos professores ou aos agentes de saúde e endemias, mas sim das atitudes tomadas dentro de suas próprias casas.

IMG_20160213_084900628 IMG_20160213_092531069_HDR IMG_20160213_092602854 IMG_20160213_100551580_HDR

 

TV Nova Replay

Garanhuns-PE: Vereadores da cidade aprovam piso salarial para agentes de endemias

Nesta terça-feira (03), o Legislativo Municipal de Garanhuns aprovou por unanimidade em segunda votação, o projeto de Lei Nº 025/2014 do Governo Municipal, que equiparou o piso salarial dos agentes de endemias em R$ 1.014 reais. O valor equivale ao incentivo nacional, como recebem os agentes comunitários de saúde do município. O projeto segue agora para sanção do Prefeito Izaías Régis.

O presidente da Câmara Municipal Audálio Ramos Filho, destaca que a parceria entre o Executivo e o Legislativo, juntamente com o SINDACS/PE, foi essencial para essa conquista dos Agentes de Endemias: “A equiparação salarial proporcionou um ganho real de mais de R$ 300,00 reais aos Agendes de Endemias, já que os mesmo recebiam R$ 738,00 e passarão a receber R$ 1.014,00 reais, o aumento incide também sobre a insalubridade e o quinquênio”.

Mais uma vez a sessão contou com a presença massiva dos Agentes Comunitários e de Endemias, que aplaudiram ao final a aprovação do projeto.

unnamed

TV Replay, o que é bom se repete!

Caruaru-PE: Carlos Santos é atendido pelo Poder Executivo e Agentes de Saúde são beneficiados

Durante a 3ª Reunião Ordinária da Câmara de Vereadores de Caruaru, ao usar a tribuna, o Vereador Carlos Santos (PRB), falou sobre a parada de advertência, realizada na última sexta-feira (02.05), dos Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Endemias. O edil usou a tribuna na reunião da semana passada, falando em nome dos Agentes, pedindo providências ao Prefeito José Queirós (PDT), que o atendeu.

Confira!

1

TV Replay, o que é bom se repete!

Caruaru-PE: Carlos Santos defende Agentes Comunitários de Saúde e Endemias

Na 22ª Reunião Ordinária da Câmara de Vereadores de Caruaru, na noite desta terça-feira (29.04), o Vereador Carlos Santos (PRB) usou a Tribuna e falou sobre o trabalho realizado pelos Agentes Comunitários de Saúde e os Agentes de Endemias de Caruaru. Categoria esta que decidiu em Assembléia Extraordinária essa semana, fazer uma Paralisação de Advertência, pedindo melhores salários ao Poder Executivo Municipal. O Vereador Carlos Santos (PRB), concedeu entrevista a reportagem da TV Replay falando detalhes sobre o assunto.

30 04 14 Caruaru-PE - Sessão da Câmara.Still002TV Replay, o que é bom se repete!

Caruaru-PE: Queiroz entrega novos fardamentos e equipamentos de proteção individual a agentes de endemias

O prefeito José Queiroz fez a entrega simbólica dos novos fardamentos e kits de EPI (Equipamento de Proteção Individual) a agentes de endemias e servidores ligados à Vigilância em Saúde, no final da manhã desta quarta-feira (23), no auditório da Secretaria de Saúde. A solenidade contou com  a presença da Secretária de Saúde, Aparecida Souza, além de coordenadores e diretores ligados à Vigilância Sanitária e de Saúde.

Mais de 300 agentes receberam os novos fardamentos, que são confeccionados em tecido com tecnologia que protege a pele dos raios solares e produtos químicos. “Compramos camisas com tecidos Dry-Fit, feitos com microfibras de última geração que facilitam o transporte do suor para o exterior do tecido, acelerando a secagem, mantendo o corpo seco e a temperatura estável, além de proteger a pele da radiação solar”, explica a secretária Aparecida Souza.

O agente de saúde, Paulo Mariano, representando a classe, agradeceu ao prefeito e enfatizou que foi na gestão dele, que os agentes foram valorizados. “Trabalho há 16 anos no combate à dengue e foi na sua gestão que fomos efetivados e valorizados. Hoje temos material de grande qualidade para desempenharmos nossas funções.”, declarou Mariano. O Kit entregue aos servidores é composto por duas camisas, calça jeans, botina de couro, macacão de manga longa, macacão com tecnologia hidrorrepelente, bolsa em lona com quatro divisões e protetor solar.

Os coordenadores e supervisores também estão sendo contemplados com camisas sociais em tecido com o símbolo da bandeira do município. Paulo Florêncio destaca que os macacões de manga longa possuem dois tipos de tecnologia: Rip Stop e hidrorrepelência. “A primeira é um tecido leve, porém altamente resistente ao fogo e que protege a pele do contato com produtos químicos. Já os macacões de hidrorrepelência são constituídos de tecidos de fibras sintéticas que recebem uma aplicação hidrorrepelente de flúor/carbono em suas fibras, dando proteção contra respingos e névoas tóxicas na aplicação de produtos químicos”, informa Florêncio.

749-360-91933357

TV Replay, o que é bom se repete!

Caruaru-PE: Louro do Juá diz que fardamento de agentes de endemias não serve nem pra pano de chão

20131122-093250

O vereador Louro do Juá (PS) usou a Tribuna da Câmara para fazer uma grave denúncia contra a secretaria de saúde. Segundo Louro, os agentes de endemias do município, estão trabalhando com fardamento que não serve nem para pano de chão. O parlamentar apresentou uma das camisas que os agentes usam totalmente rasgada. De acordo com Louro, os servidores são obrigados a vestir o fardamento.

