Recife/Lajedo-PE: Polícia apreende carne de cavalo usada para fazer cachorro-quente

Polícia encontrou 500 quilos em um box do mercado do bairro de Afogados.
Mulher de 62 anos, responsável pelo comércio ilegal, foi detida no local.

Comércio de carne de cavalo é proibido em todo o Brasil (Foto: Fernando Rêgo Barros/TV Globo)

Comércio de carne de cavalo é proibido em todo o Brasil (Foto: Fernando Rêgo Barros/TV Globo)

A Delegacia de Crimes contra o Consumidor apreendeu cerca de 500 kg de carne de cavalo no mercado público do bairro de Afogados, na Zona Oeste do Recife, na manhã desta sexta-feira (7). Uma mulher de 62 anos, que estava comercializando o produto em um dos boxes do local, foi detida. Aos policiais, ela contou que vendia a carne por necessidade e que o produto era utilizado em quiosques de cachorro-quente.

De acordo com o delegado responsável pela apreensão, Roberto Wanderley, a carne vinha de um matadouro clandestino na cidade de Lajedo, no Agreste de Pernambuco. A mulher fazia o comércio durante a madrugada, para evitar fiscalizações. “Ela não era vendida ao consumidor comum. Os comerciantes sabiam que era carne de cavalo, e eles também compravam para fazer espetinho e vender na rua”, disse.

A comercialização da carne de cavalo é proibida por lei em todo o Brasil. Como o produto é fornecido por matadores clandestinos, não há controle sanitário. Neste momento, a vendedora presta depoimento na Delegacia do Consumidor, no bairro da Boa Vista, área central da cidade. A carne será recolhida pela Vigilância Sanitária.

Fonte: http://g1.globo.com/pernambuco/noticia/2013/06/no-recife-carne-de-cavalo-usada-para-fazer-cachorro-quente-e-apreendida.html

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>