Olinda-PE: Após matar mulher que fazia refém, homem se entrega e é preso

Criança que estava no imóvel, em Olinda, foi levada pelos Bombeiros.
Ele começou a ameaçar a família após crise de ciúme, dizem testemunhas.

Em Olinda, imóvel foi isolado enquanto polícia negociava com homem que fazia filho e mulher reféns (Foto: Kety Marinho / TV Globo)

Em Olinda, imóvel foi isolado enquanto polícia
negociava com homem que fazia filho e mulher
reféns (Foto: Kety Marinho / TV Globo)

O homem que mantinha mulher e filho reféns, na manhã desta quarta-feira (19), em um prédio em Olinda, no Grande Recife, entregou-se à polícia no começo da tarde. A criança foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros e está fisicamente bem, mas bastante abalado. A mulher morreu, ferida por um tiro.

O tenente-coronel Gustavo Alves, comandante do 1º Batalhão de Polícia Militar, confirmou a morte da mulher. “Lamentavelmente, ele baleou e matou a companheira dele. Estava fazendo um enteado refém, que, através de negociação, foi socorrido e está bem. Ele está sendo conduzido para o DHPP [Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa]. Ele estava muito alterado o tempo todo, não sei se por bebida ou droga. Foi feita a negociação e ele se entregou”, detalha o comandante.

A polícia não precisou invadir o apartamento, que fica no térreo no edifício Estrela do Mar. “Ele se rendeu, abriu a porta e foi bem pacífica a entrega, após a negociação. Ele estava muito nervoso, mas não alegou estresse. Ele estava meio tonto”, afirma o comandante. Com o homem foi apreendida uma pistola .40, de acordo com a Polícia Militar.

A criança, de aproximadamente 9 anos, não foi ferida na ação, mas estava abalada emocionalmente. “A criança estava muito nervosa também, só se queixava do que o padrasto tinha feito com a mãe. Não sabemos se ele realmente viu o padrasto atirar, mas ele estava dentro de casa”, conta o comandante. Parentes da mulher baleada estiveram no local segundo a polícia.

O local foi isolado, por volta das 11h30, segundo a Polícia Militar, mas foi liberada após a entrega do suspeito. Conforme informações de testemunhas, ele começou a ameaçar a família com um revólver após ter uma crise de ciúme. Viaturas do Corpo de Bombeiros também foram deslocadas para o edifício, que fica na Rua José Augusto Moreira, no bairro de Casa Caiada. Curiosos se aglomeraram no local, para acompanhar a negociação.

O estudante Leonardo Medeiros, de 18 anos, viu o suspeito na janela com uma arma. “Vi o tumulto e cheguei perto para ver. Ele estava na janela com um menino, ficava encarando o pessoal e colocando a arma na cabeça dele”, contou Leonardo.

Fonte: http://g1.globo.com/pernambuco/noticia/2013/06/apos-matar-mulher-que-fazia-refem-homem-se-entrega-e-e-preso.html

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>