Nova Jerusalém-PE: Mais de 60 mil pessoas assistiram os espetáculos da Paixão de Cristo este ano

Foi encerrado nesse sábado (19) a 47º apresentação do espetáculo da Paixão de Cristo de Nova Jerusalém, temporada 2014, em Fazenda Nova, Brejo da Madre de Deus, no Agreste de Pernambuco. O público da última noite de encenações no maior teatro ao ar livre do mundo passou de 8 mil pessoas. De acordo com organização, durante os oito dias de apresentação mais de 60 mil turistas do Brasil e do mundo assistiram os espetáculos.

Este ano o elenco principal teve o ator pernambucano José Barbosa, (contracenando como Cristo) e os atores convidados Carol Castro (no papel de Maria), Oscar Magrini (interpretou Herodes), Fernanda Machado (como Madalena) e Carlos Machado (no papel de Pilatos), Meirelles Abrantes como Herodiádes, além dos mais de 500 figurantes e 50 atores que compuseram as cenas nos nove cenários que representaram o caminho que Jesus Cristo seguiu antes da crucificação. A direção é de Carlos Reis e Lúcio Lombardi.

“A temporada está sendo bem avaliada pelas pesquisas. O público está vindo de todos os estados do Brasil e isso é gratificante. Quando a gente começa a temporada aqui, as pessoas que estão envolvidas e as empresas geram uma expectativa positiva”, disse Robinson Pacheco, produtor do espetáculo e presidente da Sociedade Teatral de Fazenda Nova.

Produtores do evento já estão pensando em novidades para as próximas temporadas. Uma ideia que circulou com muita força este ano é a de estampar o nome da Paixão de Cristo igual ao tradicional letreiro de Hollywood por traz da última cena quando Jesus ressurge. O local seria a Serra do Cachorro, distante 7 km do teatro.

Em entrevista ao programa Show da Cidade, na Rádio Liberdade AM, Robinson Pacheco se mostrou animado com a ideia. –“É uma iniciativa que vai marcar. Se a gente conseguir fazer, irá marcar um momento muito especial na história. Ele vai estar apagadinho lá, mas na hora que Jesus subir aos céus, a paixão acende lá na serra”, antecipou.

O objetivo é inaugurar o letreiro em 2017 nos 50 anos de espetáculo. “Não existe nenhum espetáculo no mundo que foi apresentado durante 50 anos. Tem muita coisa para acontecer nos próximos três anos”, enfatizou Pacheco.

De acordo com a organização da peça, até 2013, mais de três milhões de pessoas já assistiram as encenações.

Fotos: Jacqueline M.

Fotos: Jacqueline M.

971378_434874559980147_4965641751117333319_n10174978_434889383311998_8703127446154090231_n

 

10172866_434890383311898_3806109215315006034_n

TV Replay, o que é bom se repete!