Em aparte, o vereador Gilberto de Dora, informou que o fardamento é do tempo ainda de quando ele foi diretor. A situação gerou intenso debate na Casa, o que acabou sendo o assunto dominante da sessão ordinária. A foto é de Vladimir Barreto/Ascom Câmara.

Assista, comente, curta, compartilhe e divulgue. Mande sugestões e críticas.

Nossos contatos:

Facebook: TV REPLAY

Email: tvreplay@tvreplay.com.br

Site: www.tvreplay.com.br

Confira!

TV Replay, o que é bom se repete!

Fonte: http://blogdomarioflavio.com.br/vs1/

Canhotinho-PE: Votação do projeto 030/2013 – De autoria da Vereadora Aline Oliveira – Efetivação dos agentes de endemias

Na 12ª Reunião do 2º Período Legislativo de 2013, ocorrida na última quinta-feira, (10), aconteceu, entre outros assuntos relevantes, a 2ª e última discussão e votação do projeto 030/2013 – de autoria da Vereadora Aline Oliveira – Tratando da efetivação dos agentes de vigilância epidemiológica. Confira:

Aline Oliveira – Peço carinhosamente aos nossos amigos vereadores que votem sim, pela efetivação deles e muito obrigada.

Célio Amorim -  Vereadora, você está de parabéns por essa indicação, mas essa efetivação era pra ter sido muito tempo antes, desde a época dos agentes comunitários de saúde, porque os agentes epidemiológicos têm um papel tão importante aqui no município quanto de um médico, de um enfermeiro. Os agentes que fazem o combate e prevenção de doença de chagas, dengue, esquistossomose, entre outras doenças que podem ocorrer, então você está de parabéns, a minha tristeza é que essa efetivação não foi feita antes, era pra ser muito antes, esse povo merece. Eu quando era secretário de saúde dava o maior apoio aos agentes comunitários de saúde e os agentes de epidemiologia que são profissionais que precisam ser valorizados, bem valorizados e motivados, porque são pessoas que trabalham na prevenção de doenças. Meu muito obrigado, meu voto vai ser sim.

Edilberto Barbosa – Vereadora, a Senhora está de parabéns, a Senhora está demonstrando pra que veio, o papel do vereador é esse, e jamais eu vou votar contra qualquer coisa que venha beneficiar o servidor público. Eu acho que se tem o poder no município, as autoridades tem que se preocupar é com o servidor público, é aquele que está sempre no ar, é o professor, é o agente, eu acho que agora a câmara de vereadores está tomando um rumo certo, apresentando proposta pra defender as categorias. Eu jamais votaria contra uma indicação da Senhora, quando a Senhora vem aqui nessa tribuna com esse seu olhar, já deixa eu aqui pra votar “cego”, eu voto sem ler o seu projeto, e principalmente pra esse povo que vive na minha terra, na minha casa, eu ia dizer o que aqui? Então eu vou votar sim nesta e em qualquer outra que a Senhora precisar, menos na minha cassação.

Érico Vilaça – Quando se efetivou os agentes de saúde deveria ter efetivado também os de endemias, porque são praticamente as mesmas atribuições, no entanto a insalubridade dos agentes de endemias tem um peso até maior, pois infelizmente no nosso município ainda existem algumas endemias, então acho que nada mais justo do que compensar a injustiça que foi feita na época, eu acho que esses profissionais deveriam ser incluídos em uma categoria só, com as mesmas atribuições, no entanto com serviços diferentes, a gente sabe a importância que cada um tem, a gente conhece cada agente aqui de Canhotinho e sabemos que eles têm uma grande importância na saúde de nosso município, e todos sabem que hoje nós temos que trabalhar com prevenção, porque quando chega no hospital já é com uma situação muito complicada, seria mais barato fazer um trabalho preventivo. Pois é isso Vereadora, conte conosco.

Josias Veloso – Eu fico feliz com essa indicação da Vereadora Aline, mas é bom que vocês saiam daqui sabendo que é uma indicação que ela está fazendo ao prefeito Felipe Porto para que vocês sejam efetivados, a indicação vai ser aprovada com certeza, agora a efetivação fica dependendo do prefeito, vocês não vão sair daqui efetivados, é a indicação que vai ser aprovada, mas a aprovação da indicação vai depender do executivo. Mesmo havendo essa efetivação, é bom que se observe as leis, ver se estão dentro dos parâmetros, para que no futuro ninguém seja penalizado.

Sérgio Vilela – Este indicação vai ser votada, e se aprovada vai ser encaminhada para o poder executivo, que, se aprovada novamente, irá retornar a essa casa para efetivação, onde novamente será entrada em votação, então quer dizer, o projeto da Vereadora é de suma importância, parabéns como os demais vereadores parabenizaram, mas existe esse caminho, e com certeza o prefeito vai acatar essa indicação e, logo logo estará essa matéria aqui na câmara pra gente colocar em votação.

Votação do projeto 030/2013 – De autoria da Vereadora Aline Oliveira – Trata da efetivação dos agentes de vigilância epidemiológica

Projeto aprovado por unanimidade de todos os vereadores presentes.

DSCF3137 DSCF3298 DSCF3300 DSCF3301 DSCF3302

TV Replay, o que é bom se repete!