Pernambuco: Governador João Lyra Neto garante incentivo para recuperação do comércio de Abreu e Lima

“Além de manter a ordem e a segurança pública, nós estamos preocupados em realizar diversas ações no município de Abreu e Lima, no sentido econômico e social”. Foi o que afirmou o governador João Lyra Neto, nesta terça-feira (27), durante reunião com lideranças de Abreu e Lima, município localizado na Região Metropolitana do Recife.

Além de se comprometer em intermediar questões antigas, como o desvio da BR-101, João Lyra Neto se mostrou disposto a reforçar as políticas públicas no município. O encontro aconteceu na Sede do Governo de Pernambuco, no Palácio Campo das Princesas e contou com a presença do secretário da Casa Civil, Luciano Vasquez. Para o governador, após os recentes incidentes de vandalismo e violência registrados no município, o Estado deve intensificar a sua atuação e garantir a manutenção da ordem.

“Eu deixei que tudo ficasse mais calmo no município para que pudéssemos fazer uma reunião mais ampla e debater outros assuntos”, completou João Lyra, explicando que as questões sociais no município devem ser analisadas com atenção.

“Nós recebemos algumas demandas que não são apenas de responsabilidade do Governo de Pernambuco. Alguns pontos dependem da prefeitura e do Governo Federal, a exemplo da BR-101, rodovia que corta o município de Abreu e Lima, causando transtornos à população”, destacou o governador, garantindo que todas as demandas apresentadas serão analisadas e atendidas na medida do possível. “O está previsto em Lei nós vamos fazer, e o que não estiver vamos fazer o maior esforço para atender”, completou.

Sobre o comércio, um dos setores prejudicados com os saques e roubos da última semana, o governador garantiu que vai apoiar os comerciantes no que for possível. “O que foi solicitado hoje pela Câmara de Dirigentes Lojistas já está previsto em Lei, que permite um comportamento tributário de acordo com a necessidade dos comerciantes prejudicados em ocasiões excepcionais, como aconteceu em Abreu e Lima”, explicou o chefe do Executivo pernambucano.

Após a reunião, o sentimento do prefeito do município, Marcos José da Silva, era de conforto e alívio. “Estou convencido que tudo vai funcionar, pois quando o chefe do Estado se compromete a ajudar tudo dá certo”, disse o gestor, adiantando que o governador solicitou um estudo mais profundo de como poderíamos ajudar o comércio e a segurança pública em Abreu e Lima.

Foto: Paulo Sérgio Sales/SEI

Foto: Paulo Sérgio Sales/SEI

TV Replay, o que é bom se repete!

Abreu e Lima-PE: Protestos de Feirantes contra descaso da Prefeitura

Os comerciantes e feirantes alocados na Feira Nova de Abreu e Lima realizaram  um protesto interditando uma das principais vias de acesso da cidade com pneus queimados e faixas com frases de revolta.
Eden 1
O protesto se deu em função do estado de abandono do Poder Público Municipal em relação a todos aqueles que sobrevivem do comércio da feira abreulimense, pois segundo informações dos protestantes, a Prefeitura não tem dado o devido apoio na divulgação dos negócios dos comerciantes locais, o que tem ocasionado a queda nas vendas, e nem tem dado suporte e atenção para a estrutura física do local.
Eden 2
Outra denúncia feita pelos manifestantes é o fato de não conseguirem regularizar seus respectivos cadastro de empreendedor devido a suposto funcionamento  irregular da feira.
Esteve presente ao ato o vereador de oposição Éden Pedro, o qual se comprometeu a buscar junto com  a população soluções para o problema.
Eden 4
TV Replay, o que é bom se repete.
Fonte: Éden Pedro.

Abreu e Lima-PE: 9º Festival Multicultural começa dia 19 setembro

Com uma programação que vai até 23 de setembro,  o nono festival multicultural da Cidade de Abreu e Lima, Região Metropolitana do Recife, promete ser o maior de todos os anos.

Este ano estão confirmadas como atrações principais:

A cantora baiana Claudia Leitte

 claudia44_b4429ee3f2b5f95c523d60c3656be25c

A banda de Forró Aviões do Forró

aviões

E para abertura do evento a Banda de Rock Titãs.

titas-adriano-conter3

O Festival começa dia 19 e vai até 23 de setembro, movimentando a cultura local bem como a economia do município.

Este ano o Festival vem com mudanças na sua estrutura, além dos shows, espetáculos de teatro e dança, serão apresentados a população artistas circenses, cinema na praça  e muitas manifestações populares, tudo isso na praça central da Cidade.

Este ano também teremos uma matinê infantil com o Palhaço Chocolate no domingo a partir das 15 horas.

 chocolate11

 

TV Replay, o que é bom se repete.

 

 

 

Acusado de tentativa de homicídio em Ferreiros é preso e Abreu e Lima

Policiais Civis e Militares da Equipe da Malhas da Lei da Área Integrada de Segurança 11 (11ª DESEC e 2º BPM/GPMN), prenderam na tarde de ontem, 27.11.2012, por volta das 13h00min, no Sítio Glória, s/n.º, Caetes III, Boca da Mata, Abreu e Lima/PE, a pessoa de nome: ANTÔNIO ALEXANDRE DA SILVA FILHO, com 39 anos de idade, nascido no dia 14/06/1973, em cumprimento a um mandado de prisão expedido pela Justiça Pública da Vara Única da Comarca de Ferreiros/PE, por infração ao artigo 121, § 2.º,inciso v, c/c o artigo 14, inciso ii, c/c o artigo 29, todos do código penal, o qual foi recolhido no presídio de Limoeiro/PE, para os devidos fins legais.

MATÉRIA PRODUZIDA POR: Adielson Galvão.

Trabalhadores transformam Refinaria Abreu e Lima em palco de guerra !

A Refinaria Abreu e Lima virou cenário de guerra, na manhã desta quarta-feira (8). Os cerca de 44 mil trabalhadores da refinaria não aceitaram a proposta feita pelo sindicato da categoria e partiram para a agressão física.

Representantes do Sintepav foram apedrejados pelos trabalhadores, que não aceitam o reajuste salarial de 10,5% proposto pelo Sintepav. Vários ônibus foram queimados. A polícia precisou atirar balas de borracha contra os manifestantes. Algumas pessoas ficaram feridas.

Na terça-feira (7), o Tribunal Regional do Trabalho da 6ª Região (TRT) decretou a abusividade da greve e o desconto dos dias parados dos 44 mil trabalhadores da Refinaria Abreu e Lima (Rnest), no Complexo de Suape. Os operários deveriam retornar ao trabalho nesta quarta-feira.

 

Fonte: Jc on line