Recuperação do Açougue Público

A Prefeitura de Cachoeirinha vem recuperando o Açougue Público Municipal. No entanto, faz-se necessário que a população entenda que pertence a ela a capacidade de manter o empreendimento íntegro, cuidado e fiscalizado após a execução das obras de recuperação podendo e devendo ainda ser melhorado pela ação direta ou indireta de cada morador.

 

A infraestrutura oferecida dos banheiros públicos nesta área encontra-se com obra concluída, restando ainda o açougue público por completo.

 

A Prefeitura tem que estar alerta à manutenção nessas áreas. A população tem que entender que é dever do poder público, independente de quem esteja no cargo, de cuidar e preservar o patrimônio.

A TV REPLAY que desempenhar o papel de instruir e capacitar o telespectador de como viver com cidadania.

Somente a comunidade tem condições de garantir a sustentabilidade do assentamento uma vez ele recuperado (HABITAT, 1996).

Uma ideia sobre “Recuperação do Açougue Público

Todos os cometários são de responsabilidade de seus autores e não significa o pensamento da TV Replay. Cada um responderá por suas próprias ações.

  1. Meus parabéns para a equipe da Tv Replay, pela matéria sobre a recuperação do Açougue Público, só lamento pelo conteúdo incompleto. Faltou um pouco de profissionalismo no quesito conhecimento do assunto, a equipe foi infeliz no comentário que fez: “restando ainda o açougue público por completo”, pois poderiam ter voltado em outro horário com o açougue aberto e constatar que além dos banheiros e “rebocos” das paredes aqui mostrados, foi recuperada toda estrutura do prédio inclusive toda madeira do telhado que foi substituída, foi instalado um forro de pvc, que nunca existiu, foi construído todo o piso em granito, ações que garantem uma maior higiene para os produtos, comerciantes e população que usufrui deste serviço.
    Portanto fica a dica para que vocês procurem melhorar cada vez mais a qualidade do jornalismo apresentado neste veículo que tem tudo para crescer, basta levar o trabalho mais a sério.
    Boa sorte, um forte abraço,
    Sinvall Simoes

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>