Pernambuco: Polo de Confecção em alta

O setor têxtil corresponde a 77% do PIB de Pernambuco e gera 100 mil postos de ocupação em dez municípios do Agreste, entre eles: Caruaru, Toritama e Santa Cruz do Capibaribe, segundo estudo do Sebrae. Não é à toa que a Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado (Sdec) fechou seu primeiro contrato de gestão com o Núcleo Gestor da Cadeia Têxtil  (NTCPE) e irá aportar R$ 1,3 milhões no projeto. O objetivo principal da parceria é ganhar novos mercados e se consolidar nos já existentes. Os novos campos de atuação serão definidos pelas entidades que compõem o núcleo como o Sindvest e Sindtêxtil. Atualmente, a maioria das peças produzidas na região são consumidas pelos próprios pernambucanos e estados do Norte e Nordeste. O aporte inicial da Sdec será aplicado na compra de equipamentos e em outras ações. Mal começou e o núcleo está captando outros parceiros como é o caso da Petroquímica Suape, que investirá cerca de R$ 160 mil na iniciativa.

Nos dez municípios, o faturamento da indústria têxtil em 2011 foi superior a R$ 1 bilhão. O faturamento médio anual das empresas foi de R$ 88 mil.

Fonte: Folha de Pernambuco

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>