Lajedo-PE: Bombeiros Civis são capacitados para ajudar nas ações de combate ao mosquito Aedes aegypti

A Secretaria Municipal de Saúde por meio da Vigilância Epidemiológica da cidade de Lajedo-PE, providenciou a presença de mais de 50 bombeiros civis para ajudar nas ações de combate ao mosquito Aedes aegypti, o transmissor das doenças Dengue, Chikungunya e Zika. Os bombeiros passaram por um treinamento no último sábado (13) nos períodos da manhã e tarde, na Escola Padre Antônio Barbosa.

O objetivo desta parceria com a equipe de bombeiros é o de combater o mosquito Aedes aegypti, visto que  as doenças citadas acima estão em estado de epidemia no país. Devido o fato de o número de agentes de endemias ser insuficiente no que diz respeito a garantia de assistência a todas as residências do município, esse reforço foi pensado e conquistado pela coordenação da Vigilância, onde começará a agir o mais breve possível.

Os bombeiros receberam as principais informações sobre como é feita a cobertura por quarteirões, além dos mutirões para áreas específicas, visto que no último levantamento feito no fim do ano passado pelo Ministério da Saúde, Lajedo cresceu no número de casas, passando de 12 mil para mais de 20 mil apenas na área urbana, temporariamente o quantitativo de agentes só pode ser aumentado após concurso público, tendo então o poder público, que empreender com outras alternativas.

Informações acerca de como os agentes atuam no município, onde cada um faz a cobertura de 25 casas por dia, prazo de vencimento do larvicida de 60 dias e a dosagem, o acesso a boletins diários e ao próprio larvicida e demais insumos que são utilizados diariamente, foram passados para os bombeiros durante capacitação.

Segundo a Vigilância Epidemiológica, nenhum caso de Zika foi acusado, apenas de Dengue e Chikungunya, e apesar desses casos terem crescido, de acordo com os Levantamentos de índice Rápido e Índices de Infestação, Lajedo ainda não se encontra em estado alarmante, a exemplo de cidades próximas que necessitaram da ajuda do Exército.

SAIBA O QUE DIFERE NOS SINTOMAS DA ZIKA, CHIKUNGUNYA E DENGUE PELAS IMAGENS ABAIXO:

IMG-20160213-WA0021 IMG-20160213-WA0025 IMG-20160213-WA0027

1240296_784655958345644_4640963777962206374_n 12715320_784657038345536_5428346784222162299_n 12717255_784656681678905_7821245788290419156_n 12734113_784657901678783_7971175346093147464_n 12742173_784655655012341_5866995242339037350_n 12742406_784657465012160_536875768379653398_n 12744482_784658351678738_819186052466300116_n 12745711_784657598345480_1285794455050237222_n

Fonte: Reprodução/ Facebook Prefeitura de Lajedo

Uma ideia sobre “Lajedo-PE: Bombeiros Civis são capacitados para ajudar nas ações de combate ao mosquito Aedes aegypti

Todos os cometários são de responsabilidade de seus autores e não significa o pensamento da TV Replay. Cada um responderá por suas próprias ações.

  1. Bom dia Srs.!

    A população pede mais segura com relação ao combate do mosquito transmissor da Dengue, Chikungunya e Zika. Ha um calendário articulado pela Secretaria Municipal de Educação, a Vigilância Epidemiológica em vigor?
    Poderiam estar enviando agentes de endemias para fazer pulverização na zona rural. Hoje, 17,02,2018 no Vilarejo de sítio Olho d’água dos Pombos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>