Canhotinho-PE: Nosso olhar… – Em entrevista, Felipe Porto fala sobre economia da cidade que é voltada para agricultura e pecuária e diz: “A minha gestão não é apenas em uma área, eu foco em todo o município: no homem do campo, da cidade e do distrito…”

O repórter Rosimael Losasi esteve recebendo para participar de um dos quadros da TV Replay por nome de “Nosso Olhar…”, Felipe Porto, Prefeito do Município de Canhotinho, cidade localizada no Agreste Pernambucano à 30 km de Garanhuns, à 210 km da Capital do estado, se for por Palmares, e 220 km se for por Caruaru; neste programa gestores municipais são convidados para apresentarem e debaterem os assuntos mais polêmicos que envolvem o município em questão.

Recebendo a equipe da TV Replay em sua própria residência, Felipe Porto iniciou suas palavras falando sobre seu mandato na cidade de Canhotinho, sendo este o primeiro, e ressaltou que seu antecessor, seu tio, Álvaro Porto, foi o gestor da cidade durante 08 anos.

Na ocasião, Felipe Porto falou sobre a situação em que a cidade lhe foi entregue e afirmou que foi de forma organizada e que está trabalhando para melhorar o desenvolvimento cada vez mais.

Questionado sobre a fonte de renda da sua cidade, o prefeito explicou que a agricultura e a pecuária são os principais meios produtivos do município e mencionou que devido a seca presente na região nordeste, há alguns anos, as plantações e a produção de leite têm passado por dificuldades. Felipe fez uma ressalva quanto à importância do desenvolvimento da zona rural, como fator crucial para o movimento econômico de Canhotinho.

A origem do nome da cidade é contada de várias maneiras, entre elas, conta-se a história que antigamente na cidade haviam dois irmãos de nomes Canhoto e Canhotinho, que por algum motivo, deu-se este nome para a cidade. O município completará 125 anos de emancipação política neste ano de 2015, no dia 02 de outubro, com festividades celebrada tradicionalmente todos os anos.

Dentre as festas tradicionais vivenciadas em Canhotinho, Felipe Porto falou sobre as comemorações marcantes da cidade, à começar pela festa de São Sebastião que é realizada do final do mês de Janeiro para o início de Fevereiro, o carnaval e o São João que são considerados os melhores da região, a Missa do Vaqueiro e os eventos esportivos como trilhas de Jeep e de Motocross.

Sobre educação, Felipe afirmou que os índices tem sido crescentes, sem contar na importância para o desenvolvimento intelectual da população de Canhotinho. O prefeito ressaltou como ‘indispensável’ o trabalho dos professores, sendo o melhor aliado para a educação e garantiu que o que a gestão tem feito por este setor, ainda é pouco, porém, a cada dia, ele busca melhorar a qualidade de vida do professor e do estudante canhotinhense.

Em relação à saúde, o prefeito considerou este ponto como um dos focos de sua campanha eleitoral e que através de sua gestão, tem trabalhado rigorosamente para melhorar cada dia mais a situação de saúde pública do município. Felipe afirmou que tem ampliado e reformado grande parte das UBS’s (Unidade Básica de Saúde), substituindo a casa de Apoio situada na Capital do estado por uma maior que venha acolher um bom número de pessoas e aproveitou a oportunidade para agradecer o serviço prestado pelos funcionários da saúde da cidade, que tem trabalhado muito em prol da qualidade de vida dos moradores de Canhotinho.

Questionado sobre a segurança da cidade e aproveitando o ensejo das discussões nacionais relacionadas à maioridade penal, Felipe respondeu:

“Questões como falta efetiva de policiais, falta de estrutura, desorganização de cota de gasolina das viaturas, dificultam a garantia de segurança da cidade, bem como das demais que sofrem com violência. É preciso analisar todos os fatores para poder designar a maioridade, pois se um garoto de 16 anos já pode votar, ele não pode responder por seus atos? “

Para melhorar a segurança do município, Felipe falou que está aplicando câmeras espalhadas por toda a cidade, visando garantir o conforto da população, dificultando assim as ações dos vândalos que tentam impedir o crescimento e desenvolvimento de Canhotinho.

Sobre emprego, o prefeito Felipe Porto utilizou-se do âmbito nacional para se basear na dificuldade que a população brasileira vem passando nos últimos meses com a inflação. Levando para a realidade da cidade de Canhotinho, a crise da seca também afeta a questão de emprego do comércio da cidade, visto que a economia do município é voltada também para a agricultura. Felipe considerou que se houvessem mais indústrias no município, fornecidas pelo governo federal, seriam portas abertas para novos empregos.

Ao final da entrevista, o prefeito Felipe agradeceu à toda população de Canhotinho pelo apoio e pelas preces feitas à Deus em prol de bênçãos para sua vida, e garantiu que a cada dia estará lutando para melhorar as questões direcionadas ao município.

CONFIRA!

Felipe Porto Canhotinho Felipe Porto e Rosimael Losasi Felipe Porto rosimael losasi

TV REPLAY, O QUE É BOM SE REPETE!

Uma ideia sobre “Canhotinho-PE: Nosso olhar… – Em entrevista, Felipe Porto fala sobre economia da cidade que é voltada para agricultura e pecuária e diz: “A minha gestão não é apenas em uma área, eu foco em todo o município: no homem do campo, da cidade e do distrito…”

Todos os cometários são de responsabilidade de seus autores e não significa o pensamento da TV Replay. Cada um responderá por suas próprias ações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>