Caruaru-PE: Prefeitura ou população, de quem é a culpa pela sujeira na cidade?

Um dos principais problemas que a maioria das cidades tem, é o lixo sólido, resultado de uma sociedade que a cada dia consome mais. Ao andarmos pela cidade, nos damos conta do quão suja ela se encontra. O que não falta é lixo, principalmente se você está no centro da cidade. Na tarde desta quinta-feira(12/03), registrei algumas fotos e conversei com um morador Caruaruense que reside no bairro Indianópolis, que nos mostrou um terreno ao lado do seu prédio, com bastante acumulo de lixo e isso contribui para a pulverização de insetos. O morador Gustavo Marques nos afirmou que quem joga o lixo no terreno são os próprios moradores do prédio, assim causando revolta a toda vizinhança.E ainda acrescentou ‘’Eu acho que é uma grande falta de educação e conscientização de alguns moradores, logo eles se prejudicam também. Entretanto esse problema não vai ser só resolvido com mais fiscalização, mas também com atitude de cada um.’’

O lixo acumulado produz um líquido denominado de chorume, esse possui coloração escura com cheiro desagradável; a substância gerada atinge as águas subterrâneas, além disso, existe a contaminação dos solos e das pessoas que mantêm contato com os detritos. A cidade deveria seguir o modelo de várias outras, que já vem investindo em contêineres espalhados pelos bairros de toda cidade, assim facilitando a coleta e deixando as ruas mais limpas. Precisamos tomar consciência de todo risco que o lixo trás a população.

Em alguns estados Brasileiros, já tem lei aprovada para o cidadão que jogar lixo nas ruas, ser multado.  Mas o que falta para morarmos numa cidade limpa?

Imagem Internet.

Imagem Internet.

Centro da cidade

Centro da cidade

Lixo no Pátio de Eventos.

Lixo no Pátio de Eventos.

Lixo na calçada do centro

Lixo na calçada do centro

Acumulo de lixo no terreno,

Acumulo de lixo no terreno,

Lixeiro quebrado no centro.

Lixeiro quebrado no centro.

TV Replay, o que é bom se repete!

Jornalista

Jornalista

Reportagem: Gabriela Ramos

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>