Caruaru-PE: ROCAM realiza maior operação de apreensão de crack do ano

1 2

 

"Nildo" confessou ser o dono da droga

“Nildo” confessou ser o dono da droga

Rennan, já teve 8 passagens pela polícia todas por tráfico

Rennan, já teve 8 passagens pela polícia todas por tráfico

6

Equipe que realizou a apreensão: soldados Wolney, F. Santos, J. Alves e Roberval

Equipe que realizou a apreensão: soldados Wolney, F. Santos, J. Alves e Roberval

Os soldados Wolney, J. Alves, F. Santos e Roberval da Rocam, estavam realizando abordagens no início da noite deste sábado (20), na rua Carmem Miranda, por trás do Colégio Antenor Simões, no bairro Divinópolis, quando visualizaram dois indivíduos em atitude suspeita, Josenildo José Soares da Silva, vulgo “Nildo” de 25 anos, que mora na rua Presidente Café Filho, Jardim Panorama e Rennan Henrique da Silva, de 19 anos, que mora na Emílio de Menezes, no bairro Centenário.

Os imputados estavam em uma moto Honda Fan preta, placa PFH-1382 de propriedade do Josenildo, foi dada voz de parada e quando os policiais fizeram a abordagem nos mesmos, encontraram uma pequena pedra de crack, continuando a operação os rocanianos foram a casa dos acusados e encontraram 520 gramas de crack e 36 papelotes de maconha, e mais 500 gramas da referida droga, além de R$ 201 em espécie, em poder do Josenildo, embaixo do sofá foram encontrados os papelotes da maconha e em um terreno em frente, após dizer que tinha mais droga no local, o policiamento encontrou o meio quilo de crack e meio quilo de maconha no local. Ao serem indagados confessaram o tráfico e o Rennan que já teve 8 passagens pela polícia por tráfico,  disse que tinha acabado de comprar a droga ao Nildo.
Esta foi a maior apreensão de crack realizada pela Polícia Militar este ano em Caruaru, e fracionada, renderia aproximadamente 2.600 (duas mil e seiscentas) pedras do entorpecente e cada uma seria comercializada ao preço de R$ 10, e ao final, daria um total de aproximadamente R$ 26.000 para os traficantes. Ressaltando que a esposa do Nildo, que confessou ser o dono da droga, já foi presa também por tráfico de drogas, mas a mesma não foi localizada.

Apresentados no plantão da Delegacia Regional, os acusados foram autuados em flagrante pela Delegada Dra. Rita de Cássia, em seguida foram encaminhados á Penitenciária Juiz Plácido de Souza (PJPS), em Caruaru.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>