Caruaru-PE: Grupo que roubava cinquentinhas em Recife e na Capital do forró é preso

Neste ultimo sábado (29), por volta das 15h, agentes do Núcleo de Inteligência do Agreste (NIA) foram solicitados para dar apoio ao Comissário Omar Cordeiro, da Polícia Civil, no Supermercado Atacadão, bairro Vassoural, Caruaru, pois ele deteve dois homens de posse de uma motoneta 50cc (cinquentinha), de cor vermelha, sendo que um dos detidos foi reconhecido por uma vítima de assalto, que teve sua motoneta com as mesmas características roubada na última quinta-feira(27). Ao final, foi desbaratado um esquema de roubo de motocicletas que ocorria em Recife e Caruaru.

Após a detenção dos acusados, Edson Alves, mais conhecido por “NEGÃO” ou “PAULISTINHA”, 29 anos, residente na Rua Visconde de Magé, bairro Divinópolis, e um menor de 17 anos, pelas equipes do GOPH 01 e 02, do 4º BPM, PMs do NIA, diligenciaram junto à Inteligência do Recife a fim de localizar a proprietária da motocicleta apreendida, sendo encontrada com o apoio dos agentes do Núcleo de Inteligência do 17º BPM. De posse da confirmação do roubo da motoneta apreendida naquele momento, os agentes envidaram esforços no intuito de localizar outros envolvidos com o crime e chegaram até à Rua Augusto Calheiros, bairro Divinópolis, sendo localizados e qualificados no interior da residência os irmãos Wagner Luiz de Lima, 30 anos, Luiz Valdir de Lima, 39 anos, e após uma revista no interior da casa foram encontradas seis motonetas de 50cc, além de peças de motocicletas desmontadas.

Após a condução dos quatro acusados para a Delegacia Regional de Caruaru, foi constatado que quatro motos eram produto de roubo, bem como Edson o adolescente foram reconhecidos por pelo menos três vitimas de assaltos, ocasião em que tiveram suas motonetas “cinquentinha” roubadas na cidade de Caruaru, em bairros diversos, e as outras três motonetas também são suspeitas de serem produto de roubo.

Segundo informações colhidas, os irmãos Wagner Luiz Valdir receptavam as motonetas roubadas por Edson e o menor, que eram levadas à cidade do Recife, e as motonetas roubadas em Recife eram trazidas pelos irmãos e comercializadas na cidade de Caruaru. Os veículos também tinham suas notas fiscais “esquentadas” em Caruaru, onde eram comercializadas naturalmente.

Após todo o levantamento e constatação dos crimes, os acusados vão responder por roubo, formação de quadrilha e receptação dolosa.

blogger-image-1784148657

blogger-image-1264066638

blogger-image-1304093402

TV Replay, o que é bom se repete!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